Rádio Boa Nova de Oliveira do Hospital para todo o mundo

Homem de 47 anos apanhado em flagrante quando assaltava residência

A Guarda Nacional Republicana (GNR) através do Posto Territorial de Taveiro, do Destacamento de Coimbra, procedeu à detenção em flagrante delito, durante o dia de ontem, de um indivíduo do sexo masculino, com 47 anos de idade, por suspeita da prática de crime de furto em interior de residência.


"A detenção ocorreu no interior de uma residência, na qual o indivíduo foi surpreendido pelo filho do seu proprietário", informa a GNR em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


Na sequência da detenção foi efetuada uma busca à residência do arguido, tendo sido apreendida uma estufa com 24 vasos de plantas de cannabis, e recuperados diversos artigos de lar (talheres, louça, peças decorativas), quatro telemóveis e uma arma de caça calibre 12 que tinham sido furtados.

Município de Oliveira do Hospital devolve IMI às colectividades e associações do concelho

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) vai devolver o IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis que as associações e coletividades concelhias pagaram em 2014, através da atribuição de um subsídio.


A decisão, aprovada por unanimidade em reunião do executivo camarário, dia 13 de novembro, "constitui um reconhecimento ao contributo do movimento associativo que, apesar dos seus parcos recursos financeiros, vem desempenhando um papel fundamental no contexto da dinamização da sociedade oliveirense nos mais variados domínios", refere nota da autarquia enviada à Rádio Boa Nova. A medida traduz um apoio financeiro municipal ao tecido associativo na ordem dos 7 mil euros.


Com a intenção de fomentar o desenvolvimento do desporto e a prática da atividade física no concelho de Oliveira do Hospital e tendo em conta a grande dinâmica desportiva dos clubes, associações e escolas do concelho, a Câmara deliberou também, por unanimidade, firmar um protocolo com 16 entidades para o desenvolvimento de atividades desportivas durante a época 2014/2015, tendo em vista a isenção total ou parcial do pagamento de taxas pela utilização do pavilhão desportivo municipal, piscinas municipais e campos de ténis.


Com estes protocolos, o Município de Oliveira do Hospital “pretende alcançar uma gestão mais consentânea e racional” destes três equipamentos públicos, que registam uma elevada taxa de ocupação.

Oliveira do Hospital com 1109 desempregados em outubro

O concelho de Oliveira do Hospital fechou o mês de outubro com 1109 desempregados, verificando-se uma descida de seis por cento comparativamente ao  anterior mês de setembro, data em que estavam inscritos 1177 oliveirenses no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Uma descida que, apesar de residual (1 %) também se confirma na comparação com o mês de outubro de 2013, em que havia registo de 1167 desempregados no concelho.

Dados disponibilizados pelo IEFP, através do seu sítio de Internet indicam que o desemprego afeta, em maior número, as mulheres, num total de 585 mulheres. De igual modo, também os homens são fustigados pelo desemprego, num total de 524.


Do conjunto de desempregados (1109), cerca de 46 % (517) estão naquela condição há menos de um ano, encontrando-se 53 % (592) inscritos há mais de um ano. 12 % (128) procuram por uma primeira oportunidade de emprego, procurando os restantes 88 % (981) por um novo emprego.

Os números verificados em outubro assinalam uma ligeira inversão na trajetória de crescimento do desemprego a que se vinha a assistir em Oliveira do Hospital.

Liga de Amigos da FAAD reúne em Assembleia Geral Ordinária

Dia 28 de novembro, sexta feira, pelas 20h30, realiza-se a  Assembleia Geral Ordinária da Liga de Amigos da Fundação Aurélio Amaro Diniz.

  

Da ordem de trabalhos consta a leitura e aprovação da ata da Assembleia anterior, apreciação do orçamento e plano de actividades para o ano de 2015; apreciação do parecer do Conselho Fiscal sobre os mesmos documentos; ponto de situação do registo dos novos estatutos da instituição adaptados à lei-quadro das Fundações, bem como outros assuntos do interesse da instituição.

A reunião acontece na sala de reuniões do lar de 3ª idade da FAAD, sendo que se à hora marcada não estiver presente a maioria dos seus membros, a Assembleia funcionará 30 minutos depois com qualquer número de associados.

Cante alentejano é Património da Humanidade

O cante alentejano, um canto coletivo, sem recurso a instrumentos e que incorpora música e poesia, foi classificado como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

 A distinção foi aprovada, esta quinta-feira de manhã, pelo Comité Intergovernamental da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da Humanidade, que está reunido esta semana em Paris (França).

A declaração do cante alentejano como Património da Humanidade foi aprovada às 11.18 horas (10.18 horas em Portugal continental), cinco minutos depois de ter começado a sua avaliação. Durante a fase de análise, na reunião do comité da UNESCO, a candidatura portuguesa foi considerada como um dos "bons exemplos de candidaturas selecionadas pelo comité".

Logo após a decisão, as vozes de cantadores alentejanos fizeram-se ouvir na sala onde está reunido o comité, na capital francesa, tendo a atuação sido amplamente aplaudida, no final. A candidatura do cante alentejano a Património da Humanidade foi entregue à UNESCO em março de 2013, depois de, em 2012, o Ministério dos Negócios Estrangeiros ter decidido adiar a sua apresentação, por considerar que o processo não reunia condições para ser aceite.

No final de outubro deste ano, uma comissão internacional de especialistas da UNESCO deu um parecer positivo à candidatura, que classificou como "exemplar".

A candidatura foi promovida pela Câmara Municipal de Serpa/Casa do Cante, com o contributo da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, da Casa do Alentejo, em Lisboa, da Confraria do Cante Alentejano e da Moda - Associação do Cante Alentejano.

Com: jn.pt

Morreu Sousa Veloso, o rosto do "TV Rural"

Morreu Sousa Veloso. Engenheiro agrónomo, ficou conhecido do grande público ao apresentar o programa TV Rural, durante três décadas, na RTP.

 

Sousa Veloso, de 88 anos, morreu esta quinta-feira, em Lisboa, cidade em que nasceu em 1926. Sousa Veloso apresentou o "TV Rural", na RTP, durante 30 anos, entre 6 de dezembro de 1960 e 15 de setembro de 1990. O estilo próprio, o timbre de voz inconfundível e a figura televisiva especial transformaram um programa dedicado a agricultores num fenómeno da televisão nacional. A música do folclore português "A Tirana" foi o genérico inicial do programa que era apresentado aos domingos e durava 30 minutos. No final, as mesmas palavras de Sousa Veloso: "Despeço-me com amizade até ao próximo programa".

 

Os agricultores tinham voz neste programa que, durante três décadas, correu o país, com Sousa Veloso a apresentar o TV Rural nos mais variados cenários naturais.

O estilo de Sousa Veloso foi reconhecido em 1963, quando recebeu o Prémio Imprensa para TV pela autoria do "TV Rural", programa que passou a ser produzido, realizado, montado e apresentado pelo engenheiro.

com:jn.pt

FCOH estreia equipamento alusivo aos 75 anos

A equipa senior do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) prepara-se para estrear um novo equipamento. Trata-se de um equipamento alusivo aos 75 anos do clube oliveirense.


A estreia acontece no próximo jogo da equipa oliveirense, dia 30 de novembro, na receção à Naval que acontece no Estádio Municipal de Oliveira do Hospital. Paulo Figueira, presidente da direção do clube, considera tratar-se de um gesto merecido por se tratar do clube “mais antigo do concelho e com grande história”. O novo equipamento mantém a cor azul, mas apenas com uma lista branca e com o símbolo alusivo aos 75 anos da coletividade desportiva.


A caminho da jornada 11 do Campeonato Nacional de Seniores, Serie E, o FCOH ocupa o 5º lugar da tabela classificativa, com 13 pontos.  Uma prestação que fica aquém do que era expectável por parte da direcção do clube que, ainda assim, acredita que a equipa será capaz de recuperar. “Poderíamos ter aqui mais três, quatro ou cinco pontos, mas não fomos capazes. Pensamos fazê-lo nesta segunda volta, sabendo que é difícil e que temos o orçamento mais baixo desta série”, referiu Paulo Figueira à Rádio Boa Nova, notando que o objetivo da equipa é manter-se no campeonato nacional, que “é o lugar onde o FCOH merece estar”.


Para além da equipa senior, o FCOH está a apostar forte na área da formação. Uma tarefa facilitada com a melhoria das condições ao dispor do clube oliveirense, em particular o relvado sintético. “O professor Albano Dinis está a fazer um trabalho excelente”, entende Paulo Figueira verificando que se o FCOH conseguiu formar jogadores de Oliveira do Hospital que hoje jogam na primeira Liga de Futebol em campos pelados, “mais fácil fará agora com o sintético”.  


“Queremos formar bem, como jogadores e como homens, para aos 17 e 18 anos estarem no futebol sénior. Não queremos formar para distrair miúdos e dar pontapés na bola”, assegura o dirigente oliveirense.

Paulo Figueira

Região: Cinco detenções por tráfico e situação irregular no país

Militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Mangualde realizaram, entre o dia 24 e 25 de novembro, nos concelhos de Viseu e Mangualde, uma operação de combate ao tráfico e consumo de produtos estupefacientes.

“Na sequência desta operação foram realizadas várias buscas, culminando na detenção de cinco indivíduos, com idades compreendidas entre os 20 e os 44 anos de idade, residentes nos referidos concelhos, um deles por se encontrar em situação irregular no Território Nacional e os restantes por tráfico de estupefacientes”, refere a GNR no seu sítio de internet.

De acordo com aquela força de segurança, foram apreendidas mais de dez mil doses de haxixe, duas doses de cocaína, 360 euros, 13 telemóveis, dois veículos e dezenas de cartões de diversas operadoras de telecomunicações. Foi ainda constituído arguido um cidadão e notificado para comparecer no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras por se encontrar em situação irregular em Território Nacional. No decorrer deste processo que teve inicio há sete meses, o NIC de Mangualde deteve 11 indivíduos e apreendeu cerca de seis quilos e meio de haxixe.

Feira Anual de Santo André realiza-se dia 6 de dezembro em Ervedal da Beira

A habitual Feira Anual de Stº André realiza-se este ano no dia 6 de dezembro, em Ervedal da Beira. Com realização anual no primeiro dia do mês de dezembro, a feira vê a sua realização adiada em cinco dias por força da extinção do feriado da Restauração da Independência.

Não coincidindo, este ano, o dia 1 com o fim de semana, a União de Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira decidiu pela realização da feira no próximo dia 6, primeiro sábado do mês de dezembro.


A Feira de Santo André reveste-se de importância para a União de Freguesias e em particular para Ervedal da Beira. Ao potenciar a atração de muita gente à localidade, o presidente da União de Freguesias, Carlos Maia, entende ser uma mais valia para o comércio local e os cafés que ali se mantêm em funcionamento. Para além disso, o autarca entende que a feira “traz visibilidade à terra”.

Previsão de chuva e vento forte para todo o continente

Todos os distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva acompanhada de trovoada, vento forte e agitação marítima.

 De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os 18 distritos do continente estão hoje e quinta-feira sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados por trovoadas e vento forte com rajadas da ordem dos 70 quilómetros hora.

O aviso amarelo para a chuva vai estar em vigor entre as 12:00 de hoje e as 09:00 de quinta-feira e para o vento entre as 18:00 de quinta-feira e as 09:00 de sexta-feira.

Cross da Arcial com participação de mais de 150 atletas  

Mais de 150 atletas com dificuldades intelectuais e/ou de desenvolvimento/deficiência vão participar no XXV Cross da Arcial, um evento desportivo que vai decorrer no Parque dos Marmelos, dia 29 de novembro, em paralelo com a 17ª Taça Nacional de Corta-Mato ANDDI e que é organizado por aquela Associação de Recuperação de Crianças Inadaptadas em parceira com o Município de Oliveira do Hospital, a Associação Nacional de Desporto para Deficientes Intelectuais (ANDDI) e o CAOH – Clube Atlético Oliveira do Hospital.

O “Cross da Arcial”, uma prova do Campeonato de Portugal de Cross Curto ANDDI, que será antecedido por uma caminhada aberta à participação da comunidade, intitulada “mOHve-te pela inclusão”, está agendado para as 15h00 e conta com diversas provas, nos escalões masculinos e femininos de benjamins, infantis, iniciados, juvenis, juniores, seniores, veteranos, síndrome down e adaptado.

O Vereador responsável pelo Pelouro do Desporto, Nuno Ribeiro, destaca a importância da realização deste tipo de provas, observando que Oliveira do Hospital é um município que saberá sempre apoiar e estar ao lado de iniciativas que visem fomentar a inclusão social e o desporto para todos.

Esta prova tem como objetivo, também, a observação de atletas para a selecção nacional, visando a participação no 7º Campeonato da Europa de Corta-mato em Wakefield, Inglaterra, que se irá realizar no mês de Fevereiro do próximo ano.

Comédia musicada ao vivo em Oliveira do Hospital


No próximo sábado, 29 de novembro, a Casa da Cultura César Oliveira acolhe a exibição do filme “A Terra dos Carecas”, com início às 21h30. Trata-se de uma comédia independente neozelandeza que será musicada ao vivo e contará com a presença do realizador, Bernie Rao, um emigrante português, artista multifacetado residente na Nova Zelândia.

Este cine-concerto inédito será apresentado pela primeira vez pelo realizador na Casa da Cultura César Oliveira, que tem estado a fazer uma digressão pelo país. Na Beira Serra, Oliveira do Hospital é o único concelho onde se pode assistir ao  “A Terra dos Carecas”, um misto de comédia negra, sátira social e drama distópico que o realizador define como um “espetáculo único e inovador que funde a música ao vivo e o cinema”, em que as partes musicais do filme são “tocadas ao vivo e em tempo real”.  

A história passa-se na Nova Zelândia, num futuro próximo, e a narrativa gira à volta de uma lei polémica e radical que o primeiro-ministro neozelandês faz passar sem explicação, tornando a calvície num crime grave. A única salvação para os calvos parece ser um mítico lugar, escondido algures numa floresta, chamado “A Terra dos Carecas” onde, supostamente, os calvos podem viver em liberdade. Uma comédia dramática que acompanha, entre outras personagens, Ian e John, dois ex-médicos tornados “criminosos” devido à sua calvície, que nos relembra que a liberdade é sempre uma ilusão.

Para quem quiser saber mais acerca do filme será promovida uma sessão de perguntas e respostas com o próprio realizador Bernie Rao no final da exibição do filme.

 

Laços brancos alertam para um” fenómeno que continua oculto”, a violência doméstica

A ADIBER deu hoje início à campanha do “Laço Branco”. Até ao dia 6 de dezembro a associação de desenvolvimento da Beira Serra distribui laços brancos entre as populações dos concelhos de Oliveira do Hospital, Tábua, Góis e Arganil com o objetivo, que vem repetindo desde 2010, de alertar para o problema de violência doméstica, que continua a ser visto como um “fenómeno oculto”.


“Nestes territórios rurais onde toda a gente se conhece, há propensão de a vítima esconder o facto e negá-lo por questões de relacionamento”, referiu à Rádio Boa Nova, o presidente da ADIBER. Miguel Ventura alerta, porém, que a “violência doméstica é um crime público e temos obrigação de denunciar os casos”.


Apostada em travar os casos de violência doméstica, a ADIBER leva a cabo a campanha do “Laço Branco”. “É símbolo de que a pessoa está predisposta para combater a problemática e chamar a atenção para a sua existência”, explica.

