Rádio Boa Nova - de Oliveira do Hospital para todo o mundo


"Eu Leio, Tu Lês, Ele Escreve" com Jorge Ramos na Rádio Boa Nova

Jorge Ramos foi o convidado da rubrica "Eu Leio, Tu Lês, Ele Escreve" desta quarta feira na Rádio Boa Nova.  

Em destaque esteve o novo livro do autor do concelho e colaborador da Rádio Boa Nova, Jorge Ramos, “Devaneando”, um livro de poesia que surge num formato diferente, no interior de um frasco.

“Eu Leio, tu Lês, Ele Escreve” é uma rubrica quinzenal da responsabilidade de Rosa Simões e com condução a cargo de Fernando Roldão.

EXPOH já arrancou em Oliveira do Hospital (atualizada)

José Carlos Alexandrino, presidente CMOH

João Ataíde, presidente da CIM Região de Coimbra

EXPOH já arrancou em Oliveira do Hospital

Arrancou hoje a EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital. O certame serve de mostra às empresas, comércio, serviços e instituições e freguesias do concelho de Oliveira do Hospital. No arranque da 6ª edição, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital defendeu um modelo diferente do certame, com investimento maior e deslocalização para o recinto da feira.

A contar com a presença de autarcas da região – Arganil, Tábua e Pampilhosa da Serra – bem como do presidente da CIM da Região de Coimbra, João Ataíde e do presidente da Adxtur, Paulo Fernandes e outros responsáveis regionais, o presidente da Câmara valorizou sobretudo os empresários do concelho que se fazem representar no certame e que, juntamente com outros expositores, tornam possível a realização da EXPOH.

Autarcas da região saudaram o município pelo arrojo na organização deste certame. Em Oliveira do Hospital, João Ataíde, presidente da CIM da região de Coimbra e autarca da Figueira da Foz destacou, em particular, a necessidade de os municípios trabalharem em articulação e cada vez menos individualmente.

 Volvidas apenas três horas da abertura da feira, são muitos os visitantes a marcar presença na EXPOH. Nesta noite inaugural, as atenções centram-se na final da 4º edição do concurso Soltem Talentos, com a presença entre o júri do jovem Luís Travassos, concorrente do distrito de Coimbra no conhecido programa “Ídolos”, como forma de incentivar os jovens do concelho na demonstração dos seus talentos. 

Quatro feridos ligeiros em despiste seguido de capotamento em Oliveira do Hospital

Quatro feridos ligeiros é o resultado de um despiste ocorrido ao início da tarde na estrada entre a Ponte das Três Entradas e Santa Ovaia no concelho de Oliveira do Hospital.


Os quatro feridos ligeiros eram todos os ocupantes da única viatura envolvida no acidente que após despiste, caiu por uma ribanceira e capotou.

O socorro às vítimas foi assegurado pelos bombeiros de Oliveira do Hospital, que se deslocaram ao local com a viatura de INEM e de desencarceramento e sete homens. Os quatro feridos foram transportados para o Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital. 

Diário da EXPOH 2015 - Dia 1

A EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital arranca esta terça-feira, 4 de agosto, no Parque do Mandanelho.


 Até domingo, 9 de agosto, o certame promete animar a cidade e o concelho, contando para isso com um vasto programa com que espera atrair 40 mil visitantes. Esta é a expectativa da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, entidade organizadora da EXPOH que, este ano, conta com José Cid como cabeça de cartaz (noite de 7 agosto).

A abertura da feira que vai na 6ª edição consecutiva está marcada para as 19h00, com direito a ato inaugural. Um momento abrilhantado pela participação da Banda Filarmónica Sangianense e que ficará marcado pelo corte da fita e intervenções do presidente do município e demais individualidades presentes. Com entrada gratuita, à semelhança do que acontece amanhã, segundo dia da feira, o dia inaugural da EXPOH conta, às 21h30,com a final do concurso Soltem Talentos responsável por levar 17 finalistas ao palco principal. Antes disso, entre as 19h00 e as 21h00, no recinto da feira haverá distribuição de balões pelos Mimos Fraques . Às 20h30, o Rancho Folclórico Estrelas da Manhã atua no palco 2. A noite encerra com os DJ Popeye e Dj Jay C no palco 3.

Com um investimento menor e deslocada para agosto com o objetivo de chamar a si comunidade emigrante, a EXPOH surge este ano num formato mais reduzido (seis dias) que não tem qualquer implicação em termos de expositores, mantendo-se os cerca de 180 habitualmente presentes no certame. Às áreas empresarial, serviços, comércio e institucional juntam-se este ano as 16 freguesias e uniões de freguesia do concelho de Oliveira do Hospital, numa ala própria. Ali cada Junta de Freguesia tem oportunidade de promover as suas riquezas naturais e patrimoniais, bem como os eventos que organiza.

A vertente social tem dia reservado para amanhã, quarta feira, com a realização da Exposocial, com direito a gala com espetáculo “Ritmos de Fogo” no palco 1, a partir das 21h30. A entrada é livre.

No dia 6 de agosto, a entrada tem custo de dois Euros. No palco principal é esperada a presença do grupo AF, às 22h30. Entre as 21h30 e as 00h00 a animação fica a cargo dos “primos de França”.

Cabeça de cartaz, José CID & Big Band, chega à EXPOH na noite de 7 agosto. A gerar elevadas expectativas entre a organização, o espetáculo de José Cid, pelas 22h30, deverá ser o responsável por atrair o maior número de visitantes. O custo de entrada é 5 Euros.

Carlão é o artista esperado na noite de sábado, 8 de agosto, a partir das 22h30, com entrada a custar quatro Euros.

Dia grande da EXPOH está reservado para domingo, 9 de agosto. Entre as 14h00 e as 20h00 decorre a transmissão em direto do programa da SIC “Portugal em Festa”. Ao longo da tarde destaque para o lançamento do livro “Devaneando” de autor do concelho e colaborador da Rádio Boa Nova, Jorge Ramos. Na mesma tarde, mesmo ao lado, no estádio Municipal tem lugar a iniciativa de saltos em Paraquedas, numa organização da Associação de Paraquedistas da Beira Serra.

De 4 a 9 de agosto serão vários os motivos de interesse na EXPOH 2015 que vai também contar com os habituais espaços de restauração, tasquinhas e bares. Touro mecânico, insufláveis, pinturas faciais, modelagens de balões, jogos didáticos para crianças e animação do recinto da feira são outras das atrações.

Com exceção do dia inaugural e do último dia da feira, a EXPOH abre diariamente às 18h00.

Tudo para acompanhar na Rádio Boa Nova, com “diário da EXPOH” diariamente às 17h00 e os “Diretos da EXPOH” entre as 21h00 e as 22h00.  Visite o site da EXPOH na página de internet da Rádio Boa Nova e mantenha-se atualizado junto das redes sociais facebook e twitter da Rádio Boa Nova. 

Câmara Municipal prepara candidatura para reabilitação urbana em Oliveira do Hospital e Bobadela

A Câmara Municipal, no âmbito do PORTUGAL 2020, está a desenvolver uma candidatura para o acesso a financiamento comunitário destinada à Reabilitação Urbana da Cidade de Oliveira do Hospital e do Centro Histórico da Bobadela, sustentada num Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU).


Este plano aponta para a Estratégia de Regeneração Urbana tornando-se importante o debate público e dessa forma, a autarquia promoveu duas sessões de esclarecimento, em Oliveira do Hospital e na Bobadela, sobre Reabilitação Urbana que visaram também a recolha de contributos e opiniões dos cidadãos.

“Este projeto que visa a reabilitação do património urbanístico constitui também uma oportunidade única para os cidadãos que são desafiados a sinalizar os imóveis de que são proprietários e que pretendem reabilitar, desde que inseridos nas zonas contempladas, de forma a que essa intenção possa ser englobada nesta candidatura. O programa tem um horizonte de sete anos tratando-se por isso de um processo contínuo ao longo dos próximos sete anos, o que significa que o privado poderá efetuar a reabilitar em qualquer momento desse período de tempo, não necessita de ser no imediato. Para isso basta contactar as Juntas de Freguesia ou a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e junto dos serviços efetuar a identificação com uma descrição sumária da intervenção a realizar e a respetiva verba necessária. Este procedimento irá permitir que a candidatura a efetuar pela Câmara Municipal até ao início de setembro tenha em conta o envelope financeiro para os privados para além das verbas para a intervenção pública”, refere comunicado da autarquia.

Loja Pingo Doce já abriu em Oliveira do Hospital

O Pingo Doce, do grupo Jerónimo Martins já opera em Oliveira do Hospital. A loja abriu a meio da manhã de hoje, pelas 11h00, nas instalações do desativado IG Supermercados.


Inicialmente prevista para as 10h00, a abertura da loja fica marcada pelo atraso de uma hora, situação geradora de descontentamento entre as dezenas de clientes que esperavam ao portão pelo sinal de entrada. Houve até momentos de alguma tensão entre os clientes que de diziam “enganados”, por desde as primeiras horas da manhã uma viatura do Pingo Doce circular pela cidade com indicação de que o espaço já estava aberto. Nas artérias de acesso ao conhecido supermercado também houve alguma confusão no trânsito.

Às 11h00, as dezenas de clientes foram convidados a entrar no espaço. Em face da boa receção composta pela saudação de responsáveis e funcionários da loja e a oferta de uma flor, rapidamente os clientes deixaram de lado a insatisfação.

O arranque do Pingo Doce em Oliveira do hospital é, contudo, sinónimo do encerramento do conhecido espaço IG Supermercados. Uma realidade a que os funcionários que transitados para o Pingo Doce não conseguiram ficar alheios. Foram vários os que não conseguiram conter a emoção na hora de dar as boas vindas aos clientes de sempre. 

Loja Pingo Doce abre hoje, às 10h00, em Oliveira do Hospital

A Loja Pingo Doce de Oliveira do Hospital abre esta terça- feira, 4 de agosto, pelas 10h00. O novo espaço do Grupo Jerónimo Martins vai funcionar nas instalações do agora desativado IG Supermercados na sequência de negócio de trespasse e arrendamento do espaço pelo período de 15 anos mais 15.


Fonte oficial do Grupo Jerónimo Martins adiantou à Rádio Boa Nova que as portas da loja que nos últimos dias foi objeto de trabalhos de adaptação abrem às 19h00, sem que esteja contudo previsto qualquer ato inaugural, à semelhança do que aconteceu em outros espaços do grupo.

 O Pingo Doce de Oliveira do Hospital vai funcionar com 70 colaboradores, adianta a mesma fonte, assegurando à Rádio Boa Nova que “foram mantidos os trabalhadores afetos ao anterior espaço comercial, Irmãos Gonçalves, e recrutados mais colaboradores”.

O Grupo indica ainda que a estratégia passou por preservar “a maioria dos fornecedores regionais, nomeadamente de queijaria, charcutaria, padaria, confeitaria, pastelaria, florista, azeite e lacticínios”. 

País: Quatro mortos nas estradas este fim de semana

Quatro mortos, 18 feridos graves e 226 feridos leves é o balanço dos 656 acidentes registados pela GNR nas estradas portuguesas, de sexta-feira a domingo.

 

Entre sexta-feira e domingo, a GNR deteve 199 condutores, dos quais 140 apresentavam uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 1,2 gramas por litro de sangue e 39 não tinham habilitação legal para conduzir.

A terceira fase da "Operação Hermes - Viajar em Segurança" (que decorre de 03 de julho a 30 de agosto e se destina a garantir deslocações em segurança para destinos típicos de verão) registou mais 14 acidentes, mais quatro mortos, menos cinco feridos graves e menos 84 feridos leves que a mesma fase da operação em 2014, é dito na página da GNR na Internet. No total, a GNR registou 4.261 contraordenações. Destas, 1.563 deveram-se a excesso de velocidade, 397 a condução com uma taxa de alcoolemia superior ao permitido por lei e 223 à ausência e/ou incorreta utilização do cinto de segurança ou de sistema de retenção para crianças. Das restantes contraordenações, 165 deveram-se a falta de inspeção periódica obrigatória de veículos, 168 a uso indevido de telemóvel durante a condução e 59 a falta de seguro de responsabilidade civil.

A "Operação Hermes" mobiliza 1200 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais, que vão estar atentos a, sobretudo, condução sob efeito de álcool, excesso de velocidade, não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção para crianças, utilização indevida de telemóveis, manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem, distância de segurança e condução sem habilitação legal.

Alunos da Eptoliva representaram Portugal em Encontro Internacional de Ciência

Bruno Paulino, Beatriz Marques, Ana Ribeiro, Daniela Pinto do Curso de Auxiliar de Saúde e Carlos Quintino do curso de Manutenção Industrial, variante Mecatrónica Automóvel, foram selecionados a nível internacional para representar Portugal no XXXIII Encontro Internacional de Ciência que decorreu entre os dias 26 de julho a 2 de agosto, na Universidade do Algarve em Faro.


Este encontro foi criado para cultivar o interesse da investigação científica sobre os alunos, mas também promover o intercâmbio de experiências entre os participantes, geralmente com idade entre 16 e 25 anos e estudando várias áreas/ campos científicos. Além da apresentação obrigatória e tradicional de um projeto desenvolvido anteriormente pelos participantes, o programa do encontro inclui ainda aulas teóricas e oficinas práticas (componente científica), visitas a locais de interesses da cidade ou região onde é realizado, passeios pela costa ou locais de interesse biológico/ ambiental (componente natureza) e aquela que diz respeito ao social e à dinâmica de grupo (componente social).

Os alunos procederam à exposição dos projetos científicos, Sorridente e AquiQueijo&Mais, projetos que foram desenvolvidos ao longo do ano letivo com a orientação da Docente Honorata Pereia. O encontro contou com a participação de diversos países tais como Brasil, México, Bélgica, Letónia, Roménia, Irão, Turquia, Croácia e Portugal. No encontro, os estudantes da Eptoliva representaram Portugal. Este é um conjunto de conferências promovido anualmente pela Associação Juvenil de Ciência (AJC), um grupo português comprometido com a promoção da ciência entre os jovens. Foi criada em 1980 e, desde então, tem sido formada e gerida por jovens, sendo a única associação deste tipo no país. A associação tem organizado várias atividades em diversos campos da ciência para públicos diferentes espalhados por todo o país. Os primeiros fundadores são alguns dos melhores cientistas portugueses. Neste momento, a AJC conta com mais de 1.900 associados.

Mulher de 29 anos com termo de identidade e residência por suspeita de furto na empresa onde trabalhava

Uma mulher de 29 anos foi identificada e constituída arguida pela GNR de Viseu por suspeita crime de furto de dinheiro num estabelecimento comercial em Fragosela.


Os proprietários do estabelecimento comercial verificaram o desaparecimento de 2 720 euros, tendo reportado a situação à GNR, que no seguimento de diligências de investigação identificou a alegada autora do furto, uma funcionária da empresa. De acordo com a GNR, no âmbito da operação foi possível ainda recuperar 400 euros do valor total furtado. A suspeita ficou com termo de identidade e residência.

Homem que desapareceu na Serra de Aire foi encontrado morto

O corpo do homem de 62 anos que havia desaparecido na Serra de Aire foi encontrado por um cão da GNR.


O praticante de 'geocaching' foi encontrado sem vida, a cerca de 50 metros do seu carro.  De acordo com a GNR o corpo foi localizado numa zona de “densa vegetação” por um cão desta força de segurança, pelas 13h30. O desaparecimento foi reportado pela mulher, que havia estranhado a demora do marido ao deslocar-se para procurar um determinado ponto, numa mata junto ao IC2. As causas da morte são para já desconhecidas.

Investigadores de Coimbra descobrem forma de combater células cancerígenas  

Uma equipa de investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular de Coimbra descobriu como a melatonina, hormona que ajuda a regular o sistema imunitário, pode combater células cancerígenas.

