Rádio Boa Nova - de Oliveira do Hospital para todo o mundo


O corpo de António Benedito, o idoso que desapareceu em Janeiro em Lagos da Beira, foi hoje encontrado.

Última Hora - O corpo de António Benedito, o idoso que desapareceu em Lagos da Beira em Janeiro, apareceu hoje por detrás da empresa Sotragan, na zona Industrial de Oliveira do Hospital.

António Benedito, de 81 anos, sofria de Alzheimer, saiu de casa na manhã de quarta-feira, dia 14 de Janeiro, e não voltou a regressar

(Em actualização)

A Rádio Boa Nova “Na Rota da Freguesia” de Alvôco de Várzeas

Na rota pelas freguesias, a Rádio Boa Nova passa por Alvôco de Várzeas, uma freguesia localizada a sul do concelho de Oliveira do Hospital.

 

Agostinho Marques, presidente da Junta de Freguesia fala das riquezas de uma freguesia que beneficia de um património natural e paisagístico que é ímpar no concelho e na região, bem como das dificuldades que já teve que superar e constrangimentos próprios de uma freguesia do interior e distante da sede de concelho.

No segundo mandato autárquico, eleito sob a bandeira socialista, Agostinho Marques aponta a ETAR, TDT e processo de reorganização administrativa como os principais problemas que, enquanto autarca, teve que enfrentar. Porém, dá como bem empregue a sua luta e envolvimento em cada uma das matérias, certo de que terá conseguido o melhor desfecho possível.

Com forte potencial na atração de turistas de todo o país, por gozar da pureza das águas do Rio Alvôco, ponte medieval e fauna e flora invejáveis, Alvôco de Várzeas tem sentido dificuldade em contornar o duro fenómeno da desertificação, registando à data dos censos de 2011 um total de 320 habitantes. Uma situação que Agostinho Marques acredita que venha a ser travada com a manutenção de postos de trabalho, que têm vindo a ser criados na freguesia. Com satisfação, partilhou na Rádio Boa Nova, a notícia do recente nascimento de uma criança. “Tenho esperança que Alvôco nos próximos censos venha a subir a sua população”, referiu à Rádio Boa Nova o autarca, que não se cansa de convidar a uma visita à freguesia porque “viver em Alvôco é ter saúde”.

 

Uma entrevista para acompanhar na íntegra esta sexta-feira, entre as 19h00 e as 20h00. Com repetição no domingo, entre as 13h00 e as 14h00.

 Município de Oliveira do Hospital adere à Hora do Planeta

O Município de Oliveira do Hospital vai aderir à “Hora do Planeta”, assumindo o compromisso de no próximo sábado, dia 28 de março, desligar as luzes exteriores durante uma hora no edifício dos Paços do Município e Mercado Municipal e, ainda, no Largo Ribeiro do Amaral.


O desligamento simbólico ocorrerá precisamente no período em que a Hora do Planeta se celebra a nível mundial, entre as 20h30 e as 21h30.

Com esta iniciativa, Oliveira do Hospital associa-se assim à maior campanha ambiental do mundo, e que mobiliza milhares de milhões de pessoas em mais de 7.000 cidades e vilas em 163 países e territórios.

A Hora do Planeta é uma iniciativa da organização global de conservação de natureza “WWF – Hora do Planeta” que sensibiliza cidadãos, empresas e governos a desligarem as luzes por uma hora, num sinal de protesto contra as alterações climáticas. Vai ser celebrada nos seis continentes em vinte e quatro fusos horários do globo.

O Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, sublinha que este ato simbólico está em sintonia com as políticas municipais de sustentabilidade energética e ambiental que vêm sendo promovidas.

Neste domínio, o autarca destaca a implementação do Programa de Eficiência Energética que, em 2014, conseguiu reduzir em cerca de 92.000 euros a fatura energética do Município, prevendo-se que, com as medidas implementadas em 2014, a poupança anual estimada possa ser superior a 100.000 euros.

Ainda este ano, o município vai introduzir tecnologia LED no sistema de iluminação pública do centro da cidade, prevendo uma redução de energia em 55.516,50kWh/ano, a que corresponde uma diminuição nas emissões de CO2 – considerado como a principal causa do aquecimento global – estimada em 26 toneladas/ano. Em causa está, portanto, a melhoria da eficiência energética no consumo de eletricidade, com benefícios económicos, ambientais e sociais.

Bombeiros de Lagares da Beira "livres" de situação deficitária

Nos últimos tempos respira-se de “alívio” no seio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira. Depois de no final de 2012 ter encontrado uma associação com dívidas superiores a 70 mil euros só a fornecedores, a nova direção fala agora de uma saúde financeira estável, gozando até de um fundo financeiro na ordem dos 30 mil Euros.


O ano de 2013 terá sido o ano de mudança no seio da corporação de Lagares da Beira. Recorde-se que em março daquele ano, o município de Oliveira do Hospital se viu mesmo forçado a aprovar um resgate financeiro às contas da corporação, que se apresentavam deficitárias e de onde sobressaía uma dívida a fornecedores superior a 70 mil Euros.

Uma ajuda dada à direção liderada por António Gonçalves que, numa base de "rigor", conseguiu “endireitar” as contas da Associação e realizar investimento com apoios, nomeadamente comunitários. Até ao final deste ano, o investimento situa-se nos 750 mil Euros.

"Boas contas" apresentadas na última reunião da Assembleia Geral da Associação Humanitária que já deu por encerrado o ano de 2014, no que respeita ao cumprimento de obrigações junto dos fornecedores. Destaque para um fundo de 30 mil Euros que dá algum “fôlego” à Associação Humanitária e que, até, poderia ser superior, caso não se verificasse o problema em torno do serviço transporte de doentes do SAP para Coimbra. Uma situação que já prejudicou a Associação lagarense em 30 mil euros e que seria pior não fosse o bom entendimento entre a corporação de Lagares da Beira e a corporação de Oliveira do Hospital.

 Clube de Ténis realiza torneio de páscoa e inaugura nova sede

O Clube de Ténis de Oliveira do Hospital realiza este fim de semana, 28 e 29 de março, o habitual Torneio de Páscoa. Do programa faz também parte a inauguração da nova sede do clube.


Com realização anual, o Torneio de Páscoa reveste-se, este ano, de sabor especial para a direção do Clube de Ténis de Oliveira do Hospital. Em causa está a inauguração da nova sede do clube, um espaço que foi disponibilizado pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e que integra o complexo das piscinas municipais, mesmo ao lado dos courts de ténis municipais.

No programa Alô Bom Dia da Rádio Boa Nova, Tiago Sousa, presidente da direção do Clube de Ténis informou que o torneio agendado para este fim de semana foi preparado a pensar na inauguração, pelo que, em termos de competição, é “um torneio menos exigente”. Ainda assim, o responsável pela modalidade no concelho garante que a prova vai contar com a participação de nomes fortes do ténis. Deu o exemplo de José Carlos Fernandes, da Figueira da Foz que já foi “Top 10” do ténis nacional e já venceu torneios em Oliveira do Hospital, nos últimos anos.

Entre os objetivos de Tiago Sousa está a deslocalização das provas de ténis para os courts que existem em algumas freguesias. Ao longo do ano são várias as provas que estão previstas.

Oliveira do Hospital incentiva uso de piscina com cartão “Nadar & Poupar”

O Município de Oliveira do Hospital (MOH) vai lançar no próximo mês de abril um cartão gratuito que visa estimular a prática da natação em todos os escalões etários.


Trata-se do cartão “Nadar & Poupar”, uma espécie de cartão de pontos destinado a munícipes com idade igual ou superior a 30 anos e que, a partir da 8ª utilização, tem a vantagem de proporcionar duas utilizações gratuitas da piscina municipal coberta.

O lançamento deste cartão, surge no âmbito de um conjunto de políticas desportivas que o MOH tem vindo a implementar tendo em vista a promoção da atividade e exercício físico, por forma a contrariar as estatísticas que apontam a inatividade física como o 4º fator de risco de mortalidade global.

Na ótica do Vereador responsável pelo Pelouro do Desporto, Nuno Ribeiro, esta “é mais uma iniciativa que pretende diminuir a redução do sedentarismo que ainda se verifica numa grande parte da população, mais acentuadamente no Inverno, e que terá certamente implicações positivas ao nível da promoção da saúde.

Os utilizadores das piscinas com idade inferior a 30 anos e que não têm acesso ao cartão “Nadar & Poupar”, poderão recorrer ao Cartão Jovem Municipal, lançado em 2014, que concede um desconto de 20 por cento na utilização daquele e de outros equipamentos públicos.

O Cartão “Nadar & Poupar” é gratuito e poderá ser adquirido na receção das piscinas municipais, já a partir do próximo dia 6 de abril.

Caldas de S. Paulo vê crescer empreendimento turístico de cinco estrelas  

Aqua Village Health Resort & SPA é o nome da unidade turística de cinco estrelas que está a crescer na localidade das Caldas de S. Paulo, no concelho de Oliveira do Hospital, num investimento de 4,9 milhões de Euros.

 

Em fase de acabamento, os trabalhos vão ser objeto de apresentação pública, no dia 27 de março, pelas 14h30. A inauguração está prevista para 22 de julho, estimando-se a entrada de funcionamento do espaço no início do mês de agosto.     

 

De base termal, o empreendimento turístico de cinco estrelas vai oferecer 30 apartamento de diversas tipologias, bares, restaurante, sala de jogos, centro de interpretação de águas minerais termais, biblioteca, sala de cinema, entre outros espaços, como spa e gabinetes de massagem.

 

Francisco Cruz, administrador do empreendimento, diz tratar-se de um espaço capaz de proporcionar “experiências únicas”. Com a apresentação pública, Francisco Cruz pretende assinalar “um ano do arranque da vedação em obra” e dar início à fase de promoção no mercado nacional, já que internacionalmente a unidade está a ser promovida desde janeiro. 

Mais de mil crimes de violência doméstica na Região Centro em 2014

O Gabinete de Apoio à Vítima (GAV) de Coimbra registou 1.038 crimes de violência doméstica na região Centro em 2014 e acompanhou um total de 460 vítimas diretas, divulgou a Associação de Apoio à Vítima (APAV).


Dos 1.038 crimes registados no relatório anual de 2014, um quarto (24,4%) foram maus tratos físicos, 36,2% maus tratos psíquicos e 18,2% ameaças ou coação, contabilizando-se ainda 21 crimes de natureza sexual, dois homicídios tentados, três crimes de abuso sexual de crianças e dois de subtração de menor.

A grande maioria das vítimas é do sexo feminino (86,5%), com idades compreendidas entre os 25 e os 34 anos (35%), casadas (41,7%), que pertenciam a um tipo de família nuclear com filhos (42,6%) e encontravam-se empregadas (30,9%).

Das vítimas, 10,7% tinham formação no ensino superior, cerca de um quinto eram reformadas e 19% desempregadas, aponta o GAV de Coimbra. As grandes zonas urbanas da região Centro registaram a maior concentração de vítimas, sendo que 21,7% residiam em Coimbra.

Quase metade dos agressores são cônjuges ou companheiros e 10% das vítimas são pais ou mães do autor do crime.

Segundo o relatório anual, o agressor é normalmente homem (79,8%), com idades entre os 35 e os 54 anos (22,3%), quase metade encontra-se casado e um terço está empregado.

"Em 77,9% dos casos assinalados, a vitimação ocorrida foi de tipo continuado", com a duração das agressões a perpetuar-se, "sobretudo, num espaço temporal entre os dois e os seis anos [11,9%]", refere o GAV de Coimbra.

Metade dos crimes foram efetuados na residência comum e em 34% das situações sinalizadas foi formalizada uma queixa junto das entidades policiais.

A APAV sublinhou ainda os encaminhamentos feitos por amigos (8,6%) e pela polícia (7,2%), sublinhando ainda o trabalho desenvolvido com as entidades policiais e com a segurança social, que se revelou "crucial no apoio à vítima".

Líder da Fenprof diz que  “hoje se assiste às exéquias” da prova de avaliação de docentes

Decorre esta quarta-feira, nas escolas de todo o país, a Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades dos professores.


Em Coimbra, o líder da Fenprof contestou a realização da mesma, dizendo que “hoje se assiste às exéquias” da prova que “resulta da teimosia de um ministro que usa esta prova para poder excluir professores”.

Mário Nogueira referiu que “esta é a última vez que a prova se realiza porque vai ser enterrada com este Ministério”, porque está certo de que os partidos que sustentam o governo vão perder as próximas eleições e que os “partidos que o irão substituir já assumiram que esta prova não vai mais realizar-se”. Mário Nogueira foi ainda mais crítico, assegurando que esta prova é um “teste” para depois ser “aplicada aos professores dos quadros para os afastar no âmbito da mobilidade especial” Para Mário Nogueira, esta prova não torna um professor nem melhor nem pior”, concluiu.

Benjamins da ARCED sagram-se "tetra" campeões

A equipa de Benjamins da ARCED- Escola de Futsal João Veloso sagrou-se no último fim de semana tetra campeã de Benjamins da Associação de Futebol de Coimbra.

 

Um “record a nível distrital” conseguido pela equipa de Oliveira do Hospital, que com apenas 13 anos de existência, já soma nove títulos distritais, os últimos quatro dos quais consecutivos. Um feito desportivo que enche de orgulho o responsável por este projeto desportivo. À Rádio Boa Nova, João Veloso partilhou a sua satisfação em trabalhar com crianças destas idades,  responsabilizando ainda o fator “sorte” por ter nas suas equipas “miúdos com qualidade”. Um orgulho redobrado pelo facto de as crianças serem todas do concelho de Oliveira do Hospital. “Nascem na escolas e aos sete, oito anos são campeões regionais”, observou João Veloso, contando que as crianças chegam à escola a partir dos cinco anos e ali fazem o seu percurso de formação, para o qual é determinante o envolvimento dos pais, que levam “a sério” a participação dos filhos na ARCED. Atualmente, a Escola João Veloso conta com a participação de mais de 60 crianças.

A conquistar o tetra campeonato em Benjamnis da AFC, João Veloso destaca o atleta Simão Lourenço, também  ele “tetra campeão” e que é caso único no país.

A ARCED sagrou-se tetra campeã a quatro jornadas do final do campeonato levando 13 pontos de avanço sobre o 2º classificado. Em maio, a equipa também disputar a final four da Taça da AFC em Benjamins, esperando João Veloso que a equipa saia vencedora, tal como aconteceu nos últimos dois anos.

Do mesmo modo, João Veloso deposita boas expectativas na prestação da equipa de infantis que é 3ª classificada no campeonato da AFC. “Também podemos fazer boa figuira”, referiu.

 

A equipa que se sagrou tetra campeã é composta pelos atletas: Rodrigo Ferrão, Marcelo Santos, Francisco Sampaio, Filipe Monteiro, Pedro Dinis, Duarte Matias, João Pinto, Jorge Dias, Simão Lourenço, David Loureiro, Rui Silva e Martinho Estêvão. 

Comemoração do Dia Mundial da Juventude em Tábua

A Câmara Municipal de Tábua, através do seu Conselho Municipal da Juventude, irá assinalar o Dia Mundial da Juventude, que se comemora no próximo dia 28 de março (sábado), com uma série de iniciativas dedicadas ao tema “Cuidar do Presente a Pensar no Futuro”.


Do programa que inicia às 9h30 faz parte uma visita ao Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos e à Central de Valorização Orgânica do Planalto Beirão. A iniciativa termina com o almoço convívio na Cantina Municipal de Tábua

FAAD vai ampliar hospital e criar serviço de Urgência

O Conselho de Administração (CA) da Fundação de Aurélio Amaro Diniz (FAAD) prepara-se para lançar o concurso público para a realização de obras de ampliação do edifício hospitalar e criação do serviço de urgência, num investimento superior a quatro milhões de Euros.


Em declarações à Rádio Boa Nova, o presidente do Conselho de Administração da FAAD reconhece a “excelência” associada à resposta humana que é dada no hospital, mas entende que o atual edifício “não se coaduna” com o serviço que se pretende que seja prestado. À espera de melhorar as condições dos espaços físicos, como sejam as áreas de internamento e de fisioterapia, consultórios clínicos, sala de espera, entre outros, e de criar um condigno espaço de urgências, Álvaro Herdade assegura já ter obtido aval da Administração Regional de Saúde do Centro para o arranque das obras. O responsável  espera que, ainda este ano, entre em funcionamento o espaço de urgências, novos consultórios, salas de espera e serviço de endoscopia digestiva, bem como o novo parque de estacionamento.

 

Há muito tempo a defender a passagem do serviço de urgências para a FAAD, Herdade lembra que é assim que o sistema funciona em qualquer parte do mundo, devendo os serviços de urgência estar sempre ligados a unidades hospitalares e não a cuidados primários como acontece atualmente em Oliveira do Hospital. “As pessoas anseiam por uma melhoria e os serviços oficiais precisam que os serviços funcionem melhor”, refere o responsável, certo de que pela construção de um espaço será mais fácil a transição das urgências para o hospital. “Precisamos de instalações condignas com raio x, análises, especialistas 24 horas por dia e camas suficientes para atender os utentes”, verificou.

Para o investimento global que se estima que seja superior a quatro milhões de Euros, o presidente do CA da FAAD espera conseguir financiamento comunitário. Álvaro Herdade nota, contudo, que áreas como a fisioterapia e a urgência avançarão “mesmo sem comparticipação”.