Miguel Ventura

“A história de que entre marido e mulher não metas a colher há muito que foi ultrapassada”

O concelho de Oliveira do Hospital registou, em 2013, meia centena de casos de violência doméstica. Em 2014, aquela problemática já bateu à porta de três dezenas de mulheres. Em causa está um crime público que “estamos todos a obrigados a denunciar”.

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Eliminação da Violência contra as mulheres, a Rádio Boa Nova verifica que são preocupantes os números da violência doméstica no concelho de Oliveira do Hospital.


Com a dureza dos números a dar conta de 50 casos em 2013 e, de 30 situações em 2014, a realidade da violência doméstica tem ganho contornos de maior gravidade no concelho. “A crise, a austeridade e a falta de recursos têm criado ambientes de tensão e conflito no seio familiar”, verifica o responsável pela acção social do concelho, não descartando, de igual modo, as situações de conflitos interpessoais, saúde mental e agressividade. Fatores que, quando conjugados, fazem disparar “as situações de conflito e os casos de violência doméstica”, bem como até o número de mortes. “Bastava que só morresse uma mulher para que se percebesse a dimensão do drama”, observou o responsável, alertando para o facto de, por ano, morrerem em média 40 mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal.


Atento a este flagelo social, o município tem em funcionamento o Projeto Local, Cidadania Responsável destinado a apoiar vítimas de violência doméstica, contando no seu seio com uma assistente social, uma advogada e uma psicóloga. Ao dispor das vítimas está também uma linha de apoio social – 238 605 260 – com garantia de que os casos “são tratados com a maior descrição e confidencialidade”.


Tratando-se de um crime público, José Francisco apela ao envolvimento de toda a comunidade na denúncia de casos de violência doméstica. “A história de que entre marido e mulher não metas a colher há muito que foi ultrapassada. A violência entre homens e mulheres é um crime público, estamos todos implicados e obrigados a denunciar”, sublinhou.  

José Francisco Rolo

 Oliveira do Hospital registou em 2013 meia centena de casos de violência doméstica

 Hoje, a Rádio Boa Nova dedica especial atenção ao tema da violência doméstica. Assim acontece, porque hoje se assinala o Dia Internacional de Eliminação da Violência Contra a Mulher. Uma realidade que também toca o concelho de Oliveira do Hospital, que fechou o ano de 2013 com o registo de 50 casos de violência doméstica e, neste ano já conta com 40 casos. 

Um assunto que merece especial reflexão, tendo a Rádio Boa Nova estado à conversa com o vereador do pelouro da Ação Social e vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, para quem está completamente ultrapassado o ditado "entre marido e mulher ninguém mete a colher".

Esta é uma matéria para acompanhar nos espaços informativos da Rádio Boa Nova.

Rotary Clube de Oliveira do Hospital presta homenagem a Aristides Gonçalves

O Rotary Clube de Oliveira do Hospital irá promover, no próximo dia 29 de novembro, a habitual homenagem ao profissional.

O homenageado deste ano rotário é o antigo bancário Aristides Gonçalves, personalidade que verá reconhecida não só “a forma exemplar e dedicada como exerceu a sua profissão”, mas também “um percurso de vida dedicado à sua comunidade, que serviu durante décadas como autarca e dirigente associativo”.


Presidente da Junta de Freguesia de Avô durante muitos anos, o homenageado fez ainda parte dos órgãos sociais de coletividades como a Filarmónica Avoense, o Rancho Folclórico Camponesas do Alva  e a Sociedade de Defesa e Propaganda de Avô, à frente da qual ergueu obras como o Centro Cultural Vasco de Campos ou o Lar de Idosos de Avô.


O Rotary Club de Oliveira do Hospital, entidade que agrega profissionais de vários setores, é presidido, no presente ano rotário, por Alzira Frade, engenheira e arquitecta.


A homenagem a Aristides Gonçalves sucede à evocação do Bombeiro, o profissional celebrado em 2013, ou ao reconhecimento prestado a figuras como António Borges, Álvaro Assunção, Adelaide Freixinho ou Isabel Almeida, os homenageados dos últimos anos.

No dia 29 de novembro a homenagem a Aristides Gonçalves decorrerá no restaurante Varandas Verdes, na Ponte das Três Entradas, a partir das 12h30. 

Misericórdia de Galizes quer deixar vincada a "marca dos 350 anos"

A Santa da Casa da Misericórdia de Galizes assinalou, dia 23 de novembro,  346 anos de actividade. Uma data festejada com a realização da segunda edição da Gala Dr. António Vaz Patto, onde para além de prestar continuada homenagem àquele provedor e benemérito da instituição, a Santa Casa distinguiu personalidades e instituições amigas.


Carlos Alberto Mendes Fonseca foi distinguido com o prémioIrmão do Ano. O prémio Instituições foi entregue às empresas Irsil e Socorreias, assim como à instituição bancária Crédito Agrícola. O prémio Personalidade foi dirigido ao Papa Francisco pela “diferença que faz no mundo”. Com efeito surpresa, o prémio de colaborador do ano foi entregue ao técnico da instituição, Carlos Remédios.


Com a realização da Gala, a Santa Casa da Misericórdia quis “deixar vincada a marca dos 350 anos” da instituição e “história do concelho”. “Lembramos que a misericórdia é das instituições mais antigas do concelho”, observou o provedor Bruno Miranda, que na ocasião justificou a realização da Gala com a existência da irmandade. “Esta festa só existe pelos irmãos”, registou, alertando porém para o facto de a irmandande estar a ficar cada vez mais reduzida.


“São 350 anos a fazer o bem”, considerou o vice-presidente e vereador de Ação Social da Câmara de Oliveira do Hospital. José Francisco Rolo disse mesmo sentir “um grande conforto por ter no concelho de Oliveira do Hospital uma instituição com a dinâmica, vida e sensibilidade desta instituição”.

Em particular, o responsável fez alusão ao investimento feito pela instituição na construção do lar de Nª Srª da Visitação, tratando-se da “maior obra pública com iniciativa social no concelho”.


Certo da dificuldade que está associada ao trabalho desenvolvido pela Santa Casa da Misericórdia de Galizes, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital destacou, de igual modo, o “desafio” relacionado com as novas instalações e de “sustentabilidade” da própria instituição. José Carlos Alexandrino reiterou a disponibilidade do município para apoiar a Santa Casa da Misericórdia.


foto: scmg

Bruno Miranda, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Galizes

José Francisco Rolo, vice-presidente da CMOH

José Carlos Alexandrino, presidente da CMOH

ADIBER volta a distribuir laços brancos para erradicação da violência doméstica

A ADIBER promove, a partir de hoje, 25 de novembro  e até  6 de dezembro, mais uma “campanha do Laço Branco” destinada a alertar para a problemática da violência contra a mulher. A iniciativa consiste na distribuição gratuita de laços brancos no território da Beira Serra – concelhos de Arganil, Góis, Oliveira do Hospital e Tábua . Em 2013, a acção chegou a mais de 3500 pessoas, incluindo na Assembleia da República.

A acontecer pelo 5º ano consecutivo a “Campanha do Laço Branco” decorre no âmbito da comemoração do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher”, que hoje se assinala. Considerando que a violência doméstica é um fenómeno que em variados casos ainda está oculto, sobretudo nos pequenos meios rurais, a ADIBER pretende alertar para a sua existência e para o facto de que, sendo um crime público, todos os cidadãos têm a obrigação de o denunciar no sentido de proteger as vítimas, muitas das quais indefesas e condicionadas na sua ação.


A ADIBER verifica que “infelizmente esta temática continua na ordem do dia já que todos os anos morre um número crescente não apenas de mulheres, mas também de outros elementos do agregado familiar, nomeadamente filhos ou filhas, que também são vítimas de um crime hediondo que representa quase 1/3 do total dos homicídios que ocorreram em Portugal”.


A ADIBER pretende, assim, sensibilizar toda a população e envolver outros parceiros locais no combate a esta problemática, sendo que o investimento junto das escolas se tem assumido como uma prioridade, motivando crianças e jovens para o exercício dos valores da cidadania.

A Rádio Boa Nova acompanhou aula de Jutsu

 A Rádio Boa Nova assinala, mais uma vez, a presença do Mestre António Coelho, aos nossos microfones, tendo aceite o convite para assistir a uma aula de Jutsu, pelo grupo Ammco Goshin.

Assim, na ultima sexta-feira fomos a Vilela e registámos o momento.

Associação de estudantes é finalmente uma realidade na Eptoliva

Pela primeira vez em 23 anos de atividade, a escola profissional Eptoliva conta no seu seio com uma Associação de Estudantes. A eleição dos órgãos sociais aconteceu dia 14 de novembro, tendo sido eleita a aluna Rita Campos, do 1º ano do curso de Turismo, como presidente daquela estrutura estudantil.

Os restantes órgãos sociais são ainda presididos pelos alunos João Pereira, aluno do 1º ano do curso de Turismo, na Mesa da Assembleia Geral, e Pedro Paiva, aluno do 2º ano do curso de Eletrónica Automação e Comando no Conselho Fiscal.

Encabeçada por Rita Campos, a Lista A foi a que reuniu o maior número de votos (101) contra a lista B encabeçada por Bruno Paulino que obteve apenas 39 votos.


A tomada de posse dos órgãos sociais aconteceu dia 19 de novembro, acreditando a Eptoliva que se “fez história” no seio daquela escola profissional ao ver nascer uma estrutura representativa de todos os seus estudantes e que será um elemento fundamental para a dinamização desportiva, cultural e cívica da escola.


Na sessão que contou com a presença do vereador do Desporto e Juventude da Câmara de Oliveira do Hospital, Nuno Ribeiro, do Presidente da ADEPTOLIVA, o Professor Daniel Dinis Costa e ainda do Director Executivo da EPTOLIVA, o Professor Joel Vasconcelos, foram elencadas as prioridades da intervenção da Direção da Associação de Estudantes da EPTOLIVA, destacando-se o papel que a mesma irá ter na ligação de todos os alunos com a Direção da Escola na defesa dos direitos e anseios de todos os estudantes, bem como o plano de atividades que incorporará diversas iniciativas desportivas e culturais a desenvolver na EPTOLIVA, mas também junto da comunidade envolvente de Tábua e Oliveira do Hospital.


As iniciativas de debate em torno de temáticas que envolvam as áreas técnicas dos cursos profissionais ministrados na EPTOLIVA constarão também das prioridades de ação da primeira Direção da Associação de Estudantes da EPTOLIVA presidida por Rita Campos.

Da parte da Direção da Eptoliva, foi assumido o compromisso de apoiar as atividades a desenvolver pela Associação de Estudantes.


Com a criação da Associação de Estudantes, os alunos da EPTOLIVA estarão agora representados nos Conselhos Municipais da Juventude dos Municípios de Tábua e de Oliveira do Hospital.

Região: Polícia Judiciária deteve mulher que introduzia droga na prisão de Coimbra

A Polícia Judiciária anunciou a detenção de uma mulher, de 33 anos, por suspeita de introdução de estupefacientes e outros produtos no Estabelecimento Prisional de Coimbra.  A detenção é o culminar de uma investigação que decorria há alguns meses.


A detida é operadora de “call center” e presumível autora da prática de um crime de tráfico de estupefacientes.


De acordo com comunicado da diretoria do Centro da PJ enviado à Rádio Boa Nova, a mulher  “é suspeita de, por interposta pessoa e por diversas ocasiões, tentar introduzir cerca de oitocentas doses de haxixe e vários telemóveis no Estabelecimento Prisional de Coimbra”.

A detida, de 33 anos de idade, sem antecedentes criminais, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Filarmónicas precisam de se “atualizar com os tempos” para atrais mais jovens

A acontecer pela primeira vez em Oliveira do Hospital, as jornadas culturais em torno da música folclórica” deixaram clara a importância e necessidade das bandas no concelho. Em funcionamento há várias décadas, a maioria são mesmo centenárias - Filarmónica Sangianense em1842, Fidelidade Aldeia das Dez (1856), Sociedade Recreio Filarmónica Avoense (1866) e Filarmónica de Ervedal da Beira (1926) - as bandas precisam, contudo de se “atualizar com os tempos” e de apostar na formação.

“É importante que os jovens gostem mais de música e começar de tenra idade na formação é muito importante para a sustentabilidade de uma filarmónica. Uma boa escola de música forma certamente uma boa banda filarmónica ”, afirmou à Rádio Boa Nova a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, Graça Silva.

 

Na iniciativa que promoveu o encontro entre as bandas filarmónicas concelhias, a responsável entende estarem reunidas as condições para a realização de “um bom trabalho” no domínio da música filarmónica. A fazer um balanço positivo das jornadas culturais, Graça Silva dá como certa a realização de um segundo encontro alusivo aos ranchos folclóricos.

 

A encarar a iniciativa como uma “troca de experiências e de boas práticas”, o presidente da Câmara Municipal disse ser esta a prova de que “somos um concelho rico e com uma diversidade cultural enorme”. “A Câmara tem feito um grande esforço para que a diversidade continue. Estes grupos ajudam à educação dos nossos jovens”, referiu satisfeito José Carlos Alexandrino

José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Graça Silva, vereadora da Cultura da CMOH

Oliveira do Hospital entre os municípios portugueses com “Água Segura” na torneira dos consumidores

Oliveira do Hospital está entre os municípios portugueses que garantem o fornecimento de “Água Segura” aos seus consumidores, cumprindo assim com a meta do Plano Estratégico de Abastecimento de Água e Saneamento de Águas Residuais (PEAASAR II).


Segundo o último relatório anual tornado público pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) – com dados referentes a 2013 – o Município de Oliveira do Hospital realizou 100 por cento das análises obrigatórias de controlo de qualidade e apresentou uma taxa de cumprimento de 99% dos valores paramétricos especificados na legislação portuguesa, o que significa que os consumidores oliveirenses têm uma água controlada e de boa qualidade.

“A qualidade da água no Município de Oliveira do Hospital tem vindo a registar uma evolução muito positiva nos últimos anos e os resultados agora publicados no último relatório de avaliação da ERSAR sobre o setor são os melhores de sempre”, refere a autarquia em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


Na mesma nota, o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, congratula-se com os indicadores de qualidade agora revelados pela ERSAR. Para o autarca, tal facto é “resultado concreto da política de modernização que a autarquia oliveirense tem vindo a implementar num setor verdadeiramente estratégico e que está intimamente associado à qualidade de vida e bem-estar da população”. 

Travanca de Lagos quer construir a maior árvore de natal ecológica do mundo

Pelo segundo ano consecutivo, os Jovens da Liga de Travanca de Lagos desafiam a região para a construção da "Maior Árvore de Natal Ecológica do Mundo". Depois de, no ano passado, a intempérie que se fez sentir na época natalícia ter derrubado a árvore, este ano a comunidade volta a unir-se em torno do mesmo objetivo.


A construção acontece dia 7 de dezembro, mas a árvore já começou a crescer. Ontem, teve lugar na freguesia um encontro destinado a preparar o arranque daquela que deverá ser a “Maior Árvore de Natal Ecológica do Mundo”.


Neste projeto, os Jovens da Liga de Travanca de lagos contam com o auxílio de toda a população. “Dos 8 aos 80, todos querem fazer parte desta história e ajudam na recolha e tratamento de materiais para a construção que terá lugar no dia 7 de dezembro”, referem os jovens que convidam toda a gente a participar nesta iniciativa "da região e não apenas aldeia".


