Rádio Boa Nova - de Oliveira do Hospital para todo o mundo




Estão definidos os calendários da segunda fase do Campeonato Nacional de Seniores.

Na disputa pela subida, o Nogueirense vai encontrar:

CD Mafra, 1º De Dezembro, Casa Pia, Clube Operário dos Açores, Caldas, Benfica de Castelo Branco e Louletano.

A primeira jornada joga-se a 15 de Fevereiro às 15h00 e o Nogueirense recebe em casa o 1º de Dezembro.

 Segundo o técnico João Pires, “Com o objectivo concluído, agora a presença nesta segunda fase, passa por fazer sempre o melhor, aproveitando para ganhar mais experiência e dar oportunidade aos jogadores ”.

 

Na disputa pela manutenção/descida, o FCOH e Tourizense já conhecem também os seus adversários, até porque são os mesmos da primeira fase, menos o Nogueirense e Benfica de Castelo Branco.

Tourizense, Mortágua, Pampilhosa, Pombal, Sernache, Naval e Sourense.

A primeira jornada desta fase, disputa-se no dia 15 de Fevereiro às 15h00. O FCOH recebe o Sernache em casa e o Tourizense recebe também em casa o Pampilhosa.

 

 Incêndio em habitação na localidade de Vila Verde, Seia

Bombeiros das corporações do concelho de Seia combatem, por esta altura, um incêndio numa habitação, em Vila Verde.


Grande parte da habitação já foi consumida pelas chamas, tendo até já ocorrido desabamento na área ardida.

Na casa localizada em pleno centro da localidade e contígua a outras habitações residia um casal de idosos e um terceiro familiar também idoso. O incêndio teve origem numa parte da casa que não se encontrava habitada, pelo que os três residentes se colocaram em segurança no exterior e não correram perigo. Bombeiros e populares encontram-se no local. Desconhece-se a causa do incêndio.

Foto: Viver em Vila Verde - Seia.

Foto: Anabela Sardo

Dois engenheiros disputam a liderança da direção dos Bombeiros de Seia

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Seia devia ter eleito no dia 27 de dezembro os novos corpos gerentes para o triénio 2015/2017. Tal não aconteceu por supostas irregularidades nas listas de ambas as candidaturas, situação que levou à demissão do então Presidente da Assembleia Geral.


Depois de ultrapassadas as eventuais irregularidades as eleições foram marcadas para o dia 31 de janeiro.

Pedro Sousa, gerente da empresa Uniactiva é o candidato pela lista A.

Vitor Dias, gerente do banco Montepio-Seia é o candidato pela lista B. As eleições realizam-se neste sábado.

Com: ndg

Incêndio destruiu armazém de pneus em Tábua  

Um incêndio de grandes proporções destruiu, na última noite, um armazém de pneus no Parque Industrial de Tábua.


De acordo com informação avançada pelo Jornal de Tábua, o alarme para o incêndio terá sido dado cerca das 22h00, acabando o fogo por tomar conta do pavilhão. O combate às chamas foi feito pelos Bombeiros Voluntários de Tábua.

Dada a sua dimensão e violência, o incêndio era visível na vila de Tábua. As várias explosões também foram sentidas pela população.

Foto:Jornal de Tábua

Fábrica de calçado cria novos postos de trabalho em Pinhel

Uma nova fábrica de calçado vai instalar-se em Pinhel durante o mês de fevereiro e criar, logo no início da atividade, "cerca de 30 a 40 postos de trabalho".


 Segundo o autarca Rui Ventura, a Câmara Municipal de Pinhel já celebrou o protocolo com a administração da empresa Malite - Calçados Unipessoal Lda, com sede em Felgueiras, para instalação da unidade fabril naquela cidade do distrito da Guarda.

A unidade deverá começar a laborar no final do mês de fevereiro, num dos pavilhões da antiga fábrica de calçado Rhode, que fechou as portas em 2006 e lançou 370 pessoas para o desemprego.

"A preferência da fábrica", no recrutamento dos trabalhadores locais, é por "pessoas que estão desempregadas da ex-Rhode e que têm experiência na área", observou.

A Câmara Municipal de Pinhel cedeu o espaço para a unidade fabril se instalar e o empresário só pagará o aluguer das instalações a partir do terceiro ano de laboração.

No protocolo celebrado entre ambas as partes, a administração da fábrica de calçado assume o compromisso de permanência por um período de seis anos, indicou Rui Ventura.

A nova empresa vai juntar-se à Eurovilde Portugal Shoes, também com sede em Felgueiras, que começou a laborar no ano passado, no mesmo local e nas mesmas condições, com cerca de duas dezenas de operários.

com:jn.pt

Sorteio de Natal valeu 1500 Euros em prémios em Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e a ADI – Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital procederam, ontem, à entrega dos prémios alusivos ao Sorteio de Natal e concurso de montras realizado, no concelho, por ocasião da quadra natalícia.


No conjunto foram entregues 1500 Euros em vales de compras no comércio local (sorteio de natal) e publicidade em órgãos de comunicação social (concurso de montras) e que traduzem a boa adesão dos oliveirenses na realização de compras no comércio local.

Iniciativas que Graça Silva, vereadora da Câmara Municipal, Graça Silva, não tem dúvidas de que só são possíveis graças ao envolvimento dos lojistas do concelho, 161 no total, e à preferência manifestada pelos clientes na realização de compras em Oliveira do Hospital.

Também o presidente da ADI e vice-presidente da Câmara oliveirense, José Francisco Rolo, acredita que, mais do que nunca, “vale a pena fazer compras em Oliveira do Hospital”. Na sessão de entrega dos prémios, o responsável clarificou que o objetivo de iniciativas como as que decorreram na quadra natalícia visam “estimular as compras, valorizar o comércio local e a criar atrativos para que se faça compras em Oliveira do Hospital”.

Na calha, a ADI e o município oliveirense têm a realização de um projeto de vitrinismo para “valorizar o comércio local”. Pela Páscoa, decorrerá também “um grande concurso de montras”. No final de fevereiro, a ADI conta lançar o conselho consultivo da ADI com vista à constituição de uma associação comercial de Oliveira do Hospital e Tábua.

Motivação elevada para vencer a Taça Hugo dos Santos

São elevadas as expectativas das quatro equipas que, no próximo fim de semana, jogam a Taça Hugo dos Santos em Oliveira do Hospital. Benfica, Vitória de Guimarães, Barcelos e Oliveirense acreditam chegar à final e arrecadar o troféu que nas duas últimas edições da prova foi conquistado pelo Benfica.


Conscientes da qualidade das equipas adversárias, os quatro melhores conjuntos do basquetebol nacional não escondem a ambição de vencer. Sentimento que foi partilhado ontem em conferência de imprensa de apresentação da prova, com João Abreu da Oliveirense a recordar a última vez em que a equipa participou na prova e saiu vitoriosa. Por isso, não esconde também que agora “as expectativas são as maiores”. “Vamos enfrentar o Benfica e estamos cientes das dificuldades, mas temos ambição de vencer”, afirmou.

Certo de que o jogo frente ao Barcelos “vai ser difícil”, Rui Pereira, atleta do Vitória de Guimarães assegura que o conjunto lá estará para lhe fazer frente. Lembra que “são jogos em que tudo pode acontecer”, pelo que espera que este seja “um momento de vitória para o Vitória de Guimarães”.

Com boas memórias da participação da equipa na Taça disputada em Oliveira do Hospital, Mário Fernandes, do Benfica, assegura que a equipa quer estar na final do domingo. De acordo com o atleta, a equipa tem noção de que “a Oliveirense está preparada para criar dificuldades e legitimamente estar final”. Avisa, porém, que também o Benfica se está a “preparar” para o jogo de sábado.

Da parte do Barcelos, Eduardo Coelho partilhou o orgulho sentido pela equipa por marcar presença nos pontos altos de decisão da temporada. Em Oliveira do Hospital, o atleta assegurou que a equipa se está a preparara para “tentar ultrapassar o Guimarães, estar na final e conseguir concretizar o primeiro objetivo da temporada”.

Foto:Nuno Ribeiro

Carros vandalizados no interior de garagens em Tábua

Vários carros foram vandalizados, na última madrugada, em garagens de quatro prédios da vila de Tábua.


De acordo com a edição online do jornal A Comarca de Arganil, foram partidos os vidros de viaturas e vandalizado o seu interior, de onde foram furtados componentes e outros bens.

A GNR de Tábua tomou conta das ocorrências que surgem na sequência do que aconteceu na passada terça-feira em Miranda do Corvo onde cerca de 30 carros estacionados, na sua maioria, em garagens também foram assaltados e vandalizados. O móbil do crime parece ser o furto de artigos de valor e dinehiros. Os prejuízos são avultados. 

Atropelamento fatal para idosa de Aldeia de Nogueira

Uma mulher de 83 anos, residente em Aldeia de Nogueira, no concelho de Oliveira do Hospital, morreu na madrugada de ontem nos Hospitais da Universidade de Coimbra na sequência de um atropelamento.

Maria Emília Ribeiro foi atingida por uma viatura na estrada principal que atravessa a localidade de Aldeia de Nogueira, na freguesia de Nogueira do Cravo, e não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Fonte dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital referiu à Rádio Boa Nova que o alerta para o sucedido foi dado às 18h08 de terça-feira com indicação de atropelamento, tendo sido seguido o protocolo de vítima de trauma. De acordo com a mesma fonte, a vítima encontrava-se caída na via pública, consciente e com sinais de fratura do membro superior esquerdo, referindo mais tarde dor abdominal. 

A vítima seguiu para os HUC, tendo recebido apoio SIV no IC6. Maria Emília Ribeiro acabou por não resistir à gravidade dos ferimentos, tendo sido declarado o óbito na madrugada de quarta-feira. O funeral da octogenária que residia sozinha realizou-se na manhã de hoje. O caso está sob a alçada da GNR.

Detido suspeito de abusar de vizinho incapaz de resistência 

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, deteve um homem fortemente indiciado da autoria de um crime de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, perpetrado repetidas vezes ao longo dos últimos cinco meses, no concelho de Belmonte.

 

“A vítima, com 19 anos de idade, é um vizinho do detido e que consigo convivia diariamente. Os abusos tiveram lugar no interior de veículo automóvel pertencente ao suposto abusador”, informa PJ em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

 

O detido, de 47 anos de idade, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, tendo em vista a eventual submissão a adequadas medidas de coação.

Agente de execução com escritórios em Tondela e Lisboa suspeito de desviar 500 mil euros

Apropriação de verbas, criação de processos de penhoras virtuais, compra de imóveis e carros de luxo. São estas, em síntese, as suspeitas que recaem sobre o presidente da Associação de Agentes de Execução (AGE), Francisco Duarte, detido, ontem, pela Polícia Judiciária por crimes de peculato e falsificação de documentos.


Segundo informações recolhidas pelo DN, numa pequena parte de processos já analisados pelos inspetores da Unidade Nacional contra a Corrupção (UNCC), há suspeitas de um desvio de 500 mil euros.

De acordo com uma fonte ligada ao sistema de cobrança de dívidas, o esquema montado por Francisco Duarte, através do seu escritório F. Duarte & Associados Sociedade de Agentes de Execução, R.L., passava por levantamentos bancários por parte do presidente da AGE em contas relativas a processos de execução (cobrança de dívidas) que detinha. Alguns desses montantes eram originários das penhoras feitas e que deveriam ser entregues aos credores, seus clientes. Esses valores eram depois alegadamente usados para gastos pessoais. Os factos relacionados com o alegado desvio de dinheiro poderão ser anteriores a 2009, altura em que Francisco Duarte adquiriu três imóveis em Cascais, para a ex-mulher, a filha e a filho, além da casa de Lisboa que já detém há anos.

Ontem, além da casa de Francisco Duarte, a PJ também efetuou buscas nos seus escritórios de Lisboa e Tondela. O presidente da Câmara dos Solicitadores, José Carlos Resende, mostrou-se satisfeito com a atuação policial porque, disse, tem um efeito "profilático" e preventivo.

fonte:dn.pt

Quatro melhores equipas prometem trazer “muito bom basquetebol” a Oliveira do Hospital

As quatro melhores equipas do basquetebol nacional têm encontro marcado já no próximo fim de semana em Oliveira do Hospital, onde se joga mais uma Taça Hugo dos Santos.


A acontecer no concelho de onde é natural o antigo presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol e que dá nome à prova, a Taça Hugo dos Santos - vai ser disputada pelo Benfica, Oliveirense, Vitória de Guimarães e o Barcelos - promete proporcionar “muito bom, basquetebol” a todos os se desloquem ao Pavilhão Municipal de Oliveira do Hospital no sábado e domingo, bem como aos que assistam às partidas através da Sport TV. O jogo inaugural acontece às 15h00 de sábado entre o Benfica e Oliveirense, seguindo-se à 17h00 o jogo entre o Vitória de Guimarães e o Barcelos. As equipas apuradas encontram-se na final marcada para domingo, às 15h00.

Em Oliveira do Hospital para apresentação desta prova, o presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol valorizou o contributo que o concelho tem dado à prática do basquetebol, nomeadamente através do Sampaense Basket, equipa que também milita na Liga Portuguesa de Basquetebol. Pinto Alberto apelou por isso à presença do público nos jogos marcados para sábado e domingo, onde haverá oportunidade de “ver muito bom basquetebol”, atendendo a que a Liga “está muito competitiva” e “não há vencedores declarados à partida”.

A manifestar orgulho por voltar a acolher esta prova em Oliveira do Hospital, o presidente da Câmara elogiou o homem que dá o nome à prova e centrou elevadas expectativas na prova que, pese embora o favoritismo em trono do Benfica, “não tem vencedores antecipados”. Anfitrião da prova, José Carlos Alexandrino disse estar à espera de “jogos de qualidade e capazes de atrair público”.

O autarca não deixou, contudo, de lamentar a ausência do Sampaense na prova. “Esta taça nunca será muito bem disputada sem o Sampaense. A época não tem corrido tão bem”, registou, certo porém da recuperação da equipa na segunda volta do campeonato.

Luís Santarino, presidente da Associação de Basquetebol de Coimbra valorizou o facto de Oliveira do Hospital “ter nesta altura o clube e equipa mais representativa do basquetebol no distrito de Coimbra”, porém o responsável regozija-se, em particular, pelo desenvolvimento que se tem verificado ao nível da formação.

Na expectativa de que em edições futuras, o Sampaense marque presença na Taça Hugo dos Santos, o vereador do desporto na Câmara Municipal, Nuno Ribeiro, deixou certo que do mesmo modo que o município “tem interesse em apoiar os seus clubes, também se esforça em receber grandes eventos como é o caso da final four da Taça Hugo dos Santos”

Apresentação oficial da Taça Hugo dos santos

Decorreu esta tarde no auditório da Biblioteca Municipal, a apresentação da Taça Hugo dos Santos em Basquetebol.

Com a presença de diversas entidades e quatro atletas de cada clube finalista, onde todos esperam que, a exemplo do ano passado, seja mais um sucesso desportivo. O presidente do município José Carlos Alexandrino congratulou-se por mais uma vez, Oliveira do Hospital receber este grande evento e pediu que o pavilhão estivesse cheio nas partidas de fim de semana.

Quanto aos atletas, todos os seus clubes querem fazer o melhor, sabendo que o Benfica é o principal favorito e defende o titulo em posse.

Acidente leva nove crianças de Celorico da Beira ao hospital

Nove crianças e a condutora de uma viatura de uma instituição social de Celorico da Beira que transportava crianças de uma escola foram hoje assistidas no hospital, após o veículo ter colidido com um muro.


Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que embora as crianças, com idades entre os 06 e os 09 anos, e a condutora, de 64 anos, não apresentassem sinais visíveis de ferimentos, mas apenas "ansiedade e nervosismo", como medida de "precaução" foram transportadas para o serviço de urgências do Hospital Sousa Martins, na Guarda.

O episódio ocorreu pelas 12:33, na rua Barroco D'el Rei, na vila de Celorico da Beira, quando a viatura que recolhia as crianças da escola básica de São Pedro embateu num muro existente nas proximidades.

As causas do acidente estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito da GNR da Guarda.

No local também estiveram os bombeiros voluntários de Celorico da Beira com quatro viaturas e oito homens, indicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

com:noticiasaominuto.com

Caminhada de Inverno com boa adesão em Tábua

A primeira Caminhada de Inverno de 2015, que decorreu no passado domingo de manhã, teve a participação de mais de duas dezenas de “desportistas”, que não se deixaram intimidar pelo frio, e puderam, ao longo do percurso de 12 km, aliar a prática saudável do exercício físico, à contemplação dos encantadores recantos, sítios e paisagens naturais existentes na freguesia de Tábua.

