Rádio Boa Nova - de Oliveira do Hospital para todo o mundo


Homem morre debaixo de trator em S. João da Pesqueira

 Um homem de 54 anos morreu esta quinta-feira, debaixo do trator de manobrava na Quinta da Soalheira, no concelho de S. João da Pesqueira.


De acordo com o comandante dos bombeiros voluntários locais, Paulo Esteves, o acidente aconteceu num terreno agrícola bastante íngreme, onde o agricultor, acompanhado por outras pessoas, colocava herbicida.

"Ao passar de um patamar para o outro, o trator capotou e o condutor, depois de arrastado, ficou debaixo dele", explicou. Quando os voluntários chegaram ao local, a vítima, residente em Trevões, já não apresentava sinais vitais.

Posto de Turismo não fecha em Oliveira do Hospital

O anúncio da dispensa de 26 funcionários do Turismo Centro de Portugal não vai implicar o fecho do Posto de Turismo que funciona na cidade de Oliveira do Hospital. A garantia é dado pelo município que garante estar “atenta” ao desenrolar do processo.


Interpelado sobre o impacto da medida que esta semana foi confirmada pelo presidente da Turismo Centro de Portugal, o vice-presidente e vereador do Turismo na autarquia oliveirense mostrou-se preocupado com a intenção de aquela estrutura dispensar 26 funcionários, entre os quais uma funcionária de Oliveira do Hospital, mas clarificou que tal não irá implicar o encerramento do posto local de turismo. Em declarações à Rádio Boa Nova, José Francisco Rolo disse que o município “está atento” à situação e que no caso de a medida avançar, o município assegurará o funcionamento do espaço, cuja gestão foi cedida em 2009, através de protocolo à Turismo Centro de Portugal.

O responsável lembrou ainda que pese embora a gestão do espaço se encontrar sob alçada da TCP, já é o município que assegura o seu funcionamento por ocasião do gozo de férias da funcionária que lhe está afeta.

Quanto à possibilidade de o município poder acolher a funcionária em questão, disse não estar ainda nada decidido, e que é preciso primeiro perceber “o que é que está a acontecer”. Chega a questionar o que vai acontecer aos funcionários dos postos de turismo, cujos municípios estão impossibilitados de efetuar novas contratações. 

Concurso promoveu abóboras em Oliveira do Hospital

No final da tarde de sábado, 21 de fevereiro, foram entregues os prémios referentes ao Concurso “A Maior Abóbora”, promovido pela primeira vez no âmbito da Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital. Nas categorias a concurso foram entregues os prémios aos seguintes concorrentes: Tamanho - Maria Gracinda Nunes (50 euros); Peso - Casa da Obra Josefina da Fonseca (30 euros); e Originalidade - Maria Alice Cruz (20 euros).

O concurso da maior abóbora surgiu como uma atividade promotora de um produto endógeno que depois de transformado em doce é considerado um ótimo acompanhamento para o consumo de queijo ou requeijão Serra da Estrela.

Oliveira do Hospital poupa mais de sete mil Euros com iluminação LED no centro da cidade

O centro da cidade de Oliveira do Hospital vai passar a ser iluminado através de iluminação LED. Com a medida o município vaio copnsgeuir uma poupança anual de mais de sete mil Euros.


A introdução desta tecnologia no sistema de iluminação pública, que permite obter grandes reduções nos consumos energéticos, vai ser implementada durante o ano de 2015 e resulta de uma candidatura, no montante de 65.027.84 Euros , que o Município de Oliveira do Hospital (MOH) aprovou este mês, através do “Programa Operacional Temático Valorização do Território” (POVT), e que foi financiada em 85 por cento.

A introdução da iluminação LED no centro da cidade vai gerar uma redução de energia em 55.516,50kWh/ano, o que traduz uma poupança anual na fatura energética de 7.287,82 euros.

Note-se que em 2014, o Município de Oliveira do Hospital conseguiu reduzir em cerca de 92.000 euros a sua fatura energética, através da implementação do Programa de Eficiência Energética (PEF), que está a trazer resultados muito positivos, prevendo-se que, com as medidas implementadas em 2014, a poupança anual estimada possa ser superior a 100 mil euros.

A aprovação desta candidatura pelo município encontra-se alinhada com as orientações do Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética e estratégias da Agenda Regional e a implementação do projeto promove a melhoria da eficiência energética no consumo de eletricidade, com benefícios económicos, ambientais e sociais.

Com esta intervenção, e numa primeira fase, os LED vão ser instalados em mais de 140 luminárias públicas, localizadas no Largo Ribeiro do Amaral, R. do Colégio, R. Professor Doutor Antunes Varela, R. Aurélio Amaro Dinis e R. Professor Doutor António Ribeiro Garcia de Vasconcelos.

 

Rádio Boa Nova recebe visita de utentes da Quinta de São José

Um grupo de utentes do lar residencial sénior Quinta de São José, localizado no Senhor das Almas, no concelho de Oliveira do Hospital está hoje de visita aos estúdios da Rádio Boa Nova.

Acompanhados pela diretora técnica, Margarida Saraiva, os utentes participam nesta altura no programa "Nós as Mulheres", conduzido por Natália Novais, que está a ser transmitido em direto através do 100.2 FM e emissão online.

Com a visita que, acontece no âmbito do Dia Mundial da Rádio, que se comemorou no passado dia 13 de fevereiro, os utentes da Quinta de São José pretendem conhecer de perto o normal funcionamento da Rádio Boa Nova.

Detidos autores de assalto a ourivesaria em Alvaiázere

 A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou três suspeitos, dois homens e uma mulher, e procedeu à detenção de um deles, pela presumível prática de um crime de roubo, perpetrado com recurso a uma arma de fogo.


Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ informa que o caso remonta a agosto de 2013, altura em que um jovem casal entrou numa ourivesaria onde tinha estado na véspera, na localidade de Cabaços, Alvaiázere, e pediu que lhe fossem exibidas algumas peças em ouro. Quando foram colocados sobre o balcão alguns expositores o elemento masculino sacou uma pistola do bolso e, sob ameaça, subtraiu os objetos em ouro.

 Na posse do ouro, o casal correu em direção a um veículo, da marca Audi, que ostentava matrícula falsa, ao volante do qual os aguardava um terceiro comparticipante, que arrancou a grande velocidade. Nas diligências de prova realizadas foram encontrados e apreendidos alguns artigos relacionados com os factos em investigação.

 O detido, de 20 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e  aplicação das medidas de coação tidas como adequadas.

O segundo elemento masculino do grupo, com a mesma idade, encontra-se sujeito à medida de coação de obrigação de permanência na habitação com vigilância eletrónica, no âmbito de uma outra investigação.

Concurso Gastronómico premiou melhores doces e salgados

Outro ponto alto da 24.ª Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital foi o Concurso Gastronómico “Com Queijo Serra da Estrela” que tem vindo a suscitar cada vez mais interesse por parte do público. Na tarde de sábado foram muitos os visitantes que, na tenda de eventos, assistiram à avaliação das iguarias por parte do júri que levou em conta critérios como degustação, apresentação, originalidade da recolha ou da receita e viabilidade da sua produção empresarial.

Na categoria salgados foram cinco os pratos apresentados a concurso tendo sido atribuídos prémios aos seguintes: “Cajado do Pastor” apresentado pela turma 11.º G do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (1.º lugar, 100 euros); “Trouxinhas de Queijo Serra da Estrela DOP e Chouriço” do 10.º H do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (2.º lugar, 75 euros); e “Rolinhos do Alva” de Patrícia Moreirinhas (3.º lugar, 50 euros).

Na categoria dos doces, apresentaram-se a concurso onze iguarias e a escolha do júri para os três melhores recaiu em: “Gamelitas de Requeijão Serra da Estrela DOP, Castanhas e Doce de Abóbora” do Hotel Rural "Quinta da Geia" | Restaurante João Brandão (1.º lugar, 100 euros); “Miminhos da Obra” apresentados pela Obra D. Josefina da Fonseca (2.º lugar, 75 euros) e “Choux Recheados com Queijo Serra da Estrela DOP” de Sandra Cristina Tavares Almeida (3.º lugar, 50 euros).

O Concurso Gastronómico “Com Queijo Serra da Estrela” para além de dar a conhecer diferentes iguarias, doces e salgadas, confecionadas com queijo Serra da Estrela e seus derivados, procura incentivar a inovação e o empreendedorismo para a eventual criação de um produto de referência, associado ao concelho de Oliveira do Hospital, onde será produzido e comercializado.

Oliveira do Hospital fez o maior requeijão do mundo  

Oliveira do Hospital foi palco, na tarde de domingo, da preparação do maior requeijão Serra da Estrela do mundo. Aconteceu no âmbito da 24ª Festa do Queijo Serra da Estrela, atingindo o peso final de 54,250 quilos. O recorde vai ser enviado para o Guinness World Records para que possa constar no livro dos maiores recordes do mundo, como era ambição do município.

 

O processo envolveu várias queijeiras do concelho que, ao início da tarde de domingo, iniciaram o processo de confeção do maior requeijão do mundo a partir do soro do leite de ovelha. Em simultâneo foi também confecionado um saboroso doce de abóbora com recurso a 60 quilos de abóbora e 40 quilos de açúcar. No final da tarde, o requeijão e o doce de abóbora, acompanhados pela broa de milho foram servidos no Largo Ribeiro do Amaral, quando ainda decorria o programa da TVI “Somos Portugal”.

'Bónus' no IRS em 78 autarquias do país

A entrega de IRS começa este domingo e dura até ao final de maio. Este ano, perto de 78 autarquias decidiram compensar os cidadãos em sede de IRS.


O Governo estabeleceu que este ano as taxas de IRS cobradas se manteriam em máximos e as deduções fiscais em mínimos. Porém, para compensar os contribuintes, 78 autarquias decidiram este ano compensar o efeito da elevada carga fiscal, dando um desconto no IRS aos seus residentes. A notícia é avançada pelo Jornal de Negócios, que, citando dados da Autoridade Tributária e Aduaneira, explica que na prática os municípios irão prescindir de parte do IRS a favor dos contribuintes. Apesar de serem 78 as autarquias a implementar esta medida, um valor que representa cerca de 25% do total, sendo que, apesar de Lisboa figurar neste restrito conjunto de municípios, serão as autarquias de menor dimensão que mais peso têm no total. A título da capital, um contribuinte com sede fiscal em Lisboa terá direito a uma devolução de 2,5% do seu IRS, sendo que Cascais e Amadora devolvem 1,3% e 1,2%, respetivamente.

Em Oliveira do Hospital, a opção foi de manter a taxa de IRS no valor máximo de cinco por cento, sugnificando um encaixe de 400 mil Euros nas contas municipais.


Com:noticiasaominuto.com

Oliveira do Hospital “está na moda” e promove-se na BTL até 1 de março

O município de Oliveira do Hospital está desde ontem, 25 de fevereiro, presente na BTL – Feira Internacional de Turismo que se realiza na FIL, em Lisboa, até ao dia 1 de março.


Juntamente com os municípios de Tábua, Góis e Arganil, o município oliveirense marca presença no stand da Beira Serra, da ADIBER, tendo ontem participado numa ação conjunta de promoção de toda a região. Em direto para a Rádio Boa Nova, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital revelou-se satisfeito por mias uma participação do município no certame, onde dá a conhecer as potencialidades turísticas do concelho e dirige aos visitantes o convite “Venha e Descubra Oliveira do Hospital”.

Por ocasião da abertura da BTL, José Carlos Alexandrino valorizou a importância da “supramunicipalidade”, defendendo por isso uma cada vez maior articulação entre os municípios da região da Beira Serra.

De saída de um fim de semana que se revelou num sucesso pela enchente que acorreu à Festa do Queijo, o autarca entende ser aquela a prova de que Oliveira do Hospital é um concelho “in” e que “está na moda”.

Num certame de base turística, o autarca não fecha os olhos ao constrangimento que decorre da inexistência de um hotel no concelho. Mostrou-se, porém, confiante na criação de uma “plataforma de entendimento” que coloque termo ao impasse em torno do Hotel da cidade. Do mesmo modo, Alexandrino disse depositar grandes expectativas na abertura da Estalagem de Santa Bárbara e do empreendimento turístico das Caldas de S. Paulo. Em nome da “supramunicipalidade”, o presidente da autarquia oliveirense entende que não será por falta de hotel da cidade que Oliveira do Hospital deixa de ter condições para acolher os visitantes, porque o concelho não está fechado e os turistas podem ficar alojados em unidades da região.

Foto: José Conde

IPSS  atentas aos novos apoios comunitários

Representantes das várias Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho de Oliveira do Hospital participaram, ontem à tarde, num workshop alusivo aos desafios estratégicos da economia social para o período 2014-2020.


A iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital , com o apoio técnico da Índice Consultores.

Na abertura do encontro, o vice-presidente da Câmara Municipal e vereador da ação social do município, José Francisco Rolo destacou a pertinência do workshop porque as IPSS “não podem estagnar” e devem “estar atentas aos novos desafios e constrangimentos que decorrem do novo quadro comunitário de apoio”.

Na ocasião, o responsável traçou um olhar positivo sobre o setor social concelhio. José Francisco Rolo fala de um setor “altamente qualificado “ e de uma “rede social de excelência com serviço de qualidade”. 

Acidente em sucateira provocou ferido grave em Santa Comba Dão

Um homem de 28 anos ficou, ontem à tarde, gravemente ferido na sequência de um acidente de trabalho na Zona Industrial da Catraia, em Santa Comba Dão.


O alerta foi dado às 15h00 e, segundo informações adiantadas pelo segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão, António Pedro, a vítima “residia no concelho de Tondela e era o proprietário da sucateira” onde ocorreu o acidente, informa o Diário de Viseu, na sua edição online.

Depois de estabilizada no local, a vítima foi helitransportada para os Hospitais da Universidade de Coimbra.

Detidos por furtos em Montemor-o-Velho e Figueira da Foz

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, deteve ontem, pelas 14h00, na localidade de Montemor-o-Velho, dois indivíduos do sexo masculino, de 29 e 35 anos de idade, pelo crime de furto em interior de estabelecimento.


Os furtos ocorreram em duas superfícies comerciais de Montemor-o-Velho e Figueira da Foz, tendo sido recuperado diversos artigos de cosmética, garrafas de whisky, entre outros, no valor aproximado de 800 Euros.

Os detidos foram hoje presentes a Tribunal primeiro interrogatório judicial

Mais de 40 confrarias passaram por O. Hospital no último fim de semana

Oliveira do Hospital, recebeu no passado fim de semana 43 confrarias, das quais, seis espanholas e uma italiana. Defensoras de património gastronómico e cultural das regiões onde estão inseridas, as confrarias são presença assídua na Feira do Queijo de Oliveira do Hospital.