Com esta iniciativa, os jovens pretendem despertar a atenção para os valores humanos associados à época natalícia e para os valores ecológicos, nomeadamente, o reaproveitamento de embalagens e posterior encaminhamento para a reciclagem. O feito será candidato ao Guinness Book. 

23/11 - Sampaense perde por um ponto no prolongamento

O encontro entre a Oliveirense e o Sampaense Basket foi extramente disputado, já que só no prolongamento, empate a 82 pontos no final do tempo regulamentar, a equipa de Oliveira de Azeméis garantiu o triunfo pela diferença mínima (90-89). Isto depois, de as duas equipas terem tido a oportunidade de resolverem o jogo a seu favor dentro dos 40 minutos.

 

Ao intervalo tudo parecia bem encaminhado para a equipa de S. Paio de Gramaços (45-31), isto depois de ter conseguido um parcial de 26-11 durante o 2º período. O descanso fez bem aos visitados, que no regresso dos balneários mostraram-se decididos a reentrar na discussão do jogo. À entrada do derradeiro quarto eram só três os pontos que separavam as duas equipas (62-65), com os visitantes no comando.

 

Nos momentos finais do tempo regulamentar os turnovers aconteceram em ambos os lados, mas nem o lançamento de dois de Eduardo Guimarães, nem o triplo de Javarris Barnett (27 pontos e 10 ressaltos) fizeram mexer o marcador, que estava empatado a 82 pontos. Nos 5 minutos extra, o Sampaense comandou sempre o resultado, mas com a equipa da casa a ser capaz de repor a igualdade. Kendall Timmons (14 pontos, 9 ressaltos, 3 assistências e 2 roubos de bola) desperdiçou um lance-livre a 32 segundos do final, valeu à Oliveirense o ressalto ofensivo capturado por Kenyon Jr (34 pontos, 5 assistências e 2 ressaltos) ao seu próprio lançamento.

 

Renato Azevedo (15 pontos, 9 ressaltos e 3 assistências) teve um papel importante na equipa da Oliveirense, o mesmo se pode dizer de Diogo Ventura, embora os 14 pontos, 7 ressaltos, 2 assistências e 2 roubos de bola que registou não impediram que o Sampaense tivesse sido derrotado. (Fonte FPB)

“Música Filarmónica” é mote de jornadas culturais em Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital organiza esta sexta-feira, às 21h00, na Casa da Cultura César Oliveira, as I Jornadas Culturais de Oliveira do Hospital subordinadas ao tema da “música filarmónica”.


“Esta é uma temática bem presente no concelho de Oliveira do Hospital, desde a fundação da Filarmónica Sangianense em1842, seguindo-se as restantes filarmónicas – Fidelidade Aldeia das Dez (1856), Sociedade Recreio Filarmónica Avoense (1866) e Filarmónica de Ervedal da Beira (1926). Estas instituições são o mais antigo porta-estandarte musical do concelho, levando o nome de Oliveira do Hospital por todo o país e além fronteiras, motivo que leva a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, através do seu Pelouro da Cultura, a realizar estas primeiras jornadas culturais”, refere a autarquia em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


No encontro serão tratados temas como a sustentabilidade das filarmónicas, a formação musical e novas metodologias de ensino, as estratégias e dinâmicas que hoje se impõem às filarmónicas bem como exemplos de boas práticas. Pretende-se abrir um espaço de discussão sobre as várias temáticas culturais do concelho de Oliveira do Hospital valorizando e reforçando, naturalmente, os agentes culturais locais e as suas iniciativas.

Crianças de Oliveira do Hospital assinalaram o Dia Nacional do Pijama

O Dia Nacional do Pijama, que ontem se comemorou, foi assinalado pelas crianças que frequentam o pré-escolar no concelho de Oliveira do Hospital. Perto de 600 que frequentam jardins de infância da rede pública e outras instituições do concelho, com valência de creche e jardim de infância, foram para a escola vestidos a rigor.

Este é já o segundo ano que o concelho de Oliveira do Hospital adere a este projeto tendo a Câmara Municipal, nomeadamente através da sua Rede Social, apoiado na divulgação e realização da iniciativa.

O Dia Nacional do Pijama é uma iniciativa da Associação Mundos de Vida, participado por crianças até aos 10 anos, já que este ano foi alargado às crianças do 1.º ciclo, que anualmente, a 20 de novembro, vão vestidas de pijama para a escola. É um dia solidário que pretende sensibilizar a população para facto de que todas as crianças devem crescer numa família, conforme defende a Convenção Internacional dos Direitos da Criança. Um direito fundamental que está vedado às cerca de nove mil crianças que, no nosso país, vivem em instituições.

Num gesto simbólico, os meninos e meninas que frequentam o Jardim de Infância do Largo da Feira, na cidade de Oliveira do Hospital, deslocaram-se aos Paços do Município onde sensibilizaram o executivo e os colaboradores da Câmara Municipal para esta causa solidária.

Para a vereadora da Educação, Graça Silva este é “sem dúvida um forte manifesto de solidariedade para com os mais desprotegidos, que tanto precisam de apoio para se tornarem cidadãos com os mesmos direitos”.

Tábua: Encontrado corpo de rapariga em avançado estado de decomposição

O cadáver de uma rapariga foi encontrado, terça feira, em Fontão, Mouronho, no concelho de Tábua, em avançado estado de decomposição, encontrando-se no local alguns membros decepados, partes da cabeça e algumas roupas.


Sem que no concelho houvesse qualquer registo de desaparecimento, o corpo poderá ser de uma jovem de 22 anos, desaparecida desde o passado mês de julho, e com residência na localidade da Sobreira, Penacova.

Segundo avança a Comarca online, a jovem que foi vista pela última vez em Arganil, terá ficado incontactável via telemóvel, não sabendo a família do seu paradeiro. Esta não terá, contudo, sido a primeira vez que a jovem se terá colocado em fuga, ao que tudo indica motivada por troca de mensagens no facebook.


 A identificação da jovem foi feita por um irmão que, depois de contactado pela Polícia Judiciária, reconheceu as roupas usadas pela jovem e que seriam as mesmas que usava por ocasião do seu desaparecimento. 


Arguidos no processo “Vistos Gold” desempenharam funções de responsabilidade em Oliveira do Hospital

António Figueiredo e José Gonçalves detidos na Operação Labirinto, no âmbitos das investigações dos “Vistos Gold” são conhecidos dos oliveirenses, tendo num passado recente desempenhado funções de responsabilidade no concelho de Oliveira do Hospital, nomeadamente na Câmara Municipal e na Conservatória.


À frente do Instituto dos Registos e Notariado, António Figueiredo viu ser-lhe decretada a prisão preventiva no âmbito do processo “Vistos Gold”. Na sua passagem por Oliveira do Hospital, o agora arguido desempenhou na Câmara Municipal uma das mais importantes funções, nomeadamente a de chefe de Divisão Administrativa e Financeira. Neste concelho, António Figueiredo foi ainda, no início da década de 90, conservador do Registo Predial


Também conhecido dos oliveirenses pelas funções que desempenhou na conservatória do registo civil do concelho, José Manuel Gonçalves, com ligações familiares a Oliveira do Hospital, é outro dos arguidos do mega processo.


No processo dos “vistos Gold” está também envolvido o sócio de uma empresa incubada na BLC3 em Oliveira do Hospital, natural do concelho de Tábua, Paulo Jorge Eliseu.


 O Tribunal Central de Instrução Criminal teve mão pesada para cinco dos 11 arguidos detidos, decretando prisão preventiva. Entres aqueles está António Figueiredo e Zhu Xiaodong um dos empresários chineses envolvido na investigação.  José Gonçalves e Paulo Eliseu foram suspensos das funções que tinham no Instituto de Registos e Notariado.


Em causa nesta operação "Labirinto" estão suspeitas de crimes de corrupção ativa e passiva, recebimento indevido de vantagem, prevaricação, peculato de uso, abuso de poder e tráfico de influências na atribuição de vistos "gold" a cidadãos estrangeiros.

Com: tsf.pt

Misericórdia de Galizes realiza Gala anual e prepara arranque de novo lar

A Santa Casa da Misericórdia de Galizes realiza domingo, 23 de novembro, a 2ª edição da Gala Anual Dr. António Vaz Patto, a partir das 15h00, na Casa da Cultura César Oliveira, em Oliveira do Hospital.

 

Com a iniciativa, a Santa Casa da Misericórdia pretende “homenagear os irmãos com mais de 50 anos de irmandade, colaboradores e instituições concelhias de relevo”, funcionando também a iniciativa como “uma mostra do produto do dia a dia da instituição”, referiu à Rádio Boa Nova, o provedor Bruno Miranda.

 

 

A Gala levada a cabo pela Santa Casa da Misericórdia de Galizes acontece numa altura em que se ultimam os trabalhos do novo lar de Nª Srª da Visitação. Pendente está, contudo, a atribuição dos acordos indispensáveis ao funcionamento do espaço. É que, apesar da “abertura” manifestada pela tutela na perspetiva de que os acordos possam ser atribuídos, a verdade é que “garantia escrita não há”.

 

 

Para além do apoio a pessoas portadoras de deficiência, a Santa Casa da Misericórdia de Galizes tem em funcionamento um espaço de medicina física e reabilitação com ocupação praticamente plena por clientes de Oliveira do Hospital e da região. Do mesmo modo, a instituição também se destaca nas áreas do apoio à infância e 3ª idade.

 

Bruno Miranda, provedor da Santa Casa Misericórdia de Galizes


 Mata a mulher e simula acidente do qual sai apenas com arranhões

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda deteve, ontem, o marido da advogada que morreu num alegado acidente de viação, ocorrido no concelho de Seia.


As suspeitas de um despiste simulado, a posição do corpo da vítima mortal, a falta de lesões do homem e o iminente divórcio do casal levaram as autoridades a crer que o marido tinha planeado a morte da mulher, conta o Jornal de Notícias (JN).


Desde que chegaram ao local onde o carro se encontrava, numa ravina junto à estrada, que os bombeiros e o Núcleo de Investigação Criminal da GNR desconfiaram do cenário que encontraram.

Na via não existiam sinais de travagem do carro, a viatura encontrava-se quase intacta, a mulher, já morta, estava a alguns metros da viatura e com graves lesões e o marido, que a acompanhava, apenas com alguns arranhões.


Segundo o Jornal de Notícias (JN), a falta de coerência entre estes factos fez com que as autoridades suspeitassem, desde o primeiro momento, que o marido de Ana Rita estivesse envolvido neste acidente. A tese ganhou mais força quando descobriram que a advogada, que deixa duas filhas menores, estava a preparar o divórcio de Rui Antunes e que este já a tinha ameaçado.


A hipótese de se ter tratado de um homicídio e simulação de acidente ficou mais credível com os resultados da autópsia feita ao corpo da advogada, que há dois anos vivia com a família em Seia. De acordo com as informações recolhidas pelo JN, Ana Rita apresentava sinais de asfixia e um golpe na cabeça, possivelmente provocado por uma pedra.


Numa primeira declaração às autoridades, Rui Antunes terá dito que a esposa se tinha atirado de uma ravina com o carro em andamento e que o ferimento fatal, o golpe na cabeça, era resultado da queda. Apesar desta declaração, a PJ da Guarda acabou por detê-lo ontem.


Fonte: noticiasaominuto.com
Foto: cmjornal

Oliveira do Hospital com trabalho “muito entrosado” de proteção das crianças 

Hoje, dia 20 de novembro, assinala-se o 25º aniversário da convenção dos direitos da criança. O documento adotado em 1989 pelas Nações Unidas enuncia um amplo conjunto de direitos fundamentais – os direitos civis e políticos, e também os direitos económicos, sociais e culturais – de todas as crianças, bem como as respetivas disposições para que sejam aplicados. A efeméride deu até mote à criação do Dia Nacional do Pijama que nesta data é assinalado um pouco por todo o país.

 

Nesta data importa, porém, saber se as crianças do concelho de Oliveira do Hospital têm visto os seus direitos salvaguardados. “Felizmente em Oliveira do Hospital, tem havido um trabalho muito entrosado de articulação entre o município, a rede social e segurança social e a escola para estarmos atentos e agirmos o mais rapidamente para podermos ajudar”, assegurou à Rádio Boa Nova o vice-presidente e vereador de ação social da Câmara Municipal, José Francisco Rolo, reportando-se em particular às situações de pobreza, muito por força do corte das prestações sociais como sendo os abonos.

Agricultores obrigados a formação na área de produtos fitofarmacêuticos

A aquisição e aplicação de produtos fitofarmacêuticos estão sujeitas a novas regras, estando os agricultores obrigados a fazer formação naquela área, até ao dia 26 de novembro de 2015. A partir daquela data, só os aplicadores habilitados poderão adquirir e manusear aqueles produtos.


No sentido de ajudar os agricultores, a Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central tem em curso uma formação de 50 horas com componente prática e teórica, ministrada por Joaquim Rodrigues, Engenheiro Técnico Agrário.


Em declarações à Rádio Boa Nova, o especialista reforça a obrigatoriedade de formação que decorre da lei nº 26/2013. Do mesmo modo, Joaquim Rodrigues destaca a pertinência da formação, já que em causa está a utilização de materiais que mal manuseados podem conferir alguma perigosidade. “Desde adquirir o produto até ao manuseio do mesmo, como estamos a trabalhar com produtos perigosos, com certeza que tem que ter formação”, entende o engenheiro, considerando até que as 50 horas são insuficientes para ministrar toda a formação.

Joaquim Rodrigues, Engº técnico agrário

Sessão Especial CineEco  na Casa da Cultura de Seia

O Município de Seia vai promover no próximo dia 22 de novembro, sábado, pelas 21h30 uma sessão especial CineEco 2014. A referida sessão, que decorrerá no Cineteatro da Casa Municipal da Cultura, conta com a exibição de 4 curtas-metragens, num total de aproximadamente uma hora.


Inserida na estratégia de promover o CineEco todo o ano, a sessão abrirá com a exibição do documentário CineEco 20, de Eduardo Amaro, uma encomenda do município para assinalar a 20ª edição do festival. Trata-se de uma viagem pelo percurso do festival ao longo de duas décadas, entre trilhos e caminhos da serra da Estrela, guiados pelo guerreiro lusitano Viriato, ouvindo protagonistas do festival.


Outro filme exibido será Outono, de Marco Amaral, de 11 minutos, e que conquistou o Prémio Panorama Regional CineEco 2014. A obra fala de uma escola que fechou, onde não há crianças e um rapaz para estudar tem de ir para uma terra desconhecida. Entretanto, refugia-se nos sítios que conhece e "a pequena lagarta, vê passar o Outono, sem pressa de se tornar borboleta."

Aqui não se passa nada, Isadora Sousa, é uma curta de 2 minutos, que foi distinguida com uma Menção Honrosa do Júri da Juventude CineEco 2014.


Por fim, Trama, de Luísa Soares, uma obra-prima de 21 minutos, que passou numa Sessão Especial CineEco 2014 e que trouxe à sala muito público que se reviu na película. Uma curta onde a realizadora percorreu espaços, sentindo os ecos, ouvindo as memórias, falando com pessoas em forma de arquivo, sentindo o frio e o vazio das fábricas têxteis da região que ficaram sozinhas.

 

Pirâmide de Natal Solidário angariou mais de 2,5 toneladas de bens alimentares

A ação “Pirâmide de Natal Solidário” realizada nos dias 15 e 16 de novembro, no concelho de Oliveira do Hospital, resultou na recolha de mais de 2,5 toneladas de bens alimentares.