Esta foi a primeira iniciativa, inserida num conjunto de caminhadas que a autarquia de Tábua, através do Centro de Marcha e Corrida, pretende levar a efeito, numa continuada estratégia de combate ao sedentarismo e promoção de estilos de vida saudável.

A próxima caminhada já está agendada para o próximo dia 22 de fevereiro de 2015.

Turismo Centro de Portugal presente na Feira Internacional de Turismo de Madrid

A Turismo Centro de Portugal marca presença na 35ª edição da Feira Internacional de Turismo de Madrid – FITUR, que iniciou hoje, dia 28 de Janeiro, na capital espanhola, e decorre até próximo domingo, 1 de fevereiro.

 

Durante o certame, a Turismo Centro de Portugal apresenta dois novos suportes comunicacionais – a brochura “Centro de Portugal” assente na promoção de experiências e produtos, e o guia “Best Of 2015” – agregador da oferta turística regional nos diferentes sub-sectores de actividade (alojamento, animação, restauração, entre outros).

 

A participação na FITUR 2015 é “uma oportunidade para reforçar o posicionamento da região Centro junto do principal mercado externo emissor, o mercado espanhol”. Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, reitera a importância de agir no mercado, principalmente após o Instituto Nacional de Estatística ter divulgado o decréscimo de turistas espanhóis em Portugal no ano 2014 (cerca de 9%). 

PJ deteve suspeito de abuso sexual de criança de 13 anos

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, na Guarda, de um homem de 31 anos, "fortemente indiciado" da autoria de um crime de abuso sexual de uma criança de 13 anos.


O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda adianta em comunicado enviado à Rádio Boa Nova que o homem é suspeito da prática de um crime de abuso sexual de crianças, "praticado de forma reiterada, sobre uma menor, de apenas 13 anos de idade, sua familiar".

Segundo a PJ, "os abusos tiveram lugar em meio sociofamiliar, no concelho da Guarda, onde ambos habitualmente residem".

O suspeito, sem profissão definida, possui antecedentes criminais por crimes contra o património.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

Governo ajuda arquiteta de Coimbra presa em Goa por posse de droga

O cônsul-geral de Portugal em Goa, na Índia, está a acompanhar de perto a situação da arquiteta Filipa Santos Costa (27 anos), de Coimbra, que está detida na cadeia da cidade Vasco da Gama, desde finais de

novembro,acusada de posse de droga (1,48 kg de haxixe).


De acordo com a edição online do Correio da Manhã, José Cesário, secretário de Estado das Comunidades, disse que o cônsul António Sabido Costa está em contacto com as autoridades indianas e tem "ajudado" Filipa com "dinheiro, alimentos e produtos de higiene pessoal". Filipa foi detida na companhia do israelita Eden Amzaleg (26 anos) numa paragem de autocarros. A droga foi encontrada na bagagem do namorado de Filipa Santos Costa, que arrisca 20 anos de prisão. A arquiteta garantiu às autoridades que o haxixe não lhe pertencia e que não sabia que estava na bagagem do companheiro. Mas acabou detida e, de acordo com José Cesário, já viu ser-lhe negada a possibilidade de aguardar julgamento em liberdade. 

Com: cmjornal.pt

Três dezenas de carros assaltados e vandalizados em Miranda do Corvo

Cerca de 30 automóveis, quase todos estacionados em garagens de prédios do centro da vila de Miranda do Corvo, foram vandalizados e assaltados na madrugada de ontem, informa hoje o diário As Beiras.


Onze das viaturas alvo de furto encontravam-se estacionadas nas garagens dos lotes 10 e 11 da rua Dr. Carlos da Mota Pinto, onde os larápios se terão introduzido, aproveitando a entrada do veículo de um dos residentes, entre a 01H00 e 02H00. Nem a proximidade do posto da GNR dissuadiu os autores dos crimes.

Também automóveis estacionados em outros dois prédios das ruas de Santa Catarina e D. Afonso Henriques (onde se localiza o balcão da Caixa Geral de Depósitos) foram vandalizados, nomeadamente através da quebra de vidros do para-brisas e janelas. O principal móbil do crime parece ser o furto de artigos de valor e dinheiro. Os prejuízos serão elevados, aliás, superiores aos valores subtraídos do interior dos carros.

Partido “Os Verdes” assinalou problemas ambientais com girassóis tristes em Oliveira do Hospital

Sonae Indústria, Ribeira de Cavalos, ETAR de Oliveira do Hospital e de Meruge foram alguns dos locais que, no arranque das jornadas ecologistas do partido “Os Verdes”, ficaram sinalizados com um girassol laranja e triste. Desta forma o partido alerta para os aspetos negativos do concelho com o objetivo de fazer chegar estas preocupações à Assembleia da República.

 

A Sonae Indústria em Oliveira do Hospital serviu de ponto de partida aos “Verdes” que, atendendo às queixas de populares de S. Paio de Gramaços, não hesitaram em atribuir um girassol laranja e triste àquela unidade devido “ao ruído e ao pó” libertado pela empresa. “Também não sabemos para onde vão as águas da Sonae. Sabemos é que tiveram que fechar a fonte do Sr. dos Milagres porque a água estava muito leitosa e muito branca”, afirmou o deputado José Luís Ferreira que quer saber se o Ministério do Ambiente faz análises ao que é libertado pelas chaminés da Sonae, pode ser só vapor de água, mas queremos saber”.

Entre as preocupações dos “Verdes” e a merecer, por isso, um girassol laranja e triste está também a ETAR de Oliveira do Hospital. “Aquela água não está em condições de ser misturada com água da Ribeira. É água que não está convenientemente tratada e o caudal da ribeira é inferior ao caudal saído da ETAR”, explicou o deputado, que quer saber se o Ministério do Ambiente faz ou não análises à água que sai da ETAR.      

A assinalar a ETAR de Meruge com um girassol verde e alegre, o partido “Os Verdes” viu-se igualmente forçado a marcar o espaço com um girassol laranja e triste pelo facto de a estrutura apenas cobrir “um terço da população “Porque é que dois terços das águas não estão ligados à ETAR?” questiona o deputado que, informado pela Junta de Freguesia de que a restante ligação terá um custo associado de 150 mil Euros, não aceita que por 150 mil euros se esteja a “comprometer a capacidade da ETAR que foi projetada para a freguesia toda”. Em Meruge, ao “verdes” também deixaram um girassol triste no pinhal afetado pelo nemátodo.

 “Há assuntos que queremos ver resolvidos e saber se as populações podem estar seguras do ponto de vista da sua saúde”, reforçou José Luís Ferreira que, após esta visita ao concelho, garante ter “um conjunto de perguntas a fazer ao Ministério do Ambiente”. Sem certezas quanto à resolução dos problemas identificados, o deputado espera pelo menos ser informado do “ponto da situação”, porque “há muitos aspetos que ignoramos e não temos informações”. “Vamos esperar que os problemas sejam resolvidos a bem das populações”, frisou.

 

As jornadas ecologistas prosseguem até quinta-feira no distrito de Coimbra. Esta quarta-feira, o grupo de trabalho visita o canil e gatil municipal de Coimbra com atribuição de um girassol alegre. Amanhã, os “Verdes” vão visitar o Paúl da Arzila. Em fevereiro, vão decorrer iniciativas relacionadas com a orla costeira e com o ramal da linha da lousã com atribuição de um girassol triste “por ter sido roubado o comboio às populações”. Também será atribuído um girassol negativo em Soure relativamente a uma exploração de caulinos “que não traz benefícios para a população”. 

Biblioteca do Centro Escolar de Tábua promove Campanha de Solidariedade “Troca um alimento por um mimo”

 Com o objetivo de fomentar a solidariedade no seio da comunidade escolar, a Biblioteca do Centro Escolar de Tábua promoveu, pelo terceiro ano consecutivo, mais uma campanha de solidariedade “Troca um alimento por um mimo”, em prol da Loja Social de Tábua, incentivando a partilha e a troca de “mimos” entre as crianças, que dão um alimento, mas recebem um miminho em troca, não ficando ninguém de fora.

 

Os alunos do Centro Escolar aderiram mais uma vez em massa a esta iniciativa, conseguindo mais de 200 bens alimentares, que entregaram na Loja Social – Espaço Casa e Família, no passado dia 20 de janeiro. O Município de Tábua agradece ao Agrupamento de Escolas e à Biblioteca Escolar por esta iniciativa, que é mais um contributo para a Loja Social e para as famílias carenciadas do concelho.

Tempo de espera por uma consulta no SAP de Oliveira do Hospital continua a desesperar

O tempo de espera por uma consulta no Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital chegou ontem a ser de mais de nove horas. Às 20h00, o clínico que iniciava o turno noturno consultava utentes inscritos às 11h00. Durante a tarde, o caos estava instalado no serviço de urgência.


Ainda que se trate de uma situação recorrente no SAP de Oliveira do Hospital, o tempo de espera por uma consulta teima em atingir novos picos. Depois de em meados de janeiro, se verificarem sete horas de espera por uma consulta, ontem os utentes voltaram a desesperar. Utentes inscritos a meio da manhã, só foram consultados ao início do turno da noite. Pelo meio estavam pelo menos nove horas de espera por uma consulta.

A meio da tarde, como testemunhou a Rádio Boa Nova, a sala de espera do SAP estava repleta de doentes. No exterior era evidente o desânimo de vários utentes que se mostravam desesperados pelo excessivo tempo de espera. Único serviço de urgência num concelho onde escasseiam os médicos de família e onde perto de metade da população não tem outro remédio que não o de acorrer ao SAP eram também várias as crianças que aguardavam por consulta, incluindo bebés com poucos meses de vida.

Para muitos utentes, a solução continua a ser a de acorrerem a serviços de urgência de outros concelhos, como Arganil ou Seia.

Refira-se que a ARS do Centro e Câmara Municipal de Oliveira do Hospital envidam esforços no sentido de que quatro novos clínicos exerçam funções no Centro de Saúde e SAP de Oliveira do Hospital. Desconhece-se, contudo, quando é que a medida terá efeito prático no concelho. 

Workshop sobre medronheiro juntou mais de uma centena de participantes

O  Workshop sobre o Medronheiro, organizado pela Cooperativa Agro-Pecuária da Beira Central, no Auditório da Caixa Agrícola de Oliveira do Hospital, no passado dia 23 de janeiro, contou com a presença de mais de uma centena de participantes, vindos de várias regiões do país.

Em destaque esteve a importância da seleção das plantas de medronheiro, a instalação do medronheiro, práticas culturais, contributo desta cultura para uma boa gestão da floresta, técnicas de produção de aguardente, descrição do processo produtivo desde a colheita até ao alambique, organização e valorização da produção de medronho. Entre os oradores destacaram-se as Prof.ªs Filomena Gomes, Justina Franco e Goreti Botelho, da Escola Superior Agrária de Coimbra, os Eng.ºs João Gama e Fátima Curado, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro, e ainda os Drs. José Martins (Empresa Lenda da Beira) e Carlos Teixeira (Cooperativa Portuguesa do Medronho). Os participantes tiveram oportunidade de assistir a demonstrações práticas da produção de aguardente de medronho e puderam degustar doce, geleia e aguardente produzidos a partir de medronho. Esta iniciativa inseriu-se nas comemorações dos 50 anos da Cooperativa Agro-Pecuária da Beira Central e nos seus objetivos de passar a incentivar e apoiar os produtores locais de medronho.

"Os Verdes” iniciam jornadas ecologistas em Oliveira do Hospital  

Arrancaram hoje, em Oliveira do Hospital, as Jornadas Ecologistas do Distrito de Coimbra, promovidas pelo Coletivo Regional do Partido Ecologista “Os Verdes”, abordando áreas como a mobilidade e os transportes, os recursos hídricos, recursos geológicos, o património natural, a orla costeira e a floresta.

 

Estas jornadas visam assinalar alguns exemplos de problemas económicos, sociais, ambientais e culturais do Distrito de Coimbra, que têm impedido o seu desenvolvimento e hipotecado a qualidade de vida das suas populações.

 Mas nestas jornadas serão também assinaladas opções, intervenções ou potencialidades da região que merecem ser valorizadas, pelo bem-estar que geram às populações, e desenvolvidas como forma de promover o desenvolvimento e romper com a crise o país atravessa.

Para assinalar as questões negativas, “Os Verdes” colocarão junto dos respetivos locais um girassol laranja e triste. Acontece assim junto à Ribeira de Cavalos, em frente à SONAE, pinhal e fossas sépticas de Meruge

Para assinalar as questões positivas, “Os Verdes” colocarão, junto aos respetivos locais, um girassol verde e alegre, como é o caso da ETAR de Meruge.

 

Seis empresas do concelho de Oliveira do Hospital são PME Excelência

Seis empresas do concelho de Oliveira do Hospital integram o conjunto das 1845 pequenas e médias empresas que, no país, são consideradas “as melhores das melhores” e que ontem foram brindadas com o estatuto PME Excelência atribuído pelo IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação.


Amol – Armazéns de Mercearia Oliveirense, Lda (proprietária dos IG Supermercados), Marserra Alimentar Lda, Salsicharia Beira Serra Lda, Queijos Lagos – Derivados Lda, CIP – Construção SA e Serração Paletes de Madeira Henriques Lda, são as seis empresas concelhias que se destacam nas áreas do comércio, construção e indústria e que se revelaram como as melhores empresas do país.

 Na cerimónia de atribuição do estatuto que decorreu em Santa Maria da Feira, em que estiveram presentes cerca de dois mil representantes das empresas, o vice-primeiro ministro, Paulo Portas, revelou-se satisfeito por o país contar com um número cada vez maior de PME Líder e Excelência, assistindo-se no último caso a um aumento de 67 % num só ano. Na mesma cerimónia, o ministro da Economia, Pires de Lima, também elogiou o trabalho desenvolvido pelas PME Excelência, apontando-o como um contributo para a "verdadeira diferença".

Para Miguel Cruz, presidente do IAPMEI, esse aumento é um "sinal claro de mérito e resiliência das empresas, dado que os critérios exigentes do ano anterior foram todos eles mantidos". 

O PME Excelência é um estatuto de qualificação empresarial criado pelo IAPMEI, numa parceria com o Turismo de Portugal e nove bancos. As candidaturas foram efetuadas em 2014, pelo que os dados apresentados se referem a 2013.

 

António Costa aposta no desenvolvimento do interior para fixar jovens

O líder do PS visitou hoje a BLC3 localizada em Oliveira do Hospital. A tomar conhecimento do trabalho desenvolvido naquela plataforma, António Costa disse que “há condições em Portugal" para que os municípios do interior participem no crescimento económico do país e contribuam para fixar os jovens.


Na visita à sede da Associação BLC3 -Plataforma para o Desenvolvimento da Região Interior Cento, o secretário-geral socialista foi acompanhado pelo presidente da instituição, o investigador João Nunes, por um dos fundadores do PS, António Campos, e pelo seu filho e deputado Paulo Campos, dois impulsionadores do projeto. "Este é mais um exemplo de como há condições em Portugal para, com políticas corretas, apostar na valorização do nosso território", declarou.

Para António Costa, a BLC3 demonstra que é possível "transformar toda esta zona do interior como um contributo positivo para o crescimento económico" do país, com vantagens ainda "para a fixação dos quadros".

Na sua opinião, o desenvolvimento de Portugal passa por "não desperdiçar essa enorme riqueza que são os jovens", os quais importa "mobilizar para a valorização do território" e dos produtos locais.

"Uma das prioridades para o crescimento do país é a valorização do território", o que, na sua opinião, permitirá "transformar um problema numa enorme oportunidade".

Na visita a Oliveira do Hospital, António Costa foi acompanhado pelo presidente e o vice-presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino e José Francisco Rolo, e pelo dirigente local do PS, Carlos Maia.

Com: noticiasaominuto.com

Foto: cm.pt

Morreu o cantor Demis Roussos  

A Grécia é também notícia esta segunda-feira pela morte do mediático cantor Demis Roussos, que faleceu aos 68 anos, num hospital em Atenas. De acordo com fonte hospitalar, citada pela France Press, o cantor grego faleceu durante o fim de semana.


No rescaldo das eleições gregas, que estão e tem estado na ordem do dia, chega também de lá a notícia da morte de Demis Roussos.

De acordo com fonte hospitalar, citada pela France Press, o mediático cantor grego estava internado num hospital de Atenas, onde faleceu durante este fim de semana, aos 68 anos.

