Rádio Boa Nova de Oliveira do Hospital para todo o mundo



A Cooperativa Beira Central de Oliveira do Hospital comemorou os seus 50 anos de vida com a realização de um seminário.

A cooperativa da Beira Central a celebrar os seus 50 anos de vida, realizou um seminário no auditório do Crédito Agrícola subordinada ao tema “As Cooperativas – Um Modelo Diferente”.

Os trabalhos desenvolveram-se ao longo da manhã de sábado e contou com diversas intervenções de oradores convidados, salientando a importância das cooperativas e da agricultura no contexto actual.

 

Na abertura dos trabalhos, o Presidente do Município José Carlos Alexandrino referiu “os desafios e as oportunidades que o novo quadro comunitário pode trazer na área da agricultura e das florestas e que podem ser aproveitados pelas cooperativas”.

 

Uma das grandes apostas futuras da Cooperativa Beira Central, é a comercialização de produtos locais e regionais, mas, com marca própria.

 

Com quase três dezenas de funcionários e cinco mil sócios, a cooperativa tem um supermercado que já é uma referência local e regional. Disponibiliza diversos serviços de apoio à agricultura através das suas lojas agrícolas em Arganil e Oliveira do Hospital 

José Carlos Alexandrino Presidente do Municipio, abriu os trabalhos no seminário

O Município de Oliveira do Hospital com o Conselho de Arbitragem da AFC querem formar novos árbitros na região.

Os Pelouro do Desporto do Município de Oliveira do Hospital em parceria com o Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Coimbra vão realizar um curso de candidatos a árbitros de futebol de 11 e futsal.

Esta iniciativa, que surge com o objetivo de procurar resolver o problema da falta de árbitros que o Conselho de Arbitragem tem nesta região e nos concelhos de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil e vai acontecer durante os três primeiros fins-de-semana de novembro, em regime de estágio, na localidade de S. Gião (Fundação Albino Mendes da Silva).

Este curso está direccionado para jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 35 anos. A participação neste curso intensivo, será um passo decisivo para todos os jovens que pretendam passar a ser os responsáveis por fazer cumprir as regras nos recintos desportivos. O curso é gratuito e as inscrições encontram-se abertas até ao próximo dia 25 de outubro. 

O curso, em que é dada toda a prioridade de inscrição a jovens do interior do distrito de Coimbra, vai contar também com as parcerias da Associação de Futebol de Coimbra e do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol.

Continente instala-se brevemente em Oliveira do Hospital

Foi já confirmado pelo presidente do município José Carlos Alexandrino e em declarações à Centro TV, que o Continente será brevemente uma realidade em Oliveira do Hospital.

Foi na passada sexta feira que entrou na Câmara Municipal o pedido de licenciamento prévio, estando agora em análise a proposta, aguardando depois pelo despacho final.

O terreno, que já pertence à Sonae Industria,  fica situado junto ao estádio municipal. José Carlos Alexandrino diz que “…a vinda destas grandes superfícies podem também ajudar a alavancar a economia local e temos de olhar para o lado positivo a presença deste grupo de referencia em Oliveira do Hospital”.

Debates com a comunidade CPCJOH "Tecer a Prevenção, alargar a Protecção"

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Oliveira do Hospital vai realizar-se o debate/mesa redonda “Tecer a  Prevenção, Alargar a Proteção”. O debate está aberto a toda a comunidad e, é promovido no âmbito do projeto nacional “Tecer a Prevenção” da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco e terá lugar no próximo dia 20 de outubro, às 21H00 no auditório da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital.

O debate contará com a colaboração como oradora de Fátima Duarte da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco. A moderação será do presidente da CPCJ de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo seguindo-se um espaço para intervenções complementares de representantes de outras entidades e um momento de debate.  O debate/mesa redonda “Tecer a Prevenção, Alargar a Proteção” é promovido pela CPCJ de Oliveira do Hospital com a parceria do Município de Oliveira do Hospital, a Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, o Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, a Associação de Pais do Agrupamento de Escolas, a Segurança Social, a Guarda Nacional Republicana e o ACES Pinhal Interior Norte.

INE confirma crescimento do turismo no centro de Portugal 

O mais recente destaque do Instituto Nacional de Estatística (INE) respeitante à procura turística no mês de agosto 2014, publicado no dia 15 de outubro, confirma o comportamento positivo da região Centro nas diferentes variáveis em análise.

 

Os dados apresentam acentuadas subidas no número de hóspedes (+ 16,2%), número de dormidas (+ 14,3%), na taxa de ocupação-cama (+ 6,4%) e nos proveitos (+ 14,6%) em comparação com o mês de agosto de 2013. Merece destaque a contribuição do mercado nacional para o acréscimo nas dormidas, com uma variação homóloga positiva de 17,4%.

Os números de agosto, com o impacto que têm no valor total, influenciam decisivamente o acumulado Janeiro-Agosto, tornando ainda mais evidente o desempenho positivo do destino Centro de Portugal durante o ano de 2014, com a subida do número de dormidas a aproximar-se dos dois dígitos e a dos proveitos a rondar os 9%. (Turismo do Centro)

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital inaugura hoje nova a reestruturada via rodoviária entre Lourosa e Barril do Alva em Lourosa.

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital vai inaugurar este domingo pelas 15h00, a nova estrada entre Lourosa e Barril do Alva, no vizinho concelho de Arganil. Esta e ligação entre os dois concelhos, que estava muito degradado tendo vindo a ser muitas vezes pedido o arranjo pelas populações, foi assim requalificada depois de ser considerada pelo município como obra prioritária, num troço de cerca de 5 quilómetros, com um investimento municipal que rondou os 400 mil euros.

“Na área das acessibilidades, a melhoria da rede rodoviária municipal tem constituído uma aposta estratégica da CMOH que, nos últimos anos, vem fomentando a requalificação das infra-estruturas de comunicação, através de uma política de descentralização de investimento para as freguesias do concelho de Oliveira do Hospital” diz a nota de imprensa enviada aos órgãos de comunicação social.

O filme “O Rio – Parte 2”, de Luís Antero e Tiago Cerveira, foi seleccionado para a 20ª edição do Cine’Eco – Festival Internacional de Cinema de Ambiente da Ser

Inserido no Panorama Regional da Competição Lusófona, é a segunda vez consecutiva  que um trabalho artístico acerca do vale do rio Alvoco está presente neste importante  festival de cinema ambiental.

Desta vez, a dupla de Oliveira do Hospital, aponta a câmara e o gravador para a dimensão territorial do vale do rio Alvoco.

A partir de Alvoco da Serra, “O Rio – Parte 2” percorre alguns quilómetros do vale do rio Alvoco, escutando atentamente o murmurar generoso das suas águas e as vivências  de quem o sente quotidianamente, atento ao seu património material e imaterial.

O Município de Oliveira do Hospital mantém os apoios na cultura com mais de 87 mil euros

Agora foi a vez de a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aprovar a atribuição dos subsídios anuais aos grupos culturais do concelho.

“Em reunião do executivo de 2 de outubro, foi aprovada a atribuição de 87.350 euros a um total de 29 grupos culturais do concelho, um valor que se destina à prossecução de actividades e à comparticipação nas despesas de funcionamento”, segundo nota de imprensa enviada à comunicação social pelo município.

Mantêm-se assim os subsídios aos grupos culturais ao mesmo nível de anos anteriores, embora havendo um aumento no bolo financeiro, no global, devido à existência de mais grupos culturais. Ainda segundo a mesma nota, “além de não ter sido objecto de qualquer corte ou redução de verbas vai ao encontro do que tem sido o entendimento do executivo em permanência relativamente ao trabalho que é dinamizado por estes grupos, nomeadamente na defesa da cultura e do património imaterial do concelho de Oliveira do Hospital”.