A recolha decorreu em quatro médias superfícies comerciais da cidade – Cooperativa Agro-Pecuária da Beira Central, Intermarché, Irmãos Gonçalves Supermercados e MiniPreço – onde os clientes deixaram o seu contributo e generosidade. No total foram recolhidos 4.206 produtos que ultrapassam as 2,5 toneladas sendo que as massas, arroz e leite foram os bens doados em maior quantidade, seguindo-se as bolachas. A recolha reverte a favor do Banco de Recursos Sociais de Oliveira do Hospital que apoia e ajuda as famílias mais carenciadas, desfavorecidas ou que se encontrem em situação de dificuldade temporária e que podem recorrer a este serviço em situação de emergência.

A iniciativa envolveu 70 voluntários, colaboradores de várias instituições do concelho, como as IPSS que além dos voluntários asseguraram o transporte dos bens angariados para o Banco Alimentar local. De registar um aumento de voluntários da sociedade civil.


Sentimento de responsabilidade resume o espírito com que os voluntários abraçaram esta causa, entregando algumas horas do seu dia, como afirmou Ana Ribeiro, bombeira e já uma repetente nestas andanças.  Deldger Quaresma, de São Tomé e Príncipe, foi um dos vários alunos da ESTGOH que também se associou a esta causa “depois de ter sido desafiado. É uma forma de ajudar quem precisa e de ocupar o meu tempo neste fim de semana”.


Do outro lado estão os inúmeros cidadãos que ao longo do fim de semana entregaram um pedaço de generosidade como é o caso de Elisabete Gomes que fez questão de contribuir. “É pouco, mas acho que é sempre importante e ajuda quem precisa”, referiu.


O vereador do pelouro da Ação Social, José Francisco Rolo frisa que é momento de “agradecer e reconhecer publicamente o trabalho e a organização de todos os que ajudaram, os 70 voluntários, as oito IPSS e a Rede Social, os quatro supermercados, quem coordenou e acima de tudo, a todos quantos doaram alimentos” e acrescenta, “Oliveira do Hospital afirma-se mais uma vez como terra de gente solidária e preocupada em ajudar quem temporariamente mais precisa”.


“Naturalmente que a Ação Social Municipal está atenta às necessidades dos cidadãos e tem no Banco de Recursos Sociais e na Rede Social concelhia um bem organizado dispositivo de resposta”, sublinha o responsável.

Sampaense triplamente distinguido por "época notável"

Pedro Veloso, dirigente do Sampaense Basket, foi distinguido, na Gala do Desporto de Oliveira do Hospital, como o dirigente do Ano. Na mesma cerimónia também a equipa de S. Paio de Gramaços, que na última época ficou em 3º lugar no Campeonato da Liga Portuguesa de Basquetebol foi distinguida como equipa do ano, acabando a própria Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense por ser considerada como o clube/associação do ano. Uma tripla distinção que para Pedro Veloso é reconhecimento de uma época que considera “notável”.


Decorrente da boa prestação da equipa profissional, a secção de basquetebol da Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense tem-se revelado atrativa para jovens atletas. "Quanto mais sucesso se vê,  maior interesse também se cria junto dos possíveis atletas", observa Pedro Veloso, notando que em face de tal realidade também a secção fez uma aposta na contratação de treinadores profissionais dedicados à formação.  Na última época desportiva, o Sampaense contava com 100 jovens atletas. Em cenário de "escassos recursos", Pedro Veloso entende ser este o caminho a seguir, para que num futuro próximo a equipa seja formada por atletas formados no seio do próprio clube.


À Rádio Boa Nova, Pedro Veloso mostrou-se disponível para continuar à frente da secção de Basquetebol “enquanto houver condições para trabalhar”. “Há um limite para tudo”, avisa o dirigente reportando-se em particular às dificuldades orçamentais que vêm sendo enfrentadas pelo clube.


Pedro Veloso, dirigente do Sampaense Basket

Penacova valoriza Livraria do Mondego

O presidente da Câmara Municipal de Penacova, Humberto Oliveira, assinou ontem a consignação da empreitada de preservação do Património Natural da Livraria do Mondego, com a empresa “Ramos Catarino Dois Arquitetura de Interiores e Construção Lda, com um valor de 46.473,14 €. Esta empreitada vai permitir preservar, valorizar, dinamizar e promover o território e nomeadamente aquele núcleo geológico, promovendo as acessibilidades a pontos fulcrais que permitam devolver este espaço de excelência natural às populações locais e visitantes. O projeto foi objeto de candidatura ao Programa LEADER ADELO, sendo esta submetida para apreciação a 28 de setembro de 2012.


Este espaço natural vai ficar dotado de miradouros, percursos de visita devidamente sinalizados, guardas de segurança e pontos de descanso, parque de estacionamento para 23 veículos e vai ainda contemplar dois mini-cais para ancoragem da barca serrana, permitindo que os visitantes tenham uma panorâmica única da Livraria do Mondego a partir do rio, podendo aproveitar ainda para desfrutar de um agradável passeio de barca serrana no Rio Mondego.

 

Humberto Oliveira sublinha a importância desta consignação, referindo-a como "mais uma iniciativa que visa promover o turismo e o tecido económico de Penacova e da região, devolvendo às pessoas este local sublime de interesse nacional e que Penacova tem para mostrar".

Região: Idosa morre num incêndio em casa

Uma mulher de 79 anos morreu, esta quarta-feira, na sequência de incêndio que deflagrou numa casa em Vale Formoso, concelho da Covilhã, disse fonte do Centro Coordenador de Operações e Socorro de Castelo Branco.

 O alerta foi dado às 6h30 e "o fogo destruiu totalmente a habitação", desconhecendo-se para já a origem do incêndio.

No local estiveram duas corporações dos bombeiros (Covilhã e Belmonte), com 26 operacionais, a GNR e a Viatura Médica de Emergência (VMER) da Covilhã.


fonte: jn.pt

Os efeitos do mau tempo em Oliveira do Hospital

Este era o estado em que, pelas 12h30, se encontrava uma via de acesso à Zona Industrial de Oliveira do Hospital. Àquela hora, funcionários da Câmara Municipal encontravam-se no local a limpar as grelhas de escoamento. Pouco tempo depois, o problema já se encontrava resolvido. 

Desde meio da manhã de hoje que chove intensamente na cidade de Oliveira do Hospital.

Pedro Veloso, dirigente do Sampaense Basket, em conversa na Rádio Boa Nova

Fernando Roldão conversa a esta hora com Pedro Veloso, dirigente do Sampaense Basket. Na Rádio Boa Nova fala-se de desporto, em particular do basquetebol praticado pela equipa de S. Paio de Gramaços, o Sampaense Basket, que na última época desportiva conquistou o 3º lugar no campeonato da Liga Portuguesa de Basquetebol. Pedro Veloso foi distinguido na Gala do Desporto como o dirigente do ano. Na mesma cerimónia, o Sampaense Basket foi considerado a equipa do ano e a Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense foi também distinguida como o clube/associação do ano. (Acompanhe em 100.2 FM)

 ADIBER volta a distribuir laços brancos para erradicação da violência doméstica

A ADIBER promove, entre 25 de novembro e 6 de dezembro, mais uma “campanha do Laço Branco” destinada a alertar para a problemática da violência contra a mulher. A iniciativa consiste na distribuição gratuita de laços brancos no território da Beira Serra – concelhos de Arganil, Góis, Oliveira do Hospital e Tábua . Em 2013, a acção chegou a mais de 3500 pessoas, incluindo na Assembleia da República.


A acontecer pelo 5º ano consecutivo a “Campanha do Laço Branco” decorre no âmbito da comemoração do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher”, que se assinala a 25 de Novembro. Considerando que a violência doméstica é um fenómeno que em variados casos ainda está oculto, sobretudo nos pequenos meios rurais, a ADIBER pretende alertar para a sua existência e para o facto de que, sendo um crime público, todos os cidadãos têm a obrigação de o denunciar no sentido de proteger as vítimas, muitas das quais indefesas e condicionadas na sua ação.


Às portas de mais uma campanha, a ADIBER verifica que “infelizmente esta temática continua na ordem do dia já que todos os anos morre um número crescente não apenas de mulheres, mas também de outros elementos do agregado familiar, nomeadamente filhos ou filhas, que também são vítimas de um crime hediondo que representa quase 1/3 do total dos homicídios que ocorreram em Portugal”.


A ADIBER pretende, assim, sensibilizar toda a população e envolver outros parceiros locais no combate a esta problemática, sendo que o investimento junto das escolas se tem assumido como uma prioridade, motivando crianças e jovens para o exercício dos valores da cidadania.

Acidente causou um morto e um ferido no concelho de Seia

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida na sequência de um acidente rodoviário que ocorreu ontem no concelho de Seia, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.


Segundo o CDOS, tratou-se do despiste de um automóvel, que ocorreu pelas 13:17, na estrada municipal que faz a ligação entre as localidades de Furtado e Sandomil, no concelho de Seia.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda adiantou à Lusa que a vítima mortal é uma mulher de 38 anos, que conduzia a viatura.


O ferido ligeiro, que foi transportado pelos bombeiros para o serviço de urgências do hospital de Seia, é um homem, também de 38 anos, indicou. Ao local do sinistro deslocaram-se seis veículos e 17 elementos dos Bombeiros Voluntários de São Romão, do INEM e da GNR. O acidente está a ser investigado pelo Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação da GNR.

Daniel Oliveira em sessão de autógrafos em Oliveira do Hospital

Daniel Oliveira, apresentador do programa "Alta Definição" da SIC realizou, esta tarde, na papelaria Meio Mundo, na cidade de Oliveira do Hospital, uma sessão de autógrafos. O conhecido rosto da SIC é o autor do livro a "Fórmula da Saudade". A Rádio Boa Nova acompanhou a sessão e falou com o apresentador e escritor que se mostrou satisfeito pela receção de que foi alvo em Oliveira do Hospital.


Pela primeira vez no concelho oliveirense, o jovem apresentador e escritor promete regressar a Oliveira do Hospital, local onde se sente “feliz”


A sessão de autógrafos com Daniel Oliveira aconteceu num conhecido espaço da cidade de Oliveira do Hospital, a papelaria e livraria Meio Mundo. Manuela Marques, proprietária do espaço, revelou-se satisfeita pela receção que teve oportunidade de organizar ao conhecido rosto dos portugueses, em geral, e dos oliveirenses em particular. Para a responsável, iniciativas como a que hoje foi realizada são “boas” para a papelaria e livraria Meio Mundo e para Oliveira do Hospital.

Daniel Oliveira, autor de "Fórmula da Saudade"

Manuela Marques, proprietária da papelaria e livraria Meio Mundo

Encontro em Oliveira do Hospital dá conhecer cogumelos da região

A Cooperativa Agro-pecuária da Beira Central realiza dia 22 de novembro, a partir das 09h00, em Oliveira do Hospital,  a 3ª edição do encontro de micologia que envolve saída de campo para apanha de cogumelos e sessão de identificação das espécies colhidas.


A iniciativa acontece numa altura em que a floresta é fértil em cogumelos, pelo que importa saber a melhor forma de proceder à colheita. Gustavos Soares, engenheiro florestal, aconselha à não utilização de sacos plásticos ou baldes, por impossibilitar a disseminação dos esporos dos cogumelos. “Isso é bastante importante para que em próximos anos possa haver mais cogumelos”, explicou à Rádio Boa Nova aquele especialista, aconselhando ainda as pessoas a não colherem a totalidade do cogumelo, optando por cortar o pé com uma faca limpa "para não se estragar a estrutura que no próximo ano pode frutificar e dar mais cogumelos".


No processo de colheita de cogumelos importa ainda distinguir as espécies comestíveis, das tóxicas, bem como daquelas que são mesmo mortais. “Em Portugal estão identificadas pelo menos 1000 espécies de cogumelos, das quais cerca de 150 são tóxicas e 10 são mortais”, alerta o responsável. Na região “os míscaros e tortulhos são os mais consumidos”, porém Gustavo Soares informa que "há outros cogumelos excelentes que as pessoas não estão a aproveitar por falta de conhecimento”.


Ao encontro de micologia deverão acorrer conhecedores e curiosos que "estão a iniciar e querem saber mais de cogumelos". Na realização da iniciativa, a Cooperativa Agro Pecuária conta com o formador Pedro Capela, acabando o workshop por resultar numa "partilha de conhecimento entre todos".

Gustavo Soares, Engº Florestal

Horários preenchidos tranquilizam Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

A um mês do fim do primeiro período escolar, e pese embora a problemática em torno da colocação de professores, as atividades letivas decorrem sem sobressaltos no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital.


Contactado pela Rádio Boa Nova, o director do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Carlos Carvalheira, garantiu que “os professores estão todos colocados e os horários preenchidos”. Nos casos em que se verificou colocação tardia de professores, o responsável garante que as matérias em atraso estão a ser repostas através de aulas de compensação.


Sobre a recente reivindicação dos pais e encarregados de educação no sentido de colocação de mais psicólogos e professores de ensino especial, Carlos Carvalheira assegurou que o assunto está em fase de resolução junto da delegação regional dos estabelecimentos escolares. 


foto:escolaeomeio.blogspot

Diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Carlos Carvalheira

Cinco feridos em colisão em Coimbra

Cinco pessoas ficaram feridas, em resultado de uma colisão entre cinco viaturas, ao início desta tarde, na Avenida Inês de Castro, em Coimbra, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.


De acordo com a edição online do Jornal de Notícias, as vítimas ficaram com ferimentos ligeiros. Uma delas teve de ser desencarcerada. O acidente, que ocorreu pouco depois das 14.30 horas, levou ao corte da circulação nos dois sentidos da via. No local estiveram meios dos bombeiros Sapadores e Voluntários de Coimbra, do INEM e da PSP.

Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira participa em Antologia de Natal

O Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira é um dos participantes da Antologia “Contos para o Natal”, do Grupo de Comunicação Novembro, que no dia 8 de dezembro, pelas 14h30, vai ser apresentada nas instalações daquela instituição.

 

Com um conto introdutório da  Editorial Novembro, a antologia conta ainda com a participação dos autores Ana Bárbara Santo António, Avelina Vieira, Benedita Stingl, Carlos Lopes, Cidália Fernandes, Fabíola Lopes, Francisco Ferreira, Lígia Bastos, Marta Ferreira e Tânia Penedo. A participação do Centro social e Paroquial de Ervedal da Beira acontece pela colaboração de utentes e colaboradores da instituição. Os contos serão apresentados pelos autores que assinam a antologia.  

FCOH sofre goleada e é ultrapassado pela ADN 

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) sofreu ontem goleada de 5-0 frente ao líder do Campeonato Nacional de Seniores, o Benfica de Castelo Branco, e foi ultrapassado na tabela classificativa pela Associação Desportiva Nogueirense (ADN) que venceu o Vit. Sernache por 2-0.


Aconteceu assim na 10ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, série E, na qual a vizinha equipa de Touriz, o Tourizense, venceu a Naval por 2-0.


Com aquele resultado, o FCOH desceu ao 5º lugar da tabela classificativa, com 13 pontos. Já a Associação Desportiva Nogueirense subiu na tabela classificativa até ao 3º lugar, com 14 pontos. O Tourizense subiu à 8ª posição, com 11 pontos. O campeonato é liderado pelo Benfica de C. Branco, com 24 pontos.