A receção às confrarias acontece no âmbito do Capítulo da Confraria do Queijo Serra da Estrela, com sede em Oliveira do Hospital, que reserva para esta data a realização daquela cerimónia.

Na sessão solene que teve lugar, ao final da tarde de sábado, na Casa da Cultura César Oliveira, Pedro Couceiro, Grande conselheiro da Confraria do Queijo Serra da Estrela registou o “número razoável e emblemático” de confrarias presentes. Destacou em particular as confrarias do Cão Serra da Estrela, Ovelhã, Medronho, Bolo Podre, Bucho Raiano e as confrarias concelhias do Torresmo Beirão e dos Doces e Licores de Ervedal da Beira “que merecem o nosso respeito”. Uma “panóplia de confrarias portuguesas”, entre as quais sobressaem, por exemplo as confrarias da Chanfana e do Bucho que “são visita recorrente” em Oliveira do Hospital. A dar igualmente conta da presença de confrarias mais recentes, Pedro Couceiro destacou a participação, pela primeira vez, da confraria italiana Pegado Salame di Verzi, que “fez o favor de se deslocar a Oliveira do Hospital”. Das seis confrarias espanholas presentes, destaque para a Confraria do Queijo Manchego - produzido na região da Mancha com leite de raça manchega, também coalhado com a flor do cardo - e cujo protocolo de geminação, assinado em 2013, foi retificado no decorrer da sessão.

Sem lugar a entronizações, o 26º Capítulo da Confraria contemplou a realização do debate “Viajar com o Queijo Serra da Estrela”, terminando com o habitual banquete na Pousada do Convento do Desagravo.

Carro ardeu após despiste junto ao IC6

Uma jovem de 26 anos ficou ligeiramente ferida num despiste de automóvel ocorrido ontem, às 8h40, numa estrada municipal, paralela ao IC-6, em S. Pedro de Alva, concelho de Penacova.


De acordo com a edição online do Diário de Coimbra, o Toyota Yaris precipitou-se no talude da estrada, com cerca de três metros de altura e capotou na valeta do IC-6, incendiando-se de seguida. A viatura ficou destruída pelas chamas.

Foto: dc.pt

Oliveira do Hospital marca presença na BTL com ação promocional

Oliveira do Hospital volta a marcar presença na BTL – Feira Internacional de Turismo, que se realiza até dia 1 de março na Feira Internacional de Lisboa (FIL). Tal como em anos anteriores, a Câmara Municipal concretiza uma nova aposta na divulgação do seu potencial e produtos turísticos, através de ações de promoção do concelho, e dirige aos visitantes o convite “Venha e Descubra Oliveira do Hospital”.


No próximo sábado, 28 de fevereiro, será realizada uma ação de promoção do Município de Oliveira do Hospital no Espaço Beira Serra localizado no pavilhão 2, stand A10. Pelas 15h00 horas, as atenções estarão centradas no concelho de Oliveira do Hospital que irá promover o convite “Venha e Descubra Oliveira do Hospital” com a projeção de três filmes, o alojamento turístico do concelho de Oliveira do Hospital e a degustação do Queijo Serra da Estrela e outros Produtos Locais de Qualidade. A ação promocional recairá também na divulgação das Rotas Temáticas Turísticas: Património Monumental; Rota das Levadas em Alvôco das Várzeas; e Turismo de Natureza e Ambiental.

No Espaço Beira Serra, esta ação promocional será ainda aproveitada para apresentar e divulgar a oferta turística, de alojamento e grandes eventos a realizar ao longo deste ano.

Durante os cinco dias de realização da Feira Internacional de Turismo, de 25 de fevereiro a 1 de março, Oliveira do Hospital estará representada no Espaço Beira Serra numa ação conjunta da ADIBER e dos quatro municípios que a integram – Arganil, Góis, Oliveira do Hospital e Tábua – com o objetivo de divulgar e promover o potencial e os produtos turísticos da Região da Beira Serra e de a consolidar como um destino turístico de referência e de qualidade no contexto nacional.

Ao longo dos vários dias em que decorrerá o certame, serão dinamizadas ações de promoção específicas de cada município com momentos dedicados à mostra e degustação de produtos locais e complementados pela animação cultural. Além disso, os visitantes encontrarão uma vasta informação e material de promoção sobre as unidades de alojamento e de restauração, bem como do património turístico, arquitetónico, histórico e paisagístico.

Turismo do Centro dispensa 26 trabalhadores e tenta transferência para as Câmaras

A Turismo do Centro vai dispensar 26 trabalhadores dos postos municipais de turismo, tendo o seu presidente, Pedro Machado, afirmado que está a ser negociada a transferência destes funcionários para as autarquias.


Pedro Machado disse à agência Lusa que os trabalhadores em causa deverão passar para o regime de Requalificação (que em 2013 substituiu o quadro da Mobilidade Especial), ao abrigo de "um projeto de reestruturação homologado pelo secretário de Estado do Turismo", Adolfo Mesquita Nunes, em outubro passado.

A notícia foi avançada  pela Centro TV, que divulgou declarações de Pedro Machado a confirmar a medida na deslocação que fez no passado fim de semana a Oliveira do Hospital. O presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro disse à Lusa que este organismo "quer respeitar o seu programa de reestruturação, de acordo com o que lhe é imposto pela lei". "O processo de mobilidade deverá estar concluído no primeiro semestre deste ano", adiantou. A Turismo do Centro quer "assegurar ao máximo os direitos dos trabalhadores" abrangidos e está a negociar o seu eventual acolhimento pelos municípios.

 

Despiste causou um morto e cortou o trânsito na A25 durante nove horas

O despiste de um veículo pesado na autoestrada A25 (Aveiro/Vilar Formoso), ocorrido ao final da tarde de ontem, nas proximidades de Fornos de Algodres, causou um morto. Trânsito esteve cortado durante nove horas.

 

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o acidente ocorreu pelas 18.20 horas, no troço compreendido entre os nós de Fornos de Algodres e de Celorico da Beira, no distrito da Guarda.

O veículo pesado de mercadorias transportava rolos de madeira e circulava no sentido Celorico da Beira/Fornos de Algodres quando entrou em despiste. Do acidente resultou a morte do condutor, o único ocupante da viatura.

O trânsito esteve cortado mais de nove horas. De acordo com uma fonte da GNR, o troço da autoestrada que esteve interrompido entre os nós de Fornos de Algodres e de Celorico da Beira, no distrito da Guarda, foi reaberto pelas 5.30 horas. As causas do acidente estão a ser investigadas pela equipa do Núcleo de Investigação de Crimes de Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito da GNR da Guarda. No local do acidente estiveram, entre outros meios, os bombeiros voluntários de Celorico da Beira e de Fornos de Algodres com seis viaturas e 15 elementos.

com:lusa.pt

Detido suspeito de furtos na zona de Coimbra

Um homem de 39 anos, desempregado, foi ontem detido e constituído arguido por suspeita de vários furtos em Coimbra e concelhos limítrofes.

 

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o comando territorial da GNR de Coimbra, informa que aquele foi o resultado de duas buscas domiciliárias realizadas no âmbito de um inquérito por furtos no interior de residências.

No decorrer da operação foi apreendido diverso material proveniente dos furtos, nomeadamente, dois computadores portáteis, dois serviços de loiça, uma aparelhagem de som, diversos quadros e uma arma branca.

 

.

XI Seia Jazz & Blues de 18 a 22 de março na Casa da Cultura

Monica Ferraz, em versão jazzistica será uma das atrações da XI edição do Seia Jazz & Blues que decorre em Seia, de 18 a 22 de Março.

 

A ex-vocalista dos Mesa subirá ao palco da Casa da Cultura de Seia no sábado dia 21 de Março, para proporcionar ao público do festival um concerto diferente, correspondendo ao um desafio que já não é novo para a contora conhecida por temas como ‘Go Go Go’, ‘Golden Days’ e ‘Have a Seat’, líderes de airplay nas rádios nacionais e em programas de televisão como o Blue Top, da MTV Portugal. No dia anterior, sexta-feira será a vez de André Indiana Blues Band. Na quinta-feira dia 19, o palco será da Big Band da Escola Profissional da Serra da Estrela, um projecto que nasce no âmbito da disciplina de “Projectos Colectivos de Improvisação” do Curso Profissional de Instrumentistas de Sopro e Percussão da Escola Profissional da Serra da Estrela, em Seia. Esta formação, orientada por Helder Abreu irá deslocar-se a várias escolas do concelho no primeiro dia do festival, para levar o jazz a cerca de 300 crianças, numa iniciativa integrada na rúbrica agora designada “Escolas com Jazz”. No âmbito do festival, será ainda exibido Whisplash – Nos Limites, filme de Damien Chazelle. O Seia Jazz & Blues, é um dos eventos “ancora” do município de Seia, por onde têm passado grandes nomes do jazz e do blues e que este ano se apresenta dentro de uma linha de forte contenção orçamental. 

Financiamento “quase certo” para remodelação do quartel de bombeiros de Lagares da Beira

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira tem praticamente garantido o financiamento comunitário para as obras de ampliação e remodelação das suas instalações, orçamentadas em 262 mil Euros.

 

A boa notícia foi dada, no sábado, pelo secretário de Estado da Administração interna, João Almeida que, de visita a Oliveira do Hospital, onde inaugurou a 24ª Festa do Queijo Serra da Estrela, fez questão de se deslocar ao quartel de bombeiros de Lagares da Beira. Aguardado com muita expectativa pela direção e comando dos bombeiros, responsáveis autárquicos e pelo próprio presidente da Liga de Bombeiros Portugueses, Jaime Soares, o secretário de Estado deu conta do parecer positivo saído da secretaria geral da Administração interna e recomendação da aprovação da candidatura ao POVT. “Certamente que irá acontecer”, disse o governante.

A corresponder aos anseios da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, o secretário de Estado explicou não estar a dar nada que lhe pertença, mas antes a “ cumprir as funções públicas”, pelo que “os agradecimentos se devem a quem teve iniciativa e criou condições para que o projeto fosse viável”.

Ao financiamento quase certo de 85 por cento, junta-se a comparticipação municipal dos restantes 15 por cento. Um princípio que, segundo o presidente da autarquia decorre daquilo que vem sendo a postura do município com os dois corpos de bombeiros do concelho, porque para si “não filhos, nem enteados”. “O que aplicamos em Oliveira do Hospital, aplicamos em Lagares da Beira”, referiu José Carlos Alexandrino recordando que igual comparticipação foi canalizada para a corporação da cidade no projeto das garagens. Informou ainda que, no que respeita à aquisição de viaturas, sempre que existe financiamento comunitário, o município suporta o encargo restante, para que as corporações não gastem dinheiro.

 Satisfeito pelo bom prenúncio da visita do secretário de Estado às instalações da corporação, António Gonçalves, presidente da direção disse que a corporação merece que "seja bafejada pela sorte". 

Centro de Portugal apresenta nova identidade visual na BTL

Esta marcada para amanhã, 25 de fevereiro, pelas 12h30, a apresentação pública da nova identidade visual da marca Centro de Portugal, no stand “Centro de Portugal”, na Feira Internacional de Turismo de Lisboa – BTL 2015, com a presença do Ministro Adjunto e ​do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro.

 

A BTL é o ponto de encontro do setor profissional e o momento em que os destinos turísticos apresentam novos produtos/ofertas ao mercado. A presente edição da feira reveste-se de particular importância para o Centro de Portugal uma vez que marca o início da nova abordagem comunicacional assente num conceito integrador dos diferentes ativos da marca. Neste contexto, a arquitetura do stand, o grafismo e decoração, assim como a dinâmica de gestão do espaço centra-se na nova identidade corporativa dando protagonismo à marca.

A TCP aposta mais uma vez na parceria com os agentes do setor que operam no território regional. O stand Centro de Portugal, com 540m2, dispõe de 17 módulos de negócio, balcão CIM (Comunidades Intermunicipais), balcão TCP, área de degustação e provas vínicas, espaço para apresentações e ações diversas de animação, área de reuniões com operadores turísticos internacionais e área de reuniões para apoio ao investimento/investidor.

Para além das ações de animação programadas para os cinco dias da feira, a TCP garante a oferta de mais de 1000 prémios/vouchers disponíveis em 9 categorias (alojamento, feiras e festivais, atividades náuticas, atividades natureza, merchandising, gastronomia e vinhos, atividades culturais, passeios urbanos, saúde e bem-estar), através dos sorteios na “Voucher Machine” colocada no stand TCP.  

 

Portugal dos Pequenitos constrói novos monumentos

O Portugal dos Pequenitos, em Coimbra, celebra 75 anos este ano e tem com o objetivo acrescentar novos monumentos ao parque 50 anos depois da última intervenção, disse a direção da Fundação Bissaya Barreto.


A escolha dos monumentos ainda está a ser estudada, sendo o objetivo replicar edifícios portugueses pós-década de 1960, altura da última intervenção no Portugal dos Pequenitos, sublinhou, acrescentando que está também prevista a introdução de mais casas regionais.

Para além da criação de novos monumentos, que vai representar "mais de um terço do que já está edificado", a Fundação Bissaya Barreto pretende lançar "novos conteúdos e novas abordagens".

Respeitando a filosofia do parque, que se afirma "como projeto lúdico-pedagógico", pode haver "a introdução de alguma tecnologia" durante a reforma dos conteúdos pedagógicos, bem como a aposta nos audioguias.

com:noticiasaominuto.com

Condutores do cortejo da Queima de Coimbra podem ter de fazer testes de alcoolemia

A Associação Académica de Coimbra e a Câmara de Coimbra ponderam promover a realização de testes de alcoolemia entre os condutores dos carros alegóricos do cortejo da Queima das Fitas deste ano.


Os testes de alcoolemia poderão ser feitos "no início ou no final" do Cortejo da Queima das Fitas, avançou André Gomes, secretário-geral da Comissão Organizadora da Queima das Fitas 2015, após uma reunião com a Câmara de Coimbra, em que este assunto foi discutido. Para evitar incidentes com condutores alcoolizados, estes também podem ser "sensibilizados" previamente, bem como as comissões de cada carro alegórico, afirmou André Gomes. As noites no parque da Queima das Fitas vão-se realizar entre 8 e 15 de maio e a apresentação oficial do programa cultural e desportivo vai decorrer a 25 de março. O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, afirmou que esta reunião preliminar permitiu "tratar atempadamente" diferentes aspetos relacionados com a Queima das Fitas, de modo a que haja uma "boa relação entre a academia e a cidade".

com:jn.pt

Oliveira do Hospital homenageou PME Excelência (Atualizada)

Em fim de semana de festa para o concelho, o município de Oliveira do Hospital prestou homenagem às empresas que, recentemente, foram objeto de distinção pelo IAPMEI com o estatuto de PME Excelência.