 

“Estes subsídios acabam também por ser um reconhecimento ao trabalho e empenho de pessoas e instituições, na preservação e promoção das raízes culturais do concelho e região” refere ainda o município.

A Cooperativa Agró-Pecuária da Beira Central, está a comemorar este ano, o seu 50.º aniversário.

Para comemorar a data, vai realizar diversas iniciativas que visam destacar a importância do sector cooperativo. Vai também realizar um seminário no próximo dia 18 de Outubro, no Auditório do Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital, com o tema “ As Cooperativas - Um modelo diferente…”.

Este seminário conta com a presença, de entre outros convidados, dos presidentes de câmara, de Oliveira do Hospital e de Arganil e do ex. Ministro da Agricultura, Arlindo Cunha.

 

As inscrições são gratuitas e obrigatórias e podem ser feitas pelos contactos: 238 600 270 | 96 937 42 77.

Câmara Municipal aprova apoio financeiro de 77 mil euros para desporto de formação

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) aprovou na última reunião do executivo municipal, realizada no dia 2 de outubro, a atribuição de um subsídio de 77 mil euros às equipas federadas dos escalões de formação dos clubes desportivos do concelho para a época desportiva 2014/2015.

A proposta, foi apresentada pelo Presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino, e aprovada por unanimidade, tendo como principal objectivo, estimular a formação de jovens atletas nas diversas modalidades desportivas proporcionadas pelos clubes do concelho tais como hóquei em patins, futebol, basquetebol, futsal, atletismo/duatlo/triatlo, ténis e ginástica.

Em causa está um apoio direcionado a oito clubes com 25 equipas de formação em atividade.

José Carlos Alexandrino presidente do município, sublinha a importância deste apoio financeiro da autarquia numa área que merecerá sempre particular atenção ao município oliveirense, dado tratar-se da formação de muitos jovens atletas que constituem a base da pirâmide do desenvolvimento desportivo.(NICM)

Foram inaugurados o novo e requalificado Mercado Municipal e a nova Central de Camionagem. 

Dois espaços reclamados há muito tempo pela população e que só agora se concretizam. Obras que rondaram os 900 mil euros de investimento, adjudicadas à firma oliveirense, Construções Irmãos Peres.

Na abertura da cerimónia de inauguração o Presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, salientou o esforço da autarquia que suportou o valor total desta obra, lamentando que outros no passado não tivessem aproveitado as candidaturas disponíveis. O edil aproveitou a presença de Ana Abrunhosa, presidente da CCDRC e responsável por gerir os milhões do novo QREN para a região centro, para lhe solicitar que, após candidatura já efectuada pelo município, o concelho possa beneficiar de algumas verbas que estejam disponíveis. Não foi esquecido o “eterno” apelo à construção do IC7 e conclusão do IC6 até Oliveira do Hospital, lamentando o edil, mais uma vez, o total abandono que os governos tem tido para com todo esta região do interior, acrescentando: “Oliveira do Hospital tem um conjunto de empresários e um volume de exportações bastante elevado e precisamos destas vias, não para passear, mas para nos aproximarmos à fronteira, aproveitando a A25”.

Já Ana Abrunhosa agradeceu o convite e reconheceu “a importância destas infra-estruturas para o concelho e região, criando assim uma nova centralidade” lembrando que ”a competitividade dos territórios está na valorização dos seus recursos e das suas gentes  e a região centro tem sabido aproveitar os diferentes programas operacionais, para promoção dos produtos locais e tradicionais “.

Ana Abrunhosa terminou, acrescentando "vamos continuar a apoiar de forma prioritária estes territórios no próximo quadro comunitário, contando para isso com o envolvimento dos agentes privados e modelos de governação partilhada entre público e privado” deixando um aviso às autarquias: “configura-se uma nova realidade para a qual os municípios tem de estar preparados, com o propósito de promover os territórios. Isso passa pelos municípios estarem envolvidos e comprometidos”.

Para ouvir (em podcast) e ver aqui e no facebook da Rádio Boa Nova.

 Presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa

Presidente do Municípiol, José Carlos Alexandrino

Centros de Saúde, deverão passar em parte para os municípios, de acordo com uma versão preliminar do Orçamento do Estado para o próximo ano

A grande novidade em 2015, no que diz respeito aos cuidados de saúde primários, está na descentralização das competências relacionadas com os centros de saúde, que deverão passar em parte para os municípios, de acordo com uma versão preliminar do Orçamento do Estado para o próximo ano a que o PÚBLICO teve acesso. As taxas moderadoras nestes serviços ficam congeladas, como já tinha anunciado o ministro da Saúde.

A proposta determina que, “durante o ano de 2015, fica o Governo autorizado a transferir para os municípios do continente as dotações inscritas no orçamento do Ministério da Saúde, referentes à competência a descentralizar no domínio dos cuidados de saúde primários”. As verbas em causa só serão determinadas mais tarde, através de uma portaria conjunta das Finanças, Saúde e Administração Local.

A versão preliminar confirma, ainda, algumas das informações que já tinham sido avançadas pelo ministro da Saúde sobre as taxas moderadoras. Paulo Macedo chegou a falar numa possível redução deste valor, num cenário de deflação, mas ficou-se pela manutenção da taxa a pagar pelo utente no momento da utilização dos cuidados de saúde primários.

Nas consultas de medicina geral e familiar, nas consultas de enfermagem, nas consultas ao domicílio e nas consultas sem a presença do utente nos cuidados primários o valor fica congelado em 2015. Nos restantes serviços, como as consultas de especialidade em hospitais e as urgências, a actualização de preços terá como referência a inflação – o que se traduzirá numa subida na casa dos cêntimos.

Ainda sobre as taxas, a proposta determina que sejam cobradas por todos os meios possíveis, sendo a cobrança responsabilidade do serviço regional de saúde respectivo e podendo ser utilizados “mecanismos de resolução alternativa de litígios”. Ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde compromete-se a implementar as “medidas necessárias para que, progressivamente, a facturação dos serviços prestados aos utentes do SNS inclua a informação do custo efectivo dos serviços prestados que não são sujeitos a pagamento”. (Público)

Mercado Municipal e Central de Camionagem, inaugurados no próximo sábado


Vão ser inaugurados oficialmente no próximo sábado, o Mercado Municipal e a nova Central de Camionagem.
A cerimónia está marcada para as 17h00 e para além de outras entidades convidadas, contará com a presença de Ana Abrunhosa, Presidente da CCDRC.

Ana Abrunhosa que aceitou o convite de José Carlos Alexandrino, feito na altura da abertura da Expoh 2014.

Nesta tarde e excepcionalmente, o mercado estará aberto e a funcionar, onde decorrerá entre as 15h00 e as 19h00, a edição especial de inauguração "Da Nossa Terra",  mostra de produtos biológicos e agrícolas em modo de produção tradicional.

Universidade Sénior de Oliveira do Hospital, abriu oficialmente o novo ano lectivo

Abriu oficialmente o novo ano lecctivo da Universidade Sénior de Oliveira do Hospital. José Carlos Alexandrino salientou o esforço e o apoio de pessoas e municipio para com este projecto, salientado a necessidade de um novo espaço que pode passar pelas antigas instalações do Colégo Brás Garcia de Mascarenhas e onde já funcionou a Arcial. Isto depois de ser feito um estudo sobre a possibilidade de também ali, ficar um espaço parar receber e instalar futuros estudante de outros países que vêm estudar para a cidade.