Na jornada 6 da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, a Associação Desportiva de Lagares da Beira venceu o Eirense por 2-1. A equipa de Lagares da Beira mantém-se na 15ª posição, com quatro pontos. O campeonato é liderado pela União FC, com 19 pontos. 

Atleta oliveirense fecha época repleta de títulos


António Madeira Dias, atleta oliveirense em atividade pelo Maratona Clube da Vila Chã terminou a época desportiva com saldo positivo.


Com 59 anos, o atleta que já habituou os oliveirenses às suas corridas diárias começou o ano com o título de vice-camepão nacional nos 10 000 metros de estrada e, entre outros, sagrou-se também vice-campeão nacional em 3000 metros obstáculos e 10 000 metros de pista e campeão nacional de montanha 12 000 metros . A fechar a época venceu as meias maratonas em Viseu e Coimbra e a prova de 15km de Silgueiros. Títulos que enchem de orgulho o oliveirense que corre desde os 14 anos e espera conquistar mais títulos.


António Madeira Dias treina diariamente, faça chuva ou faça sol, e acredita que a corrida lhe dá saúde ao corpo e à mente. Adepto das provas de resistência e não tanto de velocidade, o atleta prepara-se para a nova época desportiva.

Madeira Dias foi um dos atletas que, em dia de gala desportiva, mereceu reconhecimento por parte da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

António Madeira Dias

Cabeça  volta a acolher a magia do Natal

Pelo segundo ano consecutivo, a aldeia de Cabeça veste-se de Natal, acolhendo de 29 de novembro a 4 de janeiro, o evento “Cabeça, Aldeia Natal”, uma aposta na criação de cenários inspirados no imaginário de Natal na montanha, na natureza, biodiversidade e respeito pelo meio ambiente, onde apenas prevalece a tradição do presépio religioso, sem alusão ao Pai Natal.


“Depois da experiência francamente positiva do ano passado, a comunidade está empenhada na operacionalização da iniciativa, trabalhando diariamente e voluntariamente na conceção dos enfeites que vão vestir a Aldeia de Natal, que este ano verá a sua área de abrangência alargada”, refere a Câmara de Seia em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


Aos visitantes é proposto um passeio pela aldeia, que é também a primeira Aldeia Led do país e que detém uma beleza única pela predominância do xisto, a que se conjuga uma decoração ecológica alusiva ao natal, como sejam grinaldas de folhas, corações concebidos com musgo e lã da serra da Estrela, estrelas feitas de desperdícios das florestas e a própria árvore de Natal, revestida a pinheiro natural e pinhas. A visita à aldeia é ainda complementada com tasquinhas de produtos regionais, artesanato, animação de rua e experiências inspiradas na história, saberes e sabores da serra da Estrela.


O evento é promovido pela ADIRAM - Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha, em estreita parceria com o Município de Seia e as associações locais, com forte envolvimento da comunidade desta aldeia, sendo financiado pelo Plano de Animação e Comunicação Buy Nature, apoiado pelo FEDER, no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro – QREN.

Maratona Clube Vila Chã obteve 5º lugar no Corta Mato de S. Martinho

No domingo, 16 de novembro, realizou-se o 25º Corta-Mato de S.Martinho na cidade da Guarda. 

O Maratona Clube Vila Chã esteve presente com 6 atletas. O atleta Luís Fernandes classificou-se em 5º lugar com o tempo de 12:15, seguido por Alexandre Figueiredo que terminou com o tempo de 12:25.

 

O atleta José Cardoso concluiu a prova em 11º lugar com o tempo de 14:14 e por fim o atleta David Macedo terminou na 13ª posição com o tempo 14:39. Afonso Mendonça termina em 5º lugar, no escalão de Juvenis, com o tempo de 16:42.No escalão de veteranos o atleta Jacinto Correia classifica-se em 3º lugar com o tempo de 23:46. Coletivamente o Maratona Clube Vila Chã obteve o 5º lugar com 27 pontos.

Sampaense supera Ovarense no último minuto e ganha partida

Liga Portuguesa de Basquetebol - Jornada 4 

Pavilhão Serafim Marques.

1 Período:

Sampaense muito permissivo e sem norte, perante uma Ovarense que entrou forte e onde tudo lhe saia bem. No final do primeiro período a desvantagem era de 15 pontos para a equipa da casa (8-23).

2º período:

Sampaense a reajustar algumas falhas e a tentar recuperar perante uma defesa de Ovar que não dava grandes espaços e onde ia mantendo a distância no marcador (27-42 ao intervalo). 

3º periodo:

Sampaense a entrar bem mas ainda notório algum desacerto e muita ansiedade para controlar. Mesmo assim a conseguir aproximar-se da Ovarense (51-49). 

4º período:

E quando tudo parecia perdido, eis que aparece nos últimos minutos a reviravolta no resultado. Sampaense a acreditar e em pouco mais de um minuto, resolve a seu favor a partida (74-68).

Vitória muito suada.


Oliveira do Hospital distinguido como melhor município para viver 

Oliveira do Hospital foi um dos municípios convidados na Conferência “Melhores Municípios para Viver 2014” promovida pelo INTEC – Instituto de Tecnologia Comportamental, entidade ligada à Universidade Nova de Lisboa, no âmbito dos Melhores Municípios para Viver 2014 tendo recebido uma Menção Honrosa no domínio “Social” pelo Programa Municipal de Incentivo à Natalidade.


O galardão foi entregue, esta quarta-feira, ao vice-presidente da autarquia, José Francisco Rolo, que foi orador neste encontro realizado no Instituto Politécnico de Tomar e onde participaram os restantes municípios que se destacaram nesta iniciativa anual.

         

O vice-presidente do Município foi orador na conferência onde apresentou o Programa Municipal de Incentivo à Natalidade, "inovador no contexto de programas de apoio à natalidade, uma vez que se materializa num subsídio mensal pago a partir do mês seguinte ao do nascimento da criança até aos 36 meses de idade". Concretiza-se na forma de reembolso de despesas efetuadas, na área do município oliveirense, com a aquisição de bens e/ou serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento saudável e harmonioso da criança. "Além de ser um importante instrumento de apoio financeiro às famílias e de fomentar políticas de incentivo à família é também uma medida de dinamização do comércio e instituições locais", refere nota da autarquia enviada à Rádio Boa Nova.


O Programa entrou em vigor em janeiro de 2013 e até ao passado mês de julho foram apoiadas 105 crianças de 104 famílias do concelho, num investimento total do Município que ultrapassa os 76.200 euros. 


 José Francisco Rolo, que apresentou o Programa na conferência, destacou que “Portugal precisa de uma política governamental de incentivo à natalidade pois as iniciativas que existem são diferentes programas de incentivo municipais”. Mais referiu que o município de Oliveira do Hospital tem “programado um investimento de 126 mil euros em incentivos à natalidade no concelho de Oliveira do Hospital, montante este que chegará às famílias e entrará no comércio e serviços locais”.

 

 

Obra D. Josefina da Fonseca mantém-se “viva e cheia de força para continuar a apoiar as famílias”

A Obra D. Josefina da Fonseca assinala domingo, 16 de novembro, o 69º aniversário. Com um longo historial de apoio à infância, a instituição tem, ano após ano, melhorado o serviço que presta e condições físicas, sendo por isso encarada como uma instituição de referência no concelho oliveirense.


Às portas da comemoração do aniversário, Isabel Almeida, diretora técnica da instituição faz um balanço positivo do caminho trilhado. “Tem sido feito um belíssimo trabalho e que a própria comunidade reconhece”, afirmou. À Rádio Boa Nova, a responsável não esconde a satisfação por, passados 69 anos, a Obra D. Josefina da Fonseca “continuar viva e cheia de força para apoiar mais famílias”. “É meritório”, considera Isabel Almeida, sublinhando o facto de a instituição ter efetuado a transferência de serviços para a casa mãe, objecto de uma requalificação profunda, onde a área de apoio à infância “funciona em pleno”. Para a responsável “é óptimo trabalhar em condições destas”.


Atualmente, a Obra D. Josefina da Fonseca presta apoio a cerca de 200 crianças nas valências de creche, jardim de infância e ATL. Tem também em funcionamento uma empresa de inserção frequentada por cinco pessoas.

Isabel Almeida, diretora técnica da Obra D. Josefina da Fonseca

Ginástica Artística já é uma realidade em Tábua

Decorreu na passada quarta-feira, no Pavilhão Multiusos de Tábua, a primeira aula de ginástica artística do novo projeto da autarquia “GYM Kids”.


Mais de uma dezena de crianças tabuenses aderiram a esta nova modalidade desportiva, demonstrando interesse e empenho logo na primeira aula, que pautou pela energia e boa disposição.


As aulas decorrem às quartas-feiras, das 18h00m às 19h00m, no Pavilhão Multiusos, estando ainda abertas as inscrições, bastando dirigirem-se ao local ou ao Ginásio Municipal.

Deslocalização de empresa vale 35 postos de trabalho em Oliveira do Hospital

A Zona Industrial de Oliveira do Hospital prepara-se para acolher uma nova unidade. Trata-se da Nutri Indútria, empresa do grupo Indubeira, localizada em Alcochete e que se encontra em processo de deslocalização para Oliveira do Hospital.


 A nova unidade que vai ocupar três lotes da zona industrial, representando um investimento de cerca de dois milhões de euros, acrescidos de 1,5 milhões de Euros em tecnologia e inovação, tem associada a criação de 35 postos de trabalho.


O anúncio foi feito ontem, em reunião pública da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, pelo presidente da autarquia José Carlos Alexandrino, que se regozija por os lotes da Zona Industrial estarem praticamente ocupados, preparando-se o município para adquirir novos terrenos ou avançar com expropriação nos casos em que se revelar necessário.


A instalação da Nutri Indústria em Oliveira do Hospital obrigou, porém o município um processo de negociação com a empresa Alvaquece, à qual já tinha sido atribuído um dos três lotes em causa.  Associada à troca do lote 33, pelo lote 38, está uma redução para metade do preço de venda do metro quadrado, que passou de dois Euros para um Euro. Uma situação que, no entender do presidente da Câmara, não causa mossa nas contas do município, dado que a redução no volume de receita arrecadada é de dois mil Euros. Uma situação que, porém, mereceu o reparo da vereadora do PSD, Cristina Oliveira que, em reunião do executivo falou de um “prejuízo financeiro” e de “desigualdade de oportunidades” para com outras empresas. 

Presidente da CMOH, José Carlos Alexandrino

Vereadora do PSD, Cristina Oliveira

Câmara aprovou orçamento para 2015 com o voto contra do PSD

O executivo municipal de Oliveira do Hospital aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2015. A não colher o aval da vereadora do PSD, Cristina Oliveira, o documento tem associado uma dotação de orçamental de 17 milhões de Euros, valor inferior ao de anos anteriores.


Aos jornalistas, o presidente da Câmara Municipal disse tratar-se de um orçamento “realista e com grande criatividade”. Do conjunto de projetos previstos para 2015, José Carlos Alexandrino destaca o “Casa Digna” e “Pro ativos”, sendo o primeiro direcionado para melhorar as condições de habitabilidade dos oliveirenses e o segundo para incentivar a empregabilidade no concelho.


Em causa está, contudo, uma linha de orientação que não convence a vereadora do PSD que optou pelo voto contra. Para Cristina Oliveira o documento demonstra "falta de ambição" para o desenvolvimento do concelho. Em particular, a vereadora critica a redução da verba alocada à Educação e o investimento que o município espera fazer no estaleiro municipal.

José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Cristina Oliveira, vereadora do PSD na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Pais de Oliveira do Hospital exigem mais psicólogos e professores de ensino especial

A Associação de Pais do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (APAS) exige ao Ministério da Educação a colocação de mais psicólogos e professores de educação especial  por ser “manifestamente impossível o acompanhamento aos alunos”.

 Com um total de 2660 alunos, o recém constituído Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital conta apenas com o apoio de um profissional da área da psicologia. A esta lacuna identificada pela escola e pelos pais, associa-se ainda o reduzido número de professores de ensino especial (10) que presta apoio aos 152 alunos com necessidade de acompanhamento especial em ambiente escolar.  Preocupados com esta realidade, pais e encarregados de educação decidiram avançar com uma moção de pedido de resolução do problema. A marcar presença na reunião pública da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, a presidente da APAS, Ana Álvaro, deu conhecimento da moção num claro pedido de auxílio ao executivo para a colocação de mais psicólogos e docentes de ensino especial.


Uma moção que, no imediato, foi subscrita pelo executivo municipal eleito em maioria. José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara, não hesitou em colocar o documento à discussão com o objetivo de “transformar a moção também da Câmara Municipal” e de a enviar à tutela e à Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE).


Vereadora eleita pelo PSD, Cristina Oliveira, que é também delegada regional dos Estabelecimentos Escolares, disse desconhecer a moção, pelo que optou por não a discutir, votando mesmo pela abstenção ao documento.


Um desconhecimento que mereceu a crítica do vice-presidente da Câmara Municipal. José Francisco Rolo considera “grave” que Cristina Oliveira desconheça os dados que “representam a escola com problemas” e lembra à responsável que “estes dados deveriam estar sempre presentes na secretária de qualquer titular de um cargo público”.


José Francisco Rolo criticou sobretudo o voto pela abstenção  assumido vela vereadora social-democrata, acusando Cristina Oliveira de “trocar a defesa dos alunos e das famílias pela defesa do Ministério da Educação”.


Acusações que não caíram bem junto da vereadora que, em resposta, acusou José Francisco Rolo de fazer “filosofia barata” e de proferir um  “ataque “ à sua pessoa.


Vereadora da Educação , Graça Silva considerou a moção como “um pedido urgente de ajuda” por parte dos pais e encarregados de Educação de Oliveira do Hospital.


A discussão em torno da moção ocupou grande parte dos trabalhos da reunião pública municipal, com intensa troca de argumentos. Garantida ficou contudo a calendarização de uma reunião entre a APAS, município e DGESTE no sentido de se solucionar um problema que não é novo no agrupamento de escolas do concelho. Recorde-se que, já no ano lectivo anterior, a falta de psicólogos e professores de ensino especial motivou uma manifestação por parte dos pais e encarregados de educação e que contou com o apoio da Câmara Municipal.

Ana Álvaro, presidente da APAS

Vice-presidente, José Francisco Rolo, e vereadora do PSD, Cristina Oliveira, trocam argumentos em discussão.

Recolha de bens alimentares realiza-se a 15 e 16 de novembro em Oliveira do Hospital

Nos próximos dias 15 e 16 de novembro irá realizar-se a recolha de bens alimentares “Pirâmide de Natal Solidário 2014”.


A iniciativa é dinamizada pelo Município de Oliveira do Hospital em estreita colaboração com a Rede Social Concelhia e a PAASI – Plataforma de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado de Oliveira do Hospital; a União das Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços e o Banco Local de Voluntariado.


 A recolha de bens alimentares decorrerá nas médias superfícies comerciais de Oliveira do Hospital onde estarão, à semelhança dos anos anteriores, dezenas de voluntários que irão apelar à solidariedade dos clientes destes supermercados. As empresas aderentes à iniciativa são: a Cooperativa Agro-Pecuária da Beira Central, o Intermarché, Os Supermercados Irmãos Gonçalves e o Minipreço.


A recolha reverte a favor do Banco de Recursos Sociais de Oliveira do Hospital que apoia e ajuda as famílias mais carenciadas, desfavorecidas ou que se encontrem em situação de dificuldade temporária e que podem recorrer a este serviço em situação de emergência.