A filha do músico, Emily, confirmou a notícia ao jornal francês Le Figaro.

Demis Roussos tornou-se popular nos anos 1970 como membro do grupo Aphrodite's Child, tendo depois iniciado uma carreira a solo, a partir da década de oitenta.

noticiasaominuto.com

País: GNR deteve 148 pessoas em flagrante delito no fim de semana

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 148 pessoas em flagrante delito durante o fim de semana, 87 das quais por condução sob o efeito de álcool, e apreendeu 628 doses de cocaína, anunciou hoje a GNR.


Em comunicado, esta força militar refere ter apreendido ainda 1.064 doses de haxixe, 172 gramas de liamba, 12 gramas de ecstasy, quatro gramas de canabis, 20 selos de LSD, duas armas de fogo, uma arma branca, três veículos ligeiros e 2.178 euros em numerário.

Dos 148 detidos em flagrante delito, 25 deveram-se a condução sem habilitação legal, quatro a tráfico de estupefacientes, quatro a violência doméstica, uma a posse ilegal de armas, uma a posse de armas proibidas, uma a furto e 25 a outros crimes.

Foram elaborados 2.256 autos de contraordenação a legislação diversa.

No âmbito do trânsito, foram fiscalizados 6.599 condutores e detetadas 2.244 infrações, destacando-se 219 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 1.217 por excesso de velocidade (em 47.726 controlos), cinco relativas a excesso ou deficiente acondicionamento de carga e 43 relacionadas com tacógrafos.

As operações foram realizados no sábado e no domingo e visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária nos distritos/comandos territoriais de Aveiro, Açores, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Madeira, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal,Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

DECO alerta para os pacotes promocionais de contratos de luz e gás

A DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor alerta os portugueses para os pacotes promocionais propostos no ato da celebração de contratos de gás e electricidade, a maior parte delas não só pouco adequadas ao perfil do cliente, como muitas vezes obrigatórias.

De acordo com aquela associação “os consumidores estão desprotegidos” pois, em todos os contratos, foram detetadas “cláusulas abusivas que denunciam práticas comerciais desleais”. Dão o exemplo de “empresas que excluem vários eletrodomésticos a ser abrangidos pela assistência, tornando o serviço quase inútil” e que, para além disso, “excluem muitas vezes períodos de fidelização que limitam a mudança de comercializador”. Preocupada com a “proliferação destes produtos sem que exista uma adequada regulamentação ou monitorização”, a DECO entende que “é fundamental delimitar, de modo claro, o tipo e a natureza dos produtos e dos serviços associados aos contratos de energia” e que “a adesão, a informação, a faturação e o modo de pagamento dos serviços deve ser independente do fornecimento de energia”. Acrescenta que “o não pagamento daqueles serviços em nada pode prejudicar a continuidade do fornecimento de eletricidade ou de gás natural”, pelo que “é essencial uma fiscalização a fundo à publicidade a estes produtos e ao modo como a contratação é feita”, porque “o consumidor não é informado sobre a utilização dos serviços e vê-se confrontado com despesas não previstas ou preso a um contrato de fidelização que dificulta a mudança para outro fornecedor”.

A DECO analisou os contratos da Endesa, EDP, Galp e Iberdrola. O grupo adiantou ainda que os contratos propostos pelas comercializadoras de energia incluem cláusulas que podem sofrer alterações súbitas sem que o cliente seja alertado para tal.

A Associação já comunicou as conclusões do estudo e as reivindicações à Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, ao Governo, aos grupos parlamentares e à Comissão Europeia.

com: diariodigital.pt

 

Grécia: Syriza chegou a acordo com partido anti-troikaGregos Independentes

Depois do anúncio dos resultados das eleições deste domingo que deram ao Syriza uma maioria quase absoluta de 149 deputados num total de 300, o líder do partido vencedor Alexis Tsipras começou logo pela manhã a primeira reunião para tentar formar uma coligação ou uma maioria parlamentar.

E, segundo o jornal britânico The Guardian, já alcançou um acordo com o Gregos Independentes (ANEL), partido populista e anti-troika, que alguns não hesitam em catalogar de nacionalista. Segundo as hipóteses avançadas ontem à noite, um acordo iria também ser tentado com o centrista O Rio (To Potami).

 “Quero apenas dizer que a partir deste momento há Governo”, disse o líder Gregos Independentes, Panos Kommenos, à saída da sede do Syriza, menos de uma hora depois de ter entrado. “[O partido] Gregos Independentes dará um voto de confiança ao primeiro-ministro Alexis Tsipras”, afirmou, acrescentando, segundo a Reuters, que havia "um acordo de princípio". Um acordo, segundo esta agência, que proporciona uma aliança fora do comum ao juntar dois partidos de campos opostos do espectro político unidos por uma mesma rejeição ao programa de resgate da União Europeia e FMI.

com:publico.pt

 

Lousã: Incêndio em forno de aquecimento provoca cinco feridos

Cinco funcionários da Associação de Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL) sofreram hoje de manhã intoxicações na sequência de um incêndio, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.


A mesma fonte explicou que se tratou de um incêndio num forno de aquecimento de cera, na secção de fisioterapia da instituição, registado às 07:37.

Segundo o CDOS de Coimbra, o fogo foi rapidamente dominado, apesar de cinco funcionários terem sofrido intoxicações e sido transportados ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

No local estiveram os Bombeiros Municipais da Lousã, Voluntários de Serpins e Penela, com 14 elementos e sete viaturas.

com:noticiasaominuto.com

Sampaense ganhou e já não é último

O Sampaense foi hoje à Maia interromper um ciclo negativo de resultados e ganhou à equipa local, 82-84. O Maia Basket é agora o último classificado da LPB, com menos um ponto que o Sampaense, que é 11º classificado a 2 pontos do 5º.

O Benfica venceu em Algés, 64-70, e mantém o 1º lugar, com mais dois pontos que o V. Guimarães, que hoje também ganhou no reduto da Ovarense, 70-72.

Associação considera atentado ambiental a estrada da Torre na Serra da Estrela

O presidente da Associação Cultural Amigos da Serra da Estrela (ASE) considerou hoje que a estrada de acesso à Torre, na Serra da Estrela, é um "atentado" ambiental e propõe o seu encerramento.

 

Durante uma sessão sobre “Turismo de Montanha”, realizada no Auditório do Centro Cívico, em Manteigas, José Maria Saraiva falou de alternativas para o atual sistema de ligações viárias da região da Serra da Estrela e lançou o desafio à comunidade académica para que estude o assunto e proponha alternativas à atual estrada de acesso à Torre.

Referiu que a construção da estrada que faz a ligação com o ponto mais alto da serra, a Torre, com uma extensão de 15 quilómetros, que encerra quando neva em grandes quantidades, originou "custos brutais com os consumos de combustíveis e questões de segurança".

Alertou que no estrangeiro não existem "estradas a passar na ‘careca' dos montes", como em Portugal, daí a razão para o fecho das vias quando neva em abundância.

José Maria Saraiva sugere o fecho da estrada "durante todo o ano", mas antes de tal acontecer propõe alternativas, nomeadamente que a ligação rodoviária entre Covilhã e Seia seja feita a partir da estrada do Tortosendo (Covilhã) e que seja equacionada a construção de dois túneis entre Unhais da Serra (Covilhã), Alvoco da Serra e Loriga (em Seia). Defende também a construção de um teleférico para colocar pessoas na Torre, a partir do local conhecido por Covão da Mulher.

Arménio Matias, professor de esqui e ex-autarca de Vale Formoso (Covilhã), sugeriu a construção de um funicular para transporte dos visitantes para o ponto mais alto da Serra da Estrela.

Com: diariodigital.pt

 

Detido casal por sequestro, escravidão e tráfico de pessoas

A Polícia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, a detenção, no concelho da Guarda, de um casal, com 31 e 34 anos, pela alegada prática dos crimes de sequestro, escravidão, tráfico de pessoas e utilização de menor na mendicidade.


O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere, em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, que os detidos estão "fortemente indiciados pela autoria dos crimes de sequestro, escravidão e tráfico de pessoas, de forma continuada, durante aproximadamente dois anos, tendo como vítima, pelo menos, um homem de 33 anos".

Segundo a fonte, "para além da exploração reiterada da vítima, nomeadamente em tarefas de natureza agrícola, a mesma era também forçada pelos suspeitos à prática de mendicidade de rua, acompanhada, para o efeito, por um filho menor dos mesmos, de apenas três anos".

A PJ explica na nota que "ao fim de várias tentativas frustradas de fuga", a vítima conseguiu contactar a polícia "que desenvolveu de imediato todas as diligências necessárias à sua libertação e à localização e detenção dos suspeitos".

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Município desmente Nuno Pereira no caso do Café Central

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital retoma o caso do Café Central para desmentir o ex concessionário do espaço em “algumas inverdades” e “factos deturpados”.


Depois de Nuno Pereira, gerente da empresa Fertavending, ter – em comunicado - responsabilizado o executivo oliveirense pela demora na conclusão do caso e, por lesar o município ao não ativar a “garantia de construção” do espaço, o município esclarece que “sempre manifestou total abertura para dialogar com o empresário a quem foi atribuída a concessão daquele espaço comercial, concedendo-lhe sucessivas oportunidades para pagamento das rendas em atraso”.

“Contrariamente ao que foi noticiado com base em declarações daquele empresário, o município defendeu sempre o interesse público e não abdicou, em momento algum, do pedido inicial de pagamento do valor das rendas em atraso, conforme facilmente se constatará na “Acta da Audiência do Julgamento”, que se junta”, lê-se no comunicado.

Do mesmo modo, o município liderado por José Carlos Alexandrino lembra que “a ação judicial deu entrada no Tribunal Judicial de Oliveira do Hospital e, em consequência da reorganização do mapa judiciário, o processo transitou para a Comarca de Coimbra”. Por isso, esclarece que, “nunca nenhuma testemunha foi convocada pelo Tribunal para prestar o depoimento através do sistema de videoconferência”. “Foi o município que assegurou o transporte das testemunhas ao Tribunal de Coimbra”, adianta.

No mesmo comunicado, o município clarifica de igual modo que, em matéria de acordo, a empresa Fertavending “aceitou reduzir o montante do pedido de indemnização de 28.651,14 € para o valor de 11.129,04 €, obrigando-se ainda a pagar ao município o diferencial entre o valor das rendas em falta e o valor acordado para o reformulado pedido de indemnização, num montante de 16.655,17 €”.

“De boa fé” na condução do processo, o executivo possibilitou, por isso, o pagamento faseado, encontrando-se a primeira tranche, no valor de 3.619,20 Euros, já liquidada.

O caso do Café Central remonta ao ano de 2009, sendo que o município descarta responsabilidades no arrastar do processo já que “procurou sempre encontrar soluções para chegar a um entendimento relativo ao incumprimento reiterado no pagamento das rendas pelo ex-concessionário do espaço”, situação que – como adianta – “nunca foi manifestada pelo antigo concessionário do espaço”.

 

Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital apresenta Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital apresenta esta sexta-feira, pelas 18h30, o Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional.


O novo espaço destina-se a todos aqueles que procuram aumentar as suas qualificações, ou verem certificadas as suas competências, com vista a facilitar a empregabilidade ou a progressão na respetiva carteira profissional. O Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional pode ser frequentado por jovens com idade igual ou superior a 15 anos ou, independentemente da idade, a frequentar o último ano de escolaridade do ensino básico, bem como adultos com idade igual ou superior a 18 anos, com necessidades de aquisição e reforço de conhecimentos e competências ou com necessidades de verem reconhecidas competências ao longo da vida.

Os Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional são estruturas do Sistema Nacional de Qualificações e assumem um papel determinante na ligação entre os mundos da educação, da formação e do emprego, numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida. 

Projeto de construção do Continente já entrou na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

A instalação de um espaço Continente está praticamente confirmada em Oliveira do Hospital. O projeto de construção do espaço já deu entrada na Câmara Municipal que, após período de análise, deverá dar aval favorável.


A prever a criação de cerca de 70 postos de trabalho em Oliveira do Hospital, a instalação de um espaço Continente é bem vista pelo presidente da Câmara Municipal, que pese embora as críticas levantadas pelo comércio local pela ameaça que aquele espaço do grupo Sonae pode fazer aos negócios locais, entende que tais receios são infundados. José Carlos Alexandrino está certo de que “o nosso comércio não se ressentirá”, até porque –lembra - também se temeu quando os IG criaram o novo espaço, acabando aquela unidade comercial por ajudar a “alavancar o concelho” ao atrair gente de todo o concelho e da região.

Favorável à instalação do espaço Continente, especialmente, pelo número de postos de trabalho que vai criar, o autarca também esclarece que “não há nenhuma lei que impeça” a vinda daquela marca do grupo Sonae para Oliveira do Hospital.

Programação: Espalha-Factos cresce… e aparece!

O Espalha-Factos cresceu e voltou a aparecer na Rádio Boa Nova. Começámos aqui, em setembro de 2005, como um magazine de 30 minutos aos sábados à tarde. De uns rabiscos na folha de papel de um miúdo em idade escolar, rapidamente passámos a ser a companhia de fim de semana que faltava.


Não nos contentámos com os fins-de-semana e quisemos ir mais longe. Em 2009 lançámo-nos na internet, em www.espalhafactos.com, para dar notícias todos os dias e ter a companhia de muito mais gente. Gente do país e do mundo, pessoas que falam português e ambicionavam um espírito mais jovem na informação.

Em 2015, depois de um ano em que nos afirmámos – com mais visitantes, com prémios da crítica e com mais conteúdo próprio produzido – decidimos voltar às origens. Porque, se no início a Rádio Boa Nova nos deu espaço para crescer, nós devemos colaborar agora para que a rádio seja maior. Porque é unindo esforços que se vence, porque mais importante do que os sítios a que queremos chegar, são aqueles que percorremos no caminho até lá.

Estamos de regresso ao sítio de onde nunca quisemos sair. Às quartas às 21h00 e todos os dias, num clique ou deslizar de dedos. 

Pedro Coelho

Homem detido em Tondela por suspeita de abusar de criança que seduziu através do Facebook

Um jovem de 24 anos residente na zona de Tondela foi detido por presumível abuso sexual de uma criança, sendo suspeito de mais crimes desta natureza com outros menores, informou hoje a Polícia Judiciária.


“Há uma forte possibilidade de haver mais vítimas”, adiantou uma fonte da PJ, ao indicar que o detido revela “interesse direto por crianças”, as quais tenta seduzir através de uma rede social.

As investigações decorriam desde outubro passado, na sequência de uma denúncia dos pais da vítima, um rapaz que tem atualmente 13 anos e que também reside na área de Tondela.

O arguido, solteiro, é suspeito da “prática reiterada” de vários crimes de abuso sexual contra aquele menor, que conheceu por intermédio do Facebook, trocando mensagens diversas com a criança, que tinha 12 anos quando começaram o relacionamento, em setembro de 2013.

Os abusos prolongaram-se durante cerca de meio ano, com o adulto, “sem profissão definida e sem antecedentes criminais”, a seduzir a criança com a promessa de telemóveis ou ‘tablets’.

“Ia-lhe alimentando essa expectativa”, mas nunca chegou a concretizar as ofertas, disse a fonte policial.

A vítima era atraída para encontros em locais isolados, no carro do suspeito, ou na sua casa, onde os crimes foram consumados.

Os pais intercetaram algumas das “mensagens de teor sexual” e confrontaram o filho, que confirmou a situação.

Presente na quarta-feira a um primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

com: lusa.pt

Vila Pouca da Beira recria oferenda do Bodo

Por estes dias a localidade de Vila Pouca da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, prepara-se para acolher mais uma iniciativa em que o “bodo é rei”. A coincidir com a festa em honra do padroeiro S. Sebastião, a Festa do Bodo recria, nos dias 24 e 25 de janeiro, os tempos idos,  em que os mais ricos doavam alimentos aos mais pobres fustigados pela peste negra.


A acontecer desde 2004 a Festa do Bodo dá o pontapé de saída no calendário de eventos do concelho de Oliveira do Hospital, conquistando um lugar de destaque na programação concelhia.  Tal como no ano passado, a festa tem organização a cargo da União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira, contando com o apoio da Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital e do município oliveirense, a que este ano também se associa a Pousada do Convento do Desagravo.

Em conferência de imprensa de apresentação do evento, o presidente da União de freguesias, Lícinio Neves destacou a importância do certame na “divulgação de tudo o que de bom tem” a localidade e a região. “Venham e juntem-se a nós”, afirmou.