Estudantes recusam almoçar com Passos e protestam em Coimbra

Os estudantes de Coimbra vão estar hoje em protesto, de pés e mãos atados, contra os cortes na Educação, à mesma hora que outros almoçam com o primeiro-ministro, em Braga, para assinalar o Dia do Estudante.


Esta é uma das várias iniciativas de protesto com que os alunos do ensino superior de várias instituições pretendem marcar a data de hoje.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, almoça em Braga, por volta das 13:00, com representantes de várias associações académicas nacionais. Ontem, a académica de Coimbra, pela voz do seu presidente, Bruno Matias, recusou o convite de Passos Coelho.

"O Dia do Estudante deve ser celebrado com os estudantes, unidos, a reivindicar por melhores condições e por um ensino superior com mais qualidade", sublinhou o presidente da AAC, Bruno Matias, referindo que esta posição surge em sentido contrário à da maioria do movimento associativo nacional, que se irá sentar à mesa com Pedro Passos Coelho.

A académica de Coimbra convocou, por isso, os estudantes para uma ação de protesto, que começa com uma concentração ao meio dia no Largo D. Dinis, que segue, pelas 12:30, em arruada, até à sede da Associação Académica de Coimbra (AAC), onde, pelas 13:00, onde se deverá formar um cordão humano estudantil, de pés e mãos atados, contra os cortes no ensino superior.

Bruno Matias entende que “os problemas não se resolvem em almoços", pelo que considera o convite "deselegante".

Os cortes na educação já tinham levado os alunos do ensino básico e secundário em manifestarem-se nas ruas, num dia de luta nacional, que em Lisboa culminou num protesto frente ao Ministério da Educação e Ciência, exigindo a demissão do ministro Nuno Crato e melhores condições nas escolas.

Com:noticiasaominuto.com


Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas recomendada a nível internacional

A Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas acaba de ser recomendada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) ao Júri Internacional do Programa Bandeira Azul 2015.


Para esta importante decisão, aprovada este mês por unanimidade pelo Júri Nacional do Programa Bandeira Azul, que é composto por 25 entidades da administração pública e organizações da sociedade civil, contribuíram fundamentalmente a qualidade de informação relativa àquela praia, bem como a evolução segura e de qualidade desta zona balnear ao longo dos dois anos de candidatura ao galardão Bandeira Azul.

Em causa, estão o cumprimento de todo um conjunto de critérios e boas práticas impostos pela ABAE, relacionados com a qualidade de informação, realização de atividades de educação ambiental, códigos de conduta ambiental e qualidade da água balnear.

Banhada por um dos rios menos poluídos da Europa – o rio Alvôco – a praia fluvial de Alvôco das Várzeas foi a primeira zona balnear do concelho de Oliveira do Hospital a ser distinguida, em 2014, com uma Bandeira Azul, estreando-se assim no mapa das 18 praias fluviais do país que no ano passado ostentaram aquele símbolo de qualidade ambiental atribuído pela ABAE.

A atribuição deste importante galardão, é fruto de todo um conjunto de políticas que o Município de Oliveira do Hospital tem vindo a promover com vista à valorização das zonas balneares e dos recursos hídricos por forma a potencializar o setor do turismo de natureza.

Note-se que em 2014, a Praia Fluvial de Avô, banhada pelo rio Alva, também renovou o seu estatuto de Praia Acessível – uma distinção que visa galardoar as praias que reúnem um conjunto de condições para serem usufruídas por pessoas com mobilidade condicionada/reduzida.

Para o vereador responsável pelo pelouro do Turismo, José Francisco Rolo, a recomendação internacional da Praia Fluvial de Alvôco das Várzeas, é o corolário de um notório investimento da Câmara Municipal na qualificação das zonas balneares de Oliveira do Hospital, nos domínios do controlo de qualidade das águas e da segurança dos banhistas, nas estruturas de apoio e promoção.

As recentes certificações das praias fluviais dos Vales do Alva e do Alvôco, que recentemente passaram a integrar a Rede de Praias Fluviais das Aldeias do Xisto e vão agora ser contempladas com algumas obras de valorização, são o reforço do convite a desfrutar do contacto com a natureza limpa e autêntica, sublinha, ainda, o Vice-Presidente da Câmara Municipal.


PSD de Oliveira do Hospital denuncia ausência de estratégia de crescimento no concelho

A Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital não poupa nas críticas ao executivo municipal socialista. Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o partido denuncia a ausência de uma estratégia de crescimento para o concelho.


 Em particular, a estrutura social-democrata liderada por Nuno Vilafanha acusa o executivo municipal de apostar “excessivamente” no “subsídio e nos eventos festivos em desfavor de verdadeira política de atração de investimento sustentável que seja criadora de emprego e de riqueza, continuando Oliveira do Hospital à espera da concretização de diversas promessas eleitorais como o investimento de milhões de euros, por parte de empresários, que resultariam na criação de centenas de empregos no nosso concelho”.

“A falta de investimento e de aposta no Turismo torna-se patente na ausência de uma unidade hoteleira na cidade de Oliveira do Hospital e noutros investimentos necessários, nomeadamente em Lourosa e na Bobadela. Lamentavelmente, a Câmara Municipal é vista por potenciais investidores nesta área como um agente que cria obstáculos e não como um agente facilitador”, refere a mesma nota.

Depois de reunir com a comissão Política Distrital, a concelhia do PSD aponta o dedo a “custos e despesas desnecessárias tidas, por exemplo, com um número excessivo de vereadores, com algumas prestações de serviços e com apoios à BLC3 sem que o concelho de Oliveira do Hospital tenha usufruído de qualquer retorno financeiro tratando-se de um sorvedouro de financiamento público que serve somente para sustentar a clientela política do PS”. Uma “política despesista” que contribuiu “para o injusto e excessivo aumento da água para o consumidor” e conduziu à aplicação da “taxa máxima de IRS a 5 %” e não possibilitou “baixar o valor do IMI”.

Saúde e justiça são também áreas que merecem o reparo do PSD por serem “exemplos de falta de estratégia e de habilidade negocial deste executivo municipal”. “No primeiro caso há uma clara falta de respostas por parte da Câmara Municipal à ausência dramática de médicos no concelho. No segundo caso, denota-se uma total incapacidade negocial que tivesse permitido manter o Tribunal Judicial de Oliveira do Hospital com todos os serviços necessários, sabendo-se que é o concelho mais distante da sede de distrito e que acabará por afastar a justiça dos oliveirenses”, verifica o PSD concelhio.

Acesso ao maciço central da Serra da Estrela encerrado devido a neve

O acesso ao maciço central da Serra da Estrela foi hoje à tarde encerrado devido à queda de neve, disse à agência Lusa fonte do Centro de Limpeza de Neve dos Piornos.


Segundo a fonte, os troços entre Piornos/Torre e Torre/Lagoa Comprida estão interditos à circulação desde as 14:30, não havendo para já indicação sobre se os restantes troços também poderão encerrar.

O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje "aguaceiros, em especial a partir do meio da manhã e nas regiões do interior Norte e Centro, que serão de neve acima de 1.000/1.200metros, descendo para os 800/1.000 metros durante a tarde".

Prémio Manuel Gouveia Serra para o bombeiro do ano Nuno Moura

Esperado em cada ano, o prémio Manuel Gouveia Serra foi ontem entregue pelo município de Oliveira do Hospital a Nuno Alexandre Brito Moura, referenciado no seio da corporação de bombeiros da cidade como “bombeiro do ano 2014”.

 

A distinção de bombeiro do ano foi instituída pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, em 2006, com o objetivo de premiar o bombeiro que, em cada ano, se destaca pelo desempenho das suas funções ao serviço da corporação. Do mesmo modo, a distinção visa homenagear e perpetuar o nome do falecido comandante Manuel Gouveia Serra.

 Ausente na cerimónia de comemoração do 93º aniversário dos bombeiros, o presidente da Câmara Municipal fez-se representar na entrega do prémio pelo vice-presidente, José Francisco Rolo. Um momento marcado pela emoção e que foi também partilhado pela viúva do falecido comandante, Teresa Serra.

Nuno Alexandre Brito Moura foi distinguido pela pontualidade, pontualidade e assiduidade, relações interpessoais, responsabilidade e empenhamento.

Na missiva lida pelo vice-presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino felicitou Nuno Moura pela condecoração que “é motivo de enorme orgulho”. “O prémio simboliza a competência, determinação, o exemplo e respeito inspirados pelo comandante Serra”, considerou o autarca.

BLC3 assinalou dia da Árvore com plantação nas novas instalações

A BLC3 assinalou o Dia da Árvore numa iniciativa que contou com a participação de cerca de 100 crianças do concelho de Oliveira do Hospital. A iniciativa juntou os colaboradores da BLC3 e das empresas que estão instaladas na incubadora, crianças dos 3 aos 12 anos e contou com o apoio dos Bombeiros Voluntários de Lagares.


Foram plantados 350 loureiros nas novas instalações da BLC3, o Centro Bio em Lagares da Beira. Os participantes foram sensibilizados para questões relacionada com problemáticas ambientais e para o aproveitamento dos recursos endógenos. Na ocasião, foi apresentada uma explicação da recuperação que se está a fazer naquele espaço e como se espera envolver as Escolas. No mesmo dia, a BLC3 antecipou a comemoração do Dia Mundial da Água, envolvendo crianças do primeiro ciclo e segundo ciclo do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. Foram apresentadas aos alunos atividades experimentais ligadas à água, estabelecendo-se sempre um correspondência com problemáticas relacionadas com a água e o uso eficiente da mesma.

Bombeiros de Oliveira do Hospital assinalaram 93º aniversário

De ano para ano a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital vê reconhecida a importância da sua atuação no dia a dia do concelho e até da região.

Acontece assim, por ocasião, da comemoração de cada aniversário, momento em que se repetem as palavras de reconhecimento dirigidas à corporação que conta já com 93 anos de vida.


No horizonte está já contudo a comemoração do centenário da Associação Humanitária e cujo percurso o presidente da direção espera que fique marcado por “passos de adequada sustentabilidade”. Proteção individual, formação e treino multidisciplinar são áreas que Arménio Tavares pretende que continuem a ser privilegiadas no seio da corporação, e muito em particular a “vontade de voluntariado”.

Na comemoração dos 93 anos da corporação a que está fortemente ligado, o dirigente aprecia os apoios chegados à Associação Humanitária e que têm ajudado “na construção de uma estabilidade qualificada”. Escolinha de bombeiros e fanfarra são novas realidades que orgulham o presidente da direção da corporação.

Sentimentos partilhados pelo comandante Emídio Camacho. A encarar os 93 anos da Associação Humanitária como uma “longa vida marcada por momentos que nos orgulham e dão força para continuar uma caminhada que a todos nós engrandece”, o comandante da corporação destaca a escolinha e a fanfarra como elementos que mantêm jovem a corporação e que possibilitam a entrada de novos bombeiros, encontrando-se um total de 28 jovens em “formação para ingressar na carreira”.


Na comemoração de mais um aniversário, Emídio Camacho fez um balanço do ano anterior. Em particular destacou a boa colaboração entre todos os corpos de bombeiros na região no combate aos fogos florestais, que no concelho foram responsáveis por 20,17 hectares de área ardida.

Um bom desempenho que o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital espera que tenha continuidade. Em carta lida pelo seu vice-presidente, José Carlos Alexandrino, lembrou a importância dos bombeiros na prestação de socorro às populações. “Continuem com o vosso empenho de modo a termos um dos melhores corpos de bombeiros da região. O município está eternamente agradecido”, referiu na missiva. 

Uma data valorizada pelo secretário de Estado da Administração Interna que, sobretudo, apreciou a escolinha de bombeiros e a fanfarra. Satisfeito com o cenário que encontrou no seio da corporação oliveirense, João Almeida verificou que o corpo de bombeiros para além de conseguir dar resposta adequada no presente, se está a preparar para as necessidades do futuro.

A marcar presença no aniversário da corporação da cidade, o presidente da Liga de Bombeiros Portugueses alargou-se nos elogios ao trabalho do corpo de bombeiros. Também satisfeito com o trabalho desenvolvido pelo secretário de Estado da Administração Interna e que rompe com um passado que não quer recordar, Jaime Soares elogiou a boa receção feita pela direção e comando do corpo de bombeiros, lamentando porém que contrariamente ao que acontecia no passado, o governante não entregou nenhum cheque à corporação.

Homem detido na Guarda por crimes de sequestro e violação  


A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, na sequência de investigação em curso, localizou e deteve um homem, pela presumível prática dos crimes de sequestro e de violação.


“A vítima foi sequestrada na cidade da Guarda, sob ameaça de uma arma de fogo, em Outubro do ano passado e foi levada até uma zona de pinhal, em Celorico da Beira, onde acabou por ser violada, brutalmente agredida, desapossada do seu telemóvel pessoal e depois abandonada no mesmo local”, informa a Polícia Judiciária em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


O detido, que tinha vivido com a vítima, é ainda suspeito de um crime de violência doméstica e de uma tentativa de violação, praticada em Setembro do mesmo ano.

O detido, de 37 anos, irá ser presente às competentes autoridades judiciárias para efeitos de primeiro interrogatório e eventual aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

“Falta de médicos” marcou 93º aniversário dos Bombeiros de Oliveira do Hospital

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital comemorou, ontem, 93 anos de vida. Muito esperado pela família dos bombeiros, pelas distinções e condecorações que tem associado, o momento comemorativo ficou marcado pela presença do secretário de Estado da Administração Interna, João Pinho Almeida, e pelas preocupações em torno da falta de médicos no concelho.


Pela segunda vez no concelho no período de um mês, João Pinho Almeida tomou conhecimento da realidade do corpo de bombeiros da cidade de Oliveira do Hospital, bem como das preocupações que afligem o concelho e que ‘tocam' com aquela que é também a missão dos bombeiros na prestação de socorro à população. É que, à já velha preocupação da falta de acessibilidades, junta-se o problema da falta de médicos no concelho. Maria José Freixinho, presidente da Assembleia Geral da AHBVOH lembrou ao governante que para um concelho com 22 mil habitantes existem apenas seis médicos em atividade, situação que deixou “maior parte da população sem médico de família”.

Uma preocupação de que também fez eco o vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. A representar o presidente da autarquia na cerimónia comemorativa, José Francisco Rolo falou da “angústia” que resulta da falta de médicos, já que dos 16 anteriormente ao dispor dos oliveirenses, apenas seis se mantêm ao serviço e para um universo de mais de 22 mil habitantes. “É um problema que aflige todos os oliveirenses”, alertou.

Preocupações de que o governante, disse ter conhecimento e que cuja resolução estará em curso com um conjunto de medidas aprovado pelo governo, no sentido de tornar atrativa a fixação de novos médicos nas regiões do interior. “O governo tem perfeita noção de que neste momento a distribuição dos profissionais de saúde é assimétrica e prejudica a resposta de saúde”, referiu João Almeida, confiante de que, através de um conjunto de incentivos, será possível o preenchimento do quadro de médico “se não for total, que seja  o mais próximo daquilo que é a necessidade de cuidados de saúde da população residente no concelho”. “Há já medidas aprovadas que permitirão ir ao encontro dessa solicitação”, assegurou o secretário de Estado.

Maria José Freixinho

José Francisco Rolo

João Pinho Almeida 

CAULE alerta para “perigo amarelo” na região

A propagação rápida das acácias (mimosas) está a preocupar a Associação Florestal da Beira Serra que defende Plano Nacional de combate às espécies invasoras.

Em comunicado, a associação  " vem defender um plano nacional de combate às invasoras lenhosas, nomeadamente as acácias, vulgarmente conhecidas por mimosas, tendo em conta a propagação extremamente rápida que esta espécie tem tido nos últimos anos, estimando-se que represente actualmente entre 5 a 10% do território florestal. Vasco de Campos, presidente da associação, diz-se  "preocupado com aquilo que designa de perigo amarelo para a região, uma vez que a mimosa “onde está acaba com tudo”, garantindo que a associação que lidera tem vindo a realizar, nos últimos anos, um combate mais incisivo a esta

invasora na região da Beira Serra e concelhos limítrofes, tendo intervenções numa área de mais

de150 héctares inserida em Zonas de Intervenção Florestal, acrescentando ainda que "vamos propor à senhora Ministra um plano nacional de combate às invasoras lenhosas”, na medida em que “a situação está a tomar contornos preocupantes”, nomeadamente na região Centro e Norte do país, considera.

Lei aqui o comunicado: http://issuu.com/radioboanova/docs/alerta_amarelo

A oliveirense Joana Neves, hoje em destaque no programa Linha da Frente da RTP, depois do telejornal das 20h00.

Joana Neves chegou ao topo com apenas 24 anos.

Integra a equipa de um dos mais conceituados cabeleireiros do mundo - Guido Palau. Nesta equipa, só entram os melhores dos melhores.

Trabalha com os modelos mais famosos do momento e para as grandes marcas internacionais de pronto a vestir e de alta costura.

Joana é a prova de que nunca se deve desistir dos sonhos.

Saiba porquê no LINHA DA FRENTE.

(Foto e Fonte RTP)

Detenções por tráfico de droga em Coimbra

A Investigação Criminal do Comando Territorial da GNR, em Coimbra, deteve ontem, pelas 00H05 horas, na zona de S. Martinho do Bispo, um homem de 28 anos e uma mulher de 23 anos, pelo Crime de Tráfico de Produtos Estupefacientes e constituiu arguido outro indivíduo de 21 anos, pelo mesmo crime.