            No conjunto foram sete as empresas que viram o seu mérito reconhecido pela Câmara Municipal. Amol – Armazéns de Mercearias Oliveirense, Lda (proprietária dos IG Supermercados), CIP – Construção SA, Salsicharia Beira Serra Lda, Marserra Alimentar Lda, Queijos Lagos – Derivados, Lda, Serração Paletes de Madeira Henriques, Lda são as empresas com sede social no concelho que, devido aos bons resultados  alcançados, mereceram o reconhecimento da autarquia, que não deixou de fora a empresa SEILIMP – Produtos de Higiene e Limpeza que, pese embora a forte implementação no concelho oliveirense, tem sede social no vizinho concelho de Seia.

            Através da homenagem que prestou às sete empresas PME Excelência, o município fez um reconhecimento a todos os empresários do concelho que, o presidente da Câmara considera “heróis” por, ao longo dos anos, fazerem “um trabalho fantástico”. “Estes homens e estas mulheres têm sido capazes de resistir à crise e fazer com que Oliveira do Hospital tenha uma média de desemprego inferior à média nacional”, registou José Carlos Alexandrino, notando que “tomara o país ter uma média desemprego de 9,7 por cento”. Grato pela ação dos empresários que “ajudaram a construir o passado e o presente”, o autarca está certo de que “Oliveira do Hospital irá ter futuro, porque tem pessoas com iniciativa empresarial”.

            Em nome dos empresários distinguidos, Luís Lagos registou as dificuldades que se abatem sobre a generalidade das empresas. Notou, porém, que é graças ao “mérito” de todas as empresas que “o país tem sabido sair deste conjunto de dificuldades em que caímos”. O empresário agradeceu, por isso, a homenagem feita às sete empresas.

Futebol: Nogueirense soma nova derrota, FCOH vence e sobe na tabela

A lutar pela subida, a Associação Desportiva Nogueirense somou, ontem, nova derrota na segunda fase do Campeonato Nacional de Seniores.


Em jogo frente ao Operário Lagoa, a equipa de Nogueira do Cravo perdeu por 2-0, mantendo-se no último lugar da tabela classificativa, sem qualquer ponto. A fase de subida Zona Sul é liderada pelo 1º de Dezembro.


Na luta pela manutenção, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) venceu, ontem, frente à Naval por 2-1. A equipa oliveirense subiu ao 2º lugar da tabela com 16 pontos. O Tourizense empatou a um golo frente ao Vitória de Sernache e é 5º classificado, com 13 pontos. A fase de manutenção é liderada pelo Pampilhosa, com 17 pontos. 

Campanha de Marketing no Mercado Municipal de Tábua

 O Município de Tábua promoveu ontem, no Mercado Municipal, pelos comerciantes/vendedores/produtores diretos e junto dos inúmeros clientes, o Roteiro Informativo em Bilingue (Português e Inglês) desta infraestrutura Municipal e a Agenda de Eventos de 2015, que têm como objetivo dinamizar este espaço e os produtores que aqui vendem os seus produtos. Foram ainda distribuídos pelos comerciantes sacos recicláveis com o logotipo do Mercado Municipal, no âmbito da lei da fiscalidade verde, que entrou em vigor no passado dia 15 de fevereiro.

Oliveirense bate Sampaense em S. Paio de Gramaços

O Sampaense não atravessa um momento fácil na Liga Portuguesa, e depois de duas derrotas, o conjunto de S. Paio de Gramaços procurava reencontrar o caminho dos bons resultados diante da Oliveirense.


Mas do outro lado estava um adversário que já não vencia há três jornadas, e que buscava igualmente pontos que o tranquilizassem na tabela classificativa. O jogo foi disputado até aos minutos finais, mas nos momentos decisivos a formação de Oliveira de Azeméis mostrou-se bem mais disciplinada e coletiva na forma como encontrou soluções ofensivas que lhe garantiram os pontos da vitória (80-72).

com: fpb.pt

 Workshop dirigido à Economia Social em Oliveira do Hospital

O Município de Oliveira do Hospital com o apoio técnico da Índice Consultores vai promover um workshop no âmbito das atividades da Rede Social de Oliveira do Hospital e da Ação Social do Município.


O encontro “Os Desafios Estratégicos da Economia Social para o Período 2014-2020” terá lugar na próxima quarta-feira, 25 de fevereiro, com início às 14h30 no Salão Nobre dos Paços do Município.

A dinamização desta sessão tem como objetivo prosseguir o trabalho de capacitação e de informação às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) para o acesso ao novo horizonte de oportunidades decorrentes do quadro comunitário 2020 (Portugal 2020). Refira-se que o setor da economia social terá um programa temático destinado a este setor, o Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE) que constitui uma grande oportunidade de apoio a novos projetos e intervenções.

A Economia Social no concelho de Oliveira do Hospital é um importante setor quer pelos serviços que presta às famílias no domínio da 1.ª Infância, no apoio a idosos e a pessoas portadoras de deficiência, quer pelo número de postos de trabalho que envolve cerca de 600 empregos qualificados.Temas como “Os desafios das IPSS para o período 2014-2020”; “Diversificação e eficiência energética como meio para a redução de custos nas IPSS” e “Orientações da Segurança Social para a gestão da sustentabilidade e manuais da gestão da Qualidade” estarão em cima da mesa neste workshop e serão abordados pela Índice ICT & Management, Lda. No final das apresentações haverá ainda um espaço aberto ao debate entre todos os presentes. 

Oliveira do Hospital aproveita presença de governante para reivindicar acessibilidades

Ano após ano sem resolução, a falta de acessibilidades ao concelho e à região voltou a marcar mais uma edição da Feira do Queijo de Oliveira do Hospital.


Aproveitando a presença do secretário de Estado da Administração Interna, João Almeida, no certame, o presidente da autarquia oliveirense lembrou ao governante “a injustiça” que se tem feito ao território ao não ter direito a “uma acessibilidade digna desse nome”. A referir-se, em particular ao IC6 parado no pinhal no concelho de Tábua, José Carlos Alexandrino disse ter a “impressão de que o governo nunca mostrou vontade política para resolver este problema”. Apelou, por isso a João Almeida que “conhece bem o território e tem ligações a Pomares, em Arganil” para que demonstre ao secretário de Estado das Obras Públicas que se trata de “uma injustiça”.

Convidado no certame, Manuel Machado, presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses e autarca de Coimbra solidarizou-se com José Carlos Alexandrino no que chamou de “justa reclamação” de se concluir “este pedacito de estrada”. Lembrou que “quando uma cidade se desenvolve e se afirma, todas as outras beneficiam com isso

Em Oliveira do Hospital, João Almeida não ignorou o apelo, vincando até que “não há nada melhor do que pedir a alguém de Pomares para explicar um problema de acessibilidades”. Assegurou que na discussão das prioridades, irá colocar à consideração o “problema que aqui está em causa”.

Turismo do Centro defende Grande Feira do Queijo em Lisboa e Porto (com vídeo)

A considerar a 24ª Festa do Queijo de Oliveira do Hospital uma forma de “trazer vantagens ao interior”, o presidente do Turismo do Centro de Portugal defendeu no sábado a realização de uma grande certame alusivo àquela maravilha da gastronomia portuguesa.


Na abertura da feira que, neste fim de semana, foi responsável por atrair uma enchente a Oliveira do Hospital, Pedro Machado disse haver condições para “em parceria com municípios, produtores e associações se fazer um grande evento na área metropolitana de Lisboa e Porto”, com o objetivo de “levar longe o trabalho e o esforço que aqui se fazem”. O responsável pelo Turismo do Centro de Portugal desafiou, por isso, os municípios onde se produz o Queijo Serra da Estrela DOP a “juntar as mãos” na organização de uma “grande festa do queijo”. Assegura que, se tal vier a acontecer, “trazemos mais turistas e mais valor”.

Uma ideia que OIiveira do Hospital quis colocar em prática, não sendo possível porque “outros municípios não têm o mesmo entendimento”. A não descartar a possibilidade de realização do certame conjunto em Lisboa ou no Porto, José Carlos Alexandrino assegura que OH não deixará de fazer este evento, porque “a festa é um pretexto para o concelho vender o seu património cultural e turismo de natureza”. “Poderemos fazer, mas nunca abdicaremos de fazer esta grande feira de atração das pessoas ao território”, registou.

Festa do Queijo Serra da Estrela atraiu multidão 'nunca antes vista' em Oliveira do Hospital

A cidade de Oliveira do Hospital, em geral, e o Largo Ribeiro do Amaral, em particular, foram ontem manifestamente pequenos para acolher a multidão que acorreu à 24ª Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital e Outros Produtos Locais de Qualidade, que decorreu durante o fim de semana. 


Depois de um primeiro dia francamente positivo no que à atração de visitantes diz respeito, o segundo dia do evento superou todas as expectativas ao potenciar a vinda de milhares de pessoas ao centro da cidade, tornado quase impossível a movimentação  na zona central da cidade. É que a ajudar a festa, que por si só tem a capacidade de atrair muita gente, esteve a transmissão em direto do programa da TVI “Somos Portugal” e a preparação ao vivo do maior requeijão do mundo. Ao final do dia de ontem, o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, fazia um balanço muito positivo do certame que terá sido um dos maiores já realizados no concelho. 

Com o sucesso verificado, o autarca respondia aos que criticam as opções do município, considerando ser esta a estratégia de marketing acertada para levar longe o nome de Oliveira do Hospital. 

XXVI Capítulo da Confraria do Queijo Serra da Estrela

Realiza-se por esta altura, na Casa da Cultura César Oliveira, o 26º Capítulo da Confraria do Queijo Serra da Estrela.

 

A acontecer no âmbito da 24ª Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital, a sessão conta com a participação de 43 confrarias, das quais seis espanholas e uma italiana.

Sem lugar a novas entronizações, o capítulo fica marcado pela geminação da Confraria do Queijo Serra da Estrela e a Confraria do Queijo de Manchego, de Espanha. Vai ainda ter lugar o debate "Viajar com o Queijo Serra da Estrela", seguido de banquete na Pousada do Convento do Desagravo.

Secretário de Estado visita Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira e deixa boas noticias

Bombeiro Voluntários de Lagares da Beira

Financiamento para a remodelação e ampliação do quartel no valor de 262 mil euros, praticamente aprovado, segundo palavras do Secretário de Estado da Administração Interna, João Almeida.

Covilhã candidata a cidade do Iluminismo

 A Câmara Municipal da Covilhã vai candidatar-se a cidade do Iluminismo através de proposta apresentada à Associação Internacional de Cidades e Entidades do Iluminismo (AICEI)", informou hoje a autarquia.


Em nota de imprensa, o município refere que "a ideia de fazer parte da Rota do Iluminismo surgiu pelo facto de a Covilhã ter um legado patrimonial datado do século XVIII, rico em história e memória, que retrata a biografia da formação e da economia do concelho".

A autarquia também fundamenta esta candidatura com "a relação com os mercados externos dessa época e que serviram para colocar o concelho num patamar elevado em termos de relações económico-financeiras, nacionais e internacionais, que se mantém até hoje". "Grande parte deste legado deve-se ao Marquês de Pombal, que teve um papel importante no desenvolvimento da cidade da Covilhã, essencialmente ao nível da retoma da política manufatureira, por exemplo, com a criação da Real Fábrica de Panos em 1764", é referido no comunicado.

Criada em 2001, a AICEI é uma associação sem fins lucrativos, de caráter internacional, que visa estabelecer-se como um ponto de ligação entre cidades e entidades que cresceram sob a égide dos valores materiais e imateriais do período do Iluminismo. Esta rede de cooperação e de estudo promove a valorização e a conservação do património herdado do "Século das Luzes" e a sua projeção no século XXI.

Investimento de 50 mil Euros “tem grande retorno para Oliveira do Hospital”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital conta gastar cerca de 50 mil Euros na organização da Festa do Queijo de Oliveira do Hospital.


Um valor “referência” que o município não se importa que venha a ser duplicado em próximas edições, porque “tem grande retorno para Oliveira do Hospital”.

Na apresentação da 24ª Festa do Queijo de Oliveira do Hospital, o presidente da Câmara Municipal adiantou que a organização do certame tem associado um “investimento considerável, que tem como teto 50 mil Euros”. José Carlos Alexandrino, deu o exemplo da possibilidade de mau tempo que obrigará a custos extras, de perto de 10 mil Euros com o aluguer de uma tenda, pelo que o valor final “dependerá de um conjunto de fatores”.

Pese embora as críticas em torno da despesa municipal na organização do certame que, este ano vai contar com a presença do programa da TVI “Somos Portugal” - o PSD na Assembleia Municipal exigiu maior transparência nas contas – o autarca oliveirense dá como bem empregue o investimento, garantindo que “o município está preparado para fazer este investimento, que tem um grande retorno para Oliveira do Hospital”. Referiu, por isso, não se importar de em próximas edições gastar “o dobro”. Uma realidade que “terá que ser”, visto ambicionar um certame em crescimento. “O investimento será sempre maior, porque considero o melhor evento de Oliveira do Hospital”. 

Oliveira do Hospital quer fazer “maior requeijão Serra da Estrela do mundo”

Num certame onde o Queijo Serra da Estrela é rei, grande parte das atenções vão estar centradas na produção daquele que se espera que venha a ser considerado como o “maior requeijão Serra da Estrela do mundo”. Assim vai acontecer na tarde de domingo, dia 22 de fevereiro, a partir das 14h00, em Oliveira do Hospital.


O desafio foi lançado pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital às queijeiras do concelho que, coletivamente, vão preparar a iguaria na sua versão alargada. Na antecipação à preparação do maior requeijão do mundo já são conhecidos alguns números. José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara, revelou que vão ser precisos 5oo litros de soro para produzir um requeijão com o peso final de 25 quilos. O objetivo do município é que o requeijão venha a ser reconhecido como o maior requeijão do mundo no âmbito de uma candidatura ao Guinness World Records.

Expectante no bom resultado da iniciativa, o autarca aprecia de igual modo a “união” das queijeiras do concelho na preparação do requeijão.  A par da preparação do requeijão, vai ser confecionado o doce de abóbora que juntamente com o requeijão será dado a provar a todos os visitantes da Festa do Queijo de Oliveira do Hospital.