 

A melatonina é uma hormona cujas características "permitem chegar a qualquer célula, ajustar o ciclo sono-vigília, manter um envelhecimento saudável e regular o sistema imunitário". Os resultados do estudo desenvolvido por investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular de Coimbra (CNC), já publicado na revista ""Oncotarget", sugerem que "o sucesso de um tratamento à base da melatonina depende da atividade da mitocôndria da célula cancerígena, a qual é responsável pela produção da sua energia celular", afirma a Universidade de Coimbra (UC), numa nota divulgada esta segunda-feira. "A atividade energética da célula depende do seu estado de evolução, o que significa que a melatonina só é eficaz num determinado estado evolutivo da célula cancerígena", salienta a mesma nota. O estudo "abre caminhos na investigação do cancro, ao indicar a necessidade de criar tratamentos adequados ao estado evolutivo e energético da célula cancerígena, evitando aplicar terapias não específicas que podem danificar células importantes" ou não ter qualquer efeito terapêutico.

com:jn.pt

Jorge Ramos apresenta “Devaneando” no último dia da EXPOH

Jorge Manuel Ramos, autor do concelho de Oliveira do Hospital e colaborador da Rádio Boa Nova apresenta domingo, 9 de agosto, o novo trabalho literário “Devaneando”.

 

“Palavras e a Vida” foi o primeiro livro do autor publicado em outubro do ano passado, com sessão de lançamento na Biblioteca/Ludoteca de Lagares da Beira. Jorge Ramos abraçou agora novo desafio com “Devaneando”, um livro que surge num novo formato – no interior de um frasco- com que o autor espera surpreender com a sua escrita interventiva a que já habituou os seus leitores.

O lançamento de “Devaneando”, editado pela Corpos Editora através da sua parceira Artelogy, está marcado para as 17h00 de 9 de agosto, no stand da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, na EXPOH, no Parque do Mandanelho. A essa hora decorre a transmissão televisiva do programa da SIC “Portugal em Festa”, a partir da EXPOH. 

EXPOH arranca amanhã com espaço dedicado às freguesias

A presença das 16 freguesias do concelho de Oliveira do Hospital na EXPOH é a novidade no certame que arranca, amanhã, 4 de agosto, em Oliveira do Hospital. A inauguração está marcada para as 19h00 no Parque do Mandanelho.


A cumprir calendário pelo 6º ano consecutivo, a EXPOH – Feira regional de Oliveira do Hospital espera de novo animar o concelho. A contar com nomes como José Cid (7 de agosto) e Carlão (8 de agosto) e com o programa da Sic Portugal Em Festa na tarde de domingo (9 de agosto), o certame que este ano foi reduzido para seis dias, vai reunir um total de 180 expositores, com destaque para empresas, serviços, comércio e instituições. Novidade este ano é a presença das 16 freguesias, numa ala própria, e que vai de encontro com a vontade do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, tratando-se de “um trabalho conjunto de unidade e de divulgação”.

Diretor da EXPOH, Francisco Rodrigues explica que esta presença conjunta permite a cada freguesia mostrar as potencialidades de cada uma, bem como os eventos que promovem  ao longo do ano, como sejam por exemplo os certames em torno do Porco e da Castanha, é até o Festival Origens.

Foto:rouxinolpomares

Pingo Doce prepara abertura de loja em Oliveira do Hospital

 O Pingo Doce iniciou os trabalhos de adaptação do espaço IG Supermercados, em Oliveira do Hospital, com vista à abertura de mais uma loja do grupo Jerónimo Martins.

 

O negócio de aquisição do espaço (inclui o trespasse e arrendamento do espaço pelos período de 15 anos mais 15) foi fechado no final do mês de junho. Nas últimas semanas, a marca Pingo Doce já marcava presença nas prateleiras do conhecido espaço comercial, com especial destaque para a secção de peixaria, cujo abastecimento de peixe já era da responsabilidade do Pingo Doce. Também a secção de talho responsável por atrair muita clientela ao supermercado deixou de estar associada ao nome “Mota”, para ser explorada pelo gigante da distribuição alimentar.

Encerrado para trabalhos de adaptação à marca Pingo Doce, o espaço reabre esta semana – prevê-se a abertura para amanhã, 4 de agosto – totalmente adequado à estratégia do grupo Jerónimo Martins.

No início do mês de julho, o Pingo Doce – Distribuição Alimentar, notificou a Autoridade da Concorrência da intenção de adquirir o Espaço IG Supermercados. Segundo o anúncio publicado pela Concorrência na imprensa, a operação visa "o controlo exclusivo sobre o estabelecimento comercial da AMOL – Armazéns de Mercearia Oliveirense Lda, situado em Oliveira do Hospital". A operação inclui, além do estabelecimento da marca IG (Irmãos Gonçalves) Supermercados, explorado pela AMOL, "os recursos humanos, as existências, a clientela, os fornecedores e os equipamentos".

A instalação de um espaço Pingo Doce em Oliveira do Hospital enquadra-se na estratégia do grupo de ampliar a sua presença na região Centro do país. No distrito de Coimbra, este gigante da distribuição alimentar está apenas presente na Figueira da Foz, Coimbra e Soure. Há pouco mais de um mês- no dia 25 de junho- outro gigante da distribuição, o Continente Bom Dia, abriu portas em instalações próprias feitas de raiz em Oliveira do Hospital. Os dois espaços estão próximos na sua localização, passando a operar quase a “paredes meias”. Ali opera ainda um terceiro espaço comercial, o supermercado da Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central. 

“mOHve-te Verão 2015” estimulou a prática desportiva em Oliveira do Hospital

O programa “mOHve-te Verão 2015” encerrou, dia 30 de julho, com a dinamização, em simultâneo, de todas as atividades desportivas que foram desenvolvidas nos últimos dois meses, no Largo Ribeiro do Amaral. A praça central da cidade ficou preenchida com cerca de duas centenas de participantes distribuídos por várias atividades desportivas.


Este encerramento contou com a presença dos vários monitores e representantes das entidades parceiras do Município a quem foi prestado um simbólico reconhecimento. O arranque foi dado no dia 1 de junho, com um programa especial para toda a família, celebrando-se também o Dia Mundial da Criança e nessa noite mais de uma centena de pessoas encontraram uma oferta desportiva variada como megazumba familiar, BTT noturno tendo ainda sido disponibilizados insufláveis e pinturas faciais para os mais novos.

Duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras, o programa “mOHve-te Verão 2015” proporcionou uma oferta muito diversificada de atividades desportivas que contemplou a realização de caminhadas e corridas noturnas, zumba, duatlo, hidroginástica, BTT noturno, cross fit, kickboxing, Goshin Jutsu, Aikido, entre outras.

Como sublinha Nuno Ribeiro, vereador responsável pelos pelouros Desporto, Juventude e Tempos Livres, “este programa de desporto para todos foi idealizado para estimular e incentivar a população oliveirense a praticar desporto, promovendo estilos de vida saudáveis”.

Lançado em 2014, “o mOHve-te rapidamente se transformou num sucesso”, refere o responsável, contribuindo para o aumento das taxas de participação desportiva no concelho. Neste ano superou as expetativas através de mais de 1200 participações considerando o conjunto das atividades promovidas.

 Sob o princípio de que “todos temos direito a uma vida saudável”, o “mOHve-te” foi também concebido para promover a inclusão de todos os grupos da sociedade e resulta de um conjunto de parcerias com diversos clubes, associações e outras entidades da área do desporto e da saúde.

No próximo dia 9 de agosto, haverá ainda uma demonstração deste Programa, no Parque do Mandanelho, integrada na ExpOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital.

FCOH e Nogueirense iniciam com derbi o campeonato Campeonato Nacional de Seniores, Série E

Após sorteio, estão definidos os jogos do Campeonato Nacional de Seniores e as respectivas séries.


O FCOH, Nogueirense e Tourizense, vão ter que se deslocar aos Açores por quatro vezes para visitar o Praiense (Praia da Vitória), o Angrense (Angra do Heroísmo), o Operário (Lagoa - S. Miguel) e o Ideal (Ribeira grande). 

O Campeonato começa no próximo dia 23 de Agosto e a primeira jornada deu logo um derbi entre o Nogueirense e o FCOH. 

Para a Taça de Portugal, a primeira eliminatória coloca frente a frente o Tourizense e o FCOH, e o Nogueirense recebe o Naval Futebol. Agora entram 118 equipas, que estão divididas por cinco séries com 14 equipas cada e três séries de 16, que jogarão entre si. Desta maneira deixa de haver clubes isentos nas várias eliminatórias e, sempre que necessário, será feita uma repescagem para garantir o número de jogos necessários.

A Rádio Boa Nova na Rota da União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira

Na Rota das Freguesias, a Rádio Boa Nova desce a encosta do rio Alva e convida a uma visita a Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, freguesias que se fundiram em União no âmbito da reorganização administrativa do território das freguesias ocorrida em 2013.

 

A Penalva de Alva, que chamava a si as localidades de Caldas de S. Paulo, Carvalha, Formarigo, Merujais, Moita, S. António do Alva e algumas quintas juntou-se S. Sebastião da Feira e parte da localidade da Ponte das Três Entradas. A soma dos resultados censitários de 2011 relativos a cada uma das freguesias conduz-nos a uma população total de 1123 habitantes.

Um território rico em património natural e paisagístico. Atravessado pelo Rio Alva, é por isso muito apetecido por esta altura do ano, seja pelos residentes, seja por visitantes que ali podem desfrutar das boas condições das praias fluviais, como é o caso de Penalva de Alva, Sto António do Alva, Caldas de S. Paulo e S. Sebastião da Feira. Espaços que Rui Coelho, autarca da União de Freguesias, quer ver devidamente classificados, imbuído que está agora da missão de dotar os espaços de melhores condições e de tomar medidas no sentido de melhorar a qualidade da água que, reconhece, ainda que aceitável, não é a desejável.

Um novo objetivo para o autarca que se diz “feliz” por cumprir o desejo maior de dotar alguns locais de freguesia- Moita e Formarigo- de saneamento básico e água ao domicílio. Um investimento na ordem de 500 mil Euros que veio melhorar, em muito, a vida de cerca de 200 habitantes, entre os quais crianças. Com menor satisfação olha para o estado de “abandono” a que tem estado votada a ETAR de Penalva de Alva com prejuízos para a população e o ambiente.

Filho da terra, Rui Coelho vê-se a braços, no presente mandato, com um território alargado, fruto da reorganização administrativa. Reconhece porém as vantagens que dali resultaram para o território da então freguesia de S. Seabastião da Feira.  Assegura que para ali foram deslocalizados serviços da Junta e são garantidos os serviços de proximidade e qualidade. 

Pelo território da União de Freguesias, mais propriamente em Caldas de S. Paulo esta a ser construído um complexo turístico de 5 estrelas – Aquavillage resort  & SPA, a freguesia e o concelho estão já nas bocas do mundo turístico. Para Rui Coelho este poderá ser “o ponto de partida” para a potencialização do vale do Alva.Praticamente a meio do mandato, Rui Coelho faz um balanço positivo vo trabalho realizado. Uma entrevista para acompanhar esta sexta-feira, entre as 19h00 e as 20h00 na Rádio Boa Nova, em 100.2 FM ou através da emissão online disponível aqui.

CISE promove percursos pedestres na serra da Estrela  

O Centro de Interpretação da Serra da Estrela - CISE vai realizar, durante o mês de agosto, um conjunto de percursos dirigido a todos os amantes do pedestrianismo, utilizando os Caminhos de Montanha da rede de percursos pedestres das Aldeias de montanha.


O primeiro percurso decorre no dia 12 de agosto e tem lugar na Rota da Caniça, na aldeia de Lapa dos Dinheiros. A rota está classificada com um grau de dificuldade médio e desenvolve-se no vale da ribeira da Caniça, numa paisagem montanhosa dominada por bosques, campos agrícolas e matos. A Rota do Pastoreio é a proposta para o dia 19 de agosto, percurso que se desenvolve na vertente sul do maciço superior da serra da Estrela, proporcionando panorâmicas amplas. No dia 26 de agosto, o CISE leva-nos até à Rota do Vale do Rossim, um percurso ao longo do vale da ribeira da Fervença, estabelecendo a ligação entre o Vale do Rossim, importante local de recreio da serra, e a aldeia do Sabugueiro. A participação na atividade está limitada a 14 participantes, realizando-se com um mínimo de 6, e tem um custo associado de 5€, valor que inclui seguro e transporte, a partir do CISE, com partida às 9h e regresso às 16h. A participação carece de inscrição.

 A rede de percursos pedestres das Aldeias de Montanha, denominada por Caminhos de Montanha, tem cerca de 100 km e contempla um total de 14 percursos pedestres. Procuram dar a conhecer a riqueza natural e cultural das paisagens e das comunidades das aldeias, sendo uma das infraestruturas turísticas que o território tem para oferecer, naquela que é a estratégia de comunicação das Aldeias de Montanha, marca sob a gestão da Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha.

1º Grande Prémio  de Ciclismo do Dão disputa-se a 12 e 13 de setembro

O 1º Grande Prémio de Ciclismo do Dão arranca em Nelas no dia 12 de setembro. A prova de ciclismo que decorre até 13 de setembro é organizada pelas Câmaras Municipais de Viseu, Nelas, Mangualde e Penalva do Castelo em conjunto com a Federação Portuguesa de Ciclismo e a Associação de Ciclismo de Viseu.

 

Esta será a última corrida do calendário profissional de ciclismo de estrada. A 1ª etapa realiza-se entre Nelas e Mangualde, com um traçado que passa pelas Caldas de Felgueira, Canas de Senhorim, Santar, Chãs de Tavares e S. Cosmado num trajeto que perfaz 130km. Para já estão confirmados 170 atletas, 14 equipas, entre as quais da vizinha Espanha e equipas portuguesas de sub-23.

 

Reconhecendo que esta corrida visa a promoção da Região Vinhateira da qual o Concelho de Nelas é um espelho de excelência, o município pretende ainda, incentivar a promoção da prática desportiva oferecendo a oportunidade à população do concelho de vivenciar uma experiência diferenciadora no âmbito de competições federadas.

Tábua assinala Dia Internacional da Juventude

Para assinalar o Dia Internacional da Juventude, comemorado a 12 de agosto, o Município de Tábua, através do Conselho Municipal da Juventude, organiza uma série de atividades destinadas aos jovens tabuenses e não só.


O Programa inicia às 10 horas, junto à Ponte Antiga na Pedra da Sé – Tábua, com uma sessão de Stand Up Paddle Board (SUP), seguindo-se às 13 horas o almoço convívio no Mercado Municipal de Tábua. Ainda neste local, será inaugurado às 15 horas o novo Espaço Municipal Jovem, terminando o dia com um convívio e Sunset Party nas Piscinas Municipais de Tábua, que durante todo o dia terão entrada gratuita para jovens dos 12 aos 30 anos, mediante a lotação do espaço.

As inscrições podem ser efetuadas até ao próximo dia 10 de agosto.

Chuva e granizo antes de sol e calor no fim de semana

O tempo quente vai regressar no fim de semana apesar de, esta sexta-feira, a previsão ser de céu muito nublado, com períodos de chuva, por vezes de granizo no litoral oeste, com o vento a chegar aos 60 km /hora.


"Para hoje temos a aproximação e passagem de uma depressão nos níveis altos da atmosfera e, por esse motivo, vamos ter bastante nebulosidade sobre Portugal continental, para já até ao início da manhã com chuva fraca e chuviscos no litoral oeste, em especial a norte do Cabo Raso", disse à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. De acordo com as previsões do IPMA, as regiões do interior e as zonas montanhosas do norte e cento vão registar a ocorrência de aguaceiros, por vezes fortes de granizo e acompanhados de trovoada, até ao final da tarde. O vento irá mudar de fraco do quadrante oeste para mais forte no litoral oeste com rajadas que podem chegar aos 50/60 km/hora, de acordo com Maria João Frada, que prevê também uma pequena descida da temperatura máxima no interior.