Já Artur Abreu, director da universidade, salientou os valores da escola, que passam pela liberdade, igualdade e a fraternidade. "Esta é sem dúvida, uma Universidade de afectos". (Oiça os podcast dos discursos)

Presidente do Município - José Carlos Alexandrino

Director da Universidade Sénior - Artur Abreu

“O Canto da Sereia” mais uma obra de Juvenália Marques

“O Canto da Sereia” é a nova obra da autoria da oliveirense Juvenália Marques e foi lançada no passado dia 3 de Outubro, dia em que a autora festejava mais um aniversário e onde não faltaram os amigos e muitos interessados.

Lucinda Maria, responsável pelo prefácio, apresentou a autora como, “filha de Oliveira do Hospital mas que é uma cidadã do mundo por onde tem andado” e que neste livro “O Canto da Sereia” apresenta um “conjunto de poemas, sobretudo de quadras com sonoridade e ritmo próprio” que na sua opinião “terão de saborear cada palavra, cada verso, cada poema”. Lucinda Maria considera ainda que “a poesia da Nala é a sua essência” e é o “que transborda da sua alma” encontrando-se reunida nesta terceira publicação “da Nala, uma oliveirense que muito preza a sua terra, e não será, certamente, o último”.

Rodrigues Gonçalves presidente da Assembleia Municipal considerou que “o livro engrandece em muito o nosso concelho” frisando que as quadras da autora “se aproximam do estilo de António Aleixo e outras da escrita de Sophia de Mello Breyner”.

Nuno Oliveira, presidente da União de Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços salientou a importância em apoiar os autores oliveirense, “estes bens humanos que são nossos” e que constituem “património genuíno que nunca poderá ser copiado”.

“Somos um concelho riquíssimo de gente interessada na escrita e nas letras” disse Graça Silva vereadora da Cultura que salientou o apoio que a Câmara Municipal tem contribuído para esta área cultural, com a edição de obras de autores do concelho.

José Carlos Alexandrino, presidente da autarquia, referiu a “determinação e a disponibilidade” de Juvenália Marques na edição deste livro que resulta de um “esforço tripartido.   

Juvenália Marques é natural de Oliveira do Hospital, viveu em países como Moçambique e Rodésia, mas há mais de três décadas que reside na Austrália.

Em agosto de 2008, numa edição conjunta da autora, da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Oliveira do Hospital publicou o seu primeiro livro de poesias intitulado “Jardim Privado”. Em outubro de 2010 foi lançado “Memórias de Mim”.

Esta é mais uma edição do Município de Oliveira do Hospital em parceria com a União de Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços

As comemorações do Feriado Municipal de 7 de Outubro em Oliveira do Hospital.

Os homenageados: Belmiro de Azevedo (Sonae), Irsil, a figura da "Costureira", Adelaide Freixinho, Teresa Serra, Vasco Figueiras, e os melhores alunos do Secundário, Ensino Profissional e Superior. (em actualização).

 

José Carlos Alexandrino salientou, mais uma vez, "a importância vital das acessibilidades para esta região e o direito à igualdade de oportunidades que as nossas pessoas e as nossas empresas merecem, por tudo aquilo que fizeram e têm feito ao longo dos anos, em prol do desenvolvimento da região".

O Presidente da Câmara Municipal continua a ter como prioridade, baixar o desemprego, e tem mesmo a meta de 7% como objectivo.

No final do seu discurso disse ainda que "as medalhas atruíbuidas pelo municipio, serão sempre por mérito e nunca por qualquer cor politica".

Já Bemiro de Azevedo disse que "só se pode investir se houver madeira", aproveitando para pedir a colaboração do municipio. Também referiu a necessidade de promover um maior emparcelamento das terras e o ordenamento do território, deveria ser uma prioridade.

O patrão da Sonae vai agora fazer um investimento de 50 milhões de euros na sua fábrica em S. paio de Gramaços.

A costureira e a industria textil em exposição na Casa da Cultura

Abriu ao público esta segunda feira na Casa da Cultura César Oliveira, uma exposição com o título "Roupa por Medida" e mostra um pouco da história do sector textil de Oliveira do Hosptal,.

Esta exposição vai estar patente até ao dia 31 de Outubro, e aqui pode ver a importância do sector textil na região e o papel relevante da constureira.

Esquipas do concelho com resultados negativos este fim de semana

Futebol: No Campeonato Nacional de Seniores, as equipas do concelho tiveram um domingo aziago. O FCOH foi alide Pampilhosa e perdeu por 2-1. 

Já o Nogueirense perde em casa ao cair do pano por 3-2 com o Benfica de Castelo Branco, após recuperação de 2-0 para 2-2.

Já o Tourizense em casa, foi também surpreendido pelo Sourense que venceu por 2-1.

Agora na classificação o Pampilhosa continua na frente com 12 pontos, Tourizense e Nogueirense são 5º com 7 pontos e o FCOH, ocupa agora a 7ª posição com 5 pontos.


No Distrtal de Honra da AFCoimbra, o Lagares da Beira perdeu com a Académica B por 4-3 em jogo da 2ª jornada.


Basquetebol: VII Troféu António Pratas - FPB


O Sampaense não passou a primeira fase deste troféu após vencer, primeiro o Illiabum por 65-52 e depois perder com o Lusitânia por 87-75.

o Sampaense inicia o VI campeonato com a deslocação a Algés no próximo dias 25 de outubro.

 7 de Outubro - Feriado Municipal em Oliveira do Hospital

A proclamação da República no concelho de Oliveira do Hospital ocorreu no dia 7 de Outubro de 1910, embora seja possível confirmar que a notícia era conhecida na região pelo menos desde o dia anterior. O facto ficou registado no livro de actas das sessões da Câmara Municipal, documento que ainda hoje se encontra nos seus arquivos. A data de 7 de Outubro foi depois escolhida, no dia 10 de Novembro de 1910, pela nova comissão municipal presidida por Joaquim Ribeiro do Amaral, para assinalar o feriado municipal do concelho de Oliveira do Hospital.

"Voz da Beira", "Gazeta da Beira" e "Notícias da Beira" foram três jornais publicados na região de Oliveira do Hospital no início do século passado. O último dos periódicos citados, administrado por Vasco Guerra e dirigido por Manuel Telles, no seu segundo número, datado de 6 de Outubro de 1910, foi o primeiro a editar, no concelho, a notícia sobre a proclamação da República em Portugal. Curiosamente, a primeira página desse número relata o assassinato, em Lisboa, do médico e líder republicano Miguel Bombarda, e apenas nas páginas interiores, o mesmo semanário destaca, como notícia de última hora entretanto anunciada por telegrama oficial do novo governador civil de Coimbra ao administrador do concelho, a instauração da República e a constituição do Governo Provisório presidido por Teófilo Braga.

O primeiro presidente da Comissão Municipal republicana de Oliveira do Hospital terá nascido por volta de 1850 e pertencia a uma linhagem de onde saíram diversos presidentes da Câmara – era sobrinho de um outro Joaquim Ribeiro do Amaral, aquele que deu o nome ao largo central da antiga vila e que esteve à frente do concelho por duas vezes, nas décadas de 1850 e 1860. Eleito a 27 de Outubro de 1910, sucedeu a António Correia da Fonseca, o último autarca desta câmara municipal no tempo da monarquia. Foi presidente da Câmara até 31 de Dezembro de 1913, tendo, nas últimas três semanas do seu mandato, desempenhado o cargo em acumulação com o de Administrador do Concelho. Terá ocupado igualmente os cargos de conservador do Registo Predial de Oliveira do Hospital e de juiz em Seia e residido, com a sua família, na então designada Casa da Fonte, habitação que ainda hoje se ergue na cidade e que terá adquirido à família de Afonso Costa. Faleceu no hospital de Coimbra, em Abril de 1919.
(O Município tem editado 8 selos comemorativos da República em Oliveira do Hospital)

Passados longos e morosos anos, o novo Plano Diretor Municipal (PDM) está em vigor. 