Secretário de Estado da Administração Interna inaugura Feira do Queijo de Oliveira do Hospital

João Almeida, Secretário de Estado da Administração Interna, é esperado amanhã, dia 21 de fevereiro, na 24ª edição da Festa do Queijo de Oliveira do Hospital, que decorre até domingo no Largo Ribeiro do Amaral.


O governante do CDS-PP vai, assim, participar no ato de inauguração do certame previsto para as 11h00. João Almeida integrará a comitiva de convidados, entre os quais os autarcas da região e outras individualidades, que fará uma visita à feira para tomar contacto com os produtores do Queijo Serra da Estrela e de outros produtos locais de qualidade com lugar de destaque no certame.

Em Oliveira do Hospital, João Almeida visita ainda, pelas 15h00, as instalações dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira. 

Oliveira do Hospital promove “verdadeiro Queijo Serra da Estrela, o que não tem leite espanhol”

Oliveira do Hospital prepara-se para mais uma edição da Festa do Queijo e Outros produtos Locais de Qualidade. A acontecer já neste fim de semana, 21 e 22 de fevereiro, o certame pretende ser o maior já realizado em Oliveira do Hospital e no país.


Organizada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital com o apoio de um conjunto de parceiros, a iniciativa acontece em torno daquela que é considerada uma das sete maravilhas da gastronomia portuguesa, o Queijo Serra da Estrela. Ainda que o objetivo maior seja o de promover o concelho e levar longe o nome de Oliveira do Hospital, o certame centra-se na valorização e defesa do verdadeiro Queijo Serra da Estrela. Razão pela qual a participação no certame está vedada aos produtores industriais de queijo. José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara assegura que a feira se destina a promover o “verdadeiro queijo Serra da Estrela, o que é feito com leite de ovelha raça bordaleira e o que não tem leite espanhol”.

Destinado a promover o queijo Serra da Estrela, o certame abre igualmente as portas a outras iguarias locais como os enchidos, mel, pão, doces e licores produzidos no concelho. No conjunto serão cerca de 200 expositores, entre os quais os de artesanato do concelho e da região.

Com horário alargado, a feira que decorrerá entre o Mercado Municipal e o Largo Ribeiro do Amaral, será fortemente complementada com uma vertente cultural com a participação de grupos do concelho. Tal como em edições anteriores, na tenda de eventos decorrerão várias iniciativas, com destaque para as sessões de showcooking com Cristina Manso Petro. O chefe oliveirense João Quaresma também estará presente com a carrinha “Apetece”. Graça Silva, Vereadora da Culta, assegura estarem reservadas várias surpresas, com destaque para a presença da TVI na tarde de domingo, com o programa “Somos Portugal”.

Motivos com que a organização conta atrair nova enchente a Oliveira do Hospital. José Francisco Rolo, vice-presidente da autarquia e responsável pela área turística do concelho, adianta que o alojamento disponível no concelho, cerca de 300 camas, está praticamente lotado.

José Carlos Alexandrino (presidente CMOH)

Graça Silva (vereadora Cultura CMOH)

José Francisco Rolo (vice-presidente CMOH)

7ª Sena – Núcleo Cinéfilo de Seia apresentou-se ao público em português

O 7ª SENA - Núcleo Cinéfilo de Seia, uma iniciativa com génese na sociedade civil de Seia que visa promover o cinema de autor na região, iniciou nos passados dias 16 e 17 de fevereiro a sua actividade, com a exibição, na Casa da Cultura de Seia, do seu ciclo inaugural dedicado ao cinema português. O público não deixou de manifestar o seu apoio comparecendo em massa – cerca de 70 pessoas na primeira sessão – um número que deixa os organizadores orgulhosos e confiantes no futuro.

O recém-criado 7ª SENA - Núcleo Cinéfilo de Seia, iniciativa integrada na ARTIS e que conta com o apoio do Município através da Casa da Cultura de Seia, iniciou a sua actividade com obras de produção nacional, nomeadamente a estreia mais recente obra de Manoel de Oliveira. Fez também uma viagem ao passado artístico e icónico do realizador com o incontornável Aniki Bóbó, num retrato que, 70 anos depois, continua a fazer sorrir os mais variados públicos.

O grupo reserva nova exibição para 5 de março com mais uma obra premiada. Posteriormente, a partir de Abril, a actividade irá repetir-se às quintas-feiras, duas vezes por mês. O 7ª SENA quer inovar, sensibilizar e ajudar a mudar mentalidades, partilhando a arte cinematográfica de qualidade, dos quatro cantos do Mundo.

Greve dos funcionários não docentes encerra Escola da Ponte das Três Entradas

Cerca de 200 alunos da escola sede da Ponte das Três Entradas, no concelho de Oliveira do Hospital, ficaram hoje sem aulas devido à greve dos trabalhadores não docentes, marcada para esta sexta-feira.


A totalidade do pessoal não docente afeta àquela escola aderiu à greve, não havendo por isso condições para que a escola estivesse hoje em funcionamento. Nas restantes escolas do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital há registo de casos pontuais de adesão à greve, que não chegam a interferir no normal decorrer das atividades letivas.

A confirmar uma adesão total à greve na Escola da Ponte das Três Entradas, o diretor do Agrupamento de Escola de Oliveira do Hospital adiantou à Rádio Boa Nova que dada a falta dos assistentes operacionais, no imediato, foram acionados os autocarros para assegurar o regresso dos cerca de 200 alunos a casa.

À Rádio Boa Nova, Carlos Carvalheira não comentou a adesão à greve, notando apenas tratar-se de um “direito de cada funcionário público” e que por isso “deve ser respeitado”.

A greve desta sexta-feira já obrigou ao encerramento de centenas de escolas por todo o país. Os trabalhadores não docentes exigem a abertura de concursos para integrar funcionários que se encontram a exercer funções com caráter permanente e reclamam a valorização da carreira e da tabela salarial. Os sindicatos denunciam que, paralelamente, são recrutados funcionários sem experiência de trabalho com crianças a 3,20 euros à hora, estando o setor a ser suportado por "milhares de trabalhadores precários".

CCPOH realiza Montaria ao Javali

Encerram hoje, 20 de fevereiro, as inscrições para a Montaria ao Javali que está a ser organizada pelo Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital.


A Montaria ao javali acontece amanhã, dia 21 de fevereiro, a partir das 10h30, com concentração na Casa da Serrana, em Ervedal da Beira. As inscrições podem ser feitas através dos contactos 919442183 e 966056780

Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital dá a conhecer história concelhia

Por estes dias, na Ludoteca da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital recua-se no tempo para se ouvir a história “O Cavaleiro de Ulveira do Espital”.

A reposição desta história com recurso à dramatização com fantoches na Ludoteca vem responder às necessidades do ensino pré-escolar e do 1.º ciclo, uma vez que este é um tema que está a ser trabalhado nas salas de aula. A dramatização aborda a história local permitindo às crianças perceber a génese da cidade de Oliveira do Hospital, representando assim uma mais valia para o processo de ensino/aprendizagem dos nossos alunos. Há ainda a preocupação de incutir nos mais novos o sentido de preservação do património material e por isso, no final de cada dramatização, promove-se uma visita à Capela dos Ferreiros, monumento nacional construído no século XIV, que resistiu ao passar dos séculos. A participação nesta atividade é aberta a todas as crianças das escolas do concelho, estando sujeita a marcação prévia junto da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital. Ainda durante este mês de fevereiro, a temática do Dia dos Namorados não foi esquecida. Estão a ser preparadas histórias sobre o tema do amor e da amizade, indo ao encontro desta efeméride, para apresentar aos mais novos. Para comemorar o Carnaval foram promovidas duas oficinas de Máscaras de Carnaval na Biblioteca Municipal e na Biblioteca/Ludoteca de Lagares da Beira que tiveram a participação de cerca de quatro dezenas de crianças, entre os 6 e os 12 anos, e que tiveram oportunidade de fazer a sua própria máscara de carnaval que levaram para casa.

Nos dias 21 e 22 de fevereiro, a Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital vai marcar presença na XXIV Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital através do seu serviço educativo, com várias atividades dirigidas às crianças assentes na temática da pastorícia. A participação é aberta ao público, na tenda de eventos, durante os dois dias. Entre as atividades disponíveis destacam-se as visitas guiadas ao Ciclo do Queijo e ao Ciclo do Requeijão, as atividades plásticas de ilustração e elaboração de porta-chaves, e as exposições Ciclo da Lã e Rebanhos da Serra da Estrela.

Durante o mês de janeiro, 555 crianças assistiram e participaram nas atividades promovidas pela Ludoteca da Biblioteca Municipal, acompanhadas por 72 adultos. As atividades preparadas foram ainda dinamizadas no Centro Escolar de Nogueira do Cravo para 280 crianças, e na Biblioteca/Ludoteca de Lagares da Beira para sete dezenas de crianças.

Autarcas de Oliveira do Hospital contra atuação dos madeireiros

O trabalho realizado pelos madeireiros, nesta altura do ano, está a prejudicar as juntas de freguesia de Oliveira do Hospital e o próprio município.

A denúncia foi feita na última reunião da Assembleia Municipal por alguns autarcas que ali deram conta dos prejuízos decorrentes da prática daquela atividade, nomeadamente os estragos dos caminhos florestais, e cujos arranjos têm que ser suportados pelas autarquias.


A comungar das preocupações dos presidentes de Junta, o presidente da Câmara Municipal criticou de igual modo a atuação dos madeireiros, considerando injusto que quer as juntas, quer o município tenham que “repor aquilo que eles lucram destruindo aquilo que é um bem público”.

Sem que haja legislação que proteja as juntas e o município, José Carlos Alexandrino disse já terem sido tomadas medidas, como a de colocação de sinais de proibição de trânsito a veículos pesados, cabendo agora à GNR fiscalizar.

“É uma dor de alma o lucro fácil”, disse ainda o autarca, falando porém do caso de madeireiros que, quando sensibilizados para os estragos causados, requalificaram alguns caminhos no concelho. “Não são todos iguais”, frisou.

200 operários em vigília reclamam mais de três milhões de euros

Começou esta quinta-feira, em Seia, o que poderá vir a ser uma vigília por tempo indeterminado. Mais de 200 antigos trabalhadores da empresa Beiralã reclamam à porta da empresa o pagamento de uma dívida global de salários e indemnizações superior a três milhões de euros.


" Só saímos daqui quando a administração der uma resposta", afiançou  o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Têxteis da Beira Alta, Carlos João. " Apesar da forte presença da GNR voltamos a estar aqui amanhã para reclamar os direitos destas pessoas", acrescentou o sindicalista.

Recorde-se que a Beiralã, hoje designada por "Tecswin" com dezena e meia de pessoas ao serviço, entrou em processo de insolvência há sete anos, sendo que na altura, a pretexto de reintegrar 150 operários, acordou com os restantes o pagamento de salários em atraso e indemnizações ao longo de seis anos. Volvido este tempo, a administração da Têxtil não só não readmitiu o número de pessoas que prometeu como também não pagou o que havido sido estabelecido.

jn.pt

 Petizes e traquinas encontram-se no Estádio Municipal de  Oliveira do Hospital

No próximo sábado, 21 de fevereiro, a partir das 14h30 realiza-se em Oliveira do Hospital, o Encontro de Petizes e Traquinas, em futebol. O local do encontro é o Estádio Municipal de Oliveira do Hospital.


A iniciativa é organizada pela Associação de Futebol de Coimbra e o Futebol Clube de Oliveira do Hospital.

 

Sampaense recebe a Oliveirense na 16ª jornada da LPB

Depois da derrota frente à Ovarense, o Sampaense Basket prepara-se para receber a Oliveirense, em jogo da 16ª jornada da Liga Portuguesa de Basquetebol.

O jogo acontece na tarde de sábado, 21 de fevereiro, a partir das 15h30, no pavilhão Serafim Marques, em S.Paio de Gramaços.

O sampaense Basket apresenta-se na 16ª jornada na 10ª posição, com 19 pontos. A Oliveirense é 7ª classificada, com 22 pontos. O VII Campeonato da Liga Portuguesa de Basquetebol é liderado pelo SL Benfica, com 19 pontos.

Cinquenta pessoas invadiram instalações do Novo Banco em Coimbra

Mais de 50 pessoas invadiram hoje, às 11h30, as instalações do Novo Banco, na baixa de Coimbra, e exigiram o dinheiro investido em papel comercial do Banco Espírito Santo (BES).


Os manifestantes concentraram-se inicialmente junto às instalações do Banco de Portugal, também em Coimbra, e marcharam depois para o Novo Banco. A invasão foi pacífica e os manifestantes gritavam, entre outras palavras de ordem, "Queremos o nosso dinheiro". A 03 de agosto de 2014, o Banco de Portugal tomou o controlo do BES, após a apresentação de prejuízos semestrais de 3,6 mil milhões de euros, e anunciou a separação da instituição em duas entidades: o chamado banco mau (um veículo que mantém o nome BES e que concentra os ativos e passivos tóxicos do BES, assim como os acionistas) e o banco de transição que foi designado Novo Banco.

noticiasaominuto.com

Município de Oliveira do Hospital e ADIBER apresentaram candidatura ao DLBC Urbano

O Município de Oliveira do Hospital e a ADIBER apresentaram uma candidatura ao instrumento de Desenvolvimento Local de Base Comunitária, vertente Urbano, que abrange o território da União de Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços”.


Em reunião do Conselho de Parceiros do DLBC Urbano de Oliveira do Hospital,  realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal, o vice-presidente da autarquia disseque a candidatura “abre uma potencial fonte complementar de financiamento para investimentos no espaço urbano de Oliveira do Hospital”. Para o efeito, José Francisco Rolo valoriza “vasta parceria” que foi conseguida sendo que “com o programa a ser aprovado e a respetiva dotação financeira, as entidades poderão efetuar candidaturas para realizar projetos que sejam elegíveis”.

Na reunião foi proposta “uma estratégia para que a tutela credencie uma parceria para gerir este programa na unidade territorial de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços”. Esta entidade gestora, GAL ADIBER – Oliveira do Hospital IIESS – 2020, congrega 22 entidades representativas da diversidade económica e social do território, entre autarquias locais, organismos estatais, associações recreativas, culturais e desportivas, e estabelecimentos de ensino. Os objetivos estratégicos passam por promover uma cidade inclusiva; aumentar o grau de empregabilidade e diversificar competências; promover a redução da pobreza e combater a exclusão social; qualificar e integrar as áreas urbanas vulneráveis, promovendo a inclusão social e a coesão territorial. Na Beira Serra, Oliveira do Hospital é o único território que pode candidatar-se ao DLBC Urbano. No distrito de Coimbra há apenas mais três cidades nestas condições. José Carlos Alexandrino entende que o município “não pode perder esta oportunidade”, pelo que desafia as entidades presentes a prepararem-se “porque haverá outros programas temáticos” a que poderão aceder. O autarca adiantou ainda que o Município e a CIM Região de Coimbra irão disponibilizar meios de apoio às diversas entidades para elaboração e apresentação de candidaturas aos novos fundos comunitários.