Para sábado, as previsões são já diferentes dos dois dias anteriores, com o céu pouco nublado ou limpo e o vento enfraquecido em relação às previsões para a tarde de hoje no litoral oeste. As temperaturas máximas vão subir rondando os 26 e 27 graus Celsius e, no interior do Alentejo devem chegar aos 33/34 graus, sendo que domingo será um dia muito semelhante, de acordo com a meteorologista.

Para hoje as temperaturas deverão variar entre 20 e 25 graus Celsius em Lisboa, entre 18 e 25 no Porto, em Coimbra entre 18 e 25. Em Oliveira do Hospital, as temperaturas vão oscilar entre os 15 e 27 graus.

Descarrilamento na linha da Beira Alta, não há registo de feridos

A circulação na linha da Beira Alta está cortada devido a um descarrilamento de uma composição de mercadorias. O incidente que aconteceu em Pampilhosa do Botão e não provocou feridos. O descarrilamento aconteceu junto à linha do Norte, por volta das 15 horas.


Um vagão de um comboio de mercadorias com 19 vagões descarrilou e ficou entre linhas. Os técnicos estão no local a avaliar a situação.  A circulação naquela linha que faz a ligação entre a Pampilhosa, na linha do Norte e a fronteira de Vilar Formoso, está suspensa no troço entre a Pampilhosa e Mortágua, não existindo ainda previsão de reabertura ao tráfego ferroviário. O serviço de passageiros da CP está a ser assegurado, naquele troço, por meio de autocarros, adiantou a fonte da CP. Segundo a TVI24, este foi o quarto acidente nesta linha no espaço de um ano.

Com:noticiasaominuto.com

EXPOH mantém “forte pendor de solidariedade social”

Na sua 6ª edição, a EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital volta este ano a dar especial atenção à vertente da solidariedade social, que no concelho assegura cerca de 600 postos de trabalho.


A funcionar como uma mostra do concelho, a vertente social marca assim presença no certame que vai ter lugar de 4 a 9 de agosto, no Parque do Mandanelho, em Oliveira do Hospital. Para além de dar lugar à 10ª edição da Exposocial, participada pelas instituições do concelho, a EXPOH vai ainda contar com a organização da Gala Social, na noite de 6 agosto, contando com a participação de idosos, crianças de 15 instituições, bem como de alguns familiares, “numa ação de divulgação e valorização do envelhecimento ativo”.    

 José Francisco Rolo, vice-presidente da Câmara de Oliveira do Hospital e vereador responsável pela área social diz tratar-se de “um momento de afirmação do setor social e solidário”. Em conferência de imprensa de apresentação da EXPOH, José Francisco Rolo adiantou que a Exposocial funciona de mostra da Economia Social que no concelho presta uma gama de serviços e tem associada uma elevada empregabilidade, na ordem dos 600 postos de trabalho.

Na antecipação ao certame, o vice-presidente revelou-se expectante na certeza de que a “EXPOH surge este ano ajustada à “capacidade financeira” do município. Falou, por isso, de “um evento sustentável e com rigor financeiro”. 

Seia: Cine' Eco inspira-se na Encíclica Papal sobre alterações climáticas e ambiente

A 21ª edição do festival ambiental de Seia, que vai realizar-se de 10 a 17 de outubro, colheu como inspiração para a sua Seleção Oficial a Encíclica Papal sobre as alterações climáticas e ambiente. O filme de abertura é ‘A Hora do Lobo’, do realizador francês Jean-Jacques Annaud, uma ficção sobre uma espécie em risco de extinção, igualmente na serra da Estrela.

Ao todo estão selecionados cerca de 80 filmes, de 20 países, repartidos por várias secções competitivas, onde se inclui Longas e Curtas Internacionais, Séries e Documentários de Televisão, Longas e Curtas da Lusofonia e Panorama Regional e todos manifestam a preocupação e o reconhecimento da responsabilidade da mão humana no aquecimento global e necessidade de mudarmos o nosso estilo de vida, para salvar o planeta. “A Encíclica é um documento extraordinário, que tem sido saudado por líderes religiosos, ambientalistas, investigadores, dirigentes de organizações internacionais e naturalmente  inspirou a organização do CineEco 2015”, adianta a organização do Cine Eco.

O Cine'Eco 2015 assinala, este ano, a sua 21ª edição com um conjunto de atividades paralelas e uma parceria estratégica com a empresa Endesa. 

Colisão entre veículo pesado e ligeiros provoca um morto e dois feridos no IC2

 Um morto e três feridos, este é o balanço feito após uma colisão entre um veículo pesado e dois ligeiros no IC2, Benedita, Alcobaça.

 

Segundo a informação do Capitão Moita, da GNR, o acidente terá acontecido às 11h00. "Houve primeiro uma colisão entre um ligeiro e um veículo de pesados de mercadorias e depois houve uma tentativa por parte do condutor de pesados de evitar essa colisão, que acabou por colidir com outro veículo que circulava no sentido contrário".

O acidente obrigou ao corte de trânsito. Os dois feridos leves foram transportados para o hospital de Leiria. No local, estiveram dez veículos e 24 operacionais, entre meios dos bombeiros da Benedita e Alcobaça, do Instituto Nacional de Emergência Médica, da GNR e da empresa Infraestruturas de Portugal. Recorde-se que no domingo também na IC2 uma colisão provocou duas vítimas mortais.

Com:noticiasaominuto.com

 

Gaetan Bille é o primeiro vencedor da Volta  

O belga Gaetan Bille (Verandas Willems) conquistou, ontem, a liderança da Volta a Portugal em bicicleta, ao vencer o prólogo, em Viseu, ao concluir os seis quilómetros do exercício individual em 7.22,65 minutos.


Bille gastou menos 2,43 segundos do que Gustavo Veloso (W52-Quinta da Lixa), vencedor da corrida em 2014, que alcançou o segundo registo no prólogo, enquanto o também belga Dmitri Claeys (Verandas Willems) terminou em terceiro, a 9,25 do compatriota.

Hoje, o pelotão da corrida lusa enfrenta os 196,8 quilómetros da primeira etapa, entre Pinhel e Bragança.

Com:record.xl.pt

Parceiros da ADIBER aprovam estratégia de desenvolvimento para a Beira Serra

O Conselho de Parceiros da Beira Serra, órgão consultivo do GAL ADIBER / Beira Serra14-20, reunido em Arganil no dia 23 de Julho, aprovou por unanimidade a Estratégia de Desenvolvimento Local proposta pela ADIBER, baseada na qual foi submetida a candidatura ao instrumento DLBC que dará sequência às intervenções LEADER na Região.


Na presença de um elevado conjunto de Parceiros, o Presidente da ADIBER, Miguel Ventura, salientou a disponibilidade dos parceiros, mas lamentou a existência de vários condicionalismos ao trabalho que está a ser desenvolvido, nomeadamente as discriminações entre regiões ao nível da abrangência do DLBC, que na região Centro não contempla o apoio à economia social e ao associativismo de base local, áreas consideradas prioritárias nesta estratégia, bem como o facto de ainda não ser conhecida a dotação orçamental a disponibilizar a cada GAL.

O apoio ao desenvolvimento económico nas áreas dos produtos locais de qualidade, do artesanato e do turismo é principal enfoque da estratégia aprovada, com vista à criação de condições para a modernização e qualificação do tecido empresarial local, que favoreça o surgimento de novos postos de trabalho e de riqueza que contribuam para tornar a região mais competitiva e atrativa à fixação das populações.

Os presidentes das Câmaras Municipais associaram-se às preocupações manifestadas e disponibilizaram-se para sensibilizar as Autoridades de Gestão do Portugal 2020 para a necessidade de corrigir estas lacunas, de modo a que o Programa possa responder às necessidades e anseios da Beira Serra, e, assim, dar um contributo efetivo para o seu desenvolvimento.

Em comunicado, Miguel Ventura adianta que há razões para a região estar “otimista” pelo facto de se estar perante uma excelente estratégia, bem fundamentada e que responde aos verdadeiros desafios que são colocados aos parceiros e populações da Beira Serra.

GNR reforça patrulhamento em Vilar Fomoso no fim de semana

A GNR anunciou esta quinta-feira que vai ampliar o patrulhamento em Vilar Formoso, no concelho de Almeida, no próximo fim de semana. Está prevista a entrada de mais de 38 mil veículos no território nacional por aquela fronteira.


O Comando Territorial da GNR da Guarda informou, em comunicado, que entre sexta-feira e domingo vai executar a terceira fase da "Operação Hermes - Viajar em Segurança" - também realizada a nível nacional -, através da intensificação do patrulhamento rodoviário na principal fronteira terrestre do país e nas principais vias de ligação. Segundo a GNR, no decurso da ação, as patrulhas serão orientadas "para as vias mais críticas" e para o largo da fronteira de Vilar Formoso, "com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, regularizar o trânsito, sensibilizar, informar e garantir o apoio a todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança". A fonte estima que no fim de semana possam entrar mais de 38.000 veículos em território nacional através da fronteira de Vilar Formoso, no distrito da Guarda. Entre as 10h00 e as 15h00 de sábado está prevista a chegada de mais de 4.390 veículos, com a probabilidade de haver o maior pico de tráfego entre as 10h00 e as 11h00, com a previsão de entrada de mais de um milhar de viaturas, segundo a GNR. 

Condutora que provocou um morto na A1 estava embriagada

A mulher envolvida no acidente mortal em contramão na autoestrada 1, em Leiria, conduzia "em estado de embriaguez", adianta o JN.


Ouvida ontem  em tribunal, a mulher foi constituída arguida e ficou a aguardar julgamento em liberdade, com termo de identidade e residência.

O acidente ocorreu terça-feira à noite, cerca das 23h45 horas, ao quilómetro 134, a cerca de quatro quilómetros do nó de saída para Leiria da A1. Segundo avança o JN, Véronique Gomes, uma lusodescendente residente em França, mas com família no Louriçal, Pombal, seguia no IC8, num Fiat 500, e entrou na A1 por engano. Quando se apercebeu de que estava a chegar a Leiria, inverteu a marcha em plena autoestrada e iniciou o caminho em direção a Pombal. Pouco depois, chocou com um Renault Mégane, conduzido por Paulo Almeida, de 42 anos, que capotou várias vezes e embateu nos railes laterais, até se imobilizar na berma. Véronique Gomes sofreu apenas ferimentos ligeiros. Porém, como apresentava excesso de álcool no sangue (1,6 gramas por litro de sangue, de acordo com fonte judicial) e tem nacionalidade francesa, foi detida pela GNR após receber assistência médica no hospital de Leiria. Atualmente, a mulher vive em França e está de férias em Portugal, em casa dos pais, há cerca de um mês. Quarta-feira à tarde, foi ouvida por um juiz de instrução criminal do Tribunal de Leiria, que lhe decretou como medida de coação, além do termo de identidade e residência, a apreensão da carta e, uma vez que não reside no país mas em França, terá de deixar ainda o depósito de uma caução no valor de 7500 euros.

Com:jn.pt

Detido homem que pôs fogo à própria casa

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 39 anos, suspeito de crime de incêndio, por ter posto fogo à sua própria habitação, na freguesia de Buarcos, Figueira da Foz.


Em comunicado enviado à Lusa, a Diretoria do Centro da PJ refere que o homem "colocou uma botija com gás na sua própria sala, cortou a mangueira, abriu o gás e ateou o fogo", mas as chamas acabariam por ser apagadas por familiares do detido.

"O incêndio colocou em grave perigo a integridade física de terceiros e a habitação por cima da sua", refere a PJ, adiantando que o perigo "foi afastado" pela intervenção dos referidos familiares.

O incêndio ocorreu no princípio de julho, na rua Vale de Emide, em Buarcos e, na ocasião, as duas corporações de bombeiros da Figueira da Foz deslocaram para o local diversos meios. A rua chegou a estar cortada ao trânsito, mas os bombeiros limitaram-se a ventilar a habitação afetada, constatou a Lusa no local. Segundo a PJ, o detido foi presente a tribunal e ficou obrigado a apresentações às autoridades duas vezes por semana.

Com menor investimento EXPOH espera voltar a atrair “mais de 40 mil visitantes”

Deslocada para agosto com o objetivo de chamar a si comunidade emigrante, a EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital acontece este ano num formato mais reduzido no número de dias que envolve, bem como no investimento associado. Porém, o objetivo é de atrair o mesmo número de visitantes de 2014.

 

A contar com José Cid (7 de agosto) como cabeça de cartaz de uma festa, que conta ainda com o conhecido artista nacional Carlão (de 8 de agosto), a EXPOH 2015 deve atrair o mesmo número de visitantes conseguido na edição do ano passado. Esta é, pelo menos, a expectativa do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, em conferência de imprensa de apresentação do certame, revelou que o objetivo é “ter tantas pessoas como em 2014”. Recorde-se que números divulgados pela autarquia, no final do certame do ano passado, apontavam para um total de visitantes superior a 40 mil, posicionando-se naquele número a fasquia da presente edição. É que, apesar de dar como certa uma redução no investimento, José Carlos Alexandrino verifica que “contra a opinião de alguns, o cartaz não é de menor qualidade”. Sobretudo, o autarca deposita elevadas expectativas no espetáculo de José Cid que, tal como teve oportunidade de comprovar no Terreiro do Paço, em Lisboa, na última passagem de ano atraiu uma verdadeira multidão, com o artista a apontar para a presença de cerca de 200 mil pessoas naquela noite. “Tive mais gente que o Papa”, referiu.

Desafiado, porém, a revelar o investimento na EXPOH 2015, o autarca disse preferir não avançar com números, sob pena de os mesmos serem “desvirtuados”.

Por esta altura, decorrem os trabalhos de montagem da EXPOH no Parque do Mandanelho. Os dois primeiros dias do certame são de entrada gratuita. Na noite de 6 de agosto, com presença do grupo local AF, a entrada tem o custo de dois euros. Cinco euros é o custo de entrada para o espetáculo de José Cid, na noite de 7 de agosto. Na noite seguinte, com Carlão, a entrada tem o preço de quatro euros. Domingo, 9 de agosto, último dia do certame, a entrada no Mandanelho de onde é transmitido, em direto, o Portugal em Festa da SIC, entre as 14h00 e as 20h00, custa dois Euros. À noite é esperado o grupo Função Publika que, assim encerra, a EXPOH 2015. 

Arranca hoje, em Viseu, a Volta a Portugal em Bicicleta

A Volta a Portugal em bicicleta assinala, esta quarta-feira, o início da sua 77ª edição, numa prova que se iniciará com um contrarrelógio individual em Viseu e terminará, dentro de 11 dias, no Marquês de Pombal, em plena capital portuguesa. 


Da cidade de Viriato a Lisboa serão 1551,7 quilómetros cronometrados, com 10 etapas para todos os gostos, as agruras do costume, algumas novidades e a ausência de passagens pelo Alentejo ou pelo Algarve. Os palcos magníficos da Torre, com a "etapa rainha", ou a mítica subida à Senhora da Graça mantêm-se no mapa, destacando-se a estreia absoluta de Condeixa-a-Nova, palco da partida para a subida até Seia e o regresso de Vila Franca de Xira quase 40 anos depois da última presença no plano da Volta.

Montalegre, com outro regresso, o da Serra do Larouco mas também o competitivo contrarrelógio da penúltima etapa, entre a Praia do Pedrógão e Leiria (34,2 quilómetros). O pelotão da Volta a Portugal em bicicleta vai contar com 137 ciclistas. Confirma-se, assim, a tendência descendente iniciada o ano passado, com esta prova a ter a menor afluência desde 2011.

Com:rr.pt

Guarda cativa turistas com oferta de desconto em portagem  

A Câmara Municipal da Guarda vai realizar no sábado, na fronteira de Vilar Formoso, uma ação de divulgação do município, que inclui a oferta de descontos em portagens aos turistas que visitarem a cidade.


A autarquia presidida por Álvaro Amaro (PSD/CDS-PP) refere em comunicado hoje divulgado que no primeiro dia de agosto irá divulgar a Guarda, "à entrada do território português", com o objetivo de "cativar os milhares de turistas para uma visita à cidade mais alta do país" nesta época de verão.