Ricardo Figueiredo, em representação da ADI não tem dúvidas de que a Fresta do Bodo irá atrair mais turistas a Vila Pouca da Beira e ao concelho, permitindo “alavancar a economia local”.

A convidar a uma visita à festa e à degustação de boas iguarias gastronómicas, a vereadora da Cultura da Câmara de Oliveira do Hospital registou o facto de o bodo ser “o rei da festa”. “É um bolo que está na nossa tradição”, afirmou Graça Silva.

Na edição que acontece já no próximo fim de semana, a Festa do Bodo possibilita aos visitantes uma passagem pela Pousada do Convento do Desagravo, imóvel recentemente classificado como património de interesse público, e que estará de portas abertas no domingo à tarde. Com iniciativas como esta, Maria José Garcês, diretora da Pousada pretende aproximar aquela unidade da comunidade, das entidades e dos oliveirenses.


 Workshop sobre medronheiro em Oliveira do Hospital

As práticas culturais em torno do Medronheiros vão estar amanhã, dia 23, em destaque no workshop alusivo àquele arbusto organizado pela Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central.


A seleção das melhores plantas e os melhores modelos de produção serão temas em destaque no encontro que vai juntar especialistas na área, no auditório da Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central.

 

Predominante na floresta da região e no seu estado “natural”, o medronheiro marca cada vez mais presença nos hábitos de consumo das populações, quer como fruto (medronho), quer na preparação de aguardentes, licores, compotas e outras iguarias.

Sacos de plástico passam a custar 10 cêntimos a partir de 15 de fevereiro

Não há forma de escapar. Já a partir de 15 de Fevereiro, todos os consumidores vão começar a pagar 10 cêntimos – dois cêntimos correspondem ao imposto cobrado pelo Governo – por cada saco de plástico leve que tragam do supermercado. Nessa data, garante o Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia (MAOTE), entra em vigor a Lei da Fiscalidade verde, anunciada no final do ano passado, apesar das tentativas dos comerciantes de travar a medida.

com:sol.pt

Ex concessionário do Café Central acusa executivo de lesar o município

A dar por encerrado o processo do Café Central, o ex concessionário do espaço não poupa crítica ao executivo municipal pela forma como conduziu o caso. A aceitar um acordo de pagamento da dívida de cerca de 16 mil Euros, contrariamente aos 27 mil que devia em rendas, Nuno Pereira – pedia uma indemnização correspondente ao valor em dívida - acusa o anterior e atual executivos de lesar o município ao não ativar “a garantia de construção” do espaço.

 

“A Câmara Municipal não foi lesada só na indemnização, mas também na colocação de novo piso e obras feitas após a conclusão do Largo Ribeiro do Amaral”, refere Nuno Pereira em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

A justificar a decisão de não pagamento das rendas com o facto de a Câmara, apesar de resolver alguns problemas, não ter resolvido os “de fundo”, o responsável pela Fertavending rejeita responsabilidades pela demora na resolução desde caso. “Desde o dia 18 de Agosto de 2009, que sempre tentámos através do diálogo com a Câmara, resolver questões relacionadas com os defeitos de construção do edifício”, conta o empresário, notando que “por falta de competência” dos responsáveis na resolução dos problemas “o Café Central, os proprietários, os familiares e os seus clientes, foram denegridos e prejudicados propositadamente”. Lembra que, por isso, em dezembro de 2011, a empresa entregou uma rescisão com justa causa, já que “chovia dentro das instalações, o acesso ao café esteve vedado ao público diversas vezes e os equipamentos não foram instalados desde o seu início, entre outros”.

Certo de que “em julgamento poderia ser beneficiado de um valor de indeminização maior, com tantos factos comprovados, conforme o relatório do Tribunal”, Nuno Pereira esclarece que achou “por bem avançar, para benefício da Câmara, com uma proposta minimamente aceitável para não deixar “rolar” mais o processo, tendo em conta possíveis juros que agravariam mais o valor solicitado”.

A propósito da deslocação das partes ao tribunal de Coimbra no passado dia 11 de dezembro, Nuno Pereira critica ainda a Câmara por não aceder à convocatória por vídeo-conferência no tribunal de Oliveira do Hospital, preferindo ir para Coimbra “fazer despesa”.

 

Pizzaria L’Artista comemorou 3º aniversário

A pizzaria L’Artista, localizada na Catraia de S. Paio, à beira da EN17, no concelho de Oliveira do Hospital, assinalou ontem o terceiro aniversário.

Clientes e amigos do espaço, conhecido pela diversidade de pizzas e outros pratos, entre os quais alguns de influência italiana, reuniram-se ontem para assinalar a efeméride e saborear as iguarias apresentadas pela gerência, a cargo de Casimiro Santos.

 Na comemoração do 3º aniversário que também contou com a presença de responsáveis autárquicos, renovaram-se os votos de sucesso do espaço que é uma referência no concelho e na região pelo bom sabor que disponibiliza e qualidade do serviço que presta.

publireportagem

Cadastro em Seia e Oliveira do Hospital envolve mais de 200 mil propriedades

A realização do cadastro predial em Oliveira do Hospital e Seia envolve mais de 200 mil propriedades e regista uma adesão "bastante boa" dos donos, num território montanhoso caracterizado pelo minifúndio.


Este projeto-piloto integra 85 técnicos e outros trabalhadores e movimenta 48 viaturas, distribuídos por 39 gabinetes de atendimento, dois a funcionar em cada uma das câmaras municipais e os restantes nas freguesias.

Em Oliveira do Hospital, distrito de Coimbra, é difícil identificar os donos de "muitos terrenos", disse à agência Lusa o presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino, ao admitir que este problema abrange mais de 10% dos prédios rústicos do município. Em Seia, distrito da Guarda, muitos titulares "não conhecem as estremas" dos seus prédios, revelou Alexandra Maia, coordenadora do projeto, da empresa Municípia.

O Projeto Experimental de Cadastro para Áreas com Elevado Risco de Incêndio Florestal, cuja execução a Direção-Geral do Território confiou a diferentes consórcios no âmbito do Sistema Nacional de Exploração e Gestão de Informação Cadastral (SiNErGIC), inclui mais cinco concelhos: Penafiel, Paredes, Loulé, Tavira e São Brás de Alportel.

O presidente da Câmara de Seia, Carlos Filipe Camelo, mostrou-se "muito contente" com a realização do projeto no seu concelho. "Mas o prazo é muito curto, há muitos proprietários ausentes e outros já morreram", confirmou. Tal como o homólogo de Oliveira do Hospital, Carlos Filipe Camelo é confrontado com "dúvidas e preocupações" dos munícipes. "Desconfiam sempre que as Finanças estejam por detrás", disse.

Em Oliveira do Hospital, a receção das declarações e o trabalho de campo terminarão no dia 26 de fevereiro, seguindo-se a consulta pública de 30 de março a 07 de junho. Em Seia, a recolha de dados vai decorrer até 25 de maio, enquanto a consulta se prolongará de 26 de junho a 03 de setembro.

com:lusa.pt

GNR reforça fiscalização com “operação Anjo da Guarda”

A Guarda Nacional Republicana intensifica amanhã, dia 22, a fiscalização do uso dos cintos de segurança, sistemas de retenção para crianças e o uso indevido do telemóvel, em todo o território nacional.


De acordo com aquela força de segurança “estão previstas 836 ações de fiscalização, levadas a cabo por um efetivo dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, num total de 1963 militares, que serão direcionadas para as vias situadas no interior das localidades, estradas nacionais, regionais e municipais onde as infrações relativas a estas matérias são mais frequentes”.

Em 2014, a GNR registou 22 419 infrações por utilização de telemóvel no exercício da condução, 23 205 infrações por não utilização do cinto de segurança e 1847 infrações por falta de Sistemas de Retenção para Crianças.

Em 2015, a GNR espera realizar diversas operações de cariz preventivo, com o objetivo de alertar os condutores para os riscos associados a estas infrações, em termos de acidentes e suas consequências.

Quatro novos médicos poderão estar a caminho de Oliveira do Hospital

O problema da falta de médicos no Centro de Saúde e SAP de Oliveira do Hospital deverá ser atenuado com a contratação de quatro novos clínicos. A Unidade Móvel de Saúde vai entrar em funcionamento com dois enfermeiros.



Assim espera o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, na última semana, reuniu com o presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro, para analisar o problema da falta de médicos no Centro de Saúde de Oliveira do Hospital e que pelo Natal e passagem de ano chegou a ameaçar o funcionamento do Serviço de Atendimento Permanente SAP no período noturno.

“Aquilo que foi possível acordar foi a contratação de quatro novos médicos que nos darão equilíbrio. Dois farão trabalho nas extensões e dois no SAP”, adiantou José Carlos Alexandrino à Rádio Boa Nova. De acordo com o autarca, dois dos quatro clínicos serão contratados através de procedimento concursal que já se encontra na fase final, sendo que a contratação dos outros dois será feita por indicação do município, por já ter iniciado conversações com a dupla de médicos, um dos quais residente no concelho de Oliveira do Hospital.

José Carlos Alexandrino revelou-se ainda satisfeito pela abertura manifestada pelo presidente da Administração Regional de Saúde do Centro, José Manuel Tereso. “Houve um diálogo leal e profícuo”, refere o autarca que, apesar de ter admitido a realização de “uma grande manifestação” contra o estado da Saúde no concelho, preferiu “esgotar as vias do diálogo”.


A prever que a vinda dos quatro clínicos aconteça a “curto prazo”, o autarca oliveirense sublinha de igual modo a disponibilidade da ARS Centro para a contratação de dois enfermeiros necessários à entrada em funcionamento da Unidade Móvel de Saúde- projeto conjunto do município e Fundação Aurélio Amaro Diniz – que já existe no concelho. “É um passo positivo”, regista Alexandrino, notando que a Unidade Móvel de Saúde irá percorres as “zonas do concelho mais periféricas que não têm nenhuma assistência” ao nível de cuidados de saúde.

Na defesa de “um concelho onde a saúde seja um bem essencial”, o presidente da Câmara não deixa de criticar o que se passa em Oliveira do Hospital e em todo o país. “Nunca a saúde esteve tão mal em Portugal”, comenta, responsabilizando o ministro da saúde e a sua política de cortes no setor, pelo elevado número de mortes verificado nas últimas semanas.

Detidos autores de assaltos violentos

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou hoje a detenção de dois homens, de 34 e 37 anos, suspeitos da prática de assaltos violentos no concelho de Aveiro, pelo método de carjacking.


Segundo comunicado da PJ enviado à Rádio Boa Nova, os detidos são suspeitos da prática de vários crimes de roubo e sequestro, sob ameaça de arma de fogo, que ocorreram durante o último mês na cidade de Aveiro e em freguesias limítrofes.

A atuação coordenada com a PSP e a GNR "permitiu, num primeiro momento, a interrupção da atividade criminosa e, depois, a identificação e detenção dos suspeitos", esclarece a PJ.

Desde o passado mês de dezembro foram registados, em Aveiro, vários casos de assaltos do tipo carjacking, que geraram um sentimento de insegurança na população.

Os roubos foram praticados sempre de noite e tinham como alvo pessoas que estivessem a fazer levantamentos em caixas multibanco ou que se dirigissem para os seus veículos estacionados.

A dupla de assaltantes convencia as vítimas a entrar na viatura e a seguir caminho com eles, sob ameaça de arma de fogo e usando de alguma violência, para os obrigar a levantar dinheiro em caixas ATM. Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Condutor fugiu após atropelamento mortal no IC2

Uma mulher morreu, esta quarta-feira de madrugada, após ter sido atropelada, no IC2, em Albergaria-a-Velha. O condutor fugiu.

O atropelamento registou-se às 05.00 horas, no IC2, na vila de Branca, em Albergaria-a-Velha.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Albergaria, José Valente, a mulher, de 56 anos, foi encontrada morta ao quilómetro 254. Os bombeiros suspeitam que a vítima tenha sido atropelada por algum automobilista que não a viu ou que se tenha posto em fuga do local do acidente e a GNR está a investigar o caso.

A vítima mortal foi transportada para o gabinete médico-legal de Aveiro, onde será submetida a autópsia. No local estiveram os Bombeiros de Albergaria com uma ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Com:tvi24.pt

ANCOSE exporta ovinos Serra da Estrela para Angola

Manuel Marques, presidente da Ancose

A Ancose – Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela iniciou o processo de exportação de ovinos Serra da Estrela. O primeiro transporte dirigiu-se a Angola.

 

“Indo de encontro aos objetivos primordiais que norteiam a Ancose, regozijamo-nos por anunciar a exportação de reprodutores Serra da Estrela para Angola, mais precisamente para a província do Lubango”, refere o presidente da Associação sedeada em Oliveira do Hospital em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

Para Manuel Marques este é “mais um marco histórico para esta Associação, bem como para a raça Serra da Estrela, indo de encontro a mais uma linha de trabalho que esperamos a curto prazo ser uma aposta ganha”. “Marco histórico também para a TAP que pela primeira vez assegurou o transporte de ovinos a partir de Portugal”, sublinha.

“Queremos também realçar o empenho e dedicação dos nossos criadores na preservação e melhoramento desta raça,permitindo assim dar passos firmes no sentido da sua internacionalização”, sublinha ainda.

A Ancose é uma organização de ovinicultores que tem desde 06/11/1981, representado os interesses dos seus 4000 associados em vários fóruns nacionais e internacionais. A Associação tem defendido a preservação da raça autóctone Serra da Estrela, o seu melhoramento e seleção, bem como a sua expansão ao longo dos seus 33 anos de existência.

 

Hospitais do Centro poupam 3 milhões em compra de medicamentos

A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) disse hoje que a compra conjunta de medicamentos por parte de nove hospitais da região Centro pode levar a uma poupança de três milhões de euros.


Nove hospitais da região Centro assinaram hoje à tarde protocolos para a aquisição conjunta de medicamentos para 2015, gastando cerca de 45 milhões de euros na compra de 70 referências de medicamentos oncológicos e biológicos.

Esta compra conjunta "visa a equidade para os utentes e para os hospitais", sendo que as unidades hospitalares, com esta aquisição conjunta, "compram os medicamentos ao mesmo preço", dando-se ao mesmo tempo a garantia à indústria farmacêutica de que se paga "a tempo e horas", frisou o presidente da ARSC, José Tereso.

O acordo para 2015 envolve 14 laboratórios farmacêuticos e os hospitais de Leiria, da Cova da Beira, da Figueira da Foz, o Instituto Português de Oncologia de Coimbra, as unidades locais de saúde de Castelo Branco e da Guarda e os centros hospitalares de Coimbra, Tondela-Viseu e Baixo Vouga.

Na compra conjunta para 2014, foram adquiridas 236 referências de medicamentos, num total de 65 milhões de euros, tendo-se agora reduzido "para 70 [medicamentos], para se ter um maior ganho económico" na aquisição, explicou José Tereso.

Segundo o presidente da ARSC, a administração está também a "estudar outras situações", em que possa haver compras conjuntas por parte dos hospitais da região.

De acordo com a ARSC, a aquisição conjunta tem como vantagens "a redução de custos, a simplificação de procedimentos para aquisição do medicamento e normalização dos prazos de pagamento à indústria farmacêutica".

O processo para a compra conjunta de medicamentos, promovido pela ARSC, teve início em fevereiro de 2013 e realiza-se pelo terceiro ano consecutivo.

com:noticiasaominuto.com

União de Exportadores da CPLP informou empresários de Oliveira do Hospital sobre novas oportunidades de negócio

Vários empresários do concelho de Oliveira do Hospital participaram no sábado na sessão de apresentação da União de Exportadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, numa organização da Câmara Municipal.


Na iniciativa foram dadas a conhecer novas oportunidades de negócio no "universo abrangente" da CPLP, composto por 80 países a que correspondem dois mil milhões de consumidores com “potencialidade enorme”. Em Oliveira do Hospital, Mário Costa, presidente da União de Exportadores da CPLP informou que o objetivo é dar a conhecer aos empresários locais “que tipo de consumidores existem”, nos países da CPLP e “prepará-los para o negócio e dar-lhes confiança”. “Muitos empresários têm receio de fazer negócios porque não conhecem o lado de lá”, observou o responsável, notando que a missão da União de Exportadores é de ajudar a preparar os empresários para os negócios, funcionando aquela estrutura como “ uma ferramenta que os pode ajudar a aumentar as vendas”. Mário Costa deu o exemplo do Queijo Serra da Estrela que tem um “potencial de venda” em territórios como o Brasil, África e Ásia.

Através da União de Exportadores da CPLP, o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino não tem dúvida de que “podem surgir oportunidades de negócio” capazes de proporcionar aos empresários do concelho o crescimento das suas vendas no exterior. 