Queijeira vai ter monumento de homenagem em Oliveira do Hospital

A imagem da queijeira vai ser perpetuada em Oliveira do Hospital. A maquete do futuro monumento de homenagem à queijeira pode ser vista no decorrer da próxima Festa do Queijo de Oliveira do Hospital. A inauguração está prevista para o certame de 2016.


Da autoria de Manuel Machado, a maquete foi dada a conhecer em conferência de imprensa de apresentação do programa da Festa do Queijo. Vencedor do concurso de ideias lançado em 2014 pelo município oliveirense, o artista disse ter procurado elaborar uma peça que “evidencia a figura feminina”. O objetivo é que, num primeiro olhar, “se perceba que se trata de uma queijeira”. A peça retrata a queijeira, uma francela, o queijo e a panela que apara o soro. Manuel Machado idealiza um monumento feito com recurso a pedra e aço e que assentará numa base de betão.

 

A mostrar pela primeira vez a peça, o presidente da Câmara Municipal apreciou o trabalho de Manuel Machado, notando porém não estar ainda decidido o local onde vai ser colocado o monumento, com a certeza de que será numa rotunda do concelho. José Carlos Alexandrino adiantou, contudo, que a inauguração deverá acontecer na Festa do Queijo do próximo ano, altura em que acontece a 25ª edição do certame.

Hoje é dia de leitura das tradicionais deixas em Lagares da Beira

Depois do desfile de carnaval que ontem arrastou uma multidão a Lagares da Beira, hoje todas as atenções se centram na leitura das tradicionais deixas.


Da autoria de populares da freguesia que depositam as “deixas” nas caixas espalhadas por vário espaços da localidade, as mensagens revestem-se de efeito surpresa, sendo a sua leitura esperada na quarta feira de carnaval por um vasto grupo de populares que participa na cerimónia de enterro do entrudo.

Por, habitualmente, visar ainda que anonimamente sobre populares da freguesia, a leitura das tradicionais deixas chega a revestir-se de alguma polémica, havendo até registo de denúncias em tribunal.

O momento reservado para a noite desta quarta-feira insere-se na programação carnavalesca organizada pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira. De acordo com Luís Alberto Cruz, o ritual da leitura das deixas conta com mais de 100 anos de tradição. Já visado nas deixas, o responsável, apelo ao espírito de brincadeira dos lagarenses, para que o momento que encerra as festividades carnavalescas decorra sem sobressaltos. 

Jovem acusa presidente da Assembleia Municipal de não o deixar falar

Assíduo nas reuniões da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, João Cruz vem através de comunicado dirigido à Rádio Boa Nova criticar o presidente daquele órgão por lhe impedir “usar da palavra, como público” e de “criticar as perguntas que queria apresentar ao presidente da Câmara”.


Depois de, no passado dia 13, em pela reunião daquele órgão ter mostrado o seu desagrado, o jovem comunista  opõe-se, na missiva, ao novo regimento da Assembleia que obriga à inscrição do público com cinco dias de antecedência. João Cruz assegura tê-lo feito três dias antes da reunião da Assembleia Municipal. Descontente com aquela obrigação. João Cruz diz não ter conhecimento de que o mesmo acontece em qualquer outro município português.

Ao ver negada a possibilidade de participar na Assembleia Municipal, o jovem adianta no comunicado que tinha intenção de questionar  José Carlos Alexandrino acerca da avaria do elevador da biblioteca municipal, funcionalidade do novo mercado, efluentes a céu aberto, entre outras matérias.

“Ficou evidente na última Assembleia que há PS a mais e ideias a menos”

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a recém empossada Comissão Política do CDS-PP lança um olhar crítico sobre a última reunião da Assembleia Municipal, onde o único deputado eleito por aquele partido viu rejeitada a proposta de redução do IMI para famílias jovens com filhos, que visava “defender a natalidade num concelho que tão martirizado tem sido pelo decrescer demográfico”.


“Foi mencionado pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal que a medida tinha de ser melhor estudada porque é necessário impor alguma justiça social, beneficiando mais quem tem menos rendimento e penalizando mais quem tem mais rendimento. Esqueceu-se, contudo, o Senhor Presidente que a justiça social no IMI já se faz na avaliação do imóvel. Desconhecimento, este, com que não contávamos da parte do Senhor Presidente”, refere a estrutura liderada por Nuno Alves.

Do mesmo modo o CDS-PP concelhio critica a “arrogância de quem possui poder a mais e vontade de contribuir para o crescimento do concelho a menos” manifestada pelo líder do PS local ao justificar o voto contra na medida “porque seria preciso estudar melhor o impacto financeiro”. “Esqueceu-se que isso era o que a nossa proposta sugeria ao executivo camarário, que estudasse e que caminhasse nesse sentido”, refere a concelhia centrista.

Para o CDS-PP oliveirense “ficou evidente na última Assembleia que há PS a mais e ideias a menos”. Deixa, por isso, a promessa de que o partido continuará a “trilhar o caminho do melhor interesse para o nosso concelho e a sua população”.

Octogenário ficou gravemente ferido em acidente em Oliveira do Hospital

Um idoso de 80 anos ficou, esta manhã, gravemente ferido na sequência de um acidente em que esteve envolvido junto ao cruzamento do Lidl, na EN17, em Oliveira do Hospital.

O acidente que ocorreu cerca das 11h00 desta quarta feira resultou do embate entre o veículo ligeiro conduzido pelo idoso e um veículo pesado. O octogenário, que teve que ser desencarcerado, foi encaminhado de urgência para o Centro Hospitalar de Coimbra dada a gravidade dos ferimentos.

Sem condições para apurar as causas do acidente, o comandante dos bombeiros voluntários de Oliveira do Hospital, Emídio Camacho, referiu à Rádio Boa Nova que o idoso já tinha dado sinais de mal estar no interior da loja Lidl. Os semáforos que habitualmente controlam o trânsito naquele cruzamento também não se encontravam a funcionar, referiu

No local estiveram duas ambulâncias, viatura de desencarceramento e o veículo de comando dos Bombeiros de Oliveira do Hospital e a SIV de Arganil.

Maioria chumbou proposta de redução de IMI em Oliveira do Hospital

O deputado do CSD-PP na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, Luís Lagos, viu chumbada na última reunião daquele órgão a proposta de redução do IMI em 10, 15 e 20 por cento a famílias com um, dois e três filhos, respetivamente.

No entender de Luís Lagos, a proposta visa mobilizar o concelho e torná-lo apetitoso por, através da medida, “ter uma taxa de natalidade acima da média nacional”. Certo do impacto que a medida venha a ter nas contas municipais, o jovem centrista na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital referiu que o mesmo “pode ser acautelado com redução e controlo da despesa municipal em outras áreas”.

Remetendo para o próximo orçamento a análise àquela proposta, o presidente da Câmara Municipal lembrou ao deputado o partido a que pertence, o CDS- PP, que enquanto partido do governo deveria"aumentar o abono de família e o complemento a idosos". Lamentou, por isso que “o que é bom para Oliveira do Hospital, não seja bom para o país, nem para o CDS-PP”.

A proposta de redução de IMI foi rejeitada com 22 votos contra, cinco abstenções e seis a favor.


Luís Lagos, deputado CDS-PP

José Carlos Alexandrino, presidente da CMOH

Dois feridos em despiste seguido de capotamento em Seixo da Beira

 Um despiste, seguido de capotamento, ocorrido junto à rotunda das “ovelhas” em Seixo da Beira provocou, ontem à noite, ferimentos aos dois ocupantes da viatura.


O alerta foi dado aos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira cerca das 22h00, tendo o socorro sido prestado por três viaturas e oito bombeiros. De acordo com António Pinto, comandante da corporação, à chegada ao local os bombeiros depararam-se com os dois ocupantes da viatura no seu exterior, sendo um deles transportado para o SAP de Oliveira do Hospital, sendo depois encaminhado para o Centro Hospitalar de Coimbra devido a ferimentos na clavícula. O segundo ocupante recusou o transporte ao serviço de urgência.

O despiste ocorreu em plena rotunda. “A viatura embateu contra um poste de eletricidade, capotou e voltou à estrada em posição inicial, mas bastante danificada”, informou António Pinto. 

Carnaval da Beira Serra mantém viva a tradição em Lagares da Beira (com vídeo)

Lagares da Beira voltou ontem a cumprir a tradição carnavalesca com mais uma edição do desfile de Carnaval da Beira Serra. Com entradas gratuitas, o desfile de Carnaval voltou a atrair muitos visitantes à freguesia, onde reinou a sátira, a boa disposição e muita animação.

Organizado pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira com o apoio da Junta de Freguesia local e  Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, o Carnaval da Beira Serra assume-se como o principal evento de Lagares da Beira, quer pelo número de pessoas que envolve na organização, quer pela multidão que anualmente acorre à localidade para "ver passar" o desfile de carnaval.

Começou este fim-de-semana a segunda fase do Campeonato Nacional de Seniores.  

Para a fase de subida, Zona Sul, o Nogueirense recebeu em casa o 1.º de Dezembro e perdeu por 2-0, numa partida onde foram notórias algumas diferenças entre clube com objectivos diferentes.

Na próxima jornada a equipa de Nogueira do Cravo desloca-se ao Operário Lagoa de S. Miguel Açores.

 

Já na fase de manutenção/descida, Série  E, o FCOH recebeu em casa o Vitória de Sernache e empatou 0-0.

Uma partida pobre e mal jogada pela equipa da casa, frente a um Sernache que mostrou ser mais organizado e com outros argumentos.

Na próxima jornada a equipa oliveirense desloca-se ao Naval 1º de Maio, que nesta jornada perdeu em Pombal por 2-1.

Já o Tourizense que recebeu e bateu em casa o Pampilhosa por 1-0 vai a Sernache.


Basquetebol:

O Sampaense deslocou-se a Ovar e encontrou o seu antigo treinador Felix Garcia, que no comando da sua nova equipa, bateu a equipa de S. Paio de Gramaços por 83-66.

O Sampaense atravessa uma fase menos boa no campeonato, mas que espera superar e já na próxima jornada onde recebe a Oliveirense. 

“Queijaria Dos Lobos” leva longe Queijo Serra da Estrela DOP


Às portas da cidade de Oliveira do Hospital, a Queijaria Dos Lobos preserva, ano após ano, o bom sabor do Queijo Serra da Estrela DOP.

Criada pela mão de António Vaz Patto, a queijaria tem dado passos importantes na produção e valorização do Queijo Serra da Estrela DOP, marcando presença em vários espaços a nível local e nacional. Com presença certa na Festa do Queijo de Oliveira do Hospital, a Queijaria dos Lobos vê no certame uma boa oportunidade para escoar um produto de qualidade reconhecida.

Depois de um Natal fraco em produção, Patrícia Miranda, responsável pela queijaria, dá conta de uma boa participação “Dos Lobos” na Feira do Queijo. Espera, contudo, que a enchente que é esperada no certame tenha correspondência direta com o volume de vendas concretizadas.

Patrícia Miranda coloca muitas reservas sobre um setor que, diariamente, luta contra uma concorrência desleal, decorrente da redução do efetivo animal e consequente diminuição dos produtores e fornecedores de leite.


(Ouça a entrevista)

“Queijaria dos Lameiras” mantém-se fiel à produção do Queijo Serra da Estrela DOP

Em Vila Franca da Beira, zona Norte do concelho de Oliveira do Hospital, a Queijaria dos Lameiras insiste na produção do verdadeiro Queijo Serra da Estrela de Denominação de Origem Protegida.De base familiar, o projeto que tem como mentora Ana Paula Lameiras tem visto o seu produto ser reconhecido pela crescente procura. Para tal, a Feira do Queijo de Oliveira do Hospital tem dado contributo importante. Razão pela qual, a produtora volta a marcar presença no certame, onde conta apresentar bom Queijo Serra da Estrela, apesar de em menor quantidade, devido à baixa de produção devido à quebra de leite. A antecipação da feira “também não ajudou”, mas garante que “não será por isso que vai correr mal”.

Num setor onde “não há sábados, nem domingos” e em que “há muito trabalho e pouco proveito”, Ana Paula Lameiras teme pelo futuro das queijarias num cenário de “concorrência desleal”.

 

(ouça a entrevista)

“Queijaria Artesanal” é nome de referência na produção de Queijo Serra da Estrela DOP

A Queijaria Artesanal de Paulo Rogério Simões Figueiredo é um dos nomes de referência no concelho de Oliveira do Hospital na produção de Queijo Serra da Estrela. Às portas da 24ª edição da Festa do Queijo Serra da Estrela, organizada pela Câmara Municipal, a queijaria de Paulo Rogério Figueiredo tem presença certa no certame, que encara como positivo pela oportunidade de negócio que proporciona e pela promoção do Queijo Serra da Estrela.

Depois de terminar 2014 com uma média de produção de 10 toneladas de queijo, dos quais 10 por cento com a certificação de Denominação de Origem Protegida, Paulo Rogério Figueiredo dá conta de uma quebra de produção devido ao “inverno rigoroso”. Discorda por isso da antecipação do certame em cerca de três semanas porque “é mais cedo e os produtores têm menos queijo” e “está também muito próximo” das feiras que se realizam na região.

Atento às ameaças que se abatem sobre o setor, o produtor revela-se sobretudo preocupado com a redução do efetivo animal e consequente quebra da produção do Queijo Serra da Estrela.


(ouça a entrevista) 

Oliveira do Hospital espera realizar “a maior feira do queijo de sempre” (Com vídeo)

De ano para ano a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital renova as expectativas de realizar a maior feira do queijo Serra da Estrela do país.

Em contagem decrescente para mais uma edição da Feira/festa, o presidente da autarquia oliveirense considera acertado o caminho que vem sendo seguido pelo seu executivo de projeção de Oliveira do Hospital através desta iniciativa, cujo modelo vem sendo seguido por outros municípios.

A fazer uso do renovado espaço do mercado municipal para proceder à apresentação oficial da feira com que espera atrair nova enchente à cidade e ao concelho, José Carlos Alexandrino lembrou, hoje, ter herdado uma feira do queijo de “um só dia”, mas cujo modelo acabou por "romper" com a organização de uma feira de dois dias e que tem servido de exemplo a outros municípios.