"Na fronteira, serão distribuídos cerca de cinco mil cupões com o 'desconto portagem' nas unidades de hotelaria da cidade no valor das portagens entre Vilar Formoso e Guarda [troço da autoestrada A25, que liga Vilar Formoso a Aveiro]", refere a nota. Na sua visita à cidade mais alta do país, os visitantes "poderão ainda levantar um brinde-surpresa no Welcome Center da Guarda”.

A ação promocional da Câmara Municipal da Guarda vai ser realizada no fim de semana em que na fronteira de Vilar Formoso é esperada uma grande afluência de turistas e de portugueses residentes no estrangeiro, que nesta época do ano chegam ao nosso país, para gozo de férias.

Com:Lusa.pt

Um morto em acidente em contramão na A1 em Leiria

Um automobilista morreu, ontem à noite, na autoestrada 1 quando a viatura que conduzia colidiu com outra que seguia em contramão ao quilómetro 134,1 no sentido norte-sul, no concelho de Leiria, disse à agência Lusa fonte da GNR.


A mesma fonte indicou que o alerta para o acidente chegou às autoridades às 23:44 de terça-feira, mas "três minutos antes foi comunicada a existência de um veículo que seguia em contramão", tendo esta força policial acionado meios e comunicado à empresa concessionária da autoestrada, a Brisa, sem que tenha sido possível evitar a colisão.

"A vítima mortal é o condutor do veículo que seguia na direção norte-sul, cumprindo o sentido legalmente estabelecido, que colidiu com uma viatura que seguia na mesma via, mas em sentido contrário, portanto em contramão", adiantou este responsável. A vítima mortal é um homem de 42 anos e a condutora do outro veículo tem 39 anos. Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria, ao local acorreram sete veículos e 17 operacionais, dos Bombeiros Voluntários de Pombal, INEM e GNR. A condutora, considerada ferida leve, foi transportada para uma unidade hospitalar da região.

EXPOH arranca a 4 de agosto com a missão de “continuar a ser a maior feira da região”

Está dado o pontapé de saída para a EXPOH 2015 – Feira Regional de Oliveira do Hospital que vai decorrer no Parque do Mandanelho, de 4 a 9 de agosto. José Cid é o cabeça de cartaz. O artista regressa em outubro a Oliveira do Hospital para concerto solidário.


Esta tarde teve lugar a conferência de imprensa de apresentação da EXPOH, contando com a presença de José CID, cabeça de cartaz, com espetáculo reservado para noite de sexta-feira, 7 de agosto. Um espetáculo que o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital acredita que vai ser “o maior da feira” por José Cid ser “um artista transversal”. Na antecipação ao certame, José Carlos Alexandrino espera que a EXPOH seja sobretudo “um local de encontro e convívio”, onde se possam “viver algumas noites sem stress”. Decidiu por isso associar ao certame o lema “viva a vida que amanhã já pode ser tarde”.

Com um programa mais reduzido na sua duração e, por isso, mais económico, a EXPOH vai seguir a linha das anteriores edições, contando com dois palcos, um dos quais destinado à atuação dos  grupos locais. Com os habituais espaços de restauração e bares, a festa vai contar em cada uma das noites com DJS. A festa começa dia 4 com o concurso Soltem Talentos. No dia 5, é dia de Exposocial e de Ruizinho de Penacova. O Grupo AF é esperado na noite de 6 de agosto. Dia 8 de agosto as atenções recaem sobre Carlão. Domingo à tarde acontece em Oliveira do Hospital a transmissão em direto do programa da SIC “Portugal em Festa”, entre as 14h00 e as 20h00. À noite é esperado o grupo Função Pública.


A marcar presença esta tarde em Oliveira do Hospital, José Cid revelou-se satisfeito por regressar ao concelho a que já esteve ligado, e onde promete dar uma “grande festa” na noite de 7 de agosto. Em retribuição pelo convite que o município lhe dirigiu, o artista disponibilizou-se para a realização de um concerto solidário no concelho em outubro, devendo o mesmo acontecer por ocasião da comemoração do feriado municipal e sem qualquer custo para o município.

Pese embora a redução em número de dias, a EXPOH mantém-se "atrativa" para os expositores. Francisco Rodrigues, diretor da feira, dá como confirmado um total de 180 nas áreas empresarial, comércio e serviços e institucional. Novidade no certame é a presença conjunta das freguesias do concelho. 

Novo livro de Feliciano da Silva é como um “filho” para autor de Travanca de Lagos  

 “O Amor nunca esquece”. Assim se chama o novo livro de Feliciano da Silva apresentado, domingo à tarde, na Liga de Travanca de Lagos. Um “filho” para o autor de Travanca de Lagos que, na obra de poesia, faz uma evocação ao amor nas suas várias vertentes.

 

Quarto livro do autor de 85 anos, “O Amor nunca esquece” resulta do desafio lançado a Feliciano da Silva para voltar a lançar as mãos à escrita. Em dia de lançamento e a contar com a presença de familiares, amigos e responsáveis municipais e da freguesia, o autor disse que o livro tem associados oito meses de dedicação, pelo que o encara como “um filho”. Assegura que “valeu a pena” porque tudo o que escreveu “foi com muito amor”. Amor nas várias vertentes, porque “devemos praticar o amor sem estar a olhar para o lado”. “Fazer o bem sem olhar a quem”, referiu o autor.

Na edição do quarto livro, Feliciano da Silva contou com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. A participar no lançamento de “O Amor Nunca esquece”, o presidente do município José Carlos Alexandrino mostrou-se orgulhoso pela forma como as gentes do concelho se destacam nas várias áreas, entre as quais a cultura. Sobre o livro, elogiou a forma como o autor o concebeu em torno de um “triângulo equilátero” com o amor à terra, à família e aos travanquenses a dominar cada um dos vértices.

No espaço novo da Liga de Melhoramentos de Travanca de Lagos, coletividade que Feliciano da Silva ajudou a fundar, o neto do autor Tiago Silva Ferreira partilhou o amor que sente pelo avô e a alegria pela edição do novo livro que entende como “um retrato fiel da sua vida”. “Fala da bem amada Travanca de Lagos e da sua família”, afirmou.

Encontrada morta a mulher desaparecida desde ontem à tarde em Alvôco de Várzeas

Uma utente do Centro de Recreio e Convívio de Alvôco de Várzeas, foi encontrada ao início da manhã desta terça-feira sem vida. 

A mulher de 68 anos estava desaparecida desde ontem à tarde. Esta manhã foi encontrada pelos sapadores da Cooperativa de Alvôco de Várzeas, caída junto a um caminho, com um saco de pinhas ao lado.


A mulher era utente do CERCAV com o marido. Pese embora alguns problemas de saúde, tinha por hábito visitar uma quinta de que tinha sido proprietária e apanhar pinhas.

Segundo Agostinho Marques, autarca da freguesia, a utente ontem não compareceu ao lanche, não causando estranheza, dado que nem sempre o fazia. Porém, às 19h00, também não marcou presença na sala para jantar. GNR, bombeiros, sapadores e populares deram início à operação de busca, mas sem sucesso. A mulher foi encontrada ao início da manhã, numa zona mais distante do que aquela que habitualmente frequentava, já sem vida e, segundo Agostinho Marques, sem ferimentos. Uma queda ou indisposição poderão ter provocado o falecimento da sexagenária.

Grupo Mosqueteiros brindou bombeiros de Oliveira do Hospital com equipamentos de combate a incêndios

O grupo Mosqueteiros, com loja  Intermarché em Oliveira do Hospital, procedeu esta tarde à entrega de cinco equipamentos individuais de combate a incêndios à corporação de bombeiros da cidade.

 

A oferta decorre da campanha “Juntos vamos equipar os nossos heróis”, levada a cabo pelo grupo “Mosqueteiros”, entre 14 de maio e 14 de junho, e que permitiu angariar 500 equipamentos individuais completos de combate a incêndios florestais. Os equipamentos, compostos por bota florestal, luvas, cógula, fato de proteção florestal (Calças e Dólman), capacete e sweatshirt, foram distribuídos por 100 corporações de bombeiros através de sorteio.

 

A corporação de Bombeiros de Oliveira do Hospital foi uma das contempladas. Esta tarde, coube a Marina Pinho, responsável pela loja Intermarché local proceder à entrega dos cinco equipamentos. Em declarações à Rádio Boa Nova, Marinha Pinho explicou tratar-se  da segunda campanha conjunta entre o Grupo Os Mosqueteiros e a Liga dos Bombeiros Portugueses com vista a angariação equipamentos individuais completos de combate a incêndios florestais. “É um pequeno contributo para os bombeiros locais e a nível nacional”, referiu.

Grato pelo gesto, o comandante da corporação oliveirense destacou a importância da oferta, que vem reforçar a segurança do corpo de bombeiros, atualmente composto por 120 bombeiros no quadro ativo. Explicou que a segurança dos bombeiros tem sido assegurada pelo Estado, através da Autoridade Nacional de proteção Civil e das Comunidades Intermunicipais. Segundo Emídio Camacho cada bombeiro tem o seu equipamento, porém o ideal era que houvesse pelo menos dois ou três equipamentos por bombeiro, pelo que a oferta do grupo “Mosqueteiro” veio reforçar a segurança da corporação. “Se outros fossem assim era extraordinário”, observou.

 

Já entre 2005 e 2007, o grupo “Mosqueteiro” ajudou os bombeiros portugueses através de uma campanha de angariação de fundos, com a qual foi possível entregar cerca de 50 viaturas de combate a incêndio. Em 2014 o Grupo conseguiu entregar 255 equipamentos individuais de combate a incêndios florestais, este ano praticamente duplicaram os resultados.

Marina Pinho, responsável Intermarché de Oliveira do Hospital

Emídio Camacho, comandante dos BVOH

Mulher morreu em acidente na autoestrada A25 na zona de Viseu

Uma mulher morreu e outra ficou ferida sem gravidade na sequência de um acidente ocorrido hoje na autoestrada A25, na zona de Viseu, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).


Segundo a mesma fonte, o acidente registou-se cerca das 10h00, ao quilómetro 81, junto à localidade de Faíl, no sentido Aveiro-Viseu da A25. A vítima mortal é uma mulher com cerca de 50 anos, que viajava num dos dois veículos ligeiros que colidiram, acrescentou. Devido ao acidente, a circulação naquela zona da autoestrada ficou condicionada.

Marcha lenta é “um aviso” ao atual e próximo governo

A população de Oliveira do Hospital está indignada com a falta de médicos e de acessibilidades no concelho. Prova disso foi a forte mobilização popular que se verificou na passada sexta-feira, com os oliveirenses a marcarem presença na marcha lenta que fez parar o trânsito na Estrada da Beira.


Com partida do Centro de Saúde e Zona Industrial, os manifestantes dirigiram ao governo um “grito de alerta”, para que vejam resolvido o problema da falta de médicos, que no momento faz com quer cerca de 13 mil oliveirenses não tenham acesso a médico de família e se avance com a requalificação das EN17 e 230 e se conclua o troço do IC6 até Oliveira do Hospital e sua ligação até à A25. Carros, autocarros, motos, camiões, viaturas institucionais e de empresas  e até cadeiras de rodas tomaram conta da EN17, no trajeto até Vendas de Galizes, impossibilitando a circulação normal do trânsito. Com a GNR a efetuar o controlo de trânsito, a marcha que se revelou “lentíssima” terminando cerca de uma hora e meia depois do que o inicialmente previsto, decorreu de forma ordeira, não havendo incidentes a registar.

Marcada por mensagens de indignação e pelas faixas negras presentes em muitas viaturas, a marcha foi igualmente ruidosa, com as buzinas, sobretudo as dos veículos pesados a elevarem o volume da manifestação.

Já numa ação de reivindicação que teve lugar junto ao centro de saúde local, e onde populares exibiam cartazes com palavras de descontentamento, o líder desta marcha lenta, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital criticou o governo por ter recuado face a um projeto apresentado pela autarquia e a FAAD e que o secretário de Estado da Saúde chegou a considerar fantástico. Após a manifestação, José Carlos Alexandrino disse esperar a reabertura destas vias de diálogo.

Do mesmo modo, o autarca disse não compreender como é que se fazem estradas em outros locais e em Oliveira do Hospital dizem que não há  dinheiro para IC6 e IC7. Ao governo atual e ao futuro, Alexandrino diz que esta luta “é um aviso”.

O PSD local esteve de fora desta ação. A CDU marcou presença, com João Dinis a considerar que, contrariamente ao que foi dito por aquele partido, a “manifestação vem na hora exata “, vem na “hora da caça ao voto”, altura em que “temos que perguntar: como é?” em matéria de saúde de acessibilidades”. 

Presente, não contra o atual governo, mas contra os governos dos últimos 30 anos, Luís Lagos, do CDS-PP defendeu que a defesa principal dos oliveirenses deve ser a “saúde e acessos dignos”.

Carlos Maia, líder concelhio do PS, não aceita que os oliveirenses “continuem a ser tratados como cidadãos de segunda”, porque “aqui trabalha gente honrada”. O socialista lamentou que o governo ande a “brincar” com Oliveira do Hospital e o seu presidente. Do mesmo modo lamentou a ausência do PSD, na ação de manifestação. 

Ténis: Jorge Saraiva venceu 3º Torneio Açor Open/Pomares 

 

Decorreu este fim de semana o 3º Torneio Açor Open/Pomares em ténis. Tendo como pano de fundo a piscina natural de Pomares,os participantes alternaram entre os jogos e os mergulhos.

 

Sebastião Barbosa e Jorge Saraiva disputaram ponto a ponto a final, tendo a vitória sorrido ao segundo. Na entrega dos prémios o presidente da Junta de Freguesia de Pomares, Armando Nascimento agradeceu a presença de todos, salientando o apoio possível da Junta de Freguesia.

O torneio, inter sócios, foi organizado pelo Clube de Ténis de Oliveira, com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e Junta de Freguesia de Pomares.

Queda de asa-delta faz um morto em Mira

A queda de uma asa-delta com motor na praia do Poço da Cruz, a norte da povoação da Praia de Mira, Coimbra, fez ontem um morto e um ferido grave, disse fonte dos bombeiros.

 

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra, as vítimas são os dois ocupantes da asa-delta, que caiu no areal, junto ao mar.

Já o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida, disse à agência Lusa que a vítima mortal é um homem de 48 anos, português, residente na Praia de Mira e o ferido grave, transportado para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, tem 25 anos e nacionalidade francesa.

O alerta foi dado às 17.11 horas e no local estiveram os bombeiros voluntários de Mira, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) e uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e meios da Capitania do Porto de Aveiro, num total de 21 operacionais e 10 veículos.

com:jn.pt

Sampaense Basket prepara nova época 2015/2016 na Proliga.

Depois da contratação do novo técnico Rui Alves, o Sampaense garantiu já a contratação de Hélder Carvalho, o regresso a uma casa que bem conhece depois de na passada época ter passado pela Oliveirense, e a renovação do extremo Diogo Gonçalves.

O Sampaense regressa assim a um campeonato da Proliga onde foi campeão, depois de na  época passada ter descido de divisão.

Sexta feira dia 24 de julho, um dia de luta em Oliveira do Hospital

Marcha lenta com centenas de carros,  pararam a N17 numa luta por melhores acessibilidades e construção do IC6/IC/ e melhor saúde com mais médicos.

A esta luta juntaram-se empresas, instituições, partidos políticos, juntas de freguesia e cidadãos oliveirenses

Misericórdia de Galizes realiza "sonho" ao inaugurar Casa de Nossa Senhora da Visitação

Foi em ambiente de festa que a Santa Casa da Misericórdia de Galizes procedeu, ao início da tarde de hoje, à inauguração da Casa de Nossa Senhora da Visitação, possibilitando à instituição uma duplicação da resposta que presta na área da deficiência.