Podem ser entregues bens alimentares não perecíveis, como arroz, massas, enlatados entre outros; alimentos direcionados para a infância como leite, papas lácteas, cereais e bolachas; e ainda artigos de higiene pessoal e habitacional.


Todos os bens recolhidos são para doação exclusiva a famílias residentes no concelho de Oliveira do Hospital. “Abra o seu coração e dê um pouco de si” é o apelo que o Município de Oliveira do Hospital dirige a todos os cidadãos agradecendo, desde já, a colaboração e solidariedade de todos os que irão contribuir nesta campanha, bem como o envolvimento de todos os voluntários e a responsabilidade social do comércio oliveirense.

Ténis de Mesa: CCPOH é líder da 2ª divisão 

O Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) lidera o campeonato nacional da 2ª divisão de ténis de mesa, zona centro sul.


Na quinta jornada, disputada no passado fim-de-semana, o clube oliveirense venceu a equipa conimbricense da AR Casa Branca, por 4-2.


No próximo sábado, em jornada dupla, recebe pelas 10h00 a equipa açoriana do GD Fazendense e desloca-se a Seia para defrontar os BV Seia, às 15h00.

Eptoliva trabalha para “melhorar nível de ensino”

A escola profissional Eptoliva está a assinalar 23 anos de atividade. A ministrar ensino profissional na escola sede em Oliveira do Hospital e no pólo de Tábua, a Eptoliva é hoje uma “referência” no território da Beira Serra.

 

Com mais alunos e maior oferta de cursos, a Eptoliva acaba de reforçar a sua aposta na formação profissional, perseguindo assim o propósito de se afirmar no concelho de Oliveira do Hospital e na região.

 

“Tem sido feito um trabalho de melhorar o nível de ensino na Eptoliva”, afirmou à Rádio Boa Nova, o presidente da Adeptoliva, entidade gestora da Eptoliva, Daniel Costa, que recém chegado à liderança da escola, se congratula por a Eptoliva iniciar o presente ano letivo com cerca de 200 alunos e mais cursos. Razões suficientes para o responsável considerar tratar-se de uma escola com reconhecido “potencial de desenvolvimento”. “É nisso que estamos a trabalhar”, frisou.

 

 

Prova de que a escola segue no bom caminho é o prémio conquistado por alunos da Eptoliva, do pólo de Tábua, no âmbito do “Concurso Regional de Ideias de Negócio 2014 nas Escolas” promovido pela Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Centro , no âmbito do qual a ideia de negócio “Háqui queijo” foi a grande vencedora. “É um grande motivo de orgulho”, referiu Daniel Costa, verificando assim que “a Eptoliva representa muito bem os municípios” que lhe estão associados.


Eptoliva inaugurou centro de formação profissional em dia de aniversário

A Escola Profissional Eptoliva inaugurou ontem o seu novo centro de formação profissional. Criado com o objetivo de dar resposta às necessidades sentidas pelas empresas do concelho e da região, o novo espaço foi dado a conhecer  por ocasião da comemoração do 23º aniversário da escola de ensino profissional.


À Rádio Boa Nova, Daniel Costa, presidente da ADEPTOLIVA, associação que gere a Eptoliva referiu que o centro de formação é reflexo da aposta que a escola tem vindo a fazer na área da formação profissional. “É um espaço para recebermos todo o tipo de formação que as empresas necessitem”, referiu.  


Momentaneamente, são dois os cursos de formação profissional que estão a ser ministrados pelo novo centro de formação da Eptoliva. Porém, o destaque recai na formação na área das confeções, que vem responder às necessidades sentidas pelas empresas do setor, na contratação de mão de obra qualificada. “Algumas empresas demonstraram  interesse em ter formação específica. É uma área em que a mão de obra qualificada é muito importante”, afirmou Daniel Costa.


No novo projeto de formação profissional, a Eptoliva conta com a parceria dos municípios de Oliveira do Hospital e Tábua, da ADI e do Instituto de Emprego e Formação profissional. 

Clube de Leitura em Voz Alta arrancou na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital

A Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital deu ontem início a um novo projeto de promoção do livro e da leitura. Trata-se do Clube de Leitura em Voz Alta que juntou apreciadores daquela prática no auditório da Biblioteca.


No arranque do novo projeto, a vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal de OH explicou que o clube pretende incentivar o gosto pela leitura, em voz alta, um “método esquecido na juventude” já que “cada vez se lê menos”. 


A participar na sessão inaugural, Nuno Teixeira, docente no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital destacou a importância da leitura no acesso a "um conhecimento mais sólido".


À Rádio Boa Nova, Nuno Teixeira sublinhou ainda “as virtudes e vantagens de um estudo calmo, feito com tempo e silêncio que são condições inalienáveis da leitura”. A próxima sessão do clube de leitura acontece dia 12 de Dezembro na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital.

Prof.ª Graça Silva

Prof. Nuno Teixeira

Nelas quer criar “Universidade do Vinho”

A criação de uma “Universidade do Vinho” está na mira da Câmara Municipal de Nelas que, no passado fim de semana celebrou o Dia Europeu do Enoturismo, numa ação conjunta com a RECEVIN e Associação dos Municípios Portugueses do Vinho e à qual se associaram 12 produtores de vinho do Dão e 18 restaurantes.


No âmbito da iniciativa que atraiu ao concelho de Nelas mais de 250 pessoas , o presidente da Câmara Municipal, José Borges da Silva lançou a ideia da criação de uma “universidade do Vinho” nas instalações do Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão. Desta forma, o autarca pretende “projetar a região para as próximas décadas aproveitando as potencialidades do vinho do Dão”.


A celebração do Dia Europeu de Enoturismo que, segundo a autarquia, resultou num “sucesso”, contou com visitas guiadas às adegas do concelho e curso de iniciação à prova de vinhos. As comemorações tiveram como objetivo global “posicionar o enoturismo (turismo de vinho) como uma realidade única e múltipla em todos os estados-membros da rede (Recevin), ao incentivar o consumo dos produtos locais, como argumentos de qualidade intrínseca da vida na Europa, promovendo uma homogeneização dos padrões de qualidade das diferentes vias de vinho europeu”.

 

Tábua: Biblioteca Municipal João Brandão acolhe “Outono 4 Estações”

A Biblioteca Municipal João Brandão tem patente, durante o mês de novembro, a Exposição de Objetos Visuais “Outono 4 Estações”, de Fátima Pais e Joana Moura, onde os “caçadores de sonhos” (dreamcatchers), são as peças principais. A mostra, inaugurada dia 8 de novembro, representa as quatro estações do ano.


O conceito surge a partir da forma e da função dos Apanhadores de sonhos da cultura indígena da América do Norte e de os “traduzir” para a cultura portuguesa, criando algo que seja “nosso” aproveitando pedaços de tecido, bordados, borlas ou franjas, reutilizando materiais, evocando o tradicional português.


Fátima Pais nasceu em Lisboa, mas sempre se considerou de Tábua (terra de seu pai) onde atualmente reside. Estudou Design de Equipamento e Interiores desde a escola António Arroio (Lisboa), Bacharel pelo IADE- Escola Superior de Design, Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing, de Lisboa e Licenciada pela ARCA-EUAC, Escola Universitária das Artes de Coimbra, onde recebeu em grupo uma menção honrosa com o projeto “HandyCap”, Prémio “Engenheiro Jaime Filipe”, 2002.

Trabalhou em Publicidade, Decoração, Design de Equipamento, foi professora de Educação Visual e Teoria do Design, atualmente é Designer na Biblioteca Pública Municipal João Brandão, em Tábua.

Joana Moura estudou Ourivesaria e Metais de Arte, na Escola Artística António Arroio, em Lisboa. Teve um percurso profissional na área da produção fotográfica. De volta às raízes familiares, conheceu Fátima Pais e a sinergia começou a fluir.

Atualização: Motociclista de 18 anos morre após colisão

O jovem de 18 anos que ao início da manhã desta terça feira esteve envolvido numa colisão frontal, entre um motociclo e um ligeiro de mercadorias, ocorrida entre Campo e Digueifel acabou por perder a vida. Segundo apurou a Rádio Boa nova, o jovem, condutor do motociclo, terá chegado cadáver ao SAP do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital.


O acidente ocorreu cerca das 09h00, tendo o jovem, com residência em Lourosa, concelho de Oliveira do Hospital, sido socorrido pela equipa do INEM de Oliveira do Hospital e SIV de Arganil. Em estado inconsciente e com múltiplos traumatismos graves, com maior incidência na zona da cabeça, o sinistrado foi transportado para o Serviço de Atendimento Permanente de Oliveira do Hospital onde foi confirmado o óbito. O corpo seguiu para o Instituto de Medicina Legal de Coimbra.  

Motociclista ferido com gravidade após colisão frontal em  Oliveira do Hospital

Um jovem de 18 anos sofreu, esta manhã, cerca das 09h00, ferimentos graves na sequência de uma colisão frontal ocorrida na estrada entre Campo e Digueifel, no concelho de Oliveira do Hospital, e que envolveu um motociclo e uma viatura ligeira de mercadorias.


O ferido grave, o condutor do motociclo, foi transportado pela equipa do INEM dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital para o Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital. “Trata-se de um politraumatizado em estado inconsciente”, informou Marco Brito da corporação de bombeiros da cidade. O condutor da viatura ligeira de mercadorias não sofreu quaisquer ferimentos.


No local esteve ainda a equipa da SIV de Arganil e a GNR de Oliveira do Hospital. O trânsito esteve momentaneamente interrompido no local onde ocorreu a colisão.

País: Fábrica de químicos de Vila Franca de Xira com vestígios de Legionella

Análises feitas em duas das 12 torres de refrigeração da Póvoa de Santa Iria – a Solvay Portugal – acusaram a presença de vestígios de Legionella . Outros testes também foram positivos em outras fábricas da região.

Uma informação confirmada por Graça Freitas, subdirectora-geral de Saúde, admitindo porém que a Solvay Portugal não é único local do concelho de Vila Franca de Xira onde foram detetados vestígios da bactéria que provoca a doença do legionário.


Na ADP Fertilizantes, que produz e comercializa fertilizantes para a agricultura, também foram recolhidas amostras para análise.


Até ao momento há registo de cinco mortes por legionella e um total de 233 infetados.

A infecção por legionella preocupa a generalidade das populações. Porém, a garantia é de que na totalidade dos casos, as pessoas infetados têm ligação ao concelho de Vila Franca de Xira ou terão por lá passado, pelo que o surto estará circunscrito àquela área territorial. Isto mesmo assegurou à Rádio Boa Nova, a delegada de saúde pública de Oliveira do Hospital, Guiomar Sarmento, segundo a qual os oliveirenses podem “estar tranquilos”. A responsável entende porém que, oliveirenses que nas últimas duas semanas tenham estado no concelho de Vila Franca de Xira e apresentem sintomas de pneumonia, façam o despiste à infecção por legionella. 


Com: publico.pt

Oliveira do Hospital está entre os cinco municípios mais transparentes da região

Oliveira do Hospital classificou-se nos cinco primeiros municípios mais transparentes de toda a região no conjunto dos distritos de Coimbra, Guarda, Viseu e Castelo Branco.


A conclusão vem expressa no Índice de Transparência Municipal (ITM) 2014, que foi apresentado publicamente, dia 8 de novembro, pela “Transparência e Integridade Associação Cívica (TIAC)” – a entidade que avalia o grau de transparência dos 308 concelhos do país, através de uma análise da informação disponibilizada pelas câmaras municipais aos munícipes nas suas páginas de internet.


No distrito de Coimbra, Oliveira do Hospital surge como o quarto município mais transparente e,a nível nacional, a TIAC atribuiu-lhe um honroso 47º lugar no ranking nacional.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, considera que este resultado “é o reconhecimento claro e inequívoco da gestão transparente que o seu executivo faz questão de imprimir à vida política autárquica, numa perspetiva de cultura de exigência e rigor”,


“Num país democrático, os cidadãos, e particularmente os oliveirenses, têm o direito de escrutinar a gestão autárquica e, sob esse ponto de vista, é um dever da Câmara Municipal a que presido prestar-lhes cada vez mais informação porque “ fazemos tudo às claras e não temos nada a esconder”, sublinha o autarca, que é também vice-presidente da CIM – Região de Coimbra.


O ITM, que anualmente avalia as autarquias do país que mais e melhores contas prestam aos seus munícipes, é composto por 76 indicadores agrupados em sete dimensões: Informação sobre a Organização, Composição Social e Funcionamento do Município; Planos e Relatórios; Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos; Relação com a Sociedade; Contratação Pública; Transparência Económico-Financeira e, por último Transparência na área do Urbanismo.

 

Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital vence Final da Taça Dr. Artur Coimbra 2014.

Realizou-se no passado dia 9 de Novembro a final da " Taça Dr Artur Coimbra", competição de pesca desportiva tendo como palco a pista de Penacova.

Após ter vencido a eliminatória a 18 de Maio disputada entre 7 clubes, o Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital venceu ontem a final realizada entre os clubes:

1º - C.C.P. Oliveira do Hospital - 8 pontos

2º - C.P. Penacova - 9 pontos

3º - Vila Nova de Poiares - 9 pontos

4º - C. P. Seixo e Vila Franca - 14 pontos

Arganil: Sorteio de Natal convida à realização de compras no comércio local

O Município de Arganil promove a segunda edição da iniciativa do sorteio de Natal que tem, como prémios, vales de compras nos

estabelecimentos aderentes.

 

Os prémios, serão suportados pela Autarquia e constarão na atribuição de vales de compras no valor de 500€ para o 1.º prémio, 250€  para o 2.º, 150€ para o 3.º e 100€ para o 4º que terão de ser obrigatoriamente trocados nos estabelecimentos aderentes à iniciativa.

 

Haverá ainda lugar ao sorteio de prémios oferecidos pelos estabelecimentos aderentes.


Para participar no sorteio, basta efetuar compras nos estabelecimentos aderentes e por cada 10€ em compras confere direito a um  voucher do sorteio.

A iniciativa decorrerá entre os dias 15 de novembro de 2014 e 6 de janeiro de 2015, sendo que todos os  estabelecimentos comerciais aderentes a esta iniciativa, se encontrarão devidamente identificados.

No dia 9 de janeiro de 2015, pelas 19h30, decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal de Arganil, o sorteio dos cupões. Os compradores devem manter na sua posse o talão da compra que lhe deu direito aos cupões.

Desporto de fim de semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e a Associação Desportiva Nogueirense fecharam a jornada 9, do Campeonato Nacional de Seniores, a somar pontos.


Em jogo frente ao Mortágua, o FCOH venceu por 2-1. Já a ADN terminou a partida frente à Pampilhosa por 3-0. Ao fim de nove jogos, o FCOH é 4º classificado, com 13 pontos e, a ADN é 8ª classificada com 11 pontos. No mesmo campeonato, o Tourizense perdeu 2-0 frente ao Vit. Sernache. A equipa de Touriz é 9ª classificada, com oito pontos.

 

Na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, a Associação Desportiva de Lagares da Beira perdeu, ontem, frente ao Pampilhosense por 2-1. Ao fim de seis jogos, a equipa lagarense ocupa o penúltimo lugar da tabela – a 15ª posição – com apenas um ponto, não tendo até ao momento conseguido qualquer vitória.