 

As detenções efetuaram-se em flagrante delito, tendo sido apreendidas 746 doses individuais de cocaína e 60 doses individuais de haxixe. Nas buscas subsequentes (quatro domiciliárias e quatro não domiciliárias) foram ainda apreendidos um automóvel, duas armas do tipo carabina de calibre .22 (uma delas com silenciador e mira laser), uma pistola de calibre .22 com dois carregadores,  uma pistola calibre 6.35 mm; um revolver calibre .22 especial e 170 munições de diversos calibres, dois computadores portáteis, um tablet e seis telemóveis.

As detenções surgiram na sequência de uma investigação criminal que decorria há aproximadamente um ano e que, em 18 de dezembro de 2014, já tinha permitido a detenção de quatro indivíduos por tráfico de droga (um dos quais ficou em prisão preventiva). Nessa ação, que decorreu na área de serviço de Antuã (na A1) foram ainda apreendidas 180 doses individuais de cocaína e 50 doses individuais de heroína, entre outros objetos.

Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital comemoram 93º aniversário

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital comemora domingo, 22 de março, o 93º aniversário.

 

Para além das habituais promoções e condecorações, o aniversário da corporação de bombeiros da cidade vai ficar marcada pela bênção de uma viatura e a inauguração da garagem Cave pelo Secretário de Estado da Administração Interna. Depois de em fevereiro passado, ter estado no quartel de bombeiros de Lagares da Beira, João Almeida é também esperado nas instalações do corpo de bombeiros da cidade.

A comemoração do aniversário da corporação reveste-se de particular importância para a família dos bombeiros de Oliveira do Hospital que, em cada ano, espera por esta data, considerada um dos momentos altos da vida da corporação.

A contar com a participação da fanfarra e escolinha de bombeiros, a comemoração dos 93 anos da Associação Humanitária fica ainda marcada pela entrega do prémio Manuel Gouveia Serra ao Bombeiro do Ano. 

FCOH recebe o Tourizense, Nogueirense desloca-se ao Caldas

No próximo domingo, 22 de março, joga-se a jornada 6 da segunda fase do campeonato nacional de seniores, em futebol.

 

Na luta pela manutenção no campeonato, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital prepara-se para o dérbi regional, recebendo em casa o vizinho Tourizense. A equipa oliveirense parte para esta jornada na 4ª posição, com 19 pontos, esperando por um Tourizense que é 7º classificado, com 17 pontos. A fase de manutenção é liderada pelo Vitória de Sernache, com 20 pontos.

 

De olhos postos na subida de divisão, a Associação Desportiva Nogueirense desloca-se domingo ao reduto do Caldas. A equipa de Nogueira do Cravo é 4ª classificada, com sete pontos. O Caldas ocupa o 7º lugar da tabela, com seis pontos. O Operário Lagoa é líder na fase da subida, com 11 pontos.

 

Na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, a Associação Desportiva de Lagares da Beira joga domingo a jornada 23 e desloca-se ao Ançã. A equipa lagarense é 12ª classificada, com 20 pontos. O Ançã é 11º classificado, com 23 pontos. 

ADI aposta na formação em vitrinismo e decoração dirigida ao comércio local

No âmbito da iniciativa “Qualidade: Imagem É Marca”, a ADI – Agência de Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital está a desenvolver uma formação em “Vitrinismo e Decoração” dirigida ao comércio local.

 

No desenvolvimento desta ação, a ADI conta com a parceria do IEFP e dos Municípios de Oliveira do Hospital e de Tábua. O curso é ministrado pelo formador Horácio Oliveira e também vai ser ministrado em Tábua. A formação tem como objetivo a elaboração de projetos de vitrinismo das áreas de decoração, higiene e tecnologia.


No arranque da formação que conta com mais de duas dezenas de participantes, o presidente da ADI, José Francisco Rolo congratulou-se por ver entre os participantes “uma diversidade de comerciantes, uns com mais tempo e outros com atividade mais recente” o que significa que “estamos a conseguir chegar a todo o tipo de estabelecimentos comerciais”. Deu conta do desafio que foi lançado pelo formador à ADI e ao MOH “para fazer esta formação” que visa “trabalhar a componente do vitrinismo, a decoração de montras e a decoração de interiores e ajudar os nossos comerciantes a melhorar os espaços dos seus estabelecimentos comerciais e a respetiva atratividade”.

“A nossa expetativa é que seja útil para a valorização dos vossos espaços comerciais”, sublinhou o presidente da ADI que lembrou a aposta na capacitação do comércio local desenvolvida pela Agência através das várias iniciativas que promove ao longo do ano. Uma das próximas atividades será a dinamização de um grande concurso de montras como conclusão do curso e que irá premiar as melhores montras das lojas aderentes do centro urbano de Oliveira do Hospital.

Também em execução está a medida “Comércio Investe – Incentivos à Modernização do Comércio”, um programa de apoio a projetos de investimento promovidos por empresas ou associações empresariais, cujos investimentos estão a decorrer e para o qual José Francisco Rolo alertou, indicando que os interessados ainda podem apresentar a sua candidatura. No final do mês decorrerá a sessão de apresentação do Conselho Consultivo do Comércio Local dos centros urbanos de Tábua e Oliveira do Hospital, que tem a missão de “ouvir os comerciantes e registar as suas ideias e contributos para preparar as atividades e as abordagens que podemos fazer em conjunto” ao longo do ano.

Primavera começa com chuva

A chuva e a trovoada vão marcar o início do Equinócio da primavera, prevendo-se nebulosidade e vento forte nas terras altas, disse o meteorologista Ricardo Tavares, do IPMA.


“Para hoje [dia em que começa a primavera] e para o fim de semana estamos a prever períodos de céu muito nublado e aguaceiros com condições favoráveis à ocorrência de trovoadas, em especial nas regiões centro e sul e vento fraco a moderado, sendo forte nas terras altas”, adiantou à agência Lusa Ricardo Tavares.

O meteorologista do IPMA disse também que está prevista queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela até ao início da manhã e para o final do dia e subida da temperatura.

De acordo com Ricardo Tavares, as temperaturas para hoje e no fim de semana vão oscilar entre subidas e descidas, mas “nada de significativo”.

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, o Equinócio da primavera começa hoje às 22h45.

Meruge dá as boas vindas à Primavera

Para assinalar o início oficial da estação mais colorida e fascinante do ano, a Junta de Freguesia de Meruge vai realizar a “Feira da Primavera”, com uma exposição e venda de flores, com início previsto para as 09 Horas, na Associação dos Amigos de Meruge, no próximo sábado, dia 21 de março.

 

Esta iniciativa é parte integrante da iniciativa “Entre Pedras Nascem Rosas”, organizada pela Junta, com o objectivo de fazer da Freguesia um imenso e colorido jardim. 

"Em tempos de crise, são importantes os estímulos materiais para que as pessoas possam corresponder ao desafio lançado pela Iniciativa. Deste modo, e para que ninguém deixe de participar por razões económicas, a Junta estabeleceu uma parceria com “Viveiros” da região, que irão estar presentes na Feira, disponibilizando as suas plantas, bolbos, vasos e afins e, estabeleceu um Vale de 15 Euros, para que todos os participantes adquiram plantas para os seus jardins", informa a Junta de Freguesia.

Crianças reflorestaram área ardida de Lagares da Beira

Mais de 280 alunos das escolas do 1º CEB de Bobadela, Ervedal da Beira, Lagares da Beira, Lagos da Beira, Nogueira do Cravo, S. Paio de Gramaços e Vila Franca da Beira participaram esta manhã na segunda ação de reflorestação integrada na iniciativa “Plantar Árvores, Fazer Florestas”, destinada a comemorar o Dia Mundial da Floresta.

 

 A ação de reflorestação beneficiou 1,1 hectares de terreno num baldio da Junta de Freguesia de Lagares da Beira, área que no dia 24 de agosto de 2013 foi devastada por um violento incêndio que alastrou às localidades de Travanca de Lagos, Andorinha e Ervedal da Beira.  José Carlos Marques, responsável municipal pela proteção civil recordou tratar-se de um incêndio que consumiu 750 hectares de floresta e que colocou em perigo pessoas e bens obrigando à ativação do plano de emergência municipal.

A ação de reflorestação é organizada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, junto dos mais novos, pretende sensibilizar para a importância da reflorestação e preservação da floresta. Teresa Dias, vereadora do pelouro das florestas lembrou aos mais novos que “as árvores são nossas amigas” atestando no local a motivação das crianças na reflorestação daquela área ardida.

Veja mais fotos aqui.

José Carlos Marques (Responsável Proteção Civil Municipal)

Teresa Dias (Vereadora das Florestas)

Cristina Oliveira suspende mandato na autarquia oliveirense por um ano

A única vereadora do PSD na Câmara de Oliveira do Hospital está de saída do executivo municipal. João Brito deverá ocupar o lugar deixado vago por Cristina Oliveira.


A decisão de suspensão de mandato por parte da candidata derrotada à eleições autárquicas de 2013 foi comunicada pela própria Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital que, em comunicado enviado às redações, dá conta de que  Cristina Oliveira “pediu a suspensão do seu mandato como vereadora municipal pelo período de um ano”.

Um pedido que, segundo o PSD concelhio dirigido por Nuno Vilafanha, se prende “exclusivamente com motivos profissionais e pessoais”, pelo que o partido disponibiliza “total solidariedade e apoio” a “quem continuará a colaborar”.

“Para dissipar qualquer dúvida”, a CPS do PSD de Oliveira do Hospital esclarece que “se trata de uma suspensão por um ano e não de uma renúncia ao seu mandato podendo, assim que possível, requerer o seu regresso antecipado relativamente à data inicialmente fixada e reassumir o mandato para que foi eleita”

“De acordo com os procedimentos legais, será substituída pelo cidadão imediatamente a seguir na ordem respetiva da lista do PSD que concorreu às eleições autárquicas e cuja convocação compete ao Presidente da Autarquia”, refere ainda o partido.

No momento em que anuncia a decisão de suspensão do mandato por parte do único elemento eleito no executivo municipal, o PSD de Oliveira do Hospital agradece o trabalho desempenhado por Cristina Oliveira, esperando “contar com a mesma num futuro próximo e com o seu rápido regresso ao executivo municipal”.

Com a saída “temporária” de Cristina Oliveira, João Brito – segundo elemento da lista candidata à Câmara Municipal – deverá ser o seu substituto no executivo municipal. Situação que já se verificou em pelo menos duas reuniões daquele órgão, com João Brito a justificar a sua presença com afazeres pessoais e profissionais de Cristina Oliveira.

Ainda que presente na última reunião pública do executivo, Cristina Oliveira dava nas vistas pela sua ausência em Oliveira do Hospital, tal como aconteceu na última edição da Feira do Queijo de Oliveira do Hospital. A vereadora também não participou na última reunião da Assembleia Municipal realizada no passado dia 13 de fevereiro.

Detido jovem suspeito de abuso sexual e pornografia de menores em Mangualde

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um jovem de 22 anos, na zona de Mangualde, distrito de Viseu, pela presumível prática reiterada de crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia de menores.


Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a Diretoria do Centro da PJ informa que a vítima é uma menor de 13 anos que o suspeito conheceu "através de uma rede social, tendo-a constrangido para encontros com o propósito de cometer abusos".

Presente a primeiro interrogatório judicial, o juiz de instrução criminal determinou que o arguido aguardasse o desenrolar do inquérito sujeito às medidas de coação de apresentações periódicas junto das autoridades e à de proibição de contactar com menores, adianta o comunicado.

Fonte da Diretoria de Coimbra da PJ afirmou que "os factos ocorreram na zona de Mangualde, onde o suspeito foi detido no dia 16", tendo a investigação iniciado uma semana antes.

"O arguido utilizava o Facebook para entrar em contacto com menores, de preferência com idade inferior a 14 anos, convencendo-as a exporem-se sexualmente, acabando por fotografar e filmar as suas partes íntimas", explicou a mesma fonte, esclarecendo que, na posse das imagens, o suspeito "chantageava que colocava as fotografias a circular na Internet caso não cedessem a encontros".

Neste caso, "a vítima expôs-se", mas "os pais vieram a saber, através do Facebook e depois por contactos telemóvel", tendo denunciado imediatamente às autoridades policiais, o que levou a esta investigação e a que os encontros entre arguido e vítima não se realizaram.

O arguido trabalha numa empresa na mesma zona e não tem antecedentes criminais, acrescentou a PJ, que admite a existência de mais vítimas, porque o jovem "utilizava este esquema há algum tempo".

A PJ aconselha os pais de menores a "estarem atentos às atividades dos filhos na Internet", alertando "a comunidade em geral que quer a simples posse, quer a partilha de ficheiros de cariz sexual envolvendo menores, é crime".

com:noticiasaominuto.com

Associações Empresariais promovem Norte e Centro  em Hannover

O Conselho Empresarial do Centro / Câmara de Comércio e Indústria do Centro (CEC/CCIC) e a União das Associações Empresariais da Região Norte (UERN) vão realizar, hoje e amanha, dia 20 de março, uma ação promocional na maior feira do mundo de tecnologias de informação, a CeBIT, que decorre em Hannover, Alemanha.


O objetivo das duas organizações, que agregam 64 associações empresariais, é promover o Norte e o Centro de Portugal como regiões de Inovação e de Conhecimento, quer ao nível das potencialidades intrínsecas do território, quer ao nível das instituições, das empresas e dos projetos inovadores que mostram a atratividade destas duas regiões.

Nesta ação, o Norte e o Centro do País vão ser apresentados também como regiões competitivas nos mercados globais e onde existe uma intensa cooperação entre centros de saber e conhecimento, tecido empresarial e entidades de administração do território, proporcionando o ambiente ideal para a criação e desenvolvimento de negócios inovadores e geradores de valor.

Um dos objetivos desta iniciativa é também estabelecer parcerias estratégicas para intensificar a presença das duas regiões em redes estratégicas de conhecimento e de desenvolvimento de novos negócios. A captação de novos investimentos, nacionais e internacionais, é assim um objetivo estratégico.

Filhos felicitam os pais em mais uma comemoração do Dia do Pai (Com Vídeo)

Hoje, dia 19 de março, assinala-se o Dia do Pai. Neste dia multiplicam-se as mensagens de felicitações ao pai e as manifestações de carinho. Uma situação que ganha significado especial junto dos mais novos que, cheios de orgulho, identificam o seu como o melhor pai do mundo.

 

Esta manhã, no Jardim de Infância do Vale Ferreiro, em Oliveira do Hospital, os 21 alunos presentes partilharam com a Rádio Boa Nova as mensagens de carinho dedicadas ao pai. "Fofos, super heróis, queridos, amigos e até astronautas" foram algumas das palavras usadas pelas crianças de três, quatro e cinco anos de idade para descrever os seus pais. Um momento que teve o seu ponto alto com uma canção dedicada ao pai.

Rádio Boa Nova comemora 29 anos de vida

A Rádio Boa Nova assinala hoje, dia 19 de março, 29 anos de vida. Com uma emissão especial, destinada a assinalar a efeméride, a Rádio Boa Nova tem dado particular atenção às vozes que ao longo de quase três décadas de vida têm marcado o dia a dia desta estação emissora, que deixou de ser local para ser da região e pertencer, através da sua emissão online, ao país e ao mundo.


Um trajecto marcado por vitórias e também constrangimentos que os fundadores e sucessivos elementos diretivos foram superando com o apoio das dezenas de colaboradores e amigos da Rádio Boa Nova. Presidente da direção da Rádio Boa Nova, Albino José, falou esta manhã de alguns momentos marcantes da vida da Rádio Boa Nova que, ao fim de 29 anos, continua "a dizer muito" a todos quantos se mantêm envolvidos neste projeto. Um projeto que assume o modelo de cooperativa sem fins lucrativo, que resiste graças ao voluntariado e à vertente publicitária, única fonte de receitas.

A comemorar 29 anos de vida, a Rádio Boa Nova orgulha-se também por acompanhar a evolução dos tempos, apresentando-se hoje como uma rádio "modernizada". 

Jovem detido quando se preparava para assaltar residência em Oliveira do Hospital

Militares do Posto Territorial da GNR de Oliveira do Hospital detiveram, ontem ao final da tarde, pelas 19h00 horas, na localidade da Lageosa, um indivíduo do sexo masculino, de 21 anos, desempregado, pelo crime de furto em interior de residência.


O indivíduo foi detido em flagrante delito no interior da habitação.  A rápida intervenção da patrulha inviabilizou o furto, não tendo permitido a subtração de quaisquer objetos do interior da habitação.

O detido, já com antecedentes criminais daquele tipo de crime, foi restituído à liberdade e notificado para comparecer nos serviços do Ministério Público do Tribunal de Oliveira do Hospital.

Detido na Guarda por suspeita de violar homem com incapacidade cognitiva

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem suspeito de ter violado, por mais do que uma vez, um outro homem, com a idade de 26 anos.

 

A vítima, padecendo de ligeira incapacidade cognitiva, foi persistentemente abordada pelo ora detido para efeitos de relacionamento sexual, já desde o ano de 2012, acabando numa determinada ocasião, no interior da residência deste, por ser amarrada a uma cama e depois subjugada a coito anal.