Este é um dos principais instrumentos de ordenamento do território do Município de Oliveira do Hospital, tendo sido publicado ontem em Diário da Repúblic, entrando de imediato em vigor.

Neste PDM de 2ª geração, estão vertidas as opções de ordenamento e estratégias de desenvolvimento municipais juntamente com as políticas e opções de ordenamento centrais, sectoriais e regionais.

Desde 2002, ano em que tiveram início as alterações, só agora em 2014 ficou completo, após um diagnóstico profundo que foi efetuado ao Município de Oliveira do Hospital, abrangendo a caracterização demográfica, económica, os equipamentos colectivos, infraestruturas, património cultural e natural, habitação e rede urbana

Sublinhando a complexidade e a morosidade inerentes à primeira revisão do PDM, o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, destacou ompenhamento constante do Município e da equipa técnica, coordenada pelo Prof. Lusitano dos Santos, na conclusão desta magna carta de desenvolvimento que agora entra em vigor, e realça a importância de que se reveste a conclusão deste instrumento de planeamento do território e de gestão urbanística para a autarquia oliveirense.

“É o início de uma nova e desafiante etapa no processo de desenvolvimento do município”, considerou José Carlos Alexandrino.


Em termos gerais, este novo PDM procura valorizar e potenciar o solo rural, os seus valores naturais e biofísicos, requalificar e valorizar os lugares, os seus espaços urbanos, a sua identidade e o seu património, conferindo-lhes qualidade urbana. 

Sampaense apresentou-se para a nova época numa partida que perdeu com o Porto Dragon Force

Sampaense perde com Porto Dragon Force 63-65 em jogo de apresentação.
O resultado era certamente o que menos interessava neste jogo de apresentação da equipa do Sampaense que vai disputar a LPB. Uma equipa totalmente renovada, transitando apenas da época passada, Diogo Gonçalves. 
Feliz Alonso é o novo técnico espanhol quer fazer uma época tranquila, e pelo que se viu já nesta partida, tem uma equipa arrumadinha, com três americanos e três atletas das selecções sub 21, num misto de juventude e experiência. No próximo fim de semana vão disputar o VII Troféu António Pratas - LPB.

Central de Camionagem e Mercado Municipal, abriram ao público em Oliveira do Hospital

A nova Central de Camionagem e o novo Mercado Municipal de Oliveira do Hospital.

Estes novos espaços entram ao serviço das populações. neste primeiro dia de Outubro. 
O Mercado vai estar aberto de segunda a sábado, das 7h00 às 13h00. (fotos CMOH)

O Município de Oliveira do Hospital reforça campanha de sensibilização ambiental

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a desenvolver uma campanha de sensibilização ambiental - “Limpar Oliveira do Hospital” - através da qual apela à correta deposição dos resíduos nos locais adequados. Além dos ecopontos para recolha separada de resíduos - papel e cartão; plástico e metal; e vidro – que se encontram distribuídos por todo o concelho de Oliveira do Hospital, os munícipes podem dirigir-se ao Ecocentro localizado na Zona Industrial da cidade no caso de necessitarem de depositar grandes quantidades destas embalagens. Refira-se ainda que nos ecocentros, destinados à receção de resíduos sólidos urbanos além dos atrás referidos podem ser depositados entulhos, eletrodomésticos, verdes, madeiras, lâmpadas e “monstros”.

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital dispõe de uma linha verde, 800 20 56 51, destinada à recolha gratuita de “monos/ monstros”, um serviço que os oliveirenses podem contactar se necessitarem da recolha de móveis, eletrodomésticos ou objetos volumosos similares, entre outros.

Recentemente foram instalados, em várias freguesias do concelho, contentores destinados à recolha seletiva de material têxtil: num total de 11 contentores distribuídos por 8 freguesias – Lagares da Beira; Nogueira do Cravo; Seixo da Beira; Travanca de Lagos; União de Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira; União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira; União de Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços; União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira. Também em todas as freguesias, nomeadamente nas sedes das Juntas de Freguesia. Junto a estes contentores estão também disponíveis pontos de recolha para pilhas e baterias.


Intercâmbio Turístico marca as comemorações do dia Mundial do Turismo em Tábua e Oliveira do Hospital

No âmbito da Comemoração do Dia Mundial do Turismo, assinalado a 27 de Setembro, as Universidades Séniores de Tábua e Oliveira do Hospital puderam disfrutar de um intercâmbio turístico, promovido pela ADI – Agência de Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, em parceria com ambas as autarquias.

Assim sendo, a Academia Sénior de Tábua foi recebida, pela manhã, em Oliveira do Hospital, pelo Presidente da ADI, Francisco Rolo, e pelo reitor da Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital, Artur Abreu. Por sua vez, os alunos de Oliveira do Hospital, foram recebidos, em Tábua, pelo Presidente da Câmara Municipal, Mário Loureiro.

O Roteiro Turístico por terras de Tábua, teve início na pastelaria BrasporDoce com um reforço matinal, partindo de seguida para a Capela do Senhor dos Milagres, e posteriormente para a Igreja Matriz de Santa Maria Maior. 

Os oliveirenses ficaram a conhecer as várias épocas artísticas em que se inserem estes dois monumentos, assim como algumas das suas características. 

Seguiu-se a viagem até Midões, onde fizeram um roteiro patrimonial que incluiu edifícios como o Palácio de Midões, a Igreja Matriz, os solares de Época e o Pelourinho Manuelino, terminando no Penedo Que Cabana, já na freguesia de Póvoa de Midões, onde puderam deslumbrar-se com a paisagem verdejante com o rio Mondego em pano de fundo.

Após o almoço, no Restaurante NM, a tarde terminou no Centro Cultural de Tábua, onde assistiram aos vídeos promocionais do Concelho.

Enquanto isso, em Oliveira do Hospital, os alunos da Academia Sénior de Tábua começaram a sua visita em Bobadela, onde visitaram as Ruinas e o Museu, seguindo para Lourosa, onde conheceram a Igreja Moçarabe. 

Após o almoço, no Restaurante Varandas Verdes, foram até ao Miradouro de Avô, terminando a tarde na Casa da Cultura de oliveira de Hospital, para assistirem a um filme promocional do concelho.

Antes "Secundária em Movimento". Agora " A escola e o meio". As gravações já começaram.


Começaram as gravações do programa "A Escola e o Meio" ano 2014/2015. O primeiro convidado é o Prof. Carlos Carvalheira, director do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. Para ouvir sábado às 19:00 horas e às terças depois das 13:00 horas.

Sampaense apresenta-se aos sócios amanhã, frente ao FC Porto.

 

O SAMPAENSE BASKET convida todos os seus adeptos e simpatizantes, para a apresentação oficial da equipa, que vai disputar a Liga Portuguesa de Basquetebol 2014/15, num jogo particular, frente ao FC Porto Dragon Force.

O jogo é amanhã no Pavilhão Comendador Serafim Marques em S. Paio de Gramaços, pelas 20,30 horas.