Mário Costa, presidente União Exportadores da CPLP

José Carlos Alexandrino, presidente CMOH

Concurso Gastronómico "Com Queijo Serra da Estrela" em Oliveira do Hospital

No âmbito da 24ª Festa do Queijo Serra da Estrela e outros Produtos Locais de Qualidade 2015, o município de Oliveira do Hospital promove mais uma edição do Concurso Gastronómico “Com Queijo Serra da Estrela”. Este concurso surge como uma atividade promotora do queijo Serra da Estrela, nas suas categorias “doces” e “salgados”.


A iniciativa procura incentivar a inovação e o empreendedorismo para a eventual criação de um produto de referência, associado ao concelho de Oliveira do Hospital, onde será produzido e comercializado.

As inscrições estão a decorrer até 11 de fevereiro e podem ser efetuadas junto do Gabinete de Apoio à Vereação ou no site da autarquia – www.cm-oliveiradohospital.pt. O concurso é aberto a todos os residentes no concelho de Oliveira do Hospital que podem participar quer a nível individual quer coletivo e em ambas as categorias. Será admitido qualquer tipo de doce ou salgado desde que integre na sua confeção Queijo Serra da Estrela, Queijo de Ovelha e os seus derivados sendo que está vedada a participação com receitas que já fizeram parte deste concurso em anos anteriores.

Os doces e/ou salgados têm que ser entregues até às 9H00 do dia 21 de fevereiro no recinto da Festa do Queijo Serra da Estrela, onde se irá realizar o certame. A avaliação dos pratos admitidos a concurso, marcada para esse mesmo dia às 14h00 na Tenda de Eventos, será feita por um júri de cinco pessoas constituído para o efeito pela Confraria do Queijo Serra da Estrela, pelo Município de Oliveira do Hospital por um produtos de Queijo e um Chef de Cozinha. Na hora da decisão, o júri terá em conta os critérios como degustação, apresentação, originalidade da recolha ou da receita e viabilidade da sua produção empresarial.

Para cada uma das categorias a concurso está reservada a atribuição de três prémios nos valores de 100, 75 e 50 euros sendo que será entregue um diploma de participação a todos os concorrentes admitidos.

Acordo encerra caso do Café Central

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e a empresa Fertavending chegaram a acordo no caso do Café Central.

A empresa que devia cerca de 27 mil euros em  rendas alegando problemas decorrentes de uma suposta deficiente construção do espaço, como humidade e infiltrações, e que pedia ao executivo uma indemnização por prejuízos causados de 30 mil euros, viu aquela dívida ser reduzida para cerca de 16 mil euros, com possibilidade de pagamento faseado.


Este foi o acordo saído, dia 11 de dezembro, de um encontro - substituiu a sessão de julgamento que estava marcada - no Tribunal de Coimbra na presença do juiz e que foi ratificado em reunião da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital de 23 de dezembro, contando com a abstenção do presidente do executivo por preferir que o caso fosse resolvido através de sentença judicial. A vereadora do PSD, Cristina Oliveira, também se absteve na votação. O restante executivo votou favoravelmente o acordo.

Para José Carlos Alexandrino este é um "acordo razoável", que "não causa prejuízos" ao município, porque “poderia receber menos se fosse a julgamento”. O autarca lembra que na defesa que apresentou, o município reconhecia razão à empresa em alguns aspetos relacionados com problemas de construção do Café Central.

A Rádio Boa Nova tentou contactar o empresário responsável pela Fertavending, mas até ao momento não foi possível falar com Nuno Pereira.

O caso do Café Central remonta ao final do ano de 2011, altura em que a empresa Fertavending rescindiu contrato de exploração do espaço alegando “justa causa”. Sem conseguir receber o valor de 15 meses de rendas, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital avançou com ação em tribunal, no início de 2012.


José Carlos Alexandrino

Septuagenário detido por caçar javali com meios proibidos

Um homem, de 75 anos, foi detido ontem em Vidual, no concelho da Pampilhosa, pela prática de caça ao javali com meios proibidos, nomeadamente com recurso a laços de cabo de aço.


Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o destacamento territorial da GNR da Lousã informa que “a detenção se efetuou em flagrante delito, quando o indivíduo foi surpreendido pela patrulha a colocar um laço para a caça ao javali”.  Foi também apreendido o material relacionado com a caça ilegal.

O homem vai ser hoje presente na secção de proximidade da Pampilhosa da Serra para primeiro interrogatório judicial e lhe serem aplicadas as respetivas medidas de coação.

 

Neve corta estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela estão hoje encerradas ao trânsito devido à queda de neve, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.


Segundo a fonte, a neve que caiu durante a madrugada levou ao fecho, pelas 04:50, dos troços 11 (Piornos/Cruzamento da Torre), 12 (Cruzamento da Torre/Torre) e 13 (Lagoa Comprida/Cruzamento da Torre).

Na cidade da Guarda também nevou durante a madrugada, mas as vias rodoviárias estão todas transitáveis, referiu o CDOS.

Quinze distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de agitação marítima e queda de neve, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, devido à agitação marítima forte estão sob aviso amarelo os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro, entre as 18:00 de hoje e as 21:00 de quinta-feira, com ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Coimbra, Viseu, Vila Real, Bragança, Guarda e Castelo Branco estão também sob aviso amarelo devido à queda de neve acima dos 600/800 metros.

O IPMA prevê para hoje no continente céu em geral muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do meio da tarde, períodos de chuva, passando gradualmente a regime de aguaceiros a partir do início da manhã, diminuindo de intensidade e frequência, e queda de neve acima de 600/800 metros.

Com:noticiasaominuto.com

Maratona Clube Vila Chã participou no Campeonato Nacional de Estrada na Maia

A equipa do Maratona Clube Vila Chã esteve presente no Campeonato Nacional de Estrada realizado na cidade da Maia, contando com a presença de 8 atletas.


No escalão de Seniores, o atleta José Rodrigues terminou na 131ª posição com tempo de 39:49'; Olavo Moreira termina na 152ª posição com tempo de 52:33'. Já Miguel Bessa, no escalão de veteranos M35 obteve a 50ª posição com tempo de 39:52'. José Silva participou no escalão de veteranos M40 terminando a prova na 13ª posição com tempo de 33:55'. No escalão de veteranos M50, o atleta Jacinto Correia terminou no 16º lugar com tempo de 37:14'. No escalão de veteranos M55, o atleta António Dias obteve a 11ª posição com tempo 38:29'; António Borges terminou na 20ª posição com tempo 41:23'. Por fim, o atleta Isaías Peralta obteve a 4ª posição com tempo de 49:13'.

Coletivamente a equipa do Maratona Clube Vila Chã obteve a 24ª posição obtendo 597 pontos.

 

CDS-PP de Oliveira do Hospital quer “um concelho melhor não só para alguns, mas para todos”

Nuno Alves tomou posse, no sábado, na presidência da Comissão Política Concelhia do CDS-PP. À espera de unir e consolidar o partido, o jovem oliveirense disse querer fazer de Oliveira do Hospital “um concelho melhor para todos e não só para alguns”.


A suceder Maria José Falcão de Brito na liderança da concelhia do CDS-PP,

Nuno Alves partilhou a “honra” em assumir a direção do partido numa missão de o “renovar e de o fazer crescer”. Clarificando não o fazer pela busca de “protagonismo”, o novo líder dos centristas oliveirenses revelou-se antes apostado em criar melhores condições no concelho

Com “menos dinheiro, mas com políticas corretas", Nuno Alves acredita que é possível fazer “muito mais e melhor”. “Mais do que fazer tudo pelas pessoas, é preciso criar condições pra que as pessoas possam ter tudo”, registou.

No novo desafio, o líder do CDS-PP concelhio propõe-se a fazer “tudo o que estiver ao nosso alcance, para que o concelho seja de novo atrativo para os investidores. Para que se crie emprego e se fixem as populações, em especial os jovens e se combata a desertificação”. “Fixar os jovens é imperativo num concelho onde em cada 10 pessoas que morrem, nasce uma”, referiu ainda, considerando igualmente acertadas as apostas em áreas como a agricultura, turismo e a floresta.

Num encontro que juntou a família centrista do concelho, bem como de Tábua e Arganil não faltaram representantes do partido a nível nacional. Nuno Melo, euro deputado e vice-presidente do CDS-PP valorizou todos os rostos concelhios do partido e, clarificou que não foi por o CDS-PP ter conseguido menor número de votos nas últimas eleições autárquicas que está no anonimato. “Dou o meu exemplo. Filiei-me no CDS, no tempo em que o partido tinha apenas quatro deputados, mas eram quatro extraordinários deputados que se faziam notar mais do que todos os outros”, frisou. Em Oliveira do Hospital, Nuno Melo não deixou de aludir à política nacional para criticar o Partido Socialista e alertar para a escolha que é preciso fazer nas eleições que se avizinham. “Tal qual como nós, legitimamente o Partido Socialista também quer estar à frente, mas a questão é que para os socialistas não importa como chegar à frente, só importa chegar à frente, mesmo que isso signifique deixar o país para trás. É bom recordar que o que estará em jogo em 2015 é rigorosamente essa escolha”, frisou. 

Nova TV pretende dinamizar nove concelhos da região

A Nova TV, hoje apresentada ao público, em Arganil, é lançada a 01 de fevereiro e pretende ser uma força dinamizadora de nove concelhos da Região Centro, disse um dos responsáveis.


A Nova TV vai abordar os concelhos de Tábua, Arganil, Pampilhosa da Serra, Góis, Lousã, Oliveira do Hospital, Penacova e Seia, através do "site" www.novatv.pt, que vai ser lançado a 01 de fevereiro, e através do qual são emitidos programas em direto e em diferido, disse João Ferreira, um dos responsáveis do projeto, juntamente com José Conde.

A "tv web" vai ter programação própria, começando no primeiro trimestre com nove programas e pretendendo que ao longo de 2014 sejam realizados "22 programas" diferentes, com a ajuda dos "24 colaboradores" que têm de momento, disse à agência Lusa João Ferreira, que falava à margem da conferência de imprensa de apresentação da televisão, no Centro Empresarial e Tecnológico de Arganil, distrito de Coimbra, onde o estúdio vai estar sediado.

Na sua fase inicial, a Nova TV vai contar com um programa generalista em direto, que vai ter "música, informação e entrevistas", bem como participação do público "através do 'Skype'", um programa sobre desporto, outro sobre as freguesias dos concelhos que abrange e outro com a participação de crianças da pré-primária e 1.º ciclo.

Esta televisão vai ainda abordar temas como a ecologia, "o passado" e a música, acrescentou.

Segundo João Ferreira, a Nova TV é "importantíssima". "Não é só o dinheiro que nos move aqui. É chegar às pessoas e a projetos, que de outra forma não tinham visibilidade e não eram divulgados". Apesar de ser uma televisão com presença apenas na "web", "a intenção é ser regional", dinamizando "os concelhos" onde vai operar, salientou.

 

Com:lusa.pt

Seia recebe encontro nacional de atividade adaptada em Futsal

O Gimnodesportivo Municipal Padre Martinho, em São Romão - Seia, acolhe no próximo sábado, dia 24 de janeiro, três competições ANDDI, o Campeonato de Portugal de Futsal Anddi, um Torneio Nacional Adaptado e o 4º encontro nacional de atividade adaptada.


O evento decorre durante todo o dia, das 10h às 13h e das 14h às 17h, e é promovido pela ANDDI-PORTUGAL – Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Intelectual, a Casa de Santa Isabel, a Câmara Municipal de Seia e a União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros.

Ao todo está previsto a participação de 11 equipas, envolvendo aproximadamente uma centena de atletas. A cerimónia de entrega de prémios está agendada para as 17:30h e a entrada é gratuita.

A ANDDI é uma Instituição sem fins lucrativos, cuja principal atividade é fomentar e organizar a prática de atividades desportivas de competição, para atletas nacionais portadores de deficiência mental / incapacidade intelectual, a levar a efeito tanto em Portugal como no estrangeiro com o objetivo fundamental da sua plena reabilitação e integração na sociedade. A Casa de Santa Isabel em São Romão, Seia, é uma comunidade terapêutica fundada em 1981, que apoia jovens e adultos com capacidades especiais.

Seia integra programa Adaptar Portugal às Alterações Climáticas

Seia integra uma rede composta por 26 municípios, no âmbito do projeto de adaptação às alterações climáticas à escala local, que prevê um investimento de 1,5 milhões de euros com o principal objetivo desenvolver 26 Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC).

 

A iniciativa visa capacitar os municípios portugueses para avaliar as vulnerabilidades locais e o respetivo potencial, face às alterações climáticas, e aumentar a sua capacidade para incorporar a adaptação às alterações climáticas nos seus instrumentos de planeamento e intervenções.

Coordenado por Filipe Duarte Santos, especialista em alterações climáticas, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Climadapt envolve a Agência Portuguesa do Ambiente e também vai desenvolver um programa formativo para os técnicos municipais das autarquias parceiras.

A cerimónia de lançamento decorreu dia 15 de janeiro, através da assinatura do protocolo entre o consórcio do ClimAdaPT.Local e as 26 autarquias que vão participar. Para além de Seia, constam os municípios de Amarante, Barreiro, Braga, Bragança, Castelo de Vide, Castelo Branco, Coruche, Évora, Ferreira do Alentejo, Figueira da Foz, Funchal, Guimarães, Ílhavo, Leiria, Lisboa, Loulé, Montalegre, Odemira, Porto, Seia, São João da Pesqueira, Tomar, Tondela, Torres Vedras, Viana do Castelo, Vila Franca do Campo.

Durante o seminário estiveram especialistas da Noruega, Reino Unido e Espanha, para partilhar a experiência do trabalho já realizado na Europa, na adaptação local às alterações climáticas, e recordados os exemplos nacionais dos municípios que já integraram medidas na área da adaptação às alterações climáticas: Almada, Cascais e Sintra.

Portugal é dos países que terá impactes mais significativos decorrentes das alterações climáticas, desde a subida do nível do mar, que afetará os municípios do litoral, ao aumento da temperatura e à maior frequência e intensidade de cheias e secas.

Terminaram as buscas para tentar encontrar idoso desaparecido em Lagos da Beira

As buscas para tentar encontrar o homem que, na quarta feira, deixou de ser visto na localidade onde residia, em Lagos da Beira, foram interrompidas ao final do dia de sábado.

 

António Benedito, de 81 anos, sofria de Alzheimer, saiu de casa na manhã da passada quarta-feira, dia 14, e não voltou a regressar. Populares de Lagos da Beira garantem ainda ter visto o idoso durante a tarde, mas até ao momento desconhece-se o seu paradeiro.

O alerta do desaparecimento foi comunicado aos bombeiros às 11h00 de quinta-feira, momento a partir da qual foram iniciadas as buscas para tentar encontrar o idoso. Trabalhos que se prolongaram até ao final do dia de sábado, altura em que as buscas foram interrompidas. “Todo o perímetro foi batido pelos bombeiros mas foi infrutífero”, afirmou à Rádio Boa Nova o comandante dos bombeiros voluntários de Oliveira do Hospital, contando que no sábado a equipa de buscas foi reforçada com equipas cinotécnicas e com elementos de outras corporações, incluindo os GIPs da GNR. “As buscas terminaram e como o caso foge da alçada dos bombeiros fica, como sempre esteve, à responsabilidade da GNR”, informou o comandante4

CDS-PP de Oliveira do Hospital conta com nova sede partilhada

A Comissão Política Concelhia do CDS-PP de Oliveira do Hospital, presidida por Nuno Alves,  conta com nova sede. O espaço partilhado com as estruturas do partidos de Arganil e Tábua foi inaugurado, no sábado, numa sessão que contou com a presença do secretário geral do partido, António Carlos Monteiro e do euro deputado Nuno Melo.


Sob a liderança de Nuno Alves, o CDS-PP de Oliveira do Hospital mudou-se para um novo espaço, localizado no edifício Areias, em pleno centro da cidade de Oliveira do Hospital. “A mudança era um desejo de há algum tempo”, referiu o novo presidente da estrutura partidária, notando que o anterior espaço estava “devoluto” e não permitia a realização de reuniões de trabalho, vendo-se os militantes obrigados a preparar a anterior campanha eleitoral “em cafés”. Nuno Alves disse tratar-se de “um espaço de todos” com particularidade de ser comum a Arganil e a Tábua. “Esperamos que saiam daqui grandes e boas ideias para o concelho que bem precisa”, frisou.