 

O detido, com 43 anos de idade, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Município de Tábua apresenta três Roteiros Virtuais  

Englobado numa dinâmica de divulgação de Tábua e das suas naturezas naturais, bem como para preservar algumas tradições, ofícios, costumes e o saber-fazer dos  seus antepassados, o município de Tábua criou três roteiros virtuais, que possibilitam ao visitante ficar a conhecer melhor o concelho, assim como, ter acesso às coordenadas para os locais e a breves informações sobre cada uma das fotografias.


O Roteiro Turístico, o Roteiro do Queijo Serra da Estrela e o Roteiro do Mundo Rural possibilitam uma visita, em fotos de alta qualidade em 360º, aos locais e monumentos, onde até o som desses locais podemos ouvir.

É um projeto em constante atualização, quer dos locais quer dos ofícios e profissões.

Os roteiros estão englobados num projeto mais amplo de criação de dois Centros de Interpretação, o Centro de Interpretação do Mundo Rural e o Centro de Interpretação do Queijo Serra da Estrela a concluir brevemente pelo Município de Tábua.

Este projeto tem o apoio da ADIBER no âmbito do Subprograma 3 do PRODER.

 

http://www.virtualtour.com.pt/tabua/roteiro-turistico/

http://www.virtualtour.com.pt/tabua/roteiro-do-mundo-rural/

http://www.virtualtour.com.pt/tabua/roteiro-do-queijo-serra-da-estrela/

 

FAAD apela à consignação de 0,5 por cento do IRS

Estando já a decorrer a submissão das declarações de I.R.S., a Fundação de Aurélio Amaro Diniz vem lembrar de que é uma das entidades a quem os contribuintes podem consignar 0,5% da coleta de IRS para que esta possa aplicar em investimentos.


Cada contribuinte não paga mais ao atribuir essa parte do imposto à FAAD, pois apenas usa a prerrogativa de poder dar instruções à autoridade tributária para que entregue esse valor a uma instituição que tenha requerido essa possibilidade por cumprir determinados requisitos.

E como o fazer? No anexo H, no campo 9, basta colocar número de pessoa coletiva (500 746 621), de modo a identificar a Fundação de Aurélio Amaro Diniz. Por estes dias e referente às declarações entregues no ano transato, a FAAD recebeu 3.102 Euros, valor que vai ajudar a custear a aquisição de sistemas de gravação digital para o setor de relatórios clínicos, investimento que irá permitir diminuir o tempo entre a realização de exames e a emissão do respetivo relatório médico.

A FAAD conta com a colaboração de todos e a ampla divulgação desta iniciativa que se traduz em mais uma ajuda para a melhoria das condições disponibilizadas a todos os utentes do Hospital. 

Lagares da Beira: Obras no quartel de bombeiros arrancam ainda este mês

Há muito esperadas pela direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beiras, as obras de ampliação e remodelação do quartel deverão ter início ainda durante o mês de março.

 

Estimada em 282 mil Euros -  financiada em 85 por cento pelo POVT e em 15 por cento pelo município de Oliveira do Hospital - a obra foi adjudica no sábado passado, em dia de Assembleia Geral da corporação, à empresa Edibeiras, Lda, com sede na Guarda.

Este é um projeto que, segundo António Gonçalves, presidente da direção contempla a ampliação das camaratas femininas e melhorias no edifício, com a substituição do telhado por uma cobertura “com melhor comportamento térmico e acústico" e janelas. Situações que, segundo o presidente da direção da corporação, “darão maior qualidade aos bombeiros e ter um quartel sem necessidade de despesas com reparação no futuro”.

Trabalhos necessários para o normal dia a dia da corporação e que, com exceção da despesa com a realização do projeto, não representam qualquer custo para a Associação Humanitária. “Candidatámos o projeto ao POVT e foi aprovado com financiamento de 85 por cento”, referiu António Gonçalves à Rádio Boa Nova, regozijando-se por o município assegurar o financiamento dos restantes 15 por cento, fazendo com que “a Associação não tenha despesa com a construção da obra”. “Mais uma vez a Câmara Municipal esteve ao nosso lado para ajudar a melhorar as condições dos bombeiros”, afirmou. 

segundo 

Clube de Ténis de Oliveira do Hospital reuniu em Assembleia Geral

O Clube de Ténis de Oliveira do Hospital reuniu, esta terça-feira, em Assembleia Geral.


No encontro de sócios foram apresentadas as contas referentes ao último ano e discutidos outros assuntos. Em cima da mesa esteve a organização e dinamização de torneios de ténis ao longo do ano 2015.

Seia acolhe 4º Encontro Multilateral Comenius

O Agrupamento de Escolas de Seia acolhe, até ao dia 20 de março, o quarto e último Encontro Multilateral Comenius, um programa de mobilidade e cooperação entre escolas que integra delegações de países da Comunidade Europeia.

 

Este encontro encerra o trabalho desenvolvido, nos últimos dois anos, pelo Agrupamento de Escolas de Seia, em parceria multilateral com quatro países Europeus: Itália, França - Região Autónoma de Guadalupe nas Caraíbas, Alemanha e Espanha, sobre o tema “Nutrição e Ambiente”- mudanças na alimentação ao longo dos tempos” e em diferentes países. No âmbito deste encontro, os 38 docentes e alunos que, desde domingo, se encontram em Seia, e o grupo de alunos e professores do Agrupamento de Escolas de Seia foram recebidos, hoje de manhã, na Câmara Municipal de Seia, estando ainda programadas, no decorrer da sua estadia em Seia, visitas ao CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela e ao Museu do Brinquedo. Para além deste encontro, o programa Comenius contou com mais três mobilidades multilaterais, com o envolvimento de professores e alunos do Agrupamento de Escolas de Seia. 

Turismo do Centro quer aumentar taxa de permanência dos visitantes

O presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro, Pedro Machado, disse hoje ser necessário aumentar a permanência dos turistas na região, que atualmente ronda a média de 1,8 noites por visitante.


O Centro de Convenções e Espaço Cultural, que está a ser criado no Convento de São Francisco, em Coimbra, e que deverá ficar concluído até final de 2015, é um dos empreendimentos que poderá contribuir para esse objetivo, sustentou o responsável pela Turismo do Centro.

Pedro Machado falava aos jornalistas ao princípio da tarde de hoje depois de durante dois dias ter acompanhado um grupo de deputados do PSD que visitaram projetos que estão em curso nas zonas de Viseu, de Aveiro e de Coimbra, que totalizam um investimento global da ordem dos 100 milhões de euros e que deverão contribuir para a atração de turistas e sua fixação na região por mais tempo.

A Turismo do Centro, que engloba uma dezena de antigas regiões de turismo, uma centena de municípios e oito comunidades intermunicipais, ocupando 31% do território continental nacional, registou, em 2014, um aumento de turistas de 10%, fazendo com que o número de dormidas na região tivesse sido de cerca de 4,2 milhões.

Mas o facto de 2014 ter sido, também para a região Centro, "o melhor ano turístico de sempre", quase não alterou a taxa de ocupação das unidades hoteleiras, que se mantém, "em média, entre os 46 e os 50%", salientou Pedro Machado, reconhecendo que a fixação de turistas é uma das maiores dificuldades e das grandes preocupações desta área, cujos visitantes nacionais representam cerca de 70% do seu mercado.

Oliveira do Hospital comemora Dia Mundial da Floresta com plantação de duas mil árvores

O Município de Oliveira do Hospital vai assinalar o Dia Mundial da Floresta com a iniciativa “Plantar Árvores, Fazer Florestas!” que se vai desenrolar nos dias 19 e 20 de março. Nesta ação com o mote “Plantar um Amigo” serão plantadas duas mil árvores em 2,5 hectares de terreno, envolvendo perto de 600 alunos do 1.º ciclo do ensino básico (CEB), entre os participantes.

Na quinta-feira, dia 19, às 9H30 terá início a ação de reflorestação de um terreno baldio na União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, mais concretamente na localidade de Ponte das Três Entradas (estrada para os Merujais). Nesta manhã, 344 participantes, entre alunos, professores e auxiliares, das escolas de Lourosa, Oliveira do Hospital e Ponte das Três Entradas, vão plantar 1,3 hectares de terreno com medronheiro e pinheiro manso.

Já no dia seguinte, 20 de março, às 9h30 terá início a reflorestação de 1,1 hectares de terreno com sobreiros e carvalhos num baldio da Junta de Freguesia de Lagares da Beira (junto ao estradão de terra antes do cruzamento para Travancinha). Esta segunda ação contará com 283 participantes das escolas do 1.º CEB de Bobadela, Ervedal da Beira, Lagares da Beira, Lagos da Beira, Nogueira do Cravo, S. Paio de Gramaços e Vila Franca da Beira.

Nessa sexta-feira, ao início da tarde, pelas 14H00, também os alunos do 1.º ciclo de Travanca de Lagos irão plantar num terreno baldio da Junta de Freguesia, de mil metros, cerca de 70 árvores, entre medronheiro e pinheiro manso. De referir que metade das espécies autóctones que serão plantadas nestas ações foram oferecidas pelo projeto “Floresta Comum”.

A ação “Plantar Árvores, Fazer Florestas!” é promovida pelo Município de Oliveira do Hospital com a colaboração das Juntas de Freguesia envolvidas e tem a participação dos alunos do 1.º CEB do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital que, nos três locais, serão acompanhados pelos membros da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios e pelo Gabinete Técnico Florestal da autarquia. À semelhança do que vem acontecendo, a ação insere-se nos objetivos da Agenda Local 21, estando inscrita na Plataforma AMO Portugal – Associação Mãos à Obra Portugal, e integra também o programa de atividades da Bandeira Azul.

O Município de Oliveira do Hospital, através dos seus pelouros do Ambiente e Qualidade de Vida; da Floresta e Desenvolvimento Rural e da Educação, tem dinamizado várias ações de promoção ambiental com o objetivo de valorizar o concelho de Oliveira do Hospital, privilegiando a plantação e sementeira de flora autóctone, e de sensibilizar os mais jovens para a educação ambiental. Um trabalho que tem vindo a ser implementado, desde 2010, com várias ações de reflorestação, inseridas nos objetivos da Agenda 21 Local, e até ao momento já abrangeram cerca de 20 hectares, nomeadamente no Perímetro Florestal N. Sra. das Necessidades (Gramaça, Aldeias das Dez), no Vale da Madrana (Chamusca da Beira, Lagos da Beira), na Área Baldia das Rodas (Merujais, Penalva de Alva), na Quinta da Serrana (Ervedal da Beira), em Meruge, e nas áreas ardidas em Rio de Mel, S. Gião, Ervedal da Beira e em Avô. A estas acrescentam-se várias plantações simbólicas de espécies autóctones no Parque do Mandanelho, no Parque dos Marmelos e ruas da cidade.

Seia apaga as luzes pelo Planeta

À semelhança dos anos anteriores, o Município de Seia vai desligar as luzes de edifícios municipais durante a Hora do Planeta, entre as 20h30 e as 21h30, do dia 28 de março de 2015, em associação à iniciativa.

 

O contributo de Seia para a maior ação deste género à escala mundial, enquanto ato simbólico de preocupação ambiental, refletir-se-á no apagar das luzes, durante 60 minutos, nos edifícios da Biblioteca Municipal, CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela, Mercado Municipal e Paços do Concelho.

 

A Hora de Portugal é uma iniciativa da organização global de conservação de natureza WWF – Hora do Planeta que procura incentivar cidadãos, empresas e governos a desligarem as luzes por uma hora, mostrando assim o seu apoio à luta contra as alterações climáticas.

 

A Câmara de Seia aderiu, pela primeira vez, à Hora do Planeta em 2011 e, desde então, todos os anos se tem associado à iniciativa, enquanto gesto simbólico representativo da consciencialização de um problema que é de todos: as alterações climáticas. No âmbito da evolução da campanha Hora do Planeta e do conceito “Para além da Hora e Eu faço se tu Fizeres”, o município comprometeu-se, enquanto medida a operacionalizar deste ano, a alterar a iluminação de alto consumo por tecnologia LED no edifício do Mercado Municipal de Seia.

 

Neste âmbito e a par desta medida, a autarquia tem desenvolvido, ao longo dos tempos, um conjunto de boas práticas em matéria ambiental, de que constituem exemplos claros deste compromisso o programa Eco2SEIA: Low Carbon City (de resultaram as campanhas produto eco2SEIA, IPSS Baixo Carbono, campanha A+++), a operacionalização do Plano Municipal de Eficiência Energética e, mais recentemente, a adesão ao ClimAdapt, que tem como principal objetivo desenvolver Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) para os 26 municípios aderentes.

Santa Casa da Misericórdia de Galizes estreia-se no Campeonato Nacional de Boccia (Atualizada)

A Santa Casa da Misericórdia de Galizes estreou-se no passado fim de semana no Campeonato Nacional de Boccia 2015.

 

A primeira participação da equipa de Boccia, composta por utentes da Santa Casa, aconteceu no Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé, no Algarve.

Participam no Campeonato Nacional de Boccia 2015 equipas das zonas centro e sul, bem como das ilhas, nas classes BC1, BC2, BC4 e BE.


Técnico de desporto da Santa Casa da Misericórdia de Galizes, Cláudio Gome é o treinador da equipa de Boccia, composta por quatro utentes da instituição. À Rádio Boa Nova, o jovem treinador falou da origem do projeto, que o próprio sugeriu à direção da instituição que, prontamente, deu "luz verde" ao desafio lançado. Ao fim de uma primeira participação no campeonato nacional de Boccia com dois atletas em Loulé, Cláudio confessa-se satisfeito pela boa prestação dos utentes, certo também de que o novo projeto da Santa Casa de Galizes é determinante para levar longe o nome da instituição, bem como do próprio concelho de Oliveira do Hospital.

Foto: Claúdio Gomes

Mostra de Gastronomia dá a provar “Aromas e Sabores da Montanha” em Seia

Os pratos mais emblemáticos da região vão estar à mesa dos restaurantes do concelho de Seia, durante o período da Páscoa, em mais uma edição da Mostra de Gastronomia “Aromas e Sabores da Montanha”.


A Mostra de Gastronomia decorre de 28 de março a 12 de abril, nos 24 espaços aderentes, e promete surpreender os clientes com pratos típicos e inovadores, de sabores e saberes que refletem os hábitos e tradições da Montanha. De entrada, petisco ou prato principal, confecionado de forma tradicional ou num prato mais sofisticado, serão várias as opções em destaque, que privilegiam, entre outros, o uso do cabrito, borrego, Queijo Serra da Estrela, mel, requeijão, enchidos, o Pão do Sabugueiro e a Broa de Loriga, enquanto produtos locais, mas também outros pratos típicos, onde faltarão sugestões de vinho do Dão, produzido no concelho.

Promovida pela ADIRAM – Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha, em parceria com os restaurantes e o município de Seia, a mostra pretende promover o potencial gastronómico do concelho e, assim, impulsionar o setor da restauração, um património gastronómico único, testemunho de gerações passadas, inspirado nos produtos locais e nas necessidades e exigências da vida quotidiana daqueles que aqui vivem.

O legado desta valiosa herança de saberes e sabores, no nosso concelho de Seia, é reconhecido como um dos produtos turísticos com maior capacidade de promoção da região, sendo a Mostra de Gastronomia um dos instrumentos para a sua divulgação.

 

Poesia de Sophia de Mello Breyner recordada durante “Um Chá com…”

A poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen foi recordada ao longo de uma tarde cultural que teve lugar na Pousada Convento do Desagravo, em mais uma edição da iniciativa “Um Chá Com...” promovida pelo Rotary Club de Oliveira do Hospital em parceria com a Câmara Municipal e Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital e Universidade Sénior.

 Foi uma tarde de tributo a uma das maiores poetisas portuguesas do século XX durante a qual foram declamados vários poemas da autora cujo universo temático é abrangente, desde a busca da justiça, do equilíbrio e da harmonia, à Natureza e o Mar sem esquecer o Amor ou a vida em oposição à morte, ou memória da infância, entre muitos outros. Como foi referido numa breve apresentação da autora, ao carácter excecional da sua obra acresce a grande exigência moral que sempre revelou e a tornou numa figura cívica incontornável no Portugal anterior e posterior à instauração da democracia.

Sophia de Mello Breyner Andresen escreveu também livros infantis e foi com a leitura de excertos de uma das suas obras mais conhecidas, “A Fada Oriana” que teve início este sarau cultural. Graça Silva, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital agradeceu “a todos os que se associaram a esta iniciativa” e congratulou-se “pela sala cheia, composta por um conjunto de amigos que ao longo de doze sessões nos permitiram conhecer vários poetas e vários nomes emblemáticos da literatura”.           

Duas caveiras encontradas no centro de Viseu

Duas caveiras foram encontradas, ontem de manhã, no centro da cidade de Viseu supostamente na sequência da profanação de sepulturas de antigos combatentes.