 

O novo e moderno espaço tem um investimento associado de mais de dois milhões de euros. Contando com financiamento do Programa Operacional de Potencial Humano, a Casa Nossa Senhora da Visitação representa “o maior investimento realizado no concelho com dinheiros públicos desde o Estado Novo”. Assim referiu o provedor da Misericórdia, Bruno Miranda, que na presença do ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, disse que a inauguração traduz a “realização de um sonho”. “Esta nova casa orgulha-nos sobremaneira”, referiu Bruno Miranda reportando-se a um espaço que com valência de lar, centro de atividades ocupacionais e residência autónoma, que reúne condições de “excelência para prestar apoio a cidadãos portadores de deficiência.

“Uma obra fundamental” que o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital,  José Carlos Alexandrino acredita que “orgulha todos os que ajudaram a construir a Santa Casa da Misericórdia de Galizes” e que já conta com 347 anos de vida. A reconhecer a importância da instituição no concelho, na região e no país, José Carlos Alexandrino anunciou a atribuição de um apoio de 100 mil Euros à instituição, bem como a atribuição da medalha de Ouro municipal por ocasião da comemoração do feriado municipal, no dia 7 de outubro.

Ministro da solidariedade e “amigo” do provedor, Pedro Mota Soares não se escusou nos elogios ao líder da equipa que levou por diante este projeto, Bruno Miranda. “Alguém com enorme capacidade de trabalho e entrega que deixa a sua vida profissional e familiar para se dedicar à Santa Casa”, referiu. Em Oliveira do Hospital, Pedro Mota Soares destacou o trabalho feito pelo governo na área social, muito em particular, na área da deficiência, registando-se à data 28 mil acordos de cooperação. 

Bruno Miranda, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Galizes

José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Pedro Mota Soares, Ministro da Solidariedade

24/07 - Esta sexta-feira há “marcha lenta” em protesto por falta de médicos e acessibilidades em Oliveira do Hospital

Hoje, 24 de julho é dia de manifestação em Oliveira do Hospital em defesa da saúde, da construção do IC6/IC7 e da requalificação da EN 17 e 230. O concelho está convocado para as 18h00 para uma “marcha lenta” na Estrada da Beira que se espera muito participada por uma população que “sente na pele” os problemas que decorrem da falta de médicos (13 mil habitantes não têm médico de família) e de acessos condignos. 

Prometida na última reunião da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital pelo presidente da Câmara, a manifestação vai mesmo acontecer. O anúncio oficial deste protesto popular foi feito na passada terça-feira à porta do centro de saúde local com Serviço de Atendimento Permanente, espaços que estão aquém de suprir as necessidades dos oliveirenses, sobretudo por falta de recursos humanos, situação extensível a várias freguesias do concelho. 

A liderar esta ação, contando com a colaboração do PS, CDS-PP e CDU, dos autarcas de freguesia e comissão de utentes pela saúde, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, nota que o “concelho está doente” e que a “nossa saúde está um caos”.

Para além de alertar o governo para os problemas em torno da saúde, a manifestação desta sexta-feira visa, de igual modo, chamar a atenção para a “vergonha” em que se encontram os pisos das EN 17 e 230, bem como para as promessas não cumpridas de conclusão do IC6 e IC7. Em Oliveira do Hospital, o autarca defendeu mesmo que “se o secretário de Estado das obras Públicas fosse sério já se teria demitido” por não cumprir com a sua palavra de avançar com a obra em face de um entendimento entre os autarcas da região. Referiu, que os autarcas entenderam-se e abdicaram da ligação de montanha, mas a obra não avançou.

José Carlos Alexandrino deposita elevadas expectativas na ação marcada para hoje, na certeza de que “sexta feira será um novo dia para OH” e que “nada será como dantes”.

24/07 - PSD acusa PS de “aproveitamento político” e diz “não” à manifestação desta sexta-feira

s seus direito, Vilafanha considera a manifestação extemporânea, por acontecer num “período de pré campanha eleitoral”, verificando aí o aproveitamento político do partido que está a associar a esta iniciativa candidatos a deputados pelo PS à Assembleia da República.

No comunicado, o PSD entende que “esta ação nada vai resolver pois, no que diz respeito às acessibilidades, o atual Governo PSD/CDS já iniciou as obras de requalificação da EN17, numa primeira fase, no distrito da Guarda. Seguidamente iniciar-se-ão os trabalhos no distrito de Coimbra, nomeadamente em Oliveira do Hospital, naquela que será uma intervenção profunda nessa via.” Quanto à Saúde, o partido dirigido por Nuno Vilafanha, refere que “o atual governo está a resolver a questão tendo para isso sido abertas vagas e concursos para a colocação de mais médicos no nosso concelho”. Do mesmo modo, lembra que “o problema de falta de médicos não é exclusivo de Oliveira do Hospital”.

“Estas lutas deveriam ser de todos os Oliveirenses e para todos os Oliveirenses e não do Partido Socialista contra o Governo e contra o PSD”, lê-se no comunicado.

Declarações de Nuno Vilafanha à Rádio Boa Nova (clique em baixo para ouvir):

Ex trabalhador testemunhou o afogamento de gatos no canil de Seia

Francisco Fernandes, de 47 anos, trabalhou no canil de Seia e denunciou os alegados maus-tratos a animais, que continuam a gerar polémica após o aparecimento de imagens na internet.


Ao Jornal de Notícias, o homem explicou que congelou a matrícula em Engenharia Zootécnica na Escola Agrária de Viseu, em 2013, devido a falta de “reservas financeiras”, e acabou por começar a trabalhar no canil, onde se apercebeu de situações bastante aterrorizadoras.

“Logo no primeiro dia de trabalho”, diz ter visto “um colaborador a apertar os gatos com um laço e a afoga-los até à morte”. Confessa ter ficado “aterrado”, logo manifestando que não estava na disposição de fazer ato semelhante.  De acordo com o ex-funcionário, o procedimento era normal sempre que havia uma lotação na cela dos gatos e era muitas vezes extensível à dos cães. Conta que “abatem os cães adultos no corredor de cinco celas, com animais vivos por perto, não há luvas descartáveis nem balança para pesar os cadáveres”.

O homem não denunciou logo a situação por ter medo de perder o emprego, contudo acabou por ser despedido porque “criava conflitos, não cumpria as regras de saúde e higiene e por desobedecer às instruções para o exercício da atividade”. Hoje, assume que fez queixa à GNR mas garante não ter sido o autor das imagens que circulam nas redes sociais.

Terapia descoberta em Coimbra revela-se eficaz contra o cancro

Uma molécula para terapia inovadora no tratamento de vários tipos de cancro, patenteada pela Universidade de Coimbra, está a revelar a "eficácia desejada", adianta o Jornal de Notícias.

 

De acordo com a Universidade de Coimbra "Vários estudos e experiências realizadas em ratinhos, entre 2011 e 2014, provaram a eficácia da molécula Redaporfin", descoberta na Universidade, para o tratamento de diversos tipos de cancro, "através de terapia fotodinâmica" (tratamento inovador que "permite eliminar células cancerígenas de forma precisa").

De acordo com os ensaios realizados, "86% dos ratinhos com tumores diversos que foram tratados com esta tecnologia, seguindo exigentes protocolos de segurança, ficaram curados", salienta a mesma nota, adiantando que "não se observaram efeitos secundários, como acontece com os tratamentos convencionais", como a quimioterapia.

O estudo, que acaba de ser publicado no "European Journal of Cancer", demonstrou igualmente uma "taxa de reincidência da doença muitíssimo baixa", revelando a eficácia do fármaco.

Os testes efetuados "previram com rigor quando é que a resposta ao tratamento iria surgir, com que doses e em que circunstâncias seriam obtidos os efeitos terapêuticos no doente", salienta o diretor da química medicinal deste projeto, Luís Arnaut. As previsões estão a ser "confirmadas nos ensaios clínicos em curso", acrescenta o investigador da UC.

Ministro da Solidariedade inaugura “casa nova” da Misericórdia de Galizes

O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, inaugura manhã, 24 julho, pelas 14h00, a Casa de Nª Srª da Visitação, da Misericórdia de Galizes, que presta apoio a deficientes no concelho de Oliveira do Hospital. D. Virgílio Antunes, Bispo de Coimbra, também participa no momento inaugural.


Em funcionamento há mais de um mês, a casa de Nª Srª da Visitação, com valência de lar (36 utentes), Centro de Atividades Ocupacionais (20 utentes) e residência autónoma (cinco utentes), representa um alargamento da resposta que a Santa Casa da Misericórdia de Galizes presta no concelho a pessoas portadoras de deficiência, até aqui a funcionar apenas na Casa S. João de Deus, onde também é dada resposta na área da infância e da medicina física e de reabilitação.

Na casa mãe, a Misericórdia conta com 42 utentes em lar residencial. Com a entrada em funcionamento da Casa Nª Srª da Visitação, Bruno Miranda, provedor da Misericórdia, fala de uma duplicação da capacidade de resposta, facilitada por via de uma elevada percentagem de acordos firmados com a Segurança Social. Depois de já ter garantidos acordos para cerca de 85 por cento da lotação de lar e CAO, a Misericórdia viu serem garantidos, no passado dia 6 de julho, os cinco acordos correspondentes à lotação total da residência autónoma.

A Casa de Nª Srª da Visitação representa um investimento de mais de dois milhões de Euros, contando com financiamento comunitário.

ADIBER credenciada pelo IEFP para prestar apoio técnico a empreendedores

A ADIBER celebrou com o IEFP, o protocolo de credenciação para prestação de Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos, em cerimónia que decorreu, ontem, em Santarém sob a presidência do Secretário de Estado do Emprego, Octávio Oliveira.


Com esta credenciação a ADIBER é uma das 10 Entidades Prestadora de Apoio Técnico (EPAT) de toda a Região Centro que passa a integrar a Rede nacional, sendo a única sedeada no território do Centro de Emprego e Formação Profissional do Pinhal Interior Norte, possibilitando a prestação de um serviço de proximidade aos empreendedores locais, nomeadamente aos que pretendem criar o seu próprio emprego, sendo um reconhecimento do trabalho que esta Associação já vem desenvolvendo através do seu Gabinete de Apoio ao Empresário e ao Desenvolvimento Local, desde há vários anos.

De acordo com Miguel Ventura, ao assumir esta nova responsabilidade, a ADIBER reúne melhores condições para complementar e qualificar a sua intervenção ao nível da implementação da Estratégia de Desenvolvimento Local para Beira Serra, a apresentar em breve no âmbito do DLBC, a qual terá como uma das principais prioridades o apoio à criação e modernização do tecido empresarial da região, de forma a aumentar a sua competitividade e a potenciar a criação de novos empregos qualificados que facilitem a fixação de população jovem neste território.

As Entidades credenciadas irão prestar Apoio Técnico aos promotores envolvidos nas medidas de apoio ao empreendedorismo local e à criação do próprio emprego promovidas pelo IEFP, com relevância para algumas áreas, nomeadamente na estruturação do projeto, mitigação da dificuldades dos promotores e de riscos do negócio, angariação de fontes de financiamento e na sustentabilidade e desenvolvimento dos projetos, bem como no acompanhamento e apoio à consolidação das novas iniciativas na fase inicial da respetiva implementação.

 “O Amor nunca esquece” é o novo livro de Feliciano da Silva

No próximo domingo, 26 de julho, decorrerá o lançamento do novo livro de Feliciano da Silva, “O Amor nunca esquece”. A sessão terá lugar na Liga de Melhoramentos de Travanca de Lagos com início às 16h00.


Este novo livro de poesia de Feliciano da Silva é uma edição do Município de Oliveira do Hospital e do autor e trata-se da quarta obra que vê publicada.

Feliciano da Silva, nasceu em Travanca de Lagos, concelho de Oliveira do Hospital, em abril de 1930. Conta com inúmeros poemas publicados em vários jornais, e com três livros editados pelo Município de Oliveira do Hospital: “Amor, Ternura e Fantasia (2007), “Ao nosso semelhante dai um sorriso” (2011) e “Amar não é só Paixão” (2013) aos quais se junta esta nova obra.

Cavaco Silva marca eleições para 4 de outubro

 O Chefe de Estado revelou que os portugueses vão decidir quem querem no Governo para os próximos quatro anos a 4 de outubro.


Na sua declaração ao país, o Presidente da República frisou que "está em causa o futuro do nosso país e, por isso, no dia 4 de outubro todos os cidadãos devem exercer o seu direito de voto de forma livre, consciente e informada".

E para que o façam de forma informada, Cavaco deixou um apelo aos partidos “para que esta campanha decorra de forma esclarecedora e serena".

Entende o Chefe de Estado que "numa democracia é desejável o confronto de ideias e projetos para o país e, por isso, a luta partidária não deve resvalar numa crispação sem sentido ou na agressividade verba. A campanha eleitoral deve servir para informar e esclarecer os portugueses e não pode transformar-se num palco de agressões em que nada resolve os problemas reais dos nossos concidadãos". “Aos partidos competirá apresentar as suas propostas. Aos cidadãos competirá avaliar a credibilidade e realismo das propostas apresentadas”, afirmou Cavaco Silva.

O Presidente da República defendeu ainda “um governo sólido, estável e duradouro”, depositando nas mãos dos partidos a responsabilidade de se alcançar a “tal estabilidade”. Na mira de Cavaco está uma “solução governativa credível que disponha de apoio maioritário no Parlamento [pois] a experiência mostra que governos sem apoio maioritário enfrentam sempre dificuldades em aprovar medidas e, em geral, não conseguem completar as legislaturas”.

Com:noticiasaominuto.com

Oliveira do Hospital vê nascer “Associação de Utentes em Defesa da Saúde”

A falta de médicos que, no concelho de Oliveira do Hospital, faz com que 60 por cento da população não tenha direito a médico de família está a obrigar à constituição legal de uma “Associação de Utentes em Defesa da  Saúde”.


Os mesmos utentes que, na modalidade de Comissão de Cidadãos pela Saúde, se posicionam junto da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital na organização de uma manifestação em defesa de melhor saúde no concelho, marcada para sexta-feira, 24 de julho, pelas 18h00, a que se junta também a reivindicação de melhores acessos.

Rosto da futura “Associação de Utentes”, Huguete Martins explica que o objetivo é o de alertar para a falta de médicos e recursos na área de saúde. Lamenta que a saúde, “principal pilar de um estado de direito” esteja a ser posto em causa.

Da Comissão de Cidadãos fazem parte autarcas e demais oliveirenses. António Soares, presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos, ergue igualmente a voz para alertar para o mal estar da saúde no concelho e para a desvantagens que decorrem da falta de acessos ao concelho. Espera por isso que, sexta-feira, os oliveirenses encarem a manifestação como um “dever”.

Igualmente preocupado está o autarca da Bobadela. Em declarações à Rádio Boa Nova, Vasco Brantuas faz uma avaliação negativa do estado da Saúde no concelho e no país, notando que hoje “temos falta de quase tudo o que já tivemos. O autarca fala de uma morte lenta e, por isso, garante marcar presença no protesto de sexta-feira. 

Detido homem em Coimbra por pegar fogo a habitação

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a Polícia Judiciária revela que foi detido um homem por ter provocado um incêndio numa habitação devoluta, mas ainda assim habitável, no concelho de Coimbra.


O crime aconteceu ontem pelas 17h30 e o suspeito é um homem casado, de 53 anos, detido após operação conjunta da PSP e da PJ. O telhado da casa ruiu devido ao fogo posto e foi necessária a intervenção dos bombeiros para que as chamas não propagassem para outras habitações. O suspeito será agora presente a tribunal onde irá conhecer as medidas de coação.

ESTGOH com direito a 10 bolsas “+ superior”

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital  (ESTGOH) vai contar, este ano letivo, com um total de 10 bolsas no âmbito do programa “+ Superior”, no valor de 1500 Euros cada, que visa incentivar a fixação de estudantes nas regiões do interior.


Este ano o governo aumentou em 20 o número de bolsas disponíveis em 2015-2016 para o programa +Superior, havendo agora 1.020 bolsas de 1500 euros cada nas 13 instituições abrangidas.