Ainda que se destine a promover o bom Queijo Serra da Estrela, enchidos, mel e outros produtos locais de qualidade, a feira do queijo de Oliveira do Hospital reveste-se de um objetivo maior de “projetar o concelho para além das fronteiras da região”. Um propósito que o autarca acredita que tem vindo a ser conseguido, ano após ano, estando por isso em condições de afirmar que esta “é de longe a feira que tem maior dimensão a nível nacional”.

À espera de uma enchente, a Câmara Municipal tem feito uma forte aposta de divulgação do certame nos vários órgão de comunicação social locais e regionais. Na última semana, a publicitação à feira vai acontecer nas televisões e rádios nacionais. De acordo com a organização, todos os restaurantes e unidades locais de alojamento “estão esgotados”.

               

Semana da Gastronomia em Oliveira do Hospital

No âmbito da XXIV Festa do Queijo Serra da Estrela e outros Produtos Locais de Qualidade de Oliveira do Hospital, que se realiza nos dias 21 e 22 de fevereiro, é promovida a Semana da Gastronomia que coloca os melhores sabores do concelho no centro das atenções.

Com início no passado sábado, 14 de fevereiro, a iniciativa prolonga-se até ao próximo dia 22 de fevereiro. No total são 22 restaurantes aderentes, espalhados pelos quatro cantos do concelho de Oliveira do Hospital, que vão oferecer o melhor da gastronomia local com particular enfoque para os produtos genuínos e que distinguem o concelho de Oliveira do Hospital. Os estabelecimentos da restauração aderentes estarão devidamente identificados, com dístico próprio.

No decorrer da Semana da Gastronomia será possível escolher nas ementas pratos únicos no sabor como o arroz de suã; os torresmos serranos; a feijoada dos pastores e o borrego criado neste concelho da Beira que se apresentará confecionado nas diversas formas tipicamente locais. A refeição não ficará completa sem que sejam degustados os enchidos acompanhados pelo vinho do Dão e claro, o rei da festa, o Queijo Serra da Estrela. Os restaurantes irão também disponibilizar uma variedade de sobremesas das quais se destacam a genuína tigelada e o requeijão com doce de abóbora ou mel. A Semana da Gastronomia apresenta-se como uma grande montra da gastronomia do concelho de Oliveira do Hospital e constitui também uma ação de promoção do próprio setor da restauração, conferindo-lhe um lugar de destaque e dando-o a conhecer aos visitantes, no âmbito da estratégia de apoio e promoção ao comércio local que vem sendo seguida.

GNR de Seia detém homem por violência doméstica

A GNR anunciou, esta segunda-feira, a detenção em flagrante delito de um homem de 28 anos, residente em São Romão, no concelho de Seia, por violência doméstica.

 

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que o suspeito, com antecedentes criminais por violência doméstica, foi detido após ameaçar de morte a companheira de 37 anos.

"Em frente à patrulha ameaçou de morte a companheira e partiu a porta de casa", disse a fonte, indicando que a GNR foi chamada ao local pelo filho da mulher, um rapaz de 12 anos.

O alegado agressor, com antecedentes criminais por violência doméstica, está detido e será hoje presente ao tribunal de Seia para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medida de coação.

Tradição carnavalesca  ganha força em Nogueira do Cravo (Atualizada)

Mais de 250 figurantes participaram, hoje, no desfile de Carnaval de Nogueira do Cravo. Composto por 15 carros alegóricos, o desfile percorreu as principais artérias da freguesia. Destaque para a sátira política, animação e boa disposição dos figurantes.
Muitos visitantes acorreram a Nogueira do Cravo para assistir ao carnaval que, após uma década de interregno, ressurge na freguesia.

Luís Nina, presidente da Junta de Freguesia nogueirense, fez por isso uma avaliação positiva de mais um desfile de Carnaval, que acredita ser o maior realizado em Nogueira do Cravo.

"O governo central engana sempre as autarquias"

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital revelou-se, há instantes, contra a legislação que, esta sexta-feira entrou em vigor que vai no sentido da descentralização de competências às autarquias em várias áreas. 


José Carlos Alexandrino notou que "na delegação de competências, eles quase sempre roubam e enganam". "Sou muito cético em relação à descentralização e municipalização, porque o governo central engana sempre as autarquias", afirmou o autarca.

Também o presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos, António Soares, se opôs àquela legislação, considerando que, por tal facto, "hoje o país está de luto". Entre outros prejuízos o autarca alertou para o "esvaziamento do estado social".


Renovado mercado municipal à espera de "alterações" e "nova dinâmica"

"Se fosse hoje não teria feito aquele tipo de mercado. Temos que fazer outras alterações e dar-lhe outra dinâmica. Mas é preciso perceber o que se lá tinha e o que se tem hoje. O que se lá tinha era zero". A afirmação foi feita há instantes pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, em resposta à crítica do vereador do PSD. Rafael Costa, em reunião da Assembleia Municipal que decorre no salão nobre, denunciou o "marasmo do mercado municipal" que se encontra "sem nenhuma dinâmica e se está a tornar num autêntico espaço morto".

Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital reunida em sessão ordinária (Em atualização)

Decorre por esta altura no Salão Nobre da Câmara de Oliveira do Hospital a sessão ordinária da Assembleia Municipal.

No arranque dos trabalhos voltou a ser visível o mal estar entre o ex presidente da Assembleia Municipal, António Lopes, e o presidente da Câmara e o executivo municipal. A insistir nas dúvidas à boa gestão camarária, António Lopes assegurou, na falta de respostas, continuar a fazer "queixas" nos organismos competentes. O presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino, disse estar impávido e sereno" e desafiou a Assembleia a formar uma comissão de fiscalização e acompanhamento de todas as dúvidas que o deputado António Lopes colocou". 

 

- Maioria socialista da AM rejeitou proposta de redução de IMI em 10, 15, 20 por cento para casais com um, dois ou três filhos, respetivamente, apresentada pelo deputado do CDS-PP. Luís Lagos notou que o impacto da medida em termos de orçamento poderia ser "acautelado pela adoção de medidas de controlo da despesa municipal".  O assunto motivou debate, com o presidente da Câmara  a lamentar que "o que é bom para Oliveira do Hospital, não seja bom para o país". Em particular, Alexandrino verificou que o governo, do qual o CDS-PP faz parte, deveria "aumentar o abono de família e complemento de idosos".

 

Outros destaques:

- Olga Bandeira, presidente da Junta de Freguesia de Lagares da Beira alerta para o facto de, desde maio de 2014, 1800 utentes da freguesia se encontrarem sem médico de família.

 - Nuno Vilafanha, deputado do PSD: "Oliveira do Hospital não tem verdadeiro produto turístico (...) Não devemos ter medo de apresentar as contas, nem medo da crítica da oposição e dos munícipes".

 - Carlos Maia, presidente da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira, responsabiliza o governo pelo estado da Saúde. Avisa: "por vontade deste governo o nosso centro de saúde já estaria porventura fechado". 

- Carlos Castanheira, presidente da Junta de Freguesia de Aldeia da Dez quer saber "o que se passa com a prometida Unidade Móvel de Saúde".


- Presidente da CMOH denunciou "lóbi fortíssimo" na área do eucaliptal. 

- Várias vozes da Assembleia Municipal criticam atuação de madeireiros no concelho, que têm danificado caminhos florestais, causando prejuízos às autarquias e ao município. 

- José Carlos Alexandrino, presidente da CMOH, informou que a Unidade Móvel de Saúde vai atuar sobre três freguesias piloto (S.Gião, Aldeia das Dez e Lourosa) assim que esteja ultrapassado o impasse na contratação de enfermeiros.

Luís Lagos quer Congresso extraordinário do CDS-PP

O oliveirense e ex-dirigente do CDS-PP Luís Lagos vai propor, com Martim Borges de Freitas e Fernando Gião, a realização de um Congresso extraordinário do partido, defendendo que os centristas precisam de recuperar a sua "autonomia estratégica".

Em declarações à agência Lusa, Luís Lagos defendeu a realização de” um Conselho Nacional para propor a realização rapidamente de um Congresso”. “ Não quer dizer que esteja em causa a disputa da liderança, mas basta olhar o debate público para ver que o CDS não tem autonomia estratégica", afirmou.

O antigo dirigente da direção de José Ribeiro e Castro concorreu numa lista própria ao Conselho Nacional no último Congresso centrista, de janeiro de 2014, em Oliveira do Bairro, tendo sido eleitos para o órgão máximo entre congressos além de Luís Lagos, Martim Borges de Freitas e Fernando Gião.

Estes conselheiros nacionais consideram que o CDS está sem "projeto político", resumido à "discussão de mercearia, de lugares", com vista às próximas eleições legislativas. "Parece que o CDS está condenado a ir em coligação. Também não compreendemos que leve tanto tempo a definir-se essa coligação. Se é para ir em coligação, porquê tanto tempo?", questionou-se. Para Luís Lagos, a realização de um Congresso extraordinário é única forma de "refrescar e dar uma nova força ao CDS".

Luís Lagos não vai pedir formalmente a convocação de um Conselho Nacional, esperando que o presidente da mesa do Conselho Nacional, Telmo Correia, marque essa reunião.

"Vamos esperar que seja marcado, achamos que ainda há tempo, e apelamos ao presidente do Conselho Nacional para que seja convocado o mais rapidamente possível", afirmou.

Nogueira do Cravo espera fazer maior carnaval da freguesia

Em Nogueira do Cravo está tudo a postos para mais uma edição do desfile de Carnaval da freguesia. Organizada pela Junta de Freguesia, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, a iniciativa vai contar com mais de 200 figurantes, envolvendo todas as coletividades e localidades da freguesia.


Luís Nina , presidente da Junta de Freguesia de Nogueira do Cravo referiu à Rádio Boa Nova que a iniciativa visa a união entre as gentes de Nogueira do Cravo e está aberto à participação de outras freguesias. Dado o bom envolvimento das gentes da freguesia, o responsável acredita que o desfile deste ano será o maior de sempre em Nogueira do Cravo

O Carnaval de Nogueira do Cravo não se esgota no desfile. O programa arranca esta sexta-feira com a cerimónia de entrega das chaves aos novos reis e termina quarta-feira, dia 18, com o enterro do entrudo.

Desfile de Carnaval tomou conta da cidade de Oliveira do Hospital

Mais de mil alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital deram, hoje, vida a mais um desfile de Carnaval. Provenientes de todo o concelho, alunos, professores e auxiliares de ação educativa surpreenderam com a originalidade dos fatos, alegria e muito boa disposição.

Estrelas, velas, arco-íris, lâmpadas, semáforos, pirilampos foram alguns dos elementos retratados nos fatos em concordância com o tema associado ao desfile, a luz, por em 2015 se assinalar o Dia Internacional da Luz.

Uma verdadeira multidão acorreu ao centro da cidade para ver passar o desfile que, de ano para ano, vem superando expectativas de organizadores e do público em geral.

No decorrer do desfile o contentamento era generalizado. Agradado com o tema do desfile, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital  não tinha dúvidas de que “hoje, Oliveira do Hospital tem mais luz e mais brilho”, sendo as crianças que diariamente “iluminam a vida dos pais e da cidade”.

A dar conta de uma grande preparação que possibilitou a saída do desfile de carnaval, Artur Abreu, da direção do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital não escondeu a satisfação pela boa ajuda do S. Pedro. Sem chuva, alunos de todo o concelho invadiram as ruas da cidade em mais um mega desfile de Carnaval. 

José Carlos Alexandrino (Presidente CMOH)

Carnaval sem chuva mas com temperaturas mínimas baixas

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para terça-feira de Carnaval um dia sem chuva mas frio, com uma descida das temperaturas mínimas, disse à agência Lusa a meteorologista Madalena Rodrigues.


"Para terça-feira, dia de Carnaval prevê-se céu pouco nublado ou limpo, sem precipitação e temperatura mínimas baixas", adiantou à Lusa a meteorologista do IPMA. "Para amanhã [sábado], o IPMA prevê céu geralmente muito nublado, períodos de chuva fraca ou aguaceiros, tornando-se moderado nas regiões norte e centro a partir da tarde, queda de neve acima de 1000/1200 metros, subindo gradualmente a cota para os 1400/1600 metros, vento fraco, sendo forte nas terras altas e pequena subida da temperatura mínima", disse.

A partir de domingo, prosseguiu Madalena Rodrigues, está prevista uma descida da temperatura mínima e uma subida da máxima. Nas regiões do interior as temperaturas vão variar entre 4 e 6 graus em Bragança e em Vila Real, na Guarda 3 graus de mínima e Penhas Douradas 2. Depois na segunda-feira já estão previstos valores negativos das temperaturas mínimas para estas regiões", disse.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, em especial no Minho e Douro Litoral e a partir da tarde, queda de neve acima dos 1000/1200 metros, vento fraco a moderado do quadrante oeste, soprando moderado a forte nas terras altas e neblina ou nevoeiro matinal. Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 6 e 15 graus, no Porto entre 8 e 13, em Vila Real entre 2 e 10, em Viseu entre 3 e 9, em Bragança entre 1 e 8, na Guarda entre 0 e 7, em Castelo Branco entre 3 e 14, em Évora entre 3 e 15, em Beja entre 6 e 15 e em Faro entre 8 e 17.

Homem morreu num poço em Montemor-o-Velho  

Um homem morreu, ontem, afogado dentro de um poço de rega, em Forno da Cal, concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra.


 Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra, as autoridades foram alertadas para a situação pouco antes das 15.30 horas, tendo o corpo da vítima, de 53 anos, sido depois retirado e transportado para o Gabinete Médico-Legal do Hospital Distrital da Figueira da Foz.

Estiveram no local 15 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, com cinco viaturas, além da GNR e de uma equipa do Hospital da Figueira em viatura médica de emergência e reanimação (VMER).

Homem detido em Góis por suspeita de tráfico de estupefacientes

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Lousã deteve esta manhã no concelho de Góis, em Alvares, um homem de 56 anos de idade por suspeita de crime de tráfico de estupefacientes.


“A detenção resultou de buscas realizadas à residência do indivíduo no âmbito de um processo que já se encontrava em investigação. Foram apreendidas sete plantas de cannabis e 47 gramas de sumidades”, informa a GNR em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

O indivíduo foi detido, tendo sido, hoje presente, pelas 14h00, ao Tribunal de Instância Local de Competência Genérica de Arganil, para primeiro interrogatório judicial e lhe serem aplicadas as respetivas medidas de coação.