 Seia - MCVC comemorou o seu 3.º aniversário 

No passado sábado, o Maratona Clube da Vila Chã (MCVC) comemorou o seu 3º aniversário, com um jantar convívio, rodeado de entidades, desde o Município de Seia; Freguesia de Santa Comba; Associação de Atletismo da Guarda; passando por todos os que representam clubes de atletismo; patrocinadores; sócios; atletas e seus familiares.
Este Clube de Atletismo, onde correm vários atletas Oliveirenses foi constituído a 20 de Setembro de 2011.
Faltando apenas algumas competições para terminar esta época 2013/14, foi realizada uma retrospectiva fechamos esta época com 17 atletas, que tiveram presença em 39 provas e 11095 Km de deslocações, para participarem nas mesmas.
O MCVC conquistou, 27 títulos distritais individuais; 10 títulos distritais colectivos e 11 títulos nacionais individuais.
Este jantar contou ainda com uma cerimónia de atribuição de prémios aos atletas em diversas categorias; prémio Jacinto Correia, atribuído a João Amaral, responsável pela Casa do Povo de Mangualde.
Os certificados de mérito escolar, com o nome Professora Regina Babo, foram entregues a: Joana Alves; Bárbara Garcia; André Correia; Alexandre Figueiredo; David Macedo e Miguel Costa.
O prémio dedicação foi entregue ao atleta Alexandre Figueiredo.
O prémio carreira foi entregue a Jacinto Correia, que este ano completa 30 anos carreira, por toda a sua dedicação.
Nesta cerimónia foram ainda apresentados, os atletas para a época 2014/15. 
Veja alguns momentos desta gala.

Seia - Roadshow PME Digital 

A PME digital é uma iniciativa do Ministério da Economia, que pretende ajudar as micro e pequenas e médias empresas portuguesas a serem mais competitivas. 
Ao estimular a utilização de ferramentas digitais, permite o acesso a novos mercados, melhorar a gestão e tornar mais eficiente a relação com os clientes e fornecedores.
O programa PME Digital disponibiliza às PME as soluções tecnológicas de gestão de negócios baseadas em Internet e um meio através do qual as empresas - mesmo as mais pequenas – podem ambicionar fazer negócios em todo o mundo. 
O PME Digital vai estar em Seia no próximo dia 2, quinta-feira, e importa dar a conhecer esta oportunidade.

Sampaense Basket apresenta equipa oficial frente ao FC Porto

O SAMPAENSE BASKET convida todos os seus adeptos e simpatizantes, para a apresentação oficial da equipa, que vai disputar a Liga Portuguesa de Basquetebol 2014/15, num jogo particular, frente ao FC Porto Dragon Force, que se vai disputar no Pavilhão Comendador Serafim Marques, amanhã, quarta-feira, dia 1 de outubro, pelas 20,30 horas.


Grupo de Cavaquinhos do CCPOH promove 1º encontro

O Grupo de Cavaquinhos do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH), promove o 1.º Encontro de Cavaquinhos de Oliveira do Hospital. 
Esta é uma realização deste grupo de Cavaquinhos, dando continuidade a alguns concertos realizados onde estiveram presentes.
Desta forma, no próximo dia 5 de Outubro, pelas 15 horas, o Largo Ribeiro de Amaral, acolhe uma tarde de música tradicional, onde o Cavaquinho, será o verdadeiro instrumento da música tradicional portuguesa e estará bem presente e divulgado.
Estarão presentes a animar esta tarde cultural os seguintes Grupos:
Grupo de Cavaquinhos do Alentejo; Grupo de Cavaquinhos do Caramulo; Crupo de Cavaquinhos do Caic, de Cernache, Coimbra e,
Grupo de Cavaquinhos do CCPOH.
Ainda neste dia, mas antes desta tarde cultural, pelas 12,30 horas, todos os grupos participantes vão encontrar-se, na sede do CCPOH, para partilharem um almoço convívio, oferecido pelo grupo anfitrião.
Pelas 14 horas, será a concentração de todos os grupos e meia hora mais tarde, decorrerá o desfile de todos os grupos, até ao Largo Ribeiro de Amaral.
Este evento conta com o apoio de alguns comerciantes da cidade, entidades culturais e Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Oliveira do Hospital entra na Rede de Aldeias de Montanha

O Município de Oliveira do Hospital vai passar a integrar a Rede de Aldeias de Montanha (RAM). 
Esta rede é constituída por um conjunto de aldeias, com características queintegram ou confinam com o Parque Natural da Serra da Estrela, que foi criada em 2013 pela Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha (ADIRAM), com o objetivo de promover o desenvolvimento turístico integrado da RAM, como marca agregadora do potencial turístico da Serra da Estrela e Beira Interior.
A adesão a esta rede de aldeias montanhas, constituída por pequenos aglomerados representativos de um riquíssimo património cultural e ambiental da Região da Serra da Estrela que se apresentam como um importante testemunho da vida e culturas desse território, implica o cumprimento de um vasto número de requisitos que, entre muitos outros aspetos, vão desde as características da paisagem de montanha, altitude, ruralidade ou a qualidade dos produtos regionais de qualidade, como o queijo Serra da Estrela, por exemplo. 
O vereador responsável por aquele pelouro na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, congratula-se com mais “esta janela de oportunidade que se abre” para ajudar a desenvolver o turismo de forma criativa e inovadora, sublinhando que “esta adesão representa o regresso de Oliveira do Hospital à grande marca Serra da Estrela”, um destino turístico de excelência.

Nelas - Atletas de Karaté no XVI Campeonato Mundial

O Concelho de Nelas tem três atletas de Karaté que, este ano, foram chamados, para integrarem a Selecção Portuguesa da KPS, para participarem, no XVI Campeonato do Mundo de Karaté da FSKA, que decorreu de 26 a 28 de Setembro. 
Em comunicado enviado à nossa redacção, a "Câmara Municipal de Nelas felicita os três atletas do Centro de Karaté de Nelas que marcam presença, no XVI Campeonato do Mundo de Karaté da FSKA (Funakoshi Shotokan Karate-Do Association), acompanhados do Mestre César Olival, Sensei Sandra Olival e Sensei Pedro Veloso.
Este Campeonato foi organizado pela KPS (Karate-Do Portugal Shotokan), à qual se juntou uma comitiva de 46 atletas e treinadores do Distrito da Guarda e Viseu da União de Karaté Shotokan das Beiras oriundos da Cidade de Mangualde, Penalva do Castelo e Nelas e liderados pelo Mestre César Olival.
Esta prova internacional, contou com cerca de 20 delegações, oriundas de 13 países, num total de 800 atletas, entre os quais os representantes das Beiras, que defendederam as cores de Portugal nos diversos escalões e nas diversas provas, desde Kata e Kumité individual e por equipas.

António José Seguro assume derrota e demite-se de secretário-geral

António José Seguro assumiu, este domingo à noite, a derrota nas eleições primárias para escolher o candidato socialista a primeiro-ministro e anunciou a demissão do cargo de secretário-geral. 
Seguro felicitou António Costa pela vitória e assumiu que a questão está encerrada: "O PS escolheu o candidato a primeiro-ministro.
Está escolhido. Ponto final". "Hoje regresso à condição de militante"
(em actualização)

 António Costa vence em grande parte dos distritos

Até ao momento, António Costa é dado como vencedor na maioria dos distritos, pela sua candidatura, quando estão já contados quase todos os votos em Portugal Continental.
"São resultados inequívocos de que o PS está unido", declarou o socialista à chegada ao Fórum Lisboa. 
"Vamos aguardar pelos resultados finais", acrescentou, confiante.
As urnas para as primárias do PS fecharam pelas 19 horas e, pouco tempo depois, foi revelado no Fórum Lisboa um gráfico onde regularmente são atualizados alguns números do sufrágio, embora não oficiais, que apontam para uma vitória de António Costa.
Em Gaia, António Costa atingiu 59,9%, em Santarém 72%, em Setúbal 78%, na Madeira 61%, no Algarve 82%, em Beja 62% e em Viseu 55%.
Estes valores esperavam António Costa à entrada do Fórum Lisboa, onde chegou cerca das 20.30 horas.
António Costa fez uma breve declaração aos jornalistas para destacar a "extraordinária participação" dos militantes e simpatizantes do PS que participaram nas eleições deste domingo.
"Vamos aguardar os resultados finais", frisou, acrescentando: "são resultados inequívocos de que o PS está unido".
Fonte: JN

Actualização - António Costa vence primárias no concelho com maioria 

A Comissão Política Concelhia (CPC) do Partido Socialista (PS), de Oliveira do Hospital, composta pelas secções de Alvoco da Várzeas, Lagares da Beira e Oliveira do Hospital, já apurou os seus resultados, para as eleições primárias que decorreram durante o dia de hoje, dando a vitória com maioria ao candidato de Lisboa, António Costa.
Nesta concelhia estavam inscritas em condições de votar, um total de 966 pessoas, em que, 564 expressaram a sua intenção de voto, ou seja, cerca de 58,6 por cento.
Assim, António José Seguro obteve 154 votos; António Costa 410, (acrescentando dois votos nulos e dois votos em branco).
Carlos Maia, presidente da CPC do PS de Oliveira do Hospital encontra-se "bastante satisfeito com os resultados obtidos na concelhia", acrescentando "que este resultado era espectável, sendo que a participação de voto, não foi má".
Desta forma, a CPC do PS de Oliveira do Hospital fez "jus", com os resultados alcançados, ao apoio dado ao candidato, António Costa.