De acordo com a Lusa, o aumento no número de bolsas de estudo poderá, no entanto, ser insuficiente para dar resposta à procura, uma vez que os dados conhecidos para o ano letivo de 2014-2015, o primeiro em que o programa +Superior foi aplicado, mostram que 362 candidatos elegíveis não conseguiram, ainda assim, aceder às mil bolsas disponíveis.

O Ministério da Educação e Ciência (MEC) explicou em comunicado que "podem concorrer ao programa + Superior todos os estudantes candidatos ao ensino superior, inscritos na sequência de uma colocação na 1.ª, 2.ª ou na 3.ª fase do concurso nacional de acesso de 2015, num ciclo de estudos de uma das instituições selecionadas", desde que não tenham origem na região da universidade para a qual se candidatam à atribuição destas bolsas de mobilidade.


No âmbito do Instituto Politécnico de Coimbra, a ESTGOH foi a única escola contemplada com a atribuição de bolsas. Em declarações à Rádio Boa Nova, Carlos Veiga, presidente da ESTGOH não poderia estar mais satisfeito com a medida, considerando que “é de justiça que se faça”, porque a escola de Oliveira do Hospital estava a ser “discriminada em relação a outras escolas”.    

A candidatura a uma bolsa pode ser apresentada até ao dia 05 de outubro através do sistema online do Programa + Superior no sítio da internet da Direção Geral do Ensino Superior.

Partidos dizem “sim” à manifestação de 24 de julho em Oliveira do Hospital

CDS-PP, CDU e PS estão ao lado da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital na realização da manifestação, com direito a marcha lenta na EN17, marcada para as 18h00 de sexta-feira, 24 de julho. PSD não esteve presente na conferência de apresentação da iniciativa, mas terá manifestado “disponibilidade para integrar esta luta”.


Em nome de “Oliveira do Hospital unida pela dignidade do concelho”, a estrutura concelhia do CDS-PP afirmou-se ontem como “parte da solução dos problemas de Oliveira do Hospital”. A identificar a saúde como “o problema mais premente no concelho, a par das acessibilidades”, Vitor Gutierrez, do CDS-PP disse que o partido está “ao lado da Câmara para resolver os problemas de Oliveira do Hospital”.


Também a CDU vai marcar presença na manifestação. Perante um centro de saúde que tem vindo a ser “esvaziado”, João Dinis, porta voz do partido no concelho, diz ser altura de os oliveirenses “porem os pés à rua e reclamarem alto e bom som o que têm direito”. O mesmo acontece com as acessibilidades, considerando João Dinis que “é altura de fazermos força para que arranque o IC6 e o IC7”.

A “indignação” é também a palavra de ordem entre os socialistas. Para Carlos Maia, presidente da concelhia socialista, se os responsáveis locais já foram ouvidos pelo secretário de Estado da Saúde e se “não há vontade política, os oliveirenses só têm um caminho: indignar-se”. Uma indignação que o dirigente socialista entende que deve ser extensível à questão das acessibilidades, tratando-se Oliveira do Hospital “do concelho do interior mais mal servido em termos de acessibilidades”.

A chamar a esta luta os partidos políticos, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital lembra que esta “não é uma luta de partidos” e que “só pode haver uma única bandeira: a de Oliveira do Hospital”. José Carlos Alexandrino fala de uma “luta suprapartidária” a que o concelho foi obrigado perante a “falta de resposta” dos responsáveis políticos aos problemas de saúde e acessibilidade.

Concurso Soltem Talentos 2015:  17 candidatos vão disputar a final

No seguimento da realização das duas semifinais do concurso Soltem Talentos, promovido pelo Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, foram apurados 17 candidatos para a grande final, depois de contados os cerca de 300 votos válidos do público.

            Todos os candidatos se mostraram à altura do desafio lançado, tendo o grau de talento e entrega nesta edição surpreendido quer a organização, quer o público que encheu por completo a Casa da Cultura César Oliveira, nas duas noites em que se realizaram as semifinais, a 10 e 17 de julho.

            Nesta 4ª edição do concurso Soltem Talentos inscreveram-se 19 candidatos nas áreas da música e dança, quase atingindo a totalidade de inscritos prevista no regulamento do mesmo (20 candidatos).

            Assim, os candidatos apurados subirão ao palco para a grande final no dia 4 de agosto, pelas 21:30, no Parque do Mandanelho, no dia inaugural da expOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital, que será apresentada pelos radialistas Ângela Cunha e José Conde, numa noite que se adivinha participada e participativa.

Legislativas: PS aprovou lista por Coimbra, mas alterada

Foram ontem aprovadas as listas de candidatos a deputados pelo Partido Socialista. Em Coimbra a lista apresentada pela Federação sofreu alterações – João Galamba e Elza Pais são elementos novos na lista– e foi aprovada com registo de sete votos contra.


Foram precisas quase cinco horas de reunião para o PS aprovar as listas de candidatos a deputados. No final, duas versões da mesma história: por um lado, a direção nacional, pela voz do presidente Carlos César, satisfeita com o dito “sucesso” das negociações que deu lugar a uma “renovação quase sem precedentes” dos candidatos a deputados; por outro, a ala mais segurista, pela voz de António Galamba, que saiu furiosa com os critérios e os resultados. Pelo caminho, uma baixa, de Álvaro Beleza, que abdicou da sua posição confortável na lista de Lisboa para dar lugar a João Soares.

Dos 230 candidatos efetivos, só 64 são nomes repetidos das listas de 2011, sendo que 166 dizem respeito a figuras que não estiveram no Parlamento nos últimos quatro anos, entre os totalmente estreantes na vida parlamentar e os que já assumiram essas funções há mais tempo.

De acordo com o jornal online “Observador”, as listas de Lisboa, Porto e Coimbra foram as mais difíceis de fechar, tendo acabado por ser aprovadas com um máximo de sete votos contra, como aconteceu com a lista de Coimbra. Pelo adivinhar da dificuldade dos trabalhos, a discussão sobre a lista proposta pela federação de Coimbra foi mesmo deixada para o fim. Avocada pela direção do PS, a lista sofreu uma grande reviravolta nos primeiros lugares, à exceção da cabeça de lista, Helena Freitas (independente) e do número dois, Pedro Coimbra (líder da federação). No terceiro posto, que cabia ao deputado Rui Duarte que entretanto renunciou por estar a braços com a justiça num processo de falsificação de inscrições, foi colocado o deputado João Galamba (da direção de Costa), sendo que para a quinta posição foi também colocada a deputada Elza Pais. De acordo com o jornal “Notícias de Coimbra”, Mário Ruivo ocupa o sexto lugar na lista.

Sexta feira, 24 de julho, é dia de “jornada dura” em Oliveira do Hospital

 Sem que veja resolvidos os problemas da falta de médicos  e dos deficientes acessos ao concelho, Oliveira do Hospital não tem outra alternativa que não seja a de avançar com uma “jornada de luta” com vista a alertar o governo para os problemas do concelho.

 

Assim entende a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, chamando a si autarcas de freguesia, demais forças partidárias e utentes, desafiou esta tarde a população, à porta do Centro de Saúde local, a participar numa manifestação a ter lugar, dia 24 de julho, a partir das 18h00.

A liderar esta ação, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, nota que o “concelho está doente” e que a “nossa saúde está um caos”.

 Para além de alertar o governo para os problemas em torno da saúde, a manifestação de sexta-feira visa, de igual modo, chamar a atenção para a “vergonha” em que se encontram os pisos das EN 17 e 230, bem como para as promessas não cumpridas de conclusão do IC6 e IC7. Em Oliveira do Hospital, o autarca defendeu mesmo que “se o secretário de Estado das obras Públicas fosse sério já se teria demitido” por não cumprir com a sua palavra de avançar com a obra em face de um entendimento entre os autarcas da região. Referiu, que os autarcas entenderam-se e abdicaram da ligação de montanha, mas a obra não avançou.

José Carlos Alexandrino deposita elevadas expectativas na ação de 24 de julho, na certeza de que “sexta feira será um novo dia para OH”. “Nada será como dantes”, observou.

Para além de alertar o governo para os problemas em torno da saúde, a manifestação de sexta-feira visa, de igual modo, chamar a atenção para a “vergonha” em que se encontram os pisos das EN 17 e 230, bem como para as promessas não cumpridas de conclusão do IC6 e IC7. Em Oliveira do Hospital, o autarca defendeu mesmo que “se o secretário de Estado das obras Públicas fosse sério já se teria demitido” por não cumprir com a sua palavra de avançar com a obra em face de um entendimento entre os autarcas da região. Referiu, que os autarcas entenderam-se e abdicaram da ligação de montanha, mas a obra não avançou.

José Carlos Alexandrino deposita elevadas expectativas na ação de 24 de julho, na certeza de que “sexta feira será um novo dia para OH”. “Nada será como dantes”, observou.

Câmara de Oliveira do Hospital promove manifestação “em defesa da saúde, construção do IC6/IC7 e requalificação das EN 17 e 230”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a convidar a população do concelho a participar na “grande manifestação” que vai realizar na próxima sexta-feira, 24 de julho, a partir das 18h00.


“Em defesa da saúde, construção do IC6/IC7 e requalificação das EN 17 e 230” a manifestação tem como locais de concentração a rotunda do pastor, junto ao centro de saúde local e a zona industrial, junto ao estaleiro municipal. Dali, os manifestantes iniciam uma marcha lenta pela Estrada Nacional 17. Às 19h30 tem lugar uma sessão de esclarecimento e reivindicação junto ao Centro de Saúde de Oliveira do Hospital.

Promotora da manifestação que surge com o mote “Oliveira do Hospital, Unida pela Dignidade do Concelho”, a Câmara apela à participação da população através de infomails que dirigiu a cada habitação.

Diante de um cenário em que “13 mil pessoas” do concelho não têm médico de família e o SAP se afigura “sem capacidade de resposta”, e a se juntam os buracos da EN17 e EN230 e a falta de conclusão do IC6/IC7, o município oliveirense entende que “chegou a hora de darmos as mãos”. “Juntos, dia 24 de julho, vamos defender a nossa dignidade, vamos defender os nossos direitos, vamos defender o nosso concelho”, lê-se no infomail dirigido à população.

BE exige apuramento de responsabilidades no caso do canil de Seia

A Comissão Coordenadora Distrital da Guarda do Bloco de Esquerda (BE) exigiu hoje o apuramento de responsabilidades no caso dos alegados maus-tratos de animais no canil municipal de Seia.


Entre várias irregularidades, o partido indica que na denúncia é referido que o canil não possui espaço próprio para quarentena de animais nem marquesa para o procedimento de eutanásia e que os cadáveres "permanecem várias horas, podendo chegar a dias, junto dos restantes animais vivos".

O BE da Guarda repudia "tais atos e procedimentos" e defende que sejam apuradas responsabilidades, efetuando-se “um inquérito por parte do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, de forma a levar perante a justiça todos os abusos até então praticados", exige a Comissão Coordenadora Distrital da Guarda do BE, liderada por Marco Loureiro. O BE vai também "querer saber perante as autoridades competentes, nomeadamente a Câmara Municipal de Seia, que dirige as instalações do canil, que medidas já estão ou não a ser tomadas para acabar com estes casos de maus-tratos aos animais".

Legislativas: Costa recusa lista de deputados por Coimbra. Federação garante que lista foi “democraticamente eleita”

O Secretariado Nacional do PS prepara-se para, esta terça-feira, propor à Comissão Política do partido a recusa da lista de candidatos a deputados aprovada pela Federação de Coimbra.


Fonte da direção do partido disse à agência Lusa que “o secretário-geral do PS, António Costa, não aceita que alguma federação lhe estrague o esforço bem sucedido de renovação e de credibilidade inerente à escolha dos cabeças de lista para as próximas eleições legislativas”.

António Costa escolheu a professora da Universidade de Coimbra, doutorada em Ecologia, Helena Freitas, para cabeça de lista do partido no círculo eleitoral de Coimbra. Na sexta-feira passada, a Federação de Coimbra indicou como candidatos a deputados, em lugares elegíveis, o presidente da estrutura, Pedro Coimbra, o atual deputado Rui Duarte, a gestora Cristina de Jesus, e o ex-presidente da Câmara de Soure João Gouveia (antigo militante do PSD e sogro do líder federativo, Pedro Coimbra).

Neste mês de julho, a Comarca de Coimbra enviou para a Assembleia da República um pedido de levantamento da imunidade parlamentar do deputado do PS Rui Duarte, que o Ministério Público quer constituir arguido pelo “crime continuado de falsificação de documentos”.

Na última reunião da Comissão Política Nacional do PS, António Costa disse que seria aprovado até terça-feira um código de ética, documento que terá de ser subscrito por todos os candidatos a deputados socialistas, que dessa forma assumem não ter questões em aberto nem com o sistema fiscal, nem com a Segurança Social, ou com a justiça.

Entretanto, a Federação Distrital de Coimbra do Partido Socialista já reagiu à intenção de recusa da lista. Em comunicado, a estrutura liderada por Pedro Coimbra reitera que a lista com os candidatos a deputado pelo círculo eleitoral de Coimbra foi democraticamente eleita pela Comissão Política Distrital de Coimbra do Partido Socialista, reunida a 17 de julho de 2015, obtendo a aprovação por 84% dos votos (47 a favor, 5 abstenções e 4 contra). Depois do nome escolhido (Helena Freitas) por Costa para cabeça de lista, a Federação indicou Pedro Coimbra, Rui Duarte, Cristina Jesus,  João Gouveia, António Paredes, Rosa Isabel, André Gomes e Eduardo Barata.

Foto:tiradasdecampeao.blogspot.pt

Carregal do Sal: Prisão preventiva para suspeito de abusar de rapariga de 16 anos

O tribunal aplicou a medida de prisão preventiva a um homem de 53 anos suspeito da prática de vários crimes de abuso sexual de que foi vítima uma rapariga de 16 anos, na zona de Carregal do Sal.


O homem foi detido pela Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, que em comunicado enviado à Rádio Boa Nova adianta que “os vários crimes de abuso sexual ocorreram entre o passado mês de março e o corrente mês de julho, em “ambiente familiar”.

Oliveira do Hospital recebe primeira “Subida Épica” entre Ponte das Três Entradas e Monte do Colcurinho

 O concelho de Oliveira do Hospital recebe no próximo domingo, dia 26 de julho, a partir das 10h00, a “Bike Road – Subidas Épicas de Oliveira do Hospital “Ponte das Três Entradas-Colcurinho” – a primeira do género em Portugal.

Trata-se da 1ª Subida ao Monte do Colcurinho em Bicicleta de Estrada e serve de rampa de lançamento ao projeto “Subidas Épicas” Aldeias do Xisto, que à semelhança do que se observa nalguns destinos de montanha noutros países, tem como objetivo a sinalização de algumas das subidas mais desafiantes para se fazerem em bicicleta.

Esta subida, uma das mais exigentes e espetaculares subidas em Portugal, com paisagens arrebatadoras, contará ainda com um padrinho muito especial: o ex-ciclista profissional, Cândido Barbosa, que estará à frente do pelotão, partilhando com todos os participantes esta grande festa de lançamento de mais “um projeto inovador” dedicado a todos os amantes de ciclismo.

Estas subidas serão equipadas com sinalética permanente que darão aos ciclistas e demais utilizadores a indicação da distância ao cume, da altitude e da inclinação no próximo km, tornando-se assim pistas de treino permanentes para quem faz do ciclismo o seu desporto favorito, sobretudo para os apaixonados pela montanha, que assim poderão vir em autonomia, com os seus amigos ou sozinhos, ultrapassar estes desafios voltando depois para bater sucessivamente os seus records.

No próximo dia 26, a missão é de enfrentar a subida do Colcurinho ao lado dos amigos e desconhecidos numa competição salutar que terminará bem no alto, aos 1.230 m de altitude, numa varanda privilegiada sobre a Serra da Estrela e a aldeia do Piódão.

O Município de Oliveira do Hospital e as Aldeias do Xisto serão os promotores deste evento contando com a organização da Ultra Spirit, responsável pela implementação do projeto das Subidas Épicas.