Segundo o comandante da PSP de Viseu, Vitor Rodrigues, as duas caveiras foram encontradas "a cerca de 30/40 metros uma da outra", uma no topo de um pau no interior do Jardim de Santo António e outra no chão junto ao lar com o mesmo nome. O alerta foi dado por um popular, tendo a PSP imediatamente desenvolvido esforços no sentido de verificar se teria havia profanação de alguma sepultura. Segundo adiantou as ossadas tinham sido retiradas  do “talhão dos antigos combatentes do cemitério principal". O comandante contou que as caveiras estavam visíveis e que se terá tratado de "uma brincadeira de mau gosto", uma vez que não havia indícios de rituais de bruxaria. A PSP contactou a Polícia Judiciária, o Ministério Público e o delegado de saúde, tendo as ossadas sido levadas para o Instituto de Medicina Legal com o objetivo de apurar a quem pertenciam para poderem ser devolvidas às sepulturas. As caveiras foram encontradas numa zona muito movimentada da cidade, onde se situa a Escola Secundária Emídio Navarro e o Teatro Viriato.

com:jn.pt

Chuva vai afetar Portugal até ao final da semana

A chuva vai afetar até ao final da semana o território de Portugal continental, tendo sido emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera um aviso amarelo para quatro distritos

 

Em declarações à agência Lusa, o meteorologista Bruno Café adiantou que, devido a uma depressão, está prevista chuva para o resto da semana, por vezes forte e acompanhada por granizo e trovoada.

"Hoje temos a aproximação de uma depressão ao território Portugal continental que tem um percurso de norte para sul ao longo da costa e depois vai ficar estacionária no sul do Algarve durante a quarta-feira", explicou.

De acordo com o meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a depressão tem associada períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser fortes de granizo e acompanhados de trovoada, principalmente na região sul e no litoral a sul do cabo Mondego já a partir do início da manhã de hoje.

Por causa desta situação, realçou Bruno Café, o IPMA emitiu aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, para os distritos de Lisboa, Setúbal, Beja e Faro, entre as 05h00 e as 21h00 de hoje.

No que diz respeito às temperaturas, o meteorologista adiantou que vão registar-se subidas e descidas, alternadas, até ao fim de semana. As temperaturas máximas não vão além dos 15/16 graus Celsius, mas a partir de sexta-feira prevê-se 21/22 graus.

Jovem detido por suspeita de incendiar a própria casa

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem suspeito de ter ateado fogo na própria casa de habitação, onde residia juntamente com os seus progenitores e um irmão. O crime de incêndio, que só não assumiu consequências mais gravosas devido à rápida e eficaz intervenção do proprietário da residência, terá sido praticado num contexto de conflitualidade recorrente entre o suspeito e o seu pai. O detido, de 22 anos de idade, foi entretanto presente às competentes autoridades judiciárias, onde viu confirmada a medida de coação de prestação de termo de identidade e residência.

Agentes da PSP condenados a 11 e 10 anos e meio de prisão

Dois agentes da PSP de Coimbra acusados de vários assaltos e outros crimes, praticados na Lousã e em Miranda do Corvo, foram hoje condenados a 11 anos e 10 anos e meio de prisão.


O Tribunal de Coimbra condenou o terceiro arguido do processo, um trabalhador de uma empresa de segurança privada, a nove anos de cadeia. Os arguidos eram acusados da prática de 16 crimes de furto qualificado na forma consumada e um crime de furto na forma tentada, entre outros crimes, incluindo o de associação criminosa, do qual foram todos absolvidos. O Ministério Público (MP) tinha pedido penas de prisão superiores a 12 anos para os dois agentes da PSP, José Nogueira e Nilton Torrinha, residentes no concelho da Lousã, distrito de Coimbra. Para o terceiro arguido, Marco Paiva, residente na vila vizinha de Miranda do Corvo e acusado de 14 crimes de furto qualificado, o MP tinha pedido 11 anos de prisão. Ao ler o acórdão, justificando a absolvição dos três arguidos do crime de associação criminosa, a juíza disse que "não estavam preenchidas as características exigidas para este tipo de crime".

Os três homens eram acusados de furto qualificado em coautoria a várias moradias na Lousã e em Miranda do Corvo, entre 2012 e 2013, pertencendo algumas dessas habitações a amigos e vizinhos cujos hábitos eram bem conhecidos pelos autores dos assaltos. Após a detenção de um dos polícias, em 14 de setembro de 2013, que confessou oito dos 16 furtos de que era acusado, foram detidos os outros dois arguidos. Pelo menos o arguido Nilton Torrinha vai recorrer da decisão do Tribunal de Coimbra, disse aos jornalistas o seu advogado, António Manuel Arnaut. Segundo a juíza, o tribunal vai manter a medida de coação de prisão domiciliária com vigilância eletrónica para os três arguidos.

lusa.pt

Registados mais de mil incêndios desde início de março

Mais de mil incêndios florestais foram registados desde o início do mês de março, e no último fim de semana verificaram-se 255 fogos, indicou hoje a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Segundo as estatísticas divulgadas na página da internet da ANPC, no sábado ocorreram 130 incêndios florestais e no domingo 125, um total de 255 fogos que foram combatidos por 2.424 bombeiros, apoiados por 697 viaturas. No último fim de semana foi quando se registou o maior número de incêndios, tendo já nos dias 07 e 08 de março ocorrido 108 e 104 fogos, respetivamente, adianta as estatísticas da ANPC.

De acordo com a ANPC, os meios aéreos atuaram em um dos 1.010 incêndios registados este mês de março.

Bombeiros e sapadores combateram incêndio com origem em queimada

O concelho de Oliveira do Hospital voltou, hoje, a ser palco de novo episódio de incêndio florestal decorrente de queimada. Aconteceu no alto da Carvalha, em Penalva de Alva, mobilizando 20 bombeiros de três corporações e 10 sapadores.


O alerta para incêndio foi dado pouco depois das 13h00, com o comando da corporação de bombeiros de Oliveira do Hospital a solicitar também a intervenção das corporações de Lagares da Beira e Vila Nova de Oliveirinha. Emídio Camacho, que pouco depois das 14h00 já dava o incêndio como dominado, adiantou à Rádio Boa Nova que o combate às chamas envolveu um total de 20 bombeiros, bem como 10 elementos sapadores da CAULE – Associação Florestal da Beira Serra, com oito viaturas. No terreno com o responsável municipal pela proteção civil, o comandante dos bombeiros voluntários de Oliveira do Hospital confirmou à Rádio Boa Nova que o fogo teve origem numa queimada quando decorriam trabalhos de limpeza florestal. Uma propagação que foi facilitada  pela inexistência de humidade no ar e nos terrenos, temperaturas elevadas e ventos fortes. Emídio Camacho lembra que “está tudo seco”, pelo que apela às populações para que não executem queimadas nestas condições. 

Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira comemorou 30º aniversário (Com vídeo)

A Vila de Lagares da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, esteve ontem em festa com a comemoração dos 30 anos de atividade do Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira.

Para assinalar a efeméride, a direção daquele grupo etnográfico organizou a tradicional Matança do Porco e um programa rico a nível cultural, com destaque para a entrega do diploma aos fundadores do Rancho.

Com a iniciativa organizada para os amigos do Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira, a direção presidida por Alexandre Pinto quis prestar homenagem aos elementos que em 1985 deram início ao grupo e, ao mesmo tempo, “provar que tem dado continuidade ao trabalho que criaram, seguindo os seus passos”.

Um trabalho que mereceu o reconhecimento da Junta de Freguesia de Lagares da Beira. A agradecer “tudo o que o rancho tem feito pela vila”, a autarca Olga Bandeira desejou longevidade ao grupo, por pelo menos mais 30 anos.

Queimada voltou a resultar em incêndio nas Pedras Ruivas

Sucedem-se os episódios de incêndio decorrentes de queimadas no concelho de Oliveira do Hospital. No sábado, arderam 3600 metros quadrados de floresta na localidade de Pedras Ruivas, freguesia de Seixo da Beira. A situação é recorrente no mesmo local e com a mesma pessoa.


Temperaturas elevadas e o vento moderado a forte têm facilitado a progressão das queimadas a incêndios florestais. Um novo episódio aconteceu a Norte do concelho de Oliveira do Hospital, ao início da tarde de sábado, cerca das 12h15, com o fogo a exigir a intervenção dos bombeiros de Lagares da Beira que se deslocaram com quatro viaturas e de Oliveira do Hospital, com uma viatura. António Pinto, comandante da corporação de Lagares da Beira aponta para uma área ardida de 3600 metros quadrados, e que é resultado de uma queimada, ao que tudo indica, para “renovação de pastagens”.  Uma prática que, segundo o comandante, deve ser evitada quando se verificam temperaturas elevadas e ventos fortes. Preocupante é, sobretudo, o facto de o episódio ser frequente naquele local de Pedras Ruivas e envolvendo sempre o mesmo autor.

“Continuamos a alertar e temos sensibilizado para que as pessoas não queimem, mas não tem surtido efeito”, lamenta o comandante da corporação lagarense. 

Elementos da PSP acusados de vários crimes conhecem sentença

Dois elementos da PSP acusados de associação criminosa e vários outros crimes em Miranda do Corvo e Lousã, e para os quais o Ministério Público pediu penas de prisão superiores a 12 anos, conhecem hoje a sentença em Coimbra.


Durante as alegações finais do julgamento, o Ministério Público (MP) pediu 12 anos e seis meses de prisão para cada um dos agentes, residentes na Lousã, pela alegada prática de 16 crimes de furto qualificado na forma consumada, um crime de furto na forma tentada, detenção de arma proibida e associação criminosa. A sentença deve ser lida a partir das 13:30 de hoje no tribunal de Coimbra.

O Ministério Público pediu ainda 11 anos de prisão para o terceiro arguido, um trabalhador de uma empresa de segurança privada a residir em Miranda do Corvo, que acusa de 14 crimes de furto qualificado. Os três homens são acusados de furto qualificado em coautoria em várias moradias na Lousã e em Miranda do Corvo, entre 2012 e 2013. Após a detenção de um dos polícias, a 14 de setembro de 2013, que confessou oito dos 16 furtos de que era acusado, foram detidos os outros dois arguidos.

Câmara de Seia comparticipa despesas com medicamentos

A Câmara Municipal de Seia aprovou, em reunião do executivo, uma verba de cinco mil Euros destinada a apoiar munícipes idosos e pensionistas por invalidez, com menores recursos financeiros, no âmbito do Programa Municipal de Comparticipação em Despesas com Medicamentos.


O programa prevê apoiar, este ano, até meia centena de idosos, cuja atribuição será definida no processo de candidatura que decorre de 1 de abril a 1 de junho.O apoio concretiza-se sob a forma de reembolso de despesas, em 50 %, na parte que cabe ao utente, nos medicamentos adquiridos na área do concelho de Seia, prescritos em receita médica e comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde. Podem candidatar-se ao programa idosos, com mais de 66 anos, e pensionistas por invalidez que, cumulativamente, residam no município de Seia há um ano e estejam recenseados nos seis meses anteriores à data do requerimento; cujo rendimento mensal per-capita do agregado familiar não ultrapasse 70%, quando o agregado familiar é constituído por mais do que um elemento, ou 80% do Indexante dos Apoios Sociais; e que não usufruam de quaisquer outros apoios nesta área.

O Programa Municipal de Comparticipação em Despesas com Medicamentos entrou em vigor em fevereiro e insere-se na política de combate às desigualdades sociais que a autarquia tem vindo a desenvolver, implementando programas sociais em vários domínios e virados para todas as faixas etárias, de que constitui exemplo o Incentivo à Natalidade e Adoção, em vigor desde o início do ano.

Fornos de Algodres reclama verbas europeias para produção de queijo

O presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres considerou, ontem, que o programa Portugal 2020 poderá ser uma oportunidade para ajudar a desenvolver o setor do queijo da Serra da Estrela.


Em dia de Feira do Queijo Serra da Estrela, com realização anual, Manuel Fonseca defendeu que o novo programa “é uma oportunidade para o setor do queijo e é imperioso que isso aconteça, porque, tendo em conta a faixa etária das pessoas que atualmente fazem o queijo, daqui a dez anos, ou há uma renovação ou não há produção”.

Segundo Manuel Fonseca, o setor queijeiro no seu concelho produz anualmente cerca de 60 toneladas de queijo de ovelha certificado e não certificado.

Para o autarca o programa Portugal 2020 “será uma oportunidade, mas depende muito do que o Governo pretender fazer”, porque – como alertou -  “parece que o Ministério da Agricultura, neste momento, não está a potenciar os possíveis recursos do Portugal 2020, ou seja, estão a ser criados demasiados entraves burocráticos aos agricultores, fazendo até com que eles desistam”.

Fornos de Algodres tem atualmente um efetivo de seis mil ovelhas, 16 queijarias licenciadas e duas que produzem queijo certificado.

Manuel Fonseca lembra que a burocracia tem levado muitos pastores a desistirem da produção de queijo e a venderem o leite para unidades industriais.

Com:lusa.pt

Nogueirense vence Casa Pia por 1-0 e FCOH perde em Soure por 1-0.

O Nogueirense recebeu e bateu o Casa Pia por 1-0, em jogo da 4ª  jornada da fase de subida do CNS - Zona Sul.

Com este resultado a equipa de Nogueira do Cravo sobe ao 5º lugar com 6 pontos enquanto  o Operário Lagoa lidera a classificação com 11 pontos.

Na fase de manutenção/descida, o FCOH perdeu por 1-0 no Sourense e desceu para a 5ª posição mas apenas a 1 ponto do líder Vit. Sernache que  perdeu em casa com a Naval por 3-1, mas lidera com 20 pontos.  

O Tourizense em casa empatou com o Pombal 1-1, enquanto o surpreendente Mortágua foi empatar 1-1 ao Pampilhosa e é 2º na classificação.

No Distrital de Honra da AFC, o Lagares da Beira recebeu o Eirense e perdeu por 4-2.

Sampaense perde no Illiabum em jogo de últimos  (91-84)

A pressão pesava sobre as duas equipas já que ambas tinham consciência da obrigatoriedade de ter que vencer este duelo de aflitos. Mas isso não impediu que ambas se mostrassem inspiradas ofensivamente, já que no final do 1º período o Illiabum vencia por 30-22. Ao ligeiro ascendente mostrado pelos ilhavenses nos primeiros 10 minutos, seguiu-se uma igualdade no 2º quarto (17-17), pelo que ao intervalo mantinha-se a diferença que separava as duas equipas (47-39).

 

O recomeço da etapa complementar manteve o equilíbrio registado no final da 1ª parte, embora tenha sido a equipa da casa a aumentar ligeiramente a sua vantagem pontual, tendo mesmo chegado à casa das dezenas (70-60). O Sampaense jogava neste jogo muito do seu futuro nesta competição, reagiu e lutou como lhe competia, venceu o período (24-21), mas por um parcial que não lhe permitiu inverter o resultado.

 

O Illiabum finalmente regressava às vitórias, num encontro em que nem sempre tomou muito bem conta da bola (20 turnovers), mas em que soube circular muito bem a bola no ataque (25 assistências) e teve uma presença ativa na tabela adversária (15 ressaltos ofensivos). A prestação das duas equipas da linha de três pontos foi outro capitulo do jogo que marcou a diferença neste encontro. O Illiabum converteu 13 triplos em 27 tentativas (48%), já o Sampaense esteve bem menos eficaz, uma vez que apenas converteu 4 triplos em 12 tentativas (33%).

 

Os bons desempenhos de Kamren Belin (13 pontos, 10 ressaltos e 5 assistências), Bogdan Riznic (17 pontos, 4 ressaltos e 2 assistências), João Reveles (14 pontos, 6 assistências e 4 ressaltos) e Stephen Nwaukoni (16 pontos e 11 ressaltos) ajudaram a equipa neste momento tão importante para o clube.

 

O norte-americano Kendall Timmons (21 pontos e 9 ressaltos) foi o mais concretizador na equipa de S. Paio de Gramaços, seguido de perto por Diogo Ventura (20 pontos, 4 assistências e 3 roubos de bola) e Max Jacobsen (20 pontos, 6 assistências e 4 ressaltos), números que não foram suficientes para alcançar a tão desejada vitória. (Fonte FPB)

Incêndios em Oliveira do Hospital já estão dominados

Os dois focos de incêndio que tiveram início por volta das 14h00 em Sr. das Almas e Alvôco de Várzeas no concelho de Oliveira do Hospital já estão dominados.


Em direto para o noticiário das 15h00 da Rádio Boa Nova, o comandante da corporação de bombeiros de Oliveira do Hospital referiu que o foco de incêndio na localidade de Sr. das Almas decorreu de uma queimada controlada, situação que foi, no imediato, resolvida. Mais preocupante revelou-se o incêndio em Alvôco de Várzeas, resultante de uma queimada que, devido ao vento forte e temperaturas elevadas, “saltou fora do perímetro” e propagou-se de “forma rápida” para uma zona de “declive acentuado”. Àquela hora, Emídio Camacho dava aquele incêndio como dominado, prevendo que pelas 16h00 o fogo fosse considerado extinto.

O combate aos dois fogos envolveu 34 homens, apoiados por nove viaturas das corporações de bombeiros de Oliveira do Hospital, lagares da Beira, Tábua e Côja. Estes não são os primeiros episódios de fogos florestais no concelho de Oliveira do Hospital. No passado fim de semana, em que se verificou uma subida acentuada das temperaturas, a corporação de Lagares da Beira registou quatro focos de incêndio, a maioria dos quais com origem em queimadas.

De acordo com informação disponibilizada pela Proteção Civil, ontem ocorreram, no país, 35 incêndios florestais, que mobilizaram 273 operacionais e 84 veículos.

Última Hora: Incêndios lavram em Sr. das Almas e Alvôco de Várzeas

Elementos da corporação de bombeiros de Oliveira do Hospital deslocam-se para o combate às chamas em dois incêndios florestais em Sr. das Almas e em Alvôco de Várzeas. Os dois focos de incêndio terão eclodido ao mesmo tempo, tendo o toque da sirene sido acionado perto das 14h00.