 António Costa vence eleições em Oliveira do Hospital

A Comissão Política Concelhia de Oliveira do Hospital, do Partido Socialista apoiou e deu a vitória a António Costa, com cerca de 73,3 por cento dos votos.

(em actualização)

Moviflor vai encerrar as lojas temporariamente a partir de 1 de outubro.

Segundo o Jornal de Noticias (JN), a Moviflor enviou um "email" aos trabalhadores a informar que vai encerrar temporariamente as lojas a partir de 01 de outubro, tal como disse, Marisa Ribeiro, do Sindicato do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal

"Recebemos informação de colaboradores de que a partir de 01 de outubro todas as lojas vão estar encerradas temporariamente", disse a sindicalista, adiantando que está a tentar obter mais detalhes sobre o assunto.

"Os trabalhadores estão preocupados com a sua situação", adiantou, recordando que o Plano Especial de Recuperação (PER) "não está a ser cumprido".

Em julho último, o sindicato tinha denunciado o incumprimento do PER, situação "que se mantém", já que os trabalhadores não recebem os salários nem as dívidas anteriores.

"Nem a primeira prestação" do pagamento que estava previsto no PER, disse.

"É lamentável o PER não estar a ser cumprido", sublinhou.

O PER homologado pelo Tribunal do Comércio de Lisboa a 17 de dezembro de 2013 previa a recuperação da Moviflor e o pagamento regular de salários, o que, segundo o Cesp, não tem vindo a acontecer.

Além do despedimento coletivo que já abrangeu 200 trabalhadores, o PER prevê a saída de mais 325 funcionários da empresa de mobiliário.

Fonte: JN

Autarquias obrigadas a fazer 40 semanais, segundo parecer da PGR.

Quatro meses depois de ter recebido o parecer da Procuradoria-geral da República (PGR) sobre os acordos colectivos que permitem as 35 horas de trabalho semanais nas autarquias, o Ministério das Finanças dizer que os cerca de 300 acordos assinados com os sindicatos necessitam da assinatura do secretário de Estado da Administração Pública, José Leite Martins. Por isso, até lá, deve aplicar-se a lei geral, ou seja, todos devem fazer 40 horas semanais.

O Ministério das Finanças emitiu um comunicado onde explica que o parecer da PGR dá "legitimidade" ao Ministério das Finanças para a celebração de acordos colectivos de entidade empregadora pública (ACEEP) em conjunto com as autarquias "devendo a sua actuação ser conjunta e articulada em todas as fases da negociação".

"Não se traduzindo a intervenção do membro do Governo responsável pelas áreas das finanças e da Administração Pública na emissão de ordens ou directivas às autarquias locais, cabe-lhe contudo o papel de garante pelos princípios de racionalidade orçamental e de gestão e de coordenação das políticas de Recursos Humanos em toda a Administração Pública, cabendo-lhe dar resposta fundamentada e sugerir soluções negociais que assegurem a equidade interna no âmbito das Administrações Públicas e garantir a legalidade destes instrumentos de regulação colectiva de trabalho", lê-se no comunicado.

O Governo irá assim dar "resposta fundamentada" às propostas de ACEEP remetidas pelas autarquias e "desenvolver os necessários processos negociais" para o efeito. A decisão sobre a redução do horário semanal das 40 para as 35 horas terá em consideração o equilíbrio financeiro das autarquias e o não agravamento da massa salarial (incluindo horas extraordinárias), diz o Ministério das Finanças.

A mesma fonte sublinha que um ACEEP só entra em vigor após a sua publicação em Diário da República "aplicando-se até então a legislação geral em vigor", ou seja, as 40 horas semanais.

Já o dirigente da Fesap, José Abraão, "é lamentável" que o Governo tenha demorado quatro meses a ler o parecer da PGR. "Com isto, o Governo não desbloqueia os acordos que permitem as 35 horas nas autarquias, quando as próprias câmaras não querem o horário das 40 horas. O Governo arranjou aqui um conflito político", defende José Abraão.

Entre as câmaras que assinaram com os sindicatos a redução do horário para as 35 horas estão Lisboa, Sintra, Almada, Coimbra, Aveiro, Vila Real entre outras. Já a câmara do Porto decidiu manter as 40 horas semanais de trabalho.

(Económico)

Turismo do Centro criou guias turístico para telemóveis 

A Turismo do Centro, em parceria com a empresa iClio, criou e vão disponibilizar guias turísticos para telefones inteligentes para sete cidades da região e um mais generalista que engloba 100 municípios, informou hoje o presidente daquela entidade regional.


A iniciativa, integrada na comemoração do Dia do Turismo (que se celebrou est sábado), pretende dar «dinâmica» ao turismo e seguir «as tendências» deste sector, explicou o presidente da Turismo do Centro (TC), Pedro Machado, sublinhando que a aplicação, em que foi feito um investimento de 163 mil euros por parte da entidade, possibilita dinamizar «os fluxos entre agentes e atores do território

O projecto vai desenvolver guias turísticos digitais para as cidades de Aveiro, Coimbra, Castelo Branco, Viseu, Guarda, Óbidos e Leiria (em conjunto com Fátima), sendo lançados em português e inglês a 30 de Novembro, disse ainda o presidente da Turismo do Centro, que falava durante a apresentação da iniciativa, na Torre de Anto, em Coimbra.

Lusa/RBN

Tábua - Caminhada do Dia Mundial do Coração

O Dia Mundial do Coração é comemorado no próximo dia 29 de setembro, numa iniciativa da Federação Mundial do Coração, à qual pertence a Fundação Portuguesa de Cardiologia, em parceria com a Unesco e com a Organização Mundial de Saúde, com o objetivo de sensibilizar todas as pessoas do mundo para a importância do seu coração, como cuidar dele e como promover a sua saúde,
O Município de Tábua, através do Centro de Marcha e Corrida, associa-se a esta comemoração promovendo, neste dia, uma Caminhada com 7,5 km, que iniciará às 20h30, junto às Piscinas Municipais, sendo obrigatório o uso de colete refletor e lanterna.
Associe-se a esta iniciativa e faça parte da sensibilização para um estilo de vida ativo, onde a atividade física, o exercício e o desporto estejam presentes na vida quotidiana da população.

