Rádio Boa Nova - de Oliveira do Hospital para todo o mundo


Queremos chegar aos 10.000 Likes.  Vá até lá e clique em Gosto.

https://pt-pt.facebook.com/radioboanova1002   

Obrigado mais uma vez por estar connosco.



Deputado do PCP no Parlamento Europeu visita Oliveira do Hospital

Miguel Viegas, deputado do PCP no parlamento Europeu deslocou-se esta sexta-feira a Oliveira do Hospital para contactar de perto com a realidade da ESTGOH, Mega agrupamento de Escolas, centro de saúde e tribunal de Oliveira do Hospital. Associado aos males da recessão e austeridade, Miguel Viegas encontrou um concelho que é também penalizado pela localização geográfica. Em Oliveira do Hospital, o deputado europeu verificou um desinvestimento do governo e um ataque aos serviços públicos. Depois da visita, Miguel Viegas espera confrontar a Assembleia da República e o Parlamento Europeu com estas matérias que são caras aos oliveirenses.

João Dinis, presidente da concelhia do PCP de Oliveira do Hospital não deixou também de criticar a postura do executivo municipal que, com exceção da questão da extinção das freguesias “não se tem visto” na luta pela ESTGOH, urgências, agrupamento escolar e tribunal de Oliveira do Hospital.

Miguel Viegas  PCP

Jano (João Dinis) PCP

CIM da região de Coimbra aprovou orçamento de dois milhões de Euros para 2015

O Conselho Intermunicipal da CIM Região de Coimbra aprovou por unanimidade o orçamento para 2015, no valor de 1.965.360 euros, anunciou a Comunidade que agrega os 17 concelhos do distrito de Coimbra, e ainda Mealhada (Aveiro) e Mortágua (Viseu).

O plano estratégico para a Região de Coimbra, alinhado com o quadro comunitário de apoio ‘Portugal 2020’ e o Programa Operacional (PO) do Centro, “para além da intervenção da Cim e dos municípios associados, enquadra a ação de outros agentes e parceiros que participam no desenvolvimento da região”, afirma a comunidade numa nota hoje divulgada.

As opções do plano para 2015 refletem “a visão estratégica para a Região de Coimbra para o período 2015-2017”, referenciada por “quatro eixos principais” e um “quinto eixo, dedicado à administração geral da CIM”, enquadrando serviços administrativos e dando cumprimento às “obrigações legais a que uma entidade intermunicipal está obrigada”.

Num dos “quatro eixos principais”, a CIM defende a necessidade da “afirmação de uma identidade regional” e da existência de “uma dinâmica de planeamento e ação que envolva todo o território”, mas respeitando “a especificidade de cada município”, de modo a permitir “moldar uma imagem identitária forte e uma mensagem política coerente”.

Constituída pelos municípios de Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares, do distrito de Coimbra, Mortágua e Mealhada, a Região de Coimbra abrange uma população de cerca de 400 mil habitantes.

beiras.pt

 

Programa “mOHve-te” vai encher centro da cidade com Pais Natal em movimento

O programa mOHve-te regressa este fim de semana ao centro da cidade de Oliveira do Hospital com um conjunto de iniciativas desportivas inseridas na programação de Natal e Ano Novo.

Com um cariz fortemente solidário – os participantes são desafiados a colaborar com o Banco de Recursos Sociais através da oferta de um brinquedo e/ou bem alimentar – o “mOHve-te Oliveira do Hospital no Natal” arranca sábado no largo Ribeiro do Amaral, com uma demonstração de mega zumba, que decorrerá entre as 17h00 e as 19h00, e termina no pavilhão municipal, a partir das 21h00, com um jogo da Final do 2º Torneio Solidário de Futsal “Empresas/Instituições”.

No domingo, dia 21, as atividades regressam ao centro da cidade logo pela manhã, a partir das 10h30, com a iniciativa “Pais Natal em Movimento”, que integra uma caminhada, uma corrida e, ainda, um passeio de bicicleta.

O programa “mOHve-te” foi lançado em 2014 pelo Município de Oliveira do Hospital para apostar no desporto como veículo de promoção de estilos de vida saudáveis, através da criação de uma oferta desportiva para toda a população, incentivando os cidadãos a adotarem estilos de vida mais ativos.

Gil Couto é o novo treinador do FCOH

Gil Couto, de 35 anos, é o novo treinador da equipa senior do Futebol Clube de Oliveira do Hospital que milita na série E do Campeonato Nacional de Seniores.


O técnico, que na época passada comandou a equipa de Vila Flor, foi o escolhido pela direção do clube oliveirense para preencher o lugar deixado vago por André David que, depois de desafiado, não hesitou em trocar o FCOH pelo Grupo Desportivo de Bragança. Portimonense, U. Leiria, Sp. Lamego, Chibuto (Moçambique) e Hamm Benfica (Luxemburgo), foram algumas das equipas por onde passou o novo treinador do FCOH.


Gil Couto assume assim o comando da equipa oliveirense que, após a saída de André David ficou “na mão” do adjunto Ivo Carvalho. Uma saída sentida pela equipa que na última jornada perdeu 1-0, frente ao Sourense.


No 6º lugar com 17 pontos, menos quatro do que o 2º classificado e menos 13 do líder Benfica de Castelo Branco, o FCOH defronta na jornada 14, que se joga domingo, o Pampilhosa, que é 5º classificado com 20 pontos.

Incêndio causado por fuga de gás faz um desalojado em Fiais da Beira

Um homem com idade na casa do 50 anos ficou, ontem, desalojado em Fiais da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, devido a um incêndio provocado por fuga de gás, que lhe destruiu grande parte da habitação.


A explosão ocorreu pelas 19h10, altura em que o único habitante da casa entrou na habitação e “acendeu o isqueiro para ligar o fogão de gás” com o objetivo de preparar o jantar. “Deu-se a explosão e a cozinha começou a arder completamente”, referiu à Rádio Boa Nova o comandante da corporação de Lagares da Beira. António Pinto disse tratar-se de uma habitação cujo interior era de tabique, madeira, pelo que quando os bombeiros chegaram ao local “parte da casa estava consumida pelas chamas e com o telhado a desabar”. “Conseguimos evitar que o fogo se propagasse aos quartos da habitação”, referiu.


O serviço municipal de proteção civil de Oliveira do Hospital esteve no local, acabando por providenciar o realojamento do único morador da casa junto de familiares. “Depois de arejada e limpa, a zona dos quartos ainda terá condições, mas a sala e a cozinha arderam completamente e não têm condições de habitabilidade”, referiu António Pinto.

Sem profissão atribuída, o homem dedicava-se pontualmente ao corte de lenha. Com ajuda de vizinhos ainda conseguiu retirar algum equipamento agrícola e florestal do interior da habitação. Pese embora os danos causados na habitação, o homem não ficou ferido.

 Para o combate ao incêndio, a corporação de Bombeiros de Lagares da Beira fez deslocar seis viaturas e 19 homens. 

PSD critica orçamento e fala de “um ano perdido para o desenvolvimento de Oliveira do Hospital”

Depois de em reunião da Assembleia Municipal ter votado contra o Orçamento Municipal para 2015 e Grandes Opções do Plano, o PSD de Oliveira do Hospital vem através de newsletter reforçar aquela posição.


Desmentindo a ideia transmitida pelo presidente da Câmara de que o PSD não terá dado contributo para a elaboração daqueles documentos, o PSD oliveirense, presidido por Nuno Vilafanha, lamenta é que os contributos dados não fossem vertidos nos documentos aprovados e que seriam “fatores positivos".


O PSD lança assim um olhar crítico sobre orçamento e GOP que “infelizmente para os oliveirenses, carecem de estratégias credíveis e de um rumo para Oliveira do Hospital”. Em particular, aquela força partidária aponta o dedo à “ausência de ideias e políticas estruturantes de apoio às famílias, à educação, à cultura e que promovam o desenvolvimento do concelho em termos turísticos, agrícolas, florestais, comerciais e empresariais que necessitam e exigem cada vez mais do apoio e intervenção do município”.

Entende o PSD que ao executivo socialista “era exigido um esforço nomeadamente na reorganização interna”,  “uma redução nas despesas com titulares de órgãos autárquicos, como por exemplo a redução do número de vereadores e de gabinetes de apoio”. Situação que, como referem, “não se verificou”.

Em comunicado, o PSD liderado por Nuno Vilafanha não hesita em considerar que “é um orçamento que não serve os oliveirenses, que não procura responder às suas necessidades, anseios e desejos, que não procura inverter o rumo erróneo que nos afasta do progresso, parecendo limitar-se somente a gerir a despesa corrente do município. O PSD não tem dúvidas de que o Orçamento Municipal de 2015 representará “mais um ano perdido para o desenvolvimento de Oliveira do Hospital”.

Câmara de Oliveira do Hospital entrega complemento alimentar natalício a 75 famílias do concelho

A Câmara de Oliveira do Hospital vai atribuir Cheques-Compra de Complemento Alimentar Natalício para proporcionar às famílias mais carenciadas um período de Natal igual ao das outras famílias e, particularmente, uma Ceia de Natal onde não faltem os produtos típicos desta quadra.

 

Em 2014, o município volta a entregar este complemento sob a forma de cheques-compra, que tem sido adotada desde 2012, e que podem ser trocados pelos géneros alimentares nos diversos estabelecimentos comerciais aderentes no concelho de Oliveira do Hospital.

 

Através deste “Complemento Alimentar Natalício”, a Câmara Municipal proporciona uma época natalícia mais reconfortante a cerca de 75 famílias carenciadas e que têm sido beneficiárias de ajuda alimentar através do Banco de Recursos Sociais de Oliveira do Hospital durante o presente ano.

 

Estes Cheques-Compra mantêm os valores do ano transato, variando entre os 30 e os 50 euros, consoante a dimensão do agregado familiar. As famílias podem trocá-los por géneros alimentares que nesta quadra ocupam tradicionalmente a mesa das famílias, bem como produtos de alimentação infantil. Estes cheques-compra podem ser trocados pelas compras a efetuar na rede de parceiros aderente.

 

O Banco de Recursos Sociais de Oliveira do Hospital apoia famílias fragilizadas referenciadas pelos técnicos de Ação Social concelhios, através da entrega de bens alimentares e de outros, como vestuário, calçado, mobiliário, eletrodomésticos ou brinquedos.

Em comunicado o município lembra ter reforçado as verbas para 2015 destinadas ao “Objetivo: Família, Solidariedade e Ação Social” em 4,6% na sua dotação, de forma a fazer face às necessidades da população em situação de fragilidade sócio-económica.

Homem de 88 anos detido por posse ilegal de arma

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Santa Comba Dão, detiveram ontem, na localidade de Nandufe – Tondela, um idoso de 88 anos por posse ilegal de arma.

 

De acordo com aquela fonte, foram também apreendidas uma pistola calibre 6,35 mm e 56 munições de diversos calibres. O detido foi libertado e notificado para comparecer no Tribunal Judicial de Tondela.

Marcadores solares horizontais em 35 passadeiras da União de Freguesias de Oliveira do Hospital e São Paio de Gramaços

A União de Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços dá hoje início à colocação de marcadores solares horizontais em 35 passadeiras localizadas em várias artérias da freguesia, principalmente nas zonas de maior fluxo rodoviário.


 Este trabalho que coincide com o interregno do ano letivo escolar decorre no âmbito do protocolo de atribuição de verbas do município de Oliveira do Hospital às freguesias. Dividida em duas fases, a colocação de marcadores solares visa “melhorar as condições em termos de prevenção rodoviária”.


Informando que os trabalhos decorrerão num “curto espaço temporal”, o executivo da União de Freguesias apresenta “desculpas antecipadas a todos os condutores por qualquer transtorno em termos de alteração de trânsito””, como referiu à Rádio Boa Nova, o presidente do executivo Nuno Oliveira.


A colocação de marcadores solares nas 35 passadeiras das várias localidades da União de Freguesias de Oliveira do Hospital e São de Paio de Gramaços representa um investimento de 12.915,00 Euros.

Manuel Viegas do PCP contacta com “problemas” de Oliveira do Hospital

Amanhã, 19 de dezembro, o deputado do PCP ao Parlamento Europeu, Miguel Viegas vai realizar uma série de visitas e encontros em Oliveira do Hospital. Esta acção insere-se no âmbito da “atividade normal de contacto com problemas de interesse para as populações do concelho, de modo a fundamentar a intervenção do PCP nas suas várias vertentes”.


A partir das 10h30, Manuel Viegas reúne com a direção da ESTGOH e do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. A partir das 14h30, o deputado contacta com utentes do Centro de Saúde. A visita termina com uma reunião no tribunal de Oliveira do Hospital.

"Alma" é o novo livro de Lucinda Maria

A oliveirense Lucinda Maria apresenta no próximo sábado, dia 20 de dezembro, o seu mais recente trabalho literário. Trata-se de “Alma”, cujo lançamento vai ter lugar no auditório da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, a partir das 15h30.

 

Conhecida dos oliveirenses, Lucinda Maria é colaboradora assídua da Rádio Boa Nova, onde, semanalmente, leva a efeito o programa “Saberes” com Fernando Roldão. Entre outros aspetos, a autora centra a sua participação na língua portuguesa,  na cultura e história do concelho de Oliveira do Hospital.

Melhor "Postal de Natal Digital" vai ser enviado pelo município de Oliveira do Hospital

Diana Pereira, aluna do 2.º ano do curso profissional de Técnico de Design, variante Equipamento, na Eptoliva, foi a vencedora do concurso “Postal de Natal Digital” promovido pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital junto dos alunos do 3º ciclo, do ensino secundário e profissional do concelho. O postal vencedor vai ser enviado pelo município nesta quadra.

            A concurso foram apresentados oito postais de Natal, cabendo ao júri constituído por um representante do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, da EPTOLIVA, da ESTGOH, e dois representantes do Município de Oliveira do Hospital – presidido pela vereadora da Educação, Graça Silva, selecionar o trabalho vencedor.

Na sua primeira edição, o concurso “Postal de Natal Digital” constitui um instrumento de promoção da criatividade dos jovens e de estímulo ao seu espírito empreendedor e solidário, enquadrado na época natalícia. A iniciativa tem em vista  promover a criatividade na conceção de trabalhos artísticos a partir da utilização das Tecnologias Informáticas e estimular os alunos a participarem na época natalícia.

A aluna vencedora vai ganhar como prémio um Cartão Jovem Municipal, oito sessões de cinema à escolha, oito entradas nas piscinas municipais e um livro à escolha editado pelo município. Todos os participantes receberão um certificado de participação.

Problemas no tabuleiro da ponte da Adarnela mantêm interdito trânsito a pesados

Não há previsão para a  reabertura ao trânsito de viaturas pesadas na ponte da Adarnela, sobre o Rio Cobral, entre as freguesias de Travanca de Lagos e Lagares da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital.


Interdita ao trânsito de pesados há já cerca de um ano, a ponte da Adarnela era diariamente utilizada por viaturas ligeiras e pesadas, entre as quais, os autocarros de transporte escolar. Uma situação que está a deixar descontentes os moradores de ambas as freguesias, visto que alguns deles se veem forçados a dar uma volta maior para chegarem ao destino pretendido. Um transtorno também sentido por crianças e jovens que são obrigados a sair mais cedo de casa, como forma de compensar o tempo que o autocarro demora a percorrer o caminho alternativo.


Sem resolução à vista, o presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos foi à última Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital questionar o presidente da Câmara sobre o “ponto da situação”. António Soares reconheceu que há alternativas à circulação de pesados, mas lembrou que as mesmas “custam mais aos utentes porque têm que dar uma volta maior”.

Nuno Vilafanha disse ter conhecimento de “várias queixas”. O deputado do PSD questionou o presidente da Câmara sobre “o que se pode fazer” já que, devido à interdição da ponte aos autocarros escolares, “as crianças têm que se levantar mais cedo”.

A dar conta da realização de trabalhos de monitorização da ponte que apresenta fissuras ao nível do tabuleiro, o presidente da Câmara Municipal José Carlos Alexandrino não conseguiu apontar com qualquer previsão para a reabertura da ponte ao trânsito de pesado. “Não me peçam que coloque um conjunto de crianças no autocarro. É uma situação com que não devemos brincar”, afirmou o autarca, esclarecendo assim não estar disponível para autorizar a circulação de autocarros sobre a ponte, sem que a mesma ofereça condições de segurança. “Quando temos uma ponte fechada, faz sempre diferença às pessoas. Mas se tivessem fechado a Ponte de Entre Os Rios não se tinha demitido o ministro”, comentou. 