Para António Carlos Monteiro, secretário geral do CDS-PP, a nova sede “resulta do esforço de implantação do CDS em Oliveira do Hospital, em Arganil e Tábua”. “É importante que estas concelhias se ajudem a implementar, a conseguir mais militantes e apoio. Estamos convictos de que este é o caminho certo”, referiu ainda o responsável que, de olhos postos “no combate que se aproxima” entende que é “fundamental que a estrutura esteja mobilizada”. 

Num mau jogo de futebol, FCOH empata com o Mortágua, 1-1

No Campeonato Nacional de Seniores, série E e último jogo desta primeira fase, o FCOH empatou 1-1 com o Mortágua.

Um jogo jogado com muito coração e pouca cabeça, com pouco futebol e longe das balizas.

Segunda parte vale pelos dois golos, primeiro o Mortágua que mostrou mais vontade de ganhar do que a equipa da casa, e depois, sem saber bem como, Zé Francisco acabado de entrar, faz o empate ao minuto 75.

Agora vem o descanso de duas semanas, tempo para o FCOH assimilar todo o esquema táctico do técnico e conseguir o objectivo que passa naturalmente pela manutenção.

O Nogueirense foi perder no Pampilhosa por 1-0- Agora vem aí a fase de subida, uma experiência nova para a equipa de Nogueira do Cravo e para já única numa equipa do concelho,

Quem continua a não acertar é também o Tourizense que em casa, e frente ao Vit. Sernache, perdeu por 2-1 nos instantes finais da partida.

Equipas do CNS apuradas para disputar o acesso à Segunda Liga:

  • Serie A: Fafe e Mirandela
  • Serie B: Famalicão e Varzim
  • Serie C: Salgueiros 08 e Sousense
  • Serie D: Lusitano FCV e Cesarense
  • Serie E: Benfica C.Branco e AD Nogueirense
  • Serie F: Caldas e Mafra
  • Serie G: 1º Dezembro e Casa Pia
  • Serie H: Operário Lagoa e Louletano

Sampaense Basket volta a perder e desce ao último lugar

O Sampaense começou mal a segunda volta da Liga Portuguesa de Basquetebol.

O Algés veio a S. Paio de Gramaços vencer por 85-78 relegando a equipa da casa para a última posição da tabela classificativa.

Nesta jornada de salientar a vitória robusta do Benfica frente ao Galitos por 125-59 e do Guimarães frente ao Barcelos por 95-74.

Neve fecha estradas no concelho e região

Várias estradas dos distritos de Coimbra, Guarda e Viseu estão hoje cortadas devido à queda de neve, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Segundo a GNR, durante a madrugada foram interditadas ao trânsito estradas nos concelho de Oliveira do Hospital  (estrada municipal 508 - Aldeia das Dez), Arganil (estrada nacional 344) e Pampilhosa da Serra (estrada municipal 1416), no distrito de Coimbra.

Cortada ao trânsito foi também a estrada nacional 2, no concelho de Lamego, distrito de Viseu.

No distrito da Guarda, foi parcialmente cortada a estrada municipal 555, no concelho de Celorico da Beira.

O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje e segunda-feira a continuação da queda de neve acima dos 800 metros para as regiões do norte e centro de Portugal. (Lusa)

Lagos da Beira: Buscas retomadas amanhã com equipa reforçada

Antonio Benedito 81 anos
Antonio Benedito 81 anos

18/jan - Actualização: Ainda não foi encontrado o idoso desaparecido na passada quarta feira em Lagos da Beira. No sábado, bombeiros de diversas corporações da região, GNR, Protecção Civil e populares não conseguiram ainda encontrar António Benedito.

As autoridades, que começam a encarar a difícil  hipótese de encontrar com vida o idoso,  vão continuar este domingo a procurar em toda a zona em que era habitual andar.

 

António Benedito, de 81 anos, continua em paradeiro incerto. O segundo dia de buscas, em Lagos da Beira, não teve qualquer êxito. Os trabalhos serão retomados amanhã com uma equipa reforçada.

 

Ultrapassadas já 48 horas desde o desaparecimento do idoso, o comando dos bombeiros voluntários de Oliveira do Hospital anunciou, para amanhã, o reforço da equipa de buscas com elementos de várias corporações do distrito de Coimbra. “Iremos fazer tudo mais pormenorizado”, afirmou o adjunto de comando Paulo Sousa à Rádio Boa Nova, notando que tal como hoje, também amanhã se manterão no terreno as equipas cinotécnicas.

O trabalho de buscas do homem de 81 anos tem sido dificultado pelo mau estado do tempo e pela densa vegetação do perímetro florestal onde se desenrolam os trabalhos. Hoje, foi dada particular atenção aos poços e buracos das imediações a residência do idoso.

António Benedito sofre de Alzheimer e foi visto pela última vez, pela esposa, cerca das 11h00 de quarta-feira. Alguns populares também garantem ter visto o octogenário durante a tarde daquele dia. As buscas tiveram início às 11h00 de quinta feira com cerca de 20 elementos dos bombeiros, GNR e proteção civil. A população também está em alerta total.  

Novo projeto audiovisual nasce em Arganil

Nova Tv é o nome do novo projeto na área do audiovisual que vai nascer em Arganil. A apresentação vai ser feita dia 19 de janeiro, pelas 15h00, em conferência de imprensa, no Centro Tecnológico e Empresarial de Arganil.


Direcionada para prestar serviços no domínio do audiovisual, a Nova TV está instalada no Centro Tecnológico e Empresarial de Arganil, contando com dois estúdios e uma régie destinados à transmissão em direto de programas variados.

O novo projeto integra uma vasta equipa de colaboradores de várias áreas, entre os quais o colaborador da Rádio Boa Nova, José Conde.        

Pensada para a região, a Nova TV vai apostar na vertente informativa e contar com uma programação variada.

Poços e buracos corridos a pente fino em busca de António Benedito

Ainda não há sinais do paradeiro do homem de 81 anos que, na passada quarta-feira, desapareceu em Lagos da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital.


Desde as 11h00 de quinta-feira que cerca de duas dezenas de elementos dos bombeiros, GNR e proteção civil se encontram no terreno à procura do octogenário que sofre de Alzheimer e que, nos últimos dias, dava sinais de agravamento da doença.

 Retomadas esta manhã, as buscas incidem sobretudo em poços e buracos onde o idoso, com dificuldades de movimentação, possa ter caído. Ontem, os trabalhos incidiram num vasto perímetro florestal localizado próximo do campo de futebol e cemitério da localidade, zona onde o desaparecido tinha uma propriedade e onde era habitualmente avistado. “Todas as casas de campo foram identificadas, mas sem sucesso”, afirmou à Rádio Boa Nova o adjunto do comando dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, Paulo Sousa, notando que “depois de duas noites muito complicados” se reduzem as probabilidades de o homem ser encontrado com vida, apesar de “tudo ser possível”.


Há cerca de dois meses, o octogenário já tinha desaparecido, acabando por ser encontrado no dia seguinte.  Em Lagos da Beira, toda a gente sabia do estado de saúde de António Benedito, pessoa “amiga” da população. O seu desaparecimento está por isso a deixar consternada a localidade, acabando os populares por se envolver nos trabalhos de busca. “A minha reação foi de ir por aí a abaixo e já andei a bater mato”, contou à Rádio Boa Nova, António Marques. Também Rui Pina se mostra “triste” com o desaparecimento de Benedito que quase diariamente passava à porta de sua casa. “Já fui ver aos meus barracões se ele lá estaria, mas não está lá ninguém”, lamentou o homem que disse ter avistado o octogenário a meio da tarde de quarta-feira, com o “sacho às costas”.

Enquanto decorrem as buscas, a família desespera por notícias de António Benedito. Visivelmente abalada com o desaparecimento do octogenário, a esposa recusou-se a falar para a Rádio Boa Nova, confirmando porém que nos últimos tempos o marido dava sinais de maior perturbação. Cátia Rosário e Ana Guilherme, sobrinhas adiantaram porém que a família está destroçada com o desaparecimento do idoso. 

Cooperativa sensibiliza populações para nova lei da aplicação de produtos fitofarmacêuticos

A Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central dá, hoje, início a um conjunto de ações de sensibilização a propósito da nova lei do aplicador de produtos fitofarmacêuticos.

 Pensada para cada uma das freguesias do concelho, a iniciativa arranca em Aldeia das Dez, nomeadamente na sede da Associação de Melhoramentos Aldeense, a partir das 20h30.


A sessão que visa esclarecer a população sobre a nova lei do aplicador de produtos fitofarmacêuticos estará a cargo do engenheiro agrário Joaquim Rodrigues. Organizada pela cooperativa, a sessão conta com o apoio da Junta de Freguesia de Aldeia das Dez e Associação de Melhoramentos Aldeense. 

Retomadas as buscas para encontrar idoso desaparecido em Lagos da Beira

As buscas do homem de 80 anos que quarta-feira de manhã desapareceu em Lagos da Beira, concelho de Oliveira do Hospital, foram retomadas às 09h00 de hoje.


O idoso de 80 anos, com doença de Alzheimer está a ser procurado desde o final da manhã de ontem, tendo as buscas sido interrompidas ao final do dia de ontem sem sinais do seu paradeiro.

O sinal de alerta para o seu desaparecimento foi dado ontem pelas 11h00, decorridas que estavam 24 horas desde a última vez em que foi avistado na localidade.

Esta não foi a primeira vez que o homem desapareceu. Aconteceu o mesmo há cerca de dois meses, acabando por ser encontrado no dia seguinte.

Nos trabalhos de busca que decorrem num alargado perímetro florestal da freguesia estão envolvidos 20 homens das corporações de Oliveira do Hospital, Lagares da Beira, Tábua e Coja, GNR e Proteção Civil. Também a população se encontra em estado de alerta.

Campanha “Faça Compras em Oliveira do Hospital” deu prémios

Já são conhecidos os vencedores dos 22 prémios atribuídos no âmbito da campanha “Faça Compras em Oliveira do Hospital” que se desenrolou entre 10 de dezembro e 10 de janeiro , junto de 154 estabelecimentos aderentes, numa organização da ADI e Câmara Municipal.  O escrutínio dos “Vales de Natal 2014” realizou-se quarta-feira com a presença de lojistas aderentes e público em geral.


Os prémios são vales de compras entre os 25 e os 300 euros que podem ser reinvestidos nas lojas aderentes ao concurso, sendo que cada um dos premiados vai receber também um bilhete de cinema para a Casa da Cultura César Oliveira e um cartão jovem municipal.

No mesmo período da campanha “Faça Compras em Oliveira do Hospital” foi também promovido um concurso de montras de Natal que contou com 35 participantes. O júri reuniu esta semana tendo decidido atribuir, por unanimidade, os prémios às seguintes lojas: Funerária Sérgio (1.º); Pétalas Platina (2.º); Blue Jeans (3.º). Cada uma das lojas vencedoras ganha publicidade paga num órgão de comunicação social local, à escolha do premiado, no valor global de 300 euros.


Durante toda esta quadra festiva foram dinamizadas várias atividades enquadradas na iniciativa “Animação de Natal em Oliveira do Hospital 2014” de caráter cultural, desportivo e lúdico cujo balanço é positivo uma vez que cumpriu os objetivos de animar o centro urbano de Oliveira do Hospital e cativar clientes que puderam usufruir do programa de animação e fazer as suas compras no comércio local da sua cidade e restante concelho.


A próxima iniciativa da ADI com a colaboração dos Municípios de Tábua e Oliveira do Hospital vai ser a apresentação do Conselho Consultivo do Comércio Local, prevista para o próximo mês de fevereiro.


VENCEDORES VALES DE NATAL 

1º – Anabela Silva, Nogueira do Cravo (300,00€);

2º – Mª da Conceição Gonçalves, Oliveira do Hospital (200,00€);

3º – José Guilherme, São Gião (150,00€);

4º – Lusitana Gonçalves, Oliveira do Hospital (100,00€);

5º – Isabel Jorge, Bobadela; 6º - Pedro Antunes, Avô; 7º - Laura Ribeiro (75,00€);

8º – Mª Isabel Nabais, Oliveira do Hospital: 9º- Isabel Dinis, Oliveira do Hospital; 10º – João Piedade, Arganil;11º – Sandro Silva, Praia do Ribatejo:;12º – Marília Teixeira, Oliveira do Hospital;  13º – António Silva, Oliveira do Hospital (50,00€);

14º – Manuel Garcia, Seixas; 15º – Mª da Conceição Ferreira, Aldeia das Dez; 16º – Mª Helena Henriques, Vendas de Galizes ;17º – Liliana Tavares, Lagares da Beira; 18º – José Figueiredo, Oliveira do Hospital; 19º – Helena Sousa, Oliveira do Hospital ; 20º – Ana Catarina Silva, Travanca de Lagos; 21º – Elsa Costa, Oliveira do Hospital; 22º – Carolina Alves, Vila pouca da Beira ( 25,00€).

Mulher morre em acidente no IP5

Uma mulher morreu ontem, em Santiago, Viseu, no IP5, ao despistar-se com a viatura que conduzia. Deste acidente, ocorrido pouco antes das 20 horas, resultaram ainda um ferido grave e um ferido ligeiro. A vítima mortal assim como o ferido grave ficaram encarcerados.

 " A viatura despistou-se, saiu da estrada e ficou atravessada no talude do IP5", explicou o oficial de relações públicas da GNR, tenente-coronel Machado.

Nas operações de socorro estiveram os bombeiros voluntários de Viseu.

jn.pt

Idoso está desaparecido em Lagos da Beira

Um homem de 80 anos está desaparecido, desde o final da manhã de ontem, em Lagos da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital.

           

O homem que vive com a esposa e sofre de alzheimer foi visto ontem pela última vez às 11h00. Bombeiros, proteção civil e GNR iniciaram as buscas, não havendo até ao momento qualquer sinal do paradeiro do idoso.


“Já se fez um grande perímetro dentro da floresta em condições climatéricas muito difíceis”, afirmou à Rádio Boa Nova o adjunto de comando dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital prevendo para breve a interrupção das buscas, que serão retomadas no início da manhã.

De acordo com Paulo Sousa esta não foi a primeira vez que o idoso desapareceu. “Já há dois meses desapareceu, mas tivemos a sorte de o encontrar ao outro dia”, referiu.

O trabalho de buscas está a ser realizado por 20 elementos das corporações de bombeiros de Oliveira do Hospital, Lagares da Beira, Tábua e Coja, GNR e proteção civil municipal.  

Detido por suspeita de burla a uma seguradora

Um homem de 42 anos, suspeito de burla, foi detido no dia 12 pelo Núcleo de Investigação Criminal de Viseu. 

“A ação teve origem em diligências de investigação relacionadas com um processo em que os militares investigavam um crime de furto qualificado e consequente burla qualificada a uma seguradora. À data da denúncia o valor do furto estava avaliado em 31.000 euros, parte já ressarcido pela seguradora ao suspeito”, informa a GNR

De acordo com aquela força de segurança, na sequência da detenção, foi apreendido material, como sendo, três LCD, dois computadores, dois leitores DVD, uma máquina café, um ralador elétrico, várias peças em ouro, tapeçaria diversa, uma impressora, pen’s drive, um aparelho de gravação sistema videovigilância, e três câmara para aquele fim, 82 cartuchos de caça, um MP3, uma máquina fotográfica, um sistema de som, calçado e malas. Foi ainda constituída arguida uma mulher de 42 anos.

Proteção Civil avisa para mau tempo até sexta-feira

A Proteção Civil emitiu esta quinta-feira um aviso à população devido às previsões de chuva intensa, que se deslocará de norte para sul, ao vento forte e à queda de neve nas terras altas, além da agitação marítima.

 

Em comunicado, a ANPC alerta a população para as medidas preventivas a adotar, tendo em conta que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, pelo menos até sexta-feira, aguaceiros localmente intensos a progredir de norte para sul, vento com rajadas que podem chegar aos 90 km/hora e ondulação na costa ocidental que pode chegar aos seis metros, especialmente a norte do Cabo Raso, a partir da tarde.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê ainda a possibilidade de queda de neve em cotas de 600-800 metros, a afetar as serras do Gerês, Alvão, Montemuro, Montesinho, Marão, Estrela, com acumulação inferior a cinco centímetros.

A proteção civil recomenda que sejam desobstruídos os sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados, que os condutores adotem uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias.

As autoridades recomendam também que não sejam atravessadas zonas inundadas de forma a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas, alem de alertarem para a possibilidade de queda de ramos e árvores, devido ao vento mais forte.

jn.pt

Oliveira do Hospital defende escola pública 

Foi clara a mensagem que partiu do debate alusivo ao ensino público e privado realizado em Oliveira do Hospital, no âmbito da participação do Agrupamento de Escolas na iniciativa Parlamento Jovem.