Haverá brindes para os primeiros 100 inscritos, e a inscrição, embora seja obrigatória é grátis, incluindo o seguro de participação para os atletas e um lanche no final do evento.

A partida, situada junto à Ponte das Três Entradas, será dada em pelotão e a subida cronometrada, contando-se os tempos dos atletas à chegada ao alto do Colcurinho. Não haverá classificação, mas apenas a contagem de tempo de cada atleta.

Condutor de 88 anos ia renovar a carta mas foi apanhado em contramão

A GNR intercetou, ontem à tarde, um homem de 88 anos que circulava em contramão, na autoestrada A25 (Aveiro - Vilar Formoso), na zona de Celorico da Beira, distrito da Guarda.

 

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o condutor, residente no concelho do Sabugal, distrito da Guarda, foi intercetado pelas 17.30 horas, por militares do posto de Celorico da Beira.O homem foi abordado pela patrulha quando circulava em contramão, no sentido Viseu - Guarda, junto do nó de entrada da A25 para a vila de Celorico da Beira, referiu.A fonte policial disse à Lusa que o condutor, proveniente da zona do Sabugal, tinha como destino a cidade da Guarda, onde "pretendia proceder à renovação" da carta de condução. "Por razões que se desconhecem, foi parar a Viseu e, no regresso à Guarda, circulou em contramão na A25", sem provocar acidentes, referiu. O idoso foi detido por condução perigosa de veículo ligeiro e posteriormente foi libertado e notificado para comparecer na terça-feira no tribunal de Celorico da Beira.

com:jn.pt

Presidente do FCOH Paulo Figueiras fala sobre a nova época e critica atitude de alguns jogadores e do Nogueirense pela falta de palavra.

Paulo Figueiras falou sobre a nova época num plantel em que ainda falta muito para ficar completo. Sobre a subida assumida pela JCA e pelo técnico diz que " é bom que as pessoas venham com essa vontade, mas, sempre gostei de ter os pés bem assente no chão, mas acredito que vão fazer tudo para isso acontecer".

Sobre a saída de jogadores para o Nogueirense, o presidente do FCOH foi muito critico, dizendo que "havia um pacto desde o ano passado entre o FCOH e o Nogueirense para que isto não acontecesse, mas houve falta de palavra. Nós continuamos a ser pessoas de palavra e não farei o mesmo que o Nogueirense fez ao Oliveira do Hospital".

Apresentação oficial do FCOH época 2015/2016, aconteceu esta segunda feira no Municipal de Oliveira do Hospital

O técnico é brasileiro, chama-se Emerson Matheus e tem como objectivo a subida de divisão.

Joaquim Azevedo, responsável pela empresa JCA Representações, Lda, parceira do FCOH, disse em entrevista à Rádio Boa Nova que o objectivo "é tentar subir de divisão".

Guti acredita que o FCOH pode fazer uma boa época.

Também Ricardo, novo guarda redes ex- Tondela, Leixões e Moreirense, espera fazer uma boa época com o emblema oliveirense.

Técnico do FCOH Emerson Matheus

Joaquim Azevedo Responsável da JCA Representações, Lda, parceira do FCOH

Guti, atleta do FCOH 

Ricardo, novo guarda redes do FCOH

GNR esteve no canil municipal de Seia após denúncia de maus-tratos a animais

A GNR recebeu uma denúncia sobre alegados maus-tratos de animais no canil municipal de Seia e elaborou um auto de notícia que enviou ao tribunal para decidir os próximos passos da investigação, foi hoje anunciado.


Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que na sexta-feira a instituição recebeu uma "denúncia anónima", através da Linha SOS Ambiente, a relatar uma alegada situação de maus-tratos a animais acolhidos no canil municipal de Seia, no distrito da Guarda.

Os militares estiveram no sábado no local e hoje a GNR "elaborou o auto de notícia e remeteu-o para o tribunal, que agora decidirá qual a entidade que vai proceder à investigação", disse a fonte, que não adiantou mais explicações sobre o assunto.

O Jornal de Notícias (JN) noticiou hoje que o canil municipal de Seia está sob suspeita de maltratar animais.

A Câmara Municipal de Seia divulgou um comunicado na sua página oficial na internet através do qual refere que as imagens difundidas nas redes sociais, "alegadamente destinadas a denunciar atos ilícitos que ocorrerão" no seu canil/gatil municipal, "foram objeto de manipulação e instrumentalização, com o objetivo claro de lançar na opinião pública um clima de indignação".

A autarquia de Seia também "tranquiliza todos os cidadãos" e convida a uma visita ao canil/gatil municipal para que possam ser aferidas as suas condições de funcionamento.

com:lusa.pt

ESTGOH tem curso com ‘novo nome' e menos 10 vagas  

São menos dez as vagas que a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) tem disponíveis na 1ª fase do concurso de  acesso ao ensino superior que arrancou hoje e decorre até 7 de agosto. A novidade é, contudo, alteração do nome do curso de Administração e Finanças para “Contabilidade e Administração”.


 No portal da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) a ESTGOH surge a concurso com 91 vagas disponíveis,  menos 10 do que no ano anterior. Contudo, é ao curso que este ano surge com nova designação que continua afeto o maior número de lugares livres. Trata-se da licenciatura de “Contabilidade e Administração”, anteriormente designada por Administração e Finanças que, tal como em 2014, surge com um total de 41 vagas. Com menos cinco vaga cada, comparativamente com o ano transato surgem as licenciaturas de Engenharia Informática (25) e Desenvolvimento Regional e Ordenamento do Território (25).

A alteração da designação do curso de Administração e Finanças que funcionava na ESTGOH desde a sua criação decorre de imposição do Conselho de Administração da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior que, diante de relatório elaborado pela Comissão de Avaliação Externa, decidiu acreditar aquele ciclo de estudos com a condição de alteração da sua designação para “Contabilidade e Administração”. Entre as condições a cumprir pela ESTGOH está também o “aumento de docentes com grau de doutor ou título de especialista” nas áreas de contabilidade, auditoria e fiscalidade”.

 A decisão de alteração de designação do curso ainda foi objeto de apresentação de recurso e de pronúncia por parte do Instituto Politécnico de Coimbra. “O aprofundar de tensões no IPC ao nível da oferta formativa” foi um dos argumentos apresentados pelo IPC por entender que a alteração da designação “afigura ter mais aspetos negativos que positivos”. Em pronúncia, o IPC, presidido por Rui Antunes, disse que tal decisão não era do seu contento”.

Contactado pela Rádio Boa Nova, o presidente da ESTGOH disse partilhar da posição do IPC. Porém, Carlos Veiga assegura tratar-se de “uma questão irrelevante” dado que a alteração fica-se pela designação, mantendo-se o “plano de estudos”.

Padre Borges comemorou 50 anos de ordenação “passados todos” no concelho de Oliveira do Hospital

António Borges de Carvalho em declarações à Rádio Boa Nova

António Borges de Carvalho foi ontem felicitado em Coja, localidade de onde é natural, pelos 50 anos de ordenação presbiteral já assinalados em 2014. Por motivo de doença do conhecido pároco, só este ano foi possível comemorar a efeméride, juntando em seu redor “muitos amigos e conterrâneos, alguns que vieram de mais longe para celebrar uma ação de graças”.


Foi “uma manifestação de carinho, apreço, e amizade” e, por isso, um dia “feliz” para o “padre Borges”, como é de todos conhecido, que completou 51 anos de ordenação e de ligação a Oliveira do Hospital. “Estes 50 anos foram passados todos no concelho”, contou o pároco à Rádio Boa Nova, recordando o tempo que passou, como professor no Colégio Brás Garcia de Mascarenhas, no Ciclo ou na Escola Secundária, bem como pároco no concelho. No concelho de Oliveira do Hospital, António Borges de Carvalho conta com um trajeto que lhe permitiu “estar com muita gente e criar laços afetivos”.


Do seu percurso faz igualmente parte a sua participação na fundação, há 29 anos, da Rádio Boa Nova, juntamente com os cónegos Sertório e Maduro. “Foi uma boa hora em que nos lançámos”, refere.

Atualmente pároco em S. Paio de Gramaços e Santa Ovaia revela-se grato à comissão que organizou a comemoração dos seus 50 anos de ordenação presbiteral. A caminho dos 76 anos, António Borges de Carvalho está agora “mais recuperado” no seu estado de saúde. 

Fotos: José Conde

Arranca hoje a 1ª fase de acesso ao ensino superior

A 1.ª fase de acesso ao ensino superior arranca hoje com 50.555 vagas disponíveis para 1.048 cursos em universidades e politécnicos públicos, iniciando-se a entrega de candidaturas através do portal da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES).


O processo de candidaturas que hoje arranca decorre até 07 de agosto, e os resultados do concurso vão ser divulgados um mês depois, a 07 de setembro, no portal da DGES.

Este ano há menos 265 vagas no ensino superior público na 1.ª fase do concurso nacional de acesso face a 2014. Uma redução em termos percentuais inferior a 1%.

O número de vagas para aceder aos cursos superiores públicos está em queda desde 2012, depois de em 2011 se ter atingido um pico de oferta com 53.500 vagas levadas a concurso.

A quebra no número de vagas tem sido acompanhada pela quebra no número de candidatos, uma tendência que apenas mostrou sinais de inversão no ano passado, o primeiro desde 2008 a registar um aumento nas candidaturas, com 42.455 estudantes a tentar aceder ao ensino superior na 1.ª fase. Em 2015, 28.242 vagas (56%) são para cursos nas universidades e 22.313 (44%) para cursos nos institutos superiores politécnicos, uma distribuição entre os dois subsistemas que se tem mantido estável nos últimos 15 anos. Os candidatos ao ensino superior que não consigam um lugar nas universidades e politécnicos nesta fase, terão ainda a hipótese de se candidatar na 2.ª e 3.ª fases. 

com:lusa.pt

GNR constituiu três arguidos por venda de artigos contrafeitos pela net

A Unidade de Ação Fiscal (UAF) da GNR anunciou hoje ter constituído arguidos dois homens e uma mulher suspeitos da venda de artigos contrafeitos pela Internet, na sequência de uma queixa apresentada por comerciantes de Mortágua.


Em comunicado, a GNR explica que os suspeitos, que têm entre 35 e 49 anos, estavam envolvidos "num circuito de distribuição e comercialização de produtos de natureza contrafeita através da rede social Facebook".

Foram apreendidos cerca de três mil artigos desta natureza, "que posteriormente seriam vendidos como sendo produtos originais de várias marcas conceituadas", acrescenta.

a GNR, os arguidos foram indiciados pela prática dos crimes de venda, circulação e ocultação de artigos, fraude sobre mercadorias e contrafação, imitação e uso ilegal de marca.

Os artigos foram apreendidos "no decurso de ações de controlo da circulação de mercadorias em território nacional" e de buscas realizadas este fim de semana em "veículos, domicílios, uma oficina e um armazém", acrescenta.

Estas diligências decorreram em localidades dos distritos da Guarda, Viseu, Aveiro e Porto, sob direção dos serviços do Ministério Público de Santa Comba Dão.

Seia: Canil acusado de maltratar animais, autarquia desmente

De acordo com uma testemunha, não existem medicamentos nem materiais de primeiros socorros no canil de Seia.  Um vídeo que mostra animais em condições deploráveis chegou a circular nas redes sociais. A autarquia diz que vídeo foi elaborado para "acicatar a indignação pública".

 

De acordo com a autora, os animais do canil de Seia não têm assistência veterinária e ali morrem ou por doenças contraídas, fome, afogamento ou até asfixia. Na legenda do vídeo e nas partilhas do mesmo, pede-se às autoridades da região que tomem medidas contra a autarquia e veterinários.

Em resposta ao caso, a Câmara de Seia diz ao Jornal de Notícias que o vídeo foi elaborado para "acicatar a indignação pública", alegando que houve "manipulação dos conteúdos fotográficos". A autarquia irá recorrer ao Ministério Público "por considerar necessário ir mais longe em defesa do bom nome da instituição", justificando que "em última instância, os animais que não são adotados são abatidos, para posterior incineração com recurso a anestesia prévia e ineção intracardíaca", respeitando todos os procedimentos legais e veterinários.

noticiasaominuto.com

foto: www.facebook.com/cantinhodalili2013

Choque frontal provocou um morto em Tábua

Um choque frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional (EN) 337, em Tábua, provocou dois feridos graves e um ligeiro. Um dos feridos graves acabou por falecer no Centro Hospitalar de Coimbra, para onde foi transportado de helicóptero.


O acidente entre os dois veículos ocorreu às 15.20 horas. A vítima mortal, com cerca de 60 anos era o condutor de um dos veículos. A esposa ficou ferida com gravidade. Segundo os Bombeiros Voluntários de Tábua, ambos ficaram encarcerados na sequência do choque frontal, tendo sido necessário proceder a manobras de desencarceramento. Segundo a GNR, o ferido ligeiro, com idade “na casa dos 25 anos” era condutor da segunda viatura. No local, estiveram oito viaturas e 22 elementos da GNR, Bombeiros de Tábua e INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica).

AD Nogueirense realiza estágio de observação de atletas

COMUNICADO | FUTEBOL SÉNIOR

A Associação Desportiva Nogueirense informa todos os interessados que irá decorrer um estágio de observação para atletas séniores, nos próximos dias 24, 25 e 26 de Julho, a partir das 19h no Estádio de Santo António.

Inscrições : Facebook Oficial | 925698830 | a.d.nogueirense@gmail.com

FCOH começa nova época esta segunda feira


O inicio dos trabalhos referentes à época 2015/2016, da equipa sénior do FC Oliveira do Hospital, começam esta segunda feira (20 de Julho) às 19h, no Estádio Municipal de Oliveira do Hospital.

A Rádio Boa Nova e o programa Peça que Passa, de José Manuel Conde, estiveram em destaque no programa Verão Total, transmitido na tarde de sábado em direto de A

A 2ª etapa da  23ª Volta a Portugal do Futuro que terminou em Oliveira do Hospital, foi ganha pelo espanhol Julien Amezqueta da (Café Baque) .

Julen Amezqueta (Café Baque) venceu isolado em Oliveira do Hospital a segunda tirada da23ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros, mas o português César Martingil (Liberty Seguros – Carglass) ascendeu ao primeiro lugar da competição dedicada aos corredores Sub 23 em igualdade de tempo com o segundo da geral, o russo Vadim Zhuravlev (Lokosphinkx). A dois escassos segundos está o terceiro homem da Volta do Futuro, Ruben Sanchez (Café Baque).

O vencedor desta jornada, Julen Amezqueta, integrou a fuga do dia e disparou sozinho para a meta a faltarem três quilómetros, conseguindo em Oliveira do Hospital a primeira vitória da carreira. A audácia valeu-lhe a Camisola Vermelha Banco BIC, símbolo da Classificação por Pontos. O Rei da Montanha, o ucraniano, Anatoliy Budyak, pontuou nas três contagens desta sexta feira e agarrou-se ainda mais à Camisola Azul Fundação do Desporto. O Camisola Amarela César Martingil (Liberty Seguros-Carglass) é também o líder da Juventude representada pela Camisola Branca RTP. O corredor de 20 anos, natural do distrito de Santarém, mostrava-se surpreendido com a liderança na Volta a Portugal do Futuro: “Não é todos os dias que chegamos à Camisola Amarela e hoje sinto que a sorte esteve comigo!”Dividido entre duas classificações ainda acrescentou: “Vou trabalhar para chegar a Oliveira de Azeméis de Amarelo, mas preferia ficar com a Camisola Branca e que a vitória na competição fosse para outro colega de equipa.”

SEMPRE A SUBIR

Os 135 quilómetros da segunda etapa foram recheados de dificuldades. Nas três contagens de montanha houve duas de segunda categoria em Alvares e Santa Ovaia, a última a apenas sete quilómetros da chegada. Foi mais um dia de muitas movimentações nas Terras de Sicó para o jovem pelotão das esperanças do ciclismo nacional, a que se juntaram seis equipas estrangeiras totalizando 12 formações. Até domingo discutem a mais importante prova da época exclusivamente dedicada ao escalão Sub 23. De Alvaiázere, município que deu origem a esta etapa, saíram 74 corredores. (Fonte:http://futuro.volta-portugal.com/)

Fotos: radioboanova

Meta da 23ª Volta a Portugal ao Futuro já está instalada em Oliveira do Hospital

Em Oliveira do Hospital já está instalada a meta da segunda etapa da 23ª edição da Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros e da 8ª Volta a Portugal de Cadetes, que liga Alvaiázere a este concelho. num total de 135 Km.