As corporações de Lagares da Beira, Tábua e Côja já foram chamadas a auxiliar no combate aos dois fogos.

Na “Rota” pela Freguesia de Aldeia das Dez

A Rádio Boa Nova inicia hoje, 13 de março, o programa “Conversas” com os presidentes das 16 Juntas e Uniões de Freguesias do concelho de Oliveira do Hospital.


A acontecer quinzenalmente, às sexta-feiras entre as 19h00 e as 20h00 com reposição ao domingo entre 13h00 e as 14h00, este novo espaço, que coloca a Rádio Boa Nova na “Rota das Freguesias”, estreia com Aldeia das Dez. Carlos Castanheira, presidente da Junta de Freguesia, fala do seu ainda curto trajeto no comando da autarquia de Aldeia das Dez, partilhando as riquezas daquela que já foi apelidada de “Aldeia das Flores”, epíteto que pretende recuperar, bem como das fragilidades próprias de uma localidade distante do centro urbano, onde não abundam empregos e a tendência é para a fuga das suas gentes.

Autarca “24 horas disponível” para uma população pela qual dá diariamente a cara, Carlos Castanheira preocupa-se com as condições físicas da freguesia, mas é sobretudo nas pessoas que centra as suas atenções. “A nossa grande prioridade é estarmos atentos a dificuldades que possam haver”, refere.

Uma conversa para acompanhar hoje, a partir das 19h00 através do 100.2 FM ou emissão online disponível aqui.

Arganil: Encontrado cadáver de uma mulher desaparecida em janeiro

No  sábado, foi encontrado numa ribeira da freguesia de Benfeita, em Arganil, o cadáver de uma mulher dada como desaparecida naquela localidade desde o final de janeiro. O Jornal de Notícias adianta tratar-se de Susana Moita, de 42 anos.


Aquele jornal avança que a identidade do corpo encontrado foi confirmada, ontem, graças a um exame lofoscópico: a Polícia Judiciária do Centro "tratou o polegar" da vítima, cujo cadáver já estava em avançado estado de decomposição, e comparou-o com a impressão digital conservada no Registo Civil, contou fonte policial.

Quando Susana Moita desapareceu, foram feitas buscas na zona de Benfeita, mas sem êxito. Já no último sábado, o seu corpo foi avistado num ponto do leito de uma ribeira com vegetação acumulada.

“Como a autópsia não esclareceu a causa da morte, a PJ aguarda pelo resultado de exames complementares, para tentar esclarecer se houve acidente, suicídio ou crime”, adianta o jornal.

A mesma fonte policial contou que a mulher, solteira, era uma conhecida amante da natureza, com forte ligação às chamadas aldeias do xisto, um ex-libris da região. Nos últimos tempos, dava sinais de andar deprimida, acrescentou. O corpo de Susana Moita já foi disponibilizado à família da vítima, para realização do funeral.

Dia de greve sem grande impacto em Oliveira do Hospital

Várias confederações e sindicatos da Função Pública subscreveram e agendaram para esta sexta-feira, dia 13, uma greve geral. Algo que não acontecia desde novembro de 2013. O pré-aviso, entregue pelas estruturas sindicais, abrange setores como a Educação, Saúde, Justiça, Transportes, Finanças e Segurança Social.


Aquela que se espera que seja uma “grande greve” não está, contudo, a causar grandes transtornos pelo concelho de Oliveira do Hospital.



Com o registo de alguns casos de assistentes operacionais e técnicos em greve, o Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital tem em curso todas as atividades letivas na totalidade do território educativo. “Está tudo a funcionar dentro do que é possível”, afirmou à Rádio Boa Nova, Carlos Carvalheira, diretor do Agrupamento de Escolas. Tribunal, repartição de Finanças e Centro de Saúde  também estão a assegurar os serviços.

No país, o maior impacto da greve é sentido a nível hospitalar, com a adesão à greve a rondar os 100 por cento, cumprindo-se apenas os serviços mínimos, segundo dados disponibilizados esta sexta-feira pela Frente Comum.

A greve foi convocada pela Federação Sindical filiada na CGTP e teve depois a adesão do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP) e do Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE).

Na origem da convocação da greve estão os cortes salariais na função pública, o aumento do horário semanal das 35 para as 40 horas, a colocação de trabalhadores no regime de requalificação, o congelamento das carreiras e a falta de negociação no setor.

Mostra leva produtos “Da Nossa Terra” ao Mercado Municipal

No próximo sábado, 14 de março, o Mercado Municipal acolhe mais uma edição da Mostra de Produtos Biológicos e Agrícolas em Modo de Produção Tradicional de Oliveira do Hospital - “Da Nossa Terra”. Promovida pelo Município de Oliveira do Hospital (MOH) e pela ADI – Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, a mostra estará de portas abertas entre as 8H00 e as 13H00.


Com um estatuto de “excelência”, este evento marca realiza-se sempre no segundo sábado de cada mês, no Mercado Municipal onde a rede de três dezenas de produtores locais e da região encontram uma oportunidade para vender os seus produtos frescos, genuínos e de qualidade, vindos diretamente da “terra” para as bancas.

“Da Nossa Terra” ganhou dimensão regional sendo procurada por diferentes segmentos de consumidores que ali encontram produtos tradicionais de excelência trazidos pelos agricultores e produtores artesanais, como os produtos hortícolas e frutícolas, a que se junta o fumeiro, o azeite biológico, o queijo, as compotas e o mel, os licores, a pera passa ou o pão e biscoitos, entre muitos outros.

Pioneira na região, “Da Nossa Terra” representa, há mais de quatro anos e meio, um apoio à pequena economia agrícola de cariz familiar bem como um incentivo ao desenvolvimento desta atividade. No 2.º sábado de cada mês, o evento conjuga da melhor forma a componente de valorização de produtos locais, a componente comercial e componente de educação e sensibilização para a preservação dos estilos de vida tradicionais e os valores da ecologia. 

“Um Chá com…” recorda Sophia de Mello Breyner Andresen

A Câmara Municipal e a Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, o Rotary Club de Oliveira do Hospital e a Universidade Sénior irão promover, no próximo sábado, dia 14 de março pelas 16h00, mais uma edição da iniciativa “Um Chá com...” e que será dedicada a Sophia de Mello Breyner Andresen.


Desta vez, a evocação “Um Chá com... Sophia de Mello Breyner Andresen” será dinamizada na Pousada Convento do Desagravo, em Vila Pouca da Beira, espaço que recebe esta iniciativa pela primeira vez. A tarde será de tributo a uma das maiores poetisas portuguesas do século XX, um momento cultural com alguns apontamentos musicais, durante a qual serão declamados vários poemas da autora e que iniciará com a leitura de excertos de uma das suas obras infantis mais conhecidas, “A Fada Oriana” (1958), com a especial participação dos pequenos leitores da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital. A sessão é aberta ao público que terá oportunidade de conhecer melhor a vida e obra desta autora.

Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu a 6 de novembro de 1919 no Porto, frequentou o curso de Filologia Clássica da Universidade de Lisboa entre 1940 e 1942, e casou em 1946 com Francisco de Sousa Tavares. Participou ativamente na oposição ao Estado Novo e depois do 25 de Abril de 1974 foi eleita deputada à Assembleia Constituinte, integrada nas listas do Partido Socialista.

É uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX tendo começado a publicar poemas em 1940 nos Cadernos de Poesia e entre 1944 e 1997 publicou diversos livros de poesia. Também escreveu contos, peças de teatro, artigos de opinião e curtos ensaios, destacando-se a sua notável obra de literatura infantil da qual constam sete títulos.

Recebeu vários prémios literários e condecorações vindo a falecer a 2 de julho de 2004 com 84 anos. Em fevereiro de 2014 a Assembleia da República decidiu homenagear a poetisa com honras de Panteão. A cerimónia de transladação teve lugar a 2 de julho de 2014, quando se assinalava uma década do seu falecimento.

Restaurante Cristina volta a disputar o “Melhor Arroz de Portugal”

“Arroz de Miúdos com Espetadas à Beirã” é o nome do prato de arroz com que o restaurante Cristina, de Aldeia Formosa, participa no concurso “Melhor Arroz de Portugal 2015”. Com mais de 200 votos, este já é o segundo arroz mais votado no distrito de Coimbra.


Assídua na participação no concurso que acontece pelo terceiro ano consecutivo, Cristina Almeida, proprietária do restaurante “Cristina” parte para um novo desafio com um prato adequado ao conceito exigido pela Unilever Food Solutions, entidade organizadora. Não hesitou, por isso, em assumir o borrego como base do seu prato, apresentando-se ao concurso com um arroz de miúdos de borrego, acompanhado por uma espetada composta por “lombinhos de porco, vaca e borrego em pau de alecrim e finalizado com “legumes salteados com frutos secos e massa filo”. Um prato em que Cristina Almeida deposita elevadas expectativas, ocupando já, ao fim de 10 dias, o segundo lugar a nível distrital, com um total de 208 votos, contra os 262 já conseguidos pelo restaurante Estrela da Mó, de Vila Nova de Poiares, presente a concurso com o “Arroz da Estrela com Lombinho Fumado”.


Depois de na 2ª edição do concurso ter alcançado o terceiro lugar com o Arroz de Cabidela da Aldeia, Cristina Almeida apela ao envolvimento dos clientes e amigos do restaurante no processo de votação, através de facebook, no site do melhor Arroz de Portugal”, no sentido de o seu “Arroz de Miúdos com Espetadas à Beirã” passe a fase distrital e suba à fase regional e, posteriormente, integre o grupo de nove que são esperados na final de 18 de  maio. “Este ano temos uma fase mais dificultada. Só passa um arroz por distrito. Devem fazer o voto e não o gosto”, explica Cristina Almeida que, este ano, volta a entrar no concurso com o objetivo de “promover o restaurante e levar longe o nome de Oliveira do Hospital”.


No arranque de mais um concurso em que espera uma boa colaboração, Cristina Almeida reconhece a mais valia decorrente da sua participação na iniciativa que, este ano, deve juntar cerca de 1500 restaurantes. “Tenho tido experiências fabulosas de que me orgulho imenso”, referiu.

O concurso do “Melhor Arroz de Portugal 2015” iniciou no passado dia 2 de março. No dia 5 de maio será divulgado o restaurante mais popular de cada distrito, que passa às semi-finais e o vencedor será apurado dia 18 de maio.


A iniciativa agrega ainda uma componente solidária. Em 2014 a Unilever Food Solutions doou mais de cinco toneladas de arroz à Federação dos Bancos Alimentares Contra a Fome e Portugal. Por cada voto, a organização oferece 100 gramas de arroz a uma Instituição de Solidariedade Social.  

Para votar: http://www.melhorarrozdeportugal.pt/receitas/3188?view=recipe

Cristina Almeida no "Alô Bom Dia"

Cristina Almeida, proprietária do Restaurante Cristina, em Aldeia Formosa, esteve esta manhã no programa Alô Bom Dia, conduzido por Fernando Roldão, a apresentar a participação do seu restaurante em mais uma edição do concurso nacional "O Melhor Arroz de Portugal". 

Partículas nocivas à saúde detetadas em escolas primárias

Uma tese de doutoramento realizada na Universidade de Coimbra, que partiu da análise a 51 escolas primárias daquele concelho, concluiu que estas apresentam níveis muito elevados de partículas atmosféricas em suspensão, que podem criar problemas de saúde nas crianças.

 Os 1.019 alunos das escolas primárias - públicas e privadas - analisadas, aquando das medições da qualidade do ar no ano letivo 2010/2011, encontravam-se expostos a níveis superiores à concentração máxima de referência (CMR) de PM2,5 (partículas atmosféricas em suspensão) e "praticamente a totalidade dos alunos" (com exceção de 35 alunos no outono/inverno) estavam expostos às PM10 (partículas inaláveis, que constituem também um elemento de poluição atmonsférica), concluiu a tese da investigadora Ana Ferreira, intitulada "Qualidade do ar interior em escolas e saúde das crianças".

O estudo registou também concentrações médias de dióxido de carbono "muito acima da concentração máxima de referência" nas salas de aula, chegando, por vezes, "a ultrapassar duas a quatro vezes o valor de CMR", disse à agência Lusa a também vice-presidente da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra.

Os alunos mais expostos apresentaram "valores de falta de concentração significativamente superiores face às crianças não expostas", tendo-se também registado "a presença de dores de cabeça, tonturas e irritação das mucosas dos olhos", entre outros sinais.

Falta de ventilação, pavimento de madeira antigo, o uso "da vassoura em vez do aspirador" na limpeza, a degradação das infraestruturas e a utilização de quadros de giz são outros dos fatores que podem levar aos níveis registados na investigação.

Contactada pela agência Lusa, a Câmara de Coimbra referiu que pretende ter acesso ao estudo e analisá-lo, para eventualmente, depois, tecer algumas considerações.

 

Ponte de Alvôco de Várzeas entre as cinco pontes mais fantásticas de Portugal

A ponte Medieval de Alvôco de Várzeas, no concelho de Oliveira do Hospital, foi eleita pela Ruralea.com – plataforma que agrupa a oferta turística em espaço rural e a torna visível no país e no mundo – como uma das cinco pontes mais fantásticas de Portugal.


Também conhecida pela tradição popular como “ponte Romana”, a Ponte Medieval, classificada como Monumento Nacional, trata-se de uma construção gótica do século XVI, com dois arcos e com cavalete de inclinação acentuada. Características únicas que levaram a Ruralea.com a integrá-la no grupo das cinco pontes mais fantásticas de Portugal, a par da Ponte Romana de Trajano (sobre o rio Tâmega), Ponte de Mizarela (sobre o Rio Rabagão), Ponte de Ucanha (à entrada do Mosteiro de Salzedas) e Ponte Medieval do Rio Sabor.

Uma distinção que enche de vaidade a freguesia de Alvôco de Várzeas, que certa da beleza da “sua” ponte medieval está grata pelo destaque que é dado pela Ruralea.com. Agostinho Marques, presidente da Junta de Freguesia destaca o facto de a ponte ser única e de que não é fácil encontrar outra semelhante. De acordo com o autarca, apenas em Itália e nos picos da Europa existem pontes semelhantes. “É uma ponte muito bonita e monumento protegido e isso diz tudo”, frisa.

Localizada junto à praia fluvial de Alvôco de Várzeas, a ponte Medieval é um dos principais pontos de atração turística da freguesia e do concelho de Oliveira do Hospital. “Muita gente vem e tira fotografias”, refere Agostinho Marques, notando que a ponte foi escolhida para a apresentação de um novo modelo automóvel para a revista Turbo. 

Seia Digital disponibiliza internet gratuita

Quem se deslocar ao largo da Câmara Municipal de Seia e zona envolvente pode aceder gratuitamente à internet, um serviço disponibilizado pela autarquia, resultante de hotspots wifi instalados nos serviços municipais ali existentes.


Possibilitar o uso de equipamentos (computadores, tablets, telemóveis) com acesso à Internet, tendo em vista a sua plena fruição no espaço público, de forma gratuita, e o seu aproveitamento pelos munícipes, bem como para quem está de visita ao concelho, são os principais objetivos desta medida, que futuramente será ampliada a outros pontos da cidade.

Nesta primeira fase, os hotspots Seia Digital ficam circunscritos ao largo da Câmara Municipal de Seia e à Loja Ponto JA (Casa Municipal da Cultura), estando previsto o alargamento da rede, num futuro próximo, para outros locais, nomeadamente ao Arquivo Municipal, Gimnodesportivo e Ludoteca Municipal, que prevê abranger parte do Parque Municipal, bem como aos espaços circundantes ao CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela e ao Estaleiro Municipal. Numa fase posterior, o Seia Digital abrangerá a Biblioteca Municipal, Museu do Brinquedo e Mercado Municipal.

O serviço resulta da instalação de fibra ótica com ligações a vários edifícios municipais, um investimento na ordem dos 30 mil Euros, que a autarquia iniciou em 2010, tendo em vista a redução de custos em telecomunicações e internet. Esta medida já permitiu rentabilizar o investimento, só pelo cancelamento de contratos de telecomunicações e internet no Arquivo, Casa Municipal da Cultura, CISE, Gimnodesportivo Municipal, Estaleiro e Ludoteca, viabilizada pela ligação em rede dos vários edifícios aos Paços do Concelho.

Para aceder à rede wireless basta selecionar o hotspot Seia Digital, que sem autenticação, permite a sua utilização diária de 60 minutos. Os utilizadores que desejarem usufruir regularmente do Seia Digital, deverão solicitá-lo no Balcão Único do município, onde lhes será atribuído um username e password.

Petição pública exige “colocação urgente do separador central no IP3”

Está em curso uma petição para a colocação de um separador central no IP3. A petição surge após o acidente que aconteceu na passada segunda feira, 9 de março, e que vitimou o condutor de uma viatura ligeira.


A estrada que liga Viseu – Coimbra é conhecida pelos seus inúmeros acidentes sendo já apelada “estrada da morte”.

Na petição, os autores lembram que “a segurança do nosso País compete ao Estado e que a segurança rodoviária é uma obrigação do Estado”. Os petecionários dizem não poder continuar a assistir impávidos e serenos à mortalidade desnecessária nas nossas estradas. 

Dirigida ao governo, a petição apela “com a devida urgência a simples colocação de um separador central em betão na extensão do Itinerário Principal 3, vulgo IP3”.