 

Em Basquetebol, na fase regular da Liga, o Sampaense Basket defrontou o Barcelos, não conseguindo terminar a partida com vantagem no marcador. A equipa de S. Paio de Gramaços conseguiu 66 pontos, menos 10 que o Barcelos que somou 76 pontos. O Sampaense é 11º classificado, com 4 pontos. A tabela é liderada pelo Maia Basket.

Legionella: Delegada de Saúde de Oliveira do Hospital garante que os oliveirenses “podem estar tranquilos”

É tranquilizadora a mensagem que Guiomar Sarmento, delegada de saúde pública de Oliveira do Hospital deixa à população concelhia.

 

Numa altura em que são conhecidos casos de legionella em outros locais – Castelo Branco, Porto e Barreiro – fora do concelho de Vila Franca de Xira, epicentro do surto, aquela responsável de saúde pública garantiu na Rádio Boa Nova não haver qualquer risco de infecção por legionella no concelho.

 

“Os oliveirenses podem estar tranquilos, não é um surto do concelho. Os afetados são apenas os que estiveram em Vila Franca de Xira. Os nossos concidadãos não correm risco de apanhar pneumonia por legionella”, referiu Guiomar Sarmento, notando porém que a pneumonia provocada por aquela bactéria ocorre pontualmente no concelho, assim como em outros pontos do país.

 

Sarmento explica que a pneumonia por legionella é “pneumonia semelhante a qualquer pneumonia”, sendo que os sintomas que lhe estão associados -  febre e dificuldade respiratória, fazem com que seja facilmente confundível com uma pneumonia normal, só sendo identificável através de “despiste laboratorial”.

           

A associar a contaminação à inalação de gotícolas de água contaminada, Guiomar Sarmento informa porém que a bactéria morre se ”a água estiver desinfetada ou sujeita a temperaturas elevadas”.

 

De acordo com a delegada de Saúde a terapêutica prescrita no tratamento da pneumonia por legionella “é eficaz, a não ser quando há patologias paralelas”. “Os nossos tratamentos antibióticos de primeira linha conseguem debelar o problema”, assegura Guiomar Sarmento, informando ainda que “as pessoas afetadas têm idades superiores a 30 anos”, não sendo conhecidos casos de legionella entre os mais novos.

 

No caso de algum oliveirense ter estado, nos últimos 15 dias, no concelho de Vila Franca de Xira e apresentar sintomas de pneumonia, Guiomar Sarmento aconselha ao despiste. “Mas quem não saiu do concelho pode estar completamente tranquilo”, garante Guiomar Sarmento. 

País: Casos de Legionella em Castelo Branco, Barreiro e Porto

Foram identificados novos casos de legionella, desta vez em Castelo Branco, Barreiro e Porto mas segundo a Direcção-Geral de Saúde estas situações estão ligadas ao surto de Vila Franca de Xira.


Uma situação confirmada pelo diretor geral da Saúde à Agência Lusa. Francisco George explicou ainda que a DGS teve conhecimento dos dois casos de Castelo Branco "desde ontem de manhã" e adiantou que, neste momento, "é só esta informação” que pode disponibilizar. AS duas pessoas estão internadas no Hospital Amato Lusitano.

Já depois desta confirmação, a SIC Notícias avançou que há três outros casos de internamento no hospital do Barreiro, igualmente com ligações ao surto de Vila Franca de Xira. A Renascença acrescenta que há um quarto caso suspeito no Barreiro. 

Por explicar está a ligação dos novos casos a Vila Franca de Xira. Desconhece-se se ali trabalharam ou se foram visitar familiares ou amigos à zona em que surgiu o surto de legionella. Até ontem, o surto tinha afetado 180 pessoas e causado quatro mortes - o caso de uma quinta vítima aguarda confirmação laboratorial.


As autoridades ainda não conseguiram detetar a fonte de infeção, sabendo-se apenas que a maior parte dos casos se concentra nas freguesias de Vialonga, Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa.

Pela preocupação que o surto está a causar junto das populações, este é um assunto que a Rádio Boa Nova vai acompanhar em próximos blocos informativos, aguardando apenas pela disponibilidade da delegada de saúde pública, Guiomar Sarmento, para avançar com mais pormenores sobre o surto de legionella (nomeadamente sintomas e precauções) que se concentra nas freguesias de Vialonga, Póvoa Stªa Iria e Forte da Casa.

 

fonte: publico.

Oliveira do Hospital assinala Dia Mundial da Bolota com a ação de sementeira junto dos mais novos

Pelo segundo ano consecutivo, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital comemora o “Dia Mundial da Bolota”, que se assinala hoje.

 

Neste âmbito está a ser desenvolvido um projeto de educação ambiental e florestal, subordinado ao tema “Semear para Crescer”, junto das crianças do pré-escolar do concelho de Oliveira do Hospital.

 

         Na manhã de hoje, as crianças foram desafiadas a semear bolotas de carvalho e sobreiro em cuvetes promovendo a consciencialização ambiental junto dos mais pequenos que ficarão responsáveis por tratar das sementes, numa primeira fase, e depois por acompanhar o crescimento das plantas durante cerca de um ano até à plantação em local definitivo. A atividade “Semear para Crescer” envolve um total de 476 alunos do ensino pré-escolar público e privado, numa acção que decorre até às 12H30 em 22 estabelecimentos de ensino aderentes.

Feira do Porco e do Enchido voltou a atrair multidão a Meruge

Cumpriu-se este domingo a 12ª edição da Feira do Porco e do Enchido de Meruge. Com a ausência da

chuva a ajudar à festa, o certame traduziu-se em mais um sucesso, com milhares de forasteiros a marcarem presença no espaço da Laje Grande e Terreiro do Santo.


Pensada para homenagear os comerciantes de carne de porco e de enchidos, a Feira do Porco e do Enchido tem vindo a dar cumprimento àquele propósito, afirmando-se de igual modo, como um dos principais eventos do concelho de Oliveira do Hospital.

(Em atualização)


1ª Gala do Desporto em Oliveira do Hospital foi um êxito

Decorreu este sábado na Casa da Cultura César Oliveira, a 1ª Gala do Desporto em Oliveira do Hospital.

Esta Gala, tinha como objectivo “reconhecer e valorizar todos os agentes desportivos que, na época 

transacta, contribuíram para o desenvolvimento desportivo do concelho”.

Ao som da banda Pátria Nova Ensemble de Côja, foram então apresentados os nomeados da noite:

  • Clube/Associação  Desportiva do Ano - SRLS/Sampaense Basket
  • Equipa Sénior do Ano - Sampaense Basket
  • Atleta do Ano Formação - Alexandre Marques -  Hóquei em Patins
  • Atleta Jovem Revelação - João Pedro Alves  - Futebol
  • Atleta do Ano Sénior  - Rafael Delaunay Gomes - Triatlo
  • Dirigente do Ano - Pedro Veloso - Sampaense Basket
  • Equipa do Ano Formação - ARCED
  • Treinador do Ano Sénior - André David - FCOH
  • Treinador do Ano Formação - João Veloso - ARCED
  • Prémio Dedicação - António Pires Almeida - CCPOH
  • Prémio Reconhecimento - Mário Brito
  • Prémio Carreira - José Manuel Matias
  • Prémio Equipa Revelação - Clube de Ginástica de Oliveira do Hospital
  • Prémio Memória - Abel Rodrigues (FCOH) e Pedro Marques (ADN)

Foram ainda atribuídos diversos  diplomas de Mérito e Reconhecimento Municipal.


Esta foi uma noite de reconhecimento ao desporto do concelho e seus praticantes, e ao trabalho de muitas pessoas que mantém as diversas modalidade e clubes em grande actividade.


Presidente do Município -  José Carlos Alexandrino

Vereador do Desporto - Nuno Ribeiro

Latada da ESTGOH em Oliveira do Hospital

Tradicional latada dos novos caloiros da ESTGOH, aconteceu hoje em Oliveira do Hospital.

Foi numa tarde de muita chuva que os novos caloiros (52) foram baptizados no lago do Jardim Oliveira Mano. 

Um desfile das latas com muita farinha, ovos e ketchup, condimentos quase obrigatórios, sempre com os olhares atentos dos familiares e amigos que acompanharam de perto os novos estudantes. 

(Em actualização)

Faleceu o cantor António Albernaz

Faleceu António Albernaz. Cantor português estreou-se no mundo da canção em 1971 na Rádio Clube de Moçambique.

Com vários álbuns editados em vinil e em CD, espectáculos em Portugal e no estrangeiro, uma presença regular na rádio e televisão.

Colaborador com diversas rádios locais em várias iniciativas, tendo também participado nas festas da Rádio Boa Nova, de quem fazia o favor de ser amigo.

 

A Rádio Boa Nova apresenta a toda a família, sentidas condolências.

Nelas comemora Dia Europeu do Enoturismo junto de produtores e restaurantes do concelho


A Câmara de Nelas, em colaboração com 12 produtores de vinho e 18 restaurantes do concelho, associa-se pelo 2º ano consecutivo à celebração do dia Europeu do Enoturismo, evento promovido pela Recevin em parceria com a AMPV.

       

A iniciativa que envolve visitas e provas de vinho, curso de iniciação à prova de vinhos e visita guiada às adegas acontece no dia 9 de novembro. No mesmo dia, também os restaurantes aderentes preparam uma ementa especial, cujo ingrediente principal é o vinho do Dão. Alexandre Borges, vice-presidente da Câmara Municipal de Nelas explica o objectivo da iniciativa.



Gala distingue agentes desportivos de Oliveira do Hospital


Amanhã, 8 de novembro, acontece em Oliveira do Hospital a I Gala do Desporto.

 

Com a iniciativa que se realiza, a partir das 21h00, na Casa da Cultura César Oliveira, o município de Oliveira do Hospital pretende “reconhecer e valorizar todos os agentes desportivos que, na época transata, contribuíram para o desenvolvimento desportivo do concelho”, como explicou à Rádio Boa Nova o vereador do desporto da CM, Nuno Ribeiro.

 

A atribuição das distinções resulta de “um processo de avaliação e seleção que contou com a colaboração de uma comissão de avaliação – constituída por elementos de todos os clubes federados do concelho – e de três elementos convidados, que ficaram responsáveis pela apresentação das propostas, discussão e votação”. Um processo que, segundo Nuno Ribeiro, se revestiu de alguma dificuldade dada a qualidade dos agentes desportivos do concelho.

A Gala não acontece por acaso, mas antes pelo facto de Oliveira do Hospital  se diferenciar enquanto concelho formador de atletas nas várias modalidades.

CDU de Oliveira do Hospital quer “mais investimento municipal” em 2015

Os representantes da CDU de Oliveira do Hospital enviaram ao executivo municipal um memorando com contributos para a elaboração das Grandes Opções do Plano e Orçamento para o próximo ano.


Entre as preocupações da CDU estão matérias como água, saneamento e recolha de lixo, nomeadamente o encarecimento da prestação daqueles serviços e o facto de, no caso do saneamento, algumas ETARs se encontrarem “por fazer ou por arranjar”. “Não deixem continuar a drenar esgotos a céu aberto num Município que se preza em ter qualidade de vida “, refere aquela força partidária no memorando.


No documento, a CDU aponta a zona das escolas, piscinas, Parque dos Marmelos e Ribeira de Cavalos como a zona mais sensível da cidade, pelo que destaca a necessidade de preparação de “um plano urbanístico integrado” que considera “inadiável”, assim como “a proteção contra abusos urbanísticos e contra as descargas poluentes, e frequentes, na Ribeira de Cavalos”.

 A questionar a importância da BLC3 e o dinheiro gasto, a CDU pergunta quanto se prevê gastar na “velha” Acibeira.


A traçar um olhar crítico sobre o “investimento avulso” no concelho e “grande dispersão de certos projetos”, a CDU aponta o dedo ao “rude golpe” de fim do subsídio ao funcionamento das colectividades. “Não se justifica”, entende.


Para os representantes da CDU, que continuam a defender a descentralização de verbas e competências às freguesias”, a Câmara deve fazer obras prometidas nas freguesias e correção de pontos negros.


A CDU alerta ainda para o encerramento dos serviços públicos. Tribunal, Finanças e ESTGOH estão entre as preocupações daquela força, que também se manifesta contra a possível passagem das urgências para a Fundação Aurélio Amaro Diniz.


Preocupados com os acessos ao concelho – IC6 – e dentro dele, os representantes lembram que 2014 foi um ano de “forte travagem” no investimento municipal, situação que esperam ver corrigida em 2015.

País: GNR com 432 novos militares a partir de hoje

O dispositivo da GNR vai ser reforçado com 432 novos militares, que hoje terminam, em Portalegre, o curso de formação de guardas.

A cerimónia do compromisso de honra do curso de formação de guardas 2014 vai decorrer no Centro de Formação de Portalegre e contará com a presença do ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.


Dos 432 novos elementos, 366 são homens e 66 mulheres, indica a Guarda Nacional Republicana, adiantando que o curso teve a duração de nove meses e contemplou formação nas áreas jurídicas e técnico-profissionais, além de uma vertente prática.


Segundo o Ministério da Administração Interna (MAI), o número de elementos na GNR diminuiu 13,2 por cento entre 2009 e 2013, passando dos 24.762 para os 21.562.

Este ano, o efetivo da GNR aumentou 1,4 por cento, sendo atualmente de 21.938, de acordo com o MAI.

fonte: noticiasaominuto.com

Renovado mercado Municipal acolhe produtos “Da Nossa Terra” 

Com periodicidade mensal, a mostra “Da Nossa Terra” realiza-se amanhã, 8 de novembro, nas novas instalações do Mercado Municipal de Oliveira do Hospital, entre as 08h00 e as 13h00.

 

A acontecer no Mercado Municipal, a Mostra conquista uma nova centralidade, revelando-se mais atrativa, onde a rede de três dezenas de produtores locais e da região encontram uma oportunidade para vender os seus produtos frescos, genuínos e de qualidade, vindos diretamente da “terra” para as bancas.

           

“Da Nossa Terra” – que teve uma edição especial, no mês passado, coincidindo com a inauguração do novo Mercado Municipal – ganhou dimensão regional, sendo procurada por diferentes segmentos de consumidores que ali encontram produtos tradicionais de excelência trazidos pelos agricultores e produtores artesanais.

 

Ao longo do ano, as bancas do mercado enchem-se com a diversidade dos produtos da época, hortícolas e frutícolas, a que se junta o fumeiro, o azeite biológico, o queijo, as compotas e o mel, os licores, a pera passa ou o pão e biscoitos, entre tantos outros.

 

Assente em princípios como o empreendedorismo de base local e a valorização dos produtos da terra, a Mostra “Da Nossa Terra” é uma marca de sucesso e foi recentemente reconhecida pela Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra como uma iniciativa económica de sucesso e de referência e uma boa prática em termos de dinamização da pequena economia familiar.

 

Pioneira na região, “Da Nossa Terra” representa há cerca de quatro anos e meio um apoio à pequena economia agrícola de cariz familiar bem como um incentivo ao desenvolvimento desta atividade.

 

No próximo sábado, nas instalações do mercado, estará patente a exposição de fotografia “Nossa Terra – Artes e Ofícios Tradicionais de Oliveira do Hospital”.

 

O vereador do Ambiente e presidente da ADI, José Francisco Rolo refere que “a Mostra, graças ao envolvimento dos produtores, transformou-se num caso de sucesso e um exemplo inspirador”. No entender daquele responsável, a mostra representa uma forma de mercado justo e de respeito pela autenticidade dos produtos e pelo ritmo da natureza”.