No concelho onde, com exceção do ensino pré-escolar e da Eptoliva, todo o ensino é de domínio público, saiu reforçada a defesa  daquele modelo de ensino. “Legítimo defensor” do ensino público, o presidente da Câmara não deixou de criticar “um conjunto de ministros que desacreditaram a escola pública por causa de interesses de iniciativa privada”. “E não há melhor exemplo do que o que se passou na zona Centro”, referiu. No entender de José Carlos Alexandrino há lugar para todos, porém “para sobressair o ensino privado não é preciso assassinar a escola pública”.

O autarca falava assim num encontro também participado por Luís Correia, diretor do colégio de S. Martinho, em Coimbra, que defendeu o ensino privado enquanto prestador de um serviço público. “Autonomia” e “capacidade de inovação” são mais valias que o responsável identifica no domínio privado, criticando o facto de a escola pública estar “refém da ideologia dos sindicatos e dos professores”.

Carlos Carvalheira, diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital revelou-se defensor da escola pública por possibilitar o acesso de todos independentemente da sua condição financeira. “A escola pública é inclusiva e todos os alunos têm lugar”, frisou.

Presidente da Adeptoliva, associação que gere o ensino profissional em Oliveira do Hospital e Tábua, Daniel Costa não perdeu a oportunidade para elogiar o trabalho feito pelos professores do público que, apesar das adversidades, se têm revelado uns “verdadeiros heróis”.

Apresentação da União de Exportadores da CPLP em Oliveira do Hospital

No próximo sábado, 17 de janeiro, será apresentada a União de Exportadores da CPLP no auditório da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital, pelas 10H00. A sessão pública é uma organização do Município de Oliveira do Hospital com a parceria da Believe, da ADIBER e da ADI cumprindo o objetivo de proporcionar às empresas novas oportunidades de negócio e canais de comunicação que possibilitem a criação de novos mercados para as empresas.


Trata-se de um projeto dirigido às empresas exportadores sendo que a União de Exportadores, que tem vínculo a mais de 200 organizações de vários países da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

A União de Exportadores da CPLP tem como objetivos acrescentar valor às atividades dos associados, estimulando as exportações e contribuindo para a criação de um mercado único dos países membros ou observadores da CPLP, com foco na divulgação e implementação de sistemas de incentivo à exportação em todos os países membros ou observadores através de serviços facilitadores.

Este projeto dirigido às empresas exportadoras garante aos seus associados o apoio especializado à exportação/internacionalização; o acesso à rede de clientes e importadores CPLP; o cofinanciamento de projetos; e acesso a programas de incentivo à exportação; oferecendo entre os seus serviços a consultoria empresarial direcionada à exportação, formação em hard skills para exportação e análise de mercados e oportunidades, entre outras.

Refira-se que os países CPLP alcançam um mercado de 650 milhões de consumidores e a soma do PIB dos seus países atinge um valor aproximado de 2,2 biliões de dólares. A União de Exportadores da CPLP tem como Estados membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, e Timor Leste.

Cristiano Ronaldo eleito o melhor jogador do século

Cristiano Ronaldo foi, ontem, eleito o melhor jogador do século da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), na Gala Quinas de Ouro, que decorreu no Casino de Estoril.

Dois dias depois de receber a sua terceira Bola de Ouro, Ronaldo suplantou na votação o falecido Eusébio, que recebeu a distinção Quinas de Platina, e Luís Figo, galardoado com as Quinas de Honra, um prémio honorário.

Na mesma cerimónia também foram galardoados, entre outros, José Mourinho (treinador), seleção portuguesa de 1966 (melhor equipa), Pedro Proença (melhor árbitro) e Carla Couto (melhor jogadora).

lusa.pt

Seia realiza feira do Queijo no fim de semana de Carnaval

A Câmara Municipal de Seia realiza no fim de semana do Carnaval, nos dias 14 e 15 de fevereiro, mais uma edição da Feira do Queijo, uma festa dedicada à ampla promoção do Queijo e dos produtos endógenos do concelho de Seia.

 

O certame vai ter lugar no Mercado Municipal e área envolvente. O mercado do queijo e dos produtos endógenos voltará a assumir o núcleo central da feira, tendo para o efeito a autarquia endereçado convite a todos os produtores de queijo (pastores, queijarias tradicionais, queijo DOP e fábricas) e de produtos regionais de reconhecido valor, como o pão, o vinho do Dão, os enchidos, a lã e o mel, este último através da Associação de Apicultores da Serra da Estrela.

 

A Ancose - Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela, a Licrase e a Confraria do Cão Serra da Estrela são outros dos parceiros do evento, naquela que será uma recriação de uma quinta do Pastor, onde não faltarão outros animais da quinta e os produtos da terra.

 

Paralelamente, o artesanato também será um setor com forte presença no espaço da feira, cujas inscrições estão a ser articuladas com a Associação de Artesãos da Serra da Estrela.

A animação também será uma importante componente da Festa, que será promovida em estreita colaboração com as bandas filarmónicas, ranchos folclóricos e outros grupos de música tradicional.

PCP acusa Peugeot Citroen de Mangualde de pressionar trabalhadores

O PCP acusou hoje a direção da Peugeot Citroën de Mangualde de estar a pressionar os trabalhadores para aderirem ao plano de saídas voluntárias, no âmbito de um plano de produtividade e racionalização de custos.


Em declarações à Lusa, o dirigente do PCP João Abreu revelou ter conhecimento de que alguns trabalhadores da fábrica de Mangualde "estão a ser chamados e altamente pressionados para chegarem a acordo para sair".

Na sua opinião, esta é "mais uma investida que tem por objetivo consumar os objetivos da PSA, que passam por explorar ainda mais a mão-de-obra que tem ao seu dispor em Mangualde".

O dirigente do PCP considera que os dirigentes da Citroen de Mangualde pretendem libertar trabalhadores dos quadros, para mais tarde irem buscar trabalhadores precários.

"A própria PSA criou uma empresa de aluguer de mão-de-obra e que pode utilizar como quem utiliza coisas descartáveis, usando e abusando das leis permissivas que este Governo e o anterior meteram à disposição das multinacionais", sustentou.

João Abreu acusou ainda a administração da fábrica de Mangualde de ter criado um "papão", quando os custos de produção neste centro são muito mais baixos que em qualquer outro centro do grupo.

"Criaram o 'papão' da questão dos transportes, porque não há uma linha direta entre Vigo e Mangualde, criaram o 'papão' da questão da eletricidade que aqui é mais cara. Mas nunca referem que os custos do trabalho são muito mais baixos em Mangualde do que noutros centros", frisou.

O dirigente do PCP anunciou ainda que vão insistir com o Governo no sentido de obrigarem a empresa a honrar os seus compromissos.

Biblioteca assinala “Dia de Reis” com a “História dos Três Reis Magos”

A Ludoteca da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital está a assinalar o Dia de Reis com a narração da “História dos Três Reis Magos”.


A dramatização com personagens reais é dirigida às crianças do pré-escolar e do 1.º ciclo e conta a história dos reis Baltazar, Gaspar e Belchior que, guiados pela grande estrela, partiram em busca do rei menino. Depois de uma viagem muito longa foram encontrar o verdadeiro rei, que ia cuidar de todos os homens, num humilde berço onde o adoraram e entregaram os seus presentes, incenso, ouro e mirra.

Esta é uma história de amor que procura desvendar mais alguns pormenores sobre cada um dos Reis Magos como forma de assinalar este dia festivo que marca o término da quadra natalícia. Nesta primeira semana de exibição o sucesso, junto dos mais novos, foi grande sendo que a dramatização pode ser assistida ao longo de todo o mês de janeiro, através de marcação junto do serviço educativo da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital.

A sessão da manhã de sexta-feira, 9 de janeiro, teve casa cheia com a presença das crianças do Jardim de Infância N.º 1 e dos alunos do 1.º A da Escola Básica de Oliveira do Hospital, e foi acompanhada de perto pela vereadora da Educação e da Cultura, Graça Silva. A responsável dirigiu os votos de um bom ano e lembrou aos mais pequeninos a importância de frequentar a Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital onde podem usufruir de vários serviços dirigidos à sua faixa etária e também para os seus pais e familiares.

 Ex-governante Paulo Júlio condenado a pena suspensa de 2 anos e 2 meses  

O antigo secretário de Estado e dirigente nacional do PSD Paulo Júlio foi condenado a pena suspensa de dois anos e dois meses. Em causa está um crime de prevaricação cometido quando foi presidente da Câmara de Penela. 

 

Paulo Júlio, que se demitiu do Governo na sequência deste processo, foi julgado por um crime de prevaricação no âmbito de um concurso para um cargo de chefia na autarquia de Penela - a que presidiu de 2005 a 2011 -, ao qual ascendeu o funcionário Mário Duarte, primo em sexto grau do então presidente da Câmara.

O crime de prevaricação por titular de cargo político foi cometido em 2008, quando o antigo secretário de Estado da Administração Local era presidente da Câmara de Penela.O julgamento decorreu no Tribunal de Condeixa-a-Nova, distrito de Coimbra.

sicnoticias.pt

Nova direção da Arcial promete continuar na senda do trabalho “inteligentemente desenvolvido”

Maria José Falcão Brito tomou posse, dia 12 de janeiro, na presidência da direção da Arcial, sucedendo no cargo a Rosa Neto que esteve no comando da instituição nos últimos quatro anos.


Numa sessão marcada pela emoção, Rosa Neto fez um balanço do trabalho feito e falou do que falta ainda fazer na instituição. “Abraçámos projetos que nos deixavam a pensar se iríamos conseguir e a Câmara sempre nos entusiasmou”, afirmou a ex presidente da Arcial a propósito de  um percurso marcado também por dificuldades. Entre “sentidos” agradecimentos, Rosa Neto mostrou-se disponível para continuar a colaborar com a instituição que há 35 anos ajudou a fundar. “Não contávamos sair assim tão de repente, mas os estatutos assim preveem”, referiu ainda, informando dos projetos pendentes na Arcial, como sendo a construção de uma nova cozinha para formação, a criação de uma quinta pedagógica e a revalidação da certificação da instituição.

A elogiar o trabalho feito por Rosa Neto e anteriores direções da Arcial, Maria José Falcão de Brito disse continuar na senda do trabalho “inteligentemente desenvolvido até aqui”. A agradecer a confiança que lhe foi depositada, a nova presidente da Arcial apelou à colaboração de todos na sua nova missão. “Só com o apoio e colaboração de todos podemos levar esta instituição ao lugar que ela merece”, observou a responsável que disse também contar “as dificuldades próprias do tempo que estamos a viver”. “ Contem com o meu empenho, motivação e o meu trabalho”, assegurou Maria José Falcão de Brito.

Sem deixar de elogiar o trabalho de Rosa Neto, de quem se assumiu “fã incondicional”, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital disse estar “tranquilo” com a nova direção que “tem pessoas de valor”. José Carlos Alexandrino referiu ainda que aquilo que o município fez pela Arcial não foi mais do que era a sua “obrigação”. “Fez aquilo que os utentes mereciam”, frisou. 

CISE promove caminhada na neve

Caminhar sobre a neve e apreciar a beleza única da natureza e paisagem na montanha mais alta de Portugal Continental é a proposta do CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela, para o próximo dia 24 de janeiro.

 

À semelhança das edições anteriores, a caminhada realiza-se na área do planalto superior da serra Estrela e tem como principal objetivo dar a conhecer algumas paisagens da serra menos conhecidas no Inverno.

A participação na atividade carece de inscrição, no CISE, e tem um custo associado de cinco euros, valor que inclui o serviço de acompanhamento e seguro, sendo o transporte responsabilidade dos participantes. Os interessados em participar deverão possuir equipamento adequado para caminhar na neve e para suportar o frio característico desta estação. O ponto de encontro será no CISE às 10 horas e o número de vagas está limitado a 16 pessoas, de idade superior a 15 anos. A data calendarizada poderá ser alterada, em função das condições meteorológicas.

“Não se compreende, não está correto o que estão a fazer”, queixam-se os utentes do SAP de Oliveira do Hospital

Nos últimos tempos, têm-se vivido dias caóticos no Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital, com o tempo de espera para consulta a ultrapassar as sete horas. Na passada segunda-feira, o desespero era partilhado pelos utentes que diziam não compreender a situação.

 Utentes que deram entrada no SAP de Oliveira do Hospital antes das 09h00 de segunda-feira, encontravam-se às 16h00 sem consulta. O caos estava instalado na urgência de Oliveira do Hospital, queixando-se os utentes de cansaço manifestado pelo médico que ali se encontrava de serviço.

Uma situação testemunhada pela Rádio Boa Nova que no local registou o desespero de alguns utentes que esperavam horas a fio por uma consulta.

É o caso de Irene Pestana que deu entrada naquele serviço às 09h30 e às 16h00 não tinha ainda sido consultada. Diabética e àquela hora sem comer, a utente ponderava abandonar a consulta e recorrer a uma consulta privada.

Um testemunho de desespero também partilhado por Fátima Fernandes que se encontrava na sala de espera do SAP a aguardar por uma consulta para o filho ainda pequeno, e que ali entrou com vómitos e diarreia. A jovem mãe que ali se encontrava há sete horas e que ainda tinha sete pessoas à sua frente, disse não compreender tamanho atraso e adiantou à Rádio Boa Nova que só não abandonava o SAP porque não tinha transporte para se deslocar a outro serviço de urgência.

A acompanhar a esposa, António Bernardino que se encontrava no SAP desde as 09h30 considerou “inadmissível” a demora para uma consulta, bem como o cansaço que é evidenciado pelo médico de serviço que “está saturado”. Bernardino reportou o caso de utentes que terão abandonado a consulta, pelo que chega a equacionar que o que se pretende é que “as pessoas saiam daqui para o centro de saúde fechar”.

Relatos de utentes que acorreram ao SAP na passada segunda-feira, dia em que aquele serviço, a título excecional, chegou a contar com a presença de um segundo médico no sentido de descongestionar a situação vivenciada ao longo do dia.

Ainda que com tempo de espera elevado, a situação vivida ontem não se revelou tão caótica como a que se verificou na segunda-feira.

Com o objetivo de pôr cobro à situação de caos vivida no SAP de Oliveira do Hospital, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital reuniu esta terça-feira  com o presidente da Administração Regional de Saúde do Centro, desconhecendo-se até ao momento o resultado daquele encontro. Também os clínicos do centro de saúde oliveirense estiveram reunidos  na direção do Agrupamento dos Centros de saúde do Pinhal Interior Norte. 

“Final-Four” da Taça Hugo dos Santos volta a disputar-se em Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital volta, este ano, a ser a capital do basquetebol nacional. Nos dia 31 de janeiro e 1 de fevereiro recebe a Taça Hugo dos Santos, que vai ser disputada pelas equipas do SL Benfica, Vitória de Guimarães, Barcelos e Oliveirense.


Com previsível transmissão televisiva da Sport TV, a prestigiada prova que colocará em confronto direto, no pavilhão municipal, quatro equipas de topo do basquetebol nacional, começa dia 31 de janeiro com a meia-final e termina a 1 de fevereiro com o jogo da final para determinar o vencedor do troféu, que na edição de 2014 foi conquistado pela equipa do SL Benfica.

Na edição de 2015, e depois de serem conhecidos os quatro primeiros classificados da primeira volta da Fase Regular do Campeonato Nacional, vão estar em prova as equipas do SL Benfica, Vitória de Guimarães, Barcelos e Oliveirense, sendo que o jogo inaugural é entre o SL Benfica e a Oliveirense.

A Taça Hugo dos Santos, organizada pela Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB) em parceria com o Município de Oliveira do Hospital, surgiu como forma de homenagem ao antigo presidente da FPB e tem a particularidade de se realizar, pelo terceiro ano consecutivo, na “terra” que viu nascer o General Hugo dos Santos – um oliveirense que ficou na História como um dos principais impulsionadores do Movimento dos Capitães, que conduziu o país ao 25 de Abril de 1974.

CPCJ de Oliveira do Hospital iniciou projeto “Tecer a Prevenção”

O Projeto “Tecer a Prevenção”  teve início esta semana, em Oliveira do Hospital, com as duas primeiras reuniões de trabalho envolvendo todos os parceiros que a integram. Trata-se de um projeto desenvolvido pela Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) em todo o país e ao qual a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Oliveira do Hospital aderiu formalmente em outubro passado.