José Carlos Alexandrino (Presidente CMOH)

António Soares (Presidente JF Travanca de Lagos)

Nuno Vilafanha (deputado PSD)

Município de Tábua substitui luminárias de sódio por luminárias de Led

O Município de Tábua iniciou a substituição das luminárias comuns (lâmpadas de vapor de sódio) de 80 postes da Vila de Tábua, por luminárias de LED, que reduzirão em grande escala o gasto de energia da iluminação pública, representando uma poupança energética que ultrapassará os 70 por cento.

 A segunda fase desta substituição, que abrangerá os restantes postes da Vila, decorrerá já em 2015.

“Para além da economia energética, a iluminação das ruas através de lâmpadas LED terá mais qualidade, pois estas são mais eficientes, produzem mais luz e a sua durabilidade é muito superior”, refere a autarquia em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

GNR apreendeu 665 quilos de cabo elétrico furtado

A GNR de Cantanhede anunciou hoje a apreensão de 665 quilos de cabo elétrico de alumínio furtado em linhas de alta tensão da Rede Elétrica Nacional.


Em comunicado, o comandante do Destacamento Territorial da GNR de Cantanhede, distrito de Coimbra, refere que a apreensão foi "consumada num armazém de venda de sucata onde o material foi entregue, após ter sido furtado".

O material foi apreendido na sequência de diligências do Núcleo de Investigação Criminal da GNR local, no âmbito do "combate ao furto de metais não preciosos, tendo sido consumada num armazém de venda de sucata onde o material foi entregue", após ter sido furtado.

"O furto continuará em investigação no sentido de se identificarem todos os responsáveis pelo ilícito", segundo a nota.

Detenção por tráfico de estupefacientes em Penalva do Castelo

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Mangualde detiveram ontem, dia 16 de dezembro, em Sangemil - Penalva do Castelo, uma jovem, com 23 anos de idade, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes.


A detenção ocorreu na sequência de uma investigação que culminou numa busca domiciliária à residência da suspeita, tendo sido apreendido o 46 doses de haxixe, uma balança decimal, uma tábua em madeira, uma faca e um moinho. A detida foi constituída arguida e prestou Termo de Identidade e Residência.

Fisco investiga inventário de 10 mil empresas

Está em curso uma mega operação da Autoridade Tributária e Aduaneira que, segundo a SIC Notícias, colocou dois mil técnicos no terreno a investigar o inventário de 10 mil empresas.

A mesma fonte adianta que em causa estão os inventários de dez mil empresas, levando os técnicos a investigar os stocks existentes para saber se os números declarados ao Fisco coincidem com o material existente em armazém.

Oliveirense António Campos encara prisão de Sócrates "bomba atómica na democracia"

O oliveirense e fundador do PS, António Campos, foi uma das três individualidades que no passado fim de semana se deslocou ao estabelecimento prisional de Évora para visitar o ex-primeiro ministro, José Sócrates, que ali está detido em prisão preventiva no âmbito da investigação “Marquês”.

À porta da prisão de Évora, António Campos deu conta do seu desagrado pela detenção do ex-primeiro ministro de quem se diz “amigo”, considerando mesmo que José Sócrates está preso por causa de um «processo de intenções» e que não há factos que justifiquem que esteja na cadeia.

No entender de Campos, “a justiça mandou uma bomba atómica sobre a Democracia», pelo que não tem dúvidas de que “a democracia está em perigo”.

À saída da prisão, questionado pelos jornalistas, António Campos confirmou que também o seu filho, Paulo Campos, ex-secretário de Estado das Obras Públicas e que foi alvo de buscas domiciliárias a propósito do inquérito-crime às Parceria Público Privadas (PPP), visitará José Sócrates na cadeia de Évora.

Bobadela sofre cortes devido a confusão com freguesia com mesmo nome 

Uma alegada confusão com a Junta de Freguesia da Bobadela, no município de Loures, poderá estar na base do corte que a Direção Geral da Administração Local está a aplicar nas transferências à Junta de Freguesia da Bobadela, no concelho de Oliveira do Hospital.

 

À quantia de 22.840 euros que este ano deveria ser transferida  para Junta de Freguesia da Bobadela, foi retirado um valor de 3.426 Euros. Um valor retido a que se juntará em 2015, um montante de 3.473,23 Euros. Já em 2016 o montante previsto retirar é de 651,85 Euros.

 

Uma retenção que é justificada com o encaminhamento de verbas para o Serviço Nacional de Saúde. Uma explicação que não tem cabimento no seio da Junta de Freguesia da Bobadela visto não ter ao seu serviço qualquer funcionário beneficiário da ADSE.


Por este motivo, acredita a autarquia que o problema poderá residir na confusão com a Junta de Freguesia da Bobadela, do município de Loures, à qual estão afetos funcionários beneficiários da ADSE.

 

Sem resolução à vista deste problema, Vasco Brantuas, autarca da Bobadela revela-se muito preocupado pelo rombo que aquele corte significa nas contas da autarquia.

Câmara de Seia entregou cabazes de Natal a 155 famílias do concelho

Cento e cinquenta e cinco famílias do concelho de Seia receberam, durante a última semana, um cabaz de natal, composto por bens alimentares, uma ação solidária para com os mais necessitados, promovida pelo município e juntas de freguesia.

 

“A medida abrange famílias em situação de maior carência económica e social, previamente sinalizadas por equipas técnicas, em parceria com as juntas de freguesia e a Segurança Social”, explica a autarquia em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

A distribuição de cabazes de Natal foi levada a cabo pela Câmara Municipal de Seia, de 10 a 16 de dezembro, e contou com o apoio de todas as juntas de freguesia do concelho, à exceção de Sazes da Beira, local onde não foi identificado nenhum agregado familiar nestas condições.

A cada uma das famílias contempladas foi entregue um Cabaz com bens alimentares, composto por bacalhau, bolo-rei, azeite, óleo, açúcar, farinha, conservas e enlatados, leite e alguns doces.

Para Carlos Filipe Camelo, Presidente da Câmara Municipal de Seia, “esta é uma forma de contribuir para que aqueles que mais precisam possam viver esta época festiva de forma mais feliz e reconfortante, proporcionando uma ceia de Natal mais condigna, nas melhores condições possíveis”.

Ainda relativamente à área social e tendo em consideração o trabalho de proximidade e intervenção social das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, o executivo municipal realiza, durante os próximos três dias, visitas às IPSS do concelho, num “ato simbólico de apreço ao trabalho desenvolvido”.

Audição de Natal em Nelas

No âmbito do programa de animação promovido pelo município de Nelas para assinalar a quadra natalícia, os alunos da Escola Municipal de Música sobem ao palco do Cineteatro Municipal de Nelas, na próxima sexta, dia 19 de dezembro, às 21h00, para a sua tradicional Audição de Natal. Organizado pela edilidade, a audição incidirá na interpretação de vários temas populares natalícios sob a orientação do professor da escola, o maestro Roberto Loureiro.

“Os alunos da Escola Municipal de Música têm assim oportunidade de mostrar todo o trabalho que têm vindo a desenvolver, numa atuação de conjunto que, à semelhança de anos anteriores, será demonstrativa da sua evolução enquanto instrumentistas”, refere a autarquia de Nelas em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

O programa elaborado de acordo com os conhecimentos e práticas dos 70 alunos envolvidos, e versando a época natalícia, estrutura-se em três fases distintas, que vão desde a iniciação musical à iniciação do instrumento, Música de Câmara e Orquestra. A entrada é livre.

Mais de 300 alunos participaram no concurso “3R_Natal_Ambiental”

Mais de 300 alunos que frequentam o ensino Pré-escolar, 1.º CEB e 2.º CEB no concelho de Oliveira do Hospital, participaram no concurso “3R_NATAL_Ambiental” promovido pela Câmara Municipal. No total, foram decoradas 20 árvores com recurso à reciclagem e reutilização de objetos do dia a dia e que podem agora ser apreciadas em vários espaços públicos da cidade como no Largo Ribeiro do Amaral, contribuindo-se para a decoração urbana nesta época.

Com esta iniciativa, o município pretende celebrar a época natalícia envolvendo a comunidade escolar, a população em geral e os visitantes que nos procuram associando este período festivo a um momento de reflexão sobre os valores do respeito pelo meio ambiente, da defesa da biodiversidade, da valorização dos recursos naturais, que têm associados comportamentos de preservação ambiental e promoção da ecologia.

A iniciativa está inserida no plano de atividades do programa Bandeira Azul da Europa e visa defender a proteção do meio ambiente através da política dos “três R´s” – Reduzir, Reutilizar, Reciclar – aliada ao espírito e tradição natalícios, fomentar comportamentos ambientalmente responsáveis nos jovens e incentivar a criatividade e expressão artística.

Após apreciação do júri foram apurados os vencedores do concurso “3R_NATAL_Ambiental”: na categoria do pré-escolar venceu o Jardim de Infância de Lagos da Beira; no 1.º CEB ficou em primeiro lugar, a turma 3.º B da EB de Oliveira do Hospital; sendo que a turma do 6.º O da EB de Lagares da Beira venceu na categoria do 2.º CEB.

            As árvores foram avaliadas tendo em consideração a criatividade na elaboração dos elementos decorativos, tipo e diversidade de materiais utilizados, e cuidado estético na disposição da decoração na árvore. Os vencedores vão ganhar visitas guiadas ao Ecocentro, na Zona Industrial de Oliveira do Hospital, no caso do pré-escolar. Os vencedores dos dois restantes níveis de ensino vão conhecer o centro de tratamento de resíduos sólidos urbanos do Planalto Beirão. Todos os participantes terão direito a certificado de participação e a um bilhete de cinema.

CDS-PP exige resultados à BLC3 que contrariem a ideia de que “o município deposita ali dinheiro para aguentar os salários”

Luís Lagos, deputado do CDS-PP na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, questionou o dinheiro gasto na BLC3, com sede na zona Industrial e disse ser hora de se exigirem resultados àquela estrutura, porque "a sensação que fica é que o município deposita ali todos os anos dinheiro para aguentar os salários".


“A BLC3 pode ser instrumento de atração de investimento e criação de emprego, mas a sensação que paira no ar é de que o município deposita ali todos os anos dinheiro para aguentar os salários. Temos que exigir resultados e não é resultados como os que foram conseguidos para o Queijo Serra da Estrela porque eu conheço o setor e isso não passa de um conjunto de patetices”, afirmou o deputado.


Informando não fazer parte do Conselho de Administração da BLC3, o presidente da Câmara José Carlos Alexandrino disse que "também gostaria de ver já efeitos da BLC3 mais práticos no terreno". Como positivo, o autarca sublinha a candidatura feita pela plataforma para recuperação das antigas instalações da ACIBEIRA, em Lagares da Beira.

Luís Lagos (CDS-PP)

José Carlos Alexandrino (Presidente CMOH)

Carro furtado à porta de empresa em Vila Verde, concelho de Seia

Um carro de marca mercedes, modelo c-220, foi furtado esta manhã, cerca das 10h00, na localidade de Vila Verde, no concelho de Seia.

A viatura de matrícula 76-FC-39 encontrava-se estacionada em frente à empresa de curtumes, localizada à beira da estrada principal que atravessa a localidade. O dono do veículo e gerente daquela unidade fabril estava, àquela hora, no interior da empresa, deparando-se pouco tempo depois com a ausência do carro que ali tinha estacionado pouco tempo antes.

 

Depois de furtada, a viatura ainda terá passado por uma equipa de militares da GNR que se encontrava a fazer controlo de trânsito na estrada que liga Seia a Nelas, mas por seguir a baixa velocidade não foi intercetada pela GNR.


No imediato, o proprietário da viatura participou a ocorrência ao posto da GNR de Seia. Em declarações à Rádio Boa Nova, Cunha Rasteiro do Comando da GNR da Guarda informou que  foi feito “barramento das principais vias, não tenso sido ainda  possível identificar os autores do futuro” nem saber do paradeiro da viatura. De acordo com o responsável, o caso está a ser investigado pelo Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Gouveia.

País: GNR deteve 110 condutores sob efeito de álcool e drogas

A GNR deteve 110 condutores durante a operação de fiscalização à condução sob efeito de álcool e drogas realizada em todo o país entre 08 e 14 de dezembro.

Segundo a Guarda Nacional Republicana, 72 condutores foram detidos por excesso de álcool, 26 por falta de habilitação legal para conduzir e 12 por outros crimes.

Em comunicado, a GNR adianta que durante a operação foram testados 11.686 condutores, tendo detetado 235 com excesso de álcool, dos quais 72 foram detidos por circularem com uma taxa de álcool no sangue superior a 1,20 gramas por litro.

Durante a operação, denominada "Tispol -- álcool e drogas", a GNR detetou ainda 2.835 infrações, designadamente 916 por excesso de velocidade, 191 por falta de inspeção periódica obrigatória,176 relativas a cintos de seguranças e cadeirinhas para crianças, 125 por uso do telemóvel durante a condução,117 relativas a tacógrafos e 56 por falta de seguro.

A operação, realizada em todo o país entre 08 e 14 de dezembro, teve como objetivo fiscalizar a condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas e o combate à criminalidade, refere a corporação.

 

A GNR indica ainda que esta operação insere-se na estratégia de combate à sinistralidade rodoviária, definida pela Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária e no "Road Safety Programme 2011-2020", da Comissão Europeia, que visa contribuir para uma maior segurança rodoviária de todos os utentes.

Oliveira do Hospital critica plano de proximidade de EP por não prever requalificação das EN 17 e 230

Apesar de prever a requalificação do troço da EN 17 desde o nó de Tábua até às Vendas de Galizes, com uma dotação de três milhões de Euros, o Plano de Proximidade apresentado pela Estradas de Portugal não está a ser bem visto pelo concelho de Oliveira do Hospital.


Ainda que “contente” por aquela requalificação constar do documento que determina a requalificação das vias de comunicação entre 2015- 2019, José Carlos Alexandrino entende que é preciso encontrar soluções para a requalificação das restantes vias que servem o concelho, pelo que anunciou que vai pedir “mais uma reunião” às Estradas de Portugal. O autarca oliveirense considera “absolutamente vergonhoso” que ainda não seja desta que se leve a efeito uma requalificação de fundo na EN 17. Com isto, José Carlos Alexandrino não deixa de parte a luta pelos IC 6 e 37 porque “isso é estruturante para o concelho”.


As preocupações pelas omissões no Plano de Proximidade não se esgotam na EN17. Há muito reclamada pelas populações e responsáveis locais, também a requalificação da EN230, na ligação entre as Vendas de Galizes e a Ponte das Três Entradas não foi contemplada por aquele instrumento de trabalho da  Estradas de Portugal. Uma omissão que merece a crítica do presidente da Câmara, já que para o concelho vizinho de Arganil a EP prevê o lançamento de trabalhos de requalificação da Estrada Regional 342 num investimento de 7,5 milhões de Euros.


No Plano de Proximidade, Oliveira do Hospital é contemplado com a requalificação da via entre Ponte da Atalhada e Ervedal da Beira, a lançar em 2019 e com um valor associado de 820 mil euros. Uma requalificação que Alexandrino não considera necessária, preferindo que aquele valor fosse antes aplicado na requalificação da via entre Vendas de Galizes e Ponte das três Entradas.


Agostinho Marques, presidente da Junta de Freguesia de Alvôco de Várzeas foi uma das vozes que na última reunião da Assembleia Municipal reclamou pela requalificação daquela via, criticando o Plano de Proximidade da Estradas de Portugal. “Isto é um problema que deve ser visto com afinco e pelo Estado que nos governa porque temos sido muito abandonados no interior”, afirmou Agostinho Marques que para além das “fracas” vias de comunicação que servem o interior, aponta o dedo ao elevado estado de degradação em que a maioria se encontra. 

José Carlos Alexandrino (presidente CMOH)

Agostinho Marques (Presidente Junta de Freguesia Alvôco de Várzeas)

Rafael Delaunay Gomes falou de triatlo na Rádio Boa Nova

A Rádio Boa Nova esteve à conversa com Rafael Delaunay Gomes, o homem, o professor e o atleta premiado na Gala do Desporto do Município de Oliveira do Hospital.

O triatlo foi o tema de conversa, bem como o galardão conferido pela autarquia.

Adiber prepara Estratégia de Desenvolvimento Local com reuniões no território de intervenção  

A Adiber inicia, hoje, em Arganil um conjunto de reuniões preparatórias daquela que vai ser a Estratégia de Desenvolvimento Local do território da Beira Serra no período 2014-2020.

 

No âmbito do “Compromisso Beira Serra 14-20” à ADIBER compete mobilizar e envolver os actores locais da Beira Serra no processo de conceção e elaboração da Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL) para a Região, nomeadamente dinamizando reuniões de trabalho concelhias, com o objectivo de elaborar o diagnóstico da Região e perspetivar uma visão ambiciosa e de futuro para a Beira Serra.

 

De forma a atingir os objetivos enunciados e com o intuito de envolver ativamente todos os atores locais neste processo, apresentando contributos para a Estratégia através de propostas, ideias e ações que definam o caminho a trilhar por este Território, a ADIBER em parceria com os Municípios de Arganil, Góis, Oliveira do Hospital e Tábua, organiza um conjunto de sessões, que se pretendem amplamente participadas.

 

A primeira reunião acontece esta segunda-feira, 15 dezembro, pelas 18h00 no auditório da Biblioteca Miguel Torga. Segue-se o município de Tábua, com encontro marcado para amanhã, dia 16, pelas 18h00 no Auditório da Biblioteca Municipal. Em Oliveira do Hospital, a reunião está marcada para dia 17, quarta-feira, pelas 18h00 no Salão Nobre da Câmara Municipal. Em Góis, a sessão de trabalho acontece dia 18, pelas 18h, no Auditório da Biblioteca António Francisco Barata.

 

“Neste processo, os parceiros deverão envolver-se ativamente, partilhando a sua experiência e competências, bem como apresentar contributos para a Estratégia, através de propostas, ideias e ações que possam vir a ser consideradas, partilhando a sua visão de desenvolvimento para o Território”, refere a ADIBER.

PCP de Oliveira do Hospital questiona governo sobre transferência das urgências para a FAAD

A Comissão Política do PCP de Oliveira do Hospital pediu esclarecimentos ao governo acerca das “negociações em curso, ou plano de intenções” para a possibilidade de transferir o serviço de urgências noturnas do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital para a Fundação Aurélio Amaro Diniz.

Através do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, a Comissão Política concelhia daquele partido questiona sobre a veracidade das intenções de transferência daquele serviço, bem como sobre as “condições” em que a mesma venha a ser feita. “Está prevista a construção das novas instalações das extensões de saúde do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital em Ervedal da Beira e em Avô? Se sim, em que data? Quais os obstáculos para o adiamento destas?”, questiona ainda a estrutura partidária do PCP de Oliveira do Hospital que, do mesmo modo, pergunta se “está prevista a criação de uma unidade de saúde móvel para prestar serviço na área de intervenção do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital”.

O insuficiente número de médicos também preocupa o PCP que não perde a oportunidade para perguntar ao governo se “está prevista a alocação do número de médicos necessários ao funcionamento do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital”. “ Se sim, para quando?”, questiona.

Região: Idosa morre carbonizada a tentar fugir de incêndio em casa

Uma mulher de 83 anos morreu, esta segunda-feira, carbonizada, num incêndio que deflagrou na casa que habitava sozinha, em Alcofra, Vouzela.

 

De acordo com o comandante dos bombeiros voluntários de Vouzela, Joaquim Tavares, o fogo terá sido provocado pela lareira da cozinha da casa antiga, de construção em madeira.

Foram os vizinhos que deram o alerta, pouco antes das 9 horas, e que encontraram a vítima na varanda.

"A idosa terá tentado fugir, estava embrulhada num cobertor, mas já estava carbonizada", explicou o comandante.

Quando os bombeiros chegaram ao local, só já tiveram de proceder ao rescaldo do incêndio, uma vez que as chamas foram apagadas pelos populares.

jn.pt

Município de Oliveira do Hospital mantém taxa máxima de IRS contra vontade da oposição

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital deliberou, no último sábado, pela manutenção da taxa de IRS no valor máximo. A fixação em cinco por cento, correspondente a um encaixe na ordem dos 400 mil Euros, foi justificada pelo presidente da Câmara Municipal com a sustentabilidade financeira do município, verificando José Carlos Alexandrino ser também aquela a opção seguida pela maioria dos municípios da região, recaindo a exceção nos municípios de Arganil que devolve a totalidade do IRS aos seus munícipes (227 mil euros)  e Góis que fixou a taxa de IRS em 2,5 por cento, traduzindo-se na devolução de perto de 40 mil Euros.


Uma opção que não agradou a oposição na Assembleia Municipal oliveirense. Menos preocupado com a manutenção da taxa de IRS no valor máximo de 5 por cento, António Lopes colocou essencialmente a tónica na utilização que é dada ao dinheiro arrecadado por aquela via. “Baixar por baixar, tenho noção clara que a minha questão é mais da boa utilização do dinheiro que se arranja e não tanto a de baixar os impostos”, afirmou o ex presidente da Assembleia Municipal, optando por se abster na hora da votação.

 Já o deputado do CDS/PP Luís Lagos, que optou pelo voto contra, considerou “ser preferível entregar o dinheiro à sociedade civil do que ficar com ele e empregá-lo em duvidosos programas de utilidade económica”.

Nuno Vilafanha, deputado do PSD, defendeu um corte com um passado para justificar a sua não concordância com a manutenção da taxa de IRS em 5 por cento. Para o social democrata, que votou contra aquela taxa, uma possível redução seria  facilmente compensada com “a redução da despesa com os vereadores, assessores, consultoria e projetos que não servem para nada”.

Em defesa da equipa socialista, Carlos Inácio enalteceu a boa utilização municipal do dinheiro decorrente da aplicação daquela taxa e opôs-se “às políticas liberais” defendidas pela oposição.

                Em resposta, o presidente da Câmara Municipal justificou a manutenção da taxa com a necessidade daquela verba, de cerca de 400 mil euros, para manter a transferência de verbas às Juntas de Freguesia e de Oliveira do Hospital não regressar ao tempo em que os presidentes de Junta de Freguesia tinham que mendigar com “chapéu na mão”.

António Lopes (destituído presidente da AMOH)

Luís Lagos (CDS/PP)

Nuno Vilafanha (PSD)

Carlos Inácio (PS)

José Carlos Alexandrino (Presidente CMOH)

Sampaense de regresso às vitórias após vencer Illiabum por 95-68

Uma partida totalmente controlada pela equipa de S. Paio de Gramaços que soube sempre manter uma vantagem no marcador que lhe dava alguma tranquilidade para não sofrer surpresas, o que já não seria a primeira vez.

O Illiabum também nunca mostrou grandes alternativas para conseguir alterar o jogo atacante do adversário. Uma vitoria justa e que vêm motivar a equipa do Sampaense que vinha de um ciclo de três derrotas, a última bastante pesada frente ao Benfica.

O Sampaense agora joga uma sequência de jogos difíceis, frente ao CAB Madeira, Guimarães em casa  e deslocação ao Lusitânia do Açores.

Oiça o comentário do técnico do Sampaense, Félix Alonso

Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou Orçamento e GOP para 2015

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou, esta manhã, por larga maioria com três votos contra (PSD) e uma abstenção (deputado António Lopes) o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2015. Luís Lagos, deputado do CDS-PP, anunciou o voto contra, mas acabou por não participar na votação. 


A apresentar as linhas gerais do documento orientador da atuação do município no próximo ano, ao qual está associada uma dotação orçamental de 17 milhões de euros, o presidente da Câmara Municipal disse tratar-se de um orçamento “realista” que considera a “estabilidade financeira como essencial” e que reflete um “abaixamento” comparativamente a orçamentos de anos anteriores. “Se fosse meu, ainda teria menos dois milhões de Euros”, chegou a referir o autarca que, esta manhã, enunciou aqueles que são os novos projetos previstos para 2015 de apoio à empregabilidade e de melhoria da qualidade de vida dos oliveirenses.

 

Argumentos que não convenceram a oposição. Nuno Vilafanha, da bancada do PSD, diz que o orçamento representa "mais um ano perdido para o concelho de Oliveira do Hospital" e que "demonstra falta de estratégia para o concelho". “Oliveira do Hospital precisa de muito mais. Não podemos aceitar que a Câmara Municipal adormeça”, disse ainda o jovem deputado.

 

António Lopes, ex presidente da Assembleia Municipal, considera tratar-se de um orçamento com "pequenas engenharias, mas sem nenhuma novidade". “Falte onde faltar, para a bola é que não falta”, lamentou.

 

Luís Lagos, deputado do CDS-PP entende que "poder-se-ia fazer melhor". "Fazer melhor é gastar mais em família e em ação social do que em desporto e cultura", referiu o deputado, defendendo ainda um reforço das verbas transferidas às freguesias e a isenção de impostos aos investidores do concelho.

 

Carlos Maia, da bancada socialista não tardou a sair em defesa do executivo municipal, constatando que os deputados da oposição não terão vivido no concelho nos últimos anos . “Vocês não vivem no mesmo concelho onde tenho vivido”, verificou o socialista acusando a oposição de fazer “pura demagogia”.

José Carlos Alexandrino não deixou ainda de estranhar o sentido de voto do PSD e CDS-PP, por no primeiro caso não ter acedido ao desafio de avançar propostas para o orçamento e, por no caso de Luís Lagos o executivo ter levado em linha de conta as propostas que apresentou.

José Carlos Alexandrino (Presidente CMOH)

Nuno Vilafanha (PSD)

António Lopes (destituído presidente da AMOH)

Luís Lagos, (CDS-PP)

Carlos Maia (PS)

Camilo Lourenço realizou sessão de autógrafos em Oliveira do Hospital

Foram vários os oliveirenses que, ao final do dia desta sexta-feira, aguardaram pela presença de Camilo Lourenço, autor do livro "Irresponsáveis", na loja de CTT de Oliveira do Hospital.

Conhecido de todos pelo habitual comentário na TV acerca da situação económica e financeira em que o país se encontra, Camilo Lourenço também não passou despercebido pelo concelho de Oliveira do Hospital.

No posto de correios da cidade, autografou alguns exemplares do seu último trabalho literário, "Irresponsáveis", uma obra que a começar pelo título e pela ilustração da capa - rostos de Ricardo Salgado, Zeinal Bava, Cavaco Silva e José Sócrates - promete ser "polémica" e um "ataque aos poderes instalados".


À Rádio Boa Nova, Camilo Lourenço afirmou que a obra surgiu com o intuito de informar todos os leitores do estado em que o país se encontra e de, ao mesmo tempo,  identificar os responsáveis por tal situação.

No concelho de Oliveira do Hospital, que disse já conhecer, Camilo Lourenço revelou-se satisfeito pela receção que lhe foi proporcionada pela loja dos CTT e pelos oliveirenses que, pese embora o atraso da sua chegada, não arredaram pé. 

Feirinha de Natal “Da Nossa Terra” no Mercado Municipal de Oliveira do Hospital

 No próximo sábado, 13 de dezembro, realiza-se mais uma edição da Mostra de Produtos Biológicos e Agrícolas em Modo de Produção Tradicional de Oliveira do Hospital - “Da Nossa Terra”, no Mercado Municipal. Promovida pelo Município de Oliveira do Hospital (MOH) e pela ADI – Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, a mostra estará de portas abertas entre as 8H00 e as 13H00, como habitualmente. Neste mês de dezembro, a mostra veste-se de Feirinha de Natal, mantendo a autenticidade, o sabor e a frescura dos produtos que ocupam as bancas do mercado, contando, igualmente, com doçaria natalícia e “produtos especiais”.

           

No presente ano, em que se assinala o Ano Internacional da Agricultura Familiar decretado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a mostra “Da Nossa Terra” completou quatro anos de existência a valorizar os produtos biológicos e tradicionais.


Com um estatuto de excelência, este evento marca é agora acolhido nas novas instalações do Mercado Municipal o que lhe confere uma nova centralidade, neste espaço moderno e acolhedor, portanto mais atrativa onde a rede de três dezenas de produtores locais e da região encontram uma oportunidade para vender os seus produtos frescos, genuínos e de qualidade, vindos diretamente da “terra” para as bancas.


Assente em princípios como o empreendedorismo de base local e a valorização dos produtos da terra, a Mostra entrou definitivamente nos hábitos de consumo de todos aqueles que preferem produtos de qualidade a preços mais baixos, ultrapassando as fronteiras do concelho de Oliveira do Hospital para se afirmar regionalmente e ser uma montra mensal do melhor da região da Beira Serra, do Dão, do Planalto Beirão e das Serras da Estrela e do Açor.

           

Pioneira na região, “Da Nossa Terra” representa há cerca de quatro anos e meio um apoio à pequena economia agrícola de cariz familiar bem como um incentivo ao desenvolvimento desta atividade. No 2.º sábado de cada mês, o evento conjuga da melhor forma a componente de valorização de produtos locais, a componente comercial e componente de educação e sensibilização para a preservação dos estilos de vida tradicionais e os valores da ecologia. 

Cooperativa comemorou 50 anos de atividade

Depois de em outubro ter dado início à comemoração dos 50 anos de atividade, a Cooperativa Agro- Pecuária da Beira Central assinalou, ontem, a efeméride com o descerramento de uma placa evocativa do meio centenário da estrutura cooperativa.


Um momento partilhado por colaboradores, técnicos, dirigentes e amigos da Cooperativa que se distingue no concelho e na região quer na área do apoio agrícola e florestal, quer também de supermercado.


Para Arménio Tavares, elemento da direção, os 50 anos são um marco importante na vida da cooperativa que, pese embora as dificuldades que se abatem sobre o tecido empresarial, se encontra em contra-ciclo, podendo, por isso, “servir de exemplo para algumas cooperativas” com quem mantém intercâmbio.

André David deixa FCOH por não lhe permitir o acesso à 2ª Liga do futebol português

Foi com os olhos postos na 2ª Liga do futebol português que o técnico André David trocou o Futebol  Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) pelo Grupo Desportivo de Bragança. “O Oliveira do Hospital nunca me iria permitir atacar o acesso à 2ª Liga”, contou à Rádio Boa Nova.

 

André David comunicou, ontem, à direção do FCOH a sua decisão de deixar o comando da equipa senior, que milita na série E, do Campeonato Nacional de Seniores. O técnico, que treinava a equipa oliveirense pela segunda época desportiva consecutiva, vai comandar a equipa do Grupo Desportivo de Bragança que milita na série A, daquele campeonato, posicionando-se contudo na cauda da tabela classificativa.

 

Contactado pela Rádio Boa Nova, André David justifica a sua saída com aquela que é a sua ambição de aceder à 2ª Liga do futebol português, situação que – como referiu – não lhe seria permitida pelo Futebol Clube de Oliveira do Hospital. “Embora parecendo um bocadinho ridículo trocar um clube que está a um ponto do segundo lugar, por um clube que está a oito ou 10 pontos do segundo lugar, essa foi a principal razão de um ter saído”, contou.

 

De saída de Oliveira do Hospital, André David assegura levar no coração “mais do que um clube”. “Levo uma cidade amiga, uma direção e pessoas à volta do clube excecionais pelas quais nunca vou perder consideração. O FCOH é mais do que um clube, é um monstro adormecido, com historial fantástico e com pessoas extremamente acolhedoras”, disse ainda. 

Oliveira do Hospital espera reduzir tarifas de água e saneamento com adesão ao Sistema Multimunicipal de Lisboa e Vale do Tejo

O executivo Municipal de Oliveira do Hospital aprovou, em reunião pública realizada ontem, um parecer positivo ao projecto de Decreto-lei que visa a criação do Sistema Multimunicipal  de Abastecimento de Água e Saneamento de Lisboa e Vale do Tejo. Desta forma, a equipa de José Carlos Alexandrino acredita ser possível diminuir o défice tarifário e baixar as tarifas de água e saneamento.

           

Com aquele parecer que vai ser colocado à consideração da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital que reúne amanhã, 13 de dezembro, o executivo oliveirense abre caminho à adesão do município ao Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e Saneamento de Lisboa e Vale do Tejo, um dos cinco grandes grupos que vêm substituir os até aqui sistemas multimunicipais, como é o caso das Águas do Zêzere e Côa ao qual continua afeto o município oliveirense.

           

Com adesão à nova estrutura, o presidente da Câmara identifica vantagens para o município oliveirense, encontrando ali a possibilidade de Oliveira do Hospital reduzir o seu défice tarifário que continua a representar um rombo nas contas da autarquia.”As empresas filhas da Águas de Portugal serão congregadas em cinco grandes grupos, o que fará com que a tarifa venha a descer significativamente”, referiu, contando que hoje o município paga 0,66 Euros pelo metro cúbico de água em alta e, com a entrada em vigor do diploma, “passará a pagar 0,56”. “Mais significativa” deverá ser a redução ao nível do saneamento cuja tarifa que, neste momento, é de 0,74 Euros e passará para 0,51 Euros.

 

Pela adesão ao sistema multimunicipal , José Carlos Alexandrino acredita estarem reunidas condições para baixar as tarifas de água e saneamento aplicadas aos oliveirenses. “Admito perfeitamente que Oliveira do Hospital reúne condições para baixar as tarifas. Eu não quero que a água em Oliveira do Hospital seja um negócio e que dê lucro”, disse ainda o autarca, contando que pese embora o último aumento das tarifas, Oliveira do Hospital continua a registar um défice tarifário na ordem de “um milhão de Euros”, vendo-se o executivo na impossibilidade de realizar obras para poder subsidiar a água e o saneamento. “Até mais o saneamento do que a água, porque devido à entrada na rede das águas pluviais o problema encontra-se mais no saneamento”, explicou.

A preparar a adesão à nova estrutura, o autarca não esquece o dinheiro pago a mais ao Sistema Multimunicipal das Águas do Zêzere e Côa, pelo que exigirá o devido ressarcimento. 

FCOH perde técnico desportivo para o Grupo Desportivo de Bragança

André David já não é treinador da equipa senior do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) que, pela sua mão, subiu ao Campeonato Nacional de Seniores. O adjunto Ivo Carvalho assumirá o comando da equipa oliveirense.


A motivar a saída do treinador da equipa oliveirense esteve – segundo apurou a Rádio Boa Nova junto de fonte próxima do FCOH- uma proposta que lhe foi dirigida por parte do Grupo Desportiva de Bragança – ocupa a 12ª posição na série A do Campeonato Nacional de Seniores - e que para André David se configurou “irrecusável” em termos “financeiros” e ao nível do seu “projeto profissional”.


Ao comando da equipa oliveirense, André David conseguiu na presente época desportiva um total de quatro vitórias, cinco empates e três derrotas. A caminho da jornada 13, o FCOH é 6º classificado com 17 pontos, estando separado por apenas um ponto da equipa que ocupa a 2ª posição, o Vitória de Sernache. O FCOH está, contudo, mais distanciado do Benfica de Castelo Branco que segue no comando da tabela com 30 pontos.


A abalar a estrutura do FCOH, a saída de André David obriga a direção do clube a uma rápida resposta já que o campeonato não para e o FCOH defronta, já no próximo domingo, o Sourense que é 3º

classificado com 17 pontos. Fonte próxima da direção do clube adiantou à Rádio Boa Nova que, no imediato, a equipa será treinada pelo até aqui treinador adjunto, Ivo Carvalho.


Caso do Café Central começou a ser julgado em Coimbra

O caso do café Central está, desde o início da manhã de hoje, a ser julgado no Tribunal de Coimbra. Em causa está o incumprimento no

pagamento de 15 rendas de exploração daquele espaço localizado no centro da cidade, propriedade da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, pela empresa Fertavending alegando problemas decorrentes de uma suposta deficiente construção do espaço, como humidade e infiltrações.


Recorde-se que a empresa dirigida por Nuno Pereira chegou mesmo a pedir uma indemnização ao município oliveirense, no montante correspondente às rendas em atraso, cerca de 27 mil Euros, por prejuízos decorrentes dos problemas do espaço, chegando até a haver lugar a um acordo extra judicial. Sem conseguir receber o valor de 15 meses de rendas, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital avançou com ação em tribunal, no início de 2012, contra a Fertavending, empresa que no final de 2011 rescindiu contrato de exploração do espaço alegando “justa causa”.


“Reconheço a razão ao empresário nalgumas coisas, não reconheço na totalidade para deixar de pagar as rendas”, referiu esta manhã o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que não concordando com a “decisão drástica” do empresário de suspender o pagamento das rendas, entende que à data “não estavam reunidas condições para se chegar a um acordo de boa fé”. “Por isso recorremos à via judicial para que sejam os tribunais a decidir”, adiantou José Carlos Alexandrino certo de que a razão estará do lado do município, até porque a autarquia foi dando resposta a algumas reclamações apresentadas pelo empresário.


Por duas vezes adiada no tribunal de Oliveira do Hospital, a primeira sessão de julgamento acontece hoje em Coimbra obrigando à deslocalização de advogados, testemunhas, arguidos e demais envolvidos. “Isto demonstra claramente que afastamos a justiça dos cidadãos”. “Hoje tivemos que

arranjar uma carrinha de oito lugares para levar seis pessoas para o julgamento. Isto irá acontecer muitas vezes, situação que eu lamento”, comentou o presidente da Câmara Municipal.


A Rádio Boa Nova tentou contactar o empresário Nuno Pereira mas até ao momento não foi possível chegar à fala com o gerente da empresa Fertavending.


Vidas Nossas na Casa da Cultura César Oliveira até 4 de janeiro

As 15 telas itinerantes da Exposição de Fotografia Vidas Nossas, organizada pela Cáritas Diocesana de Coimbra, continuam a levar à população os rostos, vidas e percursos associados à pobreza e exclusão nos sem-abrigo.


A Casa da Cultura César Oliveira, Município de Oliveira do Hospital, recebe agora os modelos vivos representados na Exposição Vidas Nossas, que estarão patentes até ao dia 4 de janeiro de 2015.

A exposição  pretende ser uma provocação à indiferença e uma ocasião de discussão.


Região: Detido avô suspeito de abusar sexualmente de quatro netas

A Polícia Judiciária da Guarda anunciou a detenção de um homem, no concelho de Fornos de Algodres, suspeito de abuso sexual de quatro netas menores de idade.


Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, o homem, de 57 anos, está "fortemente indiciado da autoria de, pelo menos, quatro crimes de abuso sexual de crianças, praticados de forma reiterada, ao longo dos últimos anos".

"As vítimas são todas familiares do detido, possuindo idades compreendidas entre os 6 e os 13 anos", informou a PJ.


Fonte daquela polícia adiantou à agência Lusa que o detido é avô das meninas e que os alegados abusos tiveram lugar "em meio sociofamiliar onde todos conviviam habitualmente".

O detido foi presente ao Tribunal Judicial da Comarca da Guarda, esta quinta-feira, para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de adequadas medidas de coação.

Alegados crimes de prevaricação levam antiga Junta de Freguesia de Aldeia das Dez a tribunal 

O anterior executivo da Junta de Freguesia de Aldeia das Dez liderado por Sónia Madeira, eleita pelo PSD, está a responder em tribunal por dois alegados crimes de prevaricação.

Juntamente com Luís Conceição Santos e Maria do Céu Castanheira, Sónia Madeira vem acusada pelo Ministério Público de, alegadamente, atuar com o propósito de beneficiar empresas de construção civil, nomeadamente a empresa de António Madeira, seu sogro.

Na missiva deduzida pelo Ministério Público e a que a Rádio Boa Nova teve acesso, os três elementos são acusados da prática em co-autoria material de dois crimes de prevaricação.

Os factos remontam ao segundo semestre de 2010, altura em que, no mês de julho, o executivo terá deliberado convidar três empresas para apresentação de propostas para realização de obras de recuperação dos Lavadouros de Vale de Maceira por ajuste direto com consulta. Na mesma data, terá sido ainda decidido convidar quatro empresas para apresentação de propostas para obras de calcetamento e eletrificação de cemitério e construção do Parque dos Monstros


Refere o Ministério Público que a presidente da Junta de Freguesia com o voto de Maria do Céu Castanheira terá aprovado a adjudicação da obra de recuperação dos lavadouros de Vale de Maceira a António Madeira, seu sogro, pela apresentação de proposta mais vantajosa de 5.549,80 Euros. Luís Conceição Santos não participou na votação por ser sócio gerente de uma das sociedades concorrentes, a Casalva.


Em 6 de setembro, Sónia Madeira e Maria do Céu Castanheira terão decidido anular a proposta mais vantajosa apresentada pela Casalva (4691,03 Euros) para a realização de obras de calcetamento e eletrificação do cemitério e construção do Parque dos Monstros alegando “falhas graves ao nível da descrição dos trabalhos a realizar e nas unidades de medida”. Terão ainda aprovado entregar as obras ao construtor civil, António Madeira que apresentou a proposta de 5194 Euros. Luís Conceição Santos não participou na reunião por ser sócio gerente da Casalva.

Em novembro do mesmo ano, depois de questionada pela empresa Casalva com o intuito de apresentar reclamação, o executivo de Sónia Madeira terá aprovado anular o processo de ajuste direto para a realização daquelas obras.


Entende o Ministério Público que ao convidarem as empresas de que Luís Conceição Santos é sócio gerente e a empresa do sogro de Sónia Madeira, os três arguidos “violaram conscientemente os deveres inerentes aos cargos políticos que cada um desempenhava, designadamente o estatuto dos eleitos locais (…) atuando com o intuito de conduzir o aludido procedimento visando beneficiar as referidas entidades”.


Ao deliberaram apenas com dois votos a adjudicação de duas obras, o Ministério Público entende que os arguidos “violaram conscientemente as regras previstas no Código dos Contratos Públicos, referente à composição dos júris” que determinam um mínimo de três elementos efetivos.

Pela anulação da proposta, entende o Ministério Público que os arguidos “atuaram com a intenção de beneficiar o construtor António Madeira.


Contactada pela Rádio Boa Nova, Sónia Madeira disse estar a aguardar pela sentença e escusou-se a prestar qualquer declaração sobre o processo judicial em que, juntamente com Luís Conceição Santos e Maria do Céu Castanheira, está envolvida. 

André David deixa o comando técnico do FCOH


A notícia foi colocada a circular no final desta tarde, no face do clube oliveirense.

As explicações para a saída e segundo o que a Boa Nova conseguiu apurar, foi o convite para treinar outro clube (Bragança) num novo desafio e um novo projecto. 

A notícia está também confirmada pelo Grupo Desportivo de Bragança.

André David comandará já a nova equipa no próximo domingo frente ao Cerveira, em mais uma jornada do nacional de seniores.

No FCOH quem ficará, ao que tudo indica, a comandar a equipa, será o até aqui adjunto Ivo Carvalho. 

Morreu cantor e compositor da canção de Coimbra, Fernando Machado Soares

O cantor e compositor de música de Coimbra Fernando Machado Soares morreu, no domingo, aos 84 anos e o funeral realizou-se na terça-feira em Almada, disse à agência Lusa fonte da Fundação Amália Rodrigues


Fernando Machado Soares, que foi vice-presidente daquela fundação, é o autor de uma das canções mais conhecidas do repertório da música portuguesa associada a Coimbra, intitulada "A balada da despedida" e que inclui o verso "Coimbra tem mais encanto/na hora da despedida". 


Cantor, compositor e poeta - e também magistrado -, Fernando Machado Soares gravou em 1957 "Coimbra Quintet", um disco apontado como um dos mais marcantes na história da canção coimbrã, gravado em Madrid e que contou com a participação de António Portugal e Jorge Godinho (guitarra), Manuel Pepe e Levy Baptista (viola).


"Machado Soares deu um contributo importante na criação das condições da transição do fado clássico para as baladas e para as trovas, que as vozes de José Afonso e Adriano Correia de Oliveira vieram a imortalizar", lê-se na biografia no Portal do Fado, na internet.


Fernando Machado Soares, que foi juiz conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça, recebeu em 2006 o Prémio Tributo Amália Rodrigues "pela excelência da carreira artística e dedicação aos outros".

Encontro senior juntou 360 idosos em Lagares da Beira

Cerca de 360 utentes idosos de 15 Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho de Oliveira do Hospital participaram, hoje, no encontro sénior que decorreu no salão dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira.

 

A acontecer anualmente há já mais de 20 anos, o encontro teve este ano um sabor especial por decorrer em plena quadra natalícia, assumindo-se como um espaço de convívio alargado de idosos do concelho. Ana Rodrigues, técnica do gabinete de ação social da autarquia referiu à Rádio Roa Nova que o encontro surge como uma forma de homenagear os utentes e as instituições do concelho. “Estão aqui 360, mas as instituições do concelho dão apoio a cerca de mil idosos. É uma forma de os homenagear, de estar com eles, de conviver com eles e de dizer que o concelho tem esta vitalidade e reconhecimento para com os seus idosos”, continuou a técnica de ação social, assegurando que o concelho está bem servido nesta matéria ao contar com instituições “de excelência”.

 

Reunidos em convívio, os utentes idosos do concelho de Oliveira do Hospital viveram este encontro de forma intensa. “Estou muito satisfeito. Espero continuar a fazer parte desta festa”, partilhou com a Rádio Boa Nova Virgílio Monteiro, utente do Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira.

 

O  encontro de idosos, com periodicidade anual, merece o apreço do Centro Distrital da Segurança Social. Presente no encontro, o diretor distrital, Ramiro Miranda, referiu que a iniciativa demonstra a vitalidade da rede social do concelho de Oliveira do Hospital, que será “das que tem mais iniciativas na região”.

Ana Rodrigues, técnica de Ação Social da CMOH

Virgílio Monteiro, utente do Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira


Ramiro Miranda, diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Coimbra

Gustavo Soares, Engº florestal, fala de cogumelos na Rádio Boa Nova

Gustavo Soares, Engenheiro Florestal da Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central é o convidado do programa Alô Bom Dia, conduzido por Fernando Roldão. O mote da conversa volta a ser o cogumelo, e em particular o workshop alusivo à produção caseira daquele fungo. A conversa centra-se ainda na comemoração dos 50 anos da Cooperativa. Acompanhe a emissão online ou em 100.2 FM. 

Camilo Lourenço, autor do livro “Irresponsáveis” realiza sessão de autógrafos em Oliveira do Hospital 

O jornalista Camilo Lourenço vai estar dia 12 de dezembro, pelas 16h30, em Oliveira do Hospital para uma sessão de autógrafos do seu último livro “Irresponsáveis”.  O encontro com o autor acontece na loja de CTT da cidade.

 

Publicado por  Matéria-  Prima Edições, o livro “Irresponsáveis” faz uma leitura de “como a promiscuidade entre Estado, empresas, gestores e políticos destruiu a economia” .

“Irresponsáveis” surge sob a forma de “um livro polémico”  em que o autor “ataca os poderes instalados”.

 

Alguns excertos do livro:

 

«Mesmo sendo um gestor dotado, Zeinal Bava caiu na tentação; mesmo sendo um banqueiro experiente, Ricardo Salgado pensou que era impune e destruiu um império com 150 anos; mesmo sabendo das consequências, muitos políticos agem em função dos seus próprios interesses. Isto tem um nome: irresponsabilidade.»

(…)

Ricardo Salgado perdeu o pudor e atirou-me: «Se for preciso falar com a administração, falo». Contestei: «Mas o diretor da revista sou eu. Eu é que decido o que sai, ou não». Resposta (pronta): «Oh filho, o grupo (Media Capital) deve 600 mil contos (cerca de 3 milhões de euros) ao BES. Se tiver de utilizar isso para não publicarem nada, é o que farei».

(…)

O episódio mais grave ter-se-á passado há uns meses numa conversa entre Ricardo Salgado e o atual governador do Banco de Portugal. Como as coisas não estavam a correr bem, Salgado terá dito «já sobrevivi a vários governadores», dando a entender que poderia haver consequências para carreira de Carlos Costa.

(…)

Será que Zeinal Bava procurou, na aliança com Ricardo Salgado, a forma de chegar rapidamente ao topo da PT, dando em troca o apoio da empresa às empresas do grupo Espírito Santo? Se assim foi, como é que um gestor inteligente e com diversas valências cometeu um erro desta envergadura?

(…)

Ferreira Leite e Bagão Félix parecem ter sido atacados por amnésia aguda: criticam medidas que sabem ser inevitáveis. Hoje sabemos que o Presidente da República partilha com eles a amargura de ter sido atingido pelo corte de pensões (com a agravante de ele ter optado por ser pensionista em vez de receber o ordenado de Presidente).

Encontro senior reúne utentes das IPSS do concelho em Lagares da Beira 

Realiza-se amanhã, 10 de dezembro, o Encontro Sénior de Oliveira do Hospital 2014 que vai reunir os utentes idosos das instituições de todo o concelho. Este encontro é organizado pela Rede Social Concelhia e pela Plataforma de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado (PAASI) em colaboração com o Município de Oliveira do Hospital.

O Encontro Sénior de Oliveira do Hospital realiza-se há cerca de vinte anos mas esta é a primeira vez que acontece no período de Natal assumindo-se como um espaço de convívio alargado dos idosos das IPSS do concelho.

Amanhã, nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, são esperados entre 350 e 400 utentes de 16 IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social e de dois lares privados. A partir das 10H00, o acolhimento dos participantes é feito com uma sessão de “Ginástica para Tod@s” seguindo-se a missa concelebrada. Após o almoço partilhado entre todos os participantes o programa continua com animação cultural com a presença do Grupo de Cavaquinhos do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital e muita música que certamente vai convidar a um pé de dança.

José Francisco Rolo, vice-presidente e vereador da Ação Social, adianta que “este é um grande momento de encontro e convívio dos nossos cidadãos mais idosos e também um momento de reconhecimento do trabalho notável da Rede Social de Oliveira do Hospital. Celebramos em espírito de fraternidade o Natal, mas também o trabalho que discretamente é feito todos os dias. E esse trabalho é imprescindível”.

Região: GNR fez detenções por furto e fiscalizou bares

Militares do Núcleo de Investigação Criminal e do Posto Territorial de Santa Comba identificaram, no passado dia 6 de dezembro, na localidade do Vimieiro, dois jovens com 21 e 26 anos de idade, pela prática do crime de furto de gasóleo.


Os militares intercetaram os dois jovens na localidade de Oveiro – Santa Comba Dão e apreenderam sete jerricans, duas mangueiras, dois telemóveis, dois pares de luvas e diversas ferramentas utilizadas na prática do crime. Os indivíduos foram constituídos arguidos e sujeitos a Termo de Identidade e Residência.


No dia 7 de dezembro, a GNR levou a cabo, nos concelhos de Viseu, Oliveira de Frades e Castro Daire, uma operação de prevenção criminal com a colaboração da Autoridade Tributária e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Foram fiscalizados 10 estabelecimentos de diversão noturna tendo sido detida uma cidadã em situação ilegal no país, outras quatro notificadas para abandonarem o território nacional e elaborados dois autos de notícia, um por posse ilegal de arma e outro por exploração de jogo ilegal. Foram ainda elaborados 19 autos de contraordenação sobre infrações detetadas nos estabelecimentos.

“Maior Árvore Ecológica do Mundo” já pode ser apreciada em Travanca de Lagos

Os jovens da Liga de Melhoramentos de Travanca de Lagos, no concelho de Oliveira do Hospital,  já ergueram aquela que esperam que venha a ser considerada pelo Guinness Book como a Maior Árvore de Natal Ecológica do Mundo. Com 15 metros de altura, mais três do que aquela que foi feita  em 2013, a árvore foi construída na tarde do passado domingo, dia 7, contando com o envolvimento da comunidade local e da região.

Na construção, os jovens contaram com mais de quatro mil garrafas e garrafões de plástico cumprindo o objetivo ambiental de construir uma árvore a partir de materiais recicláveis não recorrendo por isso ao abate de  uma árvore natural.

Pelo envolvimento da comunidade, Pedro Marques, presidente da direção da Liga de Melhoramentos via cumprido o objetivo da união popular que se vinha perdendo em Travanca de Lagos. Tal como em 2013, os Jovens da Liga de Melhoramentos mantêm o propósito de candidatar a árvore ao livro dos recordes. “No ano passado, infelizmente, a árvore caiu. Este ano vamos tentar chegar lá”, adiantou.

A participar na construção da árvore, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital afirmou que pelo “simbolismo” a árvore já é  “a maior do mundo. “Os jovens estão de parabéns porque demonstram as preocupações ambientais”, referiu José Carlos Alexandrino, apreciando de igual modo a capacidade de união da comunidade na construção da árvore.

“Se é de admirar a árvore, é muito de admirar quem teve a ideia de a fazer. É fantástico. Merecem toda a admiração. É um grupo de jovens muito forte e a Liga está num desenvolvimento extraordinário”, comentou Feliciano Silva, sócio fundador da Liga de Melhoramentos de Travanca de Lagos.


A recordar poemas de Miguel Torga e António Gedeão, o presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos elogiou a união da população em torno do projetos. “Quando as pessoas se juntam à volta de um projeto as coisas são possíveis. Quanto mais não fosse serviu para as pessoas  se encontrarem num momento de convívio, partilha e alegria”, comentou António Soares. Satisfeito com o resultado, o autarca entende que “o tamanho não é o mais importante", mas sim "a participação e o sentido de comunidade que as pessoas estão a perder”. Uma satisfação partilhada por populares. António Manuel Silva, travanquense, revelou-se particularmente contente pela união da população em torno da construção da árvore.

Pedro Marques, Presidente Liga Melhoramentos Travanca de Lagos

António Soares, Presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos

José Carlos Alexandrino, Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

GNR deteve 205 pessoas em flagrante delito no fim de semana e feriado

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 205 pessoas em flagrante delito no fim de semana e na segunda-feira e apreendeu 1.031 doses de haxixe e 16 pés de canabis, anunciou hoje a GNR.

A GNR apreendeu ainda 3.230 euros em numerário, duas armas de fogo, quatro armas brancas, três veículos ligeiros e 100 notas de kwanzas.

Do total de detenções, 140 deveram-se a condução sob efeito de álcool, 24 a condução sem habilitação legal, oito a tráfico de estupefacientes, três a posse ilegal de armas, uma a furto, uma a violência doméstica e 28 por outros crimes.

Foram ainda elaborados 201 autos de notícia e 3.025 autos de contraordenação a legislação diversa.

Na área do trânsito foram fiscalizados 8.578 condutores e detetadas 3.015 infrações, designadamente 330 por condução com taxa de álcool superior a 0,5 gramas por litro de sangue, 1.336 excessos de velocidade e 27 fiscalizações relacionadas com tacógrafos.

As operações incidiram nos distritos/comandos territoriais de Aveiro, Açores, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

noticiasaominuto.com

Larápios furtaram maquinaria e dinheiro da Cooperativa dos Agricultores de Alvôco de Várzeas 

A Cooperativa dos Agricultores de Alvôco de Várzeas foi assaltada na madrugada da passada sexta-feira. Das instalações da cooperativa que presta serviços na área florestal e agrícola foram furtadas, com recurso a arrombamento de porta, seis motosserras, uma moto roçadora, 17 discos de corte e 92  Euros em dinheiro. José Manuel Mendes, presidente da direção da cooperativa de Agicultores aponta para um prejuízo de mais de três mil Euros que faz  "mossa" nas contas da Cooperativa que após um período conturbado , colocava agora a “cabeça fora de água”.

               

Após o furto do equipamento “quase todo novo”, a Cooperativa já se viu forçada à aquisição de duas novas motosserras, procedendo de forma gradual à reposição do equipamento furtado.

E porque depois de “casa roubada, trancas à porta”, o presidente da direção da Cooperativa adiantou à Rádio Boa Nova o reforço da segurança nas instalações da Cooperativa com a contratação de um sistema de alarme. Solução que no entender de José Manuel Mendes é insuficiente. “Devia lá por uma gaiola com todo o material e armadilhá-la como se faz aos javalis”, referiu o responsável que, após o sucedido, garante desconfiar de “toda a gente”. Porque, adianta, “tudo leva a crer que foi gente que conhece muito bem” o andamento da Cooperativa .  

Já está quase construída a árvore de Natal ecológica em Travanca de Lagos.

A árvore ecológico com 15 metros de altura que está a ser feita em Travanca de Lagos, está quase pronta. São dezenas de pessoas que estão a colaborar para que este feito possa também fazer parte do Guinness como a maior árvore ecológica do mundo. Para já o objectivo está cumprido, pois foi a população mais ou menos jovem que ao longo dos últimos dias se juntou pela mesma causa. Foram muitos garrafões e garrafas plásticas preparadas e que hoje já formam a árvore de Natal de Travanca de Lagos. As tampinhas plásticas foram ao mesmo tempo também recolhidas para ajudar na compra de uma cadeira de rodas

Futebol - Resultados  de fim de semana

O FCOH empatou 2-2 em casa com o Tourizense,

Jogo muito mastigado no meio campo com o Tourizense a controlar muito bem as jogadas ofensivas da equipa da casa e a marcar ao minuto 35 de grande penalidade.

Segunda parte mais mexida, até nas expulsões com uma para cada lado . Com golos a aparecerem quase no final, para um resultado justo e uma partida bem disputada.

O  Nogueirense foi ganhar ao Pombal por 1-0.

Quem continua invicto no campeonato é o Benfica de Castelo Branco que esta jornada venceu o Pampilhosa por 3-0, liderando isolado a classificação com 30 pontos.

No Distrital de Honra o Lagares da Beira voltou a perder em casa, agora com o Febres por 3-0.

Benfica regressou às competições internas com um triunfo expressivo na recepção ao Sampaense Basket (114-64)

Depois do desaire europeu, o Benfica regressou às competições internas com um triunfo expressivo na recepção ao Sampaense Basket (114-64). A eficácia revelada pelos encarnados, nos primeiros minutos do encontro, no tiro exterior, facilitou o trabalho dos campeões nacionais, já que cedo fugiram no marcador. O Benfica foi sempre melhor, uma superioridade que se traduziu na diferença pontual final.

 

O treinador do Sampaense Basket, Felix Garcia, tentou surpreender o Benfica com uma zona 2x3, uma opção defensiva que não surtiu os efeitos desejados, muito por culpa da pontaria dos extremos encarnados. Com quatro triplos quase consecutivos, 3 de João Soares e 1 de Jobey Thomas, os benfiquistas dispararam no resultado, obrigando o adversário a ter que correr sempre atrás do prejuízo.

 

A equipa do Sampaense Basket, bem liderada pelo seu base Diogo Ventura,  tentou encurtar distâncias, procurou jogar de igual para igual com os campeões nacionais, se bem que a equipa da casa foi bastante mais eficaz, intensa na forma como pressionou a bola, fechou linhas de passe e dominou a luta das tabelas (42/23).

 

Os comandados de Carlos Lisboa mostraram mais soluções ofensivas, um maior equilíbrio entre o jogo interior e exterior, mas os 22 triplos convertidos em 33 tentados (67%) foram determinantes para o sucesso do Benfica neste regresso aos jogos da fase regular da LPB.

 

O extremo João Soares (27 pontos e 5 ressaltos) esteve perfeito da linha de três pontos (6/6), e foi decisivo para que o Benfica ganhasse vantagem no marcador. O base Mário Fernandes (18 pontos e 6 ressaltos) fez um jogo bastante completo, e o norte-americano Ronald Slay somou um duplo-duplo (18 pontos, 12 ressaltos), a que somou 4 assistências, números que fizeram dele o MVP do encontro com 30.5 de valorização.

 

O jovem Diogo Ventura (10 pontos, 2 ressaltos e 1 roubo de bola) esteve em bom plano, especialmente durante a 1ª parte, embora tenha sido o norte-americano Javarris Barnett (18 pontos e 8 ressaltos) o principal problema para a defesa encarnada. (Fonte FPB)

DESPORTO EM DEBATE - Casa da Cultura Oliveira do Hospital

Desporto Adaptado

Olhares, Visões e Perspetivas de Futuro

Com uma sala meia composta, decorreu na Casa a Cultura o III Debate do Ciclo de Conferências realizado pelo município de Oliveira do Hospital.

Humberto Miranda já falou sobre o futebol e agora o basquetebol que pratica em cadeira de rodas. Também Filinto Carvalho treinador de Boccia falou sobre este tipo de modalidade.

A grande Simone Fragoso que falou sobre Desporto Paralímpico e por fim, o Dr. Jaime Antunes que falou sobre "A visão transversal do desporto adaptado".

O debate teve antes a apresentação do Vereador do Desporto Nuno Ribeiro, o Presidente da Câmara Professor José Carlos Alexandrino e o Provedor da SCM de Galizes Professor Bruno Miranda que é parceira nesta iniciativa.

Alunos de Oliveira do Hospital recebem parceiros do projeto Comenius

Entre os dias 10 e 14 de dezembro o Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital vai receber a visita dos seus parceiros do projeto Comenius iniciado em 2014.

Designado de Global style e com o acrónimo fffff – figures, fragrances, furniture, food, fashion, o projeto Comenius é participado, para além de Portugal, pela Áustria , Bulgária, Eslovénia, Itália e Polónia,  envolvendo um total de 35 alunos  e 15 professores.


A Portugal coube o tema food, pelo que ao Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital cabe proporcionr às escolas parceiras uma semana repleta de bons sabores e ricas confeções de iguarias tradicionais. A par destas haverá um programa de visitas na cidade e na região, que terão sempre a gastronomia regional como pano de fundo.


Durante o ano de 2015 ocorrerá ainda a deslocação dos alunos de Oliveira do Hospital às escolas italiana e austríaca. Na escola austríaca – coordenadora do projeto Comenius -  será inaugurado um mural com as impressões de todos os temas e momentos do projeto.

Temperaturas mínimas baixam 2 a 6 graus entre hoje e sábado

As temperaturas mínimas poderão descer entre dois a seis graus Celsius, entre hoje e sábado, em todo o país devido a uma massa de ar frio.

De acordo com o Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA), a descida das temperaturas mínimas deve-se a uma massa de ar frio do norte da Europa, que vai chegar às regiões mais a sul.

No que diz respeito às temperaturas máximas, "estas não vão sofrer grandes alterações, rondando na generalidade do território do continente 12 a 15 graus, podendo ser um bocadinho mais baixas nas regiões do interior norte e centro".


O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do início da tarde, possibilidade de ocorrência de aguaceiros no litoral oeste a sul do Cabo Mondego até ao início da tarde e vento em geral fraco o quadrante norte, soprando temporariamente moderado nas terras altas e no litoral a norte do Cabo Raso.


 No sábado, a previsão aponta para céu limpo, com menos nebulosidade, vento fraco a moderado a forte nas terras altas e pequena descida da temperatura mínima, em especial nas regiões do litoral centro e sul. Para domingo, de acordo com o IPMA, a previsão aponta para céu pouco nublado ou limpo e vento em geral fraco do quadrante norte, soprando temporariamente moderado no litoral oeste durante a tarde e moderado a forte nas terras altas, neblina ou nevoeiro matinal e formação de geada, em especial nas regiões do interior.


Por causa do frio, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) emitiu na quinta-feira um conjunto de alertas sobre os cuidados a ter com o frio, avisando que crianças e idosos são os grupos particularmente vulneráveis. Mesmo dentro de casa, o INEM avisa que é necessário ter cuidados na utilização de lareiras e outros sistemas de aquecimento, uma vez que aumenta o risco de incêndio e de intoxicação por monóxido de carbono.


As autoridades de saúde emitiram ainda um alerta, publicado no Portal da Saúde, com recomendações práticas para enfrentar as vagas de frio intenso. Cobrir a cabeça e proteger as mãos, consumir bebidas e refeições quentes, manter-se ativo, tentar manter uma temperatura interior a rondar os 20 graus e vedar bem janelas e portas são algumas das principais recomendações.

 

Quatro anos de prisão com pena suspensa para incendiária de Soure

A autora confessa de um incêndio florestal no passado dia 26 de setembro de 2013 viu ontem ser-lhe aplicada pelo Tribunal de Coimbra uma pena suspensa de quatro anos de prisão.


Segundo a juíza, que presidiu ao coletivo, a suspensão da pena está sujeita a tratamento e acompanhamento médico. É que, como lembrou, a arguida sofre de “perturbação depressiva e de ansiedade generalizada”.

No entender do tribunal, este episódio ocasional, resultante de uma discussão com o ex-marido, levou ao seu descontrolo emocional e, consequente, colocação de um incêndio numa vasta zona constituída por pinheiros e eucaliptos entre Condeixa-a-Nova e Soure.

com: beiras.pt

I Concurso de Presépios Criativos em Tábua

Neste Natal de 2014, a Biblioteca Pública Municipal João Brandão, convida todos os seus conterrâneos a estimular a sua criatividade, a sua “veia” artística para a produção de um presépio, sensibilizando a comunidade para a tradição cultural.

Poderão concorrer Instituições Públicas e Privadas, Associações/IPSS, Espaços Comerciais, Escolas, Juntas de Freguesia e pessoas particulares do concelho de Tábua, fomentando a reutilização de objetos do quotidiano e materiais diversos, no intuito de educar comportamentos para um futuro mais sustentável.

As inscrições para os participantes decorrem até ao dia 15 de Dezembro de 2014.

Os presépios concorrentes, poderão ser entregues até ao dia 7 de Janeiro de 2015, na Biblioteca Pública Municipal João Brandão, para poderem ser analisados pelo júri do Concurso, onde estarão expostos até ao final do mês de Janeiro.

Ferido grave em incêndio numa casa em Viseu

Um homem ficou, ontem à noite, gravemente ferido na sequência de um incêndio na casa onde vivia, em Abraveses, no concelho de Viseu,

 Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro, o incêndio que “terá começado num colchão”, ocorreu cerca das 21h20, numa casa antiga da Rua da Soenga.



O homem, que foi transportado para o hospital devido às queimaduras, é o único habitante da casa.

Ao local deslocaram-se 19 operacionais e cinco veículos dos bombeiros municipais e voluntários, da PSP e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Com: jn.pt

Jovens de Travanca de Lagos querem fazer árvore ecológica com 15 metros de altura

Depois de em 2013 terem sido fintados pelo mau tempo, que derrubou a árvore de natal ecológica com 12 metros, os Jovens da Liga  de Travanca de Lagos renovam, este ano, o propósito de erguer a “Maior Árvore de Natal Ecológica do Mundo”, colocando a fasquia nos 15 metros de altura.

           

A construção da árvore acontece na localidade de Travanca de Lagos no próximo domingo, dia 7 de dezembro, contando os jovens travanquenses com a colaboração de toda a comunidade local e da região. “Esperamos que as pessoas apareçam e ajudem”, afirmou à Rádio Boa Nova o responsável pela coordenação do projeto, Tiago Cerveira, que faz já um balanço positivo do envolvimento das pessoas que “têm feito chegar garrafões e garrafas”, contando neste momento com quatro mil unidades.

 

Pelo envolvimento de todos, os jovens da Liga de Travanca de Lagos vêem cumprido o objetivo da “união”, a que se juntam, de igual modo, os propósitos em torno da “cidadania e ecologia”. É que , em causa não está uma árvore qualquer, mas antes uma árvore que pretende  despertar sensibilidades e alertar para os problemas em torno da floresta, nomeadamente dos incêndios florestais.  À Rádio Boa Nova, Tiago Cerveira explicou que a ideia surgiu, em 2013, devido aos incêndios que se verificaram na freguesia, vendo-se os jovens na obrigação de apelar à população para colocar termo ao hábito de cortar “jovens pinheiros” para a elaboração da árvore de Natal caseira. Com a construção da árvore ecológica, os jovens esperam que a ideia seja seguida nos lares de Travanca de Lagos. “Que as pessoas façam uma árvore mais pequena, como esta, em casa”, referiu Tiago Cerveira.

           

Ao mesmo tempo que alertam para a necessidade de protegerem a floresta, os jovens de Travanca de Lagos sensibilizam para a importância das práticas ecológicas, nomeadamente a reciclagem de garrafões e garrafas.

 

A colocar a fasquia nos 15 metros de altura, os Jovens da Liga de Travanca de Lagos esperam este ano poder candidatar a árvore ao Guinness Book. Se os quatro mil garrafões e garrafas não forem suficientes, os jovens iniciam novo processo de recolha, adiando a conclusão da árvore para o fim de semana seguinte.

 

A partir de Travanca de Lagos, o projeto em torno da construção da “Maior árvore de Natal Ecológica do Mundo” está longe de se resumir às gentes de Travanca de Lagos e Oliveira do Hospital. “Não é um projeto nosso. É um projeto de nós para todos”, assegura Tiago Cerveira. 

“Aromas criativos” assume-se como a nova “sala de jantar” de Oliveira do Hospital e da região

Oliveira do Hospital conta, desde o passado fim de semana, com um novo espaço, que prima pela diferença. Trata-se do restaurante “Aromas Criativos”, localizado em pleno centro da cidade e que se assume como a nova “sala de jantar” do concelho e da região.


Com gerência a cargo de Francisco de Sousa e Ana Rita Herdade, o espaço destaca-se pela decoração cuidada e pelo toque de “requinte e de glamour”. “Aromas Criativos” convida à degustação de uma gastronomia rica em produtos locais, mas confecionados e apresentados de um modo diferente. Os vinhos de todas as zonas demarcadas do país têm presença certa na carta de vinhos do restaurante.

Com a missão de bem acolher todos os seus clientes, o restaurante “Aromas Criativos” conta com a experiência do chefe Anselmo e os conhecimentos dos restantes colaboradores. “Aromas Criativos” quer fazer “um serviço diferente e de qualidade”. “A nossa razão de existir é a satisfação do nosso cliente”, assegura a gerência.


Na inauguração do novo espaço, o casal Francisco de Sousa e Ana Rita Herdade contou com a presença de vários convidados, entre os quais os responsáveis municipais. 

(publireportagem)

Exposição de arranjos e decoração de Natal em Avô

No próximo fim de semana, dias 6 e 7 de dezembro, vai estar patente em Avô uma exposição de arranjos e decoração de natal.


A mostra organizada pela Sociedade de Defesa e propaganda de Avô pode ser apreciada no Centro Cultural Dr.Vasco de Campos, entre as 14h00 e as 18h00. 

Despiste de ambulância obrigou a limpeza de via na cidade de Oliveira do Hospital

Uma ambulância da corporação de bombeiros de Oliveira do Hospital despistou-se esta manhã, cerca das 07h00, junto à rotunda do Cavaleiro, em pelo centro da cidade de Oliveira do Hospital. 

 

O motorista da ambulância era o único ocupante da viatura que se deslocava de Oliveira do Hospital para Coimbra, para o transporte de um doente. Segundo informação recolhida junto da corporação da cidade, a ambulância terá galgado a rotunda, tendo provocado danos na zona inferior e derrame de óleo na via. O condutor da ambulância não ficou ferido, tendo no imediato trocado de viatura e seguido o seu destino.


O despiste obrigou porém a trabalhos de limpeza na via assegurados pela proteção civil municipal e a empresa com a qual a autarquia firmou protocolo para aquele efeito. Segundo adiantou à Rádio Boa Nova o responsável pela proteção civil municipal, José Carlos Marques, os trabalhos de limpeza da via decorreram até cerca das 10h15. A circulação de trânsito esteve condicionada durante aquele período. 

Dia Internacional das Pessoas com Deficiência assinalado “em grande” pelas instituições do concelho de Oliveira do Hospital


Ontem, dia 3 de dezembro, assinalou-se o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. Promovida pelas Nações Unidas desde 1998, a data não passou ao lado das instituições que no concelho de Oliveira do Hospital prestam apoio e cuidam de pessoas com deficiência.


O convívio entre os utentes/ clientes e os meninos da creche foi a forma escolhida pela Santa Casa da Misericórdia de Galizes para assinalar a efeméride. Graúdos e miúdos juntaram-se para a visualização de um filme alusivo à quadra natalícia, acabando os mais pequenos por surpreender os seus parceiros portadores de deficiência com uma música evocativa da igualdade.


“Todos os dias são dias da pessoa com deficiência, mas já que este dia está sinalizado, faz todo o sentido lembrar que estas pessoas, com quem lidamos diariamente, existem e têm direitos e também deveres”, afirmou à Rádio Boa Nova diretora técnica da instituição. “Temos que promover cada vez mais a igualdade”, reforçou Cecília Fragoso, salvaguardando tratar-se de uma preocupação diária da Santa Casa da Misericórdia de Galizes já que a interação entre crianças e clientes acontece regularmente e não apenas neste dia.

Uma realidade que a Rádio Boa Nova facilmente comprovou. E se dúvida houvesse, rapidamente foi dissipada com os abraços e carinhos partilhados entre crianças e utentes.


 “Gosto muito de cá estar”, afirmou Armanda Maria. À Rádio Boa Nova, a utente de Centro de Atividades Ocupacionais revelou-se feliz pela amizade que ali mantém com as crianças. “Todos os dias as vejo aqui a brincar”, contou a utente também contente pela forma como é tratada por técnicos e colaboradores da Santa Casa da Misericórdia de Galizes.


Chamadas à festa, também as crianças da creche perfeitamente integradas no grupo dos utentes da Santa Casa partilharam a boa disposição. Com apenas dois anos, Leonor Nina distribuiu beijos pelos utentes que trata de “amigos”.


O Dia Internacional das pessoas com deficiência também foi assinalado pela Arcial que, ontem, brindou os seus utentes com uma visita à aldeia Natal da Cabeça, no concelho de Seia. “Para nós são todos os dias diferentes e, por isso, fazemos questão que este dia seja comemorado num contexto diferente da instituição”, referiu a presidente da Arcial. À Rádio Boa Nova, Rosa Neto adiantou que os jovens se encontravam “delirantes e felizes”. “Com a felicidade deles também estamos nós muitos mais felizes”, contou.

               

Uma felicidade que Olga Costa, utente da Arcial, fez questão de partilhar com a Rádio Boa Nova. “Estamos todos muito contentes”, referiu, mostrando-se satisfeita pela sua integração na Arcial onde já tirou um curso de cozinha e frequenta agora um curso de costura.

               

Instituições de referência no concelho de Oliveira do Hospital e na região, a Santa Casa da Misericórdia de Galizes e a Arcial prestam a apoio a perto de duas centenas de pessoas portadoras de deficiência, seja na vertente de Centro de Atividades Ocupacionais, lar residencial e formação profissional. 

Fruta gratuita para 710 crianças de Oliveira do Hospital

Os alunos que frequentam o 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) no concelho de Oliveira do Hospital vão, uma vez mais, usufruir do Regime de Fruta Escolar na sequência da aprovação da candidatura apresentada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, durante o presente ano letivo.


No total serão abrangidas 710 crianças do 1.º CEB do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. Duas vezes por semana cada um destes alunos receberá, de forma gratuita na sua sala de aula, uma peça de fruta. As duas distribuições semanais iniciam-se em janeiro prolongando-se por 21 semanas. O Regime de Fruta Escolar visa a distribuição de frutas e produtos hortícolas nos estabelecimentos de ensino público, tais como maçã, pêra, tangerina, banana, laranja entre outros.


O Regime de Fruta Escolar é uma iniciativa de âmbito europeu que pretende, através da distribuição gratuita de uma peça de fruta duas vezes por semana, reforçar as práticas alimentares mais saudáveis e capacitar as crianças e famílias para a adoção de competências que levem a um consumo de fruta em substituição de lanches de fraca qualidade alimentar.


“Pretende-se fomentar hábitos saudáveis e a adoção de uma dieta equilibrada para reduzir a obesidade infantil tendo em conta que a inclusão de frutas e legumes na dieta alimentar pode desempenhar um papel importante no combate à obesidade e que a Organização Mundial da Saúde recomenda um consumo mínimo diário de 400gr de fruta e legumes”, refere a Câmara de Oliveira do Hospital em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


Com a iniciativa, a autarquia oliveirense quer contribuir para uma educação alimentar e da saúde em contexto escolar.

Polícia Judiciária desarticula rede de tráfico de estupefacientes

Quatro homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 25 e os 55 anos, fortemente indiciados por integrarem uma organização de tráfico de estupefacientes, foram detidos pela Polícia Judiciária nas localidades de Covilhã e Fundão.


De acordo com comunicado da PJ enviado à Rádio Boa Nova , a rede  dedicava-se ao tráfico de estupefacientes, com fortes conexões transnacionais, e era responsável pelo abastecimento daqueles produtos a um dos mais importantes circuitos de distribuição e consumo da região da Cova da Beira.

Na sequência da ação policial levada a cabo, que mobilizou a quase totalidade de efetivos do DIC da Guarda da Polícia Judiciária teve a colaboração de equipas cinotécnicas da GNR de Castelo Branco, foram realizadas mais de uma dezena de buscas domiciliárias e outras, nas localidades de Covilhã e Fundão, as quais permitiram a apreensão de, aproximadamente, 2330 doses individuais de cocaína, 816 de heroína, 3610 de haxixe, 220 gramas  de cannabis  e 93 pastilhas de ecstasy.


Foram ainda apreendidos mais de 48.000 Euros em numerário, 21 telemóveis, 2 balanças de precisão, 2 viaturas automóveis de gama média/alta, 1 revólver de calibre .38 mm., munições e outros objetos próprios da atividade de tráfico de produtos estupefacientes.


Os detidos, com idades compreendidas entre os 25 e os 55 anos, alguns empresários da restauração e comércio e outros sem qualquer profissão, vão ser presentes às competentes autoridades judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório e eventual submissão a adequadas medidas de coação.

Detidos jovens suspeitos de assaltos em Mangualde e Viseu

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Mangualde detiveram, no dia 1, em Mangualde, dois jovens de 17 e 19 anos, por furtos e roubos no interior de residências.


A ação envolveu seis buscas domiciliárias que culminaram na apreensão de um automóvel e na recuperação de diversas ferramentas elétricas, eletrodomésticos, vários computadores portáteis, máquinas fotográficas, vários LCD, entre outros utensílios.


Os indivíduos estão referenciados na prática de dezenas de furtos ocorridos nos últimos três meses nos concelhos de Mangualde e Nelas, e ainda, na prática de roubos violentos, cujas vítimas se caracterizavam por serem pessoas idosas. São também suspeitos de terem efetuado um roubo recente num posto de combustível de Nelas.

Dois feridos graves em colisão frontal em Oliveira do Hospital

Dois feridos graves e dois ligeiros é o resultado da colisão frontal ocorrida, ontem, ao início da noite, na via que liga a Bobadela à cidade de Oliveira do Hospital, numa zona de curva, na Coitena.


Os dois feridos graves -  um casal de septuagenário que seguia num quadriciclo (vulgo papa reformas) - foram encaminhados para os Hospitais da Universidade de Coimbra, tendo os feridos ligeiros, os ocupantes da segunda viatura, sido assistidos no Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital.


O socorro às vítimas foi prestado pelos bombeiros voluntários de Oliveira do Hospital com três ambulâncias e a viatura de desencarceramento e pela SIV de Seia.


“Pela deformação dos veículos e situação de duas vítimas foi uma colisão violenta”, afirmou à Rádio Boa Nova o comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, Emídio Camacho. 

Foto: Centro TV

Confraria preserva memória gastronómica de Ervedal da Beira

A Confraria dos bolos doces, aguardentes e licores de Ervedal da Beira realizou, no domingo, o primeiro capítulo de entronização. Na cerimónia foram entronizados 12 confrades ligados à constituição da confraria, bem como personalidades ligadas ao associativismo local que, aos longos dos tempos, têm sabido preservar a gastronomia da localidade.


Recentemente criada, a confraria visa “preservar, divulgar e não deixar adulterar” os produtos com presença assídua em cada casa de Ervedal da Beira, nomeadamente “ os matrucos, o bolo finto, a aguardente de pêra passa e o licor de café”, como referiu à Rádio Boa Nova, a confrade mor Esmeralda Pombo.


Realizada que está a primeira entronização no seio da confraria ervedalense, o próximo objetivo é o da certificação dos matrucos, do bolo finto, da aguardente de pêra passa e do licor de café. “Seria um passo muito importante para o turismo e o comércio local”, entende Esmeralda Pombo.


Para levar por diante o seu objetivo de preservação e valorização da gastronomia local, a Confraria dos bolos doces, aguardentes e licores vai ocupar o espaço onde em tempos funcionou uma cantina, no âmbito de um protocolo estabelecido com a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

 

Acusação pede pena máxima para suspeito de fogo no Caramulo

O Ministério Público pediu, esta terça-feira, pena máxima, ou seja, 25 anos de prisão efetiva para Luís Patrick, de 29 anos, um dos dois suspeitos de, em agosto do ano passado, ter ateado fogos no Caramulo, onde morreram quatro bombeiros.


Para o arguido Fernando Marinho, de 21 anos, o procurador Carlos Guerra pediu, nas alegações finais do julgamento, menos cinco anos de prisão em relação ao primeiro arguido, por entender que o tribunal não pode ser indiferente "à enorme relevância da colaboração" de Fernando Marinho, sem antecedentes criminais, pedindo, por essa razão, uma pena "substancialmente inferior".

Durante o julgamento, Patrick negou todos os factos. Fernando confessou e colaborou com as autoridades durante a fase de investigação.


Os dois arguidos, em prisão preventiva, estão a ser julgados desde outubro na secção de Proximidade de Vouzela, suspeitos de, na noite de 20 de agosto, terem ateado fogos florestais na serra do Caramulo.


Estão acusados de um crime de incêndio florestal, 4 crimes de homicídio qualificado, 13 crimes de ofensa à integridade física qualificada, que passam a 12, uma vez que durante o julgamento, um dos bombeiros afirmou não ter ficado ferido. Luís Patrick responde ainda por um crime de condução de motociclos sem licença.

 

Com:jn.pt

“Desporto adaptado” em debate em Oliveira do Hospital

Na próxima sexta-feira, 5 de dezembro, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital dá continuidade ao ciclo de conferências “Desporto em Debate”. O terceiro encontro que decorre na Casa da Cultura César Oliveira, a partir das 21H00, é organizado em colaboração com a Santa Casa da Misericórdia de Galizes.


Será abordado o tema “Desporto Adaptado – olhares, visões e perspetivas de futuro” com a presença de um painel que integra desportistas e alguns especialistas nesta área, como sendo Humberto Miranda, ex-futebolista do Estrela de Amadora e Tourizense e atual praticante de basquetebol adaptado;  Filinto Carvalho, treinador de Boccia da APCV – Associação de Paralisia Cerebral de Viseu e Treinador Pessoal de Atleta de Alta Competição de Boccia; Jaime Antunes, médico do Comité Paralímpico de Portugal e Simone Fragoso, nadadora paralímpica.


Este encontro, subordinado ao tema “Desporto Adaptado” pretende contribuir para contrariar algumas falsas ideias sobre os verdadeiros efeitos da deficiência e para a importância de dar relevo às capacidades que devem ser tidas em conta no contexto da prática do desporto, valorizando os contributos do desporto para o bem-estar, reabilitação e habilitação das pessoas com deficiência.


Com este ciclo de conferências “Desporto em Debate”, que prevê a abordagem a uma vasta panóplia de temáticas ligadas ao mundo do desporto, nas suas mais diversas modalidades, e que resulta de uma parceria estabelecida com os clubes, instituições e associações desportivas do concelho, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital pretende reforçar o papel ativo das instituições desportivas na divulgação e promoção do desporto, através de uma maior interação com a comunidade.

Cozinha internacional com influências do oriente em Oliveira do Hospital

“Passion” é o nome do restaurante que, a partir do dia 11 de dezembro, está ao dispor dos oliveirenses e de todos quantos visitem o concelho. O espaço localizado na EN 17 , em Vendas de Galizes, distingue-se pela cozinha internacional com influências do oriente. Sabores que foram dados a provar no buffet preparado pela gerência - o casal inglês David e Lesley Mooney – que contou com a presença de vários convidados, entre os quais os responsáveis municipais.
(Publireportagem)

Encapuzados assaltaram residência em Seixo da Beira enquanto os donos dormiam

Três indivíduos encapuzados assaltaram, na madrugada de domingo, uma residência na localidade de Seixo da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital. Moradores da habitação deram pela presença dos assaltantes, mas mantiveram-se deitados para não serem alvo de violência.


O assalto ocorreu cerca das 5h00 de domingo, dia 30 de novembro, tendo os três assaltantes recorrido a uma chave falsa para acederem ao interior da habitação. Rui Oliveira, comandante do Destacamento Territorial da GNR da Lousã, ao qual está afeto o posto da GNR de Oliveira do Hospital, adiantou à Rádio Boa Nova que os três homens “usavam capuzes”, tendo chegado “a pé” ao local. De acordo com Rui Oliveira, a investida dos assaltantes resultou no furto de vário objetos, incluindo ouro e dinheiro.  

Àquela hora, os moradores da habitação - mãe e filho – encontravam-se deitados, tendo contudo dado pela presença dos assaltantes. “Mantiveram-se deitados, para não serem alvo de violência”, referiu Rui Oliveira, contando que só após os indivíduos se terem colocado em fuga, o assalto foi participado à GNR de Oliveira do Hospital.


Esta não é a primeira vez que os assaltantes recorrem a chaves falsas para aceder ao interior de residências e espaços comerciais do concelho de Oliveira do Hospital. Porém, Rui Oliveira adiantou À Rádio Boa Nova que “este modus operandi não é muito normal”, tratando-se de “crimes esporádicos”. De acordo com aquele responsável, pese embora, o assalto corrido na madrugada de domingo em Seixo da Beira, no concelho oliveirense apenas se têm verificado “pequenos crimes”. “Nada que levante alarido social”, referiu.


No caso de ocorrência de assaltos ou outro tipo de crimes, Rui Oliveira apela à população para que dê “rapidamente o alerta”, para que seja possível uma “resposta rápida” por parte da GNR.

Os autores do assalto ocorrido na madrugada de domingo ainda não foram identificados pela GNR. O caso está a ser investigado pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Lousã.

Médico que ajudou a nascer bebé Lucas entende que o SAP é “um serviço necessário para um concelho tão grande”

“Um rapagão jeitoso e ativo”. É desta forma que o médico  Sergey Borisushkin se refere ao bebé que , no sábado, ajudou a nascer no Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Oliveira do Hospital.


Há cinco anos ao serviço do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital, o clínico nunca tinha passado por uma situação como aquela com que foi surpreendido, mas garante que “tudo correu bem”. “A equipa funcionou impecavelmente, maravilhosamente. Fui assistido pelo enfermeiro José Carlos Martins e a auxiliar médica D. Aurora”, pormenorizou o médico.


À Rádio Boa Nova, Sergey Borisushkin falou de um parto bem sucedido, pelo facto de a “mãe estar num ambiente confortável, sem vibrações e sem o stress do caminho”. “Ela ficou à vontade e o parto correu bem”, referiu o clínico, considerando que situação semelhante não aconteceria caso a jovem, Liliana Figueiredo, desse à luz no interior de uma ambulância a caminho da maternidade.


Visivelmente satisfeito pelo sucesso do parto – parto normal e sem complicações – Sergey Borisushkin lembra que já há cerca de um ano ocorreu uma situação semelhante no Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital, pelo que entende necessária a manutenção do SAP em Oliveira do Hospital. “É um serviço necessário para um concelho tão grande. É muito útil e muito importante”, registou.

“Se o SAP não estivesse aberto, o bebé Lucas nasceria numa ambulância”

O bebé Lucas que ao início da noite de sábado nasceu no Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital poderia ter nascido numa ambulância caso aquele serviço não estivesse em funcionamento.


 Ainda com poucas horas de vida, o bebé Lucas relançou no concelho as preocupações em torno da manutenção do Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital. É que, não fosse aquele serviço e a equipa que, entre as 19h00 e as 20h00, ali se encontrava, o pequeno Lucas teria nascido no interior da ambulância da corporação de Lagares da Beira, engrossando as estatísticas dos bebés que em todo o país nascem naquelas condições.


Uma situação que, no sábado, não se veio a verificar, pelo facto de o SAP oliveirense continuar a resistir às ameaças de encerramento e continuar em funcionamento. A prestar socorro à parturiente de Lagares da Beira, Liliana Figueiredo, que apresentava contracções de cinco em cinco minutos, a corporação de Lagares da Beira transportou a jovem mãe até ao SAP, de onde chegou a ser encaminhada para Coimbra, tendo entrado de novo na ambulância com aquele propósito. Uma transferência que acabou por não se realizar, voltando a parturiente a entrar no SAP, dando ali mesmo à luz acompanhada pela equipa do SAP liderada pelo médico Sergey Borisushkin.”


“Por pouco não nasceu na ambulância”, assegurou à Rádio Boa Nova o comandante dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, contando que tal não aconteceu porque a parturiente foi encaminhada para o SAP. Não hesita porém em considerar que no caso de o SAP estar fechado, o bébé Lucas não teria outro remédio se não nascer no interior da ambulância, já que “ a SIV não veio, ou estaria ocupada” e a VMER chegou depois de o bébé já ter nascido.


Conhecedor das especificidades do concelho, António Pinto posiciona-se assim em defesa da manutenção do SAP do centro de Saúde de Oliveira do Hospital. “Já que não há médicos de família, o centro de saúde tem que estar aberto”, afirma o responsável à Rádio Boa Nova . António Pinto lembra que “um apoio diferenciado demorará sempre um quarto de hora a chegar aqui, venha de Seia ou de Arganil. De Lagares da Beira estamos a cinco minutos do Centro de Saúde, onde temos um médico que, no caso de necessidade, pode entubar um paciente”, avisou.

 

António Pinto, Comandante Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira

Dois jovens detidos por tráfico de estupefacientes e furto 

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Viseu detiveram ontem, dia 30 de novembro, na Penoita - Vouzela, um jovem com 19 anos de idade, por tráfico de estupefacientes.


O jovem foi detido na sequência de uma investigação por tráfico de droga, sendo que após a sua localização foi abordado, tendo sido apreendido na sua posse 634 doses de haxixe e 60 euros.


Na sexta feira, dia 28 de novembro, militares do Núcleo de Investigação Criminal de Santa Comba Dão e do Posto Territorial de Tábua detiveram  um jovem com 20 anos de idade, pela prática do crime de furto.


A detenção ocorreu na sequência de uma busca domiciliária, resultado de uma investigação pela prática de furtos nos concelhos de Tábua e de Santa Comba Dão. No decorrer da busca domiciliária foram apreendidas diversas peças de automóveis, um telemóvel, 0,6 gramas de canábis, várias sementes daquela planta e uma balança de precisão. O detido foi constituído arguido e sujeito a Termo de Identidade e Residência, tendo sido notificado para comparecer no Tribunal Judicial da Comarca de Tábua, durante do dia de hoje, dia 01 de dezembro.

Secundária de Oliveira do Hospital sobe no ranking das melhores escolas do país

No conjunto das 621 escolas secundárias do país, a secundária de Oliveira do Hospital melhorou, no último ano letivo, a sua performance subindo 20 posições, passando assim do lugar 314 para o 294. Uma subida que decorre dos melhores resultados alcançados pelos alunos nos 315 exames do secundário, verificando-se uma média final positiva de 10,26 valores. Física e Química foi o único exame com uma média negativa de resultados. Matemática foi a disciplina com melhor média de resultados, num total de 12,78. Recorde-se que no ano anterior, a média da secundária oliveirense foi negativa, de 9,03 valores.


No que respeita ao distrito de Coimbra, a Escola Secundária de Oliveira do Hospital ocupa a 17ª posição. Tal como acontece no país, também no distrito os lugares cimeiros do ranking são ocupados pelas escolas privadas.


Em matéria de exames do 9º ano, a EB de Lagares da Beira com a média de 3,15 é a escola do concelho melhor posicionada no ranking que avalia 1247 escolas do país, no lugar 223. Segue-se a EB da Ponte das Três Entradas , na posição 555, com a média de 2,85 e a Escola Secundária de Oliveira do Hospital, na posição 568 com a média de 2,85. Por último, a EB da Cordinha ocupa o lugar 1049 com a média de 2,53.


No que respeita aos exames do 4º ano, a EB1 de S. Paio de Gramaços continua a ser líder das escolas do concelho, piorando contudo a performance no que respeita ao ranking nacional. Recorde-se que na listagem anterior, a escola era a 4ª melhor país. No ranking atual, a EB1 de S. Paio de Gramaços ocupa a posição 425, com a média de 3,61.


Primeira no concelho, a EB1 de S. Paio de Gramaços é seguida pelas EB1 de Seixo da Beira, Bobadela, Travanca de Lagos, nº1 de OH, Ponte das 3 Entradas, Lagos, Lourosa e Lagares da Beira. A EB1 da Cordinha surge no fundo da tabela concelhia.

Íris Tita Narciso na Rádio Boa Nova

Na Rádio Boa Nova, Fernando Roldão conversa a esta hora com Iris Tita Narciso, orientadora do Clube de Ginástica de Oliveira do Hospital. Em destaque estão os sucessos alcançados pelo clube e a distinção de que foi alvo na Gala do Desporto de Oliveira do Hospital. Acompanhe em 1002.FM

FCOH goleia Naval e Nogueirense é goleada em Touriz

A jornada 11 do Nacional de Seniores, ditou dois resultados expressivos para as equipas do concelho.

O FCOH recebeu em casa a Naval 1º de Maio da Figueira da Foz e voltou a ganhar a esta equipa, agora por um conclusivo 3-0.

No derbi regional, o Tourizense recebeu e bateu o vizinho Nogueirense, não deixando qualquer tipo de dúvidas na vitória por 4-0. 

Com estes resultado o FCOH subiu ao 4º lugar, o Tourizense é agora 6º e o Nogueirense é o 7º classificado.

Na próxima jornada joga-se mais um derbi, com o FCOH a receber o Tourizense enquanto o Nogueirense vai até Pombal.


No Distrital de Honra da AFC, o Lagares da Beira foi perder frente ao Penelense por 2-0.

Sampaense perdeu no Galitos em Basquetebol

Chegou ao fim um período de resultados negativos para a equipa do Galitos Barreiro Tley, que depois da vitória deste sábado frente ao Sampaense (82-70), interrompeu um ciclo de quatro derrotas consecutivas. Um triunfo que apenas foi confirmado no último quarto do jogo, já que nos primeiros três períodos o equilíbrio foi a nota dominante.

As duas equipas chegavam a este jogo separadas por uma vitória, ainda que a pressão fosse maior para o conjunto do Barreiro, que não vencia desde a jornada inaugural. O primeiro tempo teve a particularidade de cada uma das equipas ter vencido um quarto pela diferença mínima, pelo que o intervalo o resultado marcava um empate a 42 pontos.

 

No recomeço da etapa complementar, a equipa da casa conseguiu uma ligeira vantagem, num período em que a eficácia ofensiva das duas equipas decresceu  (16-13). O bom aproveitamento da linha de lance-livre (15/16 – 94%), bem como a elevada eficácia revelada pelos jogadores do Galitos nos lançamentos de 2 pontos (29/42 – 69%), foram decisivos para que o ascendente da equipa da margem sul se acentuasse nos últimos 10 minutos (24-15).

 

O norte-americano Kyle Robbins (17 pontos, 15 ressaltos e 4 desarmes de lançamento) voltou a ter mais uma exibição muito positiva, bem como Miguel Minhava que somou mais um duplo-duplo (16 pontos, 11 assistências e 4 ressaltos) nesta fase regular.

 

O base Diogo Ventura (18 pontos, 4 assistências e 2 ressaltos) esteve muito eficaz a liderar a equipa de Sampaio de Gramaços, mas nem com a ajuda de Javarris Barnett (24 pontos e 9 ressaltos) conseguiu evitar a derrota no Barreiro. (Fonte FPB)

Bebé nasceu esta tarde no SAP do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital

Chama-se Lucas e nasceu às 20h10 com um grande choro para alegria dos pais e de toda a equipa médica que o assistiu no SAP do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital.

Uma parturiente transportada pelos Bombeiros de Lagares da Beira que acabou por ter um parto normal, sendo depois transferida e acompanhada para a Maternidade em Coimbra, já com o filho ao colo, pelos médicos da VMER que entretanto tinha sido accionada.

Este é um momento de alegria, numa altura em que o Centro de Saúde de Oliveira do Hospital vive um verdadeiro tormento com a falta de médicos e onde a população teme, que, com a reforma, no final do ano possam sair mais três clínicos, deixando grande parte dos 21 mil utentes inscritos nestes serviços, sem médico de família.

Bernie Rao apresenta cine-concerto na Casa da Cultura César Oliveira

No próximo sábado, 29 de novembro, a Casa da Cultura César Oliveira acolhe a exibição do filme “A Terra dos Carecas”, com início às 21h30. Trata-se de uma comédia independente neozelandeza que será musicada ao vivo e contará com a presença do realizador, Bernie Rao, um emigrante português, artista multifacetado residente na Nova Zelândia.


Contactado pela Rádio Boa Nova, Bernie Rao disse tratar-se de um “cine-concerto” que "tem resultado muito bem”. “As pessoas aderem a este tipo de espectáculos. Já estou a pensar no novo filme, onde vou usar a fusão entre cinema e a música”, adiantou.


A história “Terra dos carecas” passa-se na Nova Zelândia, num futuro próximo, e a narrativa gira à volta de uma lei polémica e radical que o primeiro-ministro neozelandês faz passar sem explicação, tornando a calvície num crime grave. A única salvação para os calvos parece ser um mítico lugar, escondido algures numa floresta, chamado “A Terra dos Carecas” onde, supostamente, os calvos podem viver em liberdade. Uma comédia dramática que acompanha, entre outras personagens, Ian e John, dois ex-médicos tornados “criminosos” devido à sua calvície, que nos relembra que a liberdade é sempre uma ilusão.

Para quem quiser saber mais acerca do filme será promovida uma sessão de perguntas e respostas com o próprio realizador Bernie Rao no final da exibição do filme.

Davion é líder das empresas no concelho de Oliveira do Hospital

A Davion – Indústria de Vestuário, SA é a empresa do concelho de Oliveira do Hospital melhor colocada no ranking das 1000 maiores empresas da região Centro.

A ocupar o 51º lugar da lista publicada pelo jornal regional As Beiras, a empresa de confeções é seguida pela Indubeira – Indústria Alimentar, SA, no 53º lugar e, pela Quinta de Jugais, na 55ª posição.


Primeira no que ao concelho de Oliveira do Hospital diz respeito, a Davion registou em 2013 um volume de faturação de cerca de 20 milhões de Euros, verificando-se uma variação negativa de 41,44  por cento em relação a 2012. A laborar com 250 empregados, a Davion apresentou em 2013 um resultado líquido à volta de 103 mil Euros, situando-se o volume de exportações perto dos 20 milhões de Euros.


A exportar 99 por cento da sua produção, a Davion conta com mais de 50 anos de experiência na indústria de confeções, situando-se na 3ª geração de empreendedores. A unidade de confeções produz um casaco semi-tradicional, mas que apresenta maior durabilidade, comodidade e qualidade.

Segunda maior do concelho em volume de faturação – 19 milhões de Euros – a Indubeira – Indústria Alimentar, SA também apresenta uma variação negativa, na ordem de 14,68 %,  no volume de negócios em comparação com o exercício de 2012, altura em que apresentava uma faturação superior a 22 milhões de euros. Com 102 empregados, a Indubeira atingiu um volume de exportação na ordem dos sete milhões de Euros.

Com uma variação positiva de 31 por cento em comparação com 2012, a empresa Quinta de Jugais fechou 2013 com uma faturação superior a 18 milhões de euros. A empresa, que conta com 20 trabalhadores, registou um volume de exportação na ordem dos 14 milhões de Euros.

Do ranking das 1000 empresas, destaque para a AMOL – Armazém de Mercearias de Oliveira do Hospital (60 trabalhadores), proprietária do supermercado IG, que ocupa a 80ª posição com uma variação positiva de 17 por cento e um volume de negócios de perto de 14 milhões de Euros.


A empresa CIP (70 trabalhadores) surge na 98ª posição com um volume de negócios de 11 milhões de euros, apresentando uma variação positiva de 48,68 por cento comparativamente com o exercício de 2012.

Silva & Irmãos, Lda (314 trabalhadores) situa-se na 118ª posição com negócios na ordem dos 8,5 milhões de Euros, mais 16,72 por cento do que em 2012. Logo a seguir, em 120º lugar, o Matadouro Regional da Beira Serra (49 trabalhadores) apresenta uma faturação de oito milhões de Euros.

A empresa JFM & Filho SA (44 trabalhadores) surge na 143ª posição, com um volume de negócios próximo dos  sete milhões de euros, verificando-se porém uma variação negativa de 32  por cento comparativamente ao exercício de 2012.


Em 9º lugar a nível concelhio, a empresa Irmãoscombustíveis, lda (cinco trabalhadores) ocupa o lugar nº 181 na lista das 1000 maiores empresas da região, com cinco milhões de euros em faturação.

Destaque ainda para os Armazéns de Mercearia A Monteiro SA ( 27 trabalhadores)que ocupa o lugar 199, com uma faturação próxima dos cinco milhões de euros. A empresa fecha o grupo das 10 maiores empresas do concelho de Oliveira do Hospital.

Neve encerra estradas de acesso a maciço central da Serra da Estrela

A quede de neve levou hoje ao corte das estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), da Guarda.


Segundo a fonte do CDOS, pelas 05:10, foram fechados ao trânsito os troços Portela do Arão-Lagoa Comprida, Lagoa Comprida-Sabugueiro, Piornos-Cruzamento da Torre, Cruzamento da Torre-Torre e Lagoa Comprida-Cruzamento da Torre.


Fonte do Centro de Limpeza de Neve, nos Piornos, disse à agência Lusa, pelas 08:30, que naquela altura já não nevava, mas "a previsão é que ocorram aguaceiros de neve até às 12:00".

Adiantou que os limpa-neves estavam no terreno, em trabalhos de limpeza das vias, mas não adiantou previsões para a sua reabertura.

Mulher morre atropelada em Coimbra

Uma mulher de 52 anos morreu, ontem, atropelada por uma viatura ligeira na rua Manuel Almeida e Sousa, em Coimbra. O óbito foi  declarado no local.


De acordo com fonte dos Bombeiros Sapadores de Coimbra, a mulher foi atropelada numa zona sem passadeiras por uma viatura que se despistou e acabou por embater num táxi, ali estacionado.

Ao local, numa das entradas norte da cidade, junto ao bairro da Relvinha e perto das instalações do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), acorreram meios dos Sapadores e Voluntários de Coimbra, INEM e PSP, que tomaram conta da ocorrência.

Com: jn.pt

Homem de 47 anos apanhado em flagrante quando assaltava residência

A Guarda Nacional Republicana (GNR) através do Posto Territorial de Taveiro, do Destacamento de Coimbra, procedeu à detenção em flagrante delito, durante o dia de ontem, de um indivíduo do sexo masculino, com 47 anos de idade, por suspeita da prática de crime de furto em interior de residência.


"A detenção ocorreu no interior de uma residência, na qual o indivíduo foi surpreendido pelo filho do seu proprietário", informa a GNR em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.


Na sequência da detenção foi efetuada uma busca à residência do arguido, tendo sido apreendida uma estufa com 24 vasos de plantas de cannabis, e recuperados diversos artigos de lar (talheres, louça, peças decorativas), quatro telemóveis e uma arma de caça calibre 12 que tinham sido furtados.

Município de Oliveira do Hospital devolve IMI às colectividades e associações do concelho

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) vai devolver o IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis que as associações e coletividades concelhias pagaram em 2014, através da atribuição de um subsídio.


A decisão, aprovada por unanimidade em reunião do executivo camarário, dia 13 de novembro, "constitui um reconhecimento ao contributo do movimento associativo que, apesar dos seus parcos recursos financeiros, vem desempenhando um papel fundamental no contexto da dinamização da sociedade oliveirense nos mais variados domínios", refere nota da autarquia enviada à Rádio Boa Nova. A medida traduz um apoio financeiro municipal ao tecido associativo na ordem dos 7 mil euros.


Com a intenção de fomentar o desenvolvimento do desporto e a prática da atividade física no concelho de Oliveira do Hospital e tendo em conta a grande dinâmica desportiva dos clubes, associações e escolas do concelho, a Câmara deliberou também, por unanimidade, firmar um protocolo com 16 entidades para o desenvolvimento de atividades desportivas durante a época 2014/2015, tendo em vista a isenção total ou parcial do pagamento de taxas pela utilização do pavilhão desportivo municipal, piscinas municipais e campos de ténis.


Com estes protocolos, o Município de Oliveira do Hospital “pretende alcançar uma gestão mais consentânea e racional” destes três equipamentos públicos, que registam uma elevada taxa de ocupação.

Oliveira do Hospital com 1109 desempregados em outubro

O concelho de Oliveira do Hospital fechou o mês de outubro com 1109 desempregados, verificando-se uma descida de seis por cento comparativamente ao  anterior mês de setembro, data em que estavam inscritos 1177 oliveirenses no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Uma descida que, apesar de residual (1 %) também se confirma na comparação com o mês de outubro de 2013, em que havia registo de 1167 desempregados no concelho.

Dados disponibilizados pelo IEFP, através do seu sítio de Internet indicam que o desemprego afeta, em maior número, as mulheres, num total de 585 mulheres. De igual modo, também os homens são fustigados pelo desemprego, num total de 524.


Do conjunto de desempregados (1109), cerca de 46 % (517) estão naquela condição há menos de um ano, encontrando-se 53 % (592) inscritos há mais de um ano. 12 % (128) procuram por uma primeira oportunidade de emprego, procurando os restantes 88 % (981) por um novo emprego.

Os números verificados em outubro assinalam uma ligeira inversão na trajetória de crescimento do desemprego a que se vinha a assistir em Oliveira do Hospital.

Liga de Amigos da FAAD reúne em Assembleia Geral Ordinária

Dia 28 de novembro, sexta feira, pelas 20h30, realiza-se a  Assembleia Geral Ordinária da Liga de Amigos da Fundação Aurélio Amaro Diniz.

  

Da ordem de trabalhos consta a leitura e aprovação da ata da Assembleia anterior, apreciação do orçamento e plano de actividades para o ano de 2015; apreciação do parecer do Conselho Fiscal sobre os mesmos documentos; ponto de situação do registo dos novos estatutos da instituição adaptados à lei-quadro das Fundações, bem como outros assuntos do interesse da instituição.

A reunião acontece na sala de reuniões do lar de 3ª idade da FAAD, sendo que se à hora marcada não estiver presente a maioria dos seus membros, a Assembleia funcionará 30 minutos depois com qualquer número de associados.

Cante alentejano é Património da Humanidade

O cante alentejano, um canto coletivo, sem recurso a instrumentos e que incorpora música e poesia, foi classificado como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

 A distinção foi aprovada, esta quinta-feira de manhã, pelo Comité Intergovernamental da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da Humanidade, que está reunido esta semana em Paris (França).

A declaração do cante alentejano como Património da Humanidade foi aprovada às 11.18 horas (10.18 horas em Portugal continental), cinco minutos depois de ter começado a sua avaliação. Durante a fase de análise, na reunião do comité da UNESCO, a candidatura portuguesa foi considerada como um dos "bons exemplos de candidaturas selecionadas pelo comité".

Logo após a decisão, as vozes de cantadores alentejanos fizeram-se ouvir na sala onde está reunido o comité, na capital francesa, tendo a atuação sido amplamente aplaudida, no final. A candidatura do cante alentejano a Património da Humanidade foi entregue à UNESCO em março de 2013, depois de, em 2012, o Ministério dos Negócios Estrangeiros ter decidido adiar a sua apresentação, por considerar que o processo não reunia condições para ser aceite.

No final de outubro deste ano, uma comissão internacional de especialistas da UNESCO deu um parecer positivo à candidatura, que classificou como "exemplar".

A candidatura foi promovida pela Câmara Municipal de Serpa/Casa do Cante, com o contributo da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, da Casa do Alentejo, em Lisboa, da Confraria do Cante Alentejano e da Moda - Associação do Cante Alentejano.

Com: jn.pt

Morreu Sousa Veloso, o rosto do "TV Rural"

Morreu Sousa Veloso. Engenheiro agrónomo, ficou conhecido do grande público ao apresentar o programa TV Rural, durante três décadas, na RTP.

 

Sousa Veloso, de 88 anos, morreu esta quinta-feira, em Lisboa, cidade em que nasceu em 1926. Sousa Veloso apresentou o "TV Rural", na RTP, durante 30 anos, entre 6 de dezembro de 1960 e 15 de setembro de 1990. O estilo próprio, o timbre de voz inconfundível e a figura televisiva especial transformaram um programa dedicado a agricultores num fenómeno da televisão nacional. A música do folclore português "A Tirana" foi o genérico inicial do programa que era apresentado aos domingos e durava 30 minutos. No final, as mesmas palavras de Sousa Veloso: "Despeço-me com amizade até ao próximo programa".

 

Os agricultores tinham voz neste programa que, durante três décadas, correu o país, com Sousa Veloso a apresentar o TV Rural nos mais variados cenários naturais.

O estilo de Sousa Veloso foi reconhecido em 1963, quando recebeu o Prémio Imprensa para TV pela autoria do "TV Rural", programa que passou a ser produzido, realizado, montado e apresentado pelo engenheiro.

com:jn.pt

FCOH estreia equipamento alusivo aos 75 anos

A equipa senior do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) prepara-se para estrear um novo equipamento. Trata-se de um equipamento alusivo aos 75 anos do clube oliveirense.


A estreia acontece no próximo jogo da equipa oliveirense, dia 30 de novembro, na receção à Naval que acontece no Estádio Municipal de Oliveira do Hospital. Paulo Figueira, presidente da direção do clube, considera tratar-se de um gesto merecido por se tratar do clube “mais antigo do concelho e com grande história”. O novo equipamento mantém a cor azul, mas apenas com uma lista branca e com o símbolo alusivo aos 75 anos da coletividade desportiva.


A caminho da jornada 11 do Campeonato Nacional de Seniores, Serie E, o FCOH ocupa o 5º lugar da tabela classificativa, com 13 pontos.  Uma prestação que fica aquém do que era expectável por parte da direcção do clube que, ainda assim, acredita que a equipa será capaz de recuperar. “Poderíamos ter aqui mais três, quatro ou cinco pontos, mas não fomos capazes. Pensamos fazê-lo nesta segunda volta, sabendo que é difícil e que temos o orçamento mais baixo desta série”, referiu Paulo Figueira à Rádio Boa Nova, notando que o objetivo da equipa é manter-se no campeonato nacional, que “é o lugar onde o FCOH merece estar”.


Para além da equipa senior, o FCOH está a apostar forte na área da formação. Uma tarefa facilitada com a melhoria das condições ao dispor do clube oliveirense, em particular o relvado sintético. “O professor Albano Dinis está a fazer um trabalho excelente”, entende Paulo Figueira verificando que se o FCOH conseguiu formar jogadores de Oliveira do Hospital que hoje jogam na primeira Liga de Futebol em campos pelados, “mais fácil fará agora com o sintético”.  


“Queremos formar bem, como jogadores e como homens, para aos 17 e 18 anos estarem no futebol sénior. Não queremos formar para distrair miúdos e dar pontapés na bola”, assegura o dirigente oliveirense.

Paulo Figueira

Região: Cinco detenções por tráfico e situação irregular no país

Militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Mangualde realizaram, entre o dia 24 e 25 de novembro, nos concelhos de Viseu e Mangualde, uma operação de combate ao tráfico e consumo de produtos estupefacientes.

“Na sequência desta operação foram realizadas várias buscas, culminando na detenção de cinco indivíduos, com idades compreendidas entre os 20 e os 44 anos de idade, residentes nos referidos concelhos, um deles por se encontrar em situação irregular no Território Nacional e os restantes por tráfico de estupefacientes”, refere a GNR no seu sítio de internet.

De acordo com aquela força de segurança, foram apreendidas mais de dez mil doses de haxixe, duas doses de cocaína, 360 euros, 13 telemóveis, dois veículos e dezenas de cartões de diversas operadoras de telecomunicações. Foi ainda constituído arguido um cidadão e notificado para comparecer no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras por se encontrar em situação irregular em Território Nacional. No decorrer deste processo que teve inicio há sete meses, o NIC de Mangualde deteve 11 indivíduos e apreendeu cerca de seis quilos e meio de haxixe.

Feira Anual de Santo André realiza-se dia 6 de dezembro em Ervedal da Beira

A habitual Feira Anual de Stº André realiza-se este ano no dia 6 de dezembro, em Ervedal da Beira. Com realização anual no primeiro dia do mês de dezembro, a feira vê a sua realização adiada em cinco dias por força da extinção do feriado da Restauração da Independência.

Não coincidindo, este ano, o dia 1 com o fim de semana, a União de Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira decidiu pela realização da feira no próximo dia 6, primeiro sábado do mês de dezembro.


A Feira de Santo André reveste-se de importância para a União de Freguesias e em particular para Ervedal da Beira. Ao potenciar a atração de muita gente à localidade, o presidente da União de Freguesias, Carlos Maia, entende ser uma mais valia para o comércio local e os cafés que ali se mantêm em funcionamento. Para além disso, o autarca entende que a feira “traz visibilidade à terra”.