Carro despistou-se e caiu do IC2 para estrada secundária

Um homem sofreu ferimentos ligeiros após um despiste de um carro, do IC2 para uma estrada secundária, nos Covões, à saída de Coimbra. É o segundo acidente na zona este ano, noticia o JN na sua edição online.

 

O acidente ocorreu por volta das 9 horas da manhã desta quinta-feira. Um carro, de marca Renault, caiu para uma estrada em baixo, numa área residencial. No local estiveram Bombeiros Sapadores e Voluntários de Coimbra, PSP e INEM.


A situação já não é nova naquele troço do IC2. Em março, um camião caiu poucos metros à frente do local do acidente desta quinta-feira. Na altura, o camionista e o filho de 13 anos ficaram feridos com gravidade.

Fonte: jn.pt

Autarca de Nelas representa municípios da CIM Viseu Dão Lafões no Conselho Consultivo da Comarca de Viseu

O Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva,  foi eleito como representante dos 14 concelhos da CIM Viseu Dão Lafões, no Conselho Consultivo da Comarca de Viseu (abrangendo todos os Tribunais do Distrito de Viseu de acordo com a reforma recente do Mapa Judiciário).


O conselho consultivo tem nas suas competências dar parecer e pronunciar-se sobre questões relacionadas com a organização e funcionamento interno do Tribunal, bem como pronunciar-se sobre a resolução de problemas de serviço e reclamações ou queixas recebidas.

 

Esta representação por parte do Presidente da Câmara Municipal de Nelas acresce à sua condição de Vice-Presidente da Associação de Desenvolvimento do Dão (ADD), que integra os Municípios de Aguiar da Beira, Sátão, Penalva do Castelo, Mangualde e Nelas, e ainda à de membro do Conselho Fiscal da Associação Nacional dos Municípios Portugueses.

 

Com esta representação, o município de Nelas assume “um papel mais ativo nas diversas Instituições”.  Situação que – conforme nota da autarquia – “muito honra o município, permitindo-lhe ainda uma participação e defesa mais próxima dos interesses do município e da região”.

 

Desemprego com tendência de subida em Oliveira do Hospital

Continuam preocupantes os números do desemprego pelo concelho de Oliveira do Hospital. O concelho fechou o mês de setembro com 1177 desempregados, representando uma subida de 4 por cento em relação ao mesmo mês de 2013.

 

Dados disponibilizados pelo IEFP colocam as mulheres em situação de maior fragilidade. No final de setembro, eram 625 as que se encontravam sem qualquer profissão atribuída. Com a crise que se tem vindo a abater no setor da construção e outras áreas que lhe estão associadas, também os homens têm vindo a ser fortemente fustigados pelo flagelo do desemprego. No final de setembro eram 552 os que se encontravam naquela condição.

 

De sublinhar ainda que do conjunto de desempregados (1177), 56 por cento estão inscritos no IEFP há mais de um ano, 17 por cento têm menos de 25 anos e 14 por cento têm habilitações ao nível do ensino superior.

 

Os números verificados em setembro passado transparecem uma tendência de subida. Note-se que em maio o IEFP contava com 1017 oliveirenses inscritos no IEFP, em Junho o total era de 1002 e em Julho era de 1045. Em agosto encontravam-se inscritos 1083 oliveirenses em situação de desemprego. Comparativamente a setembro de 2013 (1137) é significativa a subida do desemprego no concelho, fixando-se o aumento em 4 por cento.

 

A realidade assume contornos de maior gravidade quando comparado com o número de ofertas de emprego disponibilizado pelo IEFP. À data de hoje, são apenas nove as ofertas disponíveis.

ESTGOH dá boas vindas a novos alunos

Arranca amanhã, 6 de novembro, em Oliveira do Hospital, a receção ao caloiro da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH). Com a iniciativa que decorre até sábado, dia 9, a Comissão de Praxes e Associação de Estudantes (AE) da ESTGOH pretendem proporcionar a boa integração dos novos alunos na escola e na cidade.

 

No total são 52 os novos alunos ESTGOH e para os quais está a ser preparada a iniciativa de receção ao caloiro. Em causa está um aumento considerável em relação ao ano anterior - entraram 16 novos alunos – e que é motivo de regozijo para AE e Comissão de Praxes. Carlos Mota, da organização da receção ao caloiro, disse à Rádio Boa Nova que o aumento do número de caloiros confere à escola e à massa estudantil “outro poder de palavra em relação a outras instituições do Instituto Politécnico de Coimbra”.


Na contagem decrescente para o arranque da receção ao caloiro, Carlos Mota deposita elevadas expectativas na iniciava dedicada aos novos alunos. Uma festa “low cost” no que respeita a gastos, seja pela redução do número de dias, seja também pela contratação de bandas do concelho e da região.


Aluno de Administração e Marketing, curso já extinto na ESTGOH, Carlos Mota ergue bem alto a bandeira da ESTGOH para a defender. Natural de Amarante, o aluno de 22 anos que frequenta o último ano daquela licenciatura admite ter ficado "chocado" quando chegou à ESTGOH, mas não o suficiente para pedir transferência para outro estabelecimento de ensino. Para Carlos Mota a ESTGOH é “uma verdadeira família”.

Desemprego cai para 13,1% no terceiro trimestre  

Portugal fechou o terceiro trimestre com menos 40 mil desempregados do que em junho, mas a registar abrandamento na população empregada. 

A taxa de desemprego voltou a cair no terceiro trimestre deste ano para os 13,1%, diminuindo 0,8 pontos percentuais face ao trimestre anterior, anunciou, esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística. O universo de pessoas empregadas aumentou, mas de forma menos expressiva do que no trimestre anterior.

Cinema está de regresso a Arganil

Arganil prepara-se para, de modo regular, proporcionar sessões de cinema através de tecnologia digital, no auditório da Cerâmica Arganilense. Tal acontece 15 anos após a última sessão de cinema através de película.

 

Este é o resultado de cerca de 50 000 euros em equipamento cinematográfico e da parceria com a distribuidora NOS LUSOMUNDO.

 

As sessões de cinema terão lugar todas as sextas-feiras e, esporadicamente, domingos à tarde com filmes de animação para crianças.

Os filmes a exibir, atuais e com poucos dias sobre a sua estreia, cumprirão o circuito comercial da 7ª arte nacional.

A estrear o Auditório da Cerâmica Arganilense enquanto sala de cinema e conferindo desta forma mais uma valência de âmbito cultural ao complexo, estará o mais recente filme do ator Brad Pitt – Fúria, no dia 14 de novembro pelas 21h30. No Domingo, dia 16 de Novembro pelas 16 horas, será exibido o filme – Carteiro Paulo: O Filme - um filme de animação realizado por Mike Disa, que adapta ao grande ecrã a célebre e acarinhada personagem de televisão. Às sessões estará associada a venda de bilhetes de ingresso com um custo unitário de 2,50 euros por pessoa, valor muito inferior ao praticado noutras salas de cinema e que já se encontram à venda na receção da Piscina Municipal e na receção da Biblioteca Municipal Miguel Torga. A venda no local, uma hora antes do início do filme, estará sempre limitada ao número de lugares existentes.

Menção Honrosa para grande reportagem da Centro TV

“Igual entre Iguais” é o nome da grande reportagem da Centro TV sobre a Igualdade de Género em Oliveira do Hospital que, no passado dia 31 de Outubro, foi distinguida no Fundão com a Menção Honrosa António Paulouro.


O júri do concurso constituído por jornalistas e professores universitários da área da comunicação social, presidido por Adelino Gomes, considerou o trabalho da Centro TV como uma “reportagem televisiva de qualidade.

Pelo tema. Pelo tratamento editorial: diversidade profissional, cultural, socioeconómica e etária das fontes, contextualização e fornecimento de dados. Pelo cuidado formal: montagem, enquadramentos, captação de som e imagem, e cuidados na identificação dos autores dos depoimentos e na elaboração da ficha técnica. De saudar, por fim, a qualidade média dos depoimentos e a disponibilidade das duas dezenas de cidadãos de Oliveira do Hospital, que se disponibilizaram a manifestar a sua opinião sobre uma matéria delicada e controversa ainda, como o trabalho nos dá a saber”.


Com a atribuição destes prémios, o jornal do Fundão, Universidade da Beira Interior e CM do Fundão visam “premiar a excelência no âmbito da atividade jornalística desenvolvida por jornalistas detentores de carteira profissional e por estudantes do ensino superior, dos cursos de Ciências da Comunicação, Comunicação Social e Jornalismo”.

Município de Oliveira do Hospital aplaude nova edição da Feira do Porco e do Enchido

Parceira na organização da Feira do Porco e do Enchido de Meruge que, nos dias 8 e 9 de Novembro, realiza a sua 12ª edição, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aplaude a iniciativa e em particular a dedicação da Junta de Freguesia e Associação de Desenvolvimento do Vale do Cobral que ininterruptamente têm vindo a realizar aquele certame.


 Em conferência de imprensa realizada ontem à tarde em Meruge, a vereadora da Cultura, Graça Silva falou de uma “feira de referência, muito bem conseguida”. Em particular aquela responsável valorizou o facto de o certame contar com o envolvimento do associativismo e da população e, de ter associada a promoção de “um produto relacionado com a economia local” – o sector das carnes – que “está em franco desenvolvimento económico”


A marcar pela positiva cada edição da Feira do Porco e do Enchido é a participação do conhecido grupo Vivarte que, no dia 9 de novembro vai recriar a vida de João Brandão.

 

César Oliveira, elemento daquele grupo, vai dar vida à personagem de João Brandão em vários apontamentos que vão ser recreados na Lage Grande, espaço mítico da freguesia de Meruge.

 

 

Projeto “Em Roda Livro” registou aumento na entrega de livros 

 

O projeto “Em Roda Livro” promovido pelo Município de Oliveira do Hospital e que fomenta a troca solidária de manuais escolares, registou, este ano, um aumento na entrega de livros e por consequência na troca.

 

Conforme dados disponibilizados pela autarquia, este ano, participaram no projeto 19 famílias que entregaram nas Bibliotecas Municipais um total de 90 manuais. A saber: 76 manuais do 2.º ciclo (5.º e 6.º anos); 11 manuais do 3.º ciclo (7.º e 8.º anos); e 3 do ensino secundário (11.º ano).

 

 No que concerne à troca, foi solicitada por 9 famílias o que totaliza a troca de 26 manuais escolares: 15 livros do 2.º ciclo (5.º e 6.º anos); 8 livros do 3.º ciclo (7.º, 8.º e 9.º anos); e três do ensino secundário (12.º ano). Para além destes, foi ainda efetuada a aquisição de 15 manuais escolares para o 6.º e 7.º anos de escolaridade.

 

 Com a implementação deste projeto de troca solidária dos manuais escolares, o Município de Oliveira do Hospital pretende apelar à consciencialização do valor dos livros escolares usados, que já foram úteis para uma família e poderão ser úteis para outra, envolvendo toda a comunidade educativa – alunos, pais e professores.


O Município de Oliveira do Hospital pretende maximizar a recuperação de manuais escolares usados, disponibilizando-os gratuitamente a quem deles necessite e procurando alcançar objetivos sociais, ambientais e económicos.

 


Meruge espera por nova enchente na 12ª Feira do Porco e Enchidos

Foi dado, ontem à tarde, o pontapé de saída para a 12ª Feira do Porco e Enchidos de Meruge que se realiza nos próximos dias 8 e 9 de novembro.


O certame que há mais de uma década tem sido responsável por atrair verdadeiras enchentes àquela freguesia e ao concelho, prepara-se para mais uma edição do certame onde o porco e o enchido voltam a reinar a par de outras iguarias gastronómicas, artesanato e animação cultural a cargo de vários grupos, entre os quais o Vivarte.


Em conferência de imprensa realizada no espaço onde, por esta altura se ultimam os preparativos para o certame, o presidente da Junta de Freguesia de Meruge, Aníbal Correia, fez ontem à tarde a apresentação formal da 12ª edição da Feira do porco e do Enchido que, vai contar com cerca de uma centena de expositores e que, tal como na 1ª edição, tem o objetivo de “homenagear o contributo económico” que os feirantes de carne de porco e enchidos têm dado à freguesia, conhecida por “terra de porqueiros”.


Nos dias 8 e 9 de Novembro é, por isso, esperado um certame com forte cunho gastronómico, mas com forte aposta na animação cultural. Destaque, entre outros para a participação do grupo Vivarte que, no domingo se prepara para recrear a vida de João Brandão.


Na organização do certame, a Junta de Freguesia conta o apoio da Associação de Desenvolvimento Social e Cultural do Vale Cobral, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e a ADI. 

 

 

Quatro feridos em colisão na Venda da Esperança, na EN 17

Quatro feridos é o resultado da colisão frontal ocorrida ontem, cerca das 18h00, na EN17, à entrada da localidade de Venda da Esperança, no sentido Oliveira do Hospital - Coimbra.

 

No acidente estiveram envolvidas três viaturas, tendo o socorro às vítimas sido prestado pelas corporações de bombeiros de Oliveira do Hospital e Vila Nova de Oliveirinha.

 

O mau tempo que àquela hora se verificava é apontado como a principal causa do acidente, já que na ocasião foram vários os lençóis de água que se formaram naquela via. O trânsito chegou a estar cortado nos dois sentidos até à conclusão dos trabalhos de socorro às vítimas e  retirada dos veículos envolvidos no acidente. 


Paulo Sousa, adjunto de comando dos BVOH avançou com mais pormenores do acidente à Rádio Boa Nova.

Serra da Estrela: Queda de neve já obrigou ao corte de estradas no maciço central 

Às 04h30 desta terça-feira começou a nevar na Serra da Estrela. A primeira neve deste outono já obrigou ao corte de estradas.  

 

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, os troços Piornos/Cruzamento da Torre (troço 11), Cruzamento da Torre/Torre (12) e Lagoa Comprida/Cruzamento da Torre (13) foram encerrados pelas 05.00 horas desta terça-feira.

Devido à queda de neve, pelas 08h30  também foram fechados à circulação rodoviária os troços Portela do Arão/Lagoa Comprida (troço 01) e Lagoa Comprida/Sabugueiro (troço 02).


À agência Lusa, o Centro de Limpeza de Neve da Estradas de Portugal  informou que pelas 09h00 continuava a nevar e na área das suas instalações, nos Piornos, os termómetros marcavam um grau negativo.


Em relação ao último ano, este primeiro nevão surge mais cedo, pois em 2013 as primeiras neves aconteceram a 16 de novembro.

Maratona Clube Vila Chã disputou 16º Grande Prémio das Castanhas

O Maratona Clube Vila Chã esteve presente, dia 2 de novembro, no 16º Grande Prémio das Castanhas em Sarzedo - Covilhã. A equipa alcançou o 2º lugar em Iniciados e o 4º lugar em em veteranos.

 

No escalão de Iniciados o atleta Luís Fernandes classificou-se na 3ª posição com o tempo de 7:46, seguido por Alexandre Figueiredo com o tempo de 7:49. A fechar a equipa, o atleta David Macedo classificou-se em 7º lugar com o tempo de 9:05. Coletivamente, a equipa de iniciados classificou-se em 2º lugar com 14 pontos.

 

No escalão de Veteranos 1 o atleta António Dias classifica-se em 4º lugar com o tempo de 42:12 e o atleta Miguel Bessa classifica-se em 6º lugar com o tempo de 44:05. No escalão de Veteranos 2 o atleta Jacinto Correia classifica-se na 6ª posição com o tempo de 39:05. Coletivamente a equipa de veteranos classificou-se em