Aldeia de Nogueira tem nova associação

A Associação G.A.P.O. (Grupo Aventura e Preservação das Origens de Aldeia de Nogueira) tem por objectivo a promoção de actividade desportivas, recreativas, culturais e sociais entre os seus associados e comunidade de Aldeia de Nogueira. 
Esta associação nasceu a 29 de Agosto do corrente ano, depois de quatro amigos (Diogo Gonçalves, Fábio Almeida, João Nunes e Hugo Nunes) terem a ideia de fazer nascer algo novo nesta localidade. 
Algo diferente, que desse visibilidade à Aldeia de Nogueira, atraindo assim, mais pessoas para lá. 
Convidaram mais cinco pessoas para se juntarem, de forma a puderem constituir a associação.
Até ao momento já organizaram, uma caminhada noturna e um torneio de Chinquilho.
Desta forma, as próximas actividades decorrerão, uma, no próximo dia 4, o primeiro sábado do mês de Outubro, que decorrerá, pelas 21 horas; pelo S. Martinho realização um magusto convívio para sócios e população em geral, e para o mês de Dezembro, está prevista uma fogueira de Natal.
Acreditam, “na importância destas associações que, vão mantendo vivas algumas tradições da terra, como na prevenção do sedentarismo”.
Embora, tenham consciência de que, “para que estas funcionem, é no entanto necessário que exista uma participação ativa de toda a população e também do poder local”.

Ficaram nove mil vagas no Superior por preencher

Na 2.ª fase de acesso ao Superior foram colocados 10.492 alunos, tendo concorrido 18.281 para um total de 17.568 vagas. 
No final desta 2.ªfase de candidatura, por preencher ficaram 9.006 vagas.
Relativamente ao ano passado, menos vagas ficaram por preencher. 
Na 2.ª fase de 2013, recorde-se, foram colocados 11.486 alunos entre os 17.363 que concorreram a 20.818 vagas. 
Este ano houve menos 3250 vagas disponíveis nesta fase, mas a diferença entre as disponíveis e as ocupadas foi menor. 
No ano passado, ficaram por preencher 11.648 lugares, este ano pouco mais de nove mil, de acordo com os dados do Ministério da Educação e Ciência (MEC).
Dos 18. 281 estudantes que concorreram a esta fase do concurso nacional, 7.286 são novos candidatos em relação à 1.ª fase. O número total de candidatos ao Ensino Superior público (nestas duas fases) em 2014 é de 49.694.
Nesta fase, houve 67 cursos com vagas disponíveis que não colocaram nenhum aluno, sendo que 42 deles são engenharias. 
No ano passado, na mesma fase, foram 76 os cursos com vagas disponíveis os que não colocaram aluno algum, a maioria em instituto politécnicos e, mais uma vez, na área das engenharias.
Tal como no ano passado, Medicina não teve nenhuma vaga por preencher. Em 2013 foram 25 as disponíveis, este ano foram 20. 
A média mais alta foi na Universidade do Minho, 188,7 valores, seguindo-se o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, no Porto, com 188,5.
As vagas colocadas a concurso na 3.ª fase serão divulgadas no dia 2 de outubro no sítio oficial do acesso ao superior e esta última fase decorrerá entre os dias 2 e 6 de outubro, sendo as candidaturas apresentadas no mesmo site. 
Fonte: JN

Canas de Senhorim promove a 22ª Edição da Feira Medieval

A Viagem Medieval de Canas de Senhorim teve início no ano de 1993, foi resultado da vontade de um grupo de Canenses que quiseram dar um contributo cultural à freguesia, com a recriação de momentos históricos datados da época medieval. 
Na sua 22.ª edição, a Viagem Medieval convida a um salto no tempo, 500 anos atrás, ano de atribuição do Foral Novo a Canas de Senhorim, no ano de 1514, por “Dom Manuel por graça de Deus rei de Portugal e dos Algarves daquém e dalém mar em África senhor da Guiné e da conquista navegação comércio de Etiópia Arábia Pérsia e da Índia a quantos esta nossa carta de foral dado ao lugar de Canas de Senhorim...".
Este ano, e como já vem sendo hábito, ao longo destas 22 edições, a Grande Viagem Medieval decorre já, no primeiro fim de semana, do próximo mês, dias 4 e 5 de Outubro.

Oliveira do Hospital comemora Dia Mundial do Coração

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital em parceria com várias entidades do concelho promove as comemorações do Dia Mundial do Coração, nos próximos dias 28 e 29 de setembro, com um programa que inclui várias atividades preventivas e desportivas como rastreios de saúde, aulas de Zumba, Hidroginástica e jogos didáticos.
“mOHve-te pelo coração” é o desafio lançado aos oliveirenses que são convidados a participar nas atividades, de caráter gratuito, que terão início na manhã de domingo, entre as 9 horas e as 12 horas, no Pavilhão Municipal de Oliveira do Hospital. 
Além do rastreio de saúde disponível em permanência durante toda a manhã, às 10 horas terá início uma mega aula de Zumba, seguindo-se uma sessão de auto-relaxamento. 
Ao meio dia será formado um Coração Humano com o objetivo de alertar a população para a prevenção das doenças cardiovasculares. 
Vista uma camisola vermelha ou rosa e participe nesta manhã desportiva.
No dia 29 em que se assinala o Dia Mundial do Coração, entre as 10 horas e as 13 horas, junto da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital estará instalada a Unidade Móvel de Saúde da Fundação Aurélio Amaro Dinis para realizar rastreios de saúde à população em geral. 
Também na Biblioteca Municipal será dinamizado o jogo “Roda do Coração” destinado a crianças do pré-escolar. 
No final do dia, às 19 horas, na piscina municipal será dinamizada uma aula de Hidroginástica em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Galizes.
Na dinamização das comemorações do Dia Mundial do Coração, o Município de Oliveira do Hospital conta também com a colaboração da Fundação Portuguesa de Cardiologia. 
As comemorações têm como objetivo alertar a população para a prevenção das doenças cardiovasculares e fomentar a adoção de estilos de vida ativos e saudáveis.
“Olhe pelo seu coração. 
Participe!”

ADI assinala Dia Mundial do Turismo 

Para comemorar o Dia Mundial do Turismo, que se assinala no próximo sábado, 27 de setembro, a ADI – Agência de Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, em parceria com os Municípios referidos, vai promover visitas guiadas ao património natural e edificado dos dois concelhos, numa iniciativa conjunta que pretende associar a oferta turística e a promoção do comércio local.
Esta iniciativa de promoção turística conta também com o envolvimento da Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital, da Academia Sénior de Tábua e do Turismo Centro de Portugal, e tem como principal objetivo a divulgação do património monumental classificado e natural de ambos os municípios.
“Venha e Descubra Oliveira do Hospital/Venha e Descubra Tábua” é o convite que os promotores dirigem a todos os que queiram participar nesta iniciativa que além das visitas guiadas vai englobar provas gastronómicas e programas culturais. 
Embora abertas ao público em geral, estas iniciativas promovidas no âmbito do Dia Mundial do Turismo são especialmente dirigidas ao segmento sénior, procurando cativar este público que tem, revelado como indicador em vários estudos, mais disponibilidade para conhecer novos destinos.
No concelho de Oliveira do Hospital, entre os pontos a visitar estão a Capela dos Ferreiros, as Ruínas Romanas da Bobadela, a Igreja Moçárabe de Lourosa e a Vila de Avô. Já em Tábua, a jornada passará pela Capela Senhor dos Milagres e a Igreja Matriz de Tábua, o Pelourinho Manuelino em Midões e o Penedo Que Abana em Póvoa de Midões.
As inscrições para participar nesta atividade, são gratuitas, devendo ser contactados o Gabinete de Apoio à Vereação da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (238 605 257), o Posto de Turismo de Oliveira do Hospital (238 609 269) ou o Posto de Turismo de Tábua (235 413 990). 
O ponto de encontro para o início das visitas será no Largo Ribeiro do Amaral (Oliveira do Hospital) e no Centro Cultural de Tábua (Tábua).
O Dia Mundial do Turismo, assinalado anualmente a 27 de setembro, é dedicado este ano ao tema “Turismo e Desenvolvimento Comunitário”, escolhido pela Organização Mundial de Turismo para chamar a atenção para a importância do turismo e do seu valor cultural, económico, político e social.