Mais de 100 entidades unidas em Conselho de Parceiros da Beira Serra  

Teve ontem lugar, em Oliveira do Hospital, a constituição do Conselho de parceiros da Beira Serra. Coordenada pela ADIBER , a estrutura conta com 124 entidades, entre as quais as Câmaras Municipais afetas àquela associação, empresas e instituições.


Na sessão, onde também foi aprovada a Estratégia de Desenvolvimento Local para a Beira Serra  que será submetida ao Instrumento de Desenvolvimento Local de Base Comunitária, na vertente Rural, o presidente da ADIBER disse estar em face de uma parceria que é resultado de um trabalho de “proximidade” que tem cerca de 18 anos que acabou por “facilitar” a estratégia aprovada. Notando tratar-se de uma parceria “assente no consenso, cooperação e conhecimento mútuo”, Miguel Ventura destacou em particular a “confiança” que é recíproca entre a ADIBER e os 124 parceiros do recém constituído conselho de Beira Serra.

Jovem saiu de viatura em andamento na A25

Uma jovem, de 23 anos, ficou ferida ontem à tarde, com gravidade, ao sair de uma viatura em andamento, na autoestrada A25, junto ao nó das pirâmides, em Aveiro.


Em declarações à Lusa, o comandante dos Bombeiros Velhos de Aveiro, Carlos Pires, disse que a vítima, que tem antecedentes psiquiátricos, terá saído da viatura, na sequência de uma discussão com a mãe de acolhimento que seguia ao volante do automóvel. "A mãe ainda tentou reduzir a velocidade, mas não conseguiu imobilizar o veículo a tempo, tendo a rapariga ficado caída no meio da via", adiantou a mesma fonte. Segundo o comandante Carlos Pires, a jovem apresentava uma fratura exposta no membro superior e foi transportada para o Hospital de Aveiro.

No local estiveram os Bombeiros Velhos com sete homens, apoiados por uma ambulância do INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) e um veículo de desencarceramento, além da Brigada de Trânsito da GNR.

Mais de mil figurantes dão “luz” ao carnaval de Oliveira do Hospital

É sob o tema “luz” que mais de mil alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital se preparam para invadir as ruas da cidade, em mais uma edição do desfile de Carnaval. Miúdos acompanhados de graúdos esperam surpreender com a originalidade dos trajes na manhã da próxima sexta-feira, a partir das 11h00.

Inspirado no “Ano Internacional da Luz” o desfile de Carnaval de Oliveira do Hospital é por esta altura um dos eventos mais aguardados do concelho. Grandiosa na sua dimensão por juntar mais de mil crianças do pré-escolar e do ensino básico a que se associam três instituições concelhias (Fundação Aurélio Amaro Diniz, Obra D. Josefina da Fonseca e Arcial) e um carro alegórico do carnaval de lagares da Beira, a iniciativa reveste-se de efeito surpresa, pretendendo cada escola envolvida deixar boquiaberta a enchente que aguarda o desfile, pela qualidade dos trabalhos apresentados.

Novidade neste desfile, refere Artur Abreu, elemento da direção do Agrupamento de Escolas de OH é a participação de alunos de todo o concelho, “desde a escola mais a Norte, o Jardim de Infância das Seixas, à mais a Sul, o Jardim de Infância de Alvôco de Várzeas”.

Tal como em anos anteriores, também a presente edição do carnaval de Oliveira do Hospital conta com a forte colaboração dos pais. De outro modo, refere Artur Abreu, não seria possível realizar um evento nos moldes em que acontece, sendo até os pais “uma força que exige que o desfile se realize”. O responsável não tem dúvidas de que o desfile “está enraizado no mapa de eventos do concelho” e que é sinónimo da “união” que existe entre todas as escolas do concelho.


Força Aérea realiza exercícios no Aeródromo de Seia

O Aeródromo Municipal de Seia vai, uma vez mais, servir de base de apoio ao exercício da Força Aérea “Real Thaw 15”, que vai decorrer de 23 de fevereiro a 3 de março, no interior Centro/Norte de Portugal Continental.

 

Esta sétima edição envolverá a participação das Forças Armadas Portuguesas, da Dinamarca, dos Estados Unidos da América, de Espanha, da Holanda e de meios aéreos da NATO, os quais ficarão sediadas na base aérea de Beja.

 

O Real Thaw tem como finalidade certificar e avaliar a capacidade operacional da Força Aérea, garantindo desta forma, que as forças participantes estão prontas a cumprir as missões que lhes estão atribuídas, afirmando-se como um dos principais exercícios militares, no âmbito das operações de Apoio Aéreo a forças no terreno, em intervenções de resgate e manutenção de paz, realizados no seio da aliança atlântica.

 

Oficina de Máscaras de Carnaval nas bibliotecas de Oliveira do Hospital

As Bibliotecas Municipais vão promover uma oficina de Máscaras de Carnaval na próxima segunda-feira, dia 16 de fevereiro. A atividade é dirigida às crianças entre os 6 e os 12 anos que terão oportunidade de aprender algumas técnicas para fazer a sua própria máscara de Carnaval.

Esta oficina será orientada pelo professor Horácio Oliveira, também formador do Instituto de Emprego e Formação Profissional, que vai ajudar os mais novos a fazer a sua máscara carnavalesca com recurso a diferentes materiais e que poderão utilizar no dia seguinte, Dia de Carnaval. Criatividade, originalidade e diversão são instrumentos obrigatórios nesta oficina.

A oficina Máscaras de Carnaval será dinamizada no período da manhã, com início às 10H00 na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, e no período da tarde, com início às 14H00 na Biblioteca/ Ludoteca de Lagares da Beira.

A participação nesta atividade está sujeita a inscrição obrigatória que deve ser formalizada, até dia 12 de fevereiro, utilizando os contactos das Bibliotecas – 238 692 376 ou biblioteca.oliveira@cm-oliveiradohospital.pt (Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital); 238 648 608 ou bllb@sapo.pt (Biblioteca Ludoteca de Lagares da Beira).

Carnaval da Beira Serra à espera de atrair multidão a Lagares da Beira

O espírito carnavalesco reina por estes dias entre as gentes de Lagares da Beira que ultimam os preparativos para mais um Carnaval da Beira Serra, com desfile reservado para a tarde de carnaval, dia 17 de fevereiro.


Com organização a cargo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e Junta de Freguesia de Lagares da Beira, o Carnaval da Beira Serra é o principal evento da localidade, atraindo anualmente milhares de visitantes. Um propósito que é mantido pela organização que, este ano, espera superar as expectativas proporcionando entradas gratuitas a todos quantos queiram apreciar os 12 carros alegóricos e os mais de 300 figurantes.

Satisfeito com a boa colaboração das gentes de Lagares e de Aldeia Formosa que este ano voltam a marcar presença no desfile, Luís Alberto Cruz, da organização, assegura estarem reunidas todas as condições para atrair uma multidão a Lagares da Beira, onde reinará a crítica política e os temas que marcam a atualidade.

Oito detidos em Seia e Gouveia por tráfico de estupefacientes e posse de moeda falsa

Militares do Destacamento Territorial de Gouveia realizaram, ontem, em Seia e Gouveia, uma operação no âmbito de uma investigação que visou o combate ao tráfico de estupefacientes.


No decorrer desta operação foram detidos oito indivíduos e identificados mais seis, com idades compreendidas entre os 22 e os 53 anos, pela prática dos crimes de tráfico de produto estupefaciente e posse de moeda falsa.

A GR informa ainda que foi possível apreender 150 doses individuais de heroína, cocaína e haxixe, munições, uma viatura ligeira, 25 telemóveis, dois tablets, dois computadores portáteis, duas notas de 500 euros falsificadas e a quantia de 1500 euros em numerário. 

Ténis de Mesa: CCPOH luta pela manutenção no campeonato nacional

A contar para a 13ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de ténis de mesa, o Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) defronta, no próximo sábado, a partir das 15h00, a equipa do Sporting Clube Povoense, de Cantanhede .


Este encontro tem a particularidade de se disputar na cidade de Oliveira do Hospital, o que acontece pela 1ª vez nos últimos 10 anos, uma vez que o CCPOH tem sempre disputado, desde 2005, os seus encontros no pavilhão gimnodesportivo da escola da Cordinha, em Ervedal da Beira.

O local será o remodelado Mercado Municipal, mais concretamente no seu salão multiusos, o que constitui também um motivo de interesse, por ser a primeira vez que aquele espaço terá um evento desportivo.

Atualmente a ocupar a 2ª posição no campeonato, a vitória do clube oliveirense neste encontro permite atingir, desde já, o grande objetivo da manutenção nos campeonatos nacionais.

Idosos recordaram lengalengas com projeto “Viver a Ler+”

A Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital continua a dinamizar, com sucesso, o projeto “Viver a Ler +” junto dos utentes das instituições concelhias com valência de idosos. Neste mês de fevereiro, a escolha do tema recaiu nas lengalengas enraizadas na cultura popular.


Durante toda a semana, a equipa técnica que dinamiza a atividade visitou as instituições aderentes onde abordou a temática com a leitura de várias lengalengas. Muitas delas foram rapidamente reconhecidas pelos idosos gerando-se momentos de diálogo e partilha destes pequenos textos. Muitos utentes partilharam com os demais, antigas lengalengas que em tempos memorizaram e que eles também passaram aos seus filhos e netos perpetuando esta tradição oral.

O projeto “Viver a Ler +” é desenvolvido pelas Bibliotecas Públicas Municipais e pretende envolver os idosos que são utentes nas instituições com valência de idosos. Todos os meses, a equipa da Biblioteca Municipal se desloca às instituições de idosos onde faz uma atividade de animação da leitura e deixa livros, revistas, jornais que podem ser requisitados por idosos e colaboradores da instituição. Até ao momento foram celebrados os protocolos com 14 instituições do concelho que aderiram a este novo projeto abrangendo mais de 450 idosos que todos os meses recebem a visita do “Viver a Ler +” através do qual têm sido implementadas diferentes atividades, como sejam a leitura de contos tradicionais com recurso a várias técnicas ou a recolha de tradições orais. 

Palito assume disparos intencionais 

O presumível homicida de S. João da Pesqueira, Manuel Baltazar, admitiu esta terça-feira, em tribunal, ter disparado intencionalmente contra uma tia da ex-mulher e a ex-sogra, a 17 de abril de 2014.


Na primeira sessão do julgamento, que decorre no Tribunal de Viseu, Manuel Baltazar (conhecido por "Palito"), que andou fugido 34 dias, admitiu ter feito três disparos, os dois primeiros destinados a Elisa Barros (tia da ex-mulher) e o terceiro a Maria Lina Silva (ex sogra). No entanto, negou que tivesse pretendido atingir a ex-mulher( Maria Angelina Baltazar), que não soube explicar como ficou ferida, e a filha (Sónia Baltazar), contando que esta se atirou "para a frente da arma" provavelmente ao tentar proteger a avó. Num depoimento confuso, que levou a constantes interrupções da juíza presidente do coletivo para esclarecimentos, Manuel Baltazar argumentou ter sido motivado por uma provocação de Elisa Barros. O arguido confessou que pretendia matá-la, mas que está arrependido. Disse não ter visto a ex-mulher e nem saber de onde apareceu a filha, que lhe agarrou o cano da caçadeira. Foi depois de esta largar a arma que a atingiu, e à ex-sogra, pelas costas. Além dos quatro crimes de homicídio qualificado (dois dos quais na forma tentada), o arguido está acusado de um crime de detenção de arma proibida e outro de violação de proibições ou interdições.

Com:jn.pt

IV Encontro(s) Cidadania e Responsabilidade Sócio Ambiental em Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital vai receber a primeira sessão da atividade “IV Encontro(s) Cidadania e Responsabilidade Sócio Ambiental”, a realizar no dia 18 de fevereiro na Casa da Cultura César Oliveira, organizada pelo Centro de Formação de Associação de Escolas (CFAE) Coimbra Interior e os Agrupamentos de Escolas associados.

A contar a participação de vários especialistas e com uma visita às Ruínas Romanas da Bobadela, a iniciativa acontece em Oliveira do Hospital em estreita colaboração com a Câmara Municipal. Em conferência de imprensa de apresentação da primeira sessão do encontro que também vai passar por Góis (26 de março) e Arganil (18 de abril), a vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal valorizou a iniciativa e apreciou o interesse manifestado pelo pessoal docente dos vários agrupamentos de escolas afetos ao Centro do Formação em “investir na sua formação profissional”. “É meritório”, frisou.

Apesar de direcionada para a classe docente, a iniciativa visa também captar a atenção da comunidade sócio cultural e educativa. Um objetivo que Assumpta Coimbra, diretora do Centro de Formação da Associação de Escolas de Coimbra Interior, assegura que tem sido conseguido em encontros anteriores. Na iniciativa marcada para 18 de fevereiro, a responsável assegura a presença de especialistas dos dois temas aglutinadores, a cidadania e a responsabilidade sócio ambiental.

O encontro é direcionado para os agrupamentos de escolas dos municípios de Oliveira do Hospital, Tábua, Arganil, Góis, Pampilhosa. Cristina Borges, sub diretora do Agrupamento de Escolas oliveirense valoriza a transversalidade do encontro e o seu caráter transmunicipal. Do mesmo modo, a docente destacou a importância da participação por parte da classe docente, porque para os professores poderem acompanhar os alunos, precisam eles próprios de apostar na formação.

Motociclista morre em acidente no IC2

Um homem morreu hoje de manhã em Coimbra, no Itinerário Complementar (IC) 2, numa colisão entre o motociclo em que seguia e uma viatura ligeira, disse à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).


A mesma fonte adiantou que o acidente ocorreu cerca das 10:10, na zona da Pedrulha, junto à saída para Eiras, no sentido norte/sul, tendo ainda provocado ferimentos ligeiros na condutora do automóvel, que foi transportada para os Hospitais da Universidade de Coimbra.

O socorro foi prestado por uma equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), uma ambulância do INEM e outra dos Bombeiros Voluntários de Anadia que, no momento do acidente, passava no local.

Às 11:20, o trânsito encontrava-se cortado no sentido norte/sul, numa extensão de cerca de dois quilómetros.

Foto: CMTV

Advogado de "Palito" espera que arguido seja condenado "na medida da sua culpa"

O advogado de Manuel Baltazar, agricultor de Valongo dos Azeites, acusado pelo homicídio da ex-sogra e da tia da ex-mulher, e da tentativa de homicídio sobre a ex-mulher e a filha de ambos, garantiu na manhã desta terça-feira que o arguido irá falar aos juízes para explicar os crimes ocorridos a 17 de Abril.