Com passagem por Avô, Ponte das Três Entradas, Santa Ovaia, Senhor das Almas e Catraia de S. Paio, os jovens ciclistas que partem de Alvaiázere, vão cruzar a meta na Av. Dr. Carlos Campos, em Oliveira do Hospital por volta das 15h30 (cadetes) e 16h15 (sub 23).

Esta etapa conta com um grau de dureza maior por se desenrolar em solo montanhoso e vai ter dois Prémios de Montanha de 2ª Categoria, com uma contagem feita em Santa Ovaia.

A volta arrancou ontem, 16 de julho. O ciclista ucraniano Klepikov venceu a etapa inaugural em Ansião, Leiria, e tornou-se o primeiro camisola amarela da prova.

Com o fim-de-semana chega a etapa mais curta da 23ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros, mas não o descanso. Este terceiro dia de competição será o mais difícil. A partida acontece às 12h40 no Fontelo, em Viseu, em direção à serra de São Macário em São Pedro do Sul, com 116,5 km de percurso

No domingo, 19 de julho, cumpre-se o derradeiro dia de prova. A caravana regressa a São Pedro do Sul, Avenida da Liberdade, onde às 12h50 será dada a partida, com destino final em Oliveira de Azeméis, com um percurso de 120,9 km. 

Dominado fogo na Covilhã

O incêndio na Covilhã que teve início às 14h47 de quinta-feira e que chegou a ser combatido por mais de 400 operacionais foi dominado às 11h45 de hoje, disse a Proteção Civil.

 

De acordo com a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil, o incêndio em Verdelhos, concelho da Covilhã, por aquela hora, estava a ser combatido por mais 400 operacionais, apoiados por mais de 100 veículos e por quatro meios aéreos: dois aviões médios e dois helicópteros ligeiros/médios.

Por volta das 10h00 de hoje, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco tinha dito à Lusa que o combate estava a evoluir de forma favorável. Este incêndio que também atingiu o parque natural da Serra da Estrela esteve ativo mais de 20 horas, numa situação acompanhada pela Câmara da Covilhã, disse o presidente, hoje, em reunião de executivo. O autarca lamentou o facto de o concelho estar, desde quinta-feira, a ser assolado por vários incêndios. "Tivemos situações na Boidobra, Tortosendo, Unhais da Serra, bem como perto do Sarzedo e da Atalaia do Teixoso", disse, sublinhando que, naturalmente, o caso mais preocupante é o do incêndio de Verdelhos. Vítor Pereira (PS) informou ainda que na quinta-feira o fogo chegou a "entrar" dentro daquela povoação, tendo queimado uma casa, veículos e armazéns agrícolas.

Com:lusa.pt

Engenharia Informática da ESTGOH com taxa de desemprego zero

O curso de Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) é um dos 81 cursos do país que, em dezembro de 2014, apresentavam uma taxa de desemprego zero.


Os dados constam de uma listagem enviada pelo Ministério da Educação e Ciência às instituições de ensino superior, em véspera do arranque da 1.ª fase de candidaturas, já na próxima segunda-feira, dia 20 de julho.

De acordo com aquela lista, tornada pública pelo jornal online Observador, entre 2009 e 2013, a ESTGOH formou 40 alunos em Engenharia Informática, encontrando-se todos no exercício da sua profissão. No âmbito do IPC, apenas o curso de Engenharia Química, do Instituto Superior de Engenharia, tem semelhante performance, superando porém a ESTGOH no número de diplomados, com um total de 84.

Na região, destaque ainda para o curso de Restauração e Catering, da Escola Superior de Turismo e Hotelaria de Seia, do instituto Politécnico da Guarda, que com 22 diplomados também apresenta taxa zero de desemprego.

23ª edição da Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros tem hoje meta em Oliveira do Hospital

Esta sexta-feira, 17 de julho, chega a Oliveira do Hospital, com passagem pela zona sul do concelho, a segunda etapa da 23ª edição da Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros e a 8ª Volta a Portugal de Cadetes.


No concelho oliveirense, a prova tem a sua primeira passagem em Avô, local onde se situará uma meta volante, a partir das 15h10, para seguidamente rumar à Ponte das Três Entradas, continuando em direção a Santa Ovaia, Senhor das Almas e Catraia de S. Paio. Por fim, os jovens ciclistas vão cruzar a meta na Av. Dr. Carlos Campos, em Oliveira do Hospital por volta das 15h30 (cadetes) e 16h15 (sub 23).

Esta etapa de 135 km, que se vai iniciar em Alvaiázere, distrito de Leiria, contará com um grau de dureza maior por se desenrolar em solo montanhoso e vai ter dois Prémios de Montanha de 2ª Categoria, com uma contagem feita em Santa Ovaia.

A passagem por Oliveira do Hospital da 23 ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros, que passou a ser uma prova de cariz internacional com presença de equipas SUB-23 estrangeiras, funcionando como um pré-arranque da Volta a Portugal, é para o município “um excelente veículo de divulgação e promoção turística” do concelho.

 

Meios aéreos juntam-se ao combate às chamas na Covilhã

Quase 400 bombeiros continuam a combater o incêndio de grande dimensão que deflagrou na quinta-feira à tarde em Verdelhos, concelho da Covilhã. Esta sexta-feira de manhã, já entraram em acção os meios aéreos. 


O fogo deflagrou perto das 15h00 de quinta-feira e, às 8h00 desta sexta-feira tinha uma frente activa. Passou depois a duas frentes.  Segundo o Comando Distrital da Protecção Civil de Castelo Branco, as chamas não chegaram a destruir qualquer habitação, havendo registo da destruição de um barracão agrícola.

Dominado foi, entretanto, o incêndio no concelho da Guarda, na freguesia de Arrifana. 

com:rr.pt

Onze concelhos em risco máximo de incêndio

Nesta sexta-feira, 17 julho, 11 concelhos do país estão em risco máximo de incêndio. São eles os concelhos de Sardoal (Santarém), Vila de Rei (Castelo Branco), Pampilhosa da Serra (Coimbra), Sabugal, Guarda, Gouveia, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Aguiar da Beira, Trancoso (Guarda) e Sernancelhe (Viseu).


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou também em risco elevado e muito elevado de incêndio vários concelhos dos distritos de Lisboa, Santarém, Leiria, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Viseu, Aveiro, Braga, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança.

Às 06h00, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) dava conta na sua página da Internet de um incêndio ativo na freguesia de Verdelhos, concelho da Covilhã, distrito de Castelo Branco. De acordo com a ANPC, o fogo, que deflagrou às 14:47 de quinta-feira, mantinha uma frente ativa em zona florestal pelas 03:30 de hoje, altura em que era combatido por 387 operacionais, apoiados por 127 veículos.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro períodos de céu muito nublado, possibilidade de ocorrência de aguaceiros no interior durante a tarde, em especial nas zonas montanhosas e que podem ser acompanhados de trovoada. Está também previsto vento fraco.

Em Lisboa, as temperaturas vão variar entre 19 e 28 graus Celsius, no Porto entre 17 e 23, em Coimbra entre 15 e 28. No concelho de Oliveira do Hospital, a temperatura vai variar entre 13 e 31 graus.

Corpo retirado do Mondego em Coimbra

O cadáver de uma mulher com cerca de 70 anos foi retirado, esta sexta-feira de manhã, do rio Mondego, em Coimbra.


 O alerta para a existência de um corpo a flutuar na água foi dado, às 8.40 horas, pelas pessoas que se encontravam nas paragens de autocarro, na zona do Largo da Portagem, no centro da cidade.

No local, estiveram elementos dos Bombeiros Voluntários de Coimbra e dos Bombeiros Sapadores, com duas embarcações, que não chegaram a ser utilizadas. Às 9h15 horas, esperava-se a chegada do Delegado de Saúde, para que o corpo pudesse ser removido do local. 

Com:jn.pt

Socialistas de Oliveira, Tábua e Góis querem Miguel Ventura a candidato a deputado

As concelhias do Partido Socialista de Oliveira do Hospital, Tábua e Góis querem que Miguel Ventura seja candidato a deputado por Coimbra à Assembleia da República, em representação dos três concelhos.


O nome do conhecido militante foi proposto por as três estruturas concelhias do partido ao Presidente da Federação de Coimbra, Pedro Coimbra.

Para além de proporem o nome de Miguel Ventura, as três concelhias socialistas entendem que “o lugar adequado a integrar na lista deverá ser dentro do número de candidatos efetivos até ao oitavo lugar como aconteceu há quatro anos, tendo em consideração a representatividade dos concelhos no distrito”.

Na comunicação dirigida à estrutura federativa, as concelhias apontam Miguel Ventura como sendo “uma pessoa sobejamente conhecida nesta região sendo natural de Arganil”. Pesa ainda a “sua atividade profissional como presidente da ADIBER  com  sede em Góis, contribuindo em grande escala para o desenvolvimento desta região”.

Foto:rouxinol de pomares

Palheiras dos Fiais recebem festa da União das Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira    

O emblemático espaço das Palheiras dos Fiais acolhe este fim de semana, 18 e 19 de julho, a Festa da União das Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira.


A festa no grande maciço granítico que envolve um conjunto de 75 construções que, em tempos remotos, era uma espécie de celeiro dos cereais que se produziam na zona começa às 18h00 de sábado, 18 de julho, com a arruada pelo Grupo de Bombos Pedra e Racha e abertura das barraquinhas e exposições. A partir das 22h00 há animação musical com o grupo Jolupa.

No domingo, dia 19, a festa começa com almoço convívio para as pessoas da União de Freguesias no recinto de festas da União Fialense. Durante a tarde está prevista a atuação - da Filarmónica de Ervedal da Beira, Rancho Rosas de Vila Franca da Beira, Grupo de Cavaquinhos do Clube Caça e Pesca de Oliveira do Hospital. Às 21h30 é esperada a Tuna da Associação dos Amigos de Meruge.

Destaque ainda para as Tasquinhas, Restaurantes, Exposições e Quermesses.

A organização está a cargo da Junta Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira, com o apoio da  Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e União Fialense.

"Operação Hermes" da GNR volta à estrada este fim de semana

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar as ações de patrulhamento entre os dias 17 e 19 de julho, no âmbito da 2.ª fase da Operação Hermes, para a qual vai mobilizar cerca de 2.834 militares.


Em comunicado hoje divulgado, a GNR referiu que a operação vai incidir sobre os "itinerários mais críticos" e que tem como objetivo garantir uma viagem em segurança aos cidadãos que se deslocam de ou para locais de veraneio e/ou eventos de natureza diversa característicos do verão.

Durante os três dias da 2.ª fase da Operação "Hermes - Viajar em Segurança", a GNR vai mobilizar cerca de 2.834 militares do efetivo da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais.

Além de uma atuação preventiva e de apoio, as autoridades vão estar atentas aos comportamentos dos condutores que coloquem em causa a segurança rodoviária, tais como a condução sob o efeito de álcool e de substâncias psicotrópicas, o excesso de velocidade, a não utilização do cinto de segurança ou de sistemas de retenção de crianças, o uso do telemóvel, manobras perigosas e condução sem habilitação legal. A operação decorre durante todo o período de veraneio, de 03 de julho a 30 de agosto. O balanço da 1.ª fase - 04 a 06 de julho - da Operação Hermes contabilizou três mortes, 515 acidentes e 228 detenções.

30 bombeiros evitaram progressão das chamas em Digueifel

Emídio Camacho em declarações à Rádio Boa Nova

Três dezenas de bombeiros das corporações de Oliveira do Hospital, Vila Nova de Oliveirinha, Tábua e Coja travaram, ontem à noite, a propagação do fogo que iniciou pelas 21h40 em Digueifel, Lourosa, no concelho De oliveira do Hospital.


 A rápida intervenção dos bombeiros, as baixas temperaturas e humidade do ar que àquela hora se verificavam evitaram a progressão do fogo, que teve início numa zona de mato e pinhal e que chegou a consumir uma área de 1345 metros quadrados. Pouco depois das 22h00 o fogo foi dado como controlado pelos bombeiros.

 Pela hora em que o fogo iniciou e atendendo às condições meteorológicas que se faziam sentir, o comandante dos bombeiros de Oliveira do Hospital, Emídio Camacho acredita ter-se tratado de “fogo intencional”. Em declaração à Rádio Boa Nova, Camacho alerta para os perigos que decorrem destes comportamentos que podem ter resultados de “maior significado” com “os bens e os haveres das pessoas a serem absorvidos pelo incêndio”. Do mesmo modo, alerta para a responsabilização criminal que recai sobre quem é apanhado a pegar fogo.

Em plena fase Charlie, a mais crítica em matéria de incêndios florestais e que se prolonga até 30 de setembro, o comandante verifica uma evolução positiva nos comportamentos da população nos cuidados a ter no uso do fogo. Apesar de Oliveira do Hospital continuar a ser o concelho “com maior registo de ocorrências no distrito”, Emídio Camacho verifica que “as pessoas começam a ter maior conhecimento da lei, verificando-se já no número de ocorrências de fogo”. “Vamos continuar a trabalhar para que o número venha a reduzir”, frisou. 

Rui Alves é o novo treinador do Sampaense Basket O técnico vai dirigir a equipa sénior do Sampaense que na próxima época irá disputar a Proliga.

A equipa sénior do Sampaense Basket será orienta por Rui Alves, que nas duas últimas épocas treinou a União Desportiva Oliveirense.

Detentor de um extenso currículo, o técnico foi o responsável máximo pelo Centro de Treino da Federação Portuguesa de Basquetebol do Porto/Paredes – Sub-16 – entre 2002 e 2009, tendo sido também o selecionador nacional no escalão Sub-16, masculino, entre 2002 e 2013. Durante a sua permanência na FPB, acumulou ainda o cargo de treinador adjunto dos selecionadores principais, Valentyn Melnychuk e Moncho Lopez coordenando também todas as seleções jovens.

De especial relevância, Rui Alves, foi o primeiro treinador ibérico a obter a mais alta qualificação técnica do continente europeu – o Certificado FIBA Europe – que concluiu em 2009 na Grécia. (Fonte Sampaense)

Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas com “Verão Total” da RTP 1

O programa “Verão Total”, da RTP 1, regressa ao Município de Oliveira do Hospital e vai ser transmitido em direto este sábado, dia 18 de julho, entre as 14h00 e as 18h00, da praia fluvial de Alvoco das Várzeas.


Dedicado ao património, o “Verão Total” deste ano realiza-se na margem direita do rio Alvoco, tendo como cenários principais a ponte medieval e a praia da Rede de Aldeias do Xisto que este ano voltou a ganhar destaque nacional ao ser novamente galardoada com a Bandeira Azul.


Junto às águas cristalinas de um dos rios menos poluídos da Europa, o popular programa vai ser conduzido por um conhecido trio de apresentadores – Sónia Araújo, Hélder Reis e Jorge Gabriel – numa estratégia continuada de divulgação e promoção turística do Município de Oliveira do Hospital, que garante assim seis horas de emissão em direto na RTP 1.

Com as atenções focadas no turismo e nas mais variadas formas de tradições e costumes por todo o território nacional, o formato do “Verão Total” estabelece-se na difusão do artesanato, da gastronomia, do património histórico-cultural e, como não podia deixar de ser, também, no melhor que por cá existe, as pessoas. No fundo, o programa constrói-se a partir da matriz identitária de cada localidade por onde o programa passa.

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital criou uma rede de parques de estacionamento com vista a garantir as melhores condições de acessibilidade às pessoas que se deslocam a Alvoco das Várzeas para assistirem ao vivo à realização do programa.