Seia - Município cria novo incentivo à natalidade e adoção

A Câmara Municipal de Seia cria um novo incentivo de apoio à natalidade e adoção, uma medida concretizada sob a forma de reembolso de despesas com crianças, nascidas ou adotadas a partir do dia 1 de janeiro de 2015, excluídos do programa requerentes que aufiram apoios referentes a natalidade (abono de família) dos sistemas de segurança social e complementares. 
O novo programa de incentivo à natalidade e adoção da Câmara foi apresentado na segunda-feira passada em Assembleia Municipal de Seia, tendo sido aprovado por maioria, com duas abstenções dos deputados do grupo municipal do PCP. 
O projeto de regulamento encontra-se em fase de discussão pública, durante o período de 30 dias, voltando posteriormente a este órgão deliberativo para aprovação.
A criação deste programa procura minimizar a disponibilidade de recursos com que as famílias se deparam no atual contexto socioeconómico, sendo uma oferta supletiva que permite o alargamento de apoios a famílias que atualmente se encontram excluídos de quaisquer apoios.
O incentivo à natalidade efetua-se através da atribuição de um subsídio mensal, a pagar a partir do nascimento da criança e a terminar no mês em que a criança complete 36 meses de idade e nos casos de adoção no mês da concretização da mesma e durante o período de 36 meses.

Este incentivo concretiza-se sob a forma de reembolso de despesas efetuadas na área do concelho de Seia, com a aquisição de bens e/ou serviços, nomeadamente frequência de creche ou similar, consultas médicas, medicamentos, artigos de higiene, puericultura, alimentação, vestuário e calçado. 
O valor do incentivo varia de acordo com a idade, tendo como teto máximo 50 euros mensais, no primeiro ano de vida, 30 euros no segundo ano de vida e 20 euros no terceiro ano. 
O valor do incentivo à natalidade é majorado em 10% a partir do nascimento do segundo filho.
São beneficiários deste programa os indivíduos residentes, há pelo menos um ano, e recenseados no Município de Seia, nos seis meses anteriores à data de nascimento da criança, que não aufiram rendimentos mensais ilíquidos superiores a 1.750 euros ou 2.750 euros, respetivamente a título singular ou por casal.
Relembre-se, que deste novo incentivo, ficam excluídos do programa requerentes que aufiram apoios referentes a natalidade (abono de família) dos sistemas de segurança social e complementares.

Seia - MCVC vence na 1ª Meia Maratona do Dão em Viseu

No passado domingo, dia 21 de Setembro, o Maratona Clube Vila Chã esteve presente na 1ª Meia Maratona do Dão em Viseu. 
O atleta Oliveirense António Dias venceu o escalão de M55 com o tempo de 1:25:59. 
Já no escalão de M65 Isaías Peralta classifica-se em 3º lugar com o tempo de 2:01:07. 
Uma vez mais a equipa do Maratona Clube Vila Chã esteve bem representado, ao vencer em Viseu.

 Seia – Município quer àreas empresariais mais competitivas

A Câmara Municipal de Seia reuniu com os empresários dos espaços industriais e empresariais, geridos pelo Município, no sentido de recolher os seus contributos, tendo em vista a melhoria daquelas áreas: o Espaço Empresarial da Abrunheira (Vila Chã) e o Pólo I da Zona Industrial de Seia, que a autarquia quer tornar mais atrativos e concorrenciais.
O encontro decorreu numa altura em que se encontra em curso o processo de Revisão daqueles dois espaços industriais e de localização empresarial do concelho. 
O Plano de Pormenor da Zona Industrial de Seia – Pólo I, abrange a área da cidade conhecida como “Zona Industrial de Seia” compreendida entre a Ponte de Santiago e a rotunda com a Estrada de Quintela e encontra-se em vigor desde Junho de 2002. 
Com a revisão dos planos em curso, a Câmara quer eliminar qualquer espécie de constrangimentos que impeçam a dinamização e o desenvolvimento empresarial. 
Relativamente ao Pólo I da ZI de Seia, Filipe Camelo assegura que a proposta de plano de pormenor deverá globalmente definir as condições para que esta área se venha a consolidar como uma Zona de Atividade Empresarial, geradora de emprego, competitiva e que ofereça qualidade urbana às empresas e aos seus utentes, sendo a sua requalificação uma das obras prioritárias que a Câmara apresentará no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio.
O Município apela à participação dos empresários e comunica a todos os interessados que os termos referência do plano podem ser consultados no site da Câmara Municipal de Seia (http://www.cm-seia.pt/) ou diretamente nos serviços da autarquia, que acolherá todas as sugestões ou informações sobre quaisquer questões que possam ser consideradas no âmbito do respetivo procedimento de elaboração.
Os eventuais interessados poderão apresentar as sugestões e informações através de requerimento dirigido ao Presidente da Câmara, diretamente nos serviços da Câmara Municipal ou por correspondência.

"Rota do Sul" no "Cá se fazem...Cá se tocam" 

Iniciado em 2011 por João Alvarez e Tiago Inuit, o projeto “Rota do Sul” tem como mote primordial a procura de novos caminhos para o reportório da guitarra portuguesa e o seu enriquecimento do seu património solístico através de novas obras, ao mesmo tempo que congrega músicos e instrumentos característicos de outras latitudes musicais. 
Um disco de originais a que se junta um clássico de Carlos Paredes, lançado esta semana e para conhecer na Boa Nova, na próxima quinta feira, pelas 19 horas, com repetição agendada, para ao próximo sábado, pelas 17 horas.

Actualização - António Costa cancelou a visita a Oliveira do Hospital

Depois de ter passado o dia de ontem, nas cidades de Braga e do Porto, estava agendada a sua passagem e contacto com militantes, apoiantes e simpatizantes, na sede do Partido Socialista (PS) de Oliveira do Hospital.
Devido às adversas condições climatéricas, em que o mau tempo provocou várias inundações no dia de ontem na cidade de Lisboa, António Costa, candidato do PS nas eleições primárias do próximo domingo, presidente da Câmara Municipal de Lisboa e também o responsável máximo pela protecção civil daquela cidade, “viu-se obrigado a cancelar a sua passagem por Oliveira do Hospital”.
Nesta passagem por Oliveira do Hospital, estava também agendada uma visita à Plataforma de Desenvolvimento da Região Interior Centro - BLC3, onde António Campos teria oportunidade de mostrar e dar conhecimento a António Costa, do trabalho e investigação efectuados, nesta instituição.
Carlos Maia, presidente da comissão politica concelhia do PS, transmitiu aos militantes, simpatizantes e apoiantes que ali estavam à espera de António Costa, a mensagem que este lhe havia enviado instantes antes, justificando a sua ausência.
No entanto, António Costa conseguiu estar presente à noite, no jantar comício de apoio, que tinha marcado com militantes, apoiantes e simpatizantes em Coimbra.
No próximo domingo, entre as 9 horas e as 19 horas, a concelhia do PS de Oliveira do Hospital contará com mais de um milhar de votantes, que se encontram em situação regular de voto, cerca de: 500 simpatizantes e apoiantes inscritos; 400 militantes activos e 200 outros militantes “repescados”, ou seja, em situação não regular de actualização de quotas, que poderão exercer de igual forma o seu direito de voto.

Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário - Sarau Cultural 29 Março 2014

Apresentação oficial do hino da Rádio Boa Nova


Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário

Almoço e Tarde Cultural 22 Março 2014


Fotogaleria: Rádio Boa Nova visita a RTP/RDP