Temperaturas máximas vão baixar três a quatro graus

As temperaturas máximas vão descer três a quatro graus Celsius em Portugal continental até à próxima segunda-feira.


Em declarações à Lusa, o meteorologista  Ricardo Tavares explicou que  "a  tendência será para baixar três a quatro graus, mas está prevista uma oscilação das temperaturas até à próxima semana. Para amanhã [quinta-feira] está prevista uma pequena descida da máxima, depois, na sexta-feira, sobe e volta a descer no sábado. Vai havendo alguma variação com subidas e descidas ao longo dos próximos dias", salientou.

Quanto ao estado do tempo para hoje e para quinta-feira, Ricardo Tavares adiantou que o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se em geral muito nublado nas regiões do litoral oeste até final da manhã.

Está também previsto, segundo o IPMA, vento fraco e acentuado arrefecimento noturno, com possibilidade de formação de geada em alguns locais do interior.

"Para quinta-feira, estamos a prever nas regiões do norte e centro céu pouco nublado ou limpo, períodos de chuva fraca no Minho e Douro litoral a partir do final da tarde, vento fraco a moderado, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida da temperatura máxima", referiu.

No sul, indicou o meteorologista, está previsto céu pouco nublado, apresentando-se em geral muito nublado nas regiões do litoral oeste até final da manhã, vento em geral fraco, neblina ou nevoeiro matinal, pequena descida da temperatura máxima e acentuado arrefecimento noturno.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar hoje entre os 8 de mínima e os 21 graus de máxima, no Porto entre 6 e 14, em Vila Real e Viseu entre 6 e 22, em Bragança entre 4 e 21, na Guarda entre 8 e 18, em Castelo Branco entre 7 e 23, em Évora entre 6 e 24, em Beja entre 9 e 25 e em Faro entre 12 e 21.

Hoje, para Oliveira do Hospital está prevista uma temperatura máxima de 20 graus e a mínima de cinco graus.

Jornadas Culturais reconheceram importância da "cultura etnográfica" em Oliveira do Hospital

A segunda sessão das I Jornadas Culturais, promovida pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital através do seu pelouro da Cultura, no passado dia 6 de março, foi dedicada ao tema “Cultura Etnográfica” e colocou no centro das atenções o papel dos ranchos folclóricos do concelho de Oliveira do Hospital na transmissão, divulgação e promoção do seu Património Cultural Tradicional e Popular.


Na Casa da Cultura César Oliveira, reuniram dirigentes e elementos dos oito ranchos folclóricos do concelho num espaço de discussão sobre esta temática que teve como moderador Manuel Mendes, dirigente do Rancho Folclórico Sampaense e representante da Federação do Folclore Português. Graça Silva, vereadora da Cultura, destacou “o empenho dos dirigentes no trabalho que têm vindo a realizar e na sensibilização dos elementos dos ranchos para hoje estarem aqui e poderem ter oportunidade de partilhar este momento”. A vereadora não deixou de sublinhar que é “um grande orgulho para a Câmara Municipal ter este grupo de ranchos no concelho” e deixou uma “palavra de incentivo e de apreço por aquilo que têm feito em nome da cultura do nosso concelho e região”. Um trabalho que como frisou, não se esgota “apenas nas atuações” mas em muitas outras atividades que estes grupos realizam ao longo do ano e que “dão dinâmica às suas terras”.

 José Francisco Rolo, vice-presidente da Câmara valorizou o trabalho dos ranchos locais na “promoção do nosso folclore, da nossa cultura de raiz popular e promoção do nome de Oliveira do Hospital por todo o país e estrangeiro”. Um trabalho que “é único e impagável e que tem de ser reconhecido".

Empreitada de saneamento envolta em polémica na Ponte das Três Entradas

Há muito tempo reclamada pelos moradores, a empreitada de saneamento na localidade da Ponte das Três Entradas, no concelho de Oliveira do Hospital, está a merecer a crítica da população local. Em causa está a colocação dos tubos na parte lateral da ponte, que é única no país.


 Ainda que satisfeitos com a realização da obra, alguns populares contestam a solução encontrada e que passa por deixar visíveis as tubagens de saneamento ao longo da Ponte que, no país tem características únicas, ao assumir a forma estrelar com três ramos, sendo local de confluência dos rios Alva e Alvôco. Defensores de uma solução que evitasse a colocação das tubagens à vista – apontam para a colocação dos tubos por baixo da ponte – alguns moradores encaram a opção seguida pelo município de Oliveira do Hospital como um “atentado” àquele património.

 Uma posição que já foi contestada pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. Na última reunião pública do executivo, José Carlos Alexandrino informou que a solução de colocar as tubagens na zona lateral da ponte foi encontrada pelos técnicos do município e das Estradas de Portugal (EP). O autarca que, disse já se ter deslocado ao local, disse não ficar “chocado” com a solução, não concordando com os que defendem a colocação dos tubos por baixo da ponte. “Ficavam ali ao pendurão”, frisou.

 “Enquanto político”, o autarca disse ficar antes chocado com o facto, de em 2015, “uma aldeia na zona central e com um complexo turístico”, “não tenha saneamento e água de qualidade”.

 Face a “alguma movimentação” que se criou entre a população de que “seria um atentado”, José Carlos Alexandrino volta a esclarecer que aquela foi a solução encontrada pelos técnicos e que “se os técnicos da EP tivessem proposto outras soluções, seríamos obrigados a isso”. Deu o exemplo do caminho que foi alcatroada em Alvôco de Várzeas junto a uma propriedade de um deputado municipal e que foi por decisão da EP e não do município.

Homem encontrado morto na loja Lidl de Oliveira do Hospital

Um homem de 69 anos foi encontrado, ao início da tarde de sábado, sem vida no interior da casa de banho da loja Lidl de Oliveira do Hospital, localizada na Catraia de S. Paio.


À Rádio Boa Nova, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, Emídio Camacho disse que o alerta para um episódio de doença súbita foi dado por volta das 14h00 e que, à chegada dos bombeiros ao local, encontraram um “senhor de 69 anos deitado no chão da casa de banho”. De acordo com aquele responsável, as manobras de reanimação revelaram-se infrutíferas, tendo o óbito do sexagenário sido confirmado Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital.

Emídio Camacho não adiantou as possíveis causas da morte do homem. Porém, tudo a aponta para um episódio súbito do foro cardíaco. 

GNR apreende arsenal de reformado  

A GNR anunciou esta terça-feira a detenção de dois homens, de 64 e 66 anos, pelos crimes de detenção de armas de fogo proibidas, engenhos explosivos e munições  no concelho de Trancoso. 


Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, os suspeitos, reformados, foram detidos por elementos do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento de Pinhel, na localidade de Aldeia Nova, Trancoso, no cumprimento de mandados de busca realizados no âmbito de um processo de inquérito relacionado com alegado crime de posse e tráfico de armas. 

Durante a ação, a GNR apreendeu dois «foguetes de um tiro» (fogo de artifício), uma granada de mão de instrução, onze armas de fogo (uma pistola de calibre 6.35 milímetros, sete caçadeiras e três carabinas), um cano de uma caçadeira, uma espada, quatro sabres, três zagalotes, 23 munições de vários calibres e 144 cartuchos de calibre 36 milímetros. 

Fonte policial disse à agência Lusa que o homem de 64 anos apenas possuía a pistola, estando o restante material na posse do mais velho, de 66 anos, um eletricista reformado que foi emigrante em França. 

A GNR acionou para o local a Equipa de Inativação de Engenhos Explosivos do Comando Territorial da Guarda que procedeu à recolha da granada de mão, que o suspeito terá adquirido em França, e dos dois foguetes, segundo a fonte. 

Os dois detidos vão ser presentes na quarta-feira ao Tribunal de Trancoso para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

PME Excelência: CIP Construção SA cresce no país e aposta na internacionalização

Mercado municipal e central de camionagem, centro escolar de Nogueira do Cravo e ampliação da creche da Fundação Aurélio Amaro Diniz são algumas das obras que, no concelho de Oliveira do Hospital, têm a assinatura da CIP Construção SA.

 

A empresa com sede em Aldeia de Nogueira é, hoje, um nome de referência, não apenas no concelho de Oliveira do Hospital, mas também na região e no país. Do ramo da construção civil, a empresa de base familiar tem centrado a sua aposta nas obras públicas, tendo já a sua marca em várias espaços do país, entre estruturas, centros escolares e de saúde, bem como espaços desportivos

 

Criada no ano de 1998 pelos irmãos Peres, a empresa funciona desde o ano 2000 em modernas instalações adequadas às necessidades dos seus colaboradores. No total, a empresa que de 2012 para 2013 mais do que duplicou o seu volume de negócios – passou de cerca de cinco para 12 milhões de Euros – conta com perto de 70 colaboradores, distribuídos por equipas que levam a cabo várias obras.

Fortemente implantada na região e no país, a empresa abriu portas à internacionalização, marcando presença em mercados como a Venezuela e os Estados Unidos da América. Uma estratégia que o presidente do Conselho de Administração da empresa, Carlos Peres, e o diretor geral, Pedro Machado, pretendem levar por diante através de parcerias com empresas fortemente implantadas em mercados internacionais.

Uma trajetória que valeu à empresa a distinção PME Excelência e a homenagem por parte do município de Oliveira do Hospital.

 

Na próxima sexta-feira, depois do bloco informativo das 12h00, ouça a entrevista com Carlos Peres e Pedro Machado.

 

Corredor "demasiado largo" do IC6 impede construções previstas pelo PDM de Oliveira do Hospital

Um corredor de 400 metros do projeto do futuro troço do IC6 está a impossibilitar a construção em zonas previstas pelo novo PDM de Oliveira do Hospital. Em Travanca de Lagos, local para onde está previsto um nó daquela via, a Câmara Municipal garante que “os casos estão a ser resolvidos”.


A preocupação foi partilhada pelo próprio presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, em reunião pública do executivo, que assegura estar a tratar junto das Estradas de Portugal (EP) os casos de construções previstas pelo novo Plano Diretor Municipal, mas que são inviabilizadas devido a um corredor com cerca de 400 metros. Um corredor que, no entender de José Carlos Alexandrino “está a prejudicar um conjunto de populações”, pelo que, junto da EP, tenta a viabilização daquelas construções, visto tratar-se de “um corredor demasiado largo” e que não será totalmente ocupado pela estrada. Deu o exemplo da localidade de Travanca de Lagos, para onde está previsto um nó do IC6 que está a impedir algumas construções. Situações que, segundo referiu, já terão sido ultrapassadas junto da EP que “teve uma posição positiva na resolução deste problema”. De acordo como José Carlos Alexandrino, casos como os de Travanca de Lagos poderão ser apresentados “superiormente” com o objetivo de se analisar a possível viabilidade da sua construção. Depois da aprovação demorada do novo PDM , o autarca oliveirense não quer que as populações esperem pela construção do IC6 , para poderem avançar com as suas construções. “Nem daqui a cinco anos a obra estaria concluída”, notou.


Da parte do PSD surge, contudo, um sinal de alerta. A vereadora Cristina Oliveira teme que a viabilização das construções possa ser impeditiva da construção da via. “Isto deve ficar claramente salvaguardado”, referiu, observando tratar-se da construção de uma via que “futuramente será necessária”, pelo que “não podemos criar aqui nenhum entrave futuro à sua construção”.

José Carlos Alexandrino

Cristina Oliveira

Belmiro de Azevedo sai da Sonae ao fim de 50 anos

Belmiro de Azevedo foi distinguido pelo município de Oliveira do Hospital com Medalha de Ouro Municipal (7 de outubro 2014)
Belmiro de Azevedo foi distinguido pelo município de Oliveira do Hospital com Medalha de Ouro Municipal (7 de outubro 2014)

Belmiro de Azevedo, o "homem forte" da Sonae, decidiu sair de cena. E quer que o seu filho, Paulo Azevedo, que desde 2007 o substituiu na presidência executiva, seja agora, também, o "chairman" da Sonae. Ângelo Paupério, um dos "históricos" do grupo, partilhará com Paulo Azevedo a presidência executiva. Quanto ao seu próprio futuro, Belmiro de Azevedo pretende anunciá-lo num encontro interno que tem marcado para esta quarta-feira, para comemorar com colaboradores e convidados o seu 50º aniversário na empresa.

 

 

Foi em 1965 que Belmiro começou a trabalhar, como investigador, na Sociedade Nacional de Aglomerados e Estratificados (SONAE), empresa que muitos pensam ter sido por si fundada, mas que foi criada por Afonso Pinto de Magalhães, banqueiro, empresário e dirigente do Futebol Clube do Porto.

Segundo o seu currículo, na página dos Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto, "no período revolucionário de 1974, Pinto de Magalhães partiu para o exílio e Belmiro de Azevedo assumiu o controlo da Sonae", que cresceu substancialmente nas décadas seguintes, abarcando novas áreas como a dos hipermercados (Continente e Modelo), a das comunicações (Jornal "Público") e a das telecomunicações (a então Optimus). A partir de 1985, a Sonae passou a ser cotada em Bolsa e Belmiro torna-se acionista maioritário do grupo.

 

 

Tal como em 2007, quando cedeu a presidência executiva ao seu filho Paulo, deu conta dessa saída de cena (sem indicar o nome do sucessor) com alguns meses de antecedência, também agora, Belmiro de Azevedo anunciou em maio de 2014 que iria retirar-se dos negócios "daqui a alguns meses". Ontem comunicou à CMVM que o seu nome não integrará a lista de membros do próximo conselho de administração, a apresentar à assembleia geral do dia 30 de abril.

 

Em Oliveira do Hospital, a Sonae Indústria tem em funcionamento uma das maiores fábricas de derivados de madeira do mundo. No último feriado municipal, Belmiro de Azevedo foi distinguido pelo município de Oliveira do Hospital, com a medalha de Ouro Municipal.

 

dinheirovivo.pt

Seia: Homem ferido com gravidade em queimada

Um homem de 44 anos sofreu queimaduras graves numa queimada, esta segunda-feira, nas proximidades da aldeia de Vila Cova à Coelheira, no concelho de Seia.


 Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o incidente ocorreu pelas 15h05  e o homem foi transportado numa viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV) para os hospitais de Coimbra.

O comandante dos bombeiros voluntários de São Romão, Ângelo Martins, adiantou à Lusa que o ferido sofreu "queimaduras do segundo grau" no membro inferior esquerdo.

Estiveram no local do sinistro elementos da GNR e os bombeiros voluntários de São Romão e de Seia, com 14 homens e quatro viaturas, indicou o CDOS da Guarda.

Maratona Clube Vila Chã organizou a Tripla Légua do Alva e  Grande Prémio Jovem do Alva 

No passado dia 1 de março o Maratona Clube Vila Chã organizou a Tripla Légua do Alva e o Grande Prémio Jovem do Alva em Sandomil. Esta competição ocorreu em simultâneo com o 21º Campeonato Distrital de Estrada, promovido pela Associação de Atletismo da Guarda.

 

No Grande Prémio Jovem, a atleta Joana Alves classificou-se em 3º lugar do escalão de Benjamin Femininos com o tempo de 1:55. No escalão de Benjamins masculinos o atleta Dinis Madeira classificou-se em 6º lugar com o tempo de 1:57. No escalão de Juvenis, o atleta Alexandre Figueiredo classificou-se em 1º lugar com o tempo de 10:59, Luís Fernandes classificou-se na 3ª posição com o tempo de 12:04, Afonso Mendonça terminou em 4º lugar com o tempo de 12:33, José Cardoso classificou-se na 5ª posição com o tempo de 12:40, André Correia classificou-se em 7ºlugar com o tempo de 13:26 e por fim David Macedo terminou a prova na 10ª posição com o tempo de 14:39.

Já na Tripla Légua, cujo percurso ligava Sandomil a Penalva de Alva, o atleta José Rodrigues no escalão de seniores, classificou-se na 11ª posição com o tempo de 1:02:05. No escalão de M35, o atleta Miguel Bessa classificou-se em 1º lugar com o tempo de 1:01:14. O atleta José Silva classificou-se em 2º lugar no escalão de M40, com o tempo de 58:08. No escalão de M50 o atleta Jacinto Correia terminou na 2ª posição com o tempo de 57:43. No escalão de M55, o atleta António Dias classificou-se em 2º lugar com o tempo de 1:02:19, António Borges classificou-se em 4º lugar com o tempo de 1:03:54. No escalão de M60, o atleta Isaías Peralta classificou-se em 4º lugar com o tempo de 1:16:51, a fechar a equipa atleta José Caetano terminou a prova na 9ª posição com o tempo de 1:29:19. Coletivamente o Maratona classificou-se na 2ª posição com 56 pontos.

No Campeonato Distrital de Estrada, no escalão de Seniores, o atleta José Rodrigues classificou-se em 11º lugar. Já no escalão de Veteranos, o atleta Jacinto Correia classificou-se em 3º lugar, seguido por José Silva na 4ª posição. O atleta Miguel Bessa terminou em 12º lugar, António Dias classificou-se em 15ºlugar, seguido por António Borges; o atleta Isaías Peralta classificou-se em 21º lugar, seguido por José Caetano. Coletivamente o Maratona Clube Vila Chã sagra-se Vice Campeão Distrital de Veteranos.