"Vai falar. A minha expectativa é a de que seja condenado na medida da sua culpa. Ele já foi condenado na praça pública", disse o advogado Manuel Rodrigues à porta do tribunal de Viseu, onde o agricultor, também conhecido por "Palito" chegou há instantes para começar a ser julgado.

Segundo o advogado, o arguido "admitiu alguns dos crimes e outros não". "Nós vamos tentar provar que há uma culpa menor em relação a alguns factos", disse.

O advogado contou ainda que Manuel "Palito" está "como se transportasse uma bigorna" e que demonstrou arrependimento, mas que "as coisas não são assim tão evidentes". "Palito" esteve em fuga 34 dias após os crimes.

Com:publico.pt

Região: Carro despista-se e cai dentro de poço causando um morto

O despiste de uma viatura ligeira que depois caiu dentro de um poço, na noite de segunda-feira, na freguesia de Carriço, concelho de Pombal, provocou um morto.


Segundo  o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria, o alerta para o acidente, na localidade de Fontinha, chegou às autoridades pelas 22.15 horas, tendo acorrido ao local 23 elementos apoiados por oito viaturas, dos Bombeiros Voluntários de Pombal, GNR e INEM, que concluíram as operações pela 1 hora desta terça-feira. A vítima mortal, o único ocupante do veículo, é um homem de 28 anos, adiantou o CDOS. O comandante da corporação de Pombal, José Costa, explicou à agência Lusa que quando os meios chegaram ao local "a viatura estava totalmente submersa", tendo sido necessário retirar a água do poço. José Costa acrescentou que o condutor da viatura, de nacionalidade brasileira, residia no concelho.

“Invasão Irracional” na Casa da Cultura César Oliveira

A exposição de fotografia e fotomontagem “Invasão Irracional” de Filipe Patrocínio está patente na Casa da Cultura César Oliveira, em Oliveira do Hospital, a partir desta segunda, 9 de fevereiro. Até ao final do mês poderão ser apreciadas as fotografias e trabalho criativo do artista senense.

Aliando a estética da natureza capturada pela fotografia à consciência ecológica, o projecto Invasão Irracional pretende valorizar todas as formas de vida do planeta terra, sejam animais ou vegetais, tendo por base o interesse e preservação do meio ambiente.

Para esta exposição, foram captadas imagens de paisagens humanizadas da região centro de Portugal, que outrora foram habitats de diversos seres vivos e que hoje se encontram ameaçados pela ação antrópica. 

Manipulando os registos fotográficos dessas mesmas paisagens, com recurso a técnicas de fotomontagem, foram inseridos elementos visuais que revelam o poder de regeneração da natureza, caso o homem deixasse de as frequentar, incluindo imagens de animais que viveram ou que ainda vivem nesses meios, como o caso do Lince Ibérico, a Águia Real, o Lobo Ibérico e o Veado.

Coimbra: Prisão preventiva para dois suspeitos de tráfico de droga

A Polícia Judiciária (PJ) de Coimbra anunciou hoje que dois homens detidos por suspeita de tráfico de droga e detenção de arma proibida ficaram em prisão preventiva após o primeiro interrogatório judicial.


Em comunicado, a PJ adiantou que os dois suspeitos integravam um grupo de cinco homens que foram detidos em Coimbra pela prática daqueles crimes, no âmbito de uma investigação que visou o combate ao tráfico de cocaína em várias zonas da Baixa daquela cidade.

Além da detenção dos suspeitos, os investigadores apreenderam quinhentas doses de cocaína, três armas de fogo sem documentos (duas pistolas 6,35 mm, um revólver calibre .22 curto e 16 munições) e duas viaturas ligeiras.

Os detidos tinham idades compreendidas entre os 19 e os 56 anos, sendo que quatro deles apresentavam antecedentes criminais pelo mesmo tipo de ilícito e por crimes contra as pessoas.

Após o primeiro interrogatório judicial, dois dos suspeitos foram sujeitos a prisão preventiva, um obrigado a apresentações bissemanais às autoridades e os restantes proibidos de contactarem com os outros arguidos, de frequentarem as zonas referenciadas com o tráfico de droga e proibidos de se ausentarem de Coimbra.

Feiras promovem queijo produzido na região da Serra da Estrela

O queijo de ovelha produzido na região da Serra da Estrela vai ser promovido no fim de semana do Carnaval nos concelhos de Seia, Gouveia, Celorico da Beira e Manteigas, em certames organizados pelas câmaras municipais.


Os quatro municípios do distrito da Guarda aproveitam uma época do ano em que muitos turistas acorrem à região para divulgar um dos produtos mais emblemáticos e homenagear os pastores e as queijeiras.

Em Celorico da Beira, vila que possui o epíteto de "Capital do Queijo Serra da Estrela", as atividades integradas na feira do queijo vão decorrer entre sexta-feira (13) e o dia 21.

No vizinho concelho de Gouveia, o queijo é divulgado durante a ExpoSerra - Feira de Atividades Económicas da Serra da Estrela, a realizar entre sexta-feira (13) e o dia de Carnaval (17).

O certame, que inclui feira do queijo, artesanato, gastronomia, o evento "Carnaval na Serra" e animação, tem como objetivo "vender e expor marcas e produtos" da região e "oferecer aos gouveenses e turistas uma mais alargada oferta cultural, envolvendo-os nas ações promovidas pelo município".

A autarquia de Seia vai realizar dias 14 e 15, mais uma edição da Feira do Queijo Serra da Estrela, no edifício do Mercado Municipal e na zona envolvente.

A câmara de Manteigas também promove entre os dias 14 e 17, no recinto do Mercado Municipal, a XXII Expo Estrela - Mostra de Atividades e Feira de Artesanato, para divulgar as potencialidades locais, incluindo o queijo de ovelha tradicional, junto dos visitantes da Serra da Estrela.

O evento contará com expositores de artesanato, comércio, indústria, serviços, associativismo, gastronomia, animação, um desfile de Carnaval e animação.

Para mais tarde ficam as feiras do queijo de Fornos de Algodres (14 e 15 de março) e de Aguiar da Beira (01 de março). Em Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, a Feira/Festa do Queijo acontece no fim de semana de 21 e 22 de fevereiro.

Com: lusa.pt


Julgamento de Manuel Palito começa na próxima terça-feira em Viseu

Começa na próxima terça-feira, em Viseu, o julgamento do homem que protagonizou umas das fugas mais mediáticas às autoridades.


Manuel Palito, como é conhecido, é indiciado pelo homicídio da ex-sogra e de uma tia e por ter ferido a tiro a filha e a ex-mulher.

Um crime que fez mexer durante mais de um mês as aldeias de Valongo dos Azeites e Trevões.

Acordo garante continuidade do Hotel das Caldas da Felgueira por 15 anos

Um acordo firmado entre a empresa “Turismo Fundos”, atual proprietária do Grande Hotel das Caldas da Felgueira e a “Companhia das Águas Medicinais da Felgueira” assegura a continuidade daquela unidade nos próximos 15 anos.

A medida que garante, por aquele período, o arrendamento, exploração e bom funcionamento daquela unidade hoteleira, já mereceu o aplauso do município de Nelas por potenciar a localidade como “pólo de desenvolvimento económico e social”. Entende a autarquia que “estão assim criadas as condições necessárias para o desenvolvimento e fortalecimento do turismo local”.

 As termas da felgueira vão iniciar a época termal de 2015, já no próximo dia 28 de Fevereiro, com uma oferta ainda mais alargada de serviço. Aos tradicionais tratamentos termais, juntou-se recentemente o Bem-Estar, a Estética e a Beleza.

Conselho de Parceiros da Beira Serra vai ser constituído em Oliveira do Hospital

Na próxima quarta-feira, dia 11 de fevereiro, tem lugar em Oliveira do Hospital a sessão de constituição do Conselho de Parceiros da Beira Serra, integra cerca de uma centena de entidades da região.

Com início às 18h00, no salão nobre da Câmara Municipal, a sessão de constituição do conselho de parceiros decorrer da elaboração da Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL) para a Beira Serra iniciada no passado dia 9 de maio, com a assinatura do “Compromisso Beira Serra 14-20”. De acordo com a ADIBER, entidade coordenadora da parceria, “estão reunidas as condições para que a Parceria constituída proceda à aprovação de tão importante documento para o futuro deste Território, o qual será submetido ao instrumento DLBC – Desenvolvimento Local de Base Comunitária (vertente Rural), que dará sequência às intervenções LEADER na nossa Região”. 

Homem posto em liberdade recusa sair da prisão

 Acabado de libertar ao fim quatro anos e sete meses de cativeiro, Paulo Amaral recusa-se a abandonar o Estabelecimento Prisional de Coimbra enquanto não lhe garantirem cuidados de saúde.

De acordo com o Jornal de Notícias, o homem de 46 anos que esteve preso por ameaças e injúrias foi ontem, solto, mas instalou-se de malas e bagagens em frente ao Estabelecimento Prisional de Coimbra, só saindo dali quando lhe forem assegurados os cuidados de saúde necessários, já que não tem dinheiro para tal.

O homem garante que, durante o tempo em esteve preso em Santa Cruz do Bispo, em Matosinhos, foi agredido pelos guardas prisionais, que lhe causaram uma perfuração do tímpano esquerdo e problemas na visão.

Alerta amarelo devido à persistência de tempo frio

Os distritos de Lisboa, Setúbal, Évora, Beja, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Guarda e Viseu estão sob aviso amarelo devido à persistência de valores baixos da temperatura mínima.


O IPMA prevê para o continente tempo frio com céu pouco nublado ou limpo, aumentando gradualmente de nebulosidade na região sul a partir do final da tarde. Está também previsto vento fraco a moderado, sendo forte nas terras altas, com rajadas da ordem dos 70 quilómetros. A previsão aponta ainda para acentuado arrefecimento noturno com formação de geada, em especial nas regiões do interior, pequena subida da temperatura máxima e da mínima na região do norte e centro.

Quanto às temperaturas, em Lisboa e em Coimbra vão variar entre os 3 e os 14 graus Celsius, no Porto entre 5 e 15, em Vila Real entre 0 e 11, em Bragança entre -2 e 10, em Viseu entre 0 e 10, na Guarda entre -3 e 6, em Castelo Branco entre 1 e 13, em Évora entre 1 e 14, em Beja entre 2 e 16, em Faro entre 7 e 15 e em 4 e 15.

GNR fiscaliza até quinta-feira veículos pesados

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar, de segunda a quinta-feira, a fiscalização aos veículos pesados de mercadorias e passageiros, nas vias com maior volume de tráfego onde existam indícios da prática de ilícitos, informou hoje a GNR.


Durante a operação, 1.850 militares dos Comandos Territoriais, da Unidade Nacional de Trânsito, do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e da Unidade de Ação Fiscal vão realizar 731 ações de fiscalização, com especial incidência no controlo do peso e dos tacógrafos, e na verificação do acondicionamento e transporte de carga e das condições técnicas dos veículos, segundo um comunicado da GNR hoje divulgado.

As ações de fiscalização incidirão ainda na verificação do uso do cinto de segurança e dos sistemas de retenção, e na deteção de infrações de natureza fiscal, aduaneira e ambiental, acrescenta o documento.

Esta operação decorrerá em simultâneo em todos os países da Europa e insere-se no plano definido pela European Traffic Police Network (TISPOL), organismo que congrega todas as polícias europeias de trânsito, no qual a GNR é representante nacional, e pelo Euro Controle Route (ECR), grupo de serviços de controlo das estradas europeias, que visa melhorar a segurança rodoviária.

PS de Coimbra exige ao governo clarificação sobre delegação de competências nas autarquias  

O Partido Socialista de Coimbra exige que o Governo clarifique o mais rapidamente possível como é que pretende proceder à transferência de competências para as Câmaras Municipais e de que forma pretende disponibilizar recursos para que tal seja possível.


Através da sua Comissão Política Distrital, o partido manifesta muitas reservas quanto à aplicação do regime de delegação de competências que o governo aprovou recentemente, por entender que “se está a agir nas costas das Autarquias”.

“As autarquias não foram, nem têm sido, devidamente ouvidas pelo Governo e nem mesmo perante o avanço do processo, com a aprovação do decreto-lei em Conselho de Ministros, houve informação sobre o que se prepara para acontecer”, refere em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, denunciando a “forma opaca” como o processo tem sido conduzido, “por vezes no mais profundo segredo”.

Os socialistas lembram o aperto financeiro das autarquias, pelo que entendem não estar “claro” como podem assumir novas responsabilidades sem as respetivas contrapartidas financeiras.

 

 

 

Sampaense perde em casa frente ao Barcelos por 87-83

Ultimo minuto muito intenso, mas o Sampaense não conseguiu superar a bem organizada equipa de Barcelos, que soube sempre gerir a vantagem que adquiriu no final do segundo período.

A equipa da casa não esteve bem a defender e em momentos de ataque, não foi capaz de fazer a diferença.

Javarris Barnett do Sampaense foi o MVP do jogo mas não chegou para ganhar.

Quer uma, quer outra equipa, tiveram muitas percas de bola onde os ataque, sempre se superiorizaram às defesas.

O técnico Raul Martin diz que "não se pode sofrer tanto ponto numa partida, e com uma equipa como o Barcelos, é dpois muito difícil recuperar".

Já José Ricardo técnico do Barcelos diz que estudou bem a equipa para este jogo, que "admira muito a equipa do Sampaense e que só precisa da motivação de uma ou duas vitórias, para dar a volta por cima".

GNR vai “insistir na correção comportamental dos automobilistas” na EN17 e IC6

Em declarações à Rádio Boa Nova, o comandante do Destacamento Territorial de Coimbra, capitão Oliveira, informou que a GNR vai “insistir na correção comportamental dos automobilistas que possam por em risco os mesmo e terceiros” em vias como a EN17 e o IC6.


Ontem, 40 militares dos destacamentos da Lousã e Coimbra levaram a cabo uma mega operação naquelas vias e em algumas artérias do concelho de Oliveira do Hospital e que resultou na elaboração de mais de uma centena de autos de contra ordenação por velocidade excessiva, manobras perigosas, uso de telemóvel, condução sob influência de álcool e outras infrações.

De acordo com o responsável a ação ontem realizada surge na sequência de outras anteriormente realizadas, contando porém com um “efetivo de maior expressão”. Pontualmente, a GNR conta dar seguimento a outras ações de fiscalização com o objetivo de  “prevenir a sinistralidade”.


Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário - Sarau Cultural 29 Março 2014

Apresentação oficial do hino da Rádio Boa Nova


Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário

Almoço e Tarde Cultural 22 Março 2014


Fotogaleria: Rádio Boa Nova visita a RTP/RDP