 

O projeto é desenvolvido em duas etapas principais: numa primeira fase envolve a reflexão sobre o sistema de promoção e proteção com realização de uma avaliação-diagnóstico da organização e funcionamento da Comissão Alargada; seguindo-se, posteriormente, para a construção de um processo de planeamento estratégico, do qual resulta a elaboração de Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança. A elaboração deste plano local é precedida de um cuidado diagnóstico das problemáticas que, em cada comunidade, afetam os direitos da criança, bem como dos respetivos fatores de risco.

Após a reunião de trabalho realizada dia 8 de janeiro, terá lugar a constituição de grupos de trabalho com vista à elaboração do diagnóstico local da Infância e Juventude e que integram várias entidades e organismos do concelho com intervenção nesta área. Deste trabalho sairão as problemáticas ou os dois eixos de intervenção com base nos quais será elaborado o Plano Local de Promoção e Proteção do Concelho de Oliveira do Hospital que posteriormente será apresentado publicamente, enquanto compromisso com a comunidade, atingindo-se a 3.ª etapa de implementação do projeto “Tecer a Prevenção”.

Para aquele propósito, têm vindo a ser dinamizadas ações preparatórias, nomeadamente em forte articulação com o Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH). Pretende-se que a escola seja o centro de intervenção uma vez que este parceiro tem sido o principal polo sinalizador dos casos de risco.

Peugeot Citroën em Mangualde pode avançar com novo despedimento colectivo

A fábrica do grupo Peugeot Citroën (PSA), em Mangualde, poderá avançar com a dispensa de 80 trabalhadores, seis meses após o último despedimento colectivo. Em causa estão 80 postos de trabalho dos dois turnos que o construtor francês mantém em funcionamento na unidade portuguesa.

O processo ainda não está fechado, mas conversações com os trabalhadores já começaram, confirmou à comunicação social fonte do Sindicato dos trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividade do Ambiente.

80 trabalhadores em causa.

Ao que tudo indica, a fábrica está a justificar este despedimento com a necessidade de reduzir custos de produção. Custos estes que o presidente do Grupo PSA, o português Carlos Tavares, já várias vezes veio a Portugal dizer que eram mais elevados que em França e que prejudicavam a fábrica portuguesa.

Caso este despedimento avance as áreas mais afectadas serão a logística, montagem, ferragem e pintura onde cada sector deve dispensar 20 trabalhadores.
No entanto, recorde-se que a PSA recebeu ajudas do Estado português e da União Europeia e tem limitações ao despedimento.

A fábrica da Peugeot Citroën em Portugal apresentou, no último ano, uma quebra de 5,7% na produção, tendo produzido 53.510 automóveis.

(fonte: económico.pt)

Cristiano Ronaldo: terceira bola de ouro (2008, 2013, 2014)

O melhor do mundo. Outra vez. Parabéns.
O melhor do mundo. Outra vez. Parabéns.

Tempo de espera por uma consulta ultrapassa as sete horas no SAP de Oliveira do Hospital

Utentes que deram entrada no SAP de Oliveira do Hospital antes das 09h00 desta segunda-feira, encontravam-se às 16h00 sem consulta. O caos está instalado na urgência de Oliveira do Hospital, queixando-se os utentes de cansaço manifestado pelo médico que ali se encontra de serviço.


Repetem-se as queixas entre os utentes do SAP de Oliveira do Hospital, em particular o excessivo tempo de espera por uma consulta. Dezenas de utentes, entre os quias crianças desesperam por uma consulta, estando várias pessoas desde o início da manhã naquele serviço sem que até agora tenham sido chamados pelo médico. O tempo de espera era às 16h00 de hoje de cerca de sete horas.

Uma situação que se agudizou com a chegada de várias ambulâncias que por exigirem atendimento prioritários, relegaram para segundo plano os utentes que aguardam na sala de espera urgências.

Segundo apurou a Rádio Boa Nova, alguns utentes chegaram mesmo a desistir da consulta para acorrerem a outros serviços de urgência da região. Outros ponderavam uma consulta no privado. Gritante chega a ser o estado em que algumas crianças aguentam horas a fio na sala de espera, uma das quais – como referiu a mãe à Rádio Boa Nova – com episódios de vómitos.

Entres os utentes, o descontentamento era generalizado. Para além do tempo de espera, os utentes queixam-se do cansaço manifestado pelo clínico, que hoje se encontrava pela primeira vez no SAP de Oliveira do Hospital. À Rádio Boa Nova, utentes queixaram-se de trocas na emissão de receitas e outros documentos.

 

Tiago Cerveira expõe "O Meio e a Gente" na Casa da Cultura

A exposição de fotografia “O Meio e a Gente” de Tiago Cerveira está patente na Casa da Cultura César Oliveira desde sábado, dia 10 de janeiro. Até ao final do mês poderão ser apreciadas as duas dezenas de fotografias deste jovem que documenta, através da fotografia e vídeo, o património imaterial e material da Beira Serra.


A dicotomia que dá o nome ao projeto deste fotógrafo, realizador e documentarista - “O Meio e a Gente” - está intrinsecamente ligada aos aspetos e características identitárias desta região do país. É natural a sua intervenção nos detalhes mais primários do sentir serrano, seja através das imagens ligadas ao património natural ou de tantas outras ligadas à etnografia beirã.

Tiago Cerveira, através da sua sensibilidade poética e artística, tenta espelhar este sentido do “ser beirão”, este elo umbilical dos homens e mulheres à sua terra, à terra do artista que, em suma, é a nossa terra também. Nós, todos nós, somos o sumo do qual Tiago Cerveira se alimenta, somos, em suma, a gente deste meio que, tal como ele, o ama, o habita, o percorre, o sente.

Natural de Travanca de Lagos, concelho de Oliveira do Hospital, Tiago Cerveira é licenciado em Comunicação Social e sempre dedicou os seus tempos livres ao associativismo e é um apaixonado pela terra e pela vida. Repórter de imagem na CentroTV e  realizador e produtor na BKN-multimédia, empresas locais, já realizou e co-realizou vários documentários ambientais que figuraram na seleção oficial de festivais de cinema como Caminhos do Cinema Português e Cine Eco. Em 2013 criou o projeto de fotografia documental “O Meio e a Gente” e conta no seu currículo várias publicações em órgãos de comunicação social regionais e nacionais.

Espalha-Factos vence nos TCN Blog Awards

O Espalha-Factos (EF) plataforma portuguesa dedicada ao entretenimento, conquistou ontem dois prémios na gala dos TCN Blog Awards (TCN), galardão que reconhece os blogs de cinema e televisão em Portugal. Rui Alves de Sousa, colaborador do EF, foi considerado o Blogger do Ano e teve também a Melhor Entrevista, a António-Pedro Vasconcelos. 

 

Foi a primeira vez que esta publicação, cujo programa de rádio regressou na passada quarta-feira à Rádio Boa Nova, alcançou a vitória nos TCN, após várias nomeações consecutivas desde a edição de 2010. Pedro Miguel Coelho, fundador do EF, considerou que estas são vitórias “que trazem muito orgulho e são o coroar de um trajeto de afirmação que este ano se fez notar ainda mais com as sete nomeações que alcançámos“.

 

Nas categorias individuais, dois dos elementos da equipa do Espalha-Factos também saíram vencedores: Inês Moreira Santos, editora de Cinema, conquistou a categoria de Melhor Blogue Individual, com Hoje Vi(vi) um Filme, e Melhor Iniciativa, com Já vi(vi) este Filme. Sebastião Barata, redator da equipa de Cinema, levantou o galardão para Melhor Novo Blogue, com oMilímetro a Milímetro.

Clube de Ténis de Oliveira do Hospital quer maior visibilidade no concelho e na região

O Clube de Ténis de Oliveira do Hospital realizou este fim de semana o seu encontro de Reis. Um convívio entre praticantes de uma modalidade que ganha cada vez mais adeptos, mas que carece de maior visibilidade no concelho e na região.

 

Tiago Sousa, presidente do Clube de Ténis lamenta que a modalidade “não seja vista, nem valorizado como deveria ser”. Em declarações à Rádio Boa Nova, o jovem adiantou porém que o ténis, ao contrário de outras modalidades é eclético e possibilita a participação de praticantes de todas as idades. Adianta Tiago Sousa que “quem vem não precisa jogar muito, precisa de conhecer a modalidade e de se divertir”.

 

Presente no encontro de Reis realizado no Restaurante Bar da Carvalha, em Lagares da Beira, o vereador do desporto da Câmara Municipal considerou que “apesar de ser menos conhecida, a modalidade é importante como todas as outras”. Nuno Ribeiro lembra que o ténis é “uma mais valia”, por “ajudar a formar e ter uma franja de adeptos e desportistas que não é de desconsiderar”. “Estamos ao lado do clube”, assegurou o responsável municipal, reiterando a disponibilidade da autarquia para continuar a apoiar o desporto.

 

No convívio dos tenistas de Oliveira do Hospital, Nuno Ribeiro brindou o clube com a disponibilização de um espaço do complexo das piscinas municipais para uma "sede condigna". A faltar continua porém a melhoria da eletrificação dos courts de ténis municipais.

Nogueirense venceu e vai disputar acesso à II Liga de Futebol

Em maré de vitórias, a Associação Desportiva Nogueirense carimbou com nova vitória o campeonato nacional de seniores, série E. Em jogo frente ao Sourense, a equipa de Nogueira do Cravo venceu por 3-2 e conseguiu apuramento para disputar o acesso à II Liga de futebol português. 


A uma jornada do final da primeira fase do campeonato nacional de seniores, a Associação Desportiva Nogueirense já festejou o apuramento à fase em que as melhores equipas de cada série lutam pelo acesso à 2ª liga de futebol. A equipa de Nogueira do Cravo impôs a vitória de 3-2 em jogo com o Sourense e fechou a jornada 17, na segunda posição, com 30 pontos. A nove pontos do primeiro classificado, o Benfica de Castelo Branco, a ADN vai com aquela equipa disputar a subida à 2ª liga. No total serão 16 as equipas que vão lutar pela subida.

No mesmo campeonato, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital em jogo frente ao Sporting de Pombal goleou quatro, mas recebeu os mesmos em troca, terminando a partida com o empate a quatro golos. O FCOH é 6º classificado, com 23 pontos.


Em jogo frente ao inquestionável líder Benfica de C. Branco, o Tourizense perdeu por 2-0 e desceu ao 9º lugar da tabela classificativa, com 18 pontos.


Na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, a Associação Desportiva de Lagares da Beira perdeu, na jornada 14, por 1-2, frente ao Arganil. A equipa lagarense é 14ª classificada, com oito pontos. 

Acidente em Viseu fere com gravidade criança e a mãe

Uma criança de 5 anos e a mãe sofreram, esta segunda-feira, ferimentos graves num despiste automóvel em Póvoa Dão, Silgueiros, no concelho de Viseu.

 

De acordo com o Centro Distrital de Operações e Socorro de Viseu, o acidente aconteceu pouco antes das 8 horas, tendo as vítimas sido transportadas para o centro hospitalar Tondela-Viseu.

Nas operações de socorro estiveram os bombeiros voluntários de Cabanas de Viriato e de Viseu com seis veículos e 15 homens.

A GNR está a investigar.

com:jn.pt

Chuva e subida da temperatura mínima a partir de terça-feira

A chuva vai regressar a todo o país a partir de terça-feira, prevendo-se também uma subida das temperaturas mínimas, devido à passagem de superfícies frontais.


De acordo com a meteorologista Maria João Frada "vamos ter uma mudança significativa de cenário. A partir de terça-feira e até pelo menos dia 16 [sexta-feira] vamos ter a passagem de superfícies frontais de actividade fraca a moderada e, por isso, teremos precipitação", adiantou a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Hoje prevê-se céu muito nublado ou limpo, haverá neblinas ou nevoeiros no nordeste transmontano e na Beira Alta e nas regiões do interior mais a sul.

"De um modo geral, hoje o sol vai brilhar com temperaturas agradáveis. As máximas vão variar entre os 14 e os 16 graus Celsius, mas no interior não ultrapassam os 4 a 5 graus. As temperaturas mínimas serão negativas no interior norte e centro na ordem dos 0 a -2 graus e a variar entre os 4 e 7 graus no resto do país", explicou.

Segundo a meteorologista do IPMA, na terça-feira ocorre uma "mudança significativa" do estado do tempo. Além da precipitação, está prevista uma pequena subida da temperatura mínima, mas que, apesar disso, estas serão baixas nos locais com formação de geada.

com:lusa.pt

Incêndio em habitação de Condeixa-a-Nova provocou um morto  

Um incêndio numa habitação em Condeixa-a-Nova provocou, ontem, a morte de um homem de mais de 80 anos.


De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, a vítima foi encontrada no interior da residência já carbonizada quando os meios de socorro chegaram ao local. P alerta foi dado pelas 08h37 de domingo.


Para o local foram mobilizados meios dos bombeiros voluntários, da GNR e da Proteção Civil Municipal daquela vila vizinha de Coimbra, num total de 20 elementos e sete veículos.

foto: asbeiras.pt

 

Oliveira do Hospital foi o 2º concelho do distrito com maior número de incêndios em 2014

Oliveira do Hospital registou em 2014 um total de 70 ocorrências de incêndios. Um número que faz do concelho o segundo do distrito de Coimbra com maior número de ocorrências. O concelho de Coimbra lidera a lista dos municípios com mais incêndios, com um total de 73 ocorrências.


Os números que resultam do balanço efetuado em reunião do conselho municipal de defesa da floresta contra incêndios foram, ontem, apresentados pelo município de Oliveira do Hospital. Teresa Dias, vereadora da autarquia com a pasta do ambiente e florestas disse, contudo, que apesar de o concelho registar um número de ocorrências “preocupante”, tal não tem correspondência direta com a área ardida, registando um total de 70 hectares, situando-se o concelho no terceiro lugar a nível distrital. No topo surge o município de Pampilhosa da Serra com 1100 hectares de área ardida.


Tendo em conta as ocorrências verificadas e o total de área ardeida, a responsável municipal tem a registar a boa coordenação dos meios de combate aos fogos no concelho de Oliveira do hospital. “Mostra que os meios estão coordenados e que há um combate eficaz em relação aos incêndios”, afirmou Teresa Dias.

Das 70 ocorrências verificadas a maioria (20) registaram-se na União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira. A União de Freguesias de Oliveira do hospital e S. paio de Gramaços foi palco de 19 ocorrências, sendo que na freguesia de Seixo da Beira se registaram 15 ocorrências. Foi, contudo, na freguesia de Seixo da Beira que se verificou a maior área ardida, num total de 43 hectares.

Do conjunto das ocorrências registadas no concelho, a maioria reporta-se a incêndios florestais. A dar conta de um total de 13 incêndios agrícolas, Teresa Dias fala ainda de um total de 27 falsos alarmes.

Quanto às causas, a vereadora alerta para o facto de uma boa parte dos incêndios decorrerem de incendiarismo, numa clara provocação aos meios de combate. Vandalismo, conflito entre vizinhos e vinganças foram outras das causas apuradas. Houve ainda casos de incêndios colocados por crianças.

De acordo com a vereadora Teresa Dias houve ainda uma diminuição dos casos decorrentes de limpezas e fogueiras de terrenos agrícolas e florestais. “A sensibilização tem funcionado”, comentou a responsável.

Sexagenário detido por caçar javali com laço de cabo de aço

O Núcleo de Proteção do Ambiente da GNR da Lousã deteve, na manhã de ontem, na localidade da Pena, concelho de Góis, um indivíduo do sexo masculino, de 64 anos de idade, pelo crime de caça com meios proibidos (caça com laços de cabo de aço).


“A detenção efetuou-se em flagrante delito, quando o indivíduo foi surpreendido por uma Patrulha da GNR a colocar um laço para a caça ao javali. Das diligências efetuadas foi possível encontrar um javali morto, preso a outro laço, nas imediações do local. Foi apreendido diverso material relacionado com a caça ilegal”, informa a GNR em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

 

O indivíduo foi detido, tendo sido, hoje presente, pelas 14H00, ao Tribunal de Instância Local de Competência Genérica de Arganil, para primeiro interrogatório judicial e lhe serem aplicadas as respetivas medidas de coação.


Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário - Sarau Cultural 29 Março 2014

Apresentação oficial do hino da Rádio Boa Nova


Fotogaleria:

Rádio Boa Nova comemorou o 28º Aniversário

Almoço e Tarde Cultural 22 Março 2014


Fotogaleria: Rádio Boa Nova visita a RTP/RDP