O Maratona Clube Vila Chã agradece publicamente a todos aqueles que tornaram possível este evento, nomeadamente as Freguesias de Penalva de Alva e de Sandomil,  os Municípios de Seia e Oliveira do Hospital e aos atletas António Rodrigues, Jorge Paula,  Marco Fortes e Miguel Moreira por estarem presentes nesta festa do atletismo. Presta, também, homenagem ao atleta António Dias, por toda a sua entrega e empenho na organização desta competição. 

Concelho de Viseu com 50 camas para cuidados de longa duração

O concelho de Viseu vai dispor de 50 camas para cuidados continuados, depois de inaugurar, no sábado, uma unidade para 30 utentes e uma outra com 20 camas dentro de mês e meio.


De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, esta é “uma conquista social que vinha sendo reclamada ao longo de muitos anos” e que vai servir “não só Viseu como todo o país”.

“A criação em Viseu desta oferta de cuidados de saúde reforça o pilar social do concelho e a rede de serviços sociais e de saúde da região, com particular importância na população idosa”, acrescentou.

A Unidade de Cuidados Continuados de Farminhão, no concelho de Viseu, é gerida pela Associação de Solidariedade Social de Farminhão e custou cerca de 1,7 milhões de euros. Metade da verba foi suportada pelo Estado Central e a outra metade por investimento local, através da associação.

Encontra-se a funcionar desde o dia 12 de dezembro de 2014, tem atualmente as 30 camas ocupadas por utentes do distrito de Viseu e de outros pontos do país e conta com uma equipa constituída por 11 enfermeiros, 12 auxiliares de saúde, um fisioterapeuta, cinco médicos e um psicólogo a meio tempo.

Fatura do IMI pode conter aumentos de 500%

Com o fim da cláusula de salvaguarda que, para as casas reavaliadas, determinava um aumento máximo de 75 Euros do valor no valor do Imposto Municipal sobre Imóveis, são esperadas subidas no valor daquele imposto até 500 por cento. As cartas para pagamento chegam por estes dias.


Em declarações ao Diário de Notícias e Dinheiro Vivo, o bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas referiu que é esperada “uma subida média de 35 a 40%”, lembrando que “depois da reavaliação dos imóveis, o agravamento médio do IMI deveria rondar os 350 e os 400%”.Porém, admite que há casos  em que esta subida no valor do imposto a pagar pode chegar aos 500% - é proprietário de um prédio urbano.

Segundo o Diário de Notícias, serão cerca de 30% os portugueses que irão sofrer um aumento do IMI. O Executivo conta arrecadar 1,63 mil milhões de euros – um crescimento de 10% da receita comparativamente ao ano anterior Relativamente a isenções, o Estado acredita que serão 350 mil os portugueses que poderão beneficiar de uma isenção de pagamento do IMI devido a problemas de carência económica.

Fim de semana ‘quente’ com quatro incêndios florestais no concelho de Oliveira do Hospital

Entre sexta feira e domingo registaram-se quatro focos de incêndio no concelho de Oliveira do Hospital.

 

Vila Franca da Beira (sexta-feira), Lagares da Beira (sábado), Seixo e Ervedal da Beira (domingo) foram as localidades onde se verificaram os quatro focos de incêndio, que foram responsáveis por mais de meio hectare de área ardida.

António Pinto, comandante dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira não tem dúvidas de que pelo menos três dos quatro incêndios, ocorridos na zona Norte do concelho, foram provenientes de queimadas, tendo a propagação do fogo sido facilitada pelas elevadas temperaturas e falta de humidade nos terrenos.

 

A assistir a quatro focos de incêndio num único fim de semana, em que se registaram temperaturas bastante elevadas, o comandante da corporação lagarense aconselha as pessoas a não realizarem queimadas porque “fica sempre algo no chão a moer e vai passar a incêndio”. Avisa que o mais seguro é comunicar com a proteção civil ou os bombeiros sempre que pretenderem realizar queimadas. É que, apesar de legalmente ser possível realizar queimadas nesta altura do ano, quem as faz tem sempre associada a responsabilidade civil pelos danos que possa vir a causar. “A maior cautela é não fazer queimadas e esperar por dias húmidos. Nesta altura, o melhor é mesmo parar”, aconselhou.

 

Na avaliação aos prejuízos decorrentes dos quatro focos de incêndio, António Pinto fala de uma área ardida pouco significativa, mas que obrigou à mobilização de meios. Só em Vila Franca da Beira foram contabilizadas quatro mil metros quadrados de área ardida e em Seixo da Beira perto de 1600 metros quadrados. No combate às chamas esteve a corporação de bombeiros de Lagares da Beira que, no caso do incêndio de Vila Franca da Beira, contou o apoio das corporações de Oliveira do Hospital e Vila Nova de Oliveirinha.

Região: Idoso matou mulher em Coimbra e suicidou-se

Um casal de idosos foi encontrado, morto a tiro, numa residencial no centro de Coimbra. À agência Lusa, a Polícia Judiciária confirmou tratar-se de homicídio, seguido de suicídio perpetrado pelo homem que “possuía alguma instabilidade emocional”.

Os corpos foram encontrados pela PSP de Coimbra, cerca das 9h15, depois da filha do casal ter encontrado a mãe deitada no chão da casa, já morta, e ter dado o alerta. O caso verificou-se nas instalações de uma antiga pensão, na avenida Emídio Navarro,  que atualmente serviam de domicílio ao casal de idosos, cujas idades se situam, segundo a polícia, entre os 75 e 80 anos.

Os corpos foram transportados para o Instituto Nacional de Medicina Legal de Coimbra no âmbito das formalidades e averiguações em curso.

A situação de homicídio seguido de suicídio levado a cabo pelo homem já foi confirmada pela Polícia Judiciária que aponta como motivações para o sucedido “ alguma instabilidade emocional” do homem.

foto: jn.pt

 

Colisão no IP3 mata condutor

Um homem morreu, esta segunda-feira, no Itinerário Principal 3, na sequência de uma colisão entre um camião e um veículo ligeiro de mercadorias. O trânsito encontra-se cortado nos dois sentidos.

 

De acordo com o Centro Distrital de Operações e Socorro de Viseu, o acidente aconteceu no sentido Coimbra-Viseu, entre os nós de Tondela, cerca das 7h30. O condutor da viatura ligeira ficou encarcerado e morreu no local. O motorista do camião sofreu ferimentos ligeiros.

Nas operações de socorro estão 18 elementos com 8 veículos dos bombeiros voluntários de Tondela, INEM, e GNR. O trânsito encontrava-se cortado nos dois sentidos.


Com:jn.pt

Desporto de fim de semana

Sampaense não resistiu a um Benfica muito forte e líder do campeonato.O terceiro período foi fatal para  a equipa de S. Paio de Gramaços que a partir daí nada mais conseguiu fazer para vencer a partida. Raul Jimenez Martin técnico do Sampaense acredita que a manutenção é possivél.


Nogueirense perde por 2-1 na visita  a Mafra, em jogo do CNS.  O Operário Lagoa goleou o Benfica de Castelo Branco por 4-1 e está isolado na 1ª posição .

Já na fase de descida e manutenção, o FCOH foi vencer o Pombal por 3-0, subindo assim ao 2º lugar da classificação. Mortágua continua a surpreender e já é 3º com a vitória por 2-1 frente ao Tourizense. Vitória de Sernache lidera com 20 pontos depois de vencer o Sourense por 2-1.


Sampaense recebe o líder Benfica

Amanhã, a partir das 16h00, o Sampaense Basket recebe no Pavilhão Serafim Marques, em S. Paio de Gramaços, o líder Benfica, em jogo da 18ª jornada, da 2ª volta do campeonato da Liga Portuguesa de basquetebol.

 Depois de sair vitorioso de Oliveira do Hospital, ao reconquistar a Taça Hugo dos Santos que se realizou no pavilhão municipal da cidade, o Benfica é esperado em S. Paio de Gramaços, prevendo-se um bom jogo de basquetebol.


Saído de uma derrota frente ao Galitos por 75-73, o Sampaense Basket parte para a jornada 18 na 11ª posição, com 21 pontos. Depois de vencer o Lusitânia por 97-87, o Benfica mantém-se líder do campeonato, com 32 pontos.

Futebol: Campeonato Nacional de Seniores

Em futebol, a Associação desportiva Noguirense desloca-se, domingo, ao reduto do Mafra em jogo da jornada 4 da fase da subida Zona Sul, do Campeonato Nacional de Seniores. A equipa de Nogueira do Cravo é 6ª classificada, com três pontos.

 

Na fase da manutenção, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital desloca-se ao Sporting de Pombal, também em  jogo da jornada 4. O FCOH é 4º classificado, com 16 pontos. O Sporting de Pombal é 7º classificado, com 14 pontos. 

Polícia Judiciária deteve traficante de estupefacientes

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Centro, identificou e deteve uma mulher, sem profissão, presumível autora da prática de um crime de tráfico de estupefacientes.


Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ informa que a suspeita procedia à distribuição de cocaína, na forma cristalizada, em zonas da baixa de Coimbra. No momento da sua detenção trazia consigo cento e vinte doses daquele produto, que lhe foram apreendidas.

A detida, de 26 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais às autoridades.

 

Coimbra: Criança de sete anos ficou dois dias em casa com o pai morto

 

Uma criança de sete anos foi resgatada esta quarta-feira pela GNR da casa onde estava com o pai, morto há dois dias. O caso aconteceu na vila de Ceira, Coimbra, e está a chocar a vizinhança, que não sabia sequer que João Rendo, de 52 anos, tinha um filho.


Segundo fonte da GNR explicou ao Jornal de Notícias, o pai de João ter-se-á sentido mal durante a noite, pedindo à criança que chamasse à avó, de 86 anos, que vivia no andar de cima. Mas esta, ao tentar socorrer o filho a pedido do neto, caiu e ficou imobilizada. Já o homem morreu pouco tempo depois, deixando o menino de sete anos completamente sozinho.

Quando chegou ao local, alertada pelos vizinhos - já que Maria Rosa, que frequentava o centro de dia local, não tinha aparecido - a GNR encontrou a criança sozinha na habitação, dois dias após a morte do pai, desidratada e com fome. A avó estava inconsciente e foi transportada para o Hospital de Coimbra, onde se encontra internada em condição estável. João, que vive numa instituição em Lisboa e passava os fins de semana com o pai e com a avó, regressou entretanto à capital.

dn.pt

Requalificação da Estrada da Beira deverá arrancar ainda este ano

Parece ser desta que a EN17, conhecida por Estrada da Beira, vai ser requalificada no troço que serve Oliveira do Hospital. De acordo com a Estradas de Portugal (EP) está a decorrer o concurso para adjudicação de empreitadas de três milhões Euros. A obra que tinha sido prevista para 2014 deverá ter início este ano.


A informação foi partilhada ontem pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, depois de no dia anterior ter reunido com o Conselho de Administração da Estradas de Portugal. Em cima da mesa esteve a necessidade de urgente requalificação da EN17 e o facto de a empreitada de três milhões Euros, constante do plano de Proximidade da EP, prevista para 2014 não se ter verificado. José Carlos Alexandrino disse ter recebido a garantia de que as obras de  requalificação da via, entre o limite do concelho até Seia, vão ser iniciadas ainda este ano.


Na reunião com a EP, o autarca oliveirense falou ainda da necessidade de intervenção na EN230, entre Vendas de Galizes e Vide, no concelho de Seia. Uma intervenção que não está nos planos da EP por a construção do IC6 determinar a sua desqualificação, mas que o presidente da Câmara espera que venha a ser contemplada através da utilização das verbas previstas para a requalificação do troço entre Ervedal da Beira e Carregal do Sal, que tem um valor associado de 820 mil Euros, mas que Alexandrino não considera necessária. 

Mulher foi agredida e assaltada em Tábua

Uma mulher de 53 anos foi, na passada quarta-feira, violentamente agredida no interior da sua casa, na localidade de Venda da Esperança, no concelho de Tábua.


De acordo com a edição online do Diário As Beiras, tudo aconteceu entre as 04h00 e as 07h00, altura em que três indivíduos terão entrado na habitação e agredido a mulher com uma pancada na cabeça. A mulher foi encontrada pela filha, que habitava uma parte da casa ao início da manhã, amordaçada e com os pés e mãos amarrados.     

Segundo avança aquele jornal, os agressores roubaram cerca de 1000 Euros do interior da habitação. 

Associação de Melhoramentos Aldeense comemora 3º aniversário

A recém criada Associação de Melhoramentos Aldeense, de Aldeia das Dez, assinala no próximo dia 8 de março, o seu 3º aniversário. A associação que funciona na antiga escola primária da freguesia dedica-se à vertente cultural.


Fundador da coletividade, Carlos Castanheira preside à direção da Associação de Melhoramentos Aldeense que, disponibiliza um espaço de convívio à população e participação em  atividades várias como a ginástica e o canto.


Com três anos de atividade, a associação vai assinalar a efeméride, a partir das 12h00,  numa iniciativa aberta a todos os sócios e população em geral, com a participação da Filarmónica Fidelidade de Aldeia das Dez e o grupo coral que está a ser formado na freguesia.

Seia: Menor abusada em casa por rapaz que conheceu no Facebook

Homem de 23 anos foi detido pela PJ da Guarda por estar "fortemente indiciado" de ter violado uma menor de 16 anos.

 

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 23 anos, em Seia, "fortemente indiciado" de ter violado uma menor de 16 anos. 

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ Guarda, o homem é suspeito de ter violado a menor, estudante, "que conheceu através da rede social Facebook e com a qual estabeleceu uma breve relação de amizade". 

«Os factos ocorreram no interior da residência familiar da própria vítima, quando aquela, encontrando-se sozinha, acedeu em receber o suspeito para que pudessem simplesmente conversar», acrescenta o comunicado. 

Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que o detido, distribuidor de produtos alimentares, vai ser presente ao tribunal da Guarda para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

GNR recuperou material furtado

O Destacamento Territorial de Coimbra levou, ontem, a efeito um conjunto de operações, que visavam a prevenção geral da criminalidade, fiscalização rodoviária, entre outras, nos concelhos de Coimbra, Condeixa, Penela, Penacova e Vila Nova de Poiares.

 

Deste conjunto de operações foram identificados dois indivíduos, sexo feminino de 30 e 36 anos, por suspeita de furto em estabelecimento comercial no concelho de Penela tendo sido recuperadas diversas peças de vestuário (calças, tshirt’s, pijamas, fatos treino, entre outros)

No âmbito do trânsito foram fiscalizados 127 condutores e detetadas 20 infrações, entre os quais um detido por condução sem habilitação legal, quatro por excesso de álcool (TAS mais elevada 0,80), três infrações por falta de uso do cinto de segurança e três por não submissão do veículo a inspeção periódica.

Câmara de Oliveira aprova posição contra eucaliptização no concelho

Atenta ao que se passa em Meruge e, em outros locais do concelho, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aprovou esta manhã, em reunião pública do executivo, uma posição contra a eucaliptização no concelho. A tomada de posição, que vai ser dada a conhecer ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foi aprovada por unanimidade.


Com a tomada de posição, o executivo municipal pretende ter parecer vinculativo no processo de licenciamento daquelas plantações, situação que por força da legislação não se tem vindo a verificar. Teresa Dias, vereadora responsável pelas florestas na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital deu conta da existência de, pelo menos, sete pedidos de licenciamento junto do ICNF sem que fosse solicitado parecer ao município. Há margem daquelas plantações, haverá ainda outras que terão avançado de modo ilegal. Teresa Dias fala de “incongruências nos processos”, motivo pelo qual foi solicitada reunião àquele instituto sem que, até ao momento, houvesse qualquer resposta da parte do ICNF. A assistir  ao avanço do eucaliptal “fruto do oportunismo dos grandes grupos económicos”, Teresa Dias colocou à votação a posição contra a eucaliptização.

 A subscrever a posição da Câmara Municipal, a vereadora do PSD, Cristina Oliveira alertou porém para a necessidade de se perceberem as motivações que levaram os proprietários a seguir a via da eucaliptização e, de lhes serem apresentadas soluções alternativas de plantação de outras espécies. "Há muitas variedades de espécies e talvez algumas mais lucrativas do que o eucalipto", frisou.

 À espera de discutir o problema com quem de direito – o ICNF – o presidente da Câmara Municipal revela-se preocupado com a propagação de eucalipto, sobretudo em áreas ZIF que gozam de planos de gestão aprovados pelo próprio ICNF.

Teresa Dias, vereadora florestas

Cristina Oliveira, vereadora PSD

José Carlos Alexandrino, Presidente da CMOH

GNR faz ações de sensibilização sobre incêndios florestais

A GNR indicou hoje que vai realizar até maio em todo o país ações de sensibilização sobre os incêndios florestais, que visam alertar para a importância dos procedimentos preventivos a adotar nesta altura do ano.


A operação ‘Floresta Protegida’, que vai ser realizada pelo Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SPNA) da GNR até 14 de maio, pretende consciencializar a população para a problemática dos incêndios florestais.

Durante a operação, os militares da GNR vão realizar várias ações de sensibilização, que visam alertar para "a importância dos procedimentos preventivos a adotar nesta altura do ano, nomeadamente sobre o uso do fogo, a limpeza e remoção de matos e a manutenção das faixas de gestão de combustível, tendo em vista a redução do número de ocorrências e a minimização dos riscos de incêndio florestal".

 


Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário - Sarau Cultural 29 Março 2014

Apresentação oficial do hino da Rádio